<ul>Universidade Presbiteriana Mackenzie Mat/ Técnica de Construção. II </ul><ul>Agregados Naturais </ul><ul>Alunas: </ul>...
Amanda Siquette
Ana Carolina Lot
Carolina Benassi
Karla Oliva </li></ul>
<ul>Agregado </ul><ul><li>Denominação dada para fragmentos de rocha originados de ação mecânica promovida pelo homem ou po...
Naturais  são aqueles materiais que forem extraídos em fragmentos, sendo esta a forma que se encontra o material na nature...
<ul>Principal Conceito </ul><ul><li>Materiais que não possuem forma ou volume definidos.
Possuem propriedades adequadas para o uso em obras de engenharia. </li></ul><ul>Tipos de Aplicações </ul><ul><li>Barragem;
Edificações: Residenciais – Industriais;
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

matecmackenzie

1.059 visualizações

Publicada em

ppt agregados naturais

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.059
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

matecmackenzie

  1. 1. <ul>Universidade Presbiteriana Mackenzie Mat/ Técnica de Construção. II </ul><ul>Agregados Naturais </ul><ul>Alunas: </ul><ul><li>Amanda Mascarenhas
  2. 2. Amanda Siquette
  3. 3. Ana Carolina Lot
  4. 4. Carolina Benassi
  5. 5. Karla Oliva </li></ul>
  6. 6. <ul>Agregado </ul><ul><li>Denominação dada para fragmentos de rocha originados de ação mecânica promovida pelo homem ou por ação da natureza.
  7. 7. Naturais são aqueles materiais que forem extraídos em fragmentos, sendo esta a forma que se encontra o material na natureza. Como exemplo de agregados naturais tem: areia,cascalho, pedra britada. </li></ul><ul>Agregado </ul>
  8. 8. <ul>Principal Conceito </ul><ul><li>Materiais que não possuem forma ou volume definidos.
  9. 9. Possuem propriedades adequadas para o uso em obras de engenharia. </li></ul><ul>Tipos de Aplicações </ul><ul><li>Barragem;
  10. 10. Edificações: Residenciais – Industriais;
  11. 11. Infra- estrutura urbana;
  12. 12. Bases para calçamentos;
  13. 13. Adicionados aos solos para pavimentação;
  14. 14. Confecção de argamassas e concretos; </li></ul>
  15. 15. <ul>Importância </ul><ul><li>Custo agregado é menor do que o custo cimento;
  16. 16. Ocupam 60% a 80% do 1 m3 de concreto;
  17. 17. Produção nacional: 200 milhões de ton/ano; </li></ul><ul>Econômica </ul><ul>Técnica </ul><ul><li>Influenciam diversas propriedades do concreto no seu estado fresco e endurecido. </li></ul><ul><li>Existem muitos exemplos de falência de estrutura em qual o motivo foi o uso ou a seleção inadequada de agregados. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Onde são encontrados? </li></ul><ul>Em rochas cristalinas ou rochas naturais sedimentares. </ul><ul><li>Para que servem? </li></ul><ul>Utilizados principalmente para confecção de concreto, blocos para revestimento de edíficios, proteção de taludes em barragens, pedra britada para leito de ferrovias, aeroportos e rodovias, calçamento de ruas,em indústrias de cerâmica, vidro, etc. </ul>
  19. 19. <ul>Origem dos Agregados Naturais </ul><ul>Podem ser encontrados na natureza de forma definitiva de utilização: </ul><ul><li>Areia de rio,
  20. 20. Seixo rolado,
  21. 21. Pedregulho, </li></ul><ul>Areia de rio </ul><ul>Seixo Rolado </ul><ul>Pedregulho </ul>
  22. 22. <ul>Dimensões - Classificações </ul><ul>Agregado Graúdo </ul><ul>É o pedregulho (cascalho ou seixo rolado )ou a brita provida de rocha estáveis, ou a mistura de ambos, cujos grãos são submetidos à passagem por uma peneira de malha quadrada com abertura nominal de 152 mm e ficam retidos na peneira ABNT nª 4 (4,8 mm) (NBR7211). Tem diâmetros entre 4,8mm e 152mm. </ul><ul>Exemplos: Cascalho e Brita </ul><ul>Agregado Miúdo </ul><ul>Materiais com diâmetro mínimo superior de 4,8mm até diâmetro máximo de 0,075mm, especificada pela norma ABNT NBR 7211. </ul><ul>Exemplos: areais de origem natural ou resultante de britagem. </ul>
  23. 23. <ul>Densidade- Classificações </ul><ul>Agregados Leves Naturais </ul><ul><li>Oriundo de rochas ígneas extrusivas ou vulcânicas, que são formadas a partir do resfriamento do material expelido pelas erupções vulcânicas atuais ou antigas.
  24. 24. Tipos: pumicita, escória, tufo, vermiculita. </li></ul><ul>Agregados Pesados Naturais </ul><ul><li>Tipos: Barita, Hematita, Magnetita, Waterita . </li></ul><ul>Agregados Normais Naturais </ul><ul><li>Tipos: Cascalho, Areia Natural, Brita </li></ul><ul>Magnetita Barita </ul><ul>Vermiculita </ul>
  25. 25. <ul>Outras Informações </ul><ul><li>O Brasil tornou-se um dos maiores consumidores de agregados naturais, este número pode variar entre 1 a 8 ton/ano.hab. </li></ul><ul><li>Gasta-se 220 milhões de toneladas de agregados na produção de concreto e argamassas, sendo assim a construção civil responsável por 15 a 50% do consumo de recursos naturais extráidos. </li></ul><ul><li>Em torno das grandes cidades, areia e agregados naturais são escassos e o controle ambiental da extração de matéria-prima é maior. Em São Paulo, por exemplo, os materiais tem que viajar distâncias superiores a 100km, elevando assim seu custo para R$25/m³. </li></ul>
  26. 26. <ul>Bibliografia </ul><ul>Imagens </ul><ul><li>http://portuguese.alibaba.com/product-tp/aggregates-natural-river-sand-800034262.html
  27. 27. http://www.brispargo.com/Brispedra.shtml
  28. 28. http://www.forumdaconstrucao.com.br/conteudo.php?a=31&Cod=43
  29. 29. http://pt.wikipedia.org/wiki/Rocha_ %C3%ADgnea
  30. 30. http://ca.wikipedia.org/wiki/Pumicita </li></ul><ul>Texto </ul><ul><li>http://www.pattrol.com.br/equipamentos/agregados/introducao.html
  31. 31. http://www.ime.eb.br/~moniz/matconst2/conc02.pdf
  32. 32. http://www.gdace.uem.br/romel/MDidatico/ConcretosEspeciais/PEU4025-Aula04-Agregados.pdf
  33. 33. http://www.pormin.gov.br/informacoes/arquivo/agregados_minerais_propiedades_aplicabilidade_ocorrencias.pdf </li></ul>

×