Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
2012

Autores:
Antonio Fabiano Jr
Paula Aleksa Bianchi
Diego Almeida Pereira
Jundi...
Construir cidade, uma cidade que seja crível converte-se cada vez mais em algo difícil. Às vezes a
que se percorrer um lon...
Nossa cidade projetada aqui nasce como símbolo de um território maior, nasce como ágora, como
espaço da formação de assemb...
Nossa cidade cria espaço para ação e reação. Tem o dever de ser urbana, assim como o dicionário
mesmo nos diz: relativa à ...
E seu grande articulador espacial realmente é a reta. Local genuinamente público. Local do
caminho, da procissão, do sacri...
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista 2012

Arquiteto Prof. Mestre Antonio Fabiano Jr
Paula Aleksa Bianchi
Diego Almeida...
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Concurso Paço Municipal Várzea Paulista
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Concurso Paço Municipal Várzea Paulista

326 visualizações

Publicada em

Projeto desenvolvido para o Concurso Paço Municipal Várzea Paulista 2012

Autores:
Arquiteto Prof. Mestre Antonio Fabiano Jr
Paula Aleksa Bianchi
Diego Almeida Pereira

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
326
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Concurso Paço Municipal Várzea Paulista

  1. 1. Concurso Paço Municipal Várzea Paulista 2012 Autores: Antonio Fabiano Jr Paula Aleksa Bianchi Diego Almeida Pereira Jundiaí - SP
  2. 2. Construir cidade, uma cidade que seja crível converte-se cada vez mais em algo difícil. Às vezes a que se percorrer um longo caminho, quase jornada. E no meio desse percurso, dessa (ou de qualquer outra) cidade, descobre-se a chave de um mundo complexo. Descobre-se a fascinação e o encantamento da mistura de ciências, humanidades e religião, escultura e pintura, bênçãos e crendices, beleza e feiúra. Descobre-se que o que parecia feio num primeiro olhar tem uma beleza pura. Pura e simples beleza. Descobre-se também a beleza de querer fazer uma cidade.
  3. 3. Nossa cidade projetada aqui nasce como símbolo de um território maior, nasce como ágora, como espaço da formação de assembléias e celebração da justiça. Nasce com uma linha costurando comércio e teatro, compra e troca, passando por uma praça, uma arena por entre lâminas com luz, ora agindo como lamparina, guia e farol de respostas, ora como berço iluminado de questionamentos e possibilidades. Uma linha costurada, sem fim nem começo, pelas ações do homem no seu dia a dia, nos seus afazeres e nas suas vontades e necessidades. Do comércio nasce a passarela que adentra no poder e percorre até a entrada do teatro que receberá, em sua empena, um telão com as ações de uma prefeitura que nasce para se abrir.
  4. 4. Nossa cidade cria espaço para ação e reação. Tem o dever de ser urbana, assim como o dicionário mesmo nos diz: relativa à cidade, própria da cidade, figura cortes, polida. E deve ser afável, não ter porta, nem muro, nem entrada, nem grandes e imponentes fachadas. Deve ser símbolo mas não deve ser elemento fechado em si mesmo. Deve (e tem) precisas aberturas em suas lâminas capazes de transformar a visão da cidade a partir dela. E quando o lugar é o fundamento, e de fato no projeto ele é, a arquitetura torna-se transformação do que está dado. A partir disto toda a articulação de uma convocatória à cidadania se dá por uma praça e uma rua, um ponto e uma reta, um espaço de permanência e outro de circulação. Livre, leve e simples assim.
  5. 5. E seu grande articulador espacial realmente é a reta. Local genuinamente público. Local do caminho, da procissão, do sacrifício mas também da transformação e das trocas humanas. Local público, convidativo, desafiador, organizacional, conceitual. Afinal é na fixação de um conceito que por magia (do deus-público, talvez) a cidade se torna mais plástica, a memória assume o comando e o espaço deixa de existir. Para cada vez mais permitir. Permitir mudanças em vidas feitas pela cultura. Nada mais cultural, simbólico e eloquente do que uma cidade e suas praças e ruas. E nada mais perene do que a imagem construída do silêncio de uma rua, morada do coletivo, como aceitação e integração do destino de uma cidade.
  6. 6. Concurso Paço Municipal Várzea Paulista 2012 Arquiteto Prof. Mestre Antonio Fabiano Jr Paula Aleksa Bianchi Diego Almeida Pereira Arquitetura é cidade, é idade, sociedade. Mais do que volume, fachadas, cortes, tecnologia, ou mesmo espaço é componente ativo, participativo. Cidade é arquitetura em movimento, lugar onde move-se o vento, bem lento, ao som da música do cotidiano carregado de muitas batalhas e algumas conquistas.

×