Anúncio
Anúncio

Mais conteúdo relacionado

Último(20)

Destaque(20)

Anúncio

química talidomida.pptx

  1. 4TH GRADE Explicação sobre a Talidomida 2°ADM-A QUÍMICA Talidomida
  2. O que é? Fórmula e para que era usada? Sumário 01 Introdução O desastre envolvendo o uso da Talidomida 03 A Tragédia Origem e descoberta da Talidomida 02 História As consequências da tragédia e o uso atualmente 04 Conclusão Exercício de vestibular resolvido 05 Exercício
  3. Introdução 01 O que é? Fórmula, e para que era usada?
  4. Introdução A talidomida é um fármaco que passou a ser comercializado bastante na Europa , nas década de 50 e 60, como sedativo para aliviar náuseas em mulheres grávidas.
  5. Ele era feito na forma de sua mistura racêmica ,ou seja, a molécula desse composto é assimétrica, pois possui um carbono quiral (carbono com os quatro ligantes diferentes entre si). Isso significa que a talidomida possui dois isômeros espaciais ou estereoisômeros, que são mais bem chamados de enantiômeros, visto que são a imagem especular um do outro:
  6. História 02 Origem e descoberta da Talidomida
  7. 1950 1957 1960 Alemanha desenvolve uma droga destinada a controlar a ansiedade, tensão e náuseas. A droga passa a ser comercializada em 146 países. Descobertos os efeitos teratogênicos provocados pela droga quando consumida por gestantes: durante os 3 primeiros meses de gestação interfere na formação do feto, provocando a Focomelia (aproximação/encurtamento dos membros junto ao tronco, tornando- os semelhantes aos de focas). Dr. Jacobo Sheskin, médico israelense, descobre efeitos benéficos da droga no tratamento da hanseníase. Com isso, volta a ser comercializada 1965 A droga é retirada de circulação em todos os países, à exceção do Brasil. Têm início processos indenizatórios em diversos países. 1961
  8. A Tragédia 03 O desastre envolvendo o uso da Talidomida
  9. 1961 Somente com a altíssima taxa de mortalidade dos nascidos e sequelas permanentes, finalmente ocorre seu corte do mercado, por meio da sua distribuidora BDCL. 1957 Devido as campanhas da época, patrocinadas pela empresa mãe, o medicamento cresceu e ganhou fama através de seu sedativo, que prometia de ser inofensivo a gestantes, inofensivo e seguro. 1959 Acatado por muitos países e sem qualquer estudo mínimo, muitos efeitos negativos foram sentidos pela população, e neste ano, vão nascer as primeiras crianças com teratogenia, decorrentes do uso da talidomida por gestantes
  10. 1962 Um ano após ser lançado no Brasil, mais de 300 crianças brasileiras já haviam sofrido os efeitos teratogênicos da talidomida. Estima-se que mais de 10 mil pessoas tenham sido vítimas do medicamento ao redor do mundo. O Direito das Vítimas A tragédia foi seguida por batalhas judiciais das famílias das vítimas contra o laboratório responsável pela fabricação do remédio. Aqui no Brasil, o governo federal, responsável pela saúde da população, também foi processado. O Estado de São Paulo reconheceu, por lei sancionada em 1978, o direito das vítimas. E o governo federal fez o mesmo em 1982, quase 20 anos depois do nascimento das primeiras crianças. A regulamentação total da questão farmacêutica, ocorreu somente na década de 1990 e, em 2003, a talidomida passou a ter uso controlado no País. Hoje, a droga só pode ser usada para tratar Hanseníase, Lúpus e HIV, por ser um bom aliado no controle dessas doenças. Mas, afirma a acadêmica, somente se for receitada por um médico e, mesmo assim, é proibida para mulheres em idade fértil.
  11. Conclusão 04 As consequências da tragédia e o uso atualmente
  12. Regulamentou o registro, produção, fabricação, comercio, prescrição e dispensação dos produtos à base de Talidomida 1964 Descobriu-se benefícios da Talidomida no tratamento de diversos problemas de saúde 1994 É proibido o uso da Talidomida para mulheres em idade fértil 1982 Governo brasileiro sancionou a uma lei que concede pensão vitalícia para os afetados pela Talidomida 1997
  13. A “Geração Talidomida”
  14. Farmacovigilância Identificação, avaliação, compreensão e prevenção de efeitos adversos ou qualquer possível problema relacionado a medicamentos As instituições passaram a se preocupar não apenas com a produção e comercialização dos medicamentos, mas sim com o seu destino: OS PACIENTES
  15. Exercício 05 Exercício de vestibular resolvido
  16. A talidomida é um sedativo leve e foi muito utilizado no tratamento de náuseas, comuns no início da gravidez. Quando foi lançada, era considerada segura para o uso de grávidas, sendo administrada como uma mistura racêmica composta pelos seus dois enantiômeros (R e S). Entretanto, não se sabia, na época, que o enantiômero S leva à malformação congênita, afetando principalmente o desenvolvimento normal dos braços e pernas do bebê. Essa malformação congênita ocorre porque esses enantiômeros: a) reagem entre si. b) não podem ser separados. c) não estão presentes em partes iguais. e) são estruturas com diferentes grupos funcionais. ENEM 2014 d) interagem de maneira distinta com o organismo. A respeito dos enantiômeros dextrogiro e levogiro, é possível afirmar:  Não reagem entre si.  Podem ser separados opticamente.  Podem estar presentes em partes iguais, 50 % do dextrogiro e 50% do levogiro (mistura racêmica).  Interagem de maneira distinta com o organismo.  São estruturas que apresentam os mesmos grupos funcionais
  17. Fim Carlos Beloni Graziela Silva Isabela Camila Lucas Leite Maria Júlia Thais Aparecida Thais Soares
Anúncio