Drácula versus Edward CullenO mito do vampiro revisitado
Como visto na aula passada, a segunda geração da escola literária romântica é      formada pelos poetas ultrarromânticos, ...
Características           românticas      - Egocentrismo    - Individualismo   - Desejo de evasão  - Herói condenado,     ...
Crepúsculo, adaptado com  grande sucesso para o cinema,acrescenta a essas característicasuma dose de sentimentalismo na fo...
Já em Drácula, o personagem principalé cruel e não tem nenhuma compaixão.    Jamais hesita em sacrificar vítimaspara mante...
O vampiro Edward Cullen, da série  Crepúsculo está sempre em conflito com       sua condição. Descrito como:              ...
-Vampiro                                      -Vampiro Moderno -Tradicional -                                         - Br...
- Pele alva e fria      - Não envelhecem- Não necessitam de oxigênio- Possuem grande força física.
-Vampiro                                         -Vampiro Moderno –Tradicional –                                          ...
   http://revistaescola.abril.com.br/ensino-    medio/plano-aula-dracula-crepusculo-    vampiros-cinema-literatura-647741...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Drácula características românticas na tradição vampiresca.

4.580 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.580
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Drácula características românticas na tradição vampiresca.

  1. 1. Drácula versus Edward CullenO mito do vampiro revisitado
  2. 2. Como visto na aula passada, a segunda geração da escola literária romântica é formada pelos poetas ultrarromânticos, que levaram ao extremo a tendência sentimental e subjetiva do Romantismo. Nesta aula aprofundaremos o estudo desta escola lançando luz sobre a literatura fantástica em torno do vampiresco. Exploraremos as origens da tradição em torno do mito do vampiro, onde surgiu, qual o primeiro vampiro, em qual lenda folclórica medieval está assentada a raiz dos sugadores de sangue - cuja origem remonta aos povos outrora considerados bárbaros pela cultura romana - e como esse mito resistiu até os nossos dias. Confrontaremos Drácula, de Bram Stocker com o novo mito, reescrito pela Stephenie Meyer em Crepúsculo.Afiem os dentes ou equipem-se com estacas, crucifixos e colares de alhos pois a nossa aula está para começar!
  3. 3. Características românticas - Egocentrismo - Individualismo - Desejo de evasão - Herói condenado, incompreendido e inadaptado à sociedade- Idealização do amor - Medievalismos - Elementos góticos - Fusão entre o grotesco e o sublime
  4. 4. Crepúsculo, adaptado com grande sucesso para o cinema,acrescenta a essas característicasuma dose de sentimentalismo na forma de agir dos personagens principais: o vampiro Edward Cullen e a adolescente Isabella Swan, se apaixonam e passam a viver um amor repleto de exageros, incertezas, situações extremamente simplórias emomentos dramáticos, em que o afastamento forçado dos amantes torna sem sentido sua existência individual. Também o estereótipo da donzela, envolvida em uma situação- limite - seja um atropelamento, ou o ataque de inimigos - na iminência de ser salva pelaintervenção de seu herói, reforça o uso de tais características.
  5. 5. Já em Drácula, o personagem principalé cruel e não tem nenhuma compaixão. Jamais hesita em sacrificar vítimaspara manter seu domínio das forças do além. Entretanto, no livro de Bram Stoker, o vampiro expõe sua fraqueza ao apaixonar-se pela bela noiva de Jonathan Harker, agente imobiliário recém-contratado, cujo primeirotrabalho é justamente mediar a compra de terras na Inglaterra pelo obscuro e excêntrico conde do interior da Transilvânia. Drácula tenciona transformar a moça em vampiro e com isso, afastá-la definitivamente deHarker. Para realizar o intento, além de sugar seu sangue, num momento detranse, oferece a ela um pouco do seu - desta forma, cria-se um vínculo sobrenatural inquebrantável que une sua figura à da pobre donzela.
  6. 6. O vampiro Edward Cullen, da série Crepúsculo está sempre em conflito com sua condição. Descrito como: Jovem Lindo Forte Inteligente EncantadorEdward é um modelo daquilo que atrairia qualquer garota adolescente.No entanto, o vampiro é também um ser que vê a si mesmo como aberração, cuja condição leva ao sofrimento de todos os humanos que cruzam seu caminho. Esse conflito, entretanto, é incapaz de evitar a paixão por sua colega de escola, Isabella Swan - e contra todos os prognósticos, eles acabam ficando juntos. Edward vê a si mesmo como um monstro cruel e terrível vestido com a aparência de um ser angelical, cujas ações, de uma ou de outra forma, sempre afetam negativamente aqueles com quem se relaciona.
  7. 7. -Vampiro -Vampiro Moderno -Tradicional - - Brilham sob o sol - Só podem ser mortos por um vampiro mais forte e com a condição- Morrem sob a luz do sol ou de este infligir dordecapitados ou se forem trespassados - Não dormemno coração com uma estaca - Não possuem caninos expostos- Dormem em caixões - São indiferentes a símbolos cristãos- Possuem caninos protuberantes - Possuem reflexo no espelho- Aversão a crucifixo, água benta, etc - Não podem assumir forma animal- Não possuem reflexo no espelho- Podem assumir forma animal
  8. 8. - Pele alva e fria - Não envelhecem- Não necessitam de oxigênio- Possuem grande força física.
  9. 9. -Vampiro -Vampiro Moderno –Tradicional – - Enredo marcado por personagens com traços- Elementos alegóricos que remetem ao românticos.gótico e ao Romantismo. -Bella encarna a adolescente entediada e- A atmosfera obscurecida, lúgubre e desprotegida, de vida desinteressante noaterrorizante interior da Virginia, onde mora com o pai- Luta entre o bem e o mal depois de viver por anos em Los Angeles.- Evasão da realidade e o devaneio - A idealização dos personagens, bem ao gosto- Amor impossível romântico, fica evidente na descrição que a- Individualismo autora faz de Edward e sua família, logo no- Sentimentalismo, a idealização da mulher primeiro capítulo de Crepúsculo: são serescomo ser frágil e dependente de proteção "inumanamente lindos", cujos rostos poderiam- O amor como fonte de destruição e adornar revistas de moda ou pinturas desuperação grandes mestres. Os Cullen são apresentados- Referências à Idade Média, o personagem como uma família rica, educada, de gostoobscuro em luta contra o herói determinado refinado e beleza descomunal.a salvar a vida da amada- Religiosidade- Protagonista estereotipado comoaristocrata excêntrico, que vive em umcastelo imenso e misterioso
  10. 10.  http://revistaescola.abril.com.br/ensino- medio/plano-aula-dracula-crepusculo- vampiros-cinema-literatura-647741.shtml Acessada em: 18/11/12.

×