Gênesis a semente

956 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
956
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gênesis a semente

  1. 1. GÊNESIS A SEMENTE 1 APRESENTACAO "O que era desde o principio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que temos contemplado, e as nossas maos tocaram da Palavra da vida” (1 Joao 1:1) Estes pensamentos no livro de Genesis observa a criacao, o principio e a promessa divina, objetivando de forma pratica, simples e indutiva, ajudar na melhor compreensao do plano Eterno e amoroso do Senhor Nosso Deus, levando o leitor a ter prazer nas sagradas letras. INTRODUCAO Este trabalho e fruto do pensamento e estudo do grupo CAMINHAR em nossa casa em Valinhos, por ocasiao do tempo que passamos nesta cidade para tratamento de saude. Meu objetivo foi colocar de forma simples, descritiva, e em alguns momentos ate alegórica, mas com o firme propósito de comunicar a todos, mas principalmente meus queridos irmaos ribeirinhos o quando se pode observar e extrair perolas das escrituras. Minha oracao e que o Senhor por sua graca aplique sua palavra em cada coracao, fazendo o que lhe e próprio fazer. Alcedir Sentalin Capa Marielle Lanye Sentalin 1ª Edição teste: Editora Farol
  2. 2. GÊNESIS A SEMENTE 2 Agradecimentos Agradecemo ao Senhor Deus pelo seu cuidada para conosco, ao grupo Caminhar que tem sido bencao em nossa vida, a Aureni que alem de fazer as primeiras correcoes, foi ela que pediu para aprender as escrituras e por questoes que o Senhor sabe, iniciamos em Genesis, depois aproximando o Natal, acabou tendo uma conotacao mais aplicada a promessa da semente. Agradecemos ao pastor Jose Joao Moreira Mesquita e sua querida esposa Lucilia Mesquita que tem me dado atencao e Carinho ao Rev. Jorge Mattos que nos tem apoiado muito em Valinhos, bem como o Presbiterio Luiz Petrilli, um amigo tao chegado como irmao. Nossos mais profundos agradecimentos a Damaris Elaine Gibim, que nao apenas fez a revisao final, mas tem feito parte deste trabalho com tanto carinho que nao poderiamos deixar de apresentar nossa gratidao. Agradeco ao Patrocinio e Apoio de: Dedicatoria A pesar de que a obra tem uma dedicatória importante aos irmaos ribeirinhos em especial aos meus queridos missionario do Rio Amazonas, quero dedicar este trabalho ao casal Jose Nery Teixeira e Meire do Amaral Teixeira, eles me pastorearam de forma amoroso, efetiva e especial este ano que tanto precisamos.
  3. 3. GÊNESIS A SEMENTE 3 Introdução. Em genesis temos a revelacao do Senhor nosso Deus, do seu ser e de seu poder, pode-se dizer ainda, que esta revelacao do inicio, nos mostra como o Todo poderoso fez bem como estabeleceu seus eternos principios, mostrando ao homem quem e Deus, quem e o homem e como este veio a existir e viver neste planeta, respondendo assim as inquietantes perguntas: “QUEM SOU? “ E “DE ONDE VIM?” Genesis revela que o Deus Todo poderoso e criador, Senhor nosso, e o principio, o criador e sustentador de todas as coisas, sendo o Senhor nosso Deus a vida em sua essencia e origem, Ele da origem e vida natural a todos os seres criados no universo fisico, como no universo espiritual e revela tanto a natureza humana como seu propósito redentivo. Genesis nao se propoe a ser um livro cientifico, nem tenta explicar Deus, ele simplesmente nos diz que Deus e auto-existente, todo poderoso, criador imanente, transcendente, que alem da vida estar nele, dEle emana. Genesis nos revela que o Todo poderoso tem a vida eterna e esta vida ele compartilha com o homem criado a sua imagem e semelhanca, mas este, afetado pelo pecado, se torna um mero mortal e necessita dele para viver, tanto no âmbito da limitada vida sobre a terra como na esperanca da vida eterna. Genesis e ainda, o livro que revela a adoracao, tanto antes da queda como depois dela, pois adorar a Deus e a funcao primordial de toda criacao, assim o livro do inicio nos da principios reguladores e reveladores a respeito do culto ao Senhor Deus em um vivo caminho de relacionamento da criatura com o criador. O homem, agora criacao, e colocado no plano eterno da vida e mesmo depois da queda, tornado mortal e ainda responsavel pelos seus atos, assim este ser formado da poeira, torna responsavel pela consequencia de seus atos, bem como necessitado de uma restauracao sua e da natureza que esta a sua volta.
  4. 4. GÊNESIS A SEMENTE 4 Genesis e ainda a mostra da necessidade que o homem tem de satisfazer a sede do conhecimento do homem; satisfazer seu instinto para saber como prolongar seus anos e melhorar a vida na Terra e, como esta sempre a procura curiosa das respostas do saber da origem e de como melhorar a vida a sua volta. Genesis e a revelacao do Deus Poderoso que governa todas as coisas, tudo orbita a sua volta e, que tbm, ao mesmo tempo e amoroso e longânimo e que em amor atende a necessidade do homem, tanto na sua sede do conhecimento, como do propósito e para isto, Deus lhe da a palavra, tanto a da comunicabilidade, como a sua eterna palavra de existencia e criatividade, mesmo que o homem se incline a esquecer-se dela, do principio, tentando estabelecer o conhecimento, expulsando o criador tentando fazer o jardim da vida, prolongando seus dias por meio de seus conhecimentos, logo se ve que a vida vai alem do que se pode conhecer. Assim ele e um eterno aprendiz dependente da revelacao da vida e nao apenas de seus esforcos. Genesis e mais que uma narrativa da criacao. É mais que um conto de cosmogonia. Genesis e a abertura da palavra eterna aos homens, mostrando que sua origem vem de fora da terra, ainda que ele seja formado do pó da terra e declare que o Senhor Deus e a base da inteligencia, do poder, da materia e da energia que esta por tras da existencia de todas as coisas, que Ele e a Inteligencia Suprema, o Todo Poderoso Criador que planejou em sua mente majestosa e soberana todas as coisas. Genesis nos faz saber, que somente Deus pode satisfazer as necessidades basicas da existencia, livrar o mortal do mal e da morte eterna capacitando o homem para viver melhor na terra; assim Genesis e a revelacao da existencia de todas as coisas, a base do entendimento da vida e o estabelecimento eterno de imutaveis principios. O princípio. Da forma mais simples que se pode entender, a biblia inicia dizendo que o principio da existencia de toda a criacao e DEUS. Principio, no texto, refere-se a tempo, ou seja, um inicio de tempo contavel e neste caso, contando o tempo a respeito de tudo que foi criado, entao primeiramente temos a revelacao que Deus e atemporal, ou seja, Ele existe fora do tempo, ou para que fique
  5. 5. GÊNESIS A SEMENTE 5 ainda mais simples para nosso entendimento, ELE quem criou o temporal-espacial, existe antes e sempre. A biblia nos diz que os ceus, o universo e a terra tiveram um inicio uma primeira vez. Assim e, assim foi e assim sera sempre e assim sendo, podemos perceber que antes da criacao Deus fez o tempo, dando ao que entendemos a “inicio”, mas ELE e antes de todas as coisas e nao criou nada para poder existir, mas porque existia e existe para sempre independentemente do tempo e tem todo poder, pode criar tudo que vemos e que nao vemos. Principio e ainda um elemento regulador de estabelecimento para a criacao em eternas leis fisicas e espirituais, portanto o que vem primeiro nao e o principio, mas o principal que da inicio a este principio, a saber, o Senhor Todo Poderoso que existia sempre, antes mesmo da existencia do tempo no tempo em que nao havia nada, nem o ceu, nem terra, nem materia nem energia fisica, nem atomos, eletrons, prótons, neutrons, hidrogenio, ou outras substâncias (Hb 1:10-12). Portanto podemos dizer que antes da existencia do tempo que tera seu fim, pois nos ceus nao havera sol, nem lua, astros que foram criados para governar, dias, meses e anos, ou seja, o tempo, entao viveremos para sempre sem limitacoes temporais. É ainda importante perceber que antes da existencia do primeiro Adao, Deus nos chamou e deu seu filho estabelecendo o principio da redencao conforme Jo 17:24; Ef 1:4; Pe 1:19- 23, neste caso podemos dizer que o Deus Eterno, invisivel, mas real, que nao esta preso ao tempo, deu seu filho o segundo Adao, antes de fazer o primeiro, podemos ainda pensar que Jesus nao veio por que Adao pecou, mas antes, Ele veio por amor e Adao pecou porque Deus o amou antes e o plano do perdao estava estabelecido antes do pecado. Genesis 1, inicia nos ensinando que existiu um principio e que este principio tanto de existencia, como um principio que estabelece a vida, em nenhum momento se tem a ideia de datar tempo, mas dizer que em certo momento Deus o criou e assim formou todas as coisas, o principio de entendimento e que esta passagem nos mostra que o homem deve observar as escrituras para saber de onde ele veio e qual o propósito de sua
  6. 6. GÊNESIS A SEMENTE 6 existencia, sendo que tendo um inicio logo se pensa que tera um fim, portanto este deve estar preparado para encontrar com seu criador (Am 4.12). O Deus O Eterno criador e chamado neste capitulo de Elohiym. Todas as vezes que a o nome de Deus e usado nas escrituras, e acima de tudo uma forma do Eterno em se revelar a nós, assim o nome usado tem sempre um propósito de nos revelar seu ser e atributos, no caso deste capitulo Elohiym e a revelacao do Senhor na criacao como O TODO PODEROSO, e assim que iniciamos a leitura da biblia, e nao poderia ser de outra forma a nao ser que iniciassemos sabendo um pouco sobre o autor do livro. Portanto a introducao e a apresentacao do Deus criador, soberano, de suprema inteligencia, forca, poder e majestade, autoexistente e eterno, que existia antes de tudo e que a tudo criou, portanto, ELE nao precisava de nada para existir, mas tudo que criou dependeu e depende Dele, neste caso ELE e pleno em si mesmo e tem tudo que precisa dentro de si, sendo perfeito em um sentido absoluto, ELE e mais que se pode descrever em letras, falar em palavras; podemos dizer como a irma Lurdinha de Manaus: “Ele e mais, mais, muito mais”. Deus e uma pessoa suprema cheia de majestade, que existe antes de tudo e tudo orbita a sua volta, portanto toda energia para a existencia sao lampejos de seu poder (Sl 86:9-13; Is. 43:10-13, Is 44:6-8; Dt 4:35). O Nome Elohiym nos diz-nos tres coisas. 1) Elohiym e o criador e governador do universo. 2) Elohiym e em quem posso confiar, pois, Ele e sempre fiel e tem todo poder e forca, honra e glória e majestade e dominio pelo seculos dos seculos. 3) Elohiym e o Todo-Poderoso, o Soberano ser que domina com amor toda criacao. Senhor do universo, Deus e Pai, digno de ser adorado com reverencia em sua Majestade.
  7. 7. GÊNESIS A SEMENTE 7 Criou Deus os céus e a terra. Criou: palavra hebraica “bara” que significa - criar, moldar, formar, transformar, fazer, dar a existencia; sempre tendo Deus como sujeito. Deus criou a terra e todos os seres que a povoam; criou os ceus, ou seja, o universo e todo sistema existente, quer conhecamos ou nao e todos os seres angelicais. A palavra “bara” e usada somente neste texto, dando a entender que Deus esta criando algo novo a partir do nada, isto significa que Ele nao usou nada como materia visivel para criar tudo, antes fez mediante sua palavra de Poder conforme a essencia do seu ser, afirmacao esta confirmada em Hebreus 11: 3 Pela fe, entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visivel veio a existir das coisas que nao aparecem. Ainda que os homens tentem provar que tudo foi criado pelo simples acaso da natureza, o que seria como dizer que um dicionario tenha surgido em uma explosao na grafica ou que a pizza tenha sido criada a partir de um acidente de carro que um levava trigo e outro queijo, ou seja, e impossivel imaginar que os bilhoes de astros, formado por particulas invisiveis viajando no universo em plena e perfeita ordem tenha surgido do nada sem que tenha tido uma mente divina. Hebreus 11:3 relata: “Pela fe, entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visivel veio a existir das coisas que nao aparecem.” A terra era "sem forma e vazia" (tohu va bohu, v 2). isto significa que a Terra estava, arida, vazia, desolado, desprovida e improdutiva, portanto um lugar um deserto impossivel de desenvolver a vida, assim como em alguns planetas, isto deixa claro, nao somente que Deus criou, mas tambem que Ele deu vida, pois a terra estava sem luz, sem forma e vazia (Jr 4:23). Podemos dizer que neste inicio de formacao da terra, que pode ser em fases, tudo estava coberto de trevas, escuridao total e absoluta, espessa e densa. Depois a terra estava coberta com agua (v. 2). Houve uma fase em epocas passadas, quando toda a terra estava coberta de agua. Observe a palavra "abismo" que significa profundidade dos
  8. 8. GÊNESIS A SEMENTE 8 oceanos ou profundidade de abismo e depois podemos imaginar vapor, neblina, escuridao, caos completo. Imagine que o lugar onde moramos que nascemos, foi assim um completo abismo sem forma e vazio, sim, podemos imaginar e correlacionar com muitas vidas que hoje estao assim e que só Deus pode fazer resplandecer sua luz, dar forma, sentido e vida. “O Espirito de Deus pairava...”, a palavra “pairar”, aqui, tem o sentido de planar, vibrar, podendo, ainda, supor no sentido de estar pairando com cuidado, em movimento continuo de protecao assim como a aguia citada como metafora do cuidado de Deus para seu povo em Dt 32:11: “Como a águia desperta a sua ninhada e voeja sobre os seus filhotes, estende as asas e, tomando-os, os leva sobre elas.” A ilustracao e que o Espirito de Deus deu vida à terra e estava cuidando, protegendo, para fazer existir toda condicao para a minha e sua existencia. Assim vemos o Pai criador sendo manifesto em sua majestade e soberania criando todas as coisas pela “Palavra” que e o Filho Eterno sendo manifesto no cuidado e poder do Santo Espirito. Só Deus pode fazer um paraiso no caos, só ELE pode fazer existir do nada, só Ele pode dar vida e transformar deserto em manancial, dando eterna luz, fazendo com que pessoas mortas no caos da vida sejam nova criacao. Existem algumas teorias que coloca a queda de satanas neste intervalo e, neste caso, seria o motivo do caos gerado, mas nao tem como provar exegeticamente. É importante saber que o Deus da palavra nos deu este relato e se desejasse relatar outros pormenores o teria feito, portanto, nos contentemos em saber que Ele fez de forma perfeita e que tudo que fez e bom. Genesis 1:1-2 e conclusivo. Estes dois versiculos, como se fossem outro relato mais completo e depois no versiculo tres inicia dizendo o que Deus disse.
  9. 9. GÊNESIS A SEMENTE 9 Os dias da criação: É interessante saber que os dias tem uma certa ordem, e que o primeiro dia esta relacionado ao quarto, o segundo ao quinto, o terceiro ao sexto e o setimo, a alegria de Deus dando o descanso eterno. Os dias da criacao nao se propoem a fazer um relato de calendario. A ideia de dia, tarde, noite, tem sentido literal, mas ao mesmo tempo, pode perceber que os astros que governam o dia de vinte e quatro horas, foi criado no quarto dia, portanto, a questao tempo, pode e deve ser admitida de tempo limitado de vinte e quatro horas, sem problema, ainda que para Deus, que nao esta preso ao tempo, vinte e quatro horas e mil anos e a mesma coisa. Primeiro dia. Na escuridao total e espessa, Elohiym disse “haja luz”. Neste momento eterno revelado pelo criador, pois só Ele viu este fato, houve uma expansao de luz e neste caso, luz aqui nao tem nada a ver com o sol, pois este ainda nao fora criado. Observe que Deus, disse - ELE nao precisava dizer, ele poderia ter imaginado, mas disse - Ele verbalizou o que esta dentro Dele e neste caso o verbo se manifesta e tudo que Deus faz, o faz mediante sua palavra e podemos afirmar que fala por meio do Filho (Hb 1.2. Jo 1.1). Se a luz foi chamada por Deus, e apareceu, e porque Ele habita em luz Inacessivel (1 Tm 6.16) e se luz nao tem a ver com a estrela sol, entao luz poderia ser eletrons soltos, mas luz neste texto tem a ver com a luz que tras vida, que capacita viver entao esta e a luz que veio ao mundo (Jo 1. 4-9), portanto toda luz que existe, quer seja no universo, quer seja no interior do coracao, esta luz vem Dele porque Ele e o Pai das luzes (Tg 1:17) e os santos encontrados pela luz da vida (Jo 8.12) que vivem na luz da graca do Senhor, vivera na graca eterna em plena luz (Ap 21.23-24). A luz faz crescer a vida; sem luz nao haveria plantas na terra para alimentar seres humanos e animais; a luz aquece, da cor, beleza e permite ver.
  10. 10. GÊNESIS A SEMENTE 10 “Deus viu que a luz era boa”. “Bom” no sentido de ser plenamente bom, agradavel, amavel, excelente, rico, valioso, apropriado, conveniente, melhor, satisfeito. A luz e um elemento essencial para a vida e permite ao homem ver a beleza da criacao de Deus e espiritualmente falando, somos os filhos da luz (Jo 12.36). Deus fez a luz e em seguida, a separacao entre luz e trevas. Neste caso, podemos dizer que a separacao foi um meio criado por Deus e podemos aplicar que a vida em santidade, andando na luz tem que ser separada das trevas, obras mas. Segundo dia. A terra estava sem forma a vazia, havia a furia das aguas em seu abismo, uma densa neblina de vapor e nuvens densas e pesadas e agora a luz esta penetrando em tudo, entao Deus faz separacao entre agua e ar, neste momento e formado a atmosfera tao necessaria para vida. Assim Deus criou o meio necessario para respirar e sobreviver, fazendo a terra um lugar propicio a existencia e cheia da gloria de Deus, portanto, atmosfera vem da palavra de Deus, de dentro Dele, assim como tudo que foi criado veio de Dentro de Deus, existindo em Deus e para Deus, pois, tudo vem quando ele profere a palavra que e manifesta, a sua vida de maravilhas e graca, nenhuma pessoa pode viver sem respirar e se a atmosfera vem da palavra de Deus, podemos dizer que nem só de pao vivera o homem (Dt 8.3; Mt 4.4). O ambiente foi criado por Deus, antes do meio ambiente e da biodiversidade, e nada foi criado sem propósito, tudo estabelecido pelas leis fisicas que mostram a glória de Deus (Sl 19). E assim se fez, observe que Deus disse e que a palavra trabalhou: "E assim foi”, neste caso podemos dizer que quando Deus fala nada pode impedir o acontecimento, depois, podemos aplicar que a Palavra que cria o ambiente, gera a atmosfera, dando o oxigenio para respirar e a pessoa de Jesus, a palavra viva (Cl 1.16). Observe ainda que, alem do ar foi feito as nuvens para irrigar a terra e faze-la produzir. É agua potavel sendo preparada para saciar a sede, portanto e a vida sendo manifesta em
  11. 11. GÊNESIS A SEMENTE 11 Jesus a verdadeira agua da vida (Jo 4:10-14; 7; 37-39), assim, no segundo dia foram criados a atmosfera, o espaco aereo, as fontes potaveis, as nuvens e o ar. Tudo criado pela palavra de Deus. Terceiro dia. Ja temos o ar e a agua, mas, nao havia nada seco, entao, Deus faz a terra seca: os continentes, as leis fisicas que propicia a biodiversidade, a constância da materia, os mares, lagos e rios para regar a terra, a vida vegetal, tirando a terra de debaixo das aguas, fazendo-a surgir, emergir do oceano global. Assim, Elohiym, o Todo Poderoso, fez os continentes sairem das aguas, surgindo a crosta e ilhas em erupcao, formando fendas, depressoes, bacias e cavernas. Ele disse: Ajuntem-se as aguas debaixo dos ceus “num só lugar, e apareca a porcao seca”. O poder divino e inimaginavel, ELE falou e pelo poder de sua palavra, que e vida, bilhoes e bilhoes de metros cubicos de aguas se movimentam e a terra forma suas placas tectônicas em um só lugar (Sl 18:15). Tudo sendo preparado para a formacao da vida, o lar da existencia e, quando a porcao seca apareceu, Deus criou a flora, assim, Deus criou toda a vegetacao na terra com sua semente e fruto, neste aspecto semente e fruto esta a reproducao das especies e da manifestacao da vida, tudo criado segundo sua especie no sentido mais amplo de grupos de organismos vivos pertencentes à mesma "especie" criada descendem do mesmo grupo de genes. Isso nao impede a formacao de novas especies porque isto representa uma divisao do grupo de genes original. A informacao e perdida ou conservada, mas nao adicionada. Uma nova especie pode surgir quando uma populacao se acha isolada, ocorrendo, entao, a procriacao por consanguinidade. Segundo esta definicao, uma nova especie nao e uma nova "especie", mas uma divisao posterior de uma "especie" ja existente, que refuta claramente a teoria da evolucao, pois nao temos nenhuma especie deixando de ser, ou tornando outra. Na semente esta a vida que quando morre, germina, ate neste ponto vemos que se estabelece um principio redentivo e regenerador.
  12. 12. GÊNESIS A SEMENTE 12 Primeiro dia luz: dia e noite Quarto dia: sol, lua e estrelas Segundo dia: separacao entre aguas e ar Quinto dia: peixes e aves Terceiro dia: terra firme e plantas Sexto dia: animais segundo sua especie e o homem Sabado: o descanso de Deus. O Quarto dia. Deus nao esta criando a luz, pois ela foi criada no primeiro dia, ainda que a terra nao recebesse os raios de luz, pois estava envolta em espessas nuvens no abismo de aguas, mas depois da separacao das aguas e o surgimento da terra firme, a luz, agora, penetra a nova atmosfera proporcionando vida terrestre. Deus nao esta criando os ceus, “estrelas”, pois no principio Deus criou ceus e terra conforme nos primeiros versiculos, Deus esta colocando os luzeiros (meoroth), astros transportadores de luz, portanto Deus nao esta lidando com luz no universo, mas dando a terra luzeiros para governarem o dia e a noite e fazerem separacao entre a luz e as trevas; fazer separacao entre dia e a noite, para sinais, para estacoes, para dias e anos e para alumiar a terra. Sabemos que A Terra e redonda e gira em torno de um eixo a 1600 quilômetros por hora, sendo que cada rotacao leva 23 horas, 56 minutos e 41 segundos, quase 24 horas completas, assim sendo, noite e dia foram criados para o homem poder descansar, metade desse tempo, com satisfacao de seu trabalho e ser renovado a cada manha e os animais, segundo seu costume, ter seu tempo de repouso para renovacao de suas energias. Sinais para a terra (v. 14). A palavra "seflales" (othoth) significa algo que e gravado ou marcado. Os corpos celestes sao sinais que os homens usam para orientacao, seja na terra ou mar, seja noite ou dia e que indica condicao de tempo e por fim, sao sinais que indicam a glória de Deus.
  13. 13. GÊNESIS A SEMENTE 13 Os corpos celestes sao sinais que controlam os oceanos e seus limites em cada dia, mes após mes; ate mesmo a luz e uma forma de luz durante a noite, portando, nao e criar no sentido que o universo fora criado sem o sol e a lua, mas que estes estao sendo criados no quarto dia para a terra, que ainda estava sendo formada, separada de seu estado sem forma, no abismo de aguas. Podemos dizer ainda que para a terra o dia de vinte e quatro horas comeca no quarto dia, nao para Deus, que nao esta preso ao tempo, antes Ele o cria quando da inicio a um principio, um momento que Ele desejou para iniciar a criacao. Podemos dizer ainda que o sol, lua e estrelas nao foram criados pelo acaso, mas pela vontade de Deus no tempo que Ele determinou e para o fim que desejou, dando condicoes de vida na terra para o homem e meios para a manutencao da existencia. O Quinto dia Deus criou os seres aquaticos (peixes, vida marinha, repteis) e criaturas aereas (aves, passaros, insetos e outros). A terra, sem forma a vazia, envolvida em trevas, agora estava com forma, com luz e sendo cheia de vida, assim o Eterno faz sempre renovando a face da terra e fazendo com que, cada pessoa seja em seu universo, uma terra sem forma e vazia no abismo da existencia, recebendo luz mediante a palavra de Deus e redimida para a vida no templo de seu Santo Espirito, mediante o novo nascimento. Perceba que no primeiro dia, Deus criou a luz; no segundo dia, reorganizou o nevoeiro e nuvens criando a atmosfera; no terceiro dia, a terra seca tirada de sob as aguas dando inicio as especies de plantas e no quarto dia, fez com que a luz penetrasse a atmosfera, iluminasse a terra e assim, no quinto dia, Deus fez a vida nas aguas e no ar. Perceba que Deus criou seres que vivem nas aguas, seres que vivem no ar e seres terrestres tudo criado por meio de sua palavra, mas obseve ainda que ate o quarto dia, “Deus disse”, agora, no quinto dia, esta novamente a palavra “CRIOU” hb “bara”, que significa a criacao de algo novo, novissimo. Deus criando seres do nada, sem nenhuma
  14. 14. GÊNESIS A SEMENTE 14 materia ou substância de qualquer especie, mas fazendo existir do que Ele tem dentro de si, em sua mente infinita. É bom lembrar que a palavra “bara”, nos dois primeiros capitulos de Genesis, aparece no Capitulo um, verso um, que nos ensina que tudo foi criado por Ele; depois nos versiculos vinte e um tratando da criacao dos animais, fazendo assim uma diferenciacao para a criacao dos seres vivos, dando a entender que este seja um momento diferente da criacao anterior, depois aparece no versiculos vinte e sete, para se referir a criacao do homem e depois no capitulo dois, versiculos tres e quatro, que nos fala do sabado, relatando que Deus parou a criacao, dando assim, o genesis de todas as coisas. É, ainda, muito importante deixar claro que a biblia nao se propoe a ser um livro cientifico, mas a ciencia usa a mesma ordem de luz, esfriamento, expansao, plantas, animais aquaticos e seres que voam, depois seres que andam na terra, mas observe que Deus fez tudo conforme a sua especie e nao ha nenhum animal em mutacao, existe especie em adaptacao, mas o mamifero continua mamifero, o aquatico continua aquatico, assim sendo fica mais facil crer nas escrituras que na ideia de uma evolucao do nada, onde esta evolucao parou ou deu saltos, que neste caso, ja nao seria evolucao e que nada prova que uma especie se tornou outra, muito menos que inorgânico tornou orgânico, mas os seres humanos quanto mais Deus permite o conhecimento, mais tenta excluir Deus e quanto mais compreende menos sabe explicar e ainda que refutam o absolutismos, tornam suas teoria absolutas ate que se prove ao contrario. É importante notar que, alem de criar as especies, Deus ainda capacita a procriacao dos seres para perpetuidade e abundância, tudo criado certinho para o Louvor da sua Glória. Isto, se chama providencia de um Deus presente, que nao criou e depois abandonou, mas criou seres vivos, fisicos livres, diferentes dos seres nao fisicos. Ficamos maravilhados diante da criacao, ao ponto de que alguns homens passaram a adorar a criacao, a natureza, em vez do Deus que criou, mas lembre-se que, tudo o que vemos lindo, e ainda imperfeito, afetado pelo pecado que limitou a própria natureza, que afetada aguarda a revelacao dos filhos de Deus (Romanos 8:19) “A ardente expectativa da criacao aguarda a revelacao dos filhos de Deus”.
  15. 15. GÊNESIS A SEMENTE 15 Na eterna glória, a natureza que se espera, que se pode imaginar e que a mente nao consegue conceber, estara para sempre garantida, pois o que Deus criou e eterno. Eclesiastes 3:14 “Sei que tudo quanto Deus faz durara eternamente; nada se lhe pode acrescentar e nada lhe tirar; e isto faz Deus para que os homens temam diante dele”. 1 Corintios 2:9 “Mas, como esta escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coracao humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam”. O Sexto dia A criacao de animais terrestres: Gn. 1:24-25. Deus criou os animais da terra (v. 24), cada um segundo a sua especie (v. 25) e viu que era "bom!”. Os animais terrestres foram criados da terra mediante a palavra do Senhor em fazer existir, observe Genesis 1:24: “Disse tambem Deus: Produza a terra seres viventes, conforme a sua especie: animais domesticos, repteis e animais selvaticos, segundo a sua especie. E assim se fez”. A palavra original para “produza” e “yatsa”, que significa: vir para fora, sair, avancar. Deus, pois, criou os seres terrestres da terra e o homem da mesma materia (Gn 2:7). Podemos ver que a terra adora a Deus fazendo sua vontade, produzindo o que Ele mandou motivo pelo qual a materia e uma constante. Assim Deus criou tudo pelo sua poderosa palavra (Ne 9:6). O misterio da criacao encanta a todos. Ninguem sabe explicar como celulas reunidas com informacoes no DNA sao formadas de atomos invisiveis e inorgânicos, perfeitamente juntas em um corpo livre, autônomo e ainda fica mais impressionante saber, que toda esta maravilha dissolve assim que a vida deixa o corpo, mostrando que a vida nao e, mas apenas esta no corpo, portanto a vida e espiritual, eterna.
  16. 16. GÊNESIS A SEMENTE 16 É importante ainda, registrar que ate hoje, nunca se encontrou um fóssil que provasse a possibilidade da evolucao ou em mutacao, antes, todos os fósseis comprovaram que a especie que pertencia, era mesmo uma especie definida. (Ap 4:11; Sl 95:6). Os animais foram criados para interagir com os homens (Gen. 2:18). Isto mostra um Deus de amor e bondade e um homem responsavel, que infelizmente caiu. O homem, macho e femea 1:26-31 Na criacao dos animais, um entre eles, o homem, a sublimidade do Criador, formado primeiramente no coracao do Eterno Deus, foi criado da terra como materia e espiritualmente do sopro divino. Portanto, o homem e primeiramente um ser espiritual dentro de um corpo fisico, relacionado com a criacao e com o Criador. Assim, o homem e semelhante aos animais, mas, semelhante a Deus em sua essencia, motivo que difere dos animais, mediante o eterno conselho divino (Gn 1.26), motivo pelo qual o homem tem dominio sobre a natureza. Quando a biblia relata que Deus disse “facamos”, Ele nao esta falando com seres angelicais, pois estes sao criaturas tambem, ele esta falando com Ele mesmo, na bendita pessoa da trindade, no conselho eterno da criacao do homem, que Deus sabia como seria e como os animais se tornaria, deixando morrer sua espiritualidade, portanto, Ele nos escolheu Nele, antes da fundacao do Mundo (Ef 1. 4). Assim, o homem foi criado nao para depredar a natureza, mas para ser seu despenseiro. “Macho e femea”, fala da procriacao, do prazer que um pode dar ao outro, fala da plenitude da vida, da importância do companheirismo, da responsabilidade mutua da definicao do genero e do principio estabelecido, observe que a ordem de multiplicar e encher a terra, e para ambos, pois na criacao o homem nao foi designado para dominar a mulher e sim para dominar sobre animais e a mulher esta incluida na responsabilidade do cuidado e multiplicacao da especie.
  17. 17. GÊNESIS A SEMENTE 17 Imago Dei. “A esta classe, pertencem as analogias da unidade psicológica de intelecto, afetos e vontade”. Agostinho Por conseguinte, com esta expressao ‘imagem de Deus’, indica-se a integridade de que Adao foi dotado quando o seu intelecto era limpido, as suas emocoes estavam subordinadas à razao, todos os seus sentidos eram regulados devidamente e quando ele verdadeiramente atribuia toda a sua excelencia aos admiraveis dons do seu Criador. “E, conquanto a sede primaria da imagem divina estivesse na mente, no coracao ou na alma e suas faculdades, nao havia parte nenhuma, mesmo no corpo, em que nao fulgissem alguns raios de glória”. Esta glória divina na plenitude humana, incluia tanto os dotes naturais como aquelas qualidades espirituais designadas como justica original, isto e, real conhecimento, justica e santidade. (teologia Sistematica de Berkhof) Ainda que os animais possam correlacionar ordens, aprender comandos, o ser humano recebeu o dom de ser a imagem Divina na liberdade mais plena do saber, pensar e agir e em todo homem existe uma indole de dominio, que por causa do pecado se torna soberba, mas mediante o novo nascimento volta a ser um servico de amor ao próximo, à natureza e principalmente, ao Criador. Tambem podemos dizer que e esta imagem e semelhanca, que da ao homem a capacidade moral e reflexo de justica. Assim, podemos dizer que o homem e superior aos animais, tanto mental (racional) quanto moralmente. Notemos ainda, que o primeiro homem foi criado perfeito, sem falhas com corpo perfeito, mente plenamente livre, plena saude fisica e emocional, sem conhecer doencas, enfermidades ou morte, Adao nao tinha problema de memória, sem dificuldade de aprendizagem, sem dor, sofrimentos ou lagrimas. Ele nao sentia alienacao, angustia, vazio, ou solidao e ainda era eterno e livre do pecado. Tudo isto que o primeiro Adao perdeu, Jesus, o segundo Adao, resgatou na cruz (Is 53) e sera plenamente manifesto na sua vinda (1 Ts 4:15-19; 1 Co 15:38; 1 Jo 3:2).
  18. 18. GÊNESIS A SEMENTE 18 Considerando os atributos comunicaveis do Senhor podemos dizer que homem era perfeito em santidade, amor, glória, espiritualidade, alegria, personalidade, paz, benignidade, fidelidade, bondade e graca (Mt 5:48). A imagem de Deus no homem e ainda o poder da santa imortalidade, perdida por Adao e resgatada por Jesus na cruz (Joao 17:3). A imagem de Deus no homem e ainda, importante para a adoracao, pois Deus e espirito e deve ser adorado, na verdade de sua palavra e espiritualidade, o que e impossivel ao homem sem o Santo Espirito, pois este, e um mortal, mas mediante o poder eterno, somos levados a verdadeira adoracao na capacidade espiritual, no culto, raciocinar com a vida enquanto vivemos nesta terra apresentando o corpo como sacrificio a Deus. Assim como Adao era a imagem de Deus, Jesus e a expressao exata, portanto um morreu, tornando mortal e morrendo a cada dia, o outro vive para sempre e nasceu, mas ao morrer, reviveu, dando-nos o novo nascimento espiritualmente e assim, revivemos para Deus na terra, esperando a redencao do corpo mediante sua palavra de poder (1 Ts 4:16 -17). E assim, 1 Corintios 15:48 “Como foi o primeiro homem, o terreno, tais sao tambem os demais homens terrenos; e, como e o homem celestial, tais tambem os celestiais. E assim como trazemos a imagem” (1 Co 15:49). Homem e mulher, feitos harmoniosamente a semelhanca de Deus, criados para governar, dominar, proteger, explorar o melhor que se pode tirar de cada um e serem despenseiros da criacao do Senhor, adora-lo e viverem em amor e comunhao plena e nao em disputas e tiranias. O sétimo dia: O santo sabado do Senhor nosso Deus. A criacao termina com a satisfacao do descanso Eterno de pleno culto 2:1-3 O sabado. A palavra “shabbath” aparece a primeira vez em Ex. 16:23, como nome do setimo dia, mas o descanso esta estabelecido no setimo desde Genesis 2.2, quando diz que Deus descansou e neste texto, a palavra e “shabath”, ainda que na variacao em traducao para a lingua portuguesa seja apenas de um “h” o primeiro pode significar 1a)
  19. 19. GÊNESIS A SEMENTE 19 sabado, 1b) dia de expiacao, 1c) ano sabatico, 1d) semana, 1e) produto (no ano sabatico). A palavra no capitulo dois, significa 1) parar, desistir, descansar, guardar o descanso, pois assim fica claro que o sabado de Deus nao e um descanso do qual Ele precisava, mas o momento que ELE estabeleceu para parar suas obras. Na verdade o Sabado vem sempre depois das obras e tem mais que um dia da semana para ser lembrado, tem que ser lembrado de um Deus maravilhoso que criou todas as coisas e estabeleceu um “shabath”, um descanso. Lembrando que no principio, o Eterno Elohiym criou ceus e a terra, estabelecendo o principio, tanto como inicio de sua criacao, como principio eterno. No primeiro dia, a luz foi criada e pela separacao da luz e das trevas, o dia e a noite foi constituido. O segundo dia, tambem foi uma obra de separacao: o firmamento. Foi estabelecido com a divisao das aguas de cima e as aguas de baixo. As aguas de cima sao as nuvens, equivale ao termo “expansao”. No terceiro dia, a separacao e levada avante, ainda com a separacao entre o mar e a terra seca (Sl 104:8). Em acrescimo a isso, foi estabelecido o reino vegetal de plantas e arvores. No quarto dia, o sol, a lua e as estrelas foram criados como luzeiros ou portadores de luz para servirem a uma variedade de propósito: (1) dividir o dia e a noite; (2) para sinais, isto e, indicar os pontos cardeais, pressagiar mudancas nas condicoes do tempo e servir como sinais de importantes eventos futuros e juizos vindouros; (3) para estacoes, dias e anos, isto e, para atender ao propósito de efetuar a mudanca das estacoes, a sucessao dos anos e a regular a ocorrencia de dias festivos especiais e (4) servir como luzes para a terra e, assim, possibilitar o desenvolvimento da vida orgânica nela. No quinto dia. Este dia traz a criacao das aves e dos peixes, habitantes das aguas e do ar. Aves e peixes estao juntos porque ha grande similaridade em sua estrutura orgânica.
  20. 20. GÊNESIS A SEMENTE 20 Alem disso, sao caracterizados por uma instabilidade e mobilidade que eles tem em comum com o elemento em que se movem, em distincao do terreno sólido. Tambem se assemelham em seu processo de procriacao. No sexto dia foi o climax da obra da criacao. Em conexao com a criacao dos animais, emprega-se mais uma vez a expressao, “Produza a terra”, e isto, deve ser interpretado do modo indicado no item (c). Os animais nao se desenvolveram naturalmente da terra, mas foram produzidos pelo “fiat” criador de Deus. De maneira definida, se nos diz no versiculo 25 que Deus fez os animais selvaticos, os animais domesticos e todos os repteis da terra, conforme a sua especie. Mas, mesmo que a expressao possa se referir ao desenvolvimento natural, nunca se refere a evolucao, que segundo o Darwinismo, seria um processo que ao longo de sucessivas geracoes leva à diferenciacao das especies, determinado por mutacoes geneticas e por selecao natural, o que seria necessario termos animais em mutacoes, mudancas de especies e fosseis comprobatórios, mas quando se argumenta este fato, propoe-se como teoria, saltos de eras, logo nao seria evolucao, pois evolucao exige continuidade. Ainda no sexto dia, a criacao do homem se distingue pelo eterno e solene conselho que a precede: “Facamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhanca”; e nao e para espantar-nos, desde que tudo que a precedeu, foi apenas uma preparacao para o surgimento do homem, a coroa da obra de Deus, o rei da criacao e porque o homem foi destinado a ser a imagem de Deus. As palavras “tselem” e “demuth” nao indicam exatamente a mesma coisa, mas, nao obstante, sao empregadas umas pela outras. Quando se diz que o homem foi criado à imagem de Deus, significa que Deus e o arquetipo do qual o homem e o arquetipo, e quando se acrescenta que ele foi criado conforme a semelhanca de Deus, isto meramente acrescenta a ideia de que a imagem e de todos os modos semelhantes ao original. Em todo o seu ser o homem e a própria imagem de Deus. No sétimo dia. O descanso de Deus no setimo dia contem, antes de tudo, um elemento negativo: Deus cessou a Sua obra criadora. Mas a isso, deve ser acrescentado um elemento positivo, a saber, que Ele teve prazer em Sua obra completa. Seu repouso foi o
  21. 21. GÊNESIS A SEMENTE 21 repouso do artista que, após haver completado a sua obra prima, agora a observa com profunda admiracao e deleite, e se satisfaz perfeitamente contemplando sua producao. “Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom”. Deus "passou" e julgou seu próprio trabalho e viu que tudo que criara era justo, perfeito, harmonioso, cheio dELE, portanto, de amor e isto responde a sua exigencia e ideal divino, entao ELE, o eterno Eu Sou, se regozija com a Sua criacao em um perfeito momento em que a Criacao Adora, os ceus e seus exercito, Adao e sua mulher adoraram ao Senhor Deus criador dos ceus e da terra em um momento de culto celestial, momento este, tambem reservado aos cansados que foram atraidos a Jesus (Mt 11:28). Portanto podemos pensar que depois do sexto dia, onde Deus contemplou sua obra, finalizada em seu vasto esplendor e viu que era “muito bom”, ainda havia reservado o melhor dos dons para dar a criacao, a saber, seu descanso (Gn. 1:31). O melhor do bom estava à frente, Em Deus e assim, o muito bom, ainda tem um melhor que e o “Sabat”, pois segundo seu eterno decreto “o melhor de todos os mundos possiveis” nao e seu inicio, mas sim, reservado aos seus para o final da história. Esse, tambem, foi o motivo dele ter criado o ser humano, para serem portadores de sua imagem, dando o privilegio da responsabilidade unica entre suas criaturas, de trabalhar para o seu Criador-Senhor em adoracao no eterno “Sabat”. No livro de Hebreus, somos instruidos sobre o verdadeiro descanso (Hb. 3:7, 4.13), onde a igreja e comparada a Israel no deserto. Essa analogia tem dois lados. Por um lado, assim como Israel tinha sido liberto da escravidao no Egito, os crentes já foram libertos da culpa e poder do pecado, por outro lado, assim como Israel no Sinal ainda nao tinha entrado na terra de Canaa, ainda não alcancamos nossa salvacao em sua plenitude final e, portanto nos resta o “Sabat”. Deus chama essa possessao futura de salvacao, de “descanso” ou “meu descanso”, tomado de Salmo 95 que explicitamente associa o “Shabbath” com esse descanso. Isso acontece de duas formas. Primeiro, em Hebreus 4:4, ele conecta esse descanso com Genesis 2:2: “E, havendo Deus terminado no dia setimo a sua obra, que fizera,
  22. 22. GÊNESIS A SEMENTE 22 descansou nesse dia de toda a sua obra que tinha feito”. Esse e o unico lugar onde o Novo Testamento cita esse versiculo. É, tambem, significativo que existem apenas dois lugares onde o Antigo Testamento cita esse versiculo, e nessas duas ocorrencias com o propósito de apoiar o mandamento semanal do Shabbath (Ex. 20:11; 31:17). Segundo, em Hebreus 4:9, ele deliberadamente chama o descanso de “um repouso do Shabath” (ou “guarda do Shabbath”). Para nós, os cristaos, o sabado e muito importante, nao apenas como dia literal, mas muito mais como promessa do Senhor Jesus, nosso verdadeiro sabado, do qual podemos ir com o fardo pesado e ELE da descanso para nossas almas. De outra maneira, e interessante saber que o Senhor Deus, criou todas as coisas, por fim fez o homem na sexta-feira, e logo no dia seguinte lhe da descanso. O Senhor Jesus, na sexta-feira morreu e dormiu entre os mortos, alegoricamente, como Adao dormiu e Deus transformou a costela em mulher, assim como Joao (1 Jo 5:6-12) nos diz que o testemunho da agua e o sangue que fluiram do lado do Redentor sacrificado, quando a espada transpassou-lhe a costela. Ele amava a Igreja e se deu por ela para santifica-la e limpa-la com o lavamento da agua pela palavra; para apresenta-la a si mesmo uma Igreja gloriosa (Ef 5:25-27). Fato que o apostólo Paulo diz ao falar do relacionamento de marido e mulher em Ef 5:32, ele diz que se referia a Cristo e a Igreja, portanto, alegoricamente podemos dizer que a criacao de Adao e a mulher ja era uma metafora de Cristo e a igreja, pois Cristo e antes de Adao como redentor. O sabado e Cristo que e o inicio e o descanso depois das obras. Joao nos diz ainda, que estes testemunhos foram feitos no Espirito de Deus e por Ele, conforme à declaracao do Salvador. Ele e o Espirito de Deus e nao pode mentir. Assim a Trindade da testemunho das doutrinas da pessoa de Cristo e sua salvacao. O Pai, repetidamente, por uma voz desde o ceu declarou que Jesus era seu Filho amado. A Palavra declara que Ele e o Pai eram Um, e que quem o viu a Ele, viu ao Pai. Tambem, o Espirito Santo desceu do ceu e “posou” em Cristo em seu batismo. Ele tinha testificado de Cristo por meio de todos os profetas e deu testemunho de sua ressurreicao
  23. 23. GÊNESIS A SEMENTE 23 e oficio de mediador pelo dom de poderes miraculosos aos apóstolos. Porem, seja citada ou nao esta passagem, a doutrina da Trindade em unidade continua igualmente firme e verdadeira. Houve tres testemunhas para a doutrina ensinada pelos apóstolos a respeito da pessoa salvifica de Cristo: 1) O Espirito Santo. Viemos ao mundo com uma disposicao carnal corrupta, que e inimizade contra Deus. Que isto seja eliminado pela regeneracao e a nova criacao de almas pelo Espirito Santo e testemunho do Salvador. 2) A agua. Estabelece a pureza e o poder purificador do Salvador. A pureza e a santidade atual e ativa de seus discipulos estao representadas pelo batismo. 3) O sangue que Ele derramou. Este foi nosso resgate, isto testifica de Jesus Cristo; selou e terminou os sacrificios do Antigo Testamento. Os beneficios procurados por seu sangue provam que Ele e o Salvador do mundo. Nao e de estranhar-se que quem rejeitar esta evidencia seja julgado por blasfemar o Espirito de Deus. As tres testemunhas sao para um e identico propósito; concordam em uma e a mesma coisa. Jesus e o verdadeiro sabado que morreu na sexta-feira e ressurgiu no primeiro dia da semana, fazendo o novo Genesis do primeiro dia, trazendo a si mesmo, a verdadeira luz que alumia a todos os homens e faz separacao entre luz e trevas. O Adão. Adao - “Adam, aw-dawm”, Vermelho”, refere-se ao: 1) especie humana, ser humano, como individuo, nome do primeiro homem. O início da humanidade e a descendência piedosa. O Senhor Deus que criou o universo, os ceus e a terra (v. 4). A palavra hebraica "origens" (toledoth) significa: geracoes, história, assim fica claro que, nada que existe tenha aparecido do acaso, como por acidente.
  24. 24. GÊNESIS A SEMENTE 24 Nomes (2:4) de Deus - Jeova - Jave – Criador e sustentador de todas as coisas. O nome descreve o que Deus ha de fazer na terra: Estabelecer o relacionamento pessoal com o homem e redimir o homem de seu pecado e ainda revela seu carater glorioso. A terra estava envolta em um vapor espesso e nuvens de denso nevoeiro, que por pouca luz, teria pouco crescimento de plantas. No apice da criacao, Deus fez o homem e o fez do pó da terra e de seu halito, podemos concluir assim, que o homem nao e um ser da terra experimentando a espiritualidade, mas um ser espiritual experimentando uma experiencia na terra. Deus "formou" (yatsar) significa moldar, dar forma. É uma ilustracao de um artista que tem uma imagem em sua mente e a pinta, portanto existe neste ponto um lembrete eterno, dizendo que a dignidade e honra da criacao e um do coracao de Deus. Por outro lado, e humilhante saber que somos poeira, mas neste caso somos nivelados ao patamar da humildade que nao permite que um ser humano seja superior a outro diante do criador. Se por um lado e glorioso saber que nascemos no coracao e mente do Senhor, por outro, nos prostramos diante Dele com reverencia, pois somos pó. Assim se estabelece o relacionamento pessoal, que por sua vez mostra a revelacao da redencao. Deus o criou para si, para seu louvor, para sua glória, portanto, o homem e acima de tudo um adorador. "Vinde, adoremos e prostremo-nos, ajoelhemo-nos perante o Senhor, nosso Criador" (Sl 95:6). O homem nao foi feito de pó de ouro, mas pó de terra 1 Co 15: 42-50. O propósito da Escritura e mostrar que, humildemente, somos poeira neste corpo fragil e fraco, gritando a verdade, que ninguem esta acima de ninguem e, portanto, sem o direito de menosprezar. O sopro de Deus e seu Espirito, ELE poderia ter falado e o homem existiria - como ele fez quando criou os animais - mas, ao soprar, deu ao homem o seu Espirito; assim o homem esta relacionado a Deus e Deus ao homem. Isso significa, que os animais estao vivendo como criaturas e nao sao seres espirituais e que a vegetacao, vive, mas e
  25. 25. GÊNESIS A SEMENTE 25 inanimada, enquanto o homem foi criado no tecer de Deus, mediante sua criatividade divina, na beleza de sua mente e depois, cheia de Deus por meio de sua própria respiracao. O homem e em Adao, uma casca de barro, um casulo andante e logo volta ao pó na constante da materia; de outro lado e imortal. No representante legal, fomos criados, depois mortos. No segundo Adao fomos gerados e imortalmente revestidos por Aquele que morreu em nosso lugar, deixando o lugar dos mortos, órfao dos eleitos. Jesus e o unigenito. Joao 1:14-18; 3:16-18; 1 Joao 4:9. O unigenito e tambem o primogenito (Zacarias 12:10). É por este motivo que ao vivermos como o primogenito da vida, morremos, mas, quando nascemos novamente e morremos no primogenito, nossa vida ficou escondida NELE (Co 3: 1-3), assim, o Adao em mim morre duas vezes e vive uma. (Ler Numeros 3:41 Apocalipse 1:5) Ora, se vivermos com Ele, reinaremos com o segundo Adao, que sempre foi o primeiro (2 Timóteo 1:9 e 10, Tito 1:2 e 3, Apocalipse 13:8). O Éden. “prazer” 1) luxo, coisas delicadas, delicia, finuras. 2) delicia 3) viver em regalias, deliciar-se. Genesis 2:8: “E plantou o SENHOR Deus um jardim no Éden, na direcao do Oriente, e pôs nele o homem que havia formado”. 1) jardim, area cercada (fig. de uma noiva). A vida Adâmica era a espontaneidade da ingenuidade do homem e o Riso da graca divina no lugar da intimidade de Emanuel. Éden e o lugar do prazer eterno, das delicias do Deus. O jardim, e o lugar reservado para o homem, para que o Eterno Emanuel de graca à criatura para viver com Ele e assim, como saia um rio e regava o jardim, assim o salmista nos revela, em Salmos 46:4, “Ha um rio, cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuario das moradas do
  26. 26. GÊNESIS A SEMENTE 26 Altissimo”. O profeta Ezequiel nos revela na visao do rio que sai do limiar do templo - Ezequiel 47:1- “Depois disto, o homem me fez voltar à entrada do templo, e eis que saiam aguas de debaixo do limiar do templo, para o oriente; porque a face da casa dava para o oriente, e as aguas vinham de baixo, do lado direito da casa, do lado sul do altar”. E, segue dizendo, que ele foi levado a entrar nas aguas e, ainda, Joao nos relata que: “No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva” (Jo. 7; 37-30) e depois, em apocalipse, ele viu e relatou conforme os textos que segue: Ap. 22:1 e 2 - “Entao, me mostrou o rio da agua da vida, brilhante como cristal, que sai do trono de Deus e do Cordeiro. No meio da sua praca, de uma e outra margem do rio, esta a arvore da vida, que produz doze frutos, dando o seu fruto de mes em mes e as folhas da arvore sao para a cura dos povos”. Veja, ainda, Ap. 21:6 - “Disse-me ainda:Tudo esta feito. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Principio e o Fim. Eu, a quem tem sede, darei de graca da fonte da agua da vida”. Ap. 22:17: “O Espirito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graca a agua da vida”. Assim, fica certo que, a graca andante nas mais esplendorosas e brilhantes cores vivas, flores radiantes na atmosfera eterna de vida manifesta no andar cintilante e vivo do eterno Deus-Homem, o filho estava presente no Éden perdido e que foi restaurado para nós por meio de Jesus! Todos tem lembrancas marcadas na alma deste lugar que nao se ve a nao ser pela fe, mas existe em cada cristao dentro de sua alma o mapa da vida para voltarmos para casa ao Pai, que de fato se importa com gente. Este lugar real, plantado pelo Senhor, e o ideal para nós e utópico para os incredulos, onde a harmonia e plena de vida, graca e paz no pomar de Deus para os homens! O paraiso e lugar de perdao. (Mt. 27:44; Lc. 23:43; Ap. 2:7; 22:2). A árvore da vida. Joao 11:25, 15:1-5; Genesis 3:24; Apocalipse 2:7, 22:2, 14 e 19. Deus plantou vida em seu prazer, mas o homem nao se submete por causa do pecado mediante a tentacao. Ao inves de escolher a vida, escolheu a morte; em vez da presenca, ficou com a solidao; em
  27. 27. GÊNESIS A SEMENTE 27 vez de paz, confusao; em vez da justica divina, tenta sua própria; em vez de descansar, labuta; em vez de perfeicao, tornou-se um ser corrupto e assim a vida e a morte estara sempre diante dos descendentes - os “Adaos” (Dt 30:15). O primeiro Adao, comeca no Jardim do Éden e termina no deserto. O segundo, comeca no deserto, passa pelo Getsemani - " lagar de azeite" aonde amassava as oliveiras -, depois foi sepultado no jardim da caveira e termina no jardim do Éden levando o adao bandido de volta ao seu lugar. A aliança. O Senhor Deus, estabelece a alianca onde Ele e o Senhor e decide e o homem e colocado para adora-lo. Neste caso, adorar esta relacionado à servir, no sentido de alegria, no papel que lhe cabe em liderar para o Senhor, mantendo-se atento, guardando. Ora se havia necessidade de guardar, havia perigo, observe o verso 15 “Tomou, (laqach, esta palavra esta no tempo Qal, portanto se a refere à tomar, pegar na mão, escolher, tomar em casamento, liderar, conduzir), pois, o SENHOR Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para cultiva-lo e o guardar” (servir e vigiar). O homem perfeito, com tantos poderes, virtudes e privilegios precisava ter responsabilidade da fidelidade e da submissao ao seu Criador e Senhor, de quem foi constituido, mordomo e administrador, sobre a ordem natural terrena - entre Deus e seu representante. “Imago Dei”. O homem foi criado como um ser espiritual, portanto, à imagem e semelhanca de Deus, com necessidades e instintos eternos, divinos e imortais e ainda, com a necessidade de adorar, viver com Deus, em amor e comunhao, pois nao havia intermediacao. O contado era direto e o dialogo, pessoal. No verso 16 e 17, estabelece o decreto do SENHOR Deus, para que o homem coma livremente de toda arvore do jardim, mas nao deveria este desobedece-lo, comendo da arvore do conhecimento do bem e do mal, porque certamente morreriam, neste caso, podemos dizer que o Senhor Deus nao gera a morte, ainda que ela seja necessaria para esta especie, dando assim, a possibilidade do homem morrer mediante a vida manifesta antes, segundo Ef. 1; 1-10.
  28. 28. GÊNESIS A SEMENTE 28 A alianca foi firmada com o genero Masculino (gerador de vida), representante legal da raca, como ser inteligente livre espiritualmente perfeito e imortal, criado para ser semelhante ao Altissimo; dominar com autoridade e amor perante o criador. Neste sentido, o servico e adoracao e nao labor; o propósito de comunhao, paz, esta relacionado à submissao e companheirismo eternos, em uma caminhada de comunhao de Pai e filho que Adao perdeu, mas nao fiquemos tristes, pois, tudo o que foi perdido pelo pecado de Adao foi recuperado com Cristo, mediante a cruz. Joao 5:19 - “Entao, lhes falou Jesus: Em verdade, em verdade vos digo, que o Filho nada pode fazer de si mesmo, senao somente aquilo que vir fazer o Pai; porque tudo o que este fizer, o Filho tambem semelhantemente o faz”. O homem nao só precisa de Deus para viver, mas foi feito capaz de viver com ELE. A mulher A primeira mulher foi um presente de Deus para o homem. No relato da mais sublime demonstracao de companheirismo, multiplicacao da raca, cuidado, amor compartilhado, carinho, ternura, do ser humano sendo um só na carne com o outro e um em espirito com o criador. No momento em que o homem esta exercendo sua autoridade em colocar nomes, no sentido de liderar, tomar posse, governar a criacao, dominando tudo que o Senhor Deus criou, depois de dominar sobre os outros seres; neste momento, Deus resolve dar-lhe uma auxiliadora (rze ‘ezer a que ajuda, socorre, apoia, que o abrace, a mulher foi criada para completar o homem, tanto na raca como na vida). Este termo e usado, muitas vezes, para designar o apoio do Senhor nosso Deus; como nos Salmos 33:20: “Nossa alma espera no SENHOR, nosso auxílio e escudo”. Salmos 70:5: “Eu sou pobre e necessitado; ó Deus, apressa-te em valer-me, pois tu es o meu amparo e o meu libertador. SENHOR nao te detenha!”. Homens e mulheres tendo cada um o seu papel, com o propósito de viver mutuamente relacionados, em intimidade de comunhao. “Nao e bom que o homem viva só”, neste caso ha um mandamento para que o homem se case, com a excecao do celibato, mas a completude de vida, esta em que um nao esta acima do outro, mas ambos com papeis
  29. 29. GÊNESIS A SEMENTE 29 diferentes se completam, assim, todo homem nasce de mulher e toda mulher e gerada por um homem. Observe que a mulher foi formada do Adao, assim como Adao veio de dentro de Deus, Deus tirou a mulher de dentro dele. Neste caso, enquanto ele dormia na sexta-feira feira à tarde, a mulher foi criada, assim como Cristo, o segundo Adao morreu (dormiu) na sexta-feira na cruz e uma espada traspassa-lhe a costela, de onde sai agua e sangue. O testemunho da existencia da igreja, 1 Joao 5:6 – “Este e aquele que veio por meio de agua e sangue, Jesus Cristo; nao somente com agua, mas tambem com a agua e com o sangue. E o Espirito e o que da testemunho, porque o Espirito e a verdade”. Assim como a Eva (hwx Chavvah =" vida" ou "vivente"), foi uma transformacao tirada do primeiro Adao atraves do seu sono, a igreja só e viva mediante a morte do segundo Adao - Efesios 5:32: “Grande e este misterio, mas eu me refiro a Cristo e à igreja”. Curiosidade: Deus nao colocou outra costela, assim ficam claro que nao faria outra mulher, os dois estavam completos e ela foi criada para viver a graca da intimidade e governo com o homem, ajudando-o, sendo lhe companheira fiel e idônea na mesma natureza, mentalidade e espiritualidade para andarem juntos. A mulher foi formada da mesma materia, sendo um individuo unico em duas pessoas, portanto, a biblia diz que o homem deve amar sua mulher como seu próprio corpo. Ambos viviam a mais plena liberdade de intimidade, sem vergonha de ser, nus diante do Altissimo, revestidos de sua glória eterna. A serpente Sagaz (original): ser sutil, esperto, astuto, matreiro, sensato e ainda acautelar-se, tomar conselho astucioso. Segundo o Aurelio, siguinifica: Que tem agudeza de espirito; persipicaz, astuto, manhoso. Ora, os animais eram perfeitos, portanto nao poderiam causar imperfeicoes, mesmo que nos pareca ser apenas um animal, a biblia nos revela a natureza desta serpente e podemos afirmar, mediante as escrituras, que e o mesmo diabo (caluniador), o satanas (adversario Ap. 12.9 e 20.2). Este ser existe e vive como principe deste mundo (Jo 12.3
  30. 30. GÊNESIS A SEMENTE 30 1), portanto sua esfera de autoridade e mundial e toda criatura nasce como escrava algemada (sem liberdade plena e sem vida de relacionamento com o criador) e com um trono erigido no coracao. Ele e lider do maior exercito cruel e manipuldor que se pode imaginar, nao ha um lugar ou casa que ele nao entre, e, se possivel fosse, enganariam os próprios eleitos (Mt 24:24). Como espirito e principe da potestade do ar, tem acesso aos recantos mais secretos do coracao (Ef 2.2), isso, quando o cristao lhe der lugar (Ef. 4.24); ele pode plantar a semente do mal na mente mediante a cobica humana (Tg 1. 14- 15). A Escritura diz que a serpente era a mais “esperta” (astuto, inteligente, perspicaz) do que qualquer animal da terra (Gn 3:1). Esta e uma comparacao da astucia do animal com a astucia de Satanas. A escritura nos da exemplos, em que Satanas tinha o poder de usar as pessoas como instrumento para falar por ele. Ex; Pedro (Mt 16:22-23) ou possuidas por eles (Mt 8:28 - 34; Atos 16:16-18). O próprio Jesus, nos diz que, Satanas estava por tras da queda tragica do homem (Jo 8:44) e Paulo, afirma que, Satanas que enganou a Eva (2 Co 11.3), se transforma em anjo de luz (2 Co 11:14). A possibilidade de que Isaias esteja revelando a queda deste adversario na terra (Is 14: 13-14), e aceito por muitos e, neste caso, percebe-se que ele regia no universo, governava diante do Senhor com autoridade e liberdade maximas, mas, ainda que ele obedecesse (e obedece ate hoje), ele nao se submetia em adoracao. Ha, portanto, uma quebra de autoridade na fuga da adoracao, pois adorar nao e cantar, mas ser conduzido em espirito e em verdade, fazendo o que o Senhor determinou e fazendo de todo coracao. Observe que submissao e uma atitude do coracao. No novo testamento a palavra original e “hupotasso”, que significa: organizar sob, subordinar, sujeitar, colocar em sujeicao, sujeitar-se, obedecer; e em termo grego nao militar, era "uma atitude voluntária de ceder, cooperar, assumir responsabilidade, e levar uma carga”. Toda criacao foi chamada para adorar em plena submissao (2 Co. 10:17; Hb. 12:9). Neste ponto, satanas gera a rebeliao em seu coracao e induz seres ate o dia de hoje, para
  31. 31. GÊNESIS A SEMENTE 31 o ajuntamento da sua rebeliao contra o criador. Portanto, Satanas se rebelou contra Deus e deixou de ser a estrela da manha e, ainda, Ezequiel nos revela que o adversario era o Querubim da guarda no Éden (Ez. 28:11-19). Satanas e, ainda, o deus deste seculo (2 Co 4:3, 4); ele nao tem nada com Cristo (Jo 14:30) e foi julgado por Jesus na cruz (Jo 12:31; 16:11). Nossa luta continua sendo contra os “principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forcas espirituais do mal, nas regioes celestes” (Ef 6:12), logo, somos chamados a tomarmos toda armadura de Deus “panóplia”. Ef 6:13, nos fala de autoridade e fala da armadura do oficial, que e a mesma que foi tirada de satanas; veja Lc 11:22: “Sobrevindo, porem, um mais valente do que ele vence-o, tira-lhe a armadura em que confiava e lhe divide os despojos”. “Agora nao mais vivo eu, mas Cristo vive em mim” (Gl 2:20). O Propósito de satanas e maligno, ele tem furia contra o Senhor Nosso Deus e usa tudo que pode para feri-lo. Seu ódio e desespero tem haver com o que Deus o julgou em Cristo e o condenou na cruz. O que para ele e completa derrota, para nós, e o retorno ao paraiso. Satanas e como um cao amarrado, ladrando e rugindo como leao, mas nao sendo, pois nunca foi e nunca sera. Seu intento e causar pânico, medo e levar todos contra a santidade Divina; porem para nós, ha esperanca, para ele nao, pois a salvacao vem por derramamento de sangue e ele nao tem sangue (Hb 9:22). Paulo termina a carta aos Romanos nos dando um brado de vitória; (Rm 16:20) “E o Deus da paz, em breve, esmagará debaixo dos vossos pés a Satanás. A graça de nosso Senhor Jesus seja convosco”. O livre arbítrio de Eva O Deus Eterno que possui o livre arbitrio deu ao primeiro homem a graca da escolha da cidadania eterna de graca inocente, mesmo sabendo o que aconteceria. A verdade, e que nao ha liberdade onde nao se podem correr riscos e nao ha amor, onde a queda nao seja restaurada mediante uma acao daquele que esta em pe.
  32. 32. GÊNESIS A SEMENTE 32 O homem e a mulher, tinham acesso e perfeita comunhao com Deus em seu perfeito estado de inocencia e impecabilidade, de maneira nenhuma teriam um ato se quer contra Deus em seus passos, vivendo no mais sublime deleite do gozo eterno no jardim do Senhor, mas cairam mediante a investida da serpente e mediante a falsa promessa de maior liberdade. Eva foi criada para ser auxiliadora idônea, mas estava só aproveitando um pouco da liberdade no lugar mais perigoso possivel, olhando a arvore que Deus havia dito para que nao comessem. Entao, a serpente chama-lhe a atencao em uma conversacao capciosa. Ela nao chamou a Adao, que era o responsavel (vigia) do jardim. Atraves de uma investida provocativa dos pensamentos de forma atraente e tentadora, disparou o gatilho da duvida quanto à palavra de Deus e a mulher concebeu a ideia que poderia ser maior e melhor, desejando o proibido que nao conhecia e logo compartilhando com o homem, que por sua vez consome o pecado (pois a alianca foi feita com o homem e nao com a mulher), por isso, Paulo diz que a mulher foi enganada, portanto, o homem nao (1Tm. 2:14). Adao nao foi iludido, mas a mulher, que sendo enganada, caiu em transgressao. Entao, para exercer a sua vontade de liberdade, foi lhe dito que comesse da arvore do conhecimento do bem e do mal, assim, sendo tentados a exercer seu livre arbitrio, fizeram em desobediencia à palavra de Deus, com o fim da autopromocao, deixando de ser submissos, quebrando a autoridade e caindo no mesmo pecado de satanas, o de rebeliao (1 Sm 15:22- 23). A Tentação. A tentacao inicia-se na mente, podendo ser despertada por um agente externo, como espiritos, mas sempre estara ligada à cobica do que e proibido, dando luz ao pecado mediante os olhos, aos sentimentos ou desejos que serao concebidos na mente e em seguida, gerados no coracao, ate que manifeste seu nascimento mediante a acao (Tg. 1. 14-15). Ainda e bom lembrar que o maior perigo e quando damos vida a estes pensamentos, tornando-os assim, sentimentos que mudam nossas acoes; quando o inicio parece ser inocente, mas logo se sabera que a tentacao e apenas o soprar do mal nas
  33. 33. GÊNESIS A SEMENTE 33 brasas do desejo humano em rebeldia contra o Senhor. Sendo assim, torna possivel entender que algumas pessoas dizem que nao sabem por que o fazem e que gostariam muito de nao faze-lo, neste caso, o pecado o fez escravo. Ainda outros, ha que cometeram barbarie e da mesma forma dizem nao saberem por que o fizeram. Neste caso, podemos afirmar que tudo comecou na mente, foi para o coracao tornando acao e, como um abismo chama outro abismo, satanas aproveita a brecha e entra, usando-o para sua malignidade, tanto o possuindo, no caso do impio, como dominando a situacao, no caso do santo (Ef 4.27). Vamos pensar em alguns aspectos da tentacao de Eva, “mae da raca humana” que havia saido da posicao de auxiliadora idônea e estava onde nao deveria. Possivelmente tenha se aproximado descuidosamente, mas da para notar que havia certa admiracao pelo fruto e vontade de experimenta-lo, talvez pelo formato, cor ou aparencia, o certo e que, ele tinha um atrativo que o diferenciava dos demais, alias, o diferente passa a ser mais atrativo e o proibido questionavel, (por que?). Observe que a serpente disse: “É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?” A pergunta sugere que a serpente estava entendendo que havia um pensamento, ainda que ingenuo por tras da admiracao e cobica de Eva, que recebe uma pergunta capciosa e mortal distorcendo a palavra de Deus. Sua mente foi fecundada pela duvida de que poderia estar lhe faltando algo, ou de que, o fruto proibido deveria ser muito bom, quem sabe, o melhor. Entao neste caso, ela considerou o melhor para si. Quem sabe, um pensamento sutil de que Deus estava lhe escondendo alguma coisa. Neste caso, sua fe foi afetada, onde ela possivelmente tenha considerado que nao poderia perder o melhor. A cobica foi aflorada. Às vezes somos tentados a pensar que ao seguir a palavra de Deus, podemos perder algo delicioso, nao e verdade? Por isto segundo Filipenses, devemos sempre analisar seriamente o que pensamos (Fp. 4.8). Assim poderemos evitar dar luz à tentacao, evitar a atracao e fugir do mal (1 Tm. 6.11; 1Ts. 5.22). Nem sempre e facil, às vezes, a tentacao parecesse ser monstruosa, parece ser necessaria, carinhosa e meiga; e assim que pessoas adotam monstros carinhosos, mas, monstros destruidores.
  34. 34. GÊNESIS A SEMENTE 34 A tentacao e subjetiva; apenas uma troca da pergunta afirmativa para uma negativa e, pronto. Eva e despertada na provocacao de sua mente para longe da verdade de Deus; em duvida de sua bondade, comeca a sentir que, o mandamento de Deus e de alguma forma dificil, desnecessario e restritivo, ao ponto de acrescentar algo que Deus nao disse: "Nem tocar." Deus nunca disse isto, neste caso, estaria justificando sua acao de estar tao próxima do desejado, afinal seus pensamentos estao sendo azedados com a possibilidade do sentimento de “injustica” contra o justo. Eva, bombardeada em seus pensamentos procurando justificativas, esquece a palavra de Deus e duvida de sua bondade. Quem poderia afirmar que Deus nao a privou do melhor do jardim? Pois ela responde com palavras geradas em seu coracao, diferente do mandamento: (Gn. 3:3) “Mas do fruto da arvore que esta no meio do jardim, disse Deus; Dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais”. Vejamos o que Deus disse e perceba que, o que esta em negrito muda o sentido do mandamento: Genesis 2:16 e 17. “E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.” Percebe-se que Eva, tanto da um tom de proibicao maior, como uma palavra de punicao menor, em vez de “certamente morrereis”, ela diz: “para que nao morrais”. Neste caso, a lógica do pensamento esta em desenvolvimento debilitado e deliberado, considerando possibilidades. No caso do toque, ela externa um desejo de tocar, sem saber se poderia, mas, entendendo que fazia parte da ordem. Assim a duvida toma conta de seu ser e confunde-lhe os pensamentos. Ela permitiu hesitar à mente para abracar o desejo, flertando com a tentacao, neste momento, satanas procura dar uma de “bonzinho”, fazendo-a crer que certamente nao morreria, mas, pelo contrario, seria melhor e mais importante. Bobagem, porque morreria? Que era morrer afinal? Agora a mente projeta uma saida boa, mediante a duvida da palavra de Deus. Vamos pensar em possibilidades, afinal a ordem nao foi dada a ela e sim a Adao e, se ela viesse a morrer, Adao ficaria só e Deus disse que ela era a auxiliadora dele, Ele possivelmente nao iria deixar que Adao ficasse só; imagina? Afinal o próprio Adao disse
  35. 35. GÊNESIS A SEMENTE 35 que ela era carne de sua carne. E Deus e bom, Ele, por certo, a deixaria viver; claro que nao a faria morrer com tantas coisas para fazer. Eva entao comete rebeldia em sua mente. Primeiramente contra seu marido, erra ao achar que a palavra de Deus vai mudar de alguma forma. Assim acreditou na mentira que entra em seu coracao e levada a pensar em um crescimento como individuo, como gente, sendo elevada no conhecimento, sendo mais do que era e tornando-se como Deus; faz com que tudo isto lhe pareca uma novidade de promocao. Entao, satanas alfineta: “Deus sabe, que no dia em que dele comerdes, seus olhos se vos abrirao”, ou seja, voce esta cega, vai enxergar melhor, vai ver mais; entao ela foi o primeiro ser humano a desejar ser Deus e aceitar a mentira. Agora, ela olha e ve que a fruta e boa (1 Jo. 2:16). Ora, como ela sabia que era boa se nunca tinha provado? Seu pensamento afetado sente o gosto do nao provado, antes mesmo de poder provar; no prazer do olhar, sente como se tivesse comendo, e isso que a concupiscencia dos olhos provoca. Portanto, Eva tem uma nova necessidade que nao pode ser saciada: um desejo que nao pode esperar, uma novidade para experimentar, mostrar e contar em casa. O engano e que a tentacao nunca cumpre os desejos, antes domina os desejos fazendo mais um escravo. Afinal, ela nao poderia saber se era mal mesmo, se nao experimentasse e neste caso, crer na tentacao, da a ideia de conhecer mais ate o próprio Deus. "Voce vai ser como Deus”. Esta frase abre possibilidades infindas de pensamentos, tipo: se voce fizer isso, vai ser quem voce quer ser, uma pessoa independente, individualista, obter posicao e poder, fazer o que quiser e quando quiser. Afinal voce tem direito de ser feliz, de ser quem voce quer ser, de produzir realizacao e satisfacao do ego, melhorar a autoimagem, produzir emocao. Sendo como Deus, podera determinar a sua própria vida e destino. Tudo isto sao sutilezas e devemos ficar atentos. (Ef 6:10. 2 Co 2:11: 11:3 1 Pd 5:8). Eva viu que a arvore era “boa”; concupiscencia dos olhos, soberba da vida. (1 Joao 2:16) “Porque tudo que ha no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência
  36. 36. GÊNESIS A SEMENTE 36 dos olhos e a soberba da vida, nao procede do Pai, mas procede do mundo”. (1 Joao 2:17) “Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscencia; aquele, porem, que faz a vontade de Deus permanece eternamente”. É engano pensar que a tentacao vai suprir nossas necessidades mais do que Deus. Era esta a promessa da serpente, tentando faze-la pensar que nao precisaria mais de Deus para lhe dizer o que fazer. Ela poderia saber o que fazer e o que nao fazer. Alerta! Nao devemos exaltar a nós mesmos: Nao devemos buscar o reconhecimento, posicao, autoridade, poder, dinheiro, riqueza, bens, conhecimento, sabedoria, qualquer coisa que tire Deus do primeiro lugar em nossa vida ou que O tire de nossa vida (Lc. 12; 19-21) “Então, direi à minha alma: tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e regala-te. Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado para quem será? Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus. Nao devemos agir como autossuficiente e independente, exaltando-nos acima dos outros”. Temos que viver como Deus quer para o louvor de sua glória (Rm. 12:16; 1 Co 10:12; Lucas 18:11). Pouco se sabe sobre a tentacao de Adao, se ele relutou ou nao em comer do fruto, a biblia nao diz; portanto, sofremos a tentacao de imaginar, mas sabemos que sofreu tentacoes, o que sabemos, com certeza, e que ele pecou. O perigo O perigo rodeia perto (1 Pd. 5:8), e invisivel, mas nosso Deus tem toda autoridade e reina para sempre. (Rm. 14:11) “Como esta escrito: Por minha vida, diz o Senhor, diante de mim se dobrara todo joelho, e toda lingua dara louvores a Deus. E, Filipenses 2:11 diz que, “toda lingua confesse que Jesus Cristo e Senhor, para glória de Deus Pai” e, Salmos 19:14: “As palavras dos meus labios e o meditar do meu coracao sejam agradaveis na tua presenca, SENHOR, rocha minha e redentor meu!“. A tatica de Satanas e manipular alguem influente e que nao suspeitamos, para que seja o agente das tentacoes.
  37. 37. GÊNESIS A SEMENTE 37 Satanas cita capciosa, ardilosa e subjetivamente de forma sarcastica o mandamento Eterno, portanto os mentirosos, assassinos e escarnecedores sao seus filhos. A pedagogia Satânica e: Ensina aos homens primeiramente a duvida, depois o denvolvimento do ego e depois, rejeitar e negar a verdade simples. Satanas promete beneficios se comer o que ele oferece, mesmo nao tendo nada, pois seu objetivo e introduzir o descontentamento com o estado presente como se o bom, nao fosse devidamente bom, assim, anula o estado futuro da reacao. Satanas tenta as pessoas para que busquem ascender, como se fossem dignos de serem deuses e de ter o direito da liberdade e felicidade pessoal, como se fosse isto um prazer e nao um dever. Satanas se enganou achando que poderia ser como o criador, pois ele e criatura, entao, infestou e tenta infestar a mente humana com a pretensao devida para arruinar o mortal e assim, produzir seus planos egoistas contra o Altissimo. Eva foi onde nao devia, olhou e desejou tocar o que nao conhecia; depois, pegou o que nao lhe pertencia, experimentou o que nao podia, compartilhou com quem vivia e morreu no mesmo dia. Adao e Eva perceberam a bobagem ja muito tarde, caindo na miseria do pecado sem liberdade. Portanto, se converta da maldade ainda quando lhe for dia, porque, se conseguires conquistar o mundo e perder a alma sera bobagem eterna, sem volta. O medo de Adao em se aproximar de Deus nao procedia, pois Deus e amor, mas devido a retidao do Altissimo, viram-se a si mesmos, como eram, pois o pecado aparece melhor quando nos olhamos no espelho da verdade, lugar onde a mascara cai e o homem se ve nu. Existe uma guerra continua entre a Semente da mulher e a semente da serpente; entre os descendentes de Caim e os descendentes de Abel; entre Jesus e o inferno; entre a morte e vida; entre a graca e a corrupcao; entre o pecado e o sangue.
  38. 38. GÊNESIS A SEMENTE 38 A falha esta na auto-submissao; este era o papel da mulher para com o homem, mas ficou submissa ao pecado proferido pela serpente e ao homem, a luta do comando em submissao a mulher, papeis trocados, familias afetadas. Adao e o vermelho e Eva a vida. O vermelho do corpo e a vida alem do corpo, falam da semente divina na revelacao dos nomes. Algo sobrenatural acontece no jardim, pois a mascara de folha nao esconde, a nao ser a ideia do engano que nao se pode ver o que nao se pode esconder, mas Deus esconde e protege com pele, o vermelho e a vida; simbolo da morte do Cordeiro para esconder o homem do pecado e livra-lo da vergonha. O EGOÍSMO O egoismo surge no coracao de satanas, que se achando melhor que o criador, quer tomar-lhe o lugar; depois passa esta ideia brilhante para Eva no tocante a nao morrer, porque Deus sabe, que na verdade, podemos ser melhorados por meio do conhecimento e quanto mais pudermos subir, mais próximos de deuses nos tornamos. Nao ha morte, nem bem estar de conhecimento, fazendo de cada individuo um ser Deus com olhos abertos e assim, a mulher que só enxergava o bem, logo viu o mal e o quanto este e horrivel. A maldicao do egoismo e seus beneficios. Quando o Senhor Deus disse que a semente da serpente e a semente da mulher seriam opostas, o egoismo que esta em satanas e semelhante ao que esta no ser humano e mesmo que satanas tenha alguma vantagem, ate mesmo o pecador em seus delitos e pecados, ainda com o esboco do jardim gravado na alma, rejeita, em muito, as propostas satânicas no que se refere ao bem deste e nao do homem, motivo de graca pelo qual o mal nao domina, mesmo que satanas seja principe deste mundo (sistema pecaminoso), Deus e o rei do Universo e colocou o pecador escravo de satanas em rebeldia contra seu principe, isto e graca na desgraca, sempre por um Deus unico que e amor e nao entrega o homem para o adversario, antes envia seu filho para morrer no lugar da especie fabricante de mascaras, que quando nascem novamente recebem outra cara e logo
  39. 39. GÊNESIS A SEMENTE 39 recebera outro corpo. Quanto ao inimigo, cada dia mais próximo do inferno, no inferno que vive sempre. O sangue derramado Para que o homem fosse revestido do modelo divino de roupa, e possivel que tivesse um culto com sacrificio, pois tudo que Deus faz e para seu louvor e glória sem egoismo, apenas na vida que lhe e natural em ser e viver. Para alguns judeus, o coro foi a pele humana, mas o texto diz simplesmente que, “Deus fez vestes de pele e cobriu o homem de sua vergonha”, portanto, e melhor pensarmos que houve um sacrificio, derramamento de sangue no lugar santo em pró do pecador. Assim estaria estabelecido o legado que o inocente morre no lugar do culpado e o homem e coberto com seu couro, tal como o tabernaculo era coberto de couro, o Cristo se vestiu do couro humano e das vestes dos homens (Jo 1.14), ate o momento da cruz, mas la, ele foi despido e suas vestes foram disputadas pelos homens por sorte. Ate hoje os homens querem o manto do Cristo por meios magicos, mas o Cristo vestido para a morte envolto em lencóis e panos deixa estes aparatos no ultimo lugar de todos os mortais (o tumulo) e ressuscita revestido de glória. Seu corpo ficou tao denso que quando as mulheres viram que os anjos haviam retirado a pedra, nao foi para Ele sair, para que elas entrassem e vissem que Ele e a vida. Logo depois Ele aparece para Maria e pede para que ela nao o toque, pois, assim como a mulher foi quem levou a noticia de satanas para o homem, assim as mulheres levaram a noticia da vida para os discipulos. O homem viu e aprendeu que e mortal e que mesmo separado de Deus, para viver como criatura mamifera, e necessario que haja derramamento de sangue e como a mulher e a portadora da semente, ainda que a semente seja masculina, ha uma promessa de sangue na semente de Adao (vermelho, que alegoricamente pode significar sangue) que esta na mulher, assim sendo, a mulher derrama sangue cada 28 dias, tempo equivalente de quatro sabados e só deixa de derramar quando esta levando a semente do homem em seu ventre ou quando nao podera mais gerar.
  40. 40. GÊNESIS A SEMENTE 40 O homem no oficio de sacerdócio fara derramamento de sangue de animais para purificacao e quando a mulher esta para menstruar, ela se irrita com o homem, seu sangue. Cristo, a semente da mulher se derrama como sacrificio humano na cruz e la ele ficou totalmente vermelho, totalmente Adao ate secar, mas ressurgiu totalmente, em novo corpo, o mesmo que Adao teve e perdeu. Jesus em Deus nos resgatou para que andemos Nele, em Deus, ate o dia em que Ele volte e sejamos revestidos do novo corpo. O pecado Genesis 3. 7-13. Ha uma diferenca entre “pecado” e pecados, alem do plural. O pecado no singular esta relacionado ao pecado original, o primeiro e, portanto, praticado pelo primeiro homem. Quanto a pecados sao os atos, pensamentos, intencoes e motivacoes que ofendem a Deus em sua santidade, portanto todo pecado e um delito contra o Santo e amoroso criador. Ainda quando o mundo era perfeito cheio de harmonia, paz, confianca, intimidade, alegria e amor, a perfeicao foi atingida mortalmente pela destruicao, por meio do pecado gerado pelo gritante ato do primeiro homem, representante da raca humana, por deliberadamente, desobedecer a Deus. Todo pecado e contra Deus: (Sl. 51:4) “Pequei contra ti, contra ti somente, e fiz o que e mal perante os teus olhos, de maneira que seras tido por justo no teu falar e puro no teu julgar.” Tiago 5:16, nos ensina a confessarmos nosso pecados e como todos somos pecadores segundo (Rm 3.23), e bom ler o que nos diz Joao no capitulo um de sua primeira epistola. O pecado e consumado quando Adao comeu, pois a alianca foi feita com ele, entao poderiamos pensar em algumas possibilidades de engano, como nao tendo Eva morrido, surge a ideia de que ninguem morreria. Poderia ser tambem que Eva o enganou, mas o certo e que Adao pecou conscientemente, pois Deus lhe disse que o dia que comesse certamente morreria. Alguem ja disse que ele resolveu comer para morrer e para nao
  41. 41. GÊNESIS A SEMENTE 41 viver sem Eva, o que e possivel e assim poderia correlacionar com o Cristo que morre pela igreja, preferindo descer ao inferno por ela que voltar ao ceus sem ela, mas tudo isto pode ser pensamentos, pois a biblia nada diz, entao vamos pensar no pecado. A PERMISSAO DIVINA PARA O PECADO Deus e absolutamente perfeito (Dt 32.4; 2 Sm 22.31; SI 18.30), e sendo assim, Ele nao pode nem realizar, nem produzir o pecado. Jesus declarou: “Sede vós, pois, perfeitos, como e perfeito o vosso Pai, que esta nos ceus” (Mt 5.48). Em seu Ser, absolutamente impoluto, nao pode agir de forma imperfeita, o mundo que Deus criou, e tudo o que ele continha, era “muito bom” (Gn 1.31). DEUS NAO PODE PROMOVER O PECADO Alem disso, Deus nao pode estimular o pecado. Ele e completamente santo e nao pode endossar o pecado de forma alguma. “Tu es tao puro de olhos, que nao podes ver o mal e a vexacao nao podes contemplar” (Hc 1.13). DEUS PODE PERMITIR O PECADO Apesar dele nao poder produzir, nem promover o pecado, Deus pode permiti-lo e isto o faz. Ao permitir a ocorrencia do pecado, Deus cumpre o mais elevado dos seus propósitos. Por exemplo: Deus permitiu que os irmaos de Jose, ao lhe vender como escravo pecassem a fim de que todo o Israel fosse salvo, bem como de cumprir a sua promessa de trazer o Messias por intermedio do seu povo escolhido para proporcionar a salvacao para a humanidade (Gn. 12.3). Jose reconheceu isto quando disse aos seus irmaos: “Vos bem intentastes mal contra mim, porem Deus o tornou em bem, para fazer como se ve neste dia, para conservar em vida a um povo grande” (Gn. 50.20).
  42. 42. GÊNESIS A SEMENTE 42 DEUS PODE GERAR UM BEM AINDA MAIOR AO PERMITIR O PECADO O apostolo Paulo considerava que Deus permite o mal a fim de produzir resultados e nao somente isto, mas tambem, para que “nos gloriemos nas tribulacoes, sabendo que a tribulacao produz a paciencia; e a paciencia, a experiencia; e a experiencia, a esperanca. E a esperanca nao traz confusao, porquanto o amor de Deus esta derramado em nosso coracao pelo Espirito Santo que nos foi dado”. (Rm. 5.3-5) O PERDIDO - LIVRE ARBITRIO DE ADAO A Liberdade de Adao envolvia a Autodeterminacao, em primeiro lugar, Adao era livre no sentido de que o seu ato foi autodeterminado. Na verdade, ao permitir que o homem comesse de todos os frutos (“De toda arvore do jardim [tu] comeras livremente” — Gn. 2.16), Deus estava dizendo ao homem que ele era livre. Quando Adao escolheu desobedecer, Deus o chamou a responsabilidade, perguntando: “Comeste tu da arvore de que te ordenei que nao comesses?” (Gn 3.11). Deus nao fez com que Adao pecasse, pois, Deus nao pode pecar, nem tentar ninguem nessa direcao. Tampouco Satanas fez com que Adao pecasse, pois o tentador fez somente aquilo que o seu nome sugere, ele nao o forcou, nem fez nada no seu lugar. A Liberdade de Adao Envolvia uma Escolha acerca do Mal. Alem disso, o ato de Adao envolveu uma decisao entre o bem e o mal, e foi uma decisao livre, à medida que ele foi livre para tomar a decisao errada. Se ele nao fosse livre para optar pelo mal acima do bem, ele nao poderia ter tomado a decisao errada. Mas ele tinha o poder de obedecer ou desobedecer — o que ele achasse melhor.
  43. 43. GÊNESIS A SEMENTE 43 EM ADAO ESTA O PECADO, EM JESUS O PERDAO - ROMANOS 5 Adão Cristo Pecado (vs. 12, 14, 16) Graca (v. 15) Ofensa (vs. 15-18) Justica (v. 18) Resultados Fisicos da: Desobediencia (v. 19) Obediencia (v. 19) Morte para todos (vs. 12,14-15,17) Vida para todos (vs. 17-18, 21) Resultados Morais O pecado vem sobre todos (v. 12) A graca vem sobre todos (v. 15) O pecado reina sobre todos (v. 21) A graca reina sobre todos (v. 21) Resultados Legais Todos foram feitos pecadores (v. 19) Todos foram feitos justos (v. 19) O Juizo veio sobre todos (v. 18) O dom veio sobre todos (v. 18) A condenacao veio sobre todos (vs. 16,18) A justificacao veio para todos (vs. 16, 18) "Adao nao foi enganado, mas a mulher sendo enganada caiu em transgressao" (1 Tm. 2:14). É por isso que as Escrituras diz que o pecado entrou no mundo por um homem, Adao, que pecou deliberadamente. O pecado fez de Adao um mortal fisico, mortalmente espiritual e mortal eterno, separado de Deus, afetando assim a natureza e quebra total de relacionamento com Deus e a Culpa, a Vergonha, a condenacao e a Perda da Comunhão. Adao perdeu a vida plena, vivendo sempre culpado. Alem de afetar o seu relacionamento com Deus, com os outros seres humanos e com o
  44. 44. GÊNESIS A SEMENTE 44 meio-ambiente, o pecado de Adao tambem teve o seu efeito sobre a sua própria vontade (ou arbitrio), o homem passou a ser um morto espiritual (Ef. 2.1-4). A ESCOLHA QUE ADAO FEZ PELO MAL PODERIA TER SIDO EVITADO Alem disso, o mal nao era inevitavel para Adao. Isto fica claro a partir do fato de Deus ter dito para Adao “não comerás” (Gn. 2.17). A forma verbal implica que Adao tinha tanto a possibilidade, quanto a capacidade de pecar. E mais, como ja vimos, o próprio Deus chamou Adao à responsabilidade, pela decisao que ele, soberanamente, havia tomado, punindo-o por ter feito a escolha errada. Não existe responsabilidade que não surja da capacidade que temos por respondermos por algo, e as consequencias que se seguiram a escolha do mal, indicam que tudo poderia ter sido evitado. Deus deu a Adao o poder de escolher e em vez de escolher obedecer a Deus e seguir o bem, ele desobedeceu e utilizou da liberdade de escolha para dar vazao ao pecado. Como vemos, o mal surgiu do livre-arbitrio das boas criaturas que Deus havia criado. Deus e amor e o pecado e a falta de amor. MUDANCAS E PERDAS A mudanca radical ocorreu no coracao e na mente de cada um; Adao e Eva que nunca tinham conhecido qualquer coisa alem da perfeicao, agora, conheciam o pecado que ja havia mudado tudo. · Eles tinham uma paz perfeita, mas o pecado trouxe a perturbacao. · Eles tinham uma perfeita seguranca, mas o pecar trouxe a inseguranca. · Eles tinham um conforto perfeito, mas o pecar os fez sentirem-se ansiosos. · Eles tinham um amor perfeito, mas o pecar os fez sentirem o mal. · Eles tinham uma alegria perfeita, mas o pecar os fez sentirem-se tristes. · Eles tinham um amor perfeito, mas o pecar os fez sentirem-se rejeitados. · Eles tinham forca e saude perfeitas, mas o pecar os fez sentirem-se fracos e doentes. · Eles tinham controle, disciplina e obediencia perfeitos, mas em pecar, passaram a sentir, medo culpa e vergonha.
  45. 45. GÊNESIS A SEMENTE 45 Adao e Eva estavam, depois do pecado, despojados de toda a perfeicao e inocencia de seu ser e se viram nus diante do Senhor, por terem sido despojados das vestes da justica e da glória de Deus. Mas gracas ao Senhor nosso Deus, que nos deu seu filho Jesus que veio nos revestir com um corpo glorioso (Rm. 8). Assim como Adao e Eva fugiram e se esconderam de Deus, nós tentamos esconder nossa vergonha e só contamos o que nos justifica, porem, e bom lembrarmos que daremos contas a Deus. (Rm. 14:12). A voz de Deus no jardim andava, sabendo onde Adao estava e como estava, mas ele pergunta, “onde estas?” O AMOR CHAMANDO PELO CAÍDO Deus, o Amor com dilacerado coracao por causa de Adao, o ve fugir e se esconder. Entao ele o chama (v. 9), “onde estas Adao?”. Observe que Adao nao esta buscando a Deus, mas Deus esta olhando para Adao. A pergunta e surpreendente, porque Deus sabia exatamente onde Adao estava. Deus sabe tudo. Entao, o que Deus esta fazendo? Este e o Salvador buscando o pecador. Segundo Arthur W. Pink: Primeiro, “esta” voz nao era a voz policial, mas, um chamado de amor apaixonado na obscuridade do pecado, para revelar mais claramente as riquezas da graca de Deus. Segundo, foi uma pergunta para motivar Adao a pensar onde ele estava. Ele estava fugindo e se escondendo de Deus. Adao foi chamado por Deus para despertar conviccao no coracao do homem fujao, para que ele parasse para pensar sobre o que estava fazendo: Adao estava fugindo e se escondendo de Deus, ele perdeu o seu ser de glória, perfeicao e justica. Nao havia mais o brilho em seu coracao e em seu corpo. Em sua nudez tinha sido despojado da glória, perfeicao e justica. Lembre-se tambem, que Adao viveu em um mundo perfeito e nao tinha conhecimento do que era morte, mas sabia claramente que seria um fim mediante a fidelidade da palavra de Deus. Adao precisava pensar nessas coisas, ele precisava sentir uma conviccao, experimentar a sua necessidade de Deus; experimentar a sua necessidade de reconciliacao com Deus. Adao precisava buscar a Deus e nao fugir.
  46. 46. GÊNESIS A SEMENTE 46 Os olhos de Adao e Eva foram abertos para verem a vergonha e nao o conhecimento das coisas que eram boas e agora o que era bom parecia ser muito mal. Adao se recusou a viver para Deus, se recusou a fazer o que Deus disse. Ele se rebelou contra Deus, cometendo o maior ato de violencia que poderia uma pessoa fazer: o ato de rebeliao. Adao respondeu que estava nu e com medo. Uma pessoa pode tentar fugir e se esconder de Deus. Voce pode negar, ignorar e negligenciar Deus. Mas ELE se aproxima nos chamando para Ele e um dia Ele chamara todos os homens diante de seu tribunal e todos os que correram e tentaram se esconder de Deus, serao julgados, porque se afastaram, desobedeceram e se rebelaram contra Deus. Ao fugir Adao deixa claro que o relacionamento com Deus nao seria mais possivel e que ele nao era mais a perfeita imagem de Deus; agora ele tinha em sua memória a imagem do pecado e do diabo. Deus faz mais duas perguntas: “Quem te disse que estavas nu? Comestes do fruto proibido?” Adao responde tentando se defender e culpando Deus por ter lhe dado a mulher (v. 12). Ele estava tentando dizer: "A mulher que o Senhor me deu, me deu o fruto”. Eu nao teria feito isto, se ela nao tivesse me tentado a come-lo. Eu nunca teria caido se nao tivesse sido tentado. É sempre assim, o pecador vem culpando os outros e tentando se livrar da culpa, tanto quanto possivel. Muitas vezes culpamos indiretamente a Deus pelo nosso fracasso ou coisas ruins que nos acontecem. Deus nao tentou Adao, Deus nao tenta ou faz com que coisas ruins acontecam conosco. Foi o pecado de Adao que causou a corrupcao e consequentemente, sua morte. Adao queria e desejava o fruto proibido e aproveitou a tentacao da mulher, assim ele poderia aliviar a consciencia de alguma forma. Foi Eva quem o trouxe, porem Deus conhece o coracao. O homem pode enganar a mulher por muito tempo, mas a Deus nem por um segundo (1Tm. 2:14.). Ele e só ele, decidiu comer do fruto proibido. Eva culpou a serpente, ela disse: "A serpente me enganou" (v. 13). Esta era a verdade, mas ainda assim, ela tomou a decisao de comer o fruto proibido e depois culpou a
  47. 47. GÊNESIS A SEMENTE 47 serpente e indiretamente, a Deus, que permitiu. Assim e o pecado, ele e progressivo na rebeliao, tanto na acusacao do outros, como na defesa pessoal. Ambos cairam de seu estado de perfeicao. Agora eles estavam culpando, criticando e acusando um ao outro. Como e tragico e devastador o pecado (Rm. 2:1). Pare e pense O homem nao tem como se livrar do pecado por si mesmo, pois esta morto e nao pode fazer nada. Entao o segundo Adao, o filho unigenito do Pai, o Cordeiro Vivo, que veio e nunca pecou, tornou o primogenito da ressurreicao depois da humilhante morte de cruz, fez tudo pelo e por amor, para salvar o pecador, livrando-o do pecado e sentenciando a morte de uma vez por todas (Rm 8. 17-19). Agora somos mais que vencedores em Cristo e podemos viver sem medo da morte porque ELE ressuscitou (1 Corintios 15:55). “Onde esta, ó morte, a tua vitória? Onde esta, ó morte, o teu aguilhao?” (Colossenses 3:1). “Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas la do alto, onde Cristo vive assentado à direita de Deus” (Colossenses 2:12). “Tendo sido sepultados, juntamente com ele, no batismo, no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fe no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos” (Colossenses 3:3). Porque morrestes, e a vossa vida esta oculta juntamente com Cristo, em Deus. O PRIMEIRO JULGAMENTO DO AMOR GÊNESIS 3: 14-24 O primeiro julgamento do AMOR foi graca derramada na desgraca; perdao derramado no pecado e o pecador sendo coberto da vergonha, na esperanca da semente mesmo mediante a dor; de pao mediante o sofrimento e vitória sobre a serpente, mesmo com o calcanhar ferido do Cristo. O juizo de nosso Deus e sempre justo, equitativo e perfeitamente imparcial, cheio de sabedoria na medida santa dando a paga do pecado, sentenciando o pecador, tanto a mulher como o homem, os primeiros da raca humana, tanto como a sentenca eterna de satanas.
  48. 48. GÊNESIS A SEMENTE 48 O horror estava no coracao de Adao e Eva, quando ouviram a voz de Deus os chamando. Como gostariam que as folhas os escondessem e que nada tivesse acontecido. Como gostariam que Deus nao os encontrasse e que a voz de Deus os deixasse. Mas a voz andante de amor estava la, era a palavra viva que nao se limita a folha, era a graca em movimento, a beleza do criador na voz de toda criacao chamando pelo ser, homem. Jesus e a palavra viva, a voz dos ceus que ecoa na alma e chama o homem ao arrependimento. 1. O JULGAMENTO DA SERPENTE. O terror fica ainda pior quando eles veem o que Deus fez com a serpente, pois ela possivelmente era um animal lindo e fantastico, nao sabemos se voava, se andava ou falava. É interessante saber que Eva nao achou estranho um animal falar, pode ser que a natureza tao perfeita, permitia comunicacao entre as especies. Pode ser que a queda limitou o entendimento e o homem passou a ser o pior dos predadores, ainda que seja a especie mais superior de todas. Sabemos que a serpente, aqui, representa satanas, mas ao mesmo tempo temos um animalzinho envolvido, um ser fisico sendo usado por um ser espiritual. Portanto a maldicao e o mal sao para a toda especie, principalmente, para a envolvida na rebeliao da criacao fisica. A transformacao desta serpente diferente, sagaz, comunicativa, bela e inteligente, em uma criatura asquerosa, horrivel e perigosa, possivelmente levou Adao e Eva a terem um susto, ao pensar que, se isto aconteceu ao animal, o que seria deles entao? Ainda que o animal fosse real e fisico foi usado por um ser espiritual, portanto, ambos estao sob maldicao. Para o animal mesmo usado simbolicamente como juizo resta-lhe a expectativa da redencao da natureza e para o homem a redencao do corpo, pois a redencao espiritual ja aconteceu (Rm 8:19), mas para a serpente (Satanas) resta-lhe somente a maldicao eterna (Ap 20.10; Rm 16:20). A serpente se tornou a maldicao das criaturas, rastejante e odiada, destinada à miseria para sempre, rastejando e comendo a poeira da humilhacao no lugar mais baixo da derrota, mediante a inimizade com o descendente da mulher e esmagada por este. Ao
  49. 49. GÊNESIS A SEMENTE 49 mesmo tempo, o pó e a materia da qual o homem foi criado, portando ao referir-se como maldicao a satanas, implicitamente esta relacionando seu papel insano causado na rebeliao ao Senhor nosso Deus, em ódio ao homem, em matar, roubar e destruir; de forma alegórica, satanas se alimenta da maldade do homem formado de pó, na poeira de sua maldade contra o criador. Assim, satanas e o maldito amaldicoador e a própria maldicao de todo ser criado, sentenciado à derrota e ainda que um dia ferisse o calcanhar de Jesus, cravando-o na cruz, ele seria esmagado pelos pes reluzentes do ressuscitado (Ap 1.15). E a serpente (animal), esta sentenciada a ser exemplo em referencia ao fato ocorrido no paraiso. O rastejante asqueroso, com o peito ralado andando sobre o ventre, enquanto no ventre da mulher esta a promessa de sua derrota, assim ele foi sentenciado a miseria eterna comendo poeira (pó). Neste caso, o pó e a materia do mortal, portanto (Joao 10:10), nos esclarece o propósito deste furtador da vida. O ladrao vem somente para roubar, matar e destruir, mas ao mesmo tempo, nos garante que o filho da mulher veio para que tenhamos vida e a tenhamos em abundância. Toda criacao sofreu a corrupcao e foi sentenciada a morte, ate mesmo o universo (Gn 3:17-19; 2 Pe 3:7), a natureza e toda criacao esta sob a maldicao aguardando o momento de se libertar. O tentador foi amaldicoado a rastejar sobre seu peito todos os dias de sua vida. Isso significa que mesmo que ele viva da malignidade e da derrota dos homens (pó), ao mesmo tempo, significa que ele e um ser miseravel, detestavel, degradado e humilhado. Satanas foi derrotado na cruz para sempre e tera seu destino final no lago de fogo, por enquanto ele tenta as pessoas, conduz os impios, governa o mundo e se alimenta do que e mal sem poder descansar, pois o sabado nao e para ele, o verdadeiro descanso e para os santos (Mt. 11.28; Jo 14). O mundo jaz no maligno. Isto nao significa que os homens usados por ele, concordem com ele, por isto ate mesmo o corrupto tem lapso de lucidez e repeli a corrupcao que pratica ou ve praticar. Assim se ve que foi Deus quem colocou o homem em inimizade para que haja um controle social, se nao fosse assim todos os homens concordariam

×