SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
CALVÁRIO DA ILHA
EVANGELISMO DINÂMICO
APRESENTAÇÃO DO EVANGELHO
I. A INTRODUÇÁO
A. A Vida Comum do VisitadoA. A Vida Comum do Visitado
(Batem à porta)
Boa Noite Sra. Eliana. Meu nome é Jovelino. Estes aqui são o Carlos e a Tereza. Somos da Igreja Batista do Calvário da Ilha.
(Ficamos contentes porque a senhora visitou nossa igreja, e quisemos conhecê-la melhor)1
. Poderíamos entrar e conversar um
pouco?
Pois não! Entrem, por favor! 2
Obrigado. A sua casa é bastante aconchegante. Dá para sentir que é bom morar aqui. A senhora tem uma mobília muito bonita.
Nota-se que a senhora tem bom gosto!
Obrigada! Eu realmente gosto de morar aqui e também gosto das minhas coisas.
Você já mora aqui há muito tempo, d. Eliana?
Não. Tem pouco mais de dois anos que eu mudei-me para cá com a minha família.
Você é aqui mesmo de Valadares?
Bem! Eu nasci no norte do estado. Porém, logo mudei para essa região com os meus pais. Aqui eu casei-me e constituí
família.
Você tem filhos?
Sim. Tenho duas filhas. Uma tem três anos, a outra tem um aninho.
Ah! Que ótimo! Pretende Ter mais algum filho, ou vai fechar a fábrica?
Não! Basta por aqui! Já se foi o tempo em que se podia ter mais de dois filhos. Criar filhos hoje é cada vez mais difícil.
É, parece que você não está mesmo animada a ter mais filhos.
É verdade!
B. A Experiência Religiosa do VisitadoB. A Experiência Religiosa do Visitado
E, antes de ir à nossa igreja, que igreja você costumava frequentar?
Eu era católica
Ia com frequência a essa igreja?
Uma vez por semana
C. Nossa IgrejaC. Nossa Igreja
E como, d. Eliana, você chegou a ir à nossa igreja?
Através do convite de uma amiga
E sentiu-se bem em nossa igreja?
Sim, eu gostei muito de estar ali
Certamente. O que mais você gostou em nosso culto?
As pessoas que ali estavam demonstraram muito afeto e muita cordialidade
1
Nós ficamos muito felizes com isso...
D. TestemunhoD. Testemunho
1. Da Igreja:
Porque a maioria das pessoas que estão em nossa igreja têm certeza de vida eterna. Aliás, foi esta a ordem de Jesus à sua
igreja, que ela transmitisse a todo o mundo a mensagem de vida eterna. Porém, sinto que nós, como igreja, temos falhado em
comunicar essa mensagem. Como resultado, milhões de pessoas no mundo de hoje, que vão à igreja, ainda não têm certeza
que irão para o céu.
2. Pessoal:
Isso aconteceu também comigo. Eu frequentava à igreja, mas não tinha chegado a ter certeza de vida eterna. E, nessa ocasião,
antes de ter a certeza da vida eterna, eu tinha uma timidez excessiva. Até mesmo quando necessitava pedir informação a
alguém quando eu estava transitando pela rua, era, para mim, um enorme sacrifício. Porém, depois que recebi o presente da
vida eterna, essa situação foi mudando gradativamente. Hoje, louvo a Deus pelo que ele tem feito em minha vida. Não tenho
mais aquela timidez paralisante, que tanto me angustiava, porque a Bíblia diz que Deus não nos deu espírito de timidez, mas de
ousadia. Posso falar diante de um grande auditório, ou para uma só pessoa, sem embaraço algum. Acima de tudo, tenho agora
a certeza de que um dia irei morar no céu. (pausa) Permite-me fazer-lhe uma pergunta, d. Eliana?”
Sim. Fique a vontade.
E. Duas perguntas de diagnósticoE. Duas perguntas de diagnóstico
1.Primeira Pergunta:
Você já chegou a um ponto na sua vida espiritual no qual pudesse afirmar com certeza que se você morresse hoje iria para o
céu?
Não. Ainda não.
Pois a Bíblia foi escrita com esse propósito para que todos nós tivéssemos certeza de vida eterna. Ela nos declara que: “Estas
coisas vos escrevi para saberdes que tendes a vida eterna” (I João 5:13). “Eu posso então compartilhar com você sobre como eu
cheguei a ter certeza de vida eterna (e como você também pode ter essa certeza?”)3
Eu realmente gostaria de saber sobre isso.
Isso é ótimo. Fico feliz em poder falar a respeito desse assunto. Antes porém, permita-me fazer-lhe uma outra pergunta? Essa
pergunta será muito útil porque irá ajudar-nos na condução da nossa conversa. Posso fazer?
Pode sim!
2. Segunda Pergunta:
Suponhamos, d. Eliana: que você morresse hoje, e comparecesse diante de Deus, e ele lhe perguntasse: “Porque razão, d.
Eliana, eu deveria permitir que você entre no meu céu?” Que motivo você daria para que Deus deixasse você lá entrar? O que
você lhe responderia?
Bem! Talvez eu pudesse dizer que tenho tentado ser uma boa pessoa que absolutamente não deseja o mal para o
próximo. Faço o melhor que posso para cumprir com as minhas obrigações de esposa e mãe.4
Então você diria a Deus que ele poderia deixar você entrar no céu porque você não deseja o mal para o próximo e que faz o
melhor que pode para cumprir com as suas obrigações. É isso mesmo que você diria?
Sim. É isso mesmo.
Pois bem, d. Eliana, durante boa parte da minha vida eu pensei como você, que o céu era algo que eu deveria alcançar com
meus esforços e através de bons procedimentos. No entanto, uma dia descobri, na Palavra de Deus, que o céu, a vida eterna, é
totalmente de graça.
II. O EVANGELHO
A. A graçaA. A graça
1. O céu é um presente
2
Sim. O céu é um presente. A Bíblia nos afirma que: “O Dom (presente) gratuito de Deus é a vida eterna” (Romanos 6:23). E, por
ser um presente, o céu...
2. Não pode ser adquirido nem comprado por obras ou merecimento
A Bíblia afirma que “de graça sois salvos por meio da fé, e isso não vem de vós é dom (presente) de Deus, não vem de obras
para que ninguém se glorie (se encha de orgulho)” (Efésios 2:8,9). O caminho do homem consiste em merecer para poder
alcançar. O caminho de Deus é a graça, isto é, receber livremente o que não merecemos. Portanto, o céu não é uma aquisição
ou uma conquista. É um presente totalmente grátis.
(Ilustração do presente): Ao receber um presente de um amigo, você porventura diria: “Quanto custou? Quero ajudá-lo a pagar
as despesas deste presente!” É claro que você não diria isso! Se fizesse seria o mesmo que rejeitar o presente e a pessoa que o
estava doando. Assim também é em relação ao presente da vida eterna. Se você tentasse adquiri-lo com os seus esforços e
com as suas boas obras seria rejeitar a Deus e ao seu presente.
(Transição): E, através da Bíblia, nós entendemos que o céu não apenas é um presente, mas também que jamais poderia ser
alcançado de uma outra forma, pois a Palavra de Deus nos mostra que somos pecadores.
B. O homemB. O homem
1. É pecador
A Bíblia afirma que “todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3:23). Todos nós temos cometido pecado. Bem,
quando a gente pensa no pecado, muitas vezes pensamos somente em roubo, assalto, adultério, e assim por diante. Mas,
entendemos, pela Bíblia, que pecado é deixar de ser perfeito como Deus é, pois Jesus assim afirmou: “Sede perfeitos como
perfeito é o vosso Pai Celestial” (Mateus 5:48). Não basta ao ser humano ser muito bom. Precisaríamos ser perfeitos para
alcançar o céu. E, ninguém consegue ser perfeito. Somente Jesus o foi. A Bíblia ainda afirma que: “Se dissermos que não temos
pecado, enganamo-nos a nós mesmos e a verdade não está em nós” (I João 1:8). E, é exatamente por causa do pecado, que o
homem...
2. Não pode salvar-se a si mesmo
A pessoa que pensa poder alcançar a salvação através de seu próprio esforço, engana-se totalmente. A Bíblia alerta que: “Há
caminhos que para o homem parece direito, mas o fim dele conduz à morte” (Provérbios 14:12).
Então chegamos à conclusão de que é realmente impossível que o homem se salve a si mesmo!
(transição): E isso se torna mais nítido quando vemos o que a Bíblia nos fala a respeito de...
C.C. DeusDeus
1. É misericordioso, portanto não quer nos punir
Deus nos ama não por aquilo que somos, mas pelo que Ele é. A Bíblia diz que: “Deus é amor” (I João 4:8). Diz ainda: “Com
amor eterno eu te amei” (Jeremias 31:3). Porém, a mesma Bíblia não nos diz apenas que Deus é misericordioso, ela também diz
que ele
2. É justo; portanto tem que punir o pecado
A Bíblia também nos diz que Deus: “Ao culpado não tem por inocente” (I João 4:8); diz ainda que “a alma que pecar, essa
morrerá” (Ezequiel 18:4).
(ladrão de banco): Você acha justo que um juiz deixe de condenar um ladrão de banco só porque o ladrão, ao estar diante do
juiz, diz: “Ó Meritíssimo. Está certo. Eu assaltei. No entanto, ninguém foi ferido e o dinheiro foi recuperado, e eu também estou
muito arrependido pelo que eu fiz”. É claro que não! Se a lei é infringida, o transgressor deve ser punido. A lei só pode absolver
aquele que não tem culpa. Deus também não pode simplesmente ignorar os nossos pecados. Ele precisa punir os nossos
pecados para satisfazer a sua justiça. Porém como ficaria a situação? Porque, por um lado Deus é misericordioso e não quer
nos punir. Porém, ele é justo e precisa punir os nossos pecados.
(transição): Mas, Deus resolveu esse problema na pessoa de...
D.D. CristoCristo
Quem é? Ele é o infinito Deus-Homem. Ele é o Deus-Filho, o Eterno Deus. A Bíblia assim expressa a respeito do Filho, Jesus:
“O teu trono, ó Deus, é para todo o sempre” (Hebreus 1:8). Portanto, a Bíblia nos mostra que Jesus Cristo, não apenas era
homem, mas que também era e sempre será o Eterno Deus.
1. O que Cristo fez?
3
Morreu na cruz e ressuscitou dentre os mortos para pagar a pena pelos nossos pecados e comprar para nós um lugar no céu o
qual nos oferece gratuitamente
Todos nós nascemos para viver. Jesus foi o único que nasceu com o propósito de morrer.
(livro de registro de pecados): Suponhamos agora, d. Eliana, que este livro (segura um livro, que pode ser a Bíblia) que eu tenho
em minhas mãos fosse um livro de registro de pecados, e que nele estivessem registrados todos os pecados que cometi durante
a minha vida. Suponha, agora, que minha mão direita represente a minha pessoa (coloque o livro sobre a mão direita). Os meus
pecados estão sobre mim, e certamente serei condenado em virtude deles. Permita que minha mão esquerda represente Jesus
Cristo. A Bíblia diz que “todos nós andávamos desgarrados como ovelhas e cada um se desviava pelo seu caminho, mas o
Senhor fez cair sobre ele...” (transfira o livro da mão direita para a esquerda, num movimento claro, e deixo-o lá) “...a iniquidade
de todos nós”. Deus colocou os nossos pecados sobre o seu Filho quando ele morreu na cruz.
Na cruz, Jesus suportou a infinita ira de Deus. Até o sol se escureceu quando o Deus-homem foi ao inferno por nós. Finalmente,
quando o último pecado foi pago, Jesus gritou na cruz: “Está consumado!” (João 19:30), e isto queria dizer: “Está pago; a dívida
está paga”. A Bíblia diz: “O salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23) ou a ira de Deus. Jesus disse na cruz: “Está pago”.
Além do mais, ele disse: “Na casa de meu Pai há muitas moradas” (João 14:2), Jesus disse na cruz: “Está pago o preço”. Com o
seu próprio sofrimento, Jesus Cristo assegurou um lugar no céu para seu próprio povo. Isso, d. Eliana, é a graça de Deus em
nosso favor...
(Definição de graça): Graça é a riqueza que obtemos de Deus, sem qualquer merecimento. Jesus pagou a conta ao derramar o
seu sangue por nós. Através desta graça é possível um Deus santo e perfeito conceder um presente tão maravilhoso, que é o
céu, a pessoas tão indignas como nós. Bem! E o que é necessário que façamos para receber esse presente de Deus?
(Transição): Para receber o presente da vida eterna, são necessárias duas coisas. Em primeiro lugar é necessário,
E.E. ArrependimentoArrependimento
Essa é uma mensagem constante da Bíblia. E o que seria arrependimento? Arrependimento...
1. É mudança de pensamento (Is.64:6) a respeito da nossa situação. A Bíblia declara-nos que “todos nós somos como o
imundo, e todas as nossas justiças, como trapo da imundícia...” (Isaías 64:6). Em nós não há justiça alguma que nos ajudará
a chegar ao céu.
Arrependimento também, d. Eliana...
2. É mudança de sentimento. É sentir dor profunda por Ter pecado contra Deus, por tê-lo entristecido. Davi foi um grande rei.
Porém, ele pecou contra Deus. Mas, ele arrependeu-se com lágrimas e disse: “Pequei contra ti, contra ti somente, e fiz o
que é mal aos teus olhos (Sl.51:4). O arrependimento verdadeiro consiste em que nos sentimos tão tristes por causa do
pecado, que resolvemos abandonar o pecado e nunca mais praticá-lo.
Arrependimento é, ainda
3. É mudança de propósito. Significa que você agora vai voltar-se para Deus para fazer a sua vontade. A volta a Deus é uma
conversão. Assim como acontece no trânsito. É uma mudança de direção, agora para Deus. A Bíblia diz: “Deixe o perverso
o seu caminho, o iníquo os seus pensamentos, converta-se ao Senhor, que se compadecerá dele (Is.55:7)
(Transição): Em segundo lugar, para receber o presente da vida eterna, é necessário
F.F. A FéA Fé
(A chave para o céu): A fé é a chave que abre a porta do céu. Porém, essa fé da qual estamos falando
A. Não é apenas concordar que Deus existe e que ele é bom, porque isso, até o diabo sabe...
(O Diabo): A Bíblia diz que o diabo crê assim. A Bíblia diz: “Crês que há um só Deus? Fazes bem: os demônios também o crêem
e estremecem” (Tiago 2:19).
B. Não é apenas fé para receber bênçãos nesta vida, como fé para ser curado de uma enfermidade, para resolver
problemas na família, para realizar algum negócio, fazer uma viagem, ou resolver dificuldades financeiras. Pois,
todas essas coisas pertencem a esta vida, portanto, vão passar quando morrermos. Muitas vezes confiamos no
Senhor para obtermos todas essas coisas temporais. Mas, a fé salvadora...
C. É confiar somente em Jesus para receber a vida eterna. A Bíblia diz: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e a
tua casa” (Atos 16:31).
Confiar somente em Jesus para a vida eterna, significa que você vai transferir a confiança que mantinha em si mesma, para
Jesus. Lembra-se de quando eu lhe perguntei em sobre o que diria a Deus se ele lhe perguntasse: “Porque deveria permitir que
você entre no céu, lembra-se do que respondeu? “Eu tenho tentado ser uma boa pessoa, eu não desejo fazer mal ao próximo,
eu procuro cumprir com minhas obrigações”. Em quem você estava confiando para obter a vida eterna?
4
Em mim mesma?
Sim. No entanto é preciso que você, d. Eliana, transfira a confiança que tem depositado em si mesma, e a coloque inteiramente
sobre Jesus. Somente ele é capaz de dar-lhe segurança e certeza de vida eterna. Não são as boas obras, ou qualquer outra
coisa que fará isso por você. Jesus é a Rocha firme e eterna.
(a cadeira: opcional)
(motivo para uma vida obediente): Bem, d. Eliana, alguém poderia perguntar: Por qual razão deverei ser uma boa pessoa e
praticar as boas obras? A razão para isso é a minha gratidão a Deus por aquilo que Jesus fez por mim na cruz. Não estou
tentando merecer o céu através das boas obras; só estou dizendo “muito obrigado” pelo presente de vida eterna que Cristo me
deu. Este é o motivo correto para uma vida obediente: A gratidão pelo presente da vida eterna. A Bíblia nos diz que “o amor de
Cristo nos constrange” (II Coríntios 5:14).
III. A DECISÃO
A.A. A Pergunta QualificadoraA Pergunta Qualificadora
D. Eliana, tudo isso que eu disse faz sentido para você?
“Sim! Faz muito sentido”
B.B. A Pergunta de DecisãoA Pergunta de Decisão
Você gostaria de receber o presente da vida eterna?
“É claro que gostaria!”
C.C. O Esclarecimento da DecisãoO Esclarecimento da Decisão
Que bom, d. Eliana. Porém, deixe-me esclarecer novamente para você o que significa receber o presente da vida eterna.
Receber o presente da vida eterna, d. Eliana, significa...
(1. Transferir a Confiança:) Que você vai transferir para a confiança que até agora você vinha mantendo em si mesma e
nas suas obras para alcançar a vida eterna, para depositá-la no que Jesus Cristo fez por você na cruz. Você está disposta, d.
Eliana, a transferir para Jesus, a confiança que deposita em si mesma para poder alcançar o céu?
“Sim. Estou disposta”
(2. Receber a Cristo Ressurreto e Vivo): Receber o presente da vida eterna significa também, d. Eliana, receber a Cristo
ressurreto e vivo. Jesus não está numa sepultura. Ele ressuscitou. Está vivo e um dia voltará visivelmente em poder e glória.
Você crê nessa verdade?
“Sim. Eu creio”
(3. Receber a Cristo como Salvador): Ainda, d. Eliana, receber o presente da vida eterna significa receber a Cristo como
Salvador. Ele irá perdoá-la, purificá-la e dar-lhe vida eterna. D. Eliana, você gostaria de pedir a Jesus Cristo para hoje entrar na
sua vida para ser o seu único Salvador?
“Sim. Eu quero”
(4. Receber a Cristo como Senhor): Também, d. Eliana, Jesus não quer ser apenas o Salvador. Ele diz que há um trono
em seu coração e que esse trono pertence a ele. Ele nos fez. Ele nos salvou. Ele nos comprou. Ele deseja ocupar o lugar a que
tem direito no trono da sua vida como Senhor e Rei. Você está disposta a receber a Cristo como Senhor e Rei da sua vida?
“Sim. Eu estou”
(5. Arrepender-se dos pecados): Finalmente, d. Eliana, quem quiser receber o presente da vida eterna precisa
arrepender-se dos pecados. Isso significa deixar de fazer o que não agrada a Deus, e segui-lo à medida que ele revele a sua
vontade através da sua Palavra. D. Eliana, você está disposta a arrepender-se dos seus pecados, seguir a Deus e servi-lo
fielmente?
“Sim. Eu estou”
D.D. A Oração de DecisãoA Oração de Decisão
Muito bem, d. Eliana. Deus está aqui neste momento. Nós podemos falar com ele agora, em oração, e podemos contar a ele que
você deseja colocar toda a sua confiança em Cristo, o Senhor, para receber a vida eterna. É isso que a senhora deseja?
5
É sim
Que bom, d. Eliana! Deus está pronto para ouvir a sua voz para lhe dar vida eterna. Ele está aqui. Estamos falando com ele. E,
se você deseja realmente receber o presente da vida eterna, diga para ele, em voz alta:
(Ore com ele em frases curtas do evangelho personalizado): Senhor Jesus, eu reconheço que sou pecadora (pausa). Eu tenho
confiado em mim mesmo e nas minhas obras(pausa). Porém, agora estou decidida a colocar em ti toda a minha confiança
(pausa). Eu entrego a ti a minha vida (pausa). Eu creio que tu morreste por mim e que ressuscitaste (pausa). Por isso, entra na
minha vida e seja o meu Senhor (pausa). Entra na minha vida para ser meu Rei e Senhor (pausa). Eu recebo o presente da vida
eterna (pausa). Eu não mereço (pausa). Mas te agradeço por me dares este presente (pausa). Muito obrigado. Amém.
(Ore por ele para ter certeza de vida eterna): Pai. Tu ouviste a oração da d. Eliana. Eu te peço que o teu Espírito Santo lhe dê
certeza de que os seus pecados estão perdoados, e de que ela já tem a vida eterna. Em nome de Jesus, Amém.
E. A CERTEZA DE SALVAÇÃO
D. Eliana, você acabou de fazer a oração mais importante que já fez em sua vida. Agora, eu gostaria que você visse o que Cristo
diz sobre a decisão que você tomou. Eu gostaria que você lesse aqui em João 6:47 (mostre o texto). Leia em voz alta (espere a
leitura). A Bíblia diz “quem crê, tem a vida eterna”. O verbo está no presente. Não é uma possibilidade. É um fato. Ao você crer,
Deus lhe deu vida eterna. Não é maravilhoso?
É Sim.
Gostaria que lesse também em João 5:24 (espere a leitura). Foi exatamente isso o que aconteceu. Você ouviu a palavra que eu
lhe falei. Tudo fez sentido para você. Então você creu em Jesus. Ao fazer isso, a Palavra de Deus garante que você “tem a vida
eterna”. E mais, que “não entra em condenação; mas já passou da morte para a vida”.
(pergunta n.o 1): E agora, d. Eliana. Se a você morresse hoje, para onde iria?
Para o céu!
(pergunta n.o 2): E se Deus lhe perguntasse: “Porque devo permitir que você entre no meu céu?” O que você responderia
agora?
Que eu creio em Jesus!
Se isso é realmente de coração. Pode ter certeza de que Jesus já lhe deu vida eterna. Estamos muito alegres, e podemos dizer.
Bem vinda à família de Deus!
_____________________________________
1
Caso a pessoa não tenha ido à igreja, esta parte entre parêntesis pode ser excluída do diálogo;
2
Se a equipe encontrar resistência, deve-se fazer as tentativas: a) “Poderíamos voltar na próxima semana?”; b) “Poderíamos
voltar em outra ocasião?” c) “Poderíamos enviar outra equipe?”
3
Se a pessoa evangelizada responder “sim” à primeira pergunta, a parte entre parêntesis não deve ser dita;
4
Se a resposta for “eu não sei”, existem cinco maneiras de se obter uma resposta são: a) O que você diria? b) O que você
pensa que diria? c) Na sua opinião, quais são os requisitos para que alguém entre no céu; d) Eu pensava que (ou “muitas
pessoas pensam”) que os requisitos são... é isso que você também pensa? e) Então, você não sabe como realmente chegar ao
céu, não é mesmo?
6
É sim
Que bom, d. Eliana! Deus está pronto para ouvir a sua voz para lhe dar vida eterna. Ele está aqui. Estamos falando com ele. E,
se você deseja realmente receber o presente da vida eterna, diga para ele, em voz alta:
(Ore com ele em frases curtas do evangelho personalizado): Senhor Jesus, eu reconheço que sou pecadora (pausa). Eu tenho
confiado em mim mesmo e nas minhas obras(pausa). Porém, agora estou decidida a colocar em ti toda a minha confiança
(pausa). Eu entrego a ti a minha vida (pausa). Eu creio que tu morreste por mim e que ressuscitaste (pausa). Por isso, entra na
minha vida e seja o meu Senhor (pausa). Entra na minha vida para ser meu Rei e Senhor (pausa). Eu recebo o presente da vida
eterna (pausa). Eu não mereço (pausa). Mas te agradeço por me dares este presente (pausa). Muito obrigado. Amém.
(Ore por ele para ter certeza de vida eterna): Pai. Tu ouviste a oração da d. Eliana. Eu te peço que o teu Espírito Santo lhe dê
certeza de que os seus pecados estão perdoados, e de que ela já tem a vida eterna. Em nome de Jesus, Amém.
E. A CERTEZA DE SALVAÇÃO
D. Eliana, você acabou de fazer a oração mais importante que já fez em sua vida. Agora, eu gostaria que você visse o que Cristo
diz sobre a decisão que você tomou. Eu gostaria que você lesse aqui em João 6:47 (mostre o texto). Leia em voz alta (espere a
leitura). A Bíblia diz “quem crê, tem a vida eterna”. O verbo está no presente. Não é uma possibilidade. É um fato. Ao você crer,
Deus lhe deu vida eterna. Não é maravilhoso?
É Sim.
Gostaria que lesse também em João 5:24 (espere a leitura). Foi exatamente isso o que aconteceu. Você ouviu a palavra que eu
lhe falei. Tudo fez sentido para você. Então você creu em Jesus. Ao fazer isso, a Palavra de Deus garante que você “tem a vida
eterna”. E mais, que “não entra em condenação; mas já passou da morte para a vida”.
(pergunta n.o 1): E agora, d. Eliana. Se a você morresse hoje, para onde iria?
Para o céu!
(pergunta n.o 2): E se Deus lhe perguntasse: “Porque devo permitir que você entre no meu céu?” O que você responderia
agora?
Que eu creio em Jesus!
Se isso é realmente de coração. Pode ter certeza de que Jesus já lhe deu vida eterna. Estamos muito alegres, e podemos dizer.
Bem vinda à família de Deus!
_____________________________________
1
Caso a pessoa não tenha ido à igreja, esta parte entre parêntesis pode ser excluída do diálogo;
2
Se a equipe encontrar resistência, deve-se fazer as tentativas: a) “Poderíamos voltar na próxima semana?”; b) “Poderíamos
voltar em outra ocasião?” c) “Poderíamos enviar outra equipe?”
3
Se a pessoa evangelizada responder “sim” à primeira pergunta, a parte entre parêntesis não deve ser dita;
4
Se a resposta for “eu não sei”, existem cinco maneiras de se obter uma resposta são: a) O que você diria? b) O que você
pensa que diria? c) Na sua opinião, quais são os requisitos para que alguém entre no céu; d) Eu pensava que (ou “muitas
pessoas pensam”) que os requisitos são... é isso que você também pensa? e) Então, você não sabe como realmente chegar ao
céu, não é mesmo?
6

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Enchimento do espírito santo emanuel rev01
Enchimento do espírito santo   emanuel rev01Enchimento do espírito santo   emanuel rev01
Enchimento do espírito santo emanuel rev01Luiza Dayana
 
Reencontro em Peniel
Reencontro  em PenielReencontro  em Peniel
Reencontro em PenielRamón Zazatt
 
Contato: A oferta graduita de deus
Contato: A oferta graduita de deusContato: A oferta graduita de deus
Contato: A oferta graduita de deusSpiritualibrary
 
Discipulado-Para-Batismo-Estudo-Biblico.docx
Discipulado-Para-Batismo-Estudo-Biblico.docxDiscipulado-Para-Batismo-Estudo-Biblico.docx
Discipulado-Para-Batismo-Estudo-Biblico.docxJooAlbertoSoaresdaSi
 
Primeira carta do apostolo joão
Primeira carta do apostolo joãoPrimeira carta do apostolo joão
Primeira carta do apostolo joãoJNR
 
221742468 livres-da-culpa-1 (1)
221742468 livres-da-culpa-1 (1)221742468 livres-da-culpa-1 (1)
221742468 livres-da-culpa-1 (1)Abraao Jaco
 
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02Mariano Silva
 
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deus
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deusLBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deus
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deusNatalino das Neves Neves
 
Apocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADE
Apocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADEApocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADE
Apocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADEREFORMADOR PROTESTANTE
 
Jesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminhoJesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminhoalvinosete
 
Restaurando o ferido
Restaurando o feridoRestaurando o ferido
Restaurando o feridoarthurgomes33
 

Mais procurados (20)

Enchimento do espírito santo emanuel rev01
Enchimento do espírito santo   emanuel rev01Enchimento do espírito santo   emanuel rev01
Enchimento do espírito santo emanuel rev01
 
Palestra peniel
Palestra   penielPalestra   peniel
Palestra peniel
 
O altar do holocausto
O altar do holocaustoO altar do holocausto
O altar do holocausto
 
Lição 2 o propósito do curso
Lição 2   o propósito do cursoLição 2   o propósito do curso
Lição 2 o propósito do curso
 
Reencontro em Peniel
Reencontro  em PenielReencontro  em Peniel
Reencontro em Peniel
 
A marca do cristão
A marca do cristãoA marca do cristão
A marca do cristão
 
Contato: A oferta graduita de deus
Contato: A oferta graduita de deusContato: A oferta graduita de deus
Contato: A oferta graduita de deus
 
Discipulado-Para-Batismo-Estudo-Biblico.docx
Discipulado-Para-Batismo-Estudo-Biblico.docxDiscipulado-Para-Batismo-Estudo-Biblico.docx
Discipulado-Para-Batismo-Estudo-Biblico.docx
 
Peniel
PenielPeniel
Peniel
 
Primeira carta do apostolo joão
Primeira carta do apostolo joãoPrimeira carta do apostolo joão
Primeira carta do apostolo joão
 
Principios elementares
Principios elementaresPrincipios elementares
Principios elementares
 
221742468 livres-da-culpa-1 (1)
221742468 livres-da-culpa-1 (1)221742468 livres-da-culpa-1 (1)
221742468 livres-da-culpa-1 (1)
 
DISCIPULADO_BASICO.pdf
DISCIPULADO_BASICO.pdfDISCIPULADO_BASICO.pdf
DISCIPULADO_BASICO.pdf
 
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
 
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deus
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deusLBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deus
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deus
 
Entreguei minha vida pra jesus e-book
Entreguei minha vida pra jesus   e-bookEntreguei minha vida pra jesus   e-book
Entreguei minha vida pra jesus e-book
 
63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus
 
Apocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADE
Apocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADEApocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADE
Apocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADE
 
Jesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminhoJesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminho
 
Restaurando o ferido
Restaurando o feridoRestaurando o ferido
Restaurando o ferido
 

Destaque

Trad8.toepffer
Trad8.toepfferTrad8.toepffer
Trad8.toepffermontavon
 
Pourquoi apprendre français dans une école officielle de
Pourquoi apprendre français dans une école officielle dePourquoi apprendre français dans une école officielle de
Pourquoi apprendre français dans une école officielle deAdela Prieto Seisdedos
 
B de v m generalites
B de v m  generalitesB de v m  generalites
B de v m generalitesBen Fethi
 
Analisis de propuestas didacticas de preescolar
Analisis de propuestas didacticas de preescolarAnalisis de propuestas didacticas de preescolar
Analisis de propuestas didacticas de preescolarMauren90
 
Expériences de Claude Bernard
Expériences de Claude BernardExpériences de Claude Bernard
Expériences de Claude BernardJef Chouzier
 
Reglement offline6
Reglement offline6Reglement offline6
Reglement offline6Deezer_Edito
 
Song javi ew
Song javi ewSong javi ew
Song javi ewTxitxu
 
Presentacion 24 720 655
Presentacion 24 720 655Presentacion 24 720 655
Presentacion 24 720 655Jonass Montane
 
Description physique
Description physiqueDescription physique
Description physiqueCelina Marie
 
Csa 1201286 - observatoire orange-terrafemina - vague 13
Csa   1201286 - observatoire orange-terrafemina - vague 13Csa   1201286 - observatoire orange-terrafemina - vague 13
Csa 1201286 - observatoire orange-terrafemina - vague 13Emilie_Vasseur
 
Proyecto de vida de jean carlos
Proyecto de vida de jean carlosProyecto de vida de jean carlos
Proyecto de vida de jean carlosJean Carlos
 
Composicion de los raee
Composicion de los raeeComposicion de los raee
Composicion de los raeeJeison Bedoya
 
Tdr concours de photographies cpm 2015
Tdr concours de photographies  cpm 2015 Tdr concours de photographies  cpm 2015
Tdr concours de photographies cpm 2015 MalagasyPress12
 

Destaque (20)

Tract rando a5
Tract rando a5Tract rando a5
Tract rando a5
 
Trad8.toepffer
Trad8.toepfferTrad8.toepffer
Trad8.toepffer
 
Pourquoi apprendre français dans une école officielle de
Pourquoi apprendre français dans une école officielle dePourquoi apprendre français dans une école officielle de
Pourquoi apprendre français dans une école officielle de
 
B de v m generalites
B de v m  generalitesB de v m  generalites
B de v m generalites
 
Web 2
Web 2Web 2
Web 2
 
Analisis de propuestas didacticas de preescolar
Analisis de propuestas didacticas de preescolarAnalisis de propuestas didacticas de preescolar
Analisis de propuestas didacticas de preescolar
 
Infos Club
Infos ClubInfos Club
Infos Club
 
Canales y Widgets iptv
Canales y Widgets iptvCanales y Widgets iptv
Canales y Widgets iptv
 
Expériences de Claude Bernard
Expériences de Claude BernardExpériences de Claude Bernard
Expériences de Claude Bernard
 
Guia nuevas tecnologias
Guia nuevas tecnologiasGuia nuevas tecnologias
Guia nuevas tecnologias
 
Reglement offline6
Reglement offline6Reglement offline6
Reglement offline6
 
Song javi ew
Song javi ewSong javi ew
Song javi ew
 
Presentacion 24 720 655
Presentacion 24 720 655Presentacion 24 720 655
Presentacion 24 720 655
 
Description physique
Description physiqueDescription physique
Description physique
 
Csa 1201286 - observatoire orange-terrafemina - vague 13
Csa   1201286 - observatoire orange-terrafemina - vague 13Csa   1201286 - observatoire orange-terrafemina - vague 13
Csa 1201286 - observatoire orange-terrafemina - vague 13
 
Proyecto de vida de jean carlos
Proyecto de vida de jean carlosProyecto de vida de jean carlos
Proyecto de vida de jean carlos
 
1 ou 2 ?
1 ou 2 ?1 ou 2 ?
1 ou 2 ?
 
Composicion de los raee
Composicion de los raeeComposicion de los raee
Composicion de los raee
 
Reglement shkpnk
Reglement shkpnkReglement shkpnk
Reglement shkpnk
 
Tdr concours de photographies cpm 2015
Tdr concours de photographies  cpm 2015 Tdr concours de photographies  cpm 2015
Tdr concours de photographies cpm 2015
 

Semelhante a Apresentando a certeza da vida eterna

ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptx
ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptxocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptx
ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptxTiago Silva
 
Como evangelizar crianças
Como evangelizar criançasComo evangelizar crianças
Como evangelizar criançasEdleusa Silva
 
Para onde
Para ondePara onde
Para ondel7g7r7
 
Biblia solução dos seus problemas
Biblia solução dos seus problemasBiblia solução dos seus problemas
Biblia solução dos seus problemasSérgyo Costa
 
Falando sobre a graça em jesus
Falando sobre a graça em jesusFalando sobre a graça em jesus
Falando sobre a graça em jesusRafael Negrao
 
Esboço do evangelho
Esboço do evangelhoEsboço do evangelho
Esboço do evangelhoJoao Rumpel
 
Curso Evangelismo Bíblico
Curso Evangelismo BíblicoCurso Evangelismo Bíblico
Curso Evangelismo BíblicoPés Descalços
 
Lição 6 - Na Moral, Quem é Você ?
Lição 6 - Na Moral, Quem é Você ?Lição 6 - Na Moral, Quem é Você ?
Lição 6 - Na Moral, Quem é Você ?Éder Tomé
 
A patrola de deus (reinando em vida) bob mumford
A patrola de deus (reinando em vida)   bob mumfordA patrola de deus (reinando em vida)   bob mumford
A patrola de deus (reinando em vida) bob mumfordArauto Profetico
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxKARINEVONEYVIEIRABAR
 
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para DeusPalavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para DeusAdriano Gonçalves Martins
 
Somos justificados, mas não perdoados
Somos justificados, mas não perdoadosSomos justificados, mas não perdoados
Somos justificados, mas não perdoadosJuraci Rocha
 
Kairós para crianças RCC
Kairós para crianças RCCKairós para crianças RCC
Kairós para crianças RCCRogerio Souza
 

Semelhante a Apresentando a certeza da vida eterna (20)

Hans k la rondelle
Hans k la rondelleHans k la rondelle
Hans k la rondelle
 
Módulo 01 Boas Novas
Módulo 01 Boas NovasMódulo 01 Boas Novas
Módulo 01 Boas Novas
 
O caminho da vida eterna.
O caminho da vida eterna.O caminho da vida eterna.
O caminho da vida eterna.
 
REFORMINHA-1.pdf
REFORMINHA-1.pdfREFORMINHA-1.pdf
REFORMINHA-1.pdf
 
ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptx
ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptxocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptx
ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptx
 
Como evangelizar crianças
Como evangelizar criançasComo evangelizar crianças
Como evangelizar crianças
 
Para onde
Para ondePara onde
Para onde
 
Biblia solução dos seus problemas
Biblia solução dos seus problemasBiblia solução dos seus problemas
Biblia solução dos seus problemas
 
Falando sobre a graça em jesus
Falando sobre a graça em jesusFalando sobre a graça em jesus
Falando sobre a graça em jesus
 
Esboço do evangelho
Esboço do evangelhoEsboço do evangelho
Esboço do evangelho
 
Curso Evangelismo Bíblico
Curso Evangelismo BíblicoCurso Evangelismo Bíblico
Curso Evangelismo Bíblico
 
Lição 6 - Na Moral, Quem é Você ?
Lição 6 - Na Moral, Quem é Você ?Lição 6 - Na Moral, Quem é Você ?
Lição 6 - Na Moral, Quem é Você ?
 
Para onde
Para ondePara onde
Para onde
 
A patrola de deus (reinando em vida) bob mumford
A patrola de deus (reinando em vida)   bob mumfordA patrola de deus (reinando em vida)   bob mumford
A patrola de deus (reinando em vida) bob mumford
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
 
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para DeusPalavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
 
Somos justificados, mas não perdoados
Somos justificados, mas não perdoadosSomos justificados, mas não perdoados
Somos justificados, mas não perdoados
 
Kairós para crianças RCC
Kairós para crianças RCCKairós para crianças RCC
Kairós para crianças RCC
 
Destino final
Destino finalDestino final
Destino final
 
Como Vencer o Pecado
Como Vencer o PecadoComo Vencer o Pecado
Como Vencer o Pecado
 

Mais de Joao Rumpel

Tema 3 traumas na família
Tema 3   traumas na famíliaTema 3   traumas na família
Tema 3 traumas na famíliaJoao Rumpel
 
Tema 2 o que cristo faz em mim
Tema 2   o que cristo faz em mimTema 2   o que cristo faz em mim
Tema 2 o que cristo faz em mimJoao Rumpel
 
Tema 9 a armadura
Tema 9   a armaduraTema 9   a armadura
Tema 9 a armaduraJoao Rumpel
 
Tema 10 identificando ataduras e maldições
Tema 10   identificando ataduras e maldiçõesTema 10   identificando ataduras e maldições
Tema 10 identificando ataduras e maldiçõesJoao Rumpel
 
Tema 11 conquistando pela guerra espiritual
Tema 11   conquistando pela guerra espiritualTema 11   conquistando pela guerra espiritual
Tema 11 conquistando pela guerra espiritualJoao Rumpel
 
Terceira aula liderança
Terceira aula   liderançaTerceira aula   liderança
Terceira aula liderançaJoao Rumpel
 
Tema 13 consagração
Tema 13   consagraçãoTema 13   consagração
Tema 13 consagraçãoJoao Rumpel
 
Treinamento escola de líderes
Treinamento escola de líderesTreinamento escola de líderes
Treinamento escola de líderesJoao Rumpel
 
Terceira aula limiares da fé
Terceira aula   limiares da féTerceira aula   limiares da fé
Terceira aula limiares da féJoao Rumpel
 
Terceira aula fundamentos ii
Terceira aula   fundamentos iiTerceira aula   fundamentos ii
Terceira aula fundamentos iiJoao Rumpel
 
Terceira aula fundamentos i
Terceira aula   fundamentos iTerceira aula   fundamentos i
Terceira aula fundamentos iJoao Rumpel
 
Tema 14 o líder cristão e a ética
Tema 14   o líder cristão e a éticaTema 14   o líder cristão e a ética
Tema 14 o líder cristão e a éticaJoao Rumpel
 
Tema 8 o mundo espiritual
Tema 8   o mundo espiritualTema 8   o mundo espiritual
Tema 8 o mundo espiritualJoao Rumpel
 
Tema 12 o que cristo faz através de mim
Tema 12   o que cristo faz através de mimTema 12   o que cristo faz através de mim
Tema 12 o que cristo faz através de mimJoao Rumpel
 
Tema 7 o que cristo fez por mim
Tema 7   o que cristo fez por mimTema 7   o que cristo fez por mim
Tema 7 o que cristo fez por mimJoao Rumpel
 
Tema 6 temperamentos
Tema 6   temperamentosTema 6   temperamentos
Tema 6 temperamentosJoao Rumpel
 
Tema 5 auto imagem e auto estima
Tema 5   auto imagem e auto estimaTema 5   auto imagem e auto estima
Tema 5 auto imagem e auto estimaJoao Rumpel
 
Tema 4 traumas dos sentimentos
Tema 4   traumas dos sentimentosTema 4   traumas dos sentimentos
Tema 4 traumas dos sentimentosJoao Rumpel
 

Mais de Joao Rumpel (20)

JBS SOCIAL
JBS SOCIALJBS SOCIAL
JBS SOCIAL
 
Tema 3 traumas na família
Tema 3   traumas na famíliaTema 3   traumas na família
Tema 3 traumas na família
 
Tema 2 o que cristo faz em mim
Tema 2   o que cristo faz em mimTema 2   o que cristo faz em mim
Tema 2 o que cristo faz em mim
 
Tema 9 a armadura
Tema 9   a armaduraTema 9   a armadura
Tema 9 a armadura
 
Tema 10 identificando ataduras e maldições
Tema 10   identificando ataduras e maldiçõesTema 10   identificando ataduras e maldições
Tema 10 identificando ataduras e maldições
 
Tema 11 conquistando pela guerra espiritual
Tema 11   conquistando pela guerra espiritualTema 11   conquistando pela guerra espiritual
Tema 11 conquistando pela guerra espiritual
 
Subindo a betel
Subindo a betelSubindo a betel
Subindo a betel
 
Terceira aula liderança
Terceira aula   liderançaTerceira aula   liderança
Terceira aula liderança
 
Tema 13 consagração
Tema 13   consagraçãoTema 13   consagração
Tema 13 consagração
 
Treinamento escola de líderes
Treinamento escola de líderesTreinamento escola de líderes
Treinamento escola de líderes
 
Terceira aula limiares da fé
Terceira aula   limiares da féTerceira aula   limiares da fé
Terceira aula limiares da fé
 
Terceira aula fundamentos ii
Terceira aula   fundamentos iiTerceira aula   fundamentos ii
Terceira aula fundamentos ii
 
Terceira aula fundamentos i
Terceira aula   fundamentos iTerceira aula   fundamentos i
Terceira aula fundamentos i
 
Tema 14 o líder cristão e a ética
Tema 14   o líder cristão e a éticaTema 14   o líder cristão e a ética
Tema 14 o líder cristão e a ética
 
Tema 8 o mundo espiritual
Tema 8   o mundo espiritualTema 8   o mundo espiritual
Tema 8 o mundo espiritual
 
Tema 12 o que cristo faz através de mim
Tema 12   o que cristo faz através de mimTema 12   o que cristo faz através de mim
Tema 12 o que cristo faz através de mim
 
Tema 7 o que cristo fez por mim
Tema 7   o que cristo fez por mimTema 7   o que cristo fez por mim
Tema 7 o que cristo fez por mim
 
Tema 6 temperamentos
Tema 6   temperamentosTema 6   temperamentos
Tema 6 temperamentos
 
Tema 5 auto imagem e auto estima
Tema 5   auto imagem e auto estimaTema 5   auto imagem e auto estima
Tema 5 auto imagem e auto estima
 
Tema 4 traumas dos sentimentos
Tema 4   traumas dos sentimentosTema 4   traumas dos sentimentos
Tema 4 traumas dos sentimentos
 

Apresentando a certeza da vida eterna

  • 1. CALVÁRIO DA ILHA EVANGELISMO DINÂMICO APRESENTAÇÃO DO EVANGELHO I. A INTRODUÇÁO A. A Vida Comum do VisitadoA. A Vida Comum do Visitado (Batem à porta) Boa Noite Sra. Eliana. Meu nome é Jovelino. Estes aqui são o Carlos e a Tereza. Somos da Igreja Batista do Calvário da Ilha. (Ficamos contentes porque a senhora visitou nossa igreja, e quisemos conhecê-la melhor)1 . Poderíamos entrar e conversar um pouco? Pois não! Entrem, por favor! 2 Obrigado. A sua casa é bastante aconchegante. Dá para sentir que é bom morar aqui. A senhora tem uma mobília muito bonita. Nota-se que a senhora tem bom gosto! Obrigada! Eu realmente gosto de morar aqui e também gosto das minhas coisas. Você já mora aqui há muito tempo, d. Eliana? Não. Tem pouco mais de dois anos que eu mudei-me para cá com a minha família. Você é aqui mesmo de Valadares? Bem! Eu nasci no norte do estado. Porém, logo mudei para essa região com os meus pais. Aqui eu casei-me e constituí família. Você tem filhos? Sim. Tenho duas filhas. Uma tem três anos, a outra tem um aninho. Ah! Que ótimo! Pretende Ter mais algum filho, ou vai fechar a fábrica? Não! Basta por aqui! Já se foi o tempo em que se podia ter mais de dois filhos. Criar filhos hoje é cada vez mais difícil. É, parece que você não está mesmo animada a ter mais filhos. É verdade! B. A Experiência Religiosa do VisitadoB. A Experiência Religiosa do Visitado E, antes de ir à nossa igreja, que igreja você costumava frequentar? Eu era católica Ia com frequência a essa igreja? Uma vez por semana C. Nossa IgrejaC. Nossa Igreja E como, d. Eliana, você chegou a ir à nossa igreja? Através do convite de uma amiga E sentiu-se bem em nossa igreja? Sim, eu gostei muito de estar ali Certamente. O que mais você gostou em nosso culto? As pessoas que ali estavam demonstraram muito afeto e muita cordialidade 1
  • 2. Nós ficamos muito felizes com isso... D. TestemunhoD. Testemunho 1. Da Igreja: Porque a maioria das pessoas que estão em nossa igreja têm certeza de vida eterna. Aliás, foi esta a ordem de Jesus à sua igreja, que ela transmitisse a todo o mundo a mensagem de vida eterna. Porém, sinto que nós, como igreja, temos falhado em comunicar essa mensagem. Como resultado, milhões de pessoas no mundo de hoje, que vão à igreja, ainda não têm certeza que irão para o céu. 2. Pessoal: Isso aconteceu também comigo. Eu frequentava à igreja, mas não tinha chegado a ter certeza de vida eterna. E, nessa ocasião, antes de ter a certeza da vida eterna, eu tinha uma timidez excessiva. Até mesmo quando necessitava pedir informação a alguém quando eu estava transitando pela rua, era, para mim, um enorme sacrifício. Porém, depois que recebi o presente da vida eterna, essa situação foi mudando gradativamente. Hoje, louvo a Deus pelo que ele tem feito em minha vida. Não tenho mais aquela timidez paralisante, que tanto me angustiava, porque a Bíblia diz que Deus não nos deu espírito de timidez, mas de ousadia. Posso falar diante de um grande auditório, ou para uma só pessoa, sem embaraço algum. Acima de tudo, tenho agora a certeza de que um dia irei morar no céu. (pausa) Permite-me fazer-lhe uma pergunta, d. Eliana?” Sim. Fique a vontade. E. Duas perguntas de diagnósticoE. Duas perguntas de diagnóstico 1.Primeira Pergunta: Você já chegou a um ponto na sua vida espiritual no qual pudesse afirmar com certeza que se você morresse hoje iria para o céu? Não. Ainda não. Pois a Bíblia foi escrita com esse propósito para que todos nós tivéssemos certeza de vida eterna. Ela nos declara que: “Estas coisas vos escrevi para saberdes que tendes a vida eterna” (I João 5:13). “Eu posso então compartilhar com você sobre como eu cheguei a ter certeza de vida eterna (e como você também pode ter essa certeza?”)3 Eu realmente gostaria de saber sobre isso. Isso é ótimo. Fico feliz em poder falar a respeito desse assunto. Antes porém, permita-me fazer-lhe uma outra pergunta? Essa pergunta será muito útil porque irá ajudar-nos na condução da nossa conversa. Posso fazer? Pode sim! 2. Segunda Pergunta: Suponhamos, d. Eliana: que você morresse hoje, e comparecesse diante de Deus, e ele lhe perguntasse: “Porque razão, d. Eliana, eu deveria permitir que você entre no meu céu?” Que motivo você daria para que Deus deixasse você lá entrar? O que você lhe responderia? Bem! Talvez eu pudesse dizer que tenho tentado ser uma boa pessoa que absolutamente não deseja o mal para o próximo. Faço o melhor que posso para cumprir com as minhas obrigações de esposa e mãe.4 Então você diria a Deus que ele poderia deixar você entrar no céu porque você não deseja o mal para o próximo e que faz o melhor que pode para cumprir com as suas obrigações. É isso mesmo que você diria? Sim. É isso mesmo. Pois bem, d. Eliana, durante boa parte da minha vida eu pensei como você, que o céu era algo que eu deveria alcançar com meus esforços e através de bons procedimentos. No entanto, uma dia descobri, na Palavra de Deus, que o céu, a vida eterna, é totalmente de graça. II. O EVANGELHO A. A graçaA. A graça 1. O céu é um presente 2
  • 3. Sim. O céu é um presente. A Bíblia nos afirma que: “O Dom (presente) gratuito de Deus é a vida eterna” (Romanos 6:23). E, por ser um presente, o céu... 2. Não pode ser adquirido nem comprado por obras ou merecimento A Bíblia afirma que “de graça sois salvos por meio da fé, e isso não vem de vós é dom (presente) de Deus, não vem de obras para que ninguém se glorie (se encha de orgulho)” (Efésios 2:8,9). O caminho do homem consiste em merecer para poder alcançar. O caminho de Deus é a graça, isto é, receber livremente o que não merecemos. Portanto, o céu não é uma aquisição ou uma conquista. É um presente totalmente grátis. (Ilustração do presente): Ao receber um presente de um amigo, você porventura diria: “Quanto custou? Quero ajudá-lo a pagar as despesas deste presente!” É claro que você não diria isso! Se fizesse seria o mesmo que rejeitar o presente e a pessoa que o estava doando. Assim também é em relação ao presente da vida eterna. Se você tentasse adquiri-lo com os seus esforços e com as suas boas obras seria rejeitar a Deus e ao seu presente. (Transição): E, através da Bíblia, nós entendemos que o céu não apenas é um presente, mas também que jamais poderia ser alcançado de uma outra forma, pois a Palavra de Deus nos mostra que somos pecadores. B. O homemB. O homem 1. É pecador A Bíblia afirma que “todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3:23). Todos nós temos cometido pecado. Bem, quando a gente pensa no pecado, muitas vezes pensamos somente em roubo, assalto, adultério, e assim por diante. Mas, entendemos, pela Bíblia, que pecado é deixar de ser perfeito como Deus é, pois Jesus assim afirmou: “Sede perfeitos como perfeito é o vosso Pai Celestial” (Mateus 5:48). Não basta ao ser humano ser muito bom. Precisaríamos ser perfeitos para alcançar o céu. E, ninguém consegue ser perfeito. Somente Jesus o foi. A Bíblia ainda afirma que: “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos e a verdade não está em nós” (I João 1:8). E, é exatamente por causa do pecado, que o homem... 2. Não pode salvar-se a si mesmo A pessoa que pensa poder alcançar a salvação através de seu próprio esforço, engana-se totalmente. A Bíblia alerta que: “Há caminhos que para o homem parece direito, mas o fim dele conduz à morte” (Provérbios 14:12). Então chegamos à conclusão de que é realmente impossível que o homem se salve a si mesmo! (transição): E isso se torna mais nítido quando vemos o que a Bíblia nos fala a respeito de... C.C. DeusDeus 1. É misericordioso, portanto não quer nos punir Deus nos ama não por aquilo que somos, mas pelo que Ele é. A Bíblia diz que: “Deus é amor” (I João 4:8). Diz ainda: “Com amor eterno eu te amei” (Jeremias 31:3). Porém, a mesma Bíblia não nos diz apenas que Deus é misericordioso, ela também diz que ele 2. É justo; portanto tem que punir o pecado A Bíblia também nos diz que Deus: “Ao culpado não tem por inocente” (I João 4:8); diz ainda que “a alma que pecar, essa morrerá” (Ezequiel 18:4). (ladrão de banco): Você acha justo que um juiz deixe de condenar um ladrão de banco só porque o ladrão, ao estar diante do juiz, diz: “Ó Meritíssimo. Está certo. Eu assaltei. No entanto, ninguém foi ferido e o dinheiro foi recuperado, e eu também estou muito arrependido pelo que eu fiz”. É claro que não! Se a lei é infringida, o transgressor deve ser punido. A lei só pode absolver aquele que não tem culpa. Deus também não pode simplesmente ignorar os nossos pecados. Ele precisa punir os nossos pecados para satisfazer a sua justiça. Porém como ficaria a situação? Porque, por um lado Deus é misericordioso e não quer nos punir. Porém, ele é justo e precisa punir os nossos pecados. (transição): Mas, Deus resolveu esse problema na pessoa de... D.D. CristoCristo Quem é? Ele é o infinito Deus-Homem. Ele é o Deus-Filho, o Eterno Deus. A Bíblia assim expressa a respeito do Filho, Jesus: “O teu trono, ó Deus, é para todo o sempre” (Hebreus 1:8). Portanto, a Bíblia nos mostra que Jesus Cristo, não apenas era homem, mas que também era e sempre será o Eterno Deus. 1. O que Cristo fez? 3
  • 4. Morreu na cruz e ressuscitou dentre os mortos para pagar a pena pelos nossos pecados e comprar para nós um lugar no céu o qual nos oferece gratuitamente Todos nós nascemos para viver. Jesus foi o único que nasceu com o propósito de morrer. (livro de registro de pecados): Suponhamos agora, d. Eliana, que este livro (segura um livro, que pode ser a Bíblia) que eu tenho em minhas mãos fosse um livro de registro de pecados, e que nele estivessem registrados todos os pecados que cometi durante a minha vida. Suponha, agora, que minha mão direita represente a minha pessoa (coloque o livro sobre a mão direita). Os meus pecados estão sobre mim, e certamente serei condenado em virtude deles. Permita que minha mão esquerda represente Jesus Cristo. A Bíblia diz que “todos nós andávamos desgarrados como ovelhas e cada um se desviava pelo seu caminho, mas o Senhor fez cair sobre ele...” (transfira o livro da mão direita para a esquerda, num movimento claro, e deixo-o lá) “...a iniquidade de todos nós”. Deus colocou os nossos pecados sobre o seu Filho quando ele morreu na cruz. Na cruz, Jesus suportou a infinita ira de Deus. Até o sol se escureceu quando o Deus-homem foi ao inferno por nós. Finalmente, quando o último pecado foi pago, Jesus gritou na cruz: “Está consumado!” (João 19:30), e isto queria dizer: “Está pago; a dívida está paga”. A Bíblia diz: “O salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23) ou a ira de Deus. Jesus disse na cruz: “Está pago”. Além do mais, ele disse: “Na casa de meu Pai há muitas moradas” (João 14:2), Jesus disse na cruz: “Está pago o preço”. Com o seu próprio sofrimento, Jesus Cristo assegurou um lugar no céu para seu próprio povo. Isso, d. Eliana, é a graça de Deus em nosso favor... (Definição de graça): Graça é a riqueza que obtemos de Deus, sem qualquer merecimento. Jesus pagou a conta ao derramar o seu sangue por nós. Através desta graça é possível um Deus santo e perfeito conceder um presente tão maravilhoso, que é o céu, a pessoas tão indignas como nós. Bem! E o que é necessário que façamos para receber esse presente de Deus? (Transição): Para receber o presente da vida eterna, são necessárias duas coisas. Em primeiro lugar é necessário, E.E. ArrependimentoArrependimento Essa é uma mensagem constante da Bíblia. E o que seria arrependimento? Arrependimento... 1. É mudança de pensamento (Is.64:6) a respeito da nossa situação. A Bíblia declara-nos que “todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças, como trapo da imundícia...” (Isaías 64:6). Em nós não há justiça alguma que nos ajudará a chegar ao céu. Arrependimento também, d. Eliana... 2. É mudança de sentimento. É sentir dor profunda por Ter pecado contra Deus, por tê-lo entristecido. Davi foi um grande rei. Porém, ele pecou contra Deus. Mas, ele arrependeu-se com lágrimas e disse: “Pequei contra ti, contra ti somente, e fiz o que é mal aos teus olhos (Sl.51:4). O arrependimento verdadeiro consiste em que nos sentimos tão tristes por causa do pecado, que resolvemos abandonar o pecado e nunca mais praticá-lo. Arrependimento é, ainda 3. É mudança de propósito. Significa que você agora vai voltar-se para Deus para fazer a sua vontade. A volta a Deus é uma conversão. Assim como acontece no trânsito. É uma mudança de direção, agora para Deus. A Bíblia diz: “Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo os seus pensamentos, converta-se ao Senhor, que se compadecerá dele (Is.55:7) (Transição): Em segundo lugar, para receber o presente da vida eterna, é necessário F.F. A FéA Fé (A chave para o céu): A fé é a chave que abre a porta do céu. Porém, essa fé da qual estamos falando A. Não é apenas concordar que Deus existe e que ele é bom, porque isso, até o diabo sabe... (O Diabo): A Bíblia diz que o diabo crê assim. A Bíblia diz: “Crês que há um só Deus? Fazes bem: os demônios também o crêem e estremecem” (Tiago 2:19). B. Não é apenas fé para receber bênçãos nesta vida, como fé para ser curado de uma enfermidade, para resolver problemas na família, para realizar algum negócio, fazer uma viagem, ou resolver dificuldades financeiras. Pois, todas essas coisas pertencem a esta vida, portanto, vão passar quando morrermos. Muitas vezes confiamos no Senhor para obtermos todas essas coisas temporais. Mas, a fé salvadora... C. É confiar somente em Jesus para receber a vida eterna. A Bíblia diz: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e a tua casa” (Atos 16:31). Confiar somente em Jesus para a vida eterna, significa que você vai transferir a confiança que mantinha em si mesma, para Jesus. Lembra-se de quando eu lhe perguntei em sobre o que diria a Deus se ele lhe perguntasse: “Porque deveria permitir que você entre no céu, lembra-se do que respondeu? “Eu tenho tentado ser uma boa pessoa, eu não desejo fazer mal ao próximo, eu procuro cumprir com minhas obrigações”. Em quem você estava confiando para obter a vida eterna? 4
  • 5. Em mim mesma? Sim. No entanto é preciso que você, d. Eliana, transfira a confiança que tem depositado em si mesma, e a coloque inteiramente sobre Jesus. Somente ele é capaz de dar-lhe segurança e certeza de vida eterna. Não são as boas obras, ou qualquer outra coisa que fará isso por você. Jesus é a Rocha firme e eterna. (a cadeira: opcional) (motivo para uma vida obediente): Bem, d. Eliana, alguém poderia perguntar: Por qual razão deverei ser uma boa pessoa e praticar as boas obras? A razão para isso é a minha gratidão a Deus por aquilo que Jesus fez por mim na cruz. Não estou tentando merecer o céu através das boas obras; só estou dizendo “muito obrigado” pelo presente de vida eterna que Cristo me deu. Este é o motivo correto para uma vida obediente: A gratidão pelo presente da vida eterna. A Bíblia nos diz que “o amor de Cristo nos constrange” (II Coríntios 5:14). III. A DECISÃO A.A. A Pergunta QualificadoraA Pergunta Qualificadora D. Eliana, tudo isso que eu disse faz sentido para você? “Sim! Faz muito sentido” B.B. A Pergunta de DecisãoA Pergunta de Decisão Você gostaria de receber o presente da vida eterna? “É claro que gostaria!” C.C. O Esclarecimento da DecisãoO Esclarecimento da Decisão Que bom, d. Eliana. Porém, deixe-me esclarecer novamente para você o que significa receber o presente da vida eterna. Receber o presente da vida eterna, d. Eliana, significa... (1. Transferir a Confiança:) Que você vai transferir para a confiança que até agora você vinha mantendo em si mesma e nas suas obras para alcançar a vida eterna, para depositá-la no que Jesus Cristo fez por você na cruz. Você está disposta, d. Eliana, a transferir para Jesus, a confiança que deposita em si mesma para poder alcançar o céu? “Sim. Estou disposta” (2. Receber a Cristo Ressurreto e Vivo): Receber o presente da vida eterna significa também, d. Eliana, receber a Cristo ressurreto e vivo. Jesus não está numa sepultura. Ele ressuscitou. Está vivo e um dia voltará visivelmente em poder e glória. Você crê nessa verdade? “Sim. Eu creio” (3. Receber a Cristo como Salvador): Ainda, d. Eliana, receber o presente da vida eterna significa receber a Cristo como Salvador. Ele irá perdoá-la, purificá-la e dar-lhe vida eterna. D. Eliana, você gostaria de pedir a Jesus Cristo para hoje entrar na sua vida para ser o seu único Salvador? “Sim. Eu quero” (4. Receber a Cristo como Senhor): Também, d. Eliana, Jesus não quer ser apenas o Salvador. Ele diz que há um trono em seu coração e que esse trono pertence a ele. Ele nos fez. Ele nos salvou. Ele nos comprou. Ele deseja ocupar o lugar a que tem direito no trono da sua vida como Senhor e Rei. Você está disposta a receber a Cristo como Senhor e Rei da sua vida? “Sim. Eu estou” (5. Arrepender-se dos pecados): Finalmente, d. Eliana, quem quiser receber o presente da vida eterna precisa arrepender-se dos pecados. Isso significa deixar de fazer o que não agrada a Deus, e segui-lo à medida que ele revele a sua vontade através da sua Palavra. D. Eliana, você está disposta a arrepender-se dos seus pecados, seguir a Deus e servi-lo fielmente? “Sim. Eu estou” D.D. A Oração de DecisãoA Oração de Decisão Muito bem, d. Eliana. Deus está aqui neste momento. Nós podemos falar com ele agora, em oração, e podemos contar a ele que você deseja colocar toda a sua confiança em Cristo, o Senhor, para receber a vida eterna. É isso que a senhora deseja? 5
  • 6. É sim Que bom, d. Eliana! Deus está pronto para ouvir a sua voz para lhe dar vida eterna. Ele está aqui. Estamos falando com ele. E, se você deseja realmente receber o presente da vida eterna, diga para ele, em voz alta: (Ore com ele em frases curtas do evangelho personalizado): Senhor Jesus, eu reconheço que sou pecadora (pausa). Eu tenho confiado em mim mesmo e nas minhas obras(pausa). Porém, agora estou decidida a colocar em ti toda a minha confiança (pausa). Eu entrego a ti a minha vida (pausa). Eu creio que tu morreste por mim e que ressuscitaste (pausa). Por isso, entra na minha vida e seja o meu Senhor (pausa). Entra na minha vida para ser meu Rei e Senhor (pausa). Eu recebo o presente da vida eterna (pausa). Eu não mereço (pausa). Mas te agradeço por me dares este presente (pausa). Muito obrigado. Amém. (Ore por ele para ter certeza de vida eterna): Pai. Tu ouviste a oração da d. Eliana. Eu te peço que o teu Espírito Santo lhe dê certeza de que os seus pecados estão perdoados, e de que ela já tem a vida eterna. Em nome de Jesus, Amém. E. A CERTEZA DE SALVAÇÃO D. Eliana, você acabou de fazer a oração mais importante que já fez em sua vida. Agora, eu gostaria que você visse o que Cristo diz sobre a decisão que você tomou. Eu gostaria que você lesse aqui em João 6:47 (mostre o texto). Leia em voz alta (espere a leitura). A Bíblia diz “quem crê, tem a vida eterna”. O verbo está no presente. Não é uma possibilidade. É um fato. Ao você crer, Deus lhe deu vida eterna. Não é maravilhoso? É Sim. Gostaria que lesse também em João 5:24 (espere a leitura). Foi exatamente isso o que aconteceu. Você ouviu a palavra que eu lhe falei. Tudo fez sentido para você. Então você creu em Jesus. Ao fazer isso, a Palavra de Deus garante que você “tem a vida eterna”. E mais, que “não entra em condenação; mas já passou da morte para a vida”. (pergunta n.o 1): E agora, d. Eliana. Se a você morresse hoje, para onde iria? Para o céu! (pergunta n.o 2): E se Deus lhe perguntasse: “Porque devo permitir que você entre no meu céu?” O que você responderia agora? Que eu creio em Jesus! Se isso é realmente de coração. Pode ter certeza de que Jesus já lhe deu vida eterna. Estamos muito alegres, e podemos dizer. Bem vinda à família de Deus! _____________________________________ 1 Caso a pessoa não tenha ido à igreja, esta parte entre parêntesis pode ser excluída do diálogo; 2 Se a equipe encontrar resistência, deve-se fazer as tentativas: a) “Poderíamos voltar na próxima semana?”; b) “Poderíamos voltar em outra ocasião?” c) “Poderíamos enviar outra equipe?” 3 Se a pessoa evangelizada responder “sim” à primeira pergunta, a parte entre parêntesis não deve ser dita; 4 Se a resposta for “eu não sei”, existem cinco maneiras de se obter uma resposta são: a) O que você diria? b) O que você pensa que diria? c) Na sua opinião, quais são os requisitos para que alguém entre no céu; d) Eu pensava que (ou “muitas pessoas pensam”) que os requisitos são... é isso que você também pensa? e) Então, você não sabe como realmente chegar ao céu, não é mesmo? 6
  • 7. É sim Que bom, d. Eliana! Deus está pronto para ouvir a sua voz para lhe dar vida eterna. Ele está aqui. Estamos falando com ele. E, se você deseja realmente receber o presente da vida eterna, diga para ele, em voz alta: (Ore com ele em frases curtas do evangelho personalizado): Senhor Jesus, eu reconheço que sou pecadora (pausa). Eu tenho confiado em mim mesmo e nas minhas obras(pausa). Porém, agora estou decidida a colocar em ti toda a minha confiança (pausa). Eu entrego a ti a minha vida (pausa). Eu creio que tu morreste por mim e que ressuscitaste (pausa). Por isso, entra na minha vida e seja o meu Senhor (pausa). Entra na minha vida para ser meu Rei e Senhor (pausa). Eu recebo o presente da vida eterna (pausa). Eu não mereço (pausa). Mas te agradeço por me dares este presente (pausa). Muito obrigado. Amém. (Ore por ele para ter certeza de vida eterna): Pai. Tu ouviste a oração da d. Eliana. Eu te peço que o teu Espírito Santo lhe dê certeza de que os seus pecados estão perdoados, e de que ela já tem a vida eterna. Em nome de Jesus, Amém. E. A CERTEZA DE SALVAÇÃO D. Eliana, você acabou de fazer a oração mais importante que já fez em sua vida. Agora, eu gostaria que você visse o que Cristo diz sobre a decisão que você tomou. Eu gostaria que você lesse aqui em João 6:47 (mostre o texto). Leia em voz alta (espere a leitura). A Bíblia diz “quem crê, tem a vida eterna”. O verbo está no presente. Não é uma possibilidade. É um fato. Ao você crer, Deus lhe deu vida eterna. Não é maravilhoso? É Sim. Gostaria que lesse também em João 5:24 (espere a leitura). Foi exatamente isso o que aconteceu. Você ouviu a palavra que eu lhe falei. Tudo fez sentido para você. Então você creu em Jesus. Ao fazer isso, a Palavra de Deus garante que você “tem a vida eterna”. E mais, que “não entra em condenação; mas já passou da morte para a vida”. (pergunta n.o 1): E agora, d. Eliana. Se a você morresse hoje, para onde iria? Para o céu! (pergunta n.o 2): E se Deus lhe perguntasse: “Porque devo permitir que você entre no meu céu?” O que você responderia agora? Que eu creio em Jesus! Se isso é realmente de coração. Pode ter certeza de que Jesus já lhe deu vida eterna. Estamos muito alegres, e podemos dizer. Bem vinda à família de Deus! _____________________________________ 1 Caso a pessoa não tenha ido à igreja, esta parte entre parêntesis pode ser excluída do diálogo; 2 Se a equipe encontrar resistência, deve-se fazer as tentativas: a) “Poderíamos voltar na próxima semana?”; b) “Poderíamos voltar em outra ocasião?” c) “Poderíamos enviar outra equipe?” 3 Se a pessoa evangelizada responder “sim” à primeira pergunta, a parte entre parêntesis não deve ser dita; 4 Se a resposta for “eu não sei”, existem cinco maneiras de se obter uma resposta são: a) O que você diria? b) O que você pensa que diria? c) Na sua opinião, quais são os requisitos para que alguém entre no céu; d) Eu pensava que (ou “muitas pessoas pensam”) que os requisitos são... é isso que você também pensa? e) Então, você não sabe como realmente chegar ao céu, não é mesmo? 6