Vidro olé

188 visualizações

Publicada em

é um trabalho sobre o vidro, esta incompleto

Publicada em: Saúde
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
188
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vidro olé

  1. 1. Vidro Comum É plano, liso e transparente com espessura uniforme e massa homogénea. É o tipo de vidro que mais realça a sua transparência, criando espaços simples e ao mesmo tempo elegantes. Deve se utilizar: Pode-se utilizar o vidro comum num vasto leque de aplicações.  Portas  Divisórias  Mobiliário e prateleira  Degraus de escadas  Para-duche, etc.  Vidros exteriores e interiores de edifícios;  Vidros transparentes e incolores para todo o tipo de utilização, desde o mobiliário de interiores às fachadas estruturais integralmente em vidro. Vidro Duplo O vidro duplo é constituído por dois vidros separados entre si por um espaço hermeticamente preenchido com ar desidratado. Desta forma, permiteisolamento acústico e térmico. Protegendo as transferêcias de calor entre o interior e o exterior de um edifício, o vidro duplo permite a redução do consumo de energia para a climatização e assegura um isolamento térmico cerca de duas vezes superior ao de um vidro simples.  Pode ser utilizado em grandes áreas envidraçadas (Janelas e fachadas de edifícios não residenciais (escritórios, edifícios públicos), garantindo maior luminosidade natural no interior da construção e, como consequência, permitindo a redução do consumo de energia para a iluminação, como por exemplo, janelas com necessidade de isolamento térmico e grandes áreas envidraçadas. Algumas das vantagens do vidro duplo são:  Redução dos custos de aquecimento  Melhoria do conforto junto de superfícies envidraçadas  Elevado nível de transmissão luminosa
  2. 2. Vidro Temperado É um vidro de segurança, reforçado por tratamento térmico. Por isso, possui uma resistência ao choque mecânico, ao choque térmico e à flexão cerca de cinco vezes superior às obtidas pelo vidro comum, o vidro temperado é mais seguro do que o vidro comum porque, em caso de quebra, diminui o risco de ferimentos graves por criar pequenos fragmentos arredondados. As vantagens que este vidro oferece são:  É muito resistente.  Evita os cortes eventuais no caso de quebra do vidro.  Escolha portas com bordos livres, sem caixilho.  Indicados para grandes realizações em vidro, por reduzirem ao máximo a percepção das estruturas de suporte.  Facilita a iluminação de corredores ou de assoalhadas que recebam luz natural transmitida de outras assoalhadas. Deve-se utilizar este tipo de vidro em divisórias exteriores e interiores, portas, montras de lojas, nas entradas de edifícios, mobiliário e prateleiras. Vidro Laminado É um tipo de vidro de segurança que mantém em conjunto os estilhaços em caso de quebra do vidro. É composto por duas ou mais placas de vidro, que são unidas por uma ou mais camadas intermédias de polivinil butiral (PVB). Em caso de quebra, os estilhaços do vidro laminado ficam presos nessa camada intermedia de PVB. Esta característica produz efeito de uma "teia de aranha" quando o impacto não é totalmente suficiente para furar o vidro. As camadas de PVB mantém os fragmentos agregados, mantendo a integridade e a resistência do vidro laminado na sua posição de utilização, até que seja possível substitui-lo. O vidro laminado é normalmente utilizado quando se deseja ter maior segurança em caso de quebra, como em janelas e montras de lojas. Oferece vantagens como proteger contra o risco de queda no vazio e contra a queda de objectos e pode ser usado como isolante acústico e para controlo da incidência dos raios ultravioletas reduzindo até 70%. Deve ser utilizado em :  Divisórias  Portas interiores e exteriores  Guarda-copos  Coberturas, etc.
  3. 3. Vidro Fosco Os vidros foscos são um tipo de vidro foscado a ácido, e que confere tons suaves e elegantes aos espaços em que é aplicado. Os vidros foscos por tratamento ácido (foscagem) apresentam uma superfície acetinada perfeitamente homogénea e translúcida, com dois níveis de passagem de luz:  Mais transparente e brilhante  Mais translúcido As vantagens do vidro fosco são:  Fascina pelo seu aspecto polido e homogéneo e pelo seu acabamento acetinado.  Permite criar ambientes elegantes, refinados e luminosos.  Particularmente recomendado para o melhoramento de espaços contemporâneos.  Pode ser perfeitamente associado a outros materiais de interiores (madeiras exóticas, metais mate ou brilhantes, etc.).  Trata-se de um produto de fácil manutenção e limpeza.  Combina-se com a função de isolamento térmico reforçado, de isolamento acústico e de protecção das pessoas e de bens. Deve se utilizar este tipo de vidro :  Interiores:  Portas em vidro e de pequenos quadrados de vidro, fixas ou de correr;  Divisórias fixas ou deslizantes;  Mobiliário (armários com vidro, mobiliário de cozinha e de quarto de banho, mesas, balcões, prateleiras);  Para-duches, etc.  Exteriores  Janelas, porta-janelas e vidros de fachadas;  Portas exteriores;  Balaustradas;  Guarda-corpos e separadores de varandas;
  4. 4. Espelhos São indicados para iluminar e aumentar os seus espaços interiores. São espelhos de "nova geração", produzidos sem cobre e sem chumbo. Uma capa de prata é depositada sob uma das faces do vidro e revestida em seguida por capas de protecção. Este processo de fabrico aumenta a durabilidade do espelho. As vantagens que os espelhos têm são:  Compensam a falta de perspectiva, de espaço ou de luz em espaços pequenos.  Trata-se de um produto cujas qualidade e durabilidade são três vezes superiores às de um espelho clássico.  Contribui para a protecção do ambiente por ser um espelho produzido sem cobre e sem chumbo. Deve se utilizar-se:  Espelho (encaixilhado ou não);  Mobiliário (mesas, portas de armários, prateleiras, etc.);  Revestimento de paredes, portas ou colunas;  Em letreiros. Vidro Colorido Os vidros coloridos são coloridos na massa, sendo fabricados segundo o mesmo processo do vidro incolor. Para além do seu aspecto colorido, também apresentam propriedades de controlo solar. O vidro destina-se a múltiplas aplicações em que seja determinante a estética e em que possa ser importante alguma performance de controlo solar. Como exemplos de aplicações em interiores, podemos citar:  Decoração  Recuperação  Mobiliário, etc. Como exemplos de aplicações em exteriores (como vidro simples ou duplo), podemos referir:  Fachadas  Coberturas
  5. 5. Vidro Reflectante São vidros com uma capa de controlo solar. Embora transparente, essa capa é uma deposição de natureza metálica, aplicada sobre vidro comum incolor ou sobre vidro colorido durante o fabrico. Esse processo de aplicação através de altas temperaturas confere diferentes características à capa depositada:  Total integração na superfície do vidro.  Grande resistência e estabilidade temporal: a capa pode ser aplicada na face exterior ou interior do vidro duplo.  Controlo solar e reflexão. Vantagens na parte exteriores de vidro reflectante:  Elevada transmissão luminosa: boa luminosidade natural nos espaços interiores.  Limitação da entrada dos raios solares: economia nos consumos de climatização.  Performance arquitectónica: criatividade acrescida no projecto de arquitectura por versatilidade na utilização de vidro reflectante curvado, esmaltado, serigrafado, etc., em paramentos.  Uniformidade estética das fachadas: a utilização do mesmo vidro em paramento confere uma boa uniformidade entre a zona de visão e a zona de paramento. Na parte interior:  Elevada reflexão luminosa e aspecto exclusivo.  Baixa transmissão luminosa e garantia de conforto visual em condições de grande exposição solar.  A associação entre a elevada reflexão luminosa e a baixa transmissão luminosa criam condições ambientais no interior dos edifícios que sugerem um ambiente exclusivo e íntimo mesmo dispondo de grandes superfícies vidradas. Deve se utilizar este tipo de vidro em:  Escritórios e edifícios comerciais;  Escolas e similares;  Edifícios industriais;  Habitações e varandas;  Fachadas. http://www.vidreirademirandela.com/?pID=15

×