SlideShare uma empresa Scribd logo
BIBLIOTECA E COMUNIDADE: RESGATANDO A MEMÓRIA DO BAIRRO BENFICA Diana Carla Mendonça Larissa Bastos Marília Aquino
INTRODUÇÃO ,[object Object],[object Object],[object Object]
COMUNIDADE “ O que caracteriza uma comunidade é que a vida de alguém possa ser desenvolvida na própria comunidade; não se pode viver inteiramente dentro de uma empresa comercial, nem sequer dentro de uma igreja, mas sim dentro de uma tribo ou de uma cidade. O critério fundamental de comunidade, portanto, está em todas as relações sociais de alguém podem ser encontradas dentro da comunidade”. (SUAIDEN, 1995 p.13).
COMUNIDADE x SOCIEDADE ,[object Object],[object Object]
BIBLIOTECA COMUNITÁRIA ,[object Object]
PALAVRAS-CHAVE NA BIBLIOTECA COMUNITÁRIA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O BAIRRO BENFICA O que diferencia o Benfica de outros bairros é sua população altamente heterogênea, moradores e freqüentadores, que fazem do bairro um ponto de apoio. Pessoas de todos os tipos, pensamentos e gostos são assíduos visitantes, e estes podem ser divididos em três principais grupos
[object Object],[object Object],[object Object]
BAIRRO UNIVERSITÁRIO E ATIVIDADE CULTURAL ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
PRAÇAS ,[object Object],[object Object]
VIDA BOÊMIA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Esportes ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
RELIGIÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
BIBLIOTECA COMUNITÁRIA DO BENFICA O projeto de extensão da UFC do Departamento de Ciências da Informação: Biblioteca Comunitária do Benfica vem chamar a comunidade para unir forças na empreitada da formação de uma biblioteca comunitária local, contemplando também a Gentilândia e suas especificidades culturais, históricas e geográficas .
O QUE SERÁ A BIBLIOTECA COMUNITÁRIA DO BENFICA Pensada inicialmente como um projeto da UFC que se projeta para a sociedade, o espaço da biblioteca servirá também como um laboratório de formação para os alunos do curso de biblioteconomia. A ideia é que a biblioteca se confunda com o imaginário cultural do bairro. Assim, ela também se expandirá para as ruas e praças, para feiras e escolas, etc. Sua missão é destruir barreiras, expandir fronteiras e interagir com os cotidianos da comunidade local.
O PUBLICO-ALVO E ACERVO ,[object Object],[object Object]
CONCLUSÃO ,[object Object],[object Object]
REFERÊNCIAS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
OBRIGADA!

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Slides - Erebd

“Os museus do Brasil e perspectivas de adaptação ao mundo contemporâneo”
“Os museus do Brasil e perspectivas de adaptação ao mundo contemporâneo”“Os museus do Brasil e perspectivas de adaptação ao mundo contemporâneo”
“Os museus do Brasil e perspectivas de adaptação ao mundo contemporâneo”
Ane Caroline*
 
Manual final
Manual finalManual final
Manual final
MaianaRosari
 
Aula 3 biblioteca publica
Aula 3 biblioteca publicaAula 3 biblioteca publica
Aula 3 biblioteca publica
Biblio 2010
 
Programa Mais Cultura
Programa Mais CulturaPrograma Mais Cultura
Programa Mais Cultura
FICTV MAIS CULTURA
 
Casa da cultura de irará pressupostos para uma política municipal de cultura
Casa da cultura de irará   pressupostos para uma política municipal de culturaCasa da cultura de irará   pressupostos para uma política municipal de cultura
Casa da cultura de irará pressupostos para uma política municipal de cultura
Roberto Martins
 
Casa Da Cultura De Irará: Pressupostos Para Uma Política Municipal De Cultura
Casa Da Cultura De Irará: Pressupostos Para Uma Política Municipal De CulturaCasa Da Cultura De Irará: Pressupostos Para Uma Política Municipal De Cultura
Casa Da Cultura De Irará: Pressupostos Para Uma Política Municipal De Cultura
Portal Iraraense
 
Biblioteca Municipal de Faro
Biblioteca Municipal de FaroBiblioteca Municipal de Faro
Biblioteca Municipal de Faro
José Mesquita
 
Apresentação da Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas - CSMB
Apresentação da Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas - CSMBApresentação da Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas - CSMB
Apresentação da Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas - CSMB
Sistema Municipal de Bibliotecas
 
Burgos. apresentação.docx
Burgos. apresentação.docxBurgos. apresentação.docx
Burgos. apresentação.docx
Nuno Marçal
 
Informativo Cidade Nova Informa 2023 - Edição Especial - Ano V
Informativo Cidade Nova Informa 2023 - Edição Especial - Ano VInformativo Cidade Nova Informa 2023 - Edição Especial - Ano V
Informativo Cidade Nova Informa 2023 - Edição Especial - Ano V
Cidade Nova Informa
 
manual-subsidio-para-criacao-de-museu.pdf
manual-subsidio-para-criacao-de-museu.pdfmanual-subsidio-para-criacao-de-museu.pdf
manual-subsidio-para-criacao-de-museu.pdf
AndrZeidam1
 
Cultura na Colônia.ppt
Cultura na Colônia.pptCultura na Colônia.ppt
Cultura na Colônia.ppt
bernardoborges
 
Manual subsidio-para-criacao-de-museu
Manual subsidio-para-criacao-de-museuManual subsidio-para-criacao-de-museu
Manual subsidio-para-criacao-de-museu
MariaJaco
 
Inf historia 10
Inf historia 10Inf historia 10
Inf historia 10
Izaac Erder
 
Revista Identidades Viva-voz!
Revista Identidades Viva-voz!Revista Identidades Viva-voz!
Revista Identidades Viva-voz!
Tablados Produção Cultural
 
Revista para site e blog
Revista para site e blogRevista para site e blog
Revista para site e blog
Tablados Produção Cultural
 
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológicoProjeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
Muriel Pinto
 
Projeto CCajuru Cultural
Projeto CCajuru CulturalProjeto CCajuru Cultural
Projeto CCajuru Cultural
fflorion
 
Livro_O Nordeste Brasileiro.pdf
Livro_O Nordeste Brasileiro.pdfLivro_O Nordeste Brasileiro.pdf
Livro_O Nordeste Brasileiro.pdf
ssuserfa333d
 
Rede concelhia de bibliotecas de São Brás de Alportel
Rede concelhia de bibliotecas de São Brás de AlportelRede concelhia de bibliotecas de São Brás de Alportel
Rede concelhia de bibliotecas de São Brás de Alportel
RBE Algarve
 

Semelhante a Slides - Erebd (20)

“Os museus do Brasil e perspectivas de adaptação ao mundo contemporâneo”
“Os museus do Brasil e perspectivas de adaptação ao mundo contemporâneo”“Os museus do Brasil e perspectivas de adaptação ao mundo contemporâneo”
“Os museus do Brasil e perspectivas de adaptação ao mundo contemporâneo”
 
Manual final
Manual finalManual final
Manual final
 
Aula 3 biblioteca publica
Aula 3 biblioteca publicaAula 3 biblioteca publica
Aula 3 biblioteca publica
 
Programa Mais Cultura
Programa Mais CulturaPrograma Mais Cultura
Programa Mais Cultura
 
Casa da cultura de irará pressupostos para uma política municipal de cultura
Casa da cultura de irará   pressupostos para uma política municipal de culturaCasa da cultura de irará   pressupostos para uma política municipal de cultura
Casa da cultura de irará pressupostos para uma política municipal de cultura
 
Casa Da Cultura De Irará: Pressupostos Para Uma Política Municipal De Cultura
Casa Da Cultura De Irará: Pressupostos Para Uma Política Municipal De CulturaCasa Da Cultura De Irará: Pressupostos Para Uma Política Municipal De Cultura
Casa Da Cultura De Irará: Pressupostos Para Uma Política Municipal De Cultura
 
Biblioteca Municipal de Faro
Biblioteca Municipal de FaroBiblioteca Municipal de Faro
Biblioteca Municipal de Faro
 
Apresentação da Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas - CSMB
Apresentação da Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas - CSMBApresentação da Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas - CSMB
Apresentação da Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas - CSMB
 
Burgos. apresentação.docx
Burgos. apresentação.docxBurgos. apresentação.docx
Burgos. apresentação.docx
 
Informativo Cidade Nova Informa 2023 - Edição Especial - Ano V
Informativo Cidade Nova Informa 2023 - Edição Especial - Ano VInformativo Cidade Nova Informa 2023 - Edição Especial - Ano V
Informativo Cidade Nova Informa 2023 - Edição Especial - Ano V
 
manual-subsidio-para-criacao-de-museu.pdf
manual-subsidio-para-criacao-de-museu.pdfmanual-subsidio-para-criacao-de-museu.pdf
manual-subsidio-para-criacao-de-museu.pdf
 
Cultura na Colônia.ppt
Cultura na Colônia.pptCultura na Colônia.ppt
Cultura na Colônia.ppt
 
Manual subsidio-para-criacao-de-museu
Manual subsidio-para-criacao-de-museuManual subsidio-para-criacao-de-museu
Manual subsidio-para-criacao-de-museu
 
Inf historia 10
Inf historia 10Inf historia 10
Inf historia 10
 
Revista Identidades Viva-voz!
Revista Identidades Viva-voz!Revista Identidades Viva-voz!
Revista Identidades Viva-voz!
 
Revista para site e blog
Revista para site e blogRevista para site e blog
Revista para site e blog
 
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológicoProjeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
 
Projeto CCajuru Cultural
Projeto CCajuru CulturalProjeto CCajuru Cultural
Projeto CCajuru Cultural
 
Livro_O Nordeste Brasileiro.pdf
Livro_O Nordeste Brasileiro.pdfLivro_O Nordeste Brasileiro.pdf
Livro_O Nordeste Brasileiro.pdf
 
Rede concelhia de bibliotecas de São Brás de Alportel
Rede concelhia de bibliotecas de São Brás de AlportelRede concelhia de bibliotecas de São Brás de Alportel
Rede concelhia de bibliotecas de São Brás de Alportel
 

Slides - Erebd

  • 1. BIBLIOTECA E COMUNIDADE: RESGATANDO A MEMÓRIA DO BAIRRO BENFICA Diana Carla Mendonça Larissa Bastos Marília Aquino
  • 2.
  • 3. COMUNIDADE “ O que caracteriza uma comunidade é que a vida de alguém possa ser desenvolvida na própria comunidade; não se pode viver inteiramente dentro de uma empresa comercial, nem sequer dentro de uma igreja, mas sim dentro de uma tribo ou de uma cidade. O critério fundamental de comunidade, portanto, está em todas as relações sociais de alguém podem ser encontradas dentro da comunidade”. (SUAIDEN, 1995 p.13).
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7. O BAIRRO BENFICA O que diferencia o Benfica de outros bairros é sua população altamente heterogênea, moradores e freqüentadores, que fazem do bairro um ponto de apoio. Pessoas de todos os tipos, pensamentos e gostos são assíduos visitantes, e estes podem ser divididos em três principais grupos
  • 8.
  • 9.
  • 10.  
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15. BIBLIOTECA COMUNITÁRIA DO BENFICA O projeto de extensão da UFC do Departamento de Ciências da Informação: Biblioteca Comunitária do Benfica vem chamar a comunidade para unir forças na empreitada da formação de uma biblioteca comunitária local, contemplando também a Gentilândia e suas especificidades culturais, históricas e geográficas .
  • 16. O QUE SERÁ A BIBLIOTECA COMUNITÁRIA DO BENFICA Pensada inicialmente como um projeto da UFC que se projeta para a sociedade, o espaço da biblioteca servirá também como um laboratório de formação para os alunos do curso de biblioteconomia. A ideia é que a biblioteca se confunda com o imaginário cultural do bairro. Assim, ela também se expandirá para as ruas e praças, para feiras e escolas, etc. Sua missão é destruir barreiras, expandir fronteiras e interagir com os cotidianos da comunidade local.
  • 17.
  • 18.
  • 19.