O Domingo Sangrento foi um massacre que aconteceu em 22 de janeiro (de acordo com oantigo calendário, 9 de janeiro) de 190...
Durante 1917 – 1918 houve a entrada de outros países no conflito. A marinhaalemã afundou navios de nações que eram vistas ...
LINHA DO TEMPO
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

LINHA DO TEMPO

2.186 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.186
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

LINHA DO TEMPO

  1. 1. O Domingo Sangrento foi um massacre que aconteceu em 22 de janeiro (de acordo com oantigo calendário, 9 de janeiro) de 1905, em São Petersburgo na Rússia, onde manifestantespacíficos marcharam para apresentar uma petição ao czar Nicolau II e foram baleados pelaGuarda Imperial. A marcha foi organizada pelo padre George Gapon, que colaborou comSergei Zubatov da Okhrana, a polícia secreta czarista, para criar organizações detrabalhadoresInício da Primeira Guerra MundialO assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, e de sua esposa, na cidadede Sarajevo (Bósnia), em 1914 é considerado a causa imediata do início daPrimeira Guerra Mundial. O assassino pertencia a uma organização secretanacionalista da Sérvia, denominada Mão Negra, e que inclusive contava com oapoio do governo sérvio. A Áustria sabendo de tal apoio reagiu militarmente contraa Sérvia. Devido à política de alianças, outros países entraram na guerra.Veja como ocorreu a sucessão de acontecimentos:· 28 de julho: Áustria declara guerra à Sérvia· 29 de julho: Devido a aliança com a Sérvia, a Rússia entra na guerra contra aÁustria e Alemanha.· 1° de agosto: Alemanha declara guerra à Rússia, e posteriormente, à França.· 4 de agosto: Com o intuito de atingir a França, os exércitos alemão e austríacoinvadiram a Bélgica, que até então estava neutra no conflito.· 5 de agosto: A invasão da Bélgica foi o pretexto para a Inglaterra entrar noconflito. Com a entrada das colônias britânicas, a guerra deixa de ser apenaseuropéia, e se torna mundial.Ainda em 1914, os japoneses declaram guerra aos alemães, pois tem interesseem territórios da Alemanha na China. A Turquia, devido aos ressentimentos com aSérvia, entra na guerra ao lado da Tríplice Aliança. Nenhuma nação teve vitóriassignificativas sobre as outras em 1914. Houve um equilíbrio entre forças.Já entre 1915 – 1917, a intensa movimentação de tropas deu lugar a uma guerrade trincheiras, onde cada lado visava garantir suas posições, evitandoaproximações do rival.
  2. 2. Durante 1917 – 1918 houve a entrada de outros países no conflito. A marinhaalemã afundou navios de nações que eram vistas como neutras, alegando quetransportavam alimentos para os rivais. Esse foi o caso dos Estados Unidos,Panamá, Brasil, dentre outros. Houve dois destaques nessa fase: a entrada dosEstados Unidos na guerra e a saída dos exércitos da Rússia.O fim da Primeira Guerra MundialO apoio fornecido pelos Estados Unidos aos seus aliados foi extremamenteimportante para a vitória da Entente e de seus aliados. Os recursos da TrípliceAliança eram muito inferiores aos da Entente. No começo de 1918, as tropas daAlemanha ficaram isoladas e sem condição de sustentar o combate. No dia 11 deNovembro do mesmo ano, o governo alemão assinou um acordo de paz(armistício) em situação bastante desfavorável. Por exemplo, a Alemanha aceitavaretirar todas as suas tropas de todos os territórios ocupados durante a guerra,devolver aos rivais materiais de guerra pesados e submarinos apreendidos e pagarindenizações pelos territórios ocupados.O clima de patriotismo eufórico se tornou, em 1918, um clima generalizado deprofunda desolação e desesperança.

×