Felipe marx

243 visualizações

Publicada em

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
243
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Felipe marx

  1. 1. FELIPE MARX Sistema Nervoso Taquara 2014
  2. 2.  Nomes: Bruna Lazzaretti, Emerson Brito, Ianca Dias  Disciplina: Biologia  Data: 11/11/2014
  3. 3. DIVISÕES DO SISTEMA NERVOSO  Sistema nervoso central- é formado pelo encéfalo e pela medula; Sistema nervoso periférico- compreende os fios, isto é, os nervos; Sistema nervoso autônomo- coordena as funções do organismo que são autônomas, isto é, que dispensam nossa vontade.
  4. 4. SISTEMA NERVOSO CENTRAL  Divide – se em 2 partes:  Encéfalo: Situado no crânio e formado pelos seguintes órgãos: cérebro, cerebelo, ponte ou protuberância e bulbo. Medula: localizada no canal vertebral e formada por um cordão de nervos.
  5. 5. O CÉREBRO O cérebro é formado por células chamadas neurônios. A parte da célula onde está situado o núcleo recebe o nome de corpo celular. As células apresentam também um prolongamento chamado axônio e ramificações em torno do núcleo denominadas dendritos.  O conjunto dos corpos celulares apresenta uma cor acinzentada, sendo por isso chamado de substância cinzenta. Esse conjunto forma a camada externa do cérebro, denominada também córtex cerebral.
  6. 6. O CEREBELO  Localiza-se logo abaixo do cérebro e divide-se em duas partes:  Uma superficial ou externa, formada de substância cinzenta e chamada de córtex cerebelar;  Uma interna, formada de substância branca e cheia de ramificações, lembrando uma árvore; por isso, o cerebelo recebe também o nome de árvore da vida.
  7. 7. FUNÇÕES DO CEREBELO 1. Coordena os movimentos executados sob a ação do cérebro, garantindo perfeita harmonia entre esses movimentos. 2. Dá o tônus muscular, isto é, regula a quantidade exata de energia que deve ser exercida por cada músculo; essa função está ligada à anterior 3. Mantém o equilíbrio do corpo, graças às suas ligações com os canais semicirculares do ouvido interno.

×