Dialogando com nietzsche

1.227 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.227
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dialogando com nietzsche

  1. 1. Friedrich Nietzsche nasceu em 15 de outubro de 1844, na cidade de Röcken, Alemanha. A sua família era luterana e o seu destino era ser pastor, como seu pai. Nietzsche perde a fé durante a adolescência, e os estudos de filologia combatem com o que aprendeu sobre teologia. Durante os seus estudos na universidade de Leipzig, a sua vocação filosófica cresce. Foi um aluno brilhante, dotado de sólida formação clássica, e aos 25 anos é nomeado professor de Filologia na universidade de Basiléia.
  2. 2. Durante dez anos desenvolveu a sua filosofia em contacto com pensamento grego antigo. Em 1879 seu estado de saúde obriga-o a deixar de ser professor. Sua voz ficou inaudível. Começou uma vida errante em busca de um clima favorável tanto para sua saúde como para seu pensamento (Veneza, Gênova, Turim, Nice, Sils-Maria...).
  3. 3. Em 1882, começa a escrever o “Assim Falou Zaratustra”. Nietzsche não cessa de escrever com um ritmo crescente. Neste mesmo ano, conhece Lou Salomé, jovem russa de vinte e quatro anos. Acreditando nela, quer desposá-la. Mas Lou Salomé o rejeita e se une a Paul Ré, amigo e discípulo de Nietzsche.
  4. 4. Em 3 de Janeiro de 1889, Nietzsche é acometido por uma "crise de loucura", que durou até à sua morte, permanecendo sob a tutela da sua mãe e sua irmã. Nietzsche nem pode se dar conta do sucesso que estavam tendo os livros que ele mandara publicar por sua própria conta.
  5. 5. Sua irmã, guardiã dos seus escritos, após a sua morte, os falseou para apoiar uma causa anti-semita. Falácia, tendo em vista a repulsa de Nietzsche ao anti-semitismo em seus escritos.
  6. 6. O sucesso de Nietzsche sobreveio quando um professor dinamarquês leu a sua obra “Assim Falou Zaratustra” e, por conseguinte, tratou de difundi-la, em 1888. Nietzsche morreu em 25 de agosto de 1900.
  7. 7. Entre outros conceitos importantes na filosofia de Nietzsche está a “Vontade de Poder”.
  8. 8. Principais obras: O Nascimento da Tragédia no Espírito da Música, 1872, também conhecida simplesmente por “O Nascimento da Tragédia”; Humano, demasiado humano, 1878, no qual testemunha seu rompimento com Wagner e seu distanciamento da filosofia de Schopenhauer; A Gaia Ciência, 1882; Assim Falou Zaratustra, escrito entre 1883 e 1885, sua obra prima; Além do Bem e do Mal, 1886; Genealogia da Moral, 1887; No ano de 1888, Nietzsche escreve: O Caso Wagner, O Anticristo, Ecce Homo, Nietzsche contra Wagner, escrito em 1888 e publicado em 1895; Crepúsculo dos Ídolos: ou como Filosofar com o Martelo, escrito e impressa em 1888, pouco antes de o filósofo perder a razão.
  9. 9. Crepúsculo dos Ídolos: Como Filosofar com o Martelo Foi concebido como uma síntese e introdução ao seu pensamento, contudo, às vezes, Nietzsche reproduz criativamente uma opinião anterior; É como que uma declaração de guerra contra os ídolos, tanto antigos (a moral cristã, os quatros grandes erros da filosofia) como novos (as idéias e tendências modernas e seus representantes); A linguagem é típica da última fase do autor, cultiva o aforismo e o ensaio, desdenhando os sistemas: “a vontade de sistema é uma falta de retidão”; O título é uma paródia do título de uma ópera de Wagner, “Crepúsculo dos deuses”. No subtítulo, a palavra “martelo” deve ser entendida duplamente, segundo o prólogo: como marreta, para destroçar os ídolos, e como diapasão, para diagnosticar o seu vazio (ou seja, o estetoscópio de um “médico da cultura”).

×