Deuses Gregos

15.484 visualizações

Publicada em

Apresentação que conta a história dos deuses gregos e fala sobre cada um.

Publicada em: Educação
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.484
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
497
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Deuses Gregos

  1. 1. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia ZEUS O MAIS PODEROSO DEUS GREGO E SEU SÉQUITO REUNIDOS NO OLIMPO
  2. 2. Os mais famosos compositores brasileiros do século XX ApresentaçãoMeu nome é Anderson Alencar,vascaíno e autor desse curso e devários outros e logo adiante meucurrículo dirá quem sou. Esse feioao lado na foto sou eu e minhaintenção é ministrar cursos dealtíssimo nível, que os tornemcada dia mais competentes ecompetitivos. Tenho cursos grátise cursos pagos e premio meusalunos pagos com brindesliterários. É uma honra tê-los aqui.Bons cursos. Paz , luz e sucesso.Minha mãe me achava bonito,mas só ela mesmo.A bengala nãoé charme foi o resultado de um tiroTenho diversos defeitos, porém omaior deles é a minha excessivamodéstia, o mais dá para relevar.Eu passo conhecimento e bomhumor, pois a vida sem humor échata e vazia
  3. 3. Currículo• Anderson de Oliveira Alencar , brasileiro,casado,jornalista, pesquisador, bacharel em direito, músico, com curso em teoria musical e piano pela Escola Nacional de Música do Rio de Janeiro, poeta e escritor, sede do jornal AV. GEREMÁRIO DANTAS 888 JACAREPAGUÁ, RJ / RJ e filial na AV. JULIA KUBITCHEK 16 SL 102 PREMIER CENTER CABO FRIO Jornal MOMENTO NOTÍCIA , JORNAL POLÍTICO E POLICIAL ESPECIALIZADO EM SEGURANÇA.Diretor responsável criador e editor desse site e do jornal Momento Notícia desde 1988. Anderson Alencar jornalista e radialista Assessor de Imprensa da ALERJ, Assessor Parlamentar da ALERJ e ASSESSOR DE SEGURANÇA DA ALERJ, Assessor de Segurança do DETRAN, autor dos livros "Bandido bom é bandido bem morto" , "Coletânea de contos" , Contos de uma vida, membro da União Brasileira de Escritores, da Associação Nacional de Imprensa, da] Associação Brasileira de Revistas e Jornais, da Associação Brasileira de Jornalistas Investigativos, Criminologista - editor do site O ninho do escritor, Com cursos na Escola Superior de Guerra com especialização em anti sequestro, assuntos estratégicos, a mídia e a marginalização e o problema dos menores no país, curso especial em agente, chefia de segurança e gerência em segurança e anti seqüestro. . Atualmente dirige uma rádio on- line RWM FM Rádio Web Momento FM em www.radiowebmomento.com e os sites www.momentonoticia.com.br e www.momentoshopping.com.br Radialista ex apresentador da Radio Imprensa FM, TV Rio e RCT FM. Revista Polícia em Ação e Revista Autoridade. .MEUS ORGULHOS: Minha família, meus amigos, ser paraquedista e ter sido agraciado com a Medalha Tiradentes a maior condecoração do Estado do Rio de Janeiro pela minha competência profissional e a Moção Honrosa da ALERJ pelo meu trabalho jornalístico. Recebi troféus e diplomas da PMERJ e do CORPO DE BOMBEIROS DO RJ. pelo combate a criminalidade e a promoção de palestras junto a munidade.Perguntaram-me: Anderson você não tem medo do que faz, sempre confrontando o mal e em área de riscos? Eu respondi: Tenho sim, só loucos não tem medo, mas eu supero esse medo e cumpro o meu dever até porque eu sou paraquedista e quem é paraquedista aprende a superar seus medos e a vencer o mal, além do mais eu estou do lado da lei, por isso sou respeitado e assim ajo com tranquilidade e soberania.
  4. 4. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga• Nome do deus - O que representava• Zeus - rei de todos os deuses• Afrodite - amor• Ares - guerra• Hades - mundo dos mortos e do subterrâneo• Hera - protetora das mulheres, do casamento e do nascimento• Poseidon - mares e oceanos• Eros - amor, paixão• Héstia - lar• Apolo - luz do Sol, poesia, música, beleza masculina ZEUS• Ártemis - caça, castidade, animais selvagens e luz• Deméter - colheita, agricultura• Dionísio - festas, vinho• Hermes - mensageiro dos deuses, protetor dos comerciantes, dos viajantes e dos diplomatas.• Hefesto - metais, metalurgia, fogo• Crono - tempo• Gaia - planeta Terra
  5. 5. O fio da aranha Nunca matem uma aranha elas são úteis ao homem e podem tirar ou colocar você no inferno• Aranhas são GATO PAPA ARANHAS aracnídeos e e algumas pessoas• odeiam aranhas Tem gente que foge delas, eu gosto muito de aranhas Aranhas matam insetos perniciosos e dizem que dão sorte
  6. 6. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia AntigaNa Grécia Antiga, as pessoas seguiam uma religiãopoliteísta, ou seja, acreditavam em vários deuses. Estes,apesar de serem imortais, possuíam características decomportamentos e atitudes semelhantes aos sereshumanos. Maldade, bondade, egoísmo, fraqueza, força,vingança e outras características estavam presentes nosdeuses, segundo os gregos antigos. De acordo com estepovo, as divindades habitavam o topo do Monte Olimpo,de onde decidiam a vida dos mortais. Zeus era o demaior importãncia, considerado a divindade seprema dopanteão grego. Acreditavam também que, muitas vezes,os deuses desciam do monte sagrado para relacionarem-se com as pessoas. Neste sentido, os heróis eram osfilhos das divindades com os seres humanos comuns.Cada cidade da Grécia Antiga possuía um deus protetor. ZEUSCada entidade divina representava forças da natureza ousentimentos humanos. Poseidon, por exemplo, era orepresentante dos mares e Afrodite a deusa da belezacorporal e do amor. A mitologia grega era passada deforma oral de pai para filho e, muitas vezes, servia paraexplicar fenômenos da natureza ou passar conselhos devida. Ao invadir e dominar a Grécia, os romanosabsorveram o panteão grego, modificando apenas osnomes dos deuses.
  7. 7. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga Deusa do amor, da beleza e da sexualidadeMorada Monte OlimpoCônjuge Hefesto, Ares, Posídon, Hermes, Dionísio, Adonis e AnchisesPais Urano ou Zeus e Dione ZEUSIrmãos MelíadeFilhos Eros, Phobos, Deimos, Harmonia, Anteros, Hermafrodito, Eryx, Tyche, Príapo e EneiasRomano Vênus AFRODITEequivalente
  8. 8. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga• Afrodite (em grego antigo: Ἀφροδίτ, transl. Aphrodítē) é a deusa do amor, da beleza e da sexualidade na mitologia grega. Sua equivalente romana é a deusa Vênus. Historicamente, seu culto na Grécia Antiga foi importado, ou ao menos influenciado, pelo culto de Astarte, na Fenícia.• De acordo com a Teogonia, de Hesíodo, ela nasceu quando Cronos cortou os órgãos genitais de Urano e arremessou-os no mar; da espuma (aphros) surgida ergueu-se Afrodite.• Por sua beleza, os outros deuses temiam que o ciúme pusesse um fim à paz que reinava entre eles, dando início a uma guerra; por este motivo Zeus a casou com Hefesto, que não era visto como uma ameaça. Afrodite teve diversos amantes, tanto deuses como Ares quanto mortais como Anquises. A deusa também foi de importância crucial para a lenda de Eros e Psiquê, e foi descrita, em relatos posteriores de seu mito, tanto como amante de Adônis quanto sua mãe adotiva. Diversos outros personagens da mitologia grega foram descritos como seus filhos.• Afrodite recebe os nomes de Citere ou Citereia (Cytherea) e Cípria (Cypris) por dois locais onde seu culto era célebre na Antiguidade, Citera e Chipre - ambos os quais alegavam ser o local de nascimento dela. A murta, pardais, pombos, cavalos e cisnes eram considerados sagrados para ela. Os gregos também identificavam-na com a deusa egípcia Hátor.[1] Afrodite ainda recebia muitos outros nomes locais, como Acidália e Cerigo, utilizadas em regiões específicas da Grécia. Cada uma recebia um culto ligeiramente diferente, porém os gregos reconheciam a semelhança geral entre todos AFRODITE como sendo a única Afrodite. Já os filósofos áticos do século IV a.C. viam de maneira separada a Afrodite Celestial (Afrodite Urânia) e seus princípios transcendentes e a Afrodite comum, do povo (Afrodite Pandemos).• Possuía um cinturão, onde estavam todos os seus atrativos, que, certa vez, a deusa Hera, durante a Guerra de Tróia, pediu emprestado para encantar Zeus e favorecer os gregos.[2]
  9. 9. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga• Grécia. Cada uma recebia um culto ligeiramente diferente, porém os gregos reconheciam a semelhança geral entre todos como sendo a única Afrodite. Já os filósofos áticos do século IV a.C. viam de maneira separada a Afrodite Celestial (Afrodite Urânia) e seus princípios transcendentes e a Afrodite comum, do povo (Afrodite Pandemos).• Possuía um cinturão, onde estavam todos os seus atrativos, que, certa vez, a deusa Hera, durante a Guerra de Tróia, pediu AFRODITE emprestado para encantar Zeus e favorecer os gregos.[2]
  10. 10. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga• Nascimento• O Nascimento de Vênus, de Sandro Botticelli, c. 1485.• Afrodite, segundo algumas versões de seu mito, teria nascido perto de Pafos, na ilha de Chipre, motivo pelo qual ela é chamada de "Cípria", especialmente nas obras poéticas de Safo. Seu principal centro de culto era exatamente em Pafos, onde uma deusa do desejo havia sido cultuada desde o início da Idade do Ferro na forma de Ishtar e Astarte. Outras versões do mito, no entanto, afirmam que a deusa teria nascido próximo à ilha de Citera (atual Kythira), pelo qual também recebia o nome de "Citereia".[10] A ilha era um entreposto comercial e cultural entre Creta e o Peloponeso, portanto estas histórias podem ter preservado traços da migração do culto de Afrodite do Levante até a Grécia continental.• Na versão mais famosa do mito, seu nascimento teria sido a consequência de uma castração: Cronos teria cortado os órgãos genitais de Urano e arremessado-os para trás, dentro no mar. A espuma surgida da queda dos genitais na água, que alguns autores identificaram com o esperma do deus morto, teria dado origem a Afrodite, enquanto as Erínias teriam surgido a partir de suas gotas de sangue. Nas palavras de Hesíodo, "o pênis (...) aí muito boiou na planície, ao redor branca espuma da imortal carne ejaculava- se, dela uma virgem criou-se."[11] Esta virgem se tornou Afrodite, flutuando até as margens sobre uma concha de vieira. Esta imagem, de uma "Vênus erguendo-se das águas do mar" (Vênus Anadiômene[12]), já totalmente madura, foi uma das representações mais icônicas de Afrodite, celebrizada AFRODITE por uma pintura muito admirada de Apeles, já perdida, porém descrita na História Natural de Plínio, o Velho.
  11. 11. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia AntigaEm outra versão de sua origem,[13] ela seria filha de Zeus e Dione,a deusa-mãe cujo oráculo situava-se em Dodona. A própriaAfrodite é por vezes referida comop "Dione", que parece ter sidouma forma feminina de "Dios", o genitivo de Zeus em grego, epoderia apenas significar "a deusa", de maneira genérica. Aprópria Afrodite seria então uma equivalente de Réia, a mãe-terra, e que Homero teria deslocado para o Olimpo. Algunsestudiosos levantaram a hipótese de um panteão proto-indo-europeu, no qual a principal divindade masculina (Di-)representaria o céu e o trovão, e a principal divindade feminina(forma feminina de Di-) representaria a terra, ou o solo fértil.Depois que o culto a Zeus tomou o lugar do oráculo situado nobosque de carvalhos em Dodona, alguns poetas o teriamtransformado em pai de Afrodite. Em algumas versões do mito,Afrodite seria filha de Zeus e Talassa (o mar).Segundo Homero, Afrodite, após entrar em combate para AFRODITEproteger seu filho, Enéas, teria sido ferida por Diomedes eretornado à sua mãe, sob cujos joelhos se deitou para serconfortada.
  12. 12. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga• Teogonia• De acordo com o mito teogônico mais aceito, Afrodite nasceu quando Urano (pai dos titãs) foi castrado por seu filho Cronos, que atirou seus testículos ao mar, então o semêm de Urano caiu sobre o mar e formou ondas chamadas de (aphros), e desse fenomeno nasceu Aphroditê ("espuma do mar"), que foi levada por Zéfiro para Chipre. [14] Por isso um dos seus epítetos é Kypris. Assim, Afrodite é de uma geração mais antiga que a maioria dos outros deuses olímpicos. AFRODITE• Em outra versão (como diz Homero), Dione é mãe de Afrodite com Zeus, sendo Dione, filha de Urano e Tálassa [15] [16]
  13. 13. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga• Casamento• Após destronar Cronos, Zeus ficou ressentido, pois, tão grande era o poder sedutor de Afrodite que ele e os demais deuses estavam brigando o tempo todo pelos encantos dela, enquanto esta os desprezava a todos, como se nada fosse. Como vingança e punição, Zeus fê-la casar-se com Hefesto, (segundo Homero, Afrodite e Hefesto se amavam, mas pela falta de atenção, Afrodite começou a trair o marido para melhor valorizá-la) que usou toda sua perícia para cobri-la com as melhores jóias do mundo, inclusive um cinto mágico do mais fino ouro, entrelaçado com filigranas mágicas. Isso não foi muito sábio de sua parte, uma vez que quando Afrodite usava esse cinto mágico, ninguém conseguia resistir a seus encantos. Na mitologia grega, Afrodite era acompanhada pelas Cárites, ou Graças como eram também conhecidas. Seus nomes eram Aglae ("A Brilhante", "O Esplendor"), Tália ("A Verdejante") e Eufrosina ("Alegria da Alma"). [17]
  14. 14. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga• Guerra de Tróia• Quando, no casamento de Peleu e Tétis, Éris lançou um pomo de ouro com a inscrição À mais bela, a rainha dos deuses, a deusa da sabedoria e a deusa da beleza disputaram a posse do pomo.• Para resolver a querela, Páris, filho de Príamo, foi escolhido como juiz. As três deusas fizeram grandes promessas ao pastor em troca do pomo. Páris escolhe Afrodite, e recebe da deusa ajuda para receber sua recompensa por tê-la escolhido: o amor da mais bela das mulheres, Helena, esposa do rei de Esparta, Menelau. Páris rapta Helena, o que dá motivo para iniciar a guerra. Após muitos anos de guerra entre os aqueus e os troianos, a cidade é vencida e destruída. IMAGEM DE VENUS A DEUSA AFRODITE ROMANA Museu Arqueológico Nacional de Atenas ZEUS
  15. 15. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga ARES DEUS DA GUERRA
  16. 16. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga ARES DEUS DA GUERRANa mitologia grega, Ares (em grego: Ἄρης, transl. Árēs) era filho dofamoso Zeus (o soberano dos deuses) e Hera[1][2][3]. Embora muitasvezes tratado como o deus olímpico da guerra, ele é mais exatamenteo deus da guerra selvagem, ou sede de sangue, ou matançapersonificada.[4]Os romanos identificaram-no como Marte, o deus romano da guerra eda agricultura (que eles tinham herdado dos etruscos).Entre os helenos sempre houve desconfiança de Ares.[5] Emboratambém a meia irmã de Ares, Atena, fosse uma deidade da guerra, aposição de Atena era de guerra estratégica, enquanto Ares tendia a sera violência imprevisível da guerra. O seu lugar de nascimento e suacasa verdadeira foram colocados muito longe, entre os bárbaros etrácios belicosos (Ilíada 13.301; Ovídio, Ars Amatoria, II.10;), de ondeele se retirou depois que o seu caso com Afrodite foi revelado.[6]"Ares" permaneceu um adjetivo e epíteto em tempos clássicos: ZeusAreios, Atena Areia, até Afrodite Areia.[7] Em tempos micênicos, asinscrições mencionavam Eniálios, um nome que sobreviveu emtempos clássicos como um epíteto de Ares. Abutres e cães, animaisque se alimentam dos cadáveres nos campos de batalha, são sagradospara ele.
  17. 17. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga• Escultura de Ares, cópia romana do original grego. Villa Adriana, em Tivoli. Deus da guerra e da violência Morada Monte Olimpo, Trácia, Macedonia, Esparta Cônjuge Nenhuma Pais Zeus e Hera Irmãos Ênio, Hebe, Ilítia, Hefesto e Éris Filhos Eros, Anteros, Phobos, Deimos, Flégias, Harmonia e Adrestia Romano equivalente Marte
  18. 18. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga • Símbolos de Ares• Ares.• Ares tinha uma quadriga desenhada com rédeas de ouro para quatro (Ilíada v.352) garanhões imortais que respiravam fogo. Entre os deuses, Ares era reconhecido pela sua armadura de latão; ele brandia uma lança na batalha. Os seus pássaros agudos e sagrados eram a coruja de celeiro, o pica-pau, o bubo e, especialmente no sul, o abutre. De acordo com Argonáuticas (ii.382ff e 1031 e seg; Higno, Fabula 30) os pássaros de Ares (Ornithes Areioi) eram um bando de pássaros que lançavam penas em forma de dardos que guardaram o templo das Amazonas do deus em uma ilha costeira no Mar Negro. Em Esparta, em uma noite ctônica de sacrifício de um cão a Enyalios ficou assimilado ao culto de Ares. O sacrifício poderia ser feito a Ares na véspera de uma batalha para pedir sua ajuda.• [editar] Ares no culto• Embora importante na poesia, Ares era raramente incluído no culto na Grécia antiga, salvo em Esparta, onde ele era propiciado antes da batalha, e, embora implicado no mito de fundação de Tebas, ele apareceu em poucos mitos..[8]• Em Esparta havia uma estátua do deus acorrentado, para mostrar que o espírito de guerra e vitória nunca deveria deixar a cidade. O templo a Ares em Agora de Atenas que Pausânias viu no segundo século AD só tinha sido movido e rededicado lá durante o tempo de Augusto; na essência ele era um templo romano a Marte. O Areópago, "o monte de Ares" onde Paulo de Tarso pronunciou sermões, é situado em alguma distância da Acrópole; em tempos arcaicos era um terreno para disputas. A sua conexão com Ares, possivelmente baseado em uma etimologia falsa, pode ser puramente etiológica
  19. 19. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga HADES DEUS DA MORTE
  20. 20. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia Antiga • Hades (em grego antigo: Άδης, transl. Hádēs), na mitologia grega, é o deus do mundo inferior e dos mortos.[1]• Equivalente ao deus romano Plutão, que significa o rico e que era também um dos seus epítetos gregos, seu nome era usado frequentemente para designar tanto o deus quanto o reino que governa, nos subterrâneos da Terra. Consta também ser chamado Serápis (deus de obscura origem egípcia).[2][3]• É considerado um deus da "segunda geração" pelos estudiosos, oriundo que fora de Cronos (Saturno, na teogonia romana) e de Reia, formava com seus cinco irmãos os Crônidas: as mulheres Héstia, Deméter e Hera, e os homens Posseidon e Zeus.[4]• Ele é também conhecido por ter raptado a deusa Perséfone (Koré ou Core) filha de Deméter, a quem teria sido fiel e com quem nunca teve filhos. A simbologia desta união põe em comunicação duas das principais forças e recursos naturais: a riqueza do subsolo que fornece os minerais, e faz brotar de seu âmago as sementes - vida e morte.[5]• Hades costuma apresentar um papel secundário na mitologia, pois o fato de ser o governante do Mundo dos Mortos faz com que seu HADES trabalho seja "dividido" entre outras divindades, tais como Tanatos, deus da morte, ou as Queres (Ker) - estas últimas retratadas na Ilíada recolhendo avidamente as almas dos guerreiros, enquanto Tanatos surge nos mitos da bondosa Alceste ou do astuto Sísifo.[6]• Como o senhor implacável e invencível da morte, é Hades o deus mais odiado pelos mortais, como registrou Homero (Ilíada 9.158.159). Platão acentua que o medo de falar o seu nome fazia usarem no lugar eufemismos, como Plutão (Crátilo 403a).[6] O mito possui pequena influência moderna. Entretanto, foi objetivo de análises pela psicologia e adaptações cinematográficas; dentre essas últimas, a Disney recriou-o em dois momentos distintos, um em 1934 de forma experimental[7], e outro em 1997, como adversário de Hércules.
  21. 21. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia AntigaTemendo uma profecia que dizia que seria derrotado por um dos filhos, Cronospassou a devorar os filhos tão logo sua mulher, Reia, os tinha. Assim ocorrera atodos os filhos que teve, à exceção de Zeus que, para ser poupado, foi numardil materno trocado pela mãe por uma pedra.[8]Segundo Apolodoro (i.1.5) e Hesíodo (Teogonia 453-67) Cronos os devorou naseguinte ordem: primeiro a Héstia, em seguida Deméter e Hera e, mais tarde, aHades e Posseidon.[4][9]Crescendo, o jovem deus teve novamente a ajuda materna para auxiliá-lo: Reiafez com que o marido engolisse uma beberagem que o forçou a vomitar osfilhos presos dentro de si. Uma vez libertos, os irmãos ficaram solidários a Zeus,no combate contra o pai. Postaram-se, então, no monte Olimpo e, com ajudados titãs hecatônquiros, combateram os outros titãs, que se posicionaram nomonte Ótris, numa batalha que durou dez anos.[8]Os titãs solidários aos olímpicos — Briareu, Coto e Giges — deram aos trêsirmãos suas armas: a Zeus os raios, a Posseidon o tridente; a Hades coube umcapacete, que o tornava invisível.[8] A derrota de Cronos deu-se com o uso dastrês armas: Hades, invisível com seu elmo, roubou ao pai suas armas e,enquanto Posseidon o distraía com o tridente, Zeus o fulminou com seusraios.[9]Sendo o mundo dividido em três partes, Zeus procedeu à divisão por sorteiodos reinos entre si e os dois irmãos: para si ficou a Terra e o Céu, a Posseidoncoube os mares e rios, ao passo que para Hades ficou o domínio sobre o mundosubterrâneo e os seres das sombras.[10]Mais tarde Hades desposa Perséfone (a Prosérpina dos romanos, tambémchamada Core ou Kore), filha de sua irmã Deméter (Ceres, para os romanos), eque ao seu lado tornou-se a rainha dos mortos.[11] O casal não teve filhos.[6]
  22. 22. DEUSES GREGOS Mitologia e religião grega, deuses da Grécia AntigaCronos casou com a sua irmã Réia, que lhe deu seisfilhos (os Crónidas): três mulheres, Héstia, Deméter eHera e três rapazes, Hades, Poseidon e Zeus.Como tinha medo de ser destronado, Cronos engolia osfilhos ao nascerem. Comeu todos exceto Zeus, que Réiaconseguiu salvar enganando Cronos enrolando umapedra em um pano, a qual ele engoliu sem perceber atroca.Quando Zeus cresceu, resolveu vingar-se de seu pai,solicitando para esse feito o apoio de Métis - aPrudência - filha do Titã Oceano. Esta ofereceu a Cronosuma poção mágica, que o fez vomitar os filhos que tinhadevorado. Então Zeus tornou senhor do céu e divindadesuprema da terceira geração de deuses da MitologiaGrega ao banir os tios Titãs para o Tártaro e afastou opai do trono, e segundo as palavras de Homeroprendeu-o com correntes no mundo subterrâneo, ondefoi encontrado, após dez anos de luta encarniçada, pelosseus irmãos, os Titãs, que tinham pensado poderreconquistar o poder de Zeus e dos deuses do Olimpo. CRONUS DEVORANDO OS FILHOS
  23. 23. Imagens colhidas na INTERNET CLIQUEM NO SLIDE Adaptado por Anderson Alencar. DIREITO AUTORALÉ o direito que protege trabalhos publicados e não publicados nas áreas da literatura, teatro,música e coreografias de dança, filmes, fotografias, pinturas, esculturas e outros trabalhosvisuais de arte como programas de computador (softwares). O direito autoral protege aexpressão de idéias e reserva para seus autores o direito exclusivo de reproduzir seustrabalhos
  24. 24. Encerramento •• Encerro como sempre esperando ter levado aos nosso alunos conhecimento suficiente sobre a história do mundo, seus líderes e feitos que os tornaram famosos independente dos resultados provocados pelas suas ações. Se desejarem falar conosco usem nossos e-mails ou telefones alencarcastelobranco@estadao.com.br e animprensa@hotmail.com e conheçam mais de nosso trabalho em www.momentonoticia.com.br e www.radiowebmomento.com ao lado o major Oscar meu amado pai. Oscar Fernandes de Alencar ex combatente, ferido em Monte Castelo• Como sempre estamos a disposição em 21 3264381 e 21 78001705. No ensejo desejamos um excelente curso e se matriculem em www.buzzero.com. Nos próximos cursos novas personalidades e fatos serão tratadas aqui.• Agradecemos os alunos inscritos que nos honram com sua confiança em nosso trabalho e ao Buzzero que nos permite expandir nossos cursos• Esse curso tem apostila por ser pago.• Paz, luz e sucesso encerramos com esse hino que sempre nos emociona pois nele está nosso sangue, lágrimas e muito amor. Muitos de nós morremos por ele e outros ainda morrerão, mas o mais vai bem sem novidades.• Anderson Alencar (O autor)

×