Friedrich nietzsche 35 tp

747 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
747
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
248
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Friedrich nietzsche 35 tp

  1. 1. COLÉGIO ESTADUAL VISCONDE DE BOM RETIRO FRIEDRICH NIETZSCHE Bárbara Casagrande Gabriele Primieri Bento Gonçalves, abril de 2015
  2. 2. Fonte: http://www.iep.utm.edu
  3. 3. ESCRITA AFORISMÁTICA * Nietzsche fez uso de aforismos, que são sentenças curtas que exprimem um conselho, um conceito ou um sentimento. * Esse aforismos tratavam de temas como religião, moral, artes e ciências, sempre com o intuito de criticar valores da civilização ocidental.
  4. 4. “Jamais alguém fez algo totalmente para os outros. Todo amor é amor próprio. Pense naqueles que você ama: cave profundamente e verá que não ama à eles; ama as sensações agradáveis que esse amor produz em você! Você ama o desejo, não o desejado.” “Como? É o homem apenas um erro de Deus? Ou é Deus unicamente um erro do homem? Quem “criou” quem? ou seria como se “criou”? ”
  5. 5. INFLUÊNCIA DE SCHOPENHAUER * Sofreu influência de Schopenhauer, que criticava Hegel definindo-o como “charlatão” e “acadêmico mercenário”, porque segundo sua ideologia, os desdobramentos históricos eram consequência da racionalidade e do progresso. * Para este filósofo, o mundo era uma representação dependendo do sujeito para existir. Por isso, o que nós observamos poderia ser uma ilusão.
  6. 6. Disponível em: www.infoescola.com
  7. 7. * O conhecimento verdadeiro só pode ser atingido pela iluminação que a arte proporcionaria. * A essência do mundo seria a vontade que estava presente em tudo, sendo o impulso dos desejos que deveriam ser saciados para não provocar sofrimentos. No entanto, se todos os desejos fossem satisfeitos causaria tédio; dessa forma a vida oscilaria entre o tédio e o sofrimento. * A vontade de uma pessoa poderia se chocar com a outra, provocando uma luta entre si.
  8. 8. Disponível em: kdfrases.com
  9. 9. VONTADE DE POTÊNCIA * Nietzsche entendia a felicidade como um sentimento pleno, discordando do pessimismo de Schopenhauer e passa a criticá-lo. * Porém, suas ideias filosóficas ainda tinha a influência de Schopenhauer, como na vontade de potência, usada por Nietzsche para explicar o mundo e a vida. * Tal conceito sofreu distintas interpretações, sendo definido por alguns como uma tese biológica que justificava a competição e a ambição humana (ideia que foi utilizada no nazismo).
  10. 10. APOLÍNEO E DIONISÍACO * Nietzsche criticou Sócrates por ter negado a instituição criadora da filosofia anterior conhecida como pré-socrática. * A partir disso, ele distinguiu dois princípios: o apolínio (derivado do deus grego Apolo) e o dionisíaco (derivado do deus Dionísio).
  11. 11. Disponível em: atuacaofilosoficaac.blogspot.com
  12. 12. * Para ele, Sócrates separou esses dois princípios, que seriam complementares da realidade. * Além disso, Nietzsche não concordava com a separação do mundo em sensível e inteligível, acreditando que o mundo seria turbulências, misturas e complexidades.
  13. 13. GENEALOGIA DO MORAL * Posteriormente, esse filósofo criticou os valores morais, criando, em contraponto, a genealogia da moral que estudava a história dos valores morais, concluindo que o bem e o mal existe apenas na concepção moral elaborada pelos interesses dos humanos. * Essa concepção de bem e mal, originaram-se com o judaísmo e o cristianismo, impondo as pessoas um sentimento de dever, culpa, pecado e dívida.
  14. 14. * Por isso, ele denunciava a “moral de rebanho”, presente na civilização cristã e burguesa, que representava a submissão da maioria das pessoas aos valores dominantes. * Portanto para Nietzsche, se as pessoas compreenderem que os valores podem não ser realmente verdadeiros e sim construções humanas, elas analisarão melhor tais valores passando a viver com suas próprias concepções.
  15. 15. Disponível em: hypescience.com
  16. 16. NIILISMO * O cristianismo deixou de ser a única verdade a partir da Idade Moderna. * Nesse contexto, originou-se outras ideologia como o niilismo, que seria um sentimento opressivo e difuso, próprio dessa época.
  17. 17. * Além disso, ele defende o niilismo moderno que baseia-se na morte de Deus desencadeada por nós mesmo devido a exclusão dos valores cristãos na sociedade. * Nietzsche defendeu que cada pessoa deveria cultuar valores que negavam o conformismo e a submissão, combatendo o sentimento niilístico.
  18. 18. Disponível em: manacessilva.blogspot.com

×