SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 96
Baixar para ler offline
Outras notações conceituais
Outros
modelos
conceituais
• Devemos estar preparado, durante nossa atuação
na área de modelagem, para nos defrontarmos
com diferentes notações e metodologias.
• O importante será sermos capazes de identificar
quais são os elementos semânticos de cada uma
delas e aplicá-los corretamente.
COMENTÁRIOS: PAULO COUGO
BECHMAN
• A notação hoje atribuída a Bachman, conhecida
como notação de setas, é uma derivação da
diagramação original proposto por Charles
Bachman para representação de estruturas de
dados.
• Nela existiam 2 elementos:
– Estruturas de dados
– Relacionamentos existentes entre elas
BACHMAN
• Para identificar os tipos de
associatividade entre as
estruturas de dados eram usados
apenas dois tipos de
representação
– A cardinalidade 1 era representada
por uma linha sem terminação
– A cardinalidade N era representada
por uma linha com uma ponta de
seta.
BACHMAN - NOTAÇÃO DE SETAS
• O grande diferencial dessa notação está na
representação gráfica da cardinalidade dos
relacionamentos.
BACHMAN - NOTAÇÃO DE SETAS
JAMES MARTIN
ENGENHARIA DA INFORMAÇÃO
• A notação conhecida como pé-de-galinha, ou no
original Crow´s foot, não abrange todo um conjunto de
elementos gráficos para representação de modelo de
dados.
• Trata somente da representação utilizada para a
representação dos relacionamentos.
• James Martin incorporou essa notação junto a outros
elementos e disseminou, através dos seus trabalhos
sobre Engenharia da Informação.
JAMES MARTIN
NOTAÇÃO DE ENTIDADE
(a) Representa uma entidade
(b) Representa uma entidade com seus atributos
• São restritos a relacionamentos
binários
• Mais afastados
– Barra: relacionamento obrigatório - |
– Círculo: relacionamento opcional - ○
• Mais próximos
– Barra: cardinalidade máxima é um - |
– Pé-de-galinha: cardinalidade N - ⪫
RELACIONAMENTOS
PÉ DE GALINHA
• Ano: 2017 Órgão: TRE-TO Prova: Técnico Judiciário - Programação de Sistemas
• A respeito de modelagem de dados, assinale a opção correta.
• a) Herança múltipla ocorre quando uma entidade mãe transmite seus atributos e
relacionamentos para duas ou mais entidades filhas.
• b) O diagrama entidade relacionamento permite o relacionamento entre
entidades e também entre outros relacionamentos.
• c) Na notação CrowsFoot, a não obrigatoriedade em um relacionamento é
representada por um traço junto à entidade considerada opcional.
• d) No conceito de generalização, que é top-down, a entidade filha herda os
atributos e relacionamentos da entidade mãe.
• e) O mapeamento objeto-relacional é utilizado para facilitar a utilização de banco
de dados relacionais pela programação orientada a objetos.
QUESTÃO
OUTRAS NOTAÇÕES
(a) Notação para um ou exclusivo
(b) Notação para representação de subtipos
NOTAÇÃO DE BARKER
NOTAÇÃO DE ENTIDADE
( # ) Atributo é componente da chave primária
( * ou • ) Atributo é obrigatório
( ○ ) Atributo é opcional
Chave primária e
obrigatório
Atributo obrigatório
Atributo opcional
• São sempre binários
RELACIONAMENTOS
NOTAÇÃO DOS RELACIONAMENTOS
EXEMPLO 01
PEDIDO CONSUMIDOR
Cada PEDIDO deve ser feito por um e apenas um COSUMIDOR
É feito
EXEMPLO 02
PEDIDO CONSUMIDOR
Cada CONSUMIDOR pode ser o solicitante de um ou mais PEDIDOS
É solicitante de
NOTAÇÕES COMPLEMENTARES
(a) Relacionamento opcional (ou)
(b) Relacionamento obrigatório (ou)
(a) Herança simples
(b) Herança aninhada
IDEF1X
• Embora aplicada no nível conceitual, incorpora em suas raízes
muitas características de projeto de banco de dados (modelagem
lógica)
• Diagramação dependente de conceitos como chaves e
dependências de identificação.
• Elementos:
– Entidades
– Relacionamentos
– Atributos
– Subtipos e Supertipos
IDEF1X
IDEF1X - COMPONENTES
IDEF1X – EXEMPLO DE DIAGRAMA
• 4 categorias
– Independentes ou dependentes
– Dependentes de identificador e/ou dependentes
de existência
– Subtipos ou supertipos.
– Associativas ou não-associativas
IDEF1X - ENTIDADE
NOTAÇÃO IDEF1X
Entidades Independentes
Atributos - chave primária
Demais atributos
• As notações utilizadas para relacionamento
indicam simultaneamente quatro aspectos:
– Cardinalidade
– Opcionalidade de existência (dependência de
existência)
– Dependência de identificador
– Significado (role)
IDEF1X - RELACIONAMENTOS
NOTAÇÃO IDEF1X - CARDINALIDADE
Zero, um ou muitos
Um ou muitos
Exatamente <n>
Zero ou um
De n até m
(n)
n-m
Anotação sobre a
cardinalidade
• Alocação dos atributos “dentro” da entidade.
– Chave primária – aparecem no topo
– Chave alternativa – Akn
– Chave estrangeira – seguido por FK
– Opcional (O)
• Obs.: Identificação de PK e FK é um indício de
uma técnica voltada ao processo de modelagem
lógica e não de modelagem conceitual
IDEF1X - ATRIBUTOS
• Representa estruturas de generalização-
especialização.
IDEF1X – SUBTIPOS E SUPERTIPOS
Exclusiva
Completa Incompleta
Inclusiva
NOTAÇÃO IDEF1X
NOTAÇÃO IDEF1X
NOTAÇÃO IDEF1X
• Analista Legislativo (ALERO)/Tecnologia da Informação/Banco de Dados/2018
•
•
• Considere o relacionamento estabelecido entre as entidades E1 e E2 no diagrama IDEF1X.
• Assinale a opção que apresenta a leitura correta que deve ser feita dessa representação.
• a) A cada elemento de E1 está associado um e somente um elemento de E2.
• b) A cada elemento de E1 estão associados entre 1 e N elementos de E2.
• c) A cada elemento de E2 está associado um e somente um elemento de E1.
• d) A cada elemento de E2 estão associados entre 1 e N elementos de E1.
• e) A cada elemento de E2 podem estar associados zero ou um elemento de E1.
QUESTÃO.
QUADRO COMPARATIVO
COMPARATIVO ENTRE AS NOTAÇÕES
COMPARATIVO ENTRE AS NOTAÇÕES
RESUMO
• Notações diagramáticas opcionais para modelos E-R
RESUMO - NAVATHE – APÊNDICE A
• Notações diagramáticas opcionais para
modelos E-R
RESUMO - NAVATHE – APÊNDICE A
QUESTÕES CESPE
• Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: FUB Prova: CESPE -
2018 - FUB - Técnico de Tecnologia da Informação
• Julgue o item seguinte, a respeito dos conceitos de
modelagem de dados e níveis de abstração.
• No modelo de entidade-relacionamento, uma entidade
se caracteriza por um objeto do mundo real que possui
um conjunto de propriedades; os valores de um
subconjunto dessas propriedades podem identificar de
maneira única a entidade.
QUESTÃO 01.
• Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: FUB Prova: CESPE -
2018 - FUB - Técnico de Tecnologia da Informação
• Julgue o item seguinte, a respeito dos conceitos de
modelagem de dados e níveis de abstração.
• Na cardinalidade de mapeamento entre o conjunto de
entidades X e Y de uma associação um-para-um, uma
entidade em X é associada, no máximo, a uma
entidade em Y, e uma entidade em Y é associada, no
máximo, a uma entidade em X.
QUESTÃO 02.
• Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: SEFAZ-RS Prova: CESPE - 2018 -
SEFAZ-RS - Assistente Administrativo Fazendário
• No modelo entidade-relacionamento, as propriedades particulares
que descrevem uma entidade são denominadas
• A valores.
• B atributos.
• C chaves primárias.
• D relacionamentos.
• E instâncias.
QUESTÃO 03.
• Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: Polícia Federal Prova: CESPE - 2018 -
Polícia Federal - Agente de Polícia Federal
• Considerando o modelo entidade-relacionamento (ER) precedente, julgue
o seguinte item, relativo a banco de dados.
• Conforme o modelo ER em questão, um tipo de produto pode estar
associado a somente 1 produto e cada produto possui um preço e uma
descrição.
QUESTÃO 04.
• Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: Polícia Federal Prova: CESPE - 2018 -
Polícia Federal - Agente de Polícia Federal
• Considerando o modelo entidade-relacionamento (ER) precedente, julgue
o seguinte item, relativo a banco de dados.
• Considerando-se apenas o diagrama apresentado, infere-se que, na
aplicação das regras para a transformação do modelo ER em um modelo
relacional, é necessário realizar a fusão das tabelas referentes às
entidades envolvidas no relacionamento.
QUESTÃO 05.
• Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: Polícia Federal Prova: CESPE - 2018 - Polícia Federal - Agente de
Polícia Federal
•
• Considerando o modelo entidade-relacionamento (ER) precedente, julgue o seguinte item, relativo
a banco de dados.
• Situação hipotética: Ao analisar o modelo ER em questão, Paulo verificou que há duas chaves
identificadas com o mesmo nome: código — em tipo de produto e em produto. Paulo sabe que o
conceito de chaves é básico para estabelecer relações entre linhas de tabelas de um banco de
dados relacional e que as chaves primárias devem ser únicas. Assertiva: Nessa situação, Paulo deve
invalidar o modelo ER em questão, pois ele está semanticamente errado, já que não pode haver
chaves primárias com nomes iguais, ainda que em entidades distintas.
QUESTÃO 06.
• Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: STJ Prova: CESPE -
2018 - STJ - Técnico Judiciário - Suporte Técnico
• Acerca de banco de dados, julgue o item que se
segue.
• Em um diagrama MER, a entidade representa
uma coisa concreta do mundo real, enquanto as
coisas abstratas são representadas pelo
relacionamento entre as entidades.
QUESTÃO 07.
• Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: STJ Prova: CESPE - 2018
- STJ - Técnico Judiciário - Desenvolvimento de Sistemas
• Julgue o item a seguir, referente à modelagem de
dados.
• Generalização é o processo de definição de um tipo de
entidade a partir de duas ou mais entidades que
possuem atributos em comum — por exemplo, as
entidades carro e ônibus podem ser generalizadas na
superclasse veículo.
QUESTÃO 08.
• Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: STM Prova: CESPE -
2018 - STM - Técnico Judiciário - Programação de
Sistemas
• Acerca dos conceitos de normalização de dados e dos
modelos de dados, julgue o item subsequente.
• O modelo conceitual, que reflete uma estrutura
simplificada do banco de dados, é responsável por
registrar como os dados estão armazenados no sistema
de gerenciamento de banco de dados (SGBD).
QUESTÃO 09.
• Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TRT - 7ª Região (CE)Prova: Técnico
Judiciário - Tecnologia da Informação
• Assinale a opção correta a respeito de modelagem de dados.
• a) O relacionamento M:N entre duas entidades é representado no modelo
físico por três entidades, com relacionamentos 1:M e N:1 entre elas.
• b) Relacionamento unário é quando uma entidade se relaciona apenas
com outra entidade no modelo lógico.
• c) Atributo multivalorado é associado a um conjunto de valores com mais
de uma ocorrência.
• d) Em atributos de tipos numéricos, o conteúdo NULL representa a mesma
informação do conteúdo ZERO.
QUESTÃO 10.
• Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TRT - 7ª Região (CE)Prova: Técnico
Judiciário - Tecnologia da Informação
• No que diz respeito a banco de dados, assinale a opção correta.
• a) A notação CrowsFoot é utilizada para representar a cardinalidade
dos relacionamentos entre as entidades de um diagrama.
• b) Uma tabela encontra-se na terceira forma normal (3FN) quando
são eliminados os eventuais relacionamentos ternários existentes.
• c) A chave primária é a base da restrição de integridade referencial,
pois estabelece os padrões de valores para o seu conteúdo.
• d) O termo NoSQL refere-se a bancos de dados que são acessados
sem utilização de SQL.
QUESTÃO 11.
• Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PAProva: Auditor de
Controle Externo - Área Informática - Analista de Sistema
• 107 No modelo relacional de dados, uma relação é um
conjunto de tuplas sem ordenação definida.
• 108 Na cardinalidade binária, as ocorrências envolvem duas
entidades, com acesso limitado a até dois registros.
• 109 Dois diagramas de entidade de relacionamento são
equivalentes se possuem entidades e relacionamentos que
geram o mesmo esquema de banco de dados.
QUESTÃO 12.
• Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TRE-PI Prova: Analista Judiciário - Análise
de Sistemas
• Considere que existe uma entidade PESSOA com um relacionamento
denominado CASAMENTO que pode associar diversas ocorrências na
mesma entidade PESSOA. De acordo com as propriedades do diagrama
entidade-relacionamento, o conceito desse relacionamento (CASAMENTO)
pode ser definido como
• a) generalização.
• b) relacionamento binário.
• c) autorrelacionamento.
• d) entidade associativa.
• e) especialização.
QUESTÃO 13.
• Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TRE-PI Prova: Técnico Judiciário - Operação de
Computadores
• De acordo com a notação para diagramas entidade-relacionamento, assinale a
opção que descreve a representação acima disposta.
• a) entidade, atributo, atributo composto e atributo derivado
• b) relacionamento, atributo, atributo fraco e atributo multivalorado
• c) entidade fraca, atributo-chave, atributo multivalorado e atributo derivado
• d) entidade, atributo-chave, atributo multivalorado e atributo derivado
• e) entidade forte, atributo, atributo composto e atributo fraco
QUESTÃ0 14.
• Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TRE-PI Prova: Técnico Judiciário - Programação de Sistemas
• A figura anterior mostra um diagrama entidade/relacionamento, pelo qual um sistema controla contratos e
negócios relacionados, entregue por uma fábrica de software que presta serviços a um órgão do governo
federal. De acordo com as necessidades do gestor e dos requisitos levantados,
• o sistema deve gravar o histórico de negócios realizados por cliente, com informações relevantes, como
matrícula de usuário de sistema que incluiu o negócio, data e hora e usuário responsável pelo registro do
negócio;
• um contrato possui prestações que mudam conforme o mês, não havendo parcelas fixas no prazo total do
contrato;
• um contrato pode ser recalculado, pois, conforme a regra de negócio, existe a possibilidade de que negócios do
tipo amortização de dívida possam ser reaplicados retroativamente em datas passadas, alterando-se as
prestações nos períodos posteriores à data de amortização.
• Considerando essas informações, assinale a opção correta a respeito de modelagem de dados.
QUESTÃO 15.
• a) Na modelagem especificada, para que cada prestação calculada seja relacionada ao contrato, é
necessário incluir um autorrelacionamento na entidade Contrato.
• b) A gravação de histórico de negócios por cliente poderia ser realizada por uma entidade
representada pela relação Realiza, entre as entidades Cliente e Negócio, porém, deveria existir, na
modelagem conceitual, a entidade Usuário compondo a relação Realiza na ordem.
• c) Os atributos rua, bairro e cidade devem ser ligados diretamente à entidade Cliente, pois existe
problema na notação do diagrama.
• d) O relacionamento Possui, localizado entre as entidades Contrato e Cliente, determina um
relacionamento muitos-para-muitos: na entidade Contrato, haverá uma chave estrangeira que
referencia uma chave primária da entidade Cliente, e, na entidade Cliente, existirá uma chave
estrangeira referenciando uma chave primária da entidade Contrato.
• e) Para haver histórico de recálculo de um contrato, deve-se incluir uma entidade fraca
denominada historico-prestações-negocio como relação entre as entidades Contrato e Negócio.
QUESTÃO 15
QUESTÕES CESPE
QUESTÕES FCC
• Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: AFAP Prova: FCC - 2019 - AFAP - Analista de Fomento - Tecnologia da
Informação
• Gerusa está revisando um Modelo Entidade-Relacionamento e observa que:
• - EntA relaciona-se com múltiplas instâncias de EntB.
• - EntB relaciona-se com múltiplas instâncias de EntC.
• - EntC relaciona-se com uma única instância de EntB.
• - EntB relaciona-se com múltiplas instâncias de EntA.
• Para atender ao requisito: dada uma determinada instância de EntA, qual a instância de EntC que a
ela corresponde, Gerusa deverá
• A inverter as cardinalidades entre EntB e EntC.
• B transformar o relacionamento entre EntB e EntC em muitos-para-muitos.
• C criar uma EntD associada em n:m com EntA, mas em 1:n com EntC.
• D deixar o modelo como está porque ele atende ao requisito.
• E estabelecer um relacionamento entre EntA e EntC.
QUESTÃO 01.
• Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: SABESP Prova: FCC - 2018 - SABESP - Analista de Gestão - Sistemas
• Suponha um relacionamento n:m entre duas entidades chamadas Estação de tratamento de água e
Bairro, onde um bairro pode receber tratamento proveniente de uma ou mais estações e uma
estação pode tratar a água de um ou mais bairros. Suponha, também, a existência de um atributo
hipotético como o Tipo de tratamento, que pode ser diferenciado ou igual, ainda que proveniente
da mesma estação para bairros diferentes ou proveniente de estações distintas para o mesmo
bairro. Em um Modelo Entidade-Relacionamento o Tipo de tratamento deve ser modelado como
atributo
• A da entidade
• B da entidade
• C presente em ambas as entidades.
• D do relacionamento entre as entidades.
• E independente.
QUESTÃO 02.
• Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: SABESP Prova: FCC - 2018 - SABESP - Técnico em Gestão 01 -
Informática
• Considere que cada conta de água possui um identificador único e indivisível (IdConta) e é paga por
um único cliente da SABESP (IdCliente). Como cada cliente pode ter vários imóveis em regiões
diferentes da cidade, poderá ter que pagar diversas contas de água, uma para cada imóvel que
possui. Para construir um Modelo Entidade-Relacionamento que retrate essas condições, um
Técnico deverá considerar, corretamente, que
• A se a entidade Cliente tiver um campo Endereco ele será um atributo simples.
• B a relação entre Cliente e Conta é n:n.
• C se a entidade Conta tiver um atributo ValorTotal ele será um atributo multivalorado.
• D a relação entre Cliente e Conta é 1:n.
• E será necessária uma entidade associativa entre Cliente e Conta.
QUESTÃO 03.
• Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: DPE-AM Prova: FCC - 2018 - DPE-AM -
Analista em Gestão Especializado de Defensoria - Analista de Banco de
Dados
• No modelo entidade-relacionamento utilizado em bancos de dados
relacionais, a função desempenhada por um conjunto de entidades em
um conjunto de relacionamentos é chamado de
• A recursão.
• B papel.
• C atribuição.
• D redundância.
• E composição.
QUESTÃO 04.
• FCC - Analista em Gestão (DPE AM)/Especializado em Tecnologia da Informação de
Defensoria/Analista de Banco de Dados/2018
• Considerando a modelagem conceitual de bancos de dados relacionais, o objetivo
principal é
• a) detalhar as estruturas físicas de armazenamento dos dados que irão compor o
banco de dados.
• b) descrever as interfaces de acesso externo às estruturas internas do banco de
dados.
• c) descrever conjuntos de entidades representativas dos dados, bem como os
conjuntos de relacionamentos entre esses conjuntos de entidades.
• d) definir o sistema gerenciador de banco de dados que será utilizado na
implementação do banco de dados.
• e) otimizar os algoritmos de consulta utilizados no banco de dados.
QUESTÃO 05.
• Ano: 2017 Banca: FCC Órgão: DPE-RS Prova: Analista - Banco de Dados
• Considerando o modelo entidade-relacionamento,
• a) um conjunto de relacionamentos binário envolve 2 conjuntos de
entidades.
• b) um conjunto de relacionamentos deve possuir pelo menos 1 atributo
descritivo.
• c) a função desempenhada por um conjunto de entidades em um
conjunto de relacionamentos é chamada recursão.
• d) um conjunto de relacionamentos ternário envolve mais do que 3
conjuntos de entidades.
• e) um conjunto de relacionamentos recursivos envolve 2 ou mais
conjuntos de entidades.
QUESTÃO 06.
• Ano: 2017 Banca: FCC Órgão: TRE-SP Prova: Técnico Judiciário – Operação de Computadores
• Em uma situação hipotética, o Conselho Nacional de Justiça − CNJ queira registrar, para controle
geral, todos os processos de todos os Tribunais Regionais Eleitorais, e, ainda, que os números de
processos tenham a mesma estrutura, composta de um número sequencial, uma barra e o ano de
criação (por exemplo: 000021/2015). Considerando-se que as numerações podem ser idênticas
entre um e outro Tribunal, o CNJ desenhou uma solução em seu Modelo Entidade-Relacionamento
cujo objetivo é identificar claramente um determinado Processo nessa situação adversa, visto que
seu número pode se repetir e sem essa solução ele não seria identificável como único (unicidade de
chave primária). Nesse caso, a solução foi
• a) adotar CNJ como entidade fraca de Processo.
• b) estabelecer um relacionamento entre Tribunal Regional Eleitoral e Processo tendo Estado da
União como entidade associativa.
• c) definir Processo como entidade associativa numerada de 1 até o último número registrado.
• d) especificar um relacionamento ternário entre Tribunal Regional Eleitoral, Processo e uma outra
entidade cuja chave é CNJ.
• e) adotar Processo como entidade fraca de Tribunal Regional Eleitoral.
QUESTÃO 07.
• Ano: 2017 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Técnico Judiciário – Programação
• Considere o diagrama entidade-relacionamento abaixo.
• As chaves primárias de Cidadão e Processo são pk_cidadao e pk_processo, respectivamente. O
relacionamento Consulta possui a cardinalidade 0,n com n>1 em ambos os lados.
• Em um banco de dados relacional normalizado, estará correta a criação da tabela
• a) Processo tendo como chave estrangeira pk_cidadao e Consulta tendo como chave estrangeira
pk_processo.
• b) Cidadão tendo como chave estrangeira pk_processo e Consulta tendo como chave estrangeira
pk_cidadao.
• c) Consulta tendo pk_processo como chave primária e Cidadão tendo pk_processo como chave
estrangeira.
• d) Consulta tendo pk_cidadao como chave primária e Processo tendo pk_cidadao como chave
estrangeira.
• e) Consulta tendo como chave primária pk_cidadao mais pk_processo.
QUESTÃO 08.
• Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: PGE-MT Prova: Analista - Analista de Sistemas
• Considere um banco de dados cujo modelo Entidade-Relacionamento, em uma perspectiva lógica, possui duas
entidades: processo e advogado relacionadas com cardinalidade n:m. Cada advogado pode atuar em diversos
processos, hora como advogado de acusação, hora como advogado de defesa, o que é definido em um atributo
tipo_atuacao. Cada processo poderá ter, consequentemente, pelo menos dois advogados, um de defesa e um de
acusação. Quando o modelo for implementado em um sistema gerenciador de banco de dados relacional,
• a) as duas entidades darão origem a duas tabelas e a relação n:m será implementada por um campo de ligação
comum em ambas as tabelas.
• b) o campo tipo_atuacao será colocado na tabela advogado, pois o tipo de atuação é um atributo do advogado,
que define a forma como ele atuará no processo.
• c) deverá ser criada uma tabela de ligação entre processo e advogado, originando duas relações com
cardinalidade 1:1. O atributo tipo_atuacao será colocado nessa tabela.
• d) deverá ser criada uma tabela Atuação com um único campo, tipo_atuacao, já que o tipo da atuação do
advogado pode ser diferente em cada processo que ele atua.
• e) deverá ser criada uma tabela de ligação entre processo e advogado, originando dois relacionamentos 1:n. O
atributo tipo_atuacao será colocado nessa tabela.
QUESTÃO 09.
• Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: SEGEP-MA Prova: Técnico da Receita Estadual - Tecnologia da Informação -
Conhecimentos Específicos
• Atenção: Para responder às questões, considere a figura abaixo.
• Considere que na tabela Contribuinte estão cadastrados os seguintes dados:
• IDContribuinte NomeContribuinte CPF_CNPJ
• 1 Paulo da Silva 154.246.037-12
• 2 Maria Pereira 143.172.129-50
• Com relação ao Modelo Entidade-Relacionamento, mostrado na figura, é correto afirmar que
• a) a entidade Contribuinte_Imposto infringe a segunda forma normal, pois o atributo Valor_Imposto é
dependente apenas de parte da chave primária composta.
• b) o atributo CPF_CNPJ deve ser colocado na entidade Contribuinte_Imposto, pois está relacionado com o imposto
que o contribuinte deve pagar.
• c) a tabela Contribuinte_Imposto é desnecessária, já que as tabelas Contribuinte e Imposto podem se relacionar
diretamente com cardinalidade n:n.
• d) ambos os relacionamentos são identificados e usam a notação Crow's Foot, popularmente conhecida como pé
de galinha.
• e) ambos os relacionamentos são não identificados, pois as chaves primárias das entidades Contribuinte e
Imposto formam a chave primária composta da entidade Contribuinte_Imposto.
QUESTÃO 10.
Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: Prefeitura de Teresina – PI Prova: Analista Tecnológico - Analista de Sistemas
Considere o modelo relacional:
Após a criação das tabelas, foram cadastrados os seguintes registros:
siglaOrgao nomeOrgao
ARSETE AGÊNCIA MUNICIPAL DE REGULAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS DE TERESINA
PRODATER EMPRESA TERESINENSE DE PROCESSAMENTO DE DADOS
SEMAE SERVIÇO MUNICIPAL DE ÁGUAS E ESGOTOS DE TERESINA
idObra siglaOrgao Descricao Valor
1 SEMAE Estação de tratamento de água 100000
2 SEMAE Estação de tratamento de esgotos 800000
3 PRODATER Reforma do Data Center 200000
4 PRODATER Implantação de sistema de refrigeração 50000
Sobre o modelo de dados relacional apresentado, considere:
I. Usa a notação crow's foot para representar o grau, ou cardinalidade, do relacionamento entre as entidades Orgao e Obra.
II. Para toda obra que for cadastrada será necessário inserir no campo siglaOrgao da entidade Obra um valor já cadastrado
no campo siglaOrgao da entidade Orgao.
III. Caso as entidades Orgao e Obra estabelecessem um relacionamento n:n, no momento da implementação das tabelas
seria necessário criar uma tabela de ligação entre elas e desmembrar o relacionamento em dois relacionamentos 1:n.
IV. O modelo não está normalizado, ou seja, os valores das colunas não serão atômicos quando forem cadastrados e haverá
dependência funcional parcial na entidade Obra.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) II e III. b) I e IV. c) II, III e IV. d) I e III. e) II e IV.
QUESTÃO 11.
CHEN X
SHADING
CHEN X
CROW FOOT
CHEN X
IDEF1X
• Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: Prefeitura de Teresina – PI Prova: Analista
Tecnológico - Analista de Suporte Técnico
• No modelo entidade-relacionamento de um banco de dados relacional, há os
conjuntos de relacionamentos entre conjuntos de entidades, sendo que
• a) um conjunto de relacionamentos não pode ter atributos descritivos.
• b) um conjunto de relacionamentos binário liga 2 conjuntos de entidades distintos.
• c) 2 conjuntos de entidades distintos suportam um único conjunto de
relacionamentos entre si.
• d) um conjunto de relacionamentos de cardinalidade 1 para 1 é também
conhecido como recursivo.
• e) um conjunto de relacionamentos de cardinalidade muitos para muitos liga 3 ou
mais conjuntos de entidades distintos.
QUESTÃO 12.
• Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: Prefeitura de Teresina – PI Prova: Técnico de Nível Superior - Analista
de Sistemas
• Um Analista de Sistemas da Prefeitura de Teresina necessita modelar em um diagrama E-R as
consultas dos cidadãos aos processos públicos. O relacionamento da consulta definido é n:m.
Todavia cada consulta realizada deve ter uma identificação própria e mais o atributo data da
consulta. Este relacionamento assim especificado relaciona-se com outras entidades do modelo, de
acordo com o levantamento de requisitos.
• Pela característica assim definida, esse relacionamento de consulta deve ser desenhado como
• a) atributo associativo.
• b) entidade fraca.
• c) relacionamento dependente.
• d) entidade associativa.
• e) relacionamento forte.
QUESTÃO 13.
Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: Copergás – PE Prova: Analista
Tecnologia da Informação
Para responder a questão, considere o Diagrama Entidade-
Relacionamento (DER), que representa graficamente um Modelo
Entidade-Relacionamento (MER). No DER
a) ocorre um relacionamento em que não há dependência de dados
entre as entidades Posto, Preco e Combustivel.
b) a cardinalidade (0:N) faz referência à Combustivel e à Veiculo. Isso
significa que certa pessoa pode ter um único veículo abastecido por
vários combustíveis e um veículo deve estar obrigatoriamente
associado a uma ocorrência de combustível.
c) o relacionamento entre as entidades Pessoa e Veiculo indica que
certa pessoa pode não ter veículos ou pode ter vários, porém, se um
veículo estiver cadastrado, deverá estar associado obrigatoriamente
a uma pessoa.
d) a cardinalidade mínima 1 indica que o atributo é obrigatório e a
cardinalidade máxima 1 indica que o atributo é multivalorado. Todos
os atributos multivalorados devem ser marcados com um círculo
sólido, como nome, login e momento.
e) para o atributo Posto, a cardinalidade mínima 0 indica que o
mesmo é opcional e a cardinalidade máxima N informa que o seu
cnpj deve ser mono ou multivalorado.
QUESTÃO 14.
• Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: DPE-SP Prova: Programador
• Em um MER − Modelo Entidade-Relacionamento, atributos são as características que descrevem
cada entidade dentro do domínio. Os atributos são classificados como
• a) denominativos, se representam características intrínsecas de uma entidade, tais como nome,
salário, situação.
• b) descritivos, se, além de serem denominativos, têm a função de definir e identificar um objeto,
como nome, código, sexo.
• c) singulares, se um único atributo define uma característica da entidade, como nome, peso, data.
• d) complementares, se, para definir uma informação da entidade, são usados vários atributos.
• e) referenciais, se representam a ligação de uma entidade com outra em um relacionamento.
QUESTÃO 15.
• Descritivos : representam as características intrínsecas
dos objetos;
• Nominativos : cumprem a função de descritivos e
como definidores de nomes ou rótulos de identificação
dos objetos (ex.: nome, código, número, sigla);
• Referenciais: descrevem a ligação entre objetos e não
é propriamente a característica de um objeto.
CLASSIFICAÇÃO DE ATRIBUTOS
QUESTÕES FCC
QUESTÕES CESGRANRIO
• Ano: 2018 Banca: CESGRANRIO Órgão: Banco do Brasil Prova: CESGRANRIO - 2018 - Banco do Brasil – Escriturário Um banco de dados
possui um modelo conceitual cuja descrição é feita pelo diagrama E-R a seguir. Admita-se que o estado desse banco de dados seja
definido, em parte, pelos seguintes conjuntos:
• A={a1 ,a2 ,a3 ,a4 ,a5 ,a6 }
• A1={a2 ,a3 ,a4 }
• A2={a1 ,a5 ,a6 }
• C={c1 ,c2 }
• D={d1 ,d2 ,d3 ,d4 }
• Os elementos desses conjuntos representam instâncias das entidades presentes no diagrama E-R do banco de dados em questão.
• As relações que completam o estado desse banco de dados, sem que nenhuma regra de cardinalidade ou generalização seja violada,
são
• A R1={(a1 ,c1 ),(a2 ,c1 )}
R2={ }
• B R1={ }
R2={ }
• C R1={(a1 ,c1 ),(a1 ,c2 )}
R2={(a2 ,d1 ),(a5 ,d2 ),(a6 ,d4 )}
• D R1={(c1 ,a5 ),(c1 ,a2 ),(c2 ,a5 ),(c2 ,a2 )}
R2={(a5 ,d1 ),(a6 ,d2 ),(a5 ,d3 ),(a5 ,d4 )}
• E R1={(a5 ,c1 ),(a2 ,c1 ),(a5 ,c2 ),(a2 ,c2 )}
R2={(a5 ,d1 ),(a6 ,d2 ),(a5 ,d3 ),(a5 ,d4 ),(a6 ,d4 )}
QUESTÃO 01.
• Ano: 2018 Banca: CESGRANRIO Órgão: Banco da Amazônia Prova: CESGRANRIO - 2018 - Banco da Amazônia -
Técnico Científico - Tecnologia da Informação
• Considere que, em um modelo Entidade-Relacionamento, há duas entidades denominadas X e Y que se
relacionam por meio de um relacionamento denominado R; que uma entidade de X pode relacionar-se a
nenhuma ou a várias entidades de Y; e que uma entidade em Y sempre se relaciona a exatamente uma entidade
em X. Ou seja:
• A modelagem relacional desses dados, que garante que as tabelas estarão na Terceira Forma Normal (3FN),
definirá
• A duas tabelas (T1 e T2), uma para X (T1) e outra para Y (T2), e uma chave estrangeira em T1 que referencia a
chave primária de T2.
• B duas tabelas (T1 e T2), uma para X (T1) e outra para Y (T2), e uma chave estrangeira em T2 que referencia a
chave primária de T1.
• C três tabelas (T1, T2 e TR), uma para X (T1), outra para Y (T2) e outra para R (TR), uma chave estrangeira em T1
que referencia a chave primária de TR, e uma chave estrangeira em TR que referencia a chave primária de T2.
• D três tabelas (T1, T2 e TR), uma para X (T1), outra para Y (T2) e outra para R (TR), uma chave estrangeira em T1
que referencia a chave primária de TR, e uma chave estrangeira em T2 que referencia a chave primária de TR.
• E uma tabela T com todos os atributos das entidades X e Y.
QUESTÃO 02.
• Ano: 2018 Banca: CESGRANRIO Órgão:
Transpetro Prova: CESGRANRIO - 2018 -
Transpetro - Analista de Sistemas Júnior -
Processos de Negócio
• A Figura a seguir exibe um modelo E-R
composto por duas entidades e uma
relação.
• Qual diagrama de Venn contém uma
relação que atende às regras de
multiplicidade definidas no modelo E-R
acima?
QUESTÃO 03.
• Ano: 2016 Banca: CESGRANRIO Órgão: IBGE Prova: Supervisor de Pesquisas - Tecnologia de Informação e Comunicação
• A KWX é uma empresa do varejo que atua exclusivamente na Web. Ela está desenvolvendo um sistema de informação para registrar os
pedidos de seus clientes e controlar todo o processo de entrega de mercadorias. Um pedido é entregue por uma das transportadoras
conveniadas com a empresa. Quando o novo sistema estiver em funcionamento, todas elas serão devidamente cadastradas, tendo em
vista melhorar a gestão de entregas pelo setor responsável. O custo de transporte varia de transportadora para transportadora, além
de levar em conta o endereço de entrega de um pedido. Visando a reduzir o tempo de entrega, a diretoria de vendas determinou que a
definição da transportadora tem de ser feita até 48h após um pedido ter sido inserido no sistema.
• No ato do recebimento de um pedido, o cliente irá conferir se todos os produtos comprados estão corretos e se não houve avarias
durante o transporte. Caso esteja tudo em ordem, o cliente irá assinar o recibo de entrega, pondo a data em que ela foi feita. Essa
informação será posteriormente inserida no sistema por um funcionário do setor de entregas. Caso o cliente encontre algum problema,
ele poderá recusar o recebimento dos produtos, informando o motivo pelo qual a entrega foi recusada. O motivo da devolução deve
ser assinalado no próprio documento de entrega, que contém uma lista de motivos extraída do sistema. Um motivo possui código e
descrição.
• O sistema deve, também, atender a alguns requisitos adicionais. São eles:
• • o cliente deve informar o endereço de entrega no momento em que inserir um pedido;
• • um pedido possui um número e a data em que foi realizado;
• • uma transportadora precisa ter registrados o número do CNPJ, o nome e o endereço.
• Qual diagrama E-R descreve adequadamente os elementos envolvidos no negócio da empresa KWX?
QUESTÃO 04.
a)
b)
c)
d)
e)
QUESTÃO 04.
• Ano: 2014Banca: CESGRANRIO Órgão: Petrobras Prova: Técnico(a) de Informática
Júnior
• O diagrama a seguir apresenta um modelo de entidades e relacionamentos
segundo a notação da Engenharia de Informação.
• A notação equivalente em IDEF1X é
• a)
• b)
• c)
• d)
• e)
QUESTÃO 05.
• Ano: 2014 Banca: CESGRANRIO Órgão: Banco
da Amazônia Prova: Técnico Científico - Banco
de Dados
• Para responder à questão, tenha como
referência o diagrama de entidades e
relacionamentos, apresentado abaixo, que
representa parte do modelo de dados de uma
instituição financeira.
• Que representação gráfica do modelo ER
proposta pela notação IDEF1X representa
relacionamento existente entre Conta e
Cliente?
QUESTÃO 06.
a)
b)
c)
d)
e)
QUESTÃO 06
ALTERNATIVAS
• Ano: 2013 Banca: CESGRANRIO Órgão:
LIQUIGÁS Prova: Profissional Júnior -
Análise de Sistemas
• A Figura a seguir representa um modelo
conceitual de da- dos que utiliza notação
baseada na abordagem E-R:
• Quantas são as entidades fracas presentes
nesse diagrama?
• a) 0
• b) 1
• c) 2
• d) 3
• e) 4
QUESTÃO 07.
• Ano: 2013 Banca: CESGRANRIO Órgão: LIQUIGÁS Prova: Profissional Júnior - Análise de Sistemas
• Seja o seguinte diagrama E-R:
• Os conjuntos a seguir exibem o estado de um banco de dados descrito pelo modelo acima:
• X={x1 ,x2 ,x3 }
• Y={y1 ,y2 ,y3 ,y4 }
• Em qual relação os elementos atendem às regras de multiplicidade definidas no diagrama acima?
• a) P={ }
• b) P={(x1 ,y1 ),(x2 ,y1 ),(x3 ,y1 )}
• c) P={(x1 ,y2 ),(x1 ,y3 ),(x2 ,y1 ),(x3 ,y4 )}
• d) P={(x1 ,y2 ),(x2 ,y4 ),(x3 ,y3 ),(x1 ,y4 )}
• e) P={(x1 ,y1 ),(x1 ,y2 ),(x3 ,y3 ),(x3 ,y4 )}
QUESTÃO 08.
• Ano: 2013 Banca: CESGRANRIO Órgão: BNDES
Prova: Profissional Básico - Análise de Sistemas -
Desenvolvimento
• Seja o seguinte diagrama E-R:
• Analisando esse diagrama conclui-se que
• a) a generalização presente no modelo é simples.
• b) a entidade AlunoGrad não possui atributos.
• c) o atributo Professor.matrícula é uma chave
primária.
• d) uma dissertação pode não ter um orientador.
• e) todo professor orienta pelo menos um aluno.
QUESTÃO 09.
• Ano: 2012 Banca: CESGRANRIO Órgão: Petrobras
Prova: Técnico de Informática Júnior-2012
• Leve em conta a figura do diagrama a seguir, usando a
notação da Engenharia de Informação e seguindo as
regras do Modelo de Entidades e Relacionamentos.
• A partir do diagrama, conclui-se que
• a) dois funcionários não podem receber um salário
de um mesmo valor.
• b) dois funcionários não podem receber salários com
a mesma data início.
• c) um funcionário pode ser abrigado por dois
departamentos.
• d) um funcionário pode ser participante de dois
projetos.
• e) um projeto pode ser contratado por dois clientes.
QUESTÃO 10.
• Ano: 2011 Banca: CESGRANRIO Órgão: Petrobras Prova: Engenheiro de Equipamento Júnior - Eletrônica
• Resolvi certo
• Uma das ferramentas mais importantes em projetos de bancos de dados relacionais é o Modelo Entidade-
Relacionamento (MER). A sua utilização serve para o projetista representar, graficamente, a forma como as
entidades identificadas se relacionam durante o processo de análise e como fazem parte do sistema de
informações. Nesse sentido, observe a figura abaixo relacionada a situações normalmente encontradas quando se
elabora um MER.
• Considerando a figura e a notação utilizada, conclui-se que
• a) um departamento pode ter de 0 a N funcionários, e cada funcionário pertencer, obrigatoriamente, a um
departamento.
• b) um departamento tem N funcionários, e cada funcionário pertence, obrigatoriamente, a mais de um
departamento.
• c) a um departamento estão associados vários funcionários, e cada funcionário está associado, exclusivamente, a
um só departamento.
• d) em cada departamento um funcionário tem apenas um chefe, mas um chefe pode ter N funcionários sob sua
responsabilidade.
• e) em um departamento existe, obrigatoriamente, um só funcionário, e um funcionário pertence,
obrigatoriamente, a um só departamento.
QUESTÃO 11.
QUESTÕES CESGRANRIO
TI para Concursos: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 02 - UML e Padrões de Projeto
Aula 02 - UML e Padrões de ProjetoAula 02 - UML e Padrões de Projeto
Aula 02 - UML e Padrões de ProjetoVinícius de Paula
 
Aula 5 - Dicionário de Dados
Aula 5 - Dicionário de DadosAula 5 - Dicionário de Dados
Aula 5 - Dicionário de DadosJanynne Gomes
 
Bdm aula 5 - construindo modelos er e mapeamento er-relacional
Bdm   aula 5 - construindo modelos er e mapeamento er-relacionalBdm   aula 5 - construindo modelos er e mapeamento er-relacional
Bdm aula 5 - construindo modelos er e mapeamento er-relacionalTicianne Darin
 
REA- Diagramas de Casos de Uso da UML
REA- Diagramas de Casos de Uso da UMLREA- Diagramas de Casos de Uso da UML
REA- Diagramas de Casos de Uso da UMLIFFar - SVS
 
Diagrama Entidade Relacionamento - Bancos de Dados I
Diagrama Entidade Relacionamento - Bancos de Dados IDiagrama Entidade Relacionamento - Bancos de Dados I
Diagrama Entidade Relacionamento - Bancos de Dados IDjonathas Cardoso
 
Treinamento de SQL Básico
Treinamento de SQL BásicoTreinamento de SQL Básico
Treinamento de SQL BásicoIgor Alves
 
Introdução à Análise de Sistemas - Parte II
Introdução à Análise de Sistemas - Parte IIIntrodução à Análise de Sistemas - Parte II
Introdução à Análise de Sistemas - Parte IINécio de Lima Veras
 
Herança em Banco de Dados Objeto-Relacional (BDOR)
Herança em Banco de Dados Objeto-Relacional (BDOR)Herança em Banco de Dados Objeto-Relacional (BDOR)
Herança em Banco de Dados Objeto-Relacional (BDOR)Rafael Barbolo
 
Banco de Dados I - Aula 09 - Normalização de Dados
Banco de Dados I - Aula 09 - Normalização de DadosBanco de Dados I - Aula 09 - Normalização de Dados
Banco de Dados I - Aula 09 - Normalização de DadosLeinylson Fontinele
 
Estrutura de Dados - PILHAS
Estrutura de Dados - PILHASEstrutura de Dados - PILHAS
Estrutura de Dados - PILHASAparicio Junior
 
Banco de dados exercícios resolvidos
Banco de dados exercícios resolvidosBanco de dados exercícios resolvidos
Banco de dados exercícios resolvidosGleydson Sousa
 
Banco de Dados I - Aula 06 - Banco de Dados Relacional (Modelo Lógico)
Banco de Dados I - Aula 06 - Banco de Dados Relacional (Modelo Lógico)Banco de Dados I - Aula 06 - Banco de Dados Relacional (Modelo Lógico)
Banco de Dados I - Aula 06 - Banco de Dados Relacional (Modelo Lógico)Leinylson Fontinele
 
Aula 1 introdução a base de dados
Aula 1   introdução a base de dadosAula 1   introdução a base de dados
Aula 1 introdução a base de dadosHélio Martins
 
Curso completo de excel
Curso completo de excelCurso completo de excel
Curso completo de excelCDIM Daniel
 
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e prática
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e práticaProcessos de Desenvolvimento de Software - teoria e prática
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e práticaRalph Rassweiler
 
Revisão Sobre Programação Orientada a Objetos com Java
Revisão Sobre Programação Orientada a Objetos com Java Revisão Sobre Programação Orientada a Objetos com Java
Revisão Sobre Programação Orientada a Objetos com Java Mario Jorge Pereira
 

Mais procurados (20)

Aula 02 - UML e Padrões de Projeto
Aula 02 - UML e Padrões de ProjetoAula 02 - UML e Padrões de Projeto
Aula 02 - UML e Padrões de Projeto
 
Aula 5 - Dicionário de Dados
Aula 5 - Dicionário de DadosAula 5 - Dicionário de Dados
Aula 5 - Dicionário de Dados
 
Bdm aula 5 - construindo modelos er e mapeamento er-relacional
Bdm   aula 5 - construindo modelos er e mapeamento er-relacionalBdm   aula 5 - construindo modelos er e mapeamento er-relacional
Bdm aula 5 - construindo modelos er e mapeamento er-relacional
 
REA- Diagramas de Casos de Uso da UML
REA- Diagramas de Casos de Uso da UMLREA- Diagramas de Casos de Uso da UML
REA- Diagramas de Casos de Uso da UML
 
Diagrama Entidade Relacionamento - Bancos de Dados I
Diagrama Entidade Relacionamento - Bancos de Dados IDiagrama Entidade Relacionamento - Bancos de Dados I
Diagrama Entidade Relacionamento - Bancos de Dados I
 
Modelagem de Dados
Modelagem de DadosModelagem de Dados
Modelagem de Dados
 
Treinamento de SQL Básico
Treinamento de SQL BásicoTreinamento de SQL Básico
Treinamento de SQL Básico
 
Introdução à Análise de Sistemas - Parte II
Introdução à Análise de Sistemas - Parte IIIntrodução à Análise de Sistemas - Parte II
Introdução à Análise de Sistemas - Parte II
 
Herança em Banco de Dados Objeto-Relacional (BDOR)
Herança em Banco de Dados Objeto-Relacional (BDOR)Herança em Banco de Dados Objeto-Relacional (BDOR)
Herança em Banco de Dados Objeto-Relacional (BDOR)
 
Banco de Dados I - Aula 09 - Normalização de Dados
Banco de Dados I - Aula 09 - Normalização de DadosBanco de Dados I - Aula 09 - Normalização de Dados
Banco de Dados I - Aula 09 - Normalização de Dados
 
Aula 04 dicionario de dados
Aula 04   dicionario de dadosAula 04   dicionario de dados
Aula 04 dicionario de dados
 
Estrutura de Dados - PILHAS
Estrutura de Dados - PILHASEstrutura de Dados - PILHAS
Estrutura de Dados - PILHAS
 
Banco de dados exercícios resolvidos
Banco de dados exercícios resolvidosBanco de dados exercícios resolvidos
Banco de dados exercícios resolvidos
 
Banco de Dados I - Aula 06 - Banco de Dados Relacional (Modelo Lógico)
Banco de Dados I - Aula 06 - Banco de Dados Relacional (Modelo Lógico)Banco de Dados I - Aula 06 - Banco de Dados Relacional (Modelo Lógico)
Banco de Dados I - Aula 06 - Banco de Dados Relacional (Modelo Lógico)
 
Aula 1 introdução a base de dados
Aula 1   introdução a base de dadosAula 1   introdução a base de dados
Aula 1 introdução a base de dados
 
Curso completo de excel
Curso completo de excelCurso completo de excel
Curso completo de excel
 
Aula diagrama de classes
Aula diagrama de classesAula diagrama de classes
Aula diagrama de classes
 
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e prática
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e práticaProcessos de Desenvolvimento de Software - teoria e prática
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e prática
 
Revisão Sobre Programação Orientada a Objetos com Java
Revisão Sobre Programação Orientada a Objetos com Java Revisão Sobre Programação Orientada a Objetos com Java
Revisão Sobre Programação Orientada a Objetos com Java
 
Introdução à linguagem UML
Introdução à linguagem UMLIntrodução à linguagem UML
Introdução à linguagem UML
 

Semelhante a TI para Concursos: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados

1601PAPSUML-Cap12-destaqueDAO.ppt
1601PAPSUML-Cap12-destaqueDAO.ppt1601PAPSUML-Cap12-destaqueDAO.ppt
1601PAPSUML-Cap12-destaqueDAO.pptAlan5263
 
Mapeamento de Objetos para o Modelo Relacional.ppt
Mapeamento de Objetos para o Modelo Relacional.pptMapeamento de Objetos para o Modelo Relacional.ppt
Mapeamento de Objetos para o Modelo Relacional.pptJoberthSilva
 
Aula 3-IDB - Modelo Conceptual-2.pdf
Aula 3-IDB - Modelo Conceptual-2.pdfAula 3-IDB - Modelo Conceptual-2.pdf
Aula 3-IDB - Modelo Conceptual-2.pdfCelestino24
 
FICHA4_Esquema Relacional _BD_Novo-1.pdf
FICHA4_Esquema Relacional _BD_Novo-1.pdfFICHA4_Esquema Relacional _BD_Novo-1.pdf
FICHA4_Esquema Relacional _BD_Novo-1.pdfhelton56
 
BANCO DE DADOS - Modelo conceitual - MER e DER.pdf
BANCO DE DADOS - Modelo conceitual - MER e DER.pdfBANCO DE DADOS - Modelo conceitual - MER e DER.pdf
BANCO DE DADOS - Modelo conceitual - MER e DER.pdfssusera5d99a
 
Introdução ao Banco de dados - Prof. Daniel Brandão
Introdução ao Banco de dados - Prof. Daniel BrandãoIntrodução ao Banco de dados - Prof. Daniel Brandão
Introdução ao Banco de dados - Prof. Daniel BrandãoDaniel Brandão
 
Base de Dados - Introdução
Base de Dados - IntroduçãoBase de Dados - Introdução
Base de Dados - IntroduçãoMariana Hiyori
 
Conhecendo graph databases com neo4j
Conhecendo graph databases com neo4jConhecendo graph databases com neo4j
Conhecendo graph databases com neo4jCleber Beal Pizzato
 
Modelos de banco de dados
Modelos de banco de dadosModelos de banco de dados
Modelos de banco de dadosEdgar Stuart
 
MODELOS DE DADOS - Parte 3 Bancos de Dados
MODELOS DE DADOS - Parte 3 Bancos de DadosMODELOS DE DADOS - Parte 3 Bancos de Dados
MODELOS DE DADOS - Parte 3 Bancos de DadosUlrich Schiel
 
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagem
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagemBanco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagem
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagemSérgio Souza Costa
 
Modelos de dados
Modelos de dadosModelos de dados
Modelos de dadosaeasantos
 
Aula desesenvolvimento segunda semana
Aula desesenvolvimento segunda semanaAula desesenvolvimento segunda semana
Aula desesenvolvimento segunda semanaGabriel Moura
 
Workflows, diagramas e classes de Analise. Sistemas de Informação
Workflows, diagramas e classes de Analise. Sistemas de InformaçãoWorkflows, diagramas e classes de Analise. Sistemas de Informação
Workflows, diagramas e classes de Analise. Sistemas de InformaçãoPedro De Almeida
 

Semelhante a TI para Concursos: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados (20)

1601PAPSUML-Cap12-destaqueDAO.ppt
1601PAPSUML-Cap12-destaqueDAO.ppt1601PAPSUML-Cap12-destaqueDAO.ppt
1601PAPSUML-Cap12-destaqueDAO.ppt
 
Mapeamento de Objetos para o Modelo Relacional.ppt
Mapeamento de Objetos para o Modelo Relacional.pptMapeamento de Objetos para o Modelo Relacional.ppt
Mapeamento de Objetos para o Modelo Relacional.ppt
 
Aula 3-IDB - Modelo Conceptual-2.pdf
Aula 3-IDB - Modelo Conceptual-2.pdfAula 3-IDB - Modelo Conceptual-2.pdf
Aula 3-IDB - Modelo Conceptual-2.pdf
 
Modelos de base de dados
Modelos de base de dadosModelos de base de dados
Modelos de base de dados
 
FICHA4_Esquema Relacional _BD_Novo-1.pdf
FICHA4_Esquema Relacional _BD_Novo-1.pdfFICHA4_Esquema Relacional _BD_Novo-1.pdf
FICHA4_Esquema Relacional _BD_Novo-1.pdf
 
BANCO DE DADOS - Modelo conceitual - MER e DER.pdf
BANCO DE DADOS - Modelo conceitual - MER e DER.pdfBANCO DE DADOS - Modelo conceitual - MER e DER.pdf
BANCO DE DADOS - Modelo conceitual - MER e DER.pdf
 
Modelagem de dados
Modelagem de dadosModelagem de dados
Modelagem de dados
 
Aula-04-UML.pptx
Aula-04-UML.pptxAula-04-UML.pptx
Aula-04-UML.pptx
 
Cap3 (1).ppt
Cap3 (1).pptCap3 (1).ppt
Cap3 (1).ppt
 
Introdução ao Banco de dados - Prof. Daniel Brandão
Introdução ao Banco de dados - Prof. Daniel BrandãoIntrodução ao Banco de dados - Prof. Daniel Brandão
Introdução ao Banco de dados - Prof. Daniel Brandão
 
Derivação de Modelos ER
Derivação de Modelos ERDerivação de Modelos ER
Derivação de Modelos ER
 
Base de Dados - Introdução
Base de Dados - IntroduçãoBase de Dados - Introdução
Base de Dados - Introdução
 
Conhecendo graph databases com neo4j
Conhecendo graph databases com neo4jConhecendo graph databases com neo4j
Conhecendo graph databases com neo4j
 
Data WareHOuse
Data WareHOuseData WareHOuse
Data WareHOuse
 
Modelos de banco de dados
Modelos de banco de dadosModelos de banco de dados
Modelos de banco de dados
 
MODELOS DE DADOS - Parte 3 Bancos de Dados
MODELOS DE DADOS - Parte 3 Bancos de DadosMODELOS DE DADOS - Parte 3 Bancos de Dados
MODELOS DE DADOS - Parte 3 Bancos de Dados
 
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagem
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagemBanco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagem
Banco de dados geográficos – Arquiteturas, banco de dados e modelagem
 
Modelos de dados
Modelos de dadosModelos de dados
Modelos de dados
 
Aula desesenvolvimento segunda semana
Aula desesenvolvimento segunda semanaAula desesenvolvimento segunda semana
Aula desesenvolvimento segunda semana
 
Workflows, diagramas e classes de Analise. Sistemas de Informação
Workflows, diagramas e classes de Analise. Sistemas de InformaçãoWorkflows, diagramas e classes de Analise. Sistemas de Informação
Workflows, diagramas e classes de Analise. Sistemas de Informação
 

Mais de Estratégia Concursos

Curso de Direito Administrativo para Concurso Polícia Federal
Curso de Direito Administrativo para Concurso Polícia FederalCurso de Direito Administrativo para Concurso Polícia Federal
Curso de Direito Administrativo para Concurso Polícia FederalEstratégia Concursos
 
Curso de Informática para Concurso Polícia Federal
Curso de Informática para Concurso Polícia FederalCurso de Informática para Concurso Polícia Federal
Curso de Informática para Concurso Polícia FederalEstratégia Concursos
 
Curso de Contabilidade para Concurso Polícia Federal
Curso de Contabilidade para Concurso Polícia FederalCurso de Contabilidade para Concurso Polícia Federal
Curso de Contabilidade para Concurso Polícia FederalEstratégia Concursos
 
Curso de Conhecimentos do DF para Concurso DPDF
Curso de Conhecimentos do DF para Concurso DPDFCurso de Conhecimentos do DF para Concurso DPDF
Curso de Conhecimentos do DF para Concurso DPDFEstratégia Concursos
 
Curso de Engenharia Florestal para Concursos
Curso de Engenharia Florestal para ConcursosCurso de Engenharia Florestal para Concursos
Curso de Engenharia Florestal para ConcursosEstratégia Concursos
 
Curso de Engenharia Elétrica para Concursos
Curso de Engenharia Elétrica para ConcursosCurso de Engenharia Elétrica para Concursos
Curso de Engenharia Elétrica para ConcursosEstratégia Concursos
 
Curso de Engenharia Ambiental para Concursos
Curso de Engenharia Ambiental para ConcursosCurso de Engenharia Ambiental para Concursos
Curso de Engenharia Ambiental para ConcursosEstratégia Concursos
 
Curso de Odontologia para Concursos 2020
Curso de Odontologia para Concursos 2020Curso de Odontologia para Concursos 2020
Curso de Odontologia para Concursos 2020Estratégia Concursos
 
Curso de Informática para Concurso PC-PR
Curso de Informática para Concurso PC-PRCurso de Informática para Concurso PC-PR
Curso de Informática para Concurso PC-PREstratégia Concursos
 
Curso de Português para Concurso TJ-RJ 2020
Curso de Português para Concurso TJ-RJ 2020Curso de Português para Concurso TJ-RJ 2020
Curso de Português para Concurso TJ-RJ 2020Estratégia Concursos
 
Curso de Legislação Especial para Concurso TJ-RJ
Curso de Legislação Especial para Concurso TJ-RJCurso de Legislação Especial para Concurso TJ-RJ
Curso de Legislação Especial para Concurso TJ-RJEstratégia Concursos
 
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJ
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJCurso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJ
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJEstratégia Concursos
 
Direitos das Pessoas com Deficiência para Concurso TJ-RJ
Direitos das Pessoas com Deficiência para Concurso TJ-RJDireitos das Pessoas com Deficiência para Concurso TJ-RJ
Direitos das Pessoas com Deficiência para Concurso TJ-RJEstratégia Concursos
 
Prova SEFAZ AL Comentada - Questões Auditor Fiscal
Prova SEFAZ AL Comentada - Questões Auditor FiscalProva SEFAZ AL Comentada - Questões Auditor Fiscal
Prova SEFAZ AL Comentada - Questões Auditor FiscalEstratégia Concursos
 
Curso de Direitos Humanos para Concurso PCDF
Curso de Direitos Humanos para Concurso PCDF Curso de Direitos Humanos para Concurso PCDF
Curso de Direitos Humanos para Concurso PCDF Estratégia Concursos
 
Curso de Legislação Tributária para Concurso SEFAZ-AL
Curso de Legislação Tributária para Concurso SEFAZ-ALCurso de Legislação Tributária para Concurso SEFAZ-AL
Curso de Legislação Tributária para Concurso SEFAZ-ALEstratégia Concursos
 
Curso Administração Pública e Poder Judiciário para Concurso TJ-PA
Curso Administração Pública e Poder Judiciário para Concurso TJ-PACurso Administração Pública e Poder Judiciário para Concurso TJ-PA
Curso Administração Pública e Poder Judiciário para Concurso TJ-PAEstratégia Concursos
 
Curso de Lei Orgânica do DF para Concurso TCDF de Auditor
Curso de Lei Orgânica do DF para Concurso TCDF de AuditorCurso de Lei Orgânica do DF para Concurso TCDF de Auditor
Curso de Lei Orgânica do DF para Concurso TCDF de AuditorEstratégia Concursos
 

Mais de Estratégia Concursos (20)

Curso de Direito Administrativo para Concurso Polícia Federal
Curso de Direito Administrativo para Concurso Polícia FederalCurso de Direito Administrativo para Concurso Polícia Federal
Curso de Direito Administrativo para Concurso Polícia Federal
 
Curso de Informática para Concurso Polícia Federal
Curso de Informática para Concurso Polícia FederalCurso de Informática para Concurso Polícia Federal
Curso de Informática para Concurso Polícia Federal
 
Curso de Contabilidade para Concurso Polícia Federal
Curso de Contabilidade para Concurso Polícia FederalCurso de Contabilidade para Concurso Polícia Federal
Curso de Contabilidade para Concurso Polícia Federal
 
Curso de Conhecimentos do DF para Concurso DPDF
Curso de Conhecimentos do DF para Concurso DPDFCurso de Conhecimentos do DF para Concurso DPDF
Curso de Conhecimentos do DF para Concurso DPDF
 
Curso de Agronomia para Concursos
Curso de Agronomia para ConcursosCurso de Agronomia para Concursos
Curso de Agronomia para Concursos
 
Curso de Engenharia Florestal para Concursos
Curso de Engenharia Florestal para ConcursosCurso de Engenharia Florestal para Concursos
Curso de Engenharia Florestal para Concursos
 
Curso de Engenharia Elétrica para Concursos
Curso de Engenharia Elétrica para ConcursosCurso de Engenharia Elétrica para Concursos
Curso de Engenharia Elétrica para Concursos
 
Curso de Engenharia Ambiental para Concursos
Curso de Engenharia Ambiental para ConcursosCurso de Engenharia Ambiental para Concursos
Curso de Engenharia Ambiental para Concursos
 
Curso de Odontologia para Concursos 2020
Curso de Odontologia para Concursos 2020Curso de Odontologia para Concursos 2020
Curso de Odontologia para Concursos 2020
 
Curso de Informática para Concurso PC-PR
Curso de Informática para Concurso PC-PRCurso de Informática para Concurso PC-PR
Curso de Informática para Concurso PC-PR
 
Curso de Português para Concurso TJ-RJ 2020
Curso de Português para Concurso TJ-RJ 2020Curso de Português para Concurso TJ-RJ 2020
Curso de Português para Concurso TJ-RJ 2020
 
Curso de Legislação Especial para Concurso TJ-RJ
Curso de Legislação Especial para Concurso TJ-RJCurso de Legislação Especial para Concurso TJ-RJ
Curso de Legislação Especial para Concurso TJ-RJ
 
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJ
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJCurso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJ
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJ
 
Direitos das Pessoas com Deficiência para Concurso TJ-RJ
Direitos das Pessoas com Deficiência para Concurso TJ-RJDireitos das Pessoas com Deficiência para Concurso TJ-RJ
Direitos das Pessoas com Deficiência para Concurso TJ-RJ
 
Prova SEFAZ AL Comentada - Questões Auditor Fiscal
Prova SEFAZ AL Comentada - Questões Auditor FiscalProva SEFAZ AL Comentada - Questões Auditor Fiscal
Prova SEFAZ AL Comentada - Questões Auditor Fiscal
 
Curso de Inglês para Concurso PCDF
Curso de Inglês para Concurso PCDFCurso de Inglês para Concurso PCDF
Curso de Inglês para Concurso PCDF
 
Curso de Direitos Humanos para Concurso PCDF
Curso de Direitos Humanos para Concurso PCDF Curso de Direitos Humanos para Concurso PCDF
Curso de Direitos Humanos para Concurso PCDF
 
Curso de Legislação Tributária para Concurso SEFAZ-AL
Curso de Legislação Tributária para Concurso SEFAZ-ALCurso de Legislação Tributária para Concurso SEFAZ-AL
Curso de Legislação Tributária para Concurso SEFAZ-AL
 
Curso Administração Pública e Poder Judiciário para Concurso TJ-PA
Curso Administração Pública e Poder Judiciário para Concurso TJ-PACurso Administração Pública e Poder Judiciário para Concurso TJ-PA
Curso Administração Pública e Poder Judiciário para Concurso TJ-PA
 
Curso de Lei Orgânica do DF para Concurso TCDF de Auditor
Curso de Lei Orgânica do DF para Concurso TCDF de AuditorCurso de Lei Orgânica do DF para Concurso TCDF de Auditor
Curso de Lei Orgânica do DF para Concurso TCDF de Auditor
 

Último

Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfRodolpho Concurde
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Dirceu Resende
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORDRONDINELLYRAMOS1
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)Alessandro Almeida
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAMarcio Venturelli
 

Último (7)

Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORD
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 

TI para Concursos: Modelagem Conceitual de Bancos de Dados

  • 3. • Devemos estar preparado, durante nossa atuação na área de modelagem, para nos defrontarmos com diferentes notações e metodologias. • O importante será sermos capazes de identificar quais são os elementos semânticos de cada uma delas e aplicá-los corretamente. COMENTÁRIOS: PAULO COUGO
  • 5. • A notação hoje atribuída a Bachman, conhecida como notação de setas, é uma derivação da diagramação original proposto por Charles Bachman para representação de estruturas de dados. • Nela existiam 2 elementos: – Estruturas de dados – Relacionamentos existentes entre elas BACHMAN
  • 6. • Para identificar os tipos de associatividade entre as estruturas de dados eram usados apenas dois tipos de representação – A cardinalidade 1 era representada por uma linha sem terminação – A cardinalidade N era representada por uma linha com uma ponta de seta. BACHMAN - NOTAÇÃO DE SETAS
  • 7. • O grande diferencial dessa notação está na representação gráfica da cardinalidade dos relacionamentos. BACHMAN - NOTAÇÃO DE SETAS
  • 9. • A notação conhecida como pé-de-galinha, ou no original Crow´s foot, não abrange todo um conjunto de elementos gráficos para representação de modelo de dados. • Trata somente da representação utilizada para a representação dos relacionamentos. • James Martin incorporou essa notação junto a outros elementos e disseminou, através dos seus trabalhos sobre Engenharia da Informação. JAMES MARTIN
  • 10. NOTAÇÃO DE ENTIDADE (a) Representa uma entidade (b) Representa uma entidade com seus atributos
  • 11. • São restritos a relacionamentos binários • Mais afastados – Barra: relacionamento obrigatório - | – Círculo: relacionamento opcional - ○ • Mais próximos – Barra: cardinalidade máxima é um - | – Pé-de-galinha: cardinalidade N - ⪫ RELACIONAMENTOS
  • 13. • Ano: 2017 Órgão: TRE-TO Prova: Técnico Judiciário - Programação de Sistemas • A respeito de modelagem de dados, assinale a opção correta. • a) Herança múltipla ocorre quando uma entidade mãe transmite seus atributos e relacionamentos para duas ou mais entidades filhas. • b) O diagrama entidade relacionamento permite o relacionamento entre entidades e também entre outros relacionamentos. • c) Na notação CrowsFoot, a não obrigatoriedade em um relacionamento é representada por um traço junto à entidade considerada opcional. • d) No conceito de generalização, que é top-down, a entidade filha herda os atributos e relacionamentos da entidade mãe. • e) O mapeamento objeto-relacional é utilizado para facilitar a utilização de banco de dados relacionais pela programação orientada a objetos. QUESTÃO
  • 14. OUTRAS NOTAÇÕES (a) Notação para um ou exclusivo (b) Notação para representação de subtipos
  • 16. NOTAÇÃO DE ENTIDADE ( # ) Atributo é componente da chave primária ( * ou • ) Atributo é obrigatório ( ○ ) Atributo é opcional Chave primária e obrigatório Atributo obrigatório Atributo opcional
  • 17. • São sempre binários RELACIONAMENTOS
  • 19. EXEMPLO 01 PEDIDO CONSUMIDOR Cada PEDIDO deve ser feito por um e apenas um COSUMIDOR É feito
  • 20. EXEMPLO 02 PEDIDO CONSUMIDOR Cada CONSUMIDOR pode ser o solicitante de um ou mais PEDIDOS É solicitante de
  • 21. NOTAÇÕES COMPLEMENTARES (a) Relacionamento opcional (ou) (b) Relacionamento obrigatório (ou) (a) Herança simples (b) Herança aninhada
  • 23. • Embora aplicada no nível conceitual, incorpora em suas raízes muitas características de projeto de banco de dados (modelagem lógica) • Diagramação dependente de conceitos como chaves e dependências de identificação. • Elementos: – Entidades – Relacionamentos – Atributos – Subtipos e Supertipos IDEF1X
  • 25. IDEF1X – EXEMPLO DE DIAGRAMA
  • 26. • 4 categorias – Independentes ou dependentes – Dependentes de identificador e/ou dependentes de existência – Subtipos ou supertipos. – Associativas ou não-associativas IDEF1X - ENTIDADE
  • 27. NOTAÇÃO IDEF1X Entidades Independentes Atributos - chave primária Demais atributos
  • 28. • As notações utilizadas para relacionamento indicam simultaneamente quatro aspectos: – Cardinalidade – Opcionalidade de existência (dependência de existência) – Dependência de identificador – Significado (role) IDEF1X - RELACIONAMENTOS
  • 29. NOTAÇÃO IDEF1X - CARDINALIDADE Zero, um ou muitos Um ou muitos Exatamente <n> Zero ou um De n até m (n) n-m Anotação sobre a cardinalidade
  • 30. • Alocação dos atributos “dentro” da entidade. – Chave primária – aparecem no topo – Chave alternativa – Akn – Chave estrangeira – seguido por FK – Opcional (O) • Obs.: Identificação de PK e FK é um indício de uma técnica voltada ao processo de modelagem lógica e não de modelagem conceitual IDEF1X - ATRIBUTOS
  • 31. • Representa estruturas de generalização- especialização. IDEF1X – SUBTIPOS E SUPERTIPOS Exclusiva Completa Incompleta Inclusiva
  • 35. • Analista Legislativo (ALERO)/Tecnologia da Informação/Banco de Dados/2018 • • • Considere o relacionamento estabelecido entre as entidades E1 e E2 no diagrama IDEF1X. • Assinale a opção que apresenta a leitura correta que deve ser feita dessa representação. • a) A cada elemento de E1 está associado um e somente um elemento de E2. • b) A cada elemento de E1 estão associados entre 1 e N elementos de E2. • c) A cada elemento de E2 está associado um e somente um elemento de E1. • d) A cada elemento de E2 estão associados entre 1 e N elementos de E1. • e) A cada elemento de E2 podem estar associados zero ou um elemento de E1. QUESTÃO.
  • 37. COMPARATIVO ENTRE AS NOTAÇÕES
  • 38. COMPARATIVO ENTRE AS NOTAÇÕES
  • 40. • Notações diagramáticas opcionais para modelos E-R RESUMO - NAVATHE – APÊNDICE A
  • 41. • Notações diagramáticas opcionais para modelos E-R RESUMO - NAVATHE – APÊNDICE A
  • 43. • Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: FUB Prova: CESPE - 2018 - FUB - Técnico de Tecnologia da Informação • Julgue o item seguinte, a respeito dos conceitos de modelagem de dados e níveis de abstração. • No modelo de entidade-relacionamento, uma entidade se caracteriza por um objeto do mundo real que possui um conjunto de propriedades; os valores de um subconjunto dessas propriedades podem identificar de maneira única a entidade. QUESTÃO 01.
  • 44. • Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: FUB Prova: CESPE - 2018 - FUB - Técnico de Tecnologia da Informação • Julgue o item seguinte, a respeito dos conceitos de modelagem de dados e níveis de abstração. • Na cardinalidade de mapeamento entre o conjunto de entidades X e Y de uma associação um-para-um, uma entidade em X é associada, no máximo, a uma entidade em Y, e uma entidade em Y é associada, no máximo, a uma entidade em X. QUESTÃO 02.
  • 45. • Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: SEFAZ-RS Prova: CESPE - 2018 - SEFAZ-RS - Assistente Administrativo Fazendário • No modelo entidade-relacionamento, as propriedades particulares que descrevem uma entidade são denominadas • A valores. • B atributos. • C chaves primárias. • D relacionamentos. • E instâncias. QUESTÃO 03.
  • 46. • Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: Polícia Federal Prova: CESPE - 2018 - Polícia Federal - Agente de Polícia Federal • Considerando o modelo entidade-relacionamento (ER) precedente, julgue o seguinte item, relativo a banco de dados. • Conforme o modelo ER em questão, um tipo de produto pode estar associado a somente 1 produto e cada produto possui um preço e uma descrição. QUESTÃO 04.
  • 47. • Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: Polícia Federal Prova: CESPE - 2018 - Polícia Federal - Agente de Polícia Federal • Considerando o modelo entidade-relacionamento (ER) precedente, julgue o seguinte item, relativo a banco de dados. • Considerando-se apenas o diagrama apresentado, infere-se que, na aplicação das regras para a transformação do modelo ER em um modelo relacional, é necessário realizar a fusão das tabelas referentes às entidades envolvidas no relacionamento. QUESTÃO 05.
  • 48. • Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: Polícia Federal Prova: CESPE - 2018 - Polícia Federal - Agente de Polícia Federal • • Considerando o modelo entidade-relacionamento (ER) precedente, julgue o seguinte item, relativo a banco de dados. • Situação hipotética: Ao analisar o modelo ER em questão, Paulo verificou que há duas chaves identificadas com o mesmo nome: código — em tipo de produto e em produto. Paulo sabe que o conceito de chaves é básico para estabelecer relações entre linhas de tabelas de um banco de dados relacional e que as chaves primárias devem ser únicas. Assertiva: Nessa situação, Paulo deve invalidar o modelo ER em questão, pois ele está semanticamente errado, já que não pode haver chaves primárias com nomes iguais, ainda que em entidades distintas. QUESTÃO 06.
  • 49. • Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: STJ Prova: CESPE - 2018 - STJ - Técnico Judiciário - Suporte Técnico • Acerca de banco de dados, julgue o item que se segue. • Em um diagrama MER, a entidade representa uma coisa concreta do mundo real, enquanto as coisas abstratas são representadas pelo relacionamento entre as entidades. QUESTÃO 07.
  • 50. • Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: STJ Prova: CESPE - 2018 - STJ - Técnico Judiciário - Desenvolvimento de Sistemas • Julgue o item a seguir, referente à modelagem de dados. • Generalização é o processo de definição de um tipo de entidade a partir de duas ou mais entidades que possuem atributos em comum — por exemplo, as entidades carro e ônibus podem ser generalizadas na superclasse veículo. QUESTÃO 08.
  • 51. • Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: STM Prova: CESPE - 2018 - STM - Técnico Judiciário - Programação de Sistemas • Acerca dos conceitos de normalização de dados e dos modelos de dados, julgue o item subsequente. • O modelo conceitual, que reflete uma estrutura simplificada do banco de dados, é responsável por registrar como os dados estão armazenados no sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD). QUESTÃO 09.
  • 52. • Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TRT - 7ª Região (CE)Prova: Técnico Judiciário - Tecnologia da Informação • Assinale a opção correta a respeito de modelagem de dados. • a) O relacionamento M:N entre duas entidades é representado no modelo físico por três entidades, com relacionamentos 1:M e N:1 entre elas. • b) Relacionamento unário é quando uma entidade se relaciona apenas com outra entidade no modelo lógico. • c) Atributo multivalorado é associado a um conjunto de valores com mais de uma ocorrência. • d) Em atributos de tipos numéricos, o conteúdo NULL representa a mesma informação do conteúdo ZERO. QUESTÃO 10.
  • 53. • Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: TRT - 7ª Região (CE)Prova: Técnico Judiciário - Tecnologia da Informação • No que diz respeito a banco de dados, assinale a opção correta. • a) A notação CrowsFoot é utilizada para representar a cardinalidade dos relacionamentos entre as entidades de um diagrama. • b) Uma tabela encontra-se na terceira forma normal (3FN) quando são eliminados os eventuais relacionamentos ternários existentes. • c) A chave primária é a base da restrição de integridade referencial, pois estabelece os padrões de valores para o seu conteúdo. • d) O termo NoSQL refere-se a bancos de dados que são acessados sem utilização de SQL. QUESTÃO 11.
  • 54. • Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PAProva: Auditor de Controle Externo - Área Informática - Analista de Sistema • 107 No modelo relacional de dados, uma relação é um conjunto de tuplas sem ordenação definida. • 108 Na cardinalidade binária, as ocorrências envolvem duas entidades, com acesso limitado a até dois registros. • 109 Dois diagramas de entidade de relacionamento são equivalentes se possuem entidades e relacionamentos que geram o mesmo esquema de banco de dados. QUESTÃO 12.
  • 55. • Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TRE-PI Prova: Analista Judiciário - Análise de Sistemas • Considere que existe uma entidade PESSOA com um relacionamento denominado CASAMENTO que pode associar diversas ocorrências na mesma entidade PESSOA. De acordo com as propriedades do diagrama entidade-relacionamento, o conceito desse relacionamento (CASAMENTO) pode ser definido como • a) generalização. • b) relacionamento binário. • c) autorrelacionamento. • d) entidade associativa. • e) especialização. QUESTÃO 13.
  • 56. • Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TRE-PI Prova: Técnico Judiciário - Operação de Computadores • De acordo com a notação para diagramas entidade-relacionamento, assinale a opção que descreve a representação acima disposta. • a) entidade, atributo, atributo composto e atributo derivado • b) relacionamento, atributo, atributo fraco e atributo multivalorado • c) entidade fraca, atributo-chave, atributo multivalorado e atributo derivado • d) entidade, atributo-chave, atributo multivalorado e atributo derivado • e) entidade forte, atributo, atributo composto e atributo fraco QUESTÃ0 14.
  • 57. • Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TRE-PI Prova: Técnico Judiciário - Programação de Sistemas • A figura anterior mostra um diagrama entidade/relacionamento, pelo qual um sistema controla contratos e negócios relacionados, entregue por uma fábrica de software que presta serviços a um órgão do governo federal. De acordo com as necessidades do gestor e dos requisitos levantados, • o sistema deve gravar o histórico de negócios realizados por cliente, com informações relevantes, como matrícula de usuário de sistema que incluiu o negócio, data e hora e usuário responsável pelo registro do negócio; • um contrato possui prestações que mudam conforme o mês, não havendo parcelas fixas no prazo total do contrato; • um contrato pode ser recalculado, pois, conforme a regra de negócio, existe a possibilidade de que negócios do tipo amortização de dívida possam ser reaplicados retroativamente em datas passadas, alterando-se as prestações nos períodos posteriores à data de amortização. • Considerando essas informações, assinale a opção correta a respeito de modelagem de dados. QUESTÃO 15.
  • 58. • a) Na modelagem especificada, para que cada prestação calculada seja relacionada ao contrato, é necessário incluir um autorrelacionamento na entidade Contrato. • b) A gravação de histórico de negócios por cliente poderia ser realizada por uma entidade representada pela relação Realiza, entre as entidades Cliente e Negócio, porém, deveria existir, na modelagem conceitual, a entidade Usuário compondo a relação Realiza na ordem. • c) Os atributos rua, bairro e cidade devem ser ligados diretamente à entidade Cliente, pois existe problema na notação do diagrama. • d) O relacionamento Possui, localizado entre as entidades Contrato e Cliente, determina um relacionamento muitos-para-muitos: na entidade Contrato, haverá uma chave estrangeira que referencia uma chave primária da entidade Cliente, e, na entidade Cliente, existirá uma chave estrangeira referenciando uma chave primária da entidade Contrato. • e) Para haver histórico de recálculo de um contrato, deve-se incluir uma entidade fraca denominada historico-prestações-negocio como relação entre as entidades Contrato e Negócio. QUESTÃO 15
  • 61. • Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: AFAP Prova: FCC - 2019 - AFAP - Analista de Fomento - Tecnologia da Informação • Gerusa está revisando um Modelo Entidade-Relacionamento e observa que: • - EntA relaciona-se com múltiplas instâncias de EntB. • - EntB relaciona-se com múltiplas instâncias de EntC. • - EntC relaciona-se com uma única instância de EntB. • - EntB relaciona-se com múltiplas instâncias de EntA. • Para atender ao requisito: dada uma determinada instância de EntA, qual a instância de EntC que a ela corresponde, Gerusa deverá • A inverter as cardinalidades entre EntB e EntC. • B transformar o relacionamento entre EntB e EntC em muitos-para-muitos. • C criar uma EntD associada em n:m com EntA, mas em 1:n com EntC. • D deixar o modelo como está porque ele atende ao requisito. • E estabelecer um relacionamento entre EntA e EntC. QUESTÃO 01.
  • 62. • Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: SABESP Prova: FCC - 2018 - SABESP - Analista de Gestão - Sistemas • Suponha um relacionamento n:m entre duas entidades chamadas Estação de tratamento de água e Bairro, onde um bairro pode receber tratamento proveniente de uma ou mais estações e uma estação pode tratar a água de um ou mais bairros. Suponha, também, a existência de um atributo hipotético como o Tipo de tratamento, que pode ser diferenciado ou igual, ainda que proveniente da mesma estação para bairros diferentes ou proveniente de estações distintas para o mesmo bairro. Em um Modelo Entidade-Relacionamento o Tipo de tratamento deve ser modelado como atributo • A da entidade • B da entidade • C presente em ambas as entidades. • D do relacionamento entre as entidades. • E independente. QUESTÃO 02.
  • 63. • Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: SABESP Prova: FCC - 2018 - SABESP - Técnico em Gestão 01 - Informática • Considere que cada conta de água possui um identificador único e indivisível (IdConta) e é paga por um único cliente da SABESP (IdCliente). Como cada cliente pode ter vários imóveis em regiões diferentes da cidade, poderá ter que pagar diversas contas de água, uma para cada imóvel que possui. Para construir um Modelo Entidade-Relacionamento que retrate essas condições, um Técnico deverá considerar, corretamente, que • A se a entidade Cliente tiver um campo Endereco ele será um atributo simples. • B a relação entre Cliente e Conta é n:n. • C se a entidade Conta tiver um atributo ValorTotal ele será um atributo multivalorado. • D a relação entre Cliente e Conta é 1:n. • E será necessária uma entidade associativa entre Cliente e Conta. QUESTÃO 03.
  • 64. • Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: DPE-AM Prova: FCC - 2018 - DPE-AM - Analista em Gestão Especializado de Defensoria - Analista de Banco de Dados • No modelo entidade-relacionamento utilizado em bancos de dados relacionais, a função desempenhada por um conjunto de entidades em um conjunto de relacionamentos é chamado de • A recursão. • B papel. • C atribuição. • D redundância. • E composição. QUESTÃO 04.
  • 65. • FCC - Analista em Gestão (DPE AM)/Especializado em Tecnologia da Informação de Defensoria/Analista de Banco de Dados/2018 • Considerando a modelagem conceitual de bancos de dados relacionais, o objetivo principal é • a) detalhar as estruturas físicas de armazenamento dos dados que irão compor o banco de dados. • b) descrever as interfaces de acesso externo às estruturas internas do banco de dados. • c) descrever conjuntos de entidades representativas dos dados, bem como os conjuntos de relacionamentos entre esses conjuntos de entidades. • d) definir o sistema gerenciador de banco de dados que será utilizado na implementação do banco de dados. • e) otimizar os algoritmos de consulta utilizados no banco de dados. QUESTÃO 05.
  • 66. • Ano: 2017 Banca: FCC Órgão: DPE-RS Prova: Analista - Banco de Dados • Considerando o modelo entidade-relacionamento, • a) um conjunto de relacionamentos binário envolve 2 conjuntos de entidades. • b) um conjunto de relacionamentos deve possuir pelo menos 1 atributo descritivo. • c) a função desempenhada por um conjunto de entidades em um conjunto de relacionamentos é chamada recursão. • d) um conjunto de relacionamentos ternário envolve mais do que 3 conjuntos de entidades. • e) um conjunto de relacionamentos recursivos envolve 2 ou mais conjuntos de entidades. QUESTÃO 06.
  • 67. • Ano: 2017 Banca: FCC Órgão: TRE-SP Prova: Técnico Judiciário – Operação de Computadores • Em uma situação hipotética, o Conselho Nacional de Justiça − CNJ queira registrar, para controle geral, todos os processos de todos os Tribunais Regionais Eleitorais, e, ainda, que os números de processos tenham a mesma estrutura, composta de um número sequencial, uma barra e o ano de criação (por exemplo: 000021/2015). Considerando-se que as numerações podem ser idênticas entre um e outro Tribunal, o CNJ desenhou uma solução em seu Modelo Entidade-Relacionamento cujo objetivo é identificar claramente um determinado Processo nessa situação adversa, visto que seu número pode se repetir e sem essa solução ele não seria identificável como único (unicidade de chave primária). Nesse caso, a solução foi • a) adotar CNJ como entidade fraca de Processo. • b) estabelecer um relacionamento entre Tribunal Regional Eleitoral e Processo tendo Estado da União como entidade associativa. • c) definir Processo como entidade associativa numerada de 1 até o último número registrado. • d) especificar um relacionamento ternário entre Tribunal Regional Eleitoral, Processo e uma outra entidade cuja chave é CNJ. • e) adotar Processo como entidade fraca de Tribunal Regional Eleitoral. QUESTÃO 07.
  • 68. • Ano: 2017 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Técnico Judiciário – Programação • Considere o diagrama entidade-relacionamento abaixo. • As chaves primárias de Cidadão e Processo são pk_cidadao e pk_processo, respectivamente. O relacionamento Consulta possui a cardinalidade 0,n com n>1 em ambos os lados. • Em um banco de dados relacional normalizado, estará correta a criação da tabela • a) Processo tendo como chave estrangeira pk_cidadao e Consulta tendo como chave estrangeira pk_processo. • b) Cidadão tendo como chave estrangeira pk_processo e Consulta tendo como chave estrangeira pk_cidadao. • c) Consulta tendo pk_processo como chave primária e Cidadão tendo pk_processo como chave estrangeira. • d) Consulta tendo pk_cidadao como chave primária e Processo tendo pk_cidadao como chave estrangeira. • e) Consulta tendo como chave primária pk_cidadao mais pk_processo. QUESTÃO 08.
  • 69. • Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: PGE-MT Prova: Analista - Analista de Sistemas • Considere um banco de dados cujo modelo Entidade-Relacionamento, em uma perspectiva lógica, possui duas entidades: processo e advogado relacionadas com cardinalidade n:m. Cada advogado pode atuar em diversos processos, hora como advogado de acusação, hora como advogado de defesa, o que é definido em um atributo tipo_atuacao. Cada processo poderá ter, consequentemente, pelo menos dois advogados, um de defesa e um de acusação. Quando o modelo for implementado em um sistema gerenciador de banco de dados relacional, • a) as duas entidades darão origem a duas tabelas e a relação n:m será implementada por um campo de ligação comum em ambas as tabelas. • b) o campo tipo_atuacao será colocado na tabela advogado, pois o tipo de atuação é um atributo do advogado, que define a forma como ele atuará no processo. • c) deverá ser criada uma tabela de ligação entre processo e advogado, originando duas relações com cardinalidade 1:1. O atributo tipo_atuacao será colocado nessa tabela. • d) deverá ser criada uma tabela Atuação com um único campo, tipo_atuacao, já que o tipo da atuação do advogado pode ser diferente em cada processo que ele atua. • e) deverá ser criada uma tabela de ligação entre processo e advogado, originando dois relacionamentos 1:n. O atributo tipo_atuacao será colocado nessa tabela. QUESTÃO 09.
  • 70. • Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: SEGEP-MA Prova: Técnico da Receita Estadual - Tecnologia da Informação - Conhecimentos Específicos • Atenção: Para responder às questões, considere a figura abaixo. • Considere que na tabela Contribuinte estão cadastrados os seguintes dados: • IDContribuinte NomeContribuinte CPF_CNPJ • 1 Paulo da Silva 154.246.037-12 • 2 Maria Pereira 143.172.129-50 • Com relação ao Modelo Entidade-Relacionamento, mostrado na figura, é correto afirmar que • a) a entidade Contribuinte_Imposto infringe a segunda forma normal, pois o atributo Valor_Imposto é dependente apenas de parte da chave primária composta. • b) o atributo CPF_CNPJ deve ser colocado na entidade Contribuinte_Imposto, pois está relacionado com o imposto que o contribuinte deve pagar. • c) a tabela Contribuinte_Imposto é desnecessária, já que as tabelas Contribuinte e Imposto podem se relacionar diretamente com cardinalidade n:n. • d) ambos os relacionamentos são identificados e usam a notação Crow's Foot, popularmente conhecida como pé de galinha. • e) ambos os relacionamentos são não identificados, pois as chaves primárias das entidades Contribuinte e Imposto formam a chave primária composta da entidade Contribuinte_Imposto. QUESTÃO 10.
  • 71. Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: Prefeitura de Teresina – PI Prova: Analista Tecnológico - Analista de Sistemas Considere o modelo relacional: Após a criação das tabelas, foram cadastrados os seguintes registros: siglaOrgao nomeOrgao ARSETE AGÊNCIA MUNICIPAL DE REGULAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS DE TERESINA PRODATER EMPRESA TERESINENSE DE PROCESSAMENTO DE DADOS SEMAE SERVIÇO MUNICIPAL DE ÁGUAS E ESGOTOS DE TERESINA idObra siglaOrgao Descricao Valor 1 SEMAE Estação de tratamento de água 100000 2 SEMAE Estação de tratamento de esgotos 800000 3 PRODATER Reforma do Data Center 200000 4 PRODATER Implantação de sistema de refrigeração 50000 Sobre o modelo de dados relacional apresentado, considere: I. Usa a notação crow's foot para representar o grau, ou cardinalidade, do relacionamento entre as entidades Orgao e Obra. II. Para toda obra que for cadastrada será necessário inserir no campo siglaOrgao da entidade Obra um valor já cadastrado no campo siglaOrgao da entidade Orgao. III. Caso as entidades Orgao e Obra estabelecessem um relacionamento n:n, no momento da implementação das tabelas seria necessário criar uma tabela de ligação entre elas e desmembrar o relacionamento em dois relacionamentos 1:n. IV. O modelo não está normalizado, ou seja, os valores das colunas não serão atômicos quando forem cadastrados e haverá dependência funcional parcial na entidade Obra. Está correto o que se afirma APENAS em a) II e III. b) I e IV. c) II, III e IV. d) I e III. e) II e IV. QUESTÃO 11.
  • 75. • Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: Prefeitura de Teresina – PI Prova: Analista Tecnológico - Analista de Suporte Técnico • No modelo entidade-relacionamento de um banco de dados relacional, há os conjuntos de relacionamentos entre conjuntos de entidades, sendo que • a) um conjunto de relacionamentos não pode ter atributos descritivos. • b) um conjunto de relacionamentos binário liga 2 conjuntos de entidades distintos. • c) 2 conjuntos de entidades distintos suportam um único conjunto de relacionamentos entre si. • d) um conjunto de relacionamentos de cardinalidade 1 para 1 é também conhecido como recursivo. • e) um conjunto de relacionamentos de cardinalidade muitos para muitos liga 3 ou mais conjuntos de entidades distintos. QUESTÃO 12.
  • 76. • Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: Prefeitura de Teresina – PI Prova: Técnico de Nível Superior - Analista de Sistemas • Um Analista de Sistemas da Prefeitura de Teresina necessita modelar em um diagrama E-R as consultas dos cidadãos aos processos públicos. O relacionamento da consulta definido é n:m. Todavia cada consulta realizada deve ter uma identificação própria e mais o atributo data da consulta. Este relacionamento assim especificado relaciona-se com outras entidades do modelo, de acordo com o levantamento de requisitos. • Pela característica assim definida, esse relacionamento de consulta deve ser desenhado como • a) atributo associativo. • b) entidade fraca. • c) relacionamento dependente. • d) entidade associativa. • e) relacionamento forte. QUESTÃO 13.
  • 77. Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: Copergás – PE Prova: Analista Tecnologia da Informação Para responder a questão, considere o Diagrama Entidade- Relacionamento (DER), que representa graficamente um Modelo Entidade-Relacionamento (MER). No DER a) ocorre um relacionamento em que não há dependência de dados entre as entidades Posto, Preco e Combustivel. b) a cardinalidade (0:N) faz referência à Combustivel e à Veiculo. Isso significa que certa pessoa pode ter um único veículo abastecido por vários combustíveis e um veículo deve estar obrigatoriamente associado a uma ocorrência de combustível. c) o relacionamento entre as entidades Pessoa e Veiculo indica que certa pessoa pode não ter veículos ou pode ter vários, porém, se um veículo estiver cadastrado, deverá estar associado obrigatoriamente a uma pessoa. d) a cardinalidade mínima 1 indica que o atributo é obrigatório e a cardinalidade máxima 1 indica que o atributo é multivalorado. Todos os atributos multivalorados devem ser marcados com um círculo sólido, como nome, login e momento. e) para o atributo Posto, a cardinalidade mínima 0 indica que o mesmo é opcional e a cardinalidade máxima N informa que o seu cnpj deve ser mono ou multivalorado. QUESTÃO 14.
  • 78. • Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: DPE-SP Prova: Programador • Em um MER − Modelo Entidade-Relacionamento, atributos são as características que descrevem cada entidade dentro do domínio. Os atributos são classificados como • a) denominativos, se representam características intrínsecas de uma entidade, tais como nome, salário, situação. • b) descritivos, se, além de serem denominativos, têm a função de definir e identificar um objeto, como nome, código, sexo. • c) singulares, se um único atributo define uma característica da entidade, como nome, peso, data. • d) complementares, se, para definir uma informação da entidade, são usados vários atributos. • e) referenciais, se representam a ligação de uma entidade com outra em um relacionamento. QUESTÃO 15.
  • 79. • Descritivos : representam as características intrínsecas dos objetos; • Nominativos : cumprem a função de descritivos e como definidores de nomes ou rótulos de identificação dos objetos (ex.: nome, código, número, sigla); • Referenciais: descrevem a ligação entre objetos e não é propriamente a característica de um objeto. CLASSIFICAÇÃO DE ATRIBUTOS
  • 82. • Ano: 2018 Banca: CESGRANRIO Órgão: Banco do Brasil Prova: CESGRANRIO - 2018 - Banco do Brasil – Escriturário Um banco de dados possui um modelo conceitual cuja descrição é feita pelo diagrama E-R a seguir. Admita-se que o estado desse banco de dados seja definido, em parte, pelos seguintes conjuntos: • A={a1 ,a2 ,a3 ,a4 ,a5 ,a6 } • A1={a2 ,a3 ,a4 } • A2={a1 ,a5 ,a6 } • C={c1 ,c2 } • D={d1 ,d2 ,d3 ,d4 } • Os elementos desses conjuntos representam instâncias das entidades presentes no diagrama E-R do banco de dados em questão. • As relações que completam o estado desse banco de dados, sem que nenhuma regra de cardinalidade ou generalização seja violada, são • A R1={(a1 ,c1 ),(a2 ,c1 )} R2={ } • B R1={ } R2={ } • C R1={(a1 ,c1 ),(a1 ,c2 )} R2={(a2 ,d1 ),(a5 ,d2 ),(a6 ,d4 )} • D R1={(c1 ,a5 ),(c1 ,a2 ),(c2 ,a5 ),(c2 ,a2 )} R2={(a5 ,d1 ),(a6 ,d2 ),(a5 ,d3 ),(a5 ,d4 )} • E R1={(a5 ,c1 ),(a2 ,c1 ),(a5 ,c2 ),(a2 ,c2 )} R2={(a5 ,d1 ),(a6 ,d2 ),(a5 ,d3 ),(a5 ,d4 ),(a6 ,d4 )} QUESTÃO 01.
  • 83. • Ano: 2018 Banca: CESGRANRIO Órgão: Banco da Amazônia Prova: CESGRANRIO - 2018 - Banco da Amazônia - Técnico Científico - Tecnologia da Informação • Considere que, em um modelo Entidade-Relacionamento, há duas entidades denominadas X e Y que se relacionam por meio de um relacionamento denominado R; que uma entidade de X pode relacionar-se a nenhuma ou a várias entidades de Y; e que uma entidade em Y sempre se relaciona a exatamente uma entidade em X. Ou seja: • A modelagem relacional desses dados, que garante que as tabelas estarão na Terceira Forma Normal (3FN), definirá • A duas tabelas (T1 e T2), uma para X (T1) e outra para Y (T2), e uma chave estrangeira em T1 que referencia a chave primária de T2. • B duas tabelas (T1 e T2), uma para X (T1) e outra para Y (T2), e uma chave estrangeira em T2 que referencia a chave primária de T1. • C três tabelas (T1, T2 e TR), uma para X (T1), outra para Y (T2) e outra para R (TR), uma chave estrangeira em T1 que referencia a chave primária de TR, e uma chave estrangeira em TR que referencia a chave primária de T2. • D três tabelas (T1, T2 e TR), uma para X (T1), outra para Y (T2) e outra para R (TR), uma chave estrangeira em T1 que referencia a chave primária de TR, e uma chave estrangeira em T2 que referencia a chave primária de TR. • E uma tabela T com todos os atributos das entidades X e Y. QUESTÃO 02.
  • 84. • Ano: 2018 Banca: CESGRANRIO Órgão: Transpetro Prova: CESGRANRIO - 2018 - Transpetro - Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócio • A Figura a seguir exibe um modelo E-R composto por duas entidades e uma relação. • Qual diagrama de Venn contém uma relação que atende às regras de multiplicidade definidas no modelo E-R acima? QUESTÃO 03.
  • 85. • Ano: 2016 Banca: CESGRANRIO Órgão: IBGE Prova: Supervisor de Pesquisas - Tecnologia de Informação e Comunicação • A KWX é uma empresa do varejo que atua exclusivamente na Web. Ela está desenvolvendo um sistema de informação para registrar os pedidos de seus clientes e controlar todo o processo de entrega de mercadorias. Um pedido é entregue por uma das transportadoras conveniadas com a empresa. Quando o novo sistema estiver em funcionamento, todas elas serão devidamente cadastradas, tendo em vista melhorar a gestão de entregas pelo setor responsável. O custo de transporte varia de transportadora para transportadora, além de levar em conta o endereço de entrega de um pedido. Visando a reduzir o tempo de entrega, a diretoria de vendas determinou que a definição da transportadora tem de ser feita até 48h após um pedido ter sido inserido no sistema. • No ato do recebimento de um pedido, o cliente irá conferir se todos os produtos comprados estão corretos e se não houve avarias durante o transporte. Caso esteja tudo em ordem, o cliente irá assinar o recibo de entrega, pondo a data em que ela foi feita. Essa informação será posteriormente inserida no sistema por um funcionário do setor de entregas. Caso o cliente encontre algum problema, ele poderá recusar o recebimento dos produtos, informando o motivo pelo qual a entrega foi recusada. O motivo da devolução deve ser assinalado no próprio documento de entrega, que contém uma lista de motivos extraída do sistema. Um motivo possui código e descrição. • O sistema deve, também, atender a alguns requisitos adicionais. São eles: • • o cliente deve informar o endereço de entrega no momento em que inserir um pedido; • • um pedido possui um número e a data em que foi realizado; • • uma transportadora precisa ter registrados o número do CNPJ, o nome e o endereço. • Qual diagrama E-R descreve adequadamente os elementos envolvidos no negócio da empresa KWX? QUESTÃO 04.
  • 87. • Ano: 2014Banca: CESGRANRIO Órgão: Petrobras Prova: Técnico(a) de Informática Júnior • O diagrama a seguir apresenta um modelo de entidades e relacionamentos segundo a notação da Engenharia de Informação. • A notação equivalente em IDEF1X é • a) • b) • c) • d) • e) QUESTÃO 05.
  • 88. • Ano: 2014 Banca: CESGRANRIO Órgão: Banco da Amazônia Prova: Técnico Científico - Banco de Dados • Para responder à questão, tenha como referência o diagrama de entidades e relacionamentos, apresentado abaixo, que representa parte do modelo de dados de uma instituição financeira. • Que representação gráfica do modelo ER proposta pela notação IDEF1X representa relacionamento existente entre Conta e Cliente? QUESTÃO 06.
  • 90. • Ano: 2013 Banca: CESGRANRIO Órgão: LIQUIGÁS Prova: Profissional Júnior - Análise de Sistemas • A Figura a seguir representa um modelo conceitual de da- dos que utiliza notação baseada na abordagem E-R: • Quantas são as entidades fracas presentes nesse diagrama? • a) 0 • b) 1 • c) 2 • d) 3 • e) 4 QUESTÃO 07.
  • 91. • Ano: 2013 Banca: CESGRANRIO Órgão: LIQUIGÁS Prova: Profissional Júnior - Análise de Sistemas • Seja o seguinte diagrama E-R: • Os conjuntos a seguir exibem o estado de um banco de dados descrito pelo modelo acima: • X={x1 ,x2 ,x3 } • Y={y1 ,y2 ,y3 ,y4 } • Em qual relação os elementos atendem às regras de multiplicidade definidas no diagrama acima? • a) P={ } • b) P={(x1 ,y1 ),(x2 ,y1 ),(x3 ,y1 )} • c) P={(x1 ,y2 ),(x1 ,y3 ),(x2 ,y1 ),(x3 ,y4 )} • d) P={(x1 ,y2 ),(x2 ,y4 ),(x3 ,y3 ),(x1 ,y4 )} • e) P={(x1 ,y1 ),(x1 ,y2 ),(x3 ,y3 ),(x3 ,y4 )} QUESTÃO 08.
  • 92. • Ano: 2013 Banca: CESGRANRIO Órgão: BNDES Prova: Profissional Básico - Análise de Sistemas - Desenvolvimento • Seja o seguinte diagrama E-R: • Analisando esse diagrama conclui-se que • a) a generalização presente no modelo é simples. • b) a entidade AlunoGrad não possui atributos. • c) o atributo Professor.matrícula é uma chave primária. • d) uma dissertação pode não ter um orientador. • e) todo professor orienta pelo menos um aluno. QUESTÃO 09.
  • 93. • Ano: 2012 Banca: CESGRANRIO Órgão: Petrobras Prova: Técnico de Informática Júnior-2012 • Leve em conta a figura do diagrama a seguir, usando a notação da Engenharia de Informação e seguindo as regras do Modelo de Entidades e Relacionamentos. • A partir do diagrama, conclui-se que • a) dois funcionários não podem receber um salário de um mesmo valor. • b) dois funcionários não podem receber salários com a mesma data início. • c) um funcionário pode ser abrigado por dois departamentos. • d) um funcionário pode ser participante de dois projetos. • e) um projeto pode ser contratado por dois clientes. QUESTÃO 10.
  • 94. • Ano: 2011 Banca: CESGRANRIO Órgão: Petrobras Prova: Engenheiro de Equipamento Júnior - Eletrônica • Resolvi certo • Uma das ferramentas mais importantes em projetos de bancos de dados relacionais é o Modelo Entidade- Relacionamento (MER). A sua utilização serve para o projetista representar, graficamente, a forma como as entidades identificadas se relacionam durante o processo de análise e como fazem parte do sistema de informações. Nesse sentido, observe a figura abaixo relacionada a situações normalmente encontradas quando se elabora um MER. • Considerando a figura e a notação utilizada, conclui-se que • a) um departamento pode ter de 0 a N funcionários, e cada funcionário pertencer, obrigatoriamente, a um departamento. • b) um departamento tem N funcionários, e cada funcionário pertence, obrigatoriamente, a mais de um departamento. • c) a um departamento estão associados vários funcionários, e cada funcionário está associado, exclusivamente, a um só departamento. • d) em cada departamento um funcionário tem apenas um chefe, mas um chefe pode ter N funcionários sob sua responsabilidade. • e) em um departamento existe, obrigatoriamente, um só funcionário, e um funcionário pertence, obrigatoriamente, a um só departamento. QUESTÃO 11.