PopulaçãO E MigraçõEs

7.739 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.739
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
54
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
358
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PopulaçãO E MigraçõEs

  1. 1. Evolução da população mundial Revolução Industrial
  2. 2. Consequência do rápido crescimento • Habitação • Emprego/renda • Alimento/áreas cultiváveis • Lixo • Diminuição dos recursos naturais, etc.
  3. 3. Atrativos Fatores Migratórios Repulsivos
  4. 4. Fatores Atrativos Clima ameno Abundância de água Boa acessibilidade natural ou antrópica Boa oferta de empregos Boas condições de vida Relevo pouco acidentado
  5. 5. Fatores Repulsivos Relevo extremamente acidentado Falta d´agua Perseguições políticas ou religiosas Guerras Desemprego Miséria intensa
  6. 6. Tipos de Migrações
  7. 7. Distribuição Desigual Grandes Vazios Humanos (Anecúmenos) • regiões polares e subpolares • grandes desertos • áreas de floresta equatorial • grandes cordilheiras montanhosas Grandes Concentrações Humanas (Ecúmenos) • Sudeste e Sudoeste Asiático • Europa Central e Ocidental • Nordeste dos EUA
  8. 8. Taxas populacionais
  9. 9. Taxa de natalidade • Número de crianças nascidas vivas por cada mil habitantes;
  10. 10. Causas da queda da natalidade • Urbanização • Aumento no custo de criação de um filho • Emancipação feminina • Tecnologia contraceptiva • Política de planejamento familiar
  11. 11. Taxa de mortalidade • Número de óbitos em um ano por cada mil habitantes;
  12. 12. Causas da queda da mortalidade • Melhoria do saneamento básico • Avanços na medicina: descoberta de vacinas e novos tratamentos • Novas tecnologias médicas
  13. 13. Crescimento vegetativo • Diferença entre a natalidade e a mortalidade, ou seja, a porcentagem que a população cresceu.
  14. 14. Por que cresce tanto?
  15. 15. Teorias Populacionais • Teoria Malthusiana, também chamada pessimista; • Teoria Neomalthusiana, reformulação da anterior; • Teoria Reformista, chamada de otimista.
  16. 16. Teoria Malthusiana: Formulada em 1798 por Malthus, tendo por base duas condições iniciais: a) Segundo Malthus, seria necessária a existência de catástrofes, tendo por objetivo o controle populacional; b) Considerava que o cresimento populacional crescia em Progressão Geométrica (2, 4, 8, 16, 32...) enquanto que o número de alimentos crescia em Progressão Aritmética (2, 4, 6, 8, 10, 12...)
  17. 17. Críticas à teoria Malthusiana: • A pobreza nem sempre ocorre em função da escassez de alimentos, mas simplesmente da distribuição deles; • O número de pessoas em nada está relacionado à escassez de alimentos no mundo atual; • A produção de alimentos cresceu mais que o esperado graças as inovações tecnológicas e agrícolas.
  18. 18. Teoria Neomalthusiana • Aponta para a necessidade de redução da população jovem; • Tendo em vista a sobra de recursos destinados à educação, saúde etc. • Prega um extenso programa de redução populacional semelhante ao aplicado na China.
  19. 19. Teoria reformista ou otimista • Percepção de que a causa da pobreza não ocorre em função do número de pessoas, mas em função da distribuição da renda; • Prega melhor distribuição dos alimentos, principalmente considerando o nível tecnológico no mundo atual.
  20. 20. Agrupamentos Urbanos
  21. 21. Aglomerados Urbanos • Conurbação • Mancha Urbana • Megacidade • Metrópole (desmetropolização) • Regiões metropolitanas • Tecnopólos • Megalópoles • Cidades Globais
  22. 22. Megacidades • Cidades com mais de 10 milhões de habitantes; • As vezes apresenta graves problemas em infra-estrutura; • Nem sempre é considerada uma cidade global;
  23. 23. Cidade Global • Grau de sofisticação dos serviços urbanos; • Equipamentos de informática; • Telecomunicações ampla e avançada; • Centros universitários e pesquisa high tech; • Diversidade e qualidade na rede de transportes; • Sede de transnacionais;

×