Marketing online
Informações de comércio eletrônico
Pesquisa e Usabilidade
Apoio
Agosto/2005
1º semestre de 2005
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
2
www.ebitempresa.com.br
Índice
O que é o Web Shoppers ..........................
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
3
www.ebitempresa.com.br
O que é o Web Shoppers
Uma iniciativa da e-bit, o Web...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
4
www.ebitempresa.com.br
§ Velobit – O Velobit permite à sua empresa enviar e ...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
5
www.ebitempresa.com.br
Dados Web Shoppers: metodologia
O Web Shoppers, em su...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
6
www.ebitempresa.com.br
Estrutura do Relatório
PARTE I
PARTE II
Balanço do 1º...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
7
www.ebitempresa.com.br
PARTE I
Balanço do 1º Semestre de
2005
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
8
www.ebitempresa.com.br
Homens
66%
Desde a primeira edição do relatório Web S...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
9
www.ebitempresa.com.br
Evolução do faturamento 1º semestre
R$ 974 mi
R$ 745 ...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
10
www.ebitempresa.com.br
Homens
66%
A cada compra foram gastos, em
média, R$ ...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
11
www.ebitempresa.com.br
1.2 – Já somos 4 milhões
Como o tíquete médio perman...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
12
www.ebitempresa.com.br
Homens
66%
Número de e-consumidores no Brasil*
2,8 m...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
13
www.ebitempresa.com.br
Homens
66%
1.3 – Influências Geográficas
Considerand...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
14
www.ebitempresa.com.br
Homens
66%
Participação por região 1º trimestre de 2...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
15
www.ebitempresa.com.br
1.4 – Capital X Interior
Já no que diz respeito à re...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
16
www.ebitempresa.com.br
PARTE II
Datas comemorativas e
promoções impulsionam...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
17
www.ebitempresa.com.br
Homens
66%
No primeiro semestre do ano há duas datas...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
18
www.ebitempresa.com.br
Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral: 83....
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
19
www.ebitempresa.com.br
2.2 – LiquidaWeb
Organizada pela Camara-e.net, o Liq...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
20
www.ebitempresa.com.br
Homens
66%
Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base am...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
21
www.ebitempresa.com.br
PARTE III
Pesquisa Especial de Celulares
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
22
www.ebitempresa.com.br
Homens
66%
O segmento de celulares vem conquistando ...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
23
www.ebitempresa.com.br
Por ser um segmento que está se destacando no e-comm...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
24
www.ebitempresa.com.br
Dos respondentes da pesquisa, cerca de 64% destes e-...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
25
www.ebitempresa.com.br
Além disso, a pesquisa procurou analisar o grau de s...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
26
www.ebitempresa.com.br
3.5 – Quais são as marcas preferidas de aparelhos?
A...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
27
www.ebitempresa.com.br
3.6 - O que mais revela a pesquisa?
A pesquisa de há...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
28
www.ebitempresa.com.br
PARTE IV
Expectativas para o fechamento de 2005
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
29
www.ebitempresa.com.br
Considerando todo o ano de 2004, o e-commerce brasil...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
30
www.ebitempresa.com.br
7,2* mi
6,6 mi
4,3 mi
3,6 mi
2,5 mi
2001 2002 2003 2...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
31
www.ebitempresa.com.br
O programa PC Conectado criado pelo Governo Federal ...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
32
www.ebitempresa.com.br
Sobre a e-bit
A e-bit é uma empresa de pesquisa e ma...
Apoio:
e-bit - Todos os direitos reservados
33
www.ebitempresa.com.br
Sobre a Camara-e.net
Sobre a Camara-e.net
A Câmara B...
Contatos
www.ebitempresa.com.br
Pedro Guasti
negocios@ebit.com.br
55 11 3040-3737
www.camara-e.net
Ricardo Dias
info@camar...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

WebShoppers 12ª Edição

251 visualizações

Publicada em

12ª edição do relatório WebShoppers gerado pela E-bit.
Dados do mercado online

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
251
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

WebShoppers 12ª Edição

  1. 1. Marketing online Informações de comércio eletrônico Pesquisa e Usabilidade Apoio Agosto/2005 1º semestre de 2005
  2. 2. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 2 www.ebitempresa.com.br Índice O que é o Web Shoppers ....................................................................................................... Dados dos Web Shoppers........................................................................................................ Estrutura do Relatório ........................................................................................................... Parte I – Balanço do 1º Semestre de 2005.............................................................................. 1.1 – 1º semestre – faturamento próximo a R$ 1 bi; 1.2 – Já somos 4 milhões; 1.3 – Influências Geográficas; 1.4 – Capital X Interior Parte II – Datas comemorativas e promoções impulsionam as vendas................................... 2.1 – Dia das Mães: O Natal do primeiro semestre; 2.2 – LiquidaWeb Parte III – Pesquisa Especial de Celulares ............................................................................. 3.1 – Celular, o presente da vez; 3.2 – Hábitos e preferências no momento de comprar o celular; 3.3 – Vivo: Conquistando maior número de e-consumidores; 3.4 – Satisfeitos X Insatisfeitos; 3.5 – Quais são as marcas preferidas de aparelhos?; 3.6 – O que mais revela a pesquisa? Parte IV –Expectativas para o fechamento de 2005 ............................................................... 4.1 – E-commerce 2005: Faturamento acima dos R$ 2,3 bi; 4.2 – PC Conectado e a inclusão de novos consumidores Sobre a e-bit ......................................................................................................................... Sobre a Camara-e.net ........................................................................................................... Contatos ............................................................................................................................... 3 5 6 7 16 21 28 32 33 34 Nessa 12º edição, você encontra no Web Shoppers:
  3. 3. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 3 www.ebitempresa.com.br O que é o Web Shoppers Uma iniciativa da e-bit, o Web Shoppers tem como objetivo difundir informações essenciais para o entendimento do comportamento dos internautas e sua relação com o e-commerce. O Web Shoppers analisa as evoluções do comércio eletrônico, as mudanças de comportamento e preferências dos e-consumidores e também procura encontrar pontos a serem melhorados no desenvolvimento do e-commerce brasileiro. A e-bit Empresa de pesquisa e marketing online, a e-bit foi criada para auxiliar empresas a atrair, manter e rentabilizar clientes, aumentando a utilização da Internet como canal de relacionamento. Através de um sofisticado sistema de coleta de dados, a e-bit gera diariamente informações detalhadas sobre o comércio eletrônico, a partir de dados do próprio consumidor online após a efetivação de compras em cerca de 440 lojas virtuais. Desde Janeiro de 2000, a e-bit já coletou mais de 2,3 milhões de questionários de avaliações de e-consumidores. Além de avaliações de lojas virtuais e informações do comércio eletrônico, a e- bit também presta serviços de pesquisa de mercado online e e-mail marketing por meio de uma série de produtos inovadores como: § Consultoria de Usabilidade – A Investigação de Usabilidade é um instrumento que gera informações e orienta sua empresa na construção ou atualização de seus aplicativos e interfaces transacionais. Tudo isso a partir da análise do comportamento das pessoas diante do aplicativo de sua empresa com o objetivo de proporcionar uma navegação mais simples, clara e objetiva, o que, conseqüentemente, proporciona o aumento da conversão de visitantes em clientes, incremento das vendas, produtividade e redução de custos.
  4. 4. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 4 www.ebitempresa.com.br § Velobit – O Velobit permite à sua empresa enviar e administrar campanhas de e-mail marketing personalizadas, com rapidez e eficiência. Com o Velobit, você pode fidelizar seu cliente, convidando-os a visitar sua empresa, a comprar de você, a recomendá-lo para outros clientes e controlar as ações destes clientes. Disponível também na versão online, o Velobit proporciona gerenciamento total das campanhas pela Internet § bitMail – O bitMail permite que você se comunique com um público altamente qualificado, de alto poder aquisitivo e que está acostumado a comprar e utilizar a Internet como meio de comunicação, obtendo altas taxas de retorno em suas ações, como promoções, vendas e campanhas específicas. § bitSurvey – As pesquisas de Mercado são ferramentas de marketing valiosas na hora da tomada de decisão de sua empresa. Fazê-las pela Internet torna o processo mais rápido, barato e fácil de segmentar, atingindo respostas confiáveis de maneira mais ágil. § Inteligência de Mercado – Os relatórios de Inteligência de Mercado permitem que sua empresa esteja sempre à frente de novas oportunidades de negócios, tomando decisões rápidas e certeiras. § bitConsumidor – Programa gratuito de avaliação de sites. O sistema da e-bit funciona sete dias por semana, 24 horas por dia e permite que você conheça a opinião dos seus consumidores a respeito de seu site. § Certifica – Métricas de audiência de sites através de medição precisa e segura com relatórios online que permitem conhecer o comportamento de sua audiência. Com essa 12ª edição do Web Shoppers, a e-bit espera contribuir para o desenvolvimento da Internet e do Comércio Eletrônico no Brasil. Boa Leitura, Equipe e-bit
  5. 5. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 5 www.ebitempresa.com.br Dados Web Shoppers: metodologia O Web Shoppers, em sua 12ª edição, utiliza informações provenientes das pesquisas realizadas pela e-bit junto de cerca de 440 lojas virtuais e ao seu painel de e-consumidores. Pesquisa bitConsumidor § Desde Abril de 2000 a e-bit já coletou mais de um 2,3 milhões de questionários respondidos após o processo de compras online pelo sistema bitConsumidor. § Mensalmente agrega a este volume mais de 70.000 novos questionários. § Os dados da e-bit são coletados junto aos compradores online, imediatamente após sua experiência de compra. Essas informações, compiladas, geram mensalmente relatórios de Inteligência de Mercado. Pesquisa Especial de Celulares § A e-bit enviou por e-mail convites para seus associados do sexo feminino e masculino, sem restrição de idade ou renda, das cidades de Belo Horizonte, Curitiba, Manaus, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, responderem uma pesquisa sobre Celulares, abordando tanto o próprio aparelho como também a operadora e outras características. § Incentivados pela moeda virtual da e-bit, os bits (programa de fidelidade que oferece oportunidades de prêmios a partir de apostas no site da e-bit – www.ebit.com.br), cerca de 4.281 pessoas, em um período de dez dias (entre 05/07/2005 a 10/07/2005) responderam a pesquisa. § Essas respostas serviram como base para conhecer a satisfação e opinião dos e- consumidores quanto ao aparelho celular, operadora e finalidade da compra.
  6. 6. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 6 www.ebitempresa.com.br Estrutura do Relatório PARTE I PARTE II Balanço do 1º Semestre de 2005 Datas comemorativas e promoções impulsionam as vendas PARTE III Pesquisa Especial de Celulares PARTE IV Expectativas para o fechamento de 2005
  7. 7. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 7 www.ebitempresa.com.br PARTE I Balanço do 1º Semestre de 2005
  8. 8. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 8 www.ebitempresa.com.br Homens 66% Desde a primeira edição do relatório Web Shoppers até a mais atual (12ª), os números que mostram o crescimento do e-commerce brasileiro são dados constantes. Por ser um recente canal de vendas, com muitas vantagens e benefícios para varejistas e consumidores, o comércio eletrônico tem um grande campo a ser explorado, por isso, a conquista de novos e-consumidores, teoricamente, poderia ser apontada como certa. Porém, alguns obstáculos como a insegurança dos consumidores em relação às compras, como o descumprimento dos prazos de entrega e percepção de insegurança das transações podem estagnar o desenvolvimento de um segmento muito promissor. Por isso, as campanhas de marketing, que promovem o e-commerce, passam confiança no processo de compra e a facilidade de acesso à Internet, além de outros, são fatores que influenciam o seu crescimento. Assim, a expectativa para o crescimento do faturamento no primeiro semestre de 2005, em relação ao mesmo período de 2004, levando-se em conta a evolução do setor, o crescimento da base de e- consumidores, o maior volume de vendas e a estabilização do valor do tíquete médio, foi projetada na casa dos 30%. Com o fechamento do balanço dos 6 primeiros meses do ano o crescimento projetado foi confirmado e o resultado do faturamento das lojas virtuais brasileiras foi de R$ 974 milhões. Isso significa dizer que, em apenas 6 meses, as lojas virtuais faturaram mais do que no ano de 2002 inteiro (R$ 850 milhões) e que o resultado se aproxima ao do fechamento de 2003 com R$ 1,18 bilhão. 1.1 – 1º semestre – faturamento próximo a R$ 1 bi
  9. 9. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 9 www.ebitempresa.com.br Evolução do faturamento 1º semestre R$ 974 mi R$ 745 mi R$ 497 mi R$ 336 mi R$ 197 mi 1º semestre 2001 1º semestre 2002 1º semestre 2003 1º semestre 2004 1º semestre 2005 Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral: 811.985 de Janeiro a Junho dos anos de 2001 a 2005 (www.ebitempresa.com.br)
  10. 10. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 10 www.ebitempresa.com.br Homens 66% A cada compra foram gastos, em média, R$ 297, valor próximo ao registrado no Dia das Mães e no Dia dos Namorados, atingindo R$ 305. Já o volume de pedidos acompanhou o mesmo crescimento do faturamento (30%) e chegou a pouco mais de 3 milhões no início de 2005. No ranking dos produtos mais vendidos, a categoria Títulos de CDs, DVDs e Vídeos continua liderando com 22% de participação, porém em percentuais menores do que no primeiro semestre de 2004 (27%). No segundo e terceiro lugar dos mais vendidos estão Livros, Revistas e Jornais, com 17% e Eletrônicos, com 12%. Participação por produto no 1º semestre 6% 7% 10% 21% 27% 7% 8% 12% 17% 22% Eletrodomésticos Saúde e Beleza: perfumes,cosméticos,remédios, etc. Eletrônicos-TV,vídeo,som,etc Livros, Revistas e Jornais Títulos de CD, DVD e Vídeo 2004 2005 Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral: 811.985 De Janeiro a Junho dos anos de 2001 a 2005 (www.ebitempresa.com.br)
  11. 11. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 11 www.ebitempresa.com.br 1.2 – Já somos 4 milhões Como o tíquete médio permaneceu com valor próximo ao registrado em 2004, com valores entre R$290 e R$300, pode ser apontado como principal fator responsável pelo crescimento do setor nesse primeiro semestre a expansão da base de consumidores. Ao final de Junho de 2005, já são cerca de 4 milhões* de pessoas que tiveram pelo menos uma experiência de compra em alguma loja virtual brasileira. Em apenas 6 meses, a base de clientes do e-commerce nacional cresceu na casa dos 20%, passando de 3.250 milhões de pessoas para cerca de 4 milhões. Quanto ao perfil desse e-consumidor não houve grandes mudanças. A maioria - 71% - está compreendida na faixa etária entre 25 a 49 anos e cerca de 58% são do sexo masculino. Em relação à motivação de compra, o fator mais importante ainda é o nome da loja. Cerca de 22% das compras foram feitas pela digitação direta do endereço do site da empresa. Em segundo lugar, com cerca de 14% de participação, ficaram as compras influenciadas por promoções via e-mail. Já a satisfação com o serviço de entrega das lojas virtuais apresentou um bom patamar. Cerca de 81% dos e-consumidores ficaram satisfeitos com o serviço e receberam todos os produtos dentro do prazo determinado. *Consideramos e-consumidores todas as pessoas que já tiveram pelo menos uma experiência de compra virtual desde o ano 2000
  12. 12. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 12 www.ebitempresa.com.br Homens 66% Número de e-consumidores no Brasil* 2,8 mi 4 mi 16% 20% 1º Sem 2004 2º Sem 2004 1º Sem 2005 e-consumidores novos e-consumidores Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral:710.039 de Janeiro de 2001 a Junho de 2005 (www.ebitempresa.com.br) 17% 3,25 mi *Consideramos e-consumidores todas as pessoas que já tiveram pelo menos uma experiência de compra virtual desde o ano 2000
  13. 13. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 13 www.ebitempresa.com.br Homens 66% 1.3 – Influências Geográficas Considerando o primeiro trimestre de 2004 e de 2005 foram observadas algumas alterações no que diz respeito à representatividade de cada região brasileira em relação ao e-commerce nacional e também entre a participação da capital e o restante do Estado. Apesar de serem alterações muito leves, elas indicam uma tendência importante para o cenário brasileiro. No primeiro semestre de 2005, cerca de 67% do faturamento nacional foi gerado por compras realizadas na região Sudeste, principalmente no Estado de São Paulo. Em 2004, esta região representava 68%. Já, levando-se em conta apenas o Estado de São Paulo, que também possui a maior representatividade no âmbito nacional, cerca de 43% das transações do e-commerce nacional são realizadas por habitantes que residem em cidades paulistas. Já o tíquete médio é o menor (R$266), ficando um pouco a baixo da média nacional. Alguns dos fatores responsáveis pelo baixo tíquete médio são o maior volume de compras e o menor preço do frete. Assim, em Estados onde o valor da entrega é mais alto, comprar apenas um CD em uma loja virtual acaba não se tornando atraente. Em segundo lugar na participação está a região Sul com 12%. A queda da representatividade da região Sudeste em um ponto percentual e o resultado positivo de crescimento no varejo virtual nacional, indica que existe um movimento lento, mas gradativo de consumidores de outras regiões, que a princípio não se sentiam atraídos pela conveniência da Internet como canal de compras, estão se familiarizando e passando a ter o hábito de adquirir mais produtos sem sair de casa.
  14. 14. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 14 www.ebitempresa.com.br Homens 66% Participação por região 1º trimestre de 2005 Sul; 12% Nordeste; 10% Norte ; 4% Centro Oeste; 7% Sudeste; 67% Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral:118.313 de Janeiro a Março de 2005 (www.ebitempresa.com.br) Entre essas regiões podemos destacar a Norte e a Nordeste que passaram a representar de 3% e 9%, em 2004, para 4% e 10%, em 2005, respectivamente. O tíquete médio mais alto do trimestre foi registrado no Piauí, região Nordeste, com R$ 453. Esse alto valor do tíquete médio, mas com uma menor representatividade da região em relação às vendas do setor em todo o país, indica a disposição do consumidor em adquirir produtos em lojas virtuais, mas, há outros fatores como os culturais, as políticas de frete e hábitos de consumo ainda impossibilitam um maior volume de vendas.
  15. 15. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 15 www.ebitempresa.com.br 1.4 – Capital X Interior Já no que diz respeito à representa- tividade da Capital do Estado X Interior, em todos os Estados brasileiros comparando-se o primeiro semestre de 2004 com o primeiro de 2005, houve uma diminuição da participação da Capital e, conseqüentemente, crescimento do restante do Estado. Esse panorama apresenta ótimas perspectivas para o e-commerce brasileiro e demonstra que, a partir de 2005, passou a existir uma maior pulverização das compras em todo o território nacional. Os Estados cujo crescimento da repre- sentatividade do interior se destacou foram, Bahia, com o crescimento de 7 pontos percentuais, Maranhão, com crescimento de 8 pontos percentuais e Goiás, com crescimento de 8 pontos percentuais. Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral:118.313 de Janeiro a Março de 2005 (www.ebitempresa.com.br) Participação no 1º trimestre de 2005 56% 53% 44% 47%47% 20% 50% 53% 80% 50% Florianópolis / Santa Catarina São Paulo / São Paulo Goiânia / Goiás Salvador / Bahia São Luis / Maranhão Capital Demais cidades 3460 51030 2250 3852 844 Base amostral:
  16. 16. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 16 www.ebitempresa.com.br PARTE II Datas comemorativas e promoções impulsionam as vendas
  17. 17. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 17 www.ebitempresa.com.br Homens 66% No primeiro semestre do ano há duas datas importantes que impulsionam as vendas. A primeira delas é o Dia das Mães, que também é considerado como o segundo Natal para o varejo. E a segunda é o Dia dos Namorados, que gera bons resultados para segmentos específicos como presentes, flores e cosméticos. No período de 30 dias que antecedem a comemoração do Dia das Mães, as lojas virtuais faturaram mais de R$ 171 milhões, cerca de 35% a mais que em 2004. O tíquete médio foi de R$ 298 e foram feitos mais de 500 mil pedidos, o que resultou em um crescimento de 24% no volume de vendas em relação ao mesmo período do ano anterior. Já no Dia dos Namorados, considerando-se o período de 30 dias que antecedem a data, o faturamento das lojas virtuais foi inferior ao do Dia das Mães, porém indicou um crescimento de 59% em relação a 2004. O tíquete médio foi de R$ 288 e o crescimento do volume de vendas foi de 47% quando comparado ao mesmo período de 2004. 2.1 – Dia das Mães: O Natal do primeiro semestre 591 mil576 milVolume de pedidos R$ 288R$ 298Tíquete médio R$ 170 miR$ 171,4 miFaturamento Dia dos Namorados (12/05/05 a 13/06/05) Dia das Mães (08/04/05 a 09/05/05) Quadro Comparativo: Dia das Mães x Dia dos Namorados Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral: 83.174 de 08/04/05 a 09/05/05 e de 12/05/05 a 13/06/05 (www.ebitempresa.com.br)
  18. 18. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 18 www.ebitempresa.com.br Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral: 83.174 de 08/04/05 a 09/05/05 e de 12/05/05 a 13/06/05 (www.ebitempresa.com.br) * O segmento de Eletrônicos engloba os seguintes produtos: TVs, vídeos, aparelhos de som, câmeras digitais e aparelhos de DVD. Flores 2% Telefonia e Celulares 6% Saúde e Beleza 8% Saúde e Beleza 9% Eletrônicos* 14% Eletrônicos* 15% Livros, Revistas e Jornais 17% Livros, Revistas e Jornais 15% Títulos de CD, DVD e Vídeo 23% Títulos de CD, DVD e Vídeo 21% Dia dos Namorados (12/05/05 a 13/06/05) Dia das Mães (08/04/05 a 09/05/05) Quadro Comparativo: Dia das Mães x Dia dos Namorados Produtos em destaque – volume de vendasAo longo do primeiro semestre de 2005 e, principalmente no Dia das Mães e no Dia dos Namorados, algumas categorias de produtos apresentaram um desempenho acima da média, o que indica uma tendência de comportamento de compra dos e-consumidores. Os produtos da categoria de CD´s e DVD´s, que continuam em primeiro no ranking dos mais vendidos, perderam participação e representam pouco mais de 20% dos pedidos. Até o ano passado representavam mais de 27%. Já categorias como Saúde e Beleza e Telefonia ganharam espaço nas vendas pela Internet e subiram de 7% e 3%, respectivamente, para 9% e 6%, quando comparado o período de vendas do Dia das Mães de 2004 e 2005.
  19. 19. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 19 www.ebitempresa.com.br 2.2 – LiquidaWeb Organizada pela Camara-e.net, o LiquidaWeb é uma ação promovida para atrair novos e-consumidores e incentivar as compras pela Internet em um período de vendas mais fracas. Até o ano passado, o período de promoções era chamado de Semana.Compre. Este ano o período, que, em vez de 7 dias, teve 10 dias e se caracterizou pela oferta de produtos com valores mais baixos e promoções de frete foi responsável por mais de 90 mil pedidos, considerando as lojas participantes. Esse ano, onze grandes empresas participaram da ação, entre elas Americanas.com, Extra, Livraria Cultura, Livraria Saraiva, Magazine Luiza, Marisa, Shoptime, Siciliano, Som Livre, Submarino e Tok&Stok. O período da LiquidaWeb foi do dia 1º de Julho ao dia 10 do mesmo mês. O faturamento destas lojas correspondente a este período foi de R$ 25 milhões. Apesar de ter 3 dias a mais em relação à Semana.Compre 2004, isso significa um crescimento de 77%. 90,5 mil54 mil Volume de pedidos R$ 277R$ 262Tíquete médio R$ 25 miR$ 14 miFaturamento Liquida Web 2005 (01/07/05 a 10/07/05) Semana.Compre 2004 (13/09/04 a 19/09/04) Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral: 10.331 de 13/09/04 a 19/09/04 e de 01/07/05 a 10/07/05 (www.ebitempresa.com.br) Quadro Comparativo: 2004 x 2005
  20. 20. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 20 www.ebitempresa.com.br Homens 66% Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral: 10.331 de 13/09/04 a 19/09/04 e de 01/07/05 a 10/07/05 (www.ebitempresa.com.br) * O segmento de Eletrônicos engloba os seguintes produtos: TVs, vídeos, aparelhos de som, câmeras digitais e aparelhos de DVD. Telefonia e Celulares 7% Telefonia e Celulares 3% Eletrônicos* 16% Eletrônicos* 11% Livros, Revistas e Jornais 21% Livros, Revistas e Jornais 23% Títulos de CD, DVD e Vídeo 28% Títulos de CD, DVD e Vídeo 34% Liquida Web 2005 (01/07/05 a 10/07/05) Liquida Web 2004 (13/09/04 a 19/09/04) Já o volume de pedidos foi cerca de 67% maior. As promoções consistem em descontos no valor dos produtos, facilidades no pagamento, isenção de fretes e outros, que variam de acordo com a loja. No ano passado este período de promoções foi de 13 de Setembro até 19 Setembro e gerou faturamento de mais de R$ 14 milhões. O tíquete médio em 2004 foi R$ 262 e este ano R$ 277. Quadro Comparativo: 2004 x 2005 Produtos em destaque
  21. 21. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 21 www.ebitempresa.com.br PARTE III Pesquisa Especial de Celulares
  22. 22. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 22 www.ebitempresa.com.br Homens 66% O segmento de celulares vem conquistando gradativamente seu espaço na participação das vendas no comércio eletrônico, e em períodos que antecedem as datas comemorativas estes produtos passam a se posicionar entre os 5 mais vendidos. De acordo com o acompanhamento da e-bit, o segmento de Telefonia e Celulares, no primeiro semestre de 2003, ocupava o 9º lugar no ranking dos produtos mais vendidos com 2% da participação das vendas, em 2004 ocupou o 8º lugar com um ponto percentual a mais (3%) e este ano também permaneceu no 8º lugar, porém representando 5% das vendas pela Web. Esse crescimento é mais acentuado nos períodos que antecedem datas comemorativas. Por exemplo, comparando o Dia das Mães deste ano com o do ano passado, o crescimento na participação foi de 5 pontos percentuais, chegando à representatividade de 8% e, comparando o Dia dos Namorados, o crescimento foi de 4 pontos percentuais chegando a mesma marca de 8%. Assim, identificando o aumento da importância dessa categoria nas vendas do comércio eletrônico, a e- bit foi a fundo para entender os hábitos e preferências dos consumidores no momento de adquirir um aparelho celular. 3.1 – Celular, o presente da vez - Período de coleta da Pesquisa de 05/07/2005 a 10/07/2005 - Base amostral 4281 respondentes - 43% utiliza o próprio computador para acessar a Internet - 84% tem acesso banda larga - 81% possui celular Perfil da amostra
  23. 23. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 23 www.ebitempresa.com.br Por ser um segmento que está se destacando no e-commerce nacional, a e-bit aplicou de 05/07/05 até 10/07/05 uma pesquisa para identificar o perfil, comportamento e expectativas que o e-consumidor tem ao adquirir um aparelho de celular. A pesquisa foi respondida por 4.281 e-consumidores cadastrados na base de respondentes da e-bit. As principais características e o perfil identificado foi o seguinte: 3.2 – Hábitos e preferências no momento de comprar o celular Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral: 4.218 (www.ebitempresa.com.br) Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral: 4.202 (www.ebitempresa.com.br) Perfil dos respondentes Faixa etária 25 a 34 anos; 36% Demais faixas; 21% 35 a 49 anos; 43% Sexo Homens 63% Mulheres; 47%
  24. 24. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 24 www.ebitempresa.com.br Dos respondentes da pesquisa, cerca de 64% destes e-consumidores compraram um aparelho celular no último ano em lojas físicas ou virtuais. Para se ter idéia, levando-se em conta apenas os últimos 6 meses foram cerca de 35%. Além disso, das pessoas que compraram celular no primeiro semestre de 2005, cerca de 17% adquiriam o produto para presente. Este dado confirma o crescimento da participação do setor e explica o pico de vendas nos períodos que antecedem as datas comemorativas. Já em relação às operadoras com maior participação de vendas, cerca de 37% dos respondentes informou ter adquirido um celular da Vivo em qualquer canal de venda (Internet, loja da operadora, etc). Já a TIM ficou em segundo lugar, com 26% e Claro, que ocupou o terceiro lugar com 23%. 3.3 – Vivo: Conquistando maior número de e-consumidores Participação de vendas 2% 37% 26% 23% 6% 3%2,5% 0,5% Amazônia Celular Telemig Celular Brasil Telecom Oi Claro TIM Vivo Outras Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral:3.695 (www.ebitempresa.com.br) Participação de vendas por operadora em qualquer canal de venda (Internet, loja da operadora, etc)
  25. 25. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 25 www.ebitempresa.com.br Além disso, a pesquisa procurou analisar o grau de satisfação e insatisfação dos usuários com suas operadoras e também como eles avaliam o plano escolhido (pré e pós-pago). Apesar de figurar em primeiro no ranking das operadoras com maior participação em vendas, a pesquisa indica que os clientes da Vivo a colocaram em segundo lugar no ranking dos mais insatisfeitos, perdendo apenas para a Brasil Telecom. Já o ranking dos clientes mais satisfeitos é liderado pela TIM e Oi, com 67% cada. Abaixo o gráfico de Satisfação vs. insatisfação por Operadora: 3.4 – Satisfeitos X Insatisfeitos Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral:9.692 (www.ebitempresa.com.br) 19% 11% 12% 14% 16% 14% 16% 18% 67% 60% 59% 58% 49% 60% 67% 24% 26% 25% 31% 21% 27% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% TIM Oi Amazônia Celular Claro Telemig Vivo Brasil Telecom Satisfação e Insatisfação por Operadora Muito Insatisfeito + Insatisfeito Indiferente Muito Satisfeito + Satisfeito
  26. 26. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 26 www.ebitempresa.com.br 3.5 – Quais são as marcas preferidas de aparelhos? Além da satisfação com as operadoras, a pesquisa, realizada no mês de Julho, também procurou identificar as preferências dos consumidores em relação à aparelhos e marcas. Em 1º lugar na participação das vendas ficou a Nokia, com 32% de participação. Em 2º ficou a Motorola, com 29%, seguida da Siemens, com 14%. Marcas mais vendidas 29% 32% 14% 11% 7% 3%2% Gradiente Sony Ericsson LG Samsung Siemens Motorola Nokia Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral:3.701 (www.ebitempresa.com.br) Além disso, segundo dados do acompanhamento da e-bit sobre as vendas do segmento de Telefonia e Celular no e-commerce nacional, o tíquete médio da categoria foi R$ 321 em 2003, R$ 284 em 2004 e este semestre R$ 401. Mais de 60% das compras foram feitas pelos homens e a maioria pertence a faixa etária de 35 a 49 anos.
  27. 27. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 27 www.ebitempresa.com.br 3.6 - O que mais revela a pesquisa? A pesquisa de hábitos e tendências do mercado de celulares, realizada pela e-bit, também procurou mapear o perfil dos consumidores e identificar as preferências dos consumidores em relação às características dos aparelhos. Abaixo, conheça as demais informações coletadas na pesquisa: - Perfil de Utilização de Internet (Tempo conectado, tipo de conexão, serviços mais utilizados, etc); - Atributo decisor no momento da aquisição (Tecnologia, câmera fotográfica, com MP3, etc); - Planos das operadoras (Pré-pago, pós-pago); - Tipo de loja em que comprou o aparelho (Internet, loja da operadora, loja de departamentos, etc); - Intenção de troca de aparelho e operadora para os próximos 6 meses; O Relatório completo da pesquisa especial de celulares é comercializado pela e-bit. Entre em contato pelo e-mail negocios@ebit.com.br que teremos prazer em atendê-lo.
  28. 28. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 28 www.ebitempresa.com.br PARTE IV Expectativas para o fechamento de 2005
  29. 29. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 29 www.ebitempresa.com.br Considerando todo o ano de 2004, o e-commerce brasileiro faturou R$ 1,7 bi e conforme as expectativas, neste ano o faturamento deve superar a casa dos R$ 2,3 bi. Além disso, a existência de um maior número de datas consideradas especiais pelo varejo no segundo semestre em relação ao primeiro, como é o caso do Dia dos Pais, Dia das Crianças e principalmente o Natal, data mais aquecida do ano, podem levar o setor a uma marca superior aos R$ 2,3 bi. Para se ter idéia, em 2005, durante o período que corresponde às vendas do Natal, as lojas virtuais faturaram R$ 284 mi e este ano o faturamento deverá ser de aproximadamente R$ 370 mi. Em 2004, com cerca de 3 milhões de adeptos do e-commerce, o setor gerou cerca de 5,6 milhões de pedidos. Já em 2005, com o aumento da base de consumidores, a projeção é de que as lojas virtuais deverão fechar o ano com 1,6 milhão de pedidos a mais, ou seja, cerca de 7,2 milhões de pedidos ao longo de 12 meses. Como vimos, novos e-consumidores, de todas as regiões e cidades do país também estão se rendendo às facilidades do canal de compras pela Web. Com isso, a tendência é de que, cada dia mais, o varejo virtual passe a disputar com o varejo tradicional a preferência do consumidor. Assim, sai na frente o varejista que conseguir adequar estratégias multicanais ao seu modelo de negócio. 4.2 - E-commerce 2005: Faturamento acima dos R$ 2,3 bi
  30. 30. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 30 www.ebitempresa.com.br 7,2* mi 6,6 mi 4,3 mi 3,6 mi 2,5 mi 2001 2002 2003 2004 2005* Fonte: Grupo de pesquisas e-bit / Base amostral: 1.555.786 de Janeiro de 2001 a Junho de 2005 (www.ebitempresa.com.br) *2005 previsão Volume de Pedidos em Lojas Virtuais Brasileiras
  31. 31. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 31 www.ebitempresa.com.br O programa PC Conectado criado pelo Governo Federal tem como principal objetivo facilitar o acesso a computadores e à Internet aos brasileiros de baixa renda. Apesar de ter sido adiado algumas vezes pelo Governo, o lançamento do projeto que proporcionará às pessoas de classes C e D acesso facilitado à aquisição de um microcomputador pessoal com acesso à Internet, deve gerar aumento na participação de pessoas de faixas de renda mais baixas no e-commerce nacional, gradativamente ao longo dos próximos anos. Com isso, o programa de inclusão digital do governo passa a ser de direto interesse de todos os segmentos envolvidos no comércio eletrônico, e-business e Internet brasileira. Este programa foi implantado na Ásia em Outubro de 2004 com a diferença de que cada consumidor escolheu a configuração e os programas de seu interesse, o que evitou o aumento da pirataria. Já no Brasil todos terão plataforma operacional Linux, o que barateia os gastos para a implantação do programa. A intenção do governo é vender 1 milhão de computadores, no primeiro ano, na faixa de R$ 1.000,00, permitindo dividir em até 24 vezes. Para que seja possível manter o valor baixo e ter o parcelamento mais longo ainda é preciso que seja decidido sobre a isenção total ou parcial dos impostos sobre importação. 4.2 - PC Conectado e a inclusão de novos consumidores
  32. 32. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 32 www.ebitempresa.com.br Sobre a e-bit A e-bit é uma empresa de pesquisa e marketing online fundada com a missão de auxiliar empresas a atrair, manter e rentabilizar seus clientes, alavancando a utilização da Internet como um poderoso canal de relacionamento. As informações sobre e-commerce da e-bit são coletadas junto a consumidores após realizarem compras em aproximadamente 440 lojas virtuais. De Abril de 2.000 a Julho de 2005, a e-bit já coletou mais de 2,3 mi de avaliações de e-consumidores. Além de avaliações de lojas virtuais, cuja classificação é divulgada em seu site (www.ebit.com.br), a e-bit também presta serviços de pesquisa quantitativas e qualitativas, gerenciamento de campanhas de e- mail marketing, além de relatórios de Inteligência de Mercado e Investigação de Usabilidade. Para saber mais sobre os serviços da e-bit, consulte o site www.ebitempresa.com.br . Principais Clientes VisanetTicket ServiçosTerra TecBanSulAmérica SegurosSubmarino Siemens Philips Pão de Açúcar MasterCard Extra.com Correios BASF Banco do Brasil Questex MediaPrevi PfizerPernambucanas OvertureNestlé IntelHSBC Editora AbrilCredicard CitibankBraskem Banco Banespa SantanderBanco Real Americanas.comAmerican Express
  33. 33. Apoio: e-bit - Todos os direitos reservados 33 www.ebitempresa.com.br Sobre a Camara-e.net Sobre a Camara-e.net A Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico foi fundada em 07 de Maio de 2001 por 100 das principais empresas do Brasil. Camara-e.net tem como missão discutir, posicionar, promover, representar e defender os interesses coletivos de empresas, entidades e usuários associados, envolvidos em atividades de comércio, relações e negócios por meios eletrônicos. Nesse sentido, comércio eletrônico significa investimentos em tecnologia da informação aplicada à modernização das relações econômicas e ao aumento de produtividade e competitividade em todos os níveis. A Camara-e.net é a principal entidade multi-setorial da Economia Digital no Brasil e América Latina, voltada ao comércio eletrônico como fator estratégico de desenvolvimento econômico na era do conhecimento. Participe da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico. Influencie o presente e o futuro do comércio eletrônico no Brasil. www.camara-e.net
  34. 34. Contatos www.ebitempresa.com.br Pedro Guasti negocios@ebit.com.br 55 11 3040-3737 www.camara-e.net Ricardo Dias info@camara-e.net 55 11 3026-9111 Apoio

×