A maioria dos seres vivosdepende de outras espécies parasobreviver. Uma espéciegeralmente explora a outra, masduas espécie...
INTERESPECÍFICAInteração entreseres de espéciesdiferentes.CLASSIFICAÇÃOINTRA-ESPECÍFICAInteração entreseres da mesmaespécie.
INTRA-ESPECÍFICA / INTERESPECÍFICAHARMÔNICAS DESARMÔNICASPelo menos umindivíduo saiprejudicado.Podem gerarinterações dotip...
RELAÇÕES INTRA-ESPECÍFICASHARMÔNICASCOLÔNIA :Relação do tipo +/+Agrupamento deindivíduos da mesmaespécie que sãoestrutural...
HETEROMORFAS:Com diferenciaçãomorfológica entre osindivíduos e divisão detrabalho.ISOMORFAS:Todos indivíduos sãoiguais e n...
Caracteriza-sepela cooperaçãoentre indivíduosda mesmaespécie que têmindependênciafísica uns dosoutros.SOCIEDADES:Relação d...
HETEROMORFAS:diferentes funções sãoexercidas por indivíduosanatomicamentediferentes.ISOMORFAS: apesar dehaver divisão de t...
MUTUALISMO:Relação do tipo +/+RELAÇÕES INTERESPECÍFICASHARMÔNICASRelação entreespécies diferentesonde ambas sãobeneficiada...
Líquens:Associação dealgas e fungo
Ruminantes / Bactériasdo seu trato digestivo.Micorrizas- fungo/raízes
Relação entreespécies diferentes,na qual ambas sebeneficiam; contudo,tal associação não éobrigatória, podendocada espécie ...
Associação entreindivíduos deespécies diferentes,onde um ser vivoutiliza o outro, comomoradia - suporte ouabrigo.INQUILINI...
O peixe Fierasfer (peixe agulha) refugia-se no interior do pepino-do-mar(equinodermo).
Envolve indivíduosde espéciesdiferentes, na qualum deles se alimentadas sobras ou restosda alimentação dooutro, sem qualqu...
RELAÇÕES INTRA-ESPECÍFICASDESARMÔNICASCOMPETIÇÃO:Relação do tipo -/-Relação em queindivíduos damesma espécie lutampor algu...
A competição é um dos fatoreslimitantes do crescimento daspopulações naturais e está intimamenterelacionada com o processo...
É uma relação entreindivíduos damesma espécie naqual um indivíduose alimenta dooutro.CANIBALISMO:Relação do tipo +/-
Relação em que oindivíduo predadorcaptura e mata umindivíduo de outraespécie, a presa,que lhe servirá dealimento.PREDATISM...
O predatismo é um fator limitante docrescimento das populações naturais.Plantas carnívoras sãoum raro exemplo emque o pred...
No processo evolutivo a relaçãoPRESA-PREDADOR favoreceu, emambos, a perpetuação decaracterísticas que garantem ora osucess...
Relação entre seresde espéciesdiferentes, em queum deles (parasita)vive no corpo dooutro (hospedeiro),do qual retiraalimen...
Embora os parasitas possam causar amorte do hospedeiro, em muitoscasos trazem-lhes apenas prejuízos.Os herbívoros que cons...
COMPETIÇÃO:Relação do tipo -/-Ocorre quando duaspopulações deespécies diferentes,em uma mesmacomunidade,apresentam nichose...
Princípio de Gause(Princípio da exclusão competitiva)O Princípio de Gause diz respeito ao processode competição inter-espe...
Esse mecanismo pode determinar o controleda densidade das duas populações queestão interagindo, a extinção de uma delasou ...
QUANTOS DIFERENTES TIPOS DERELAÇÕES ECOLÓGICAS PODEMSER IDENTIFICADAS NA FIGURAABAIXO?
RELAÇOESECOLÓGICASINTRA-ESPECÍFICAINTERESPECÍFICAHARMÔNICASDESARMÔNICASColôniaSociedadeCompetiçãoCanibalismoHARMÔNICASInqu...
Rela es ecol_gicas_alunos
Rela es ecol_gicas_alunos
Rela es ecol_gicas_alunos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rela es ecol_gicas_alunos

390 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
390
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Em geral o aluno tende a entender a competição inter ou intra-específica como do tipo +/-. N o entanto, nas relações de competição há gasto excessivo de energia entre as espécies envolvidas em uma competição, o que acarreta prejuízo para os participantes enquanto ela estiver ocorrendo. Com a competição, haverá menos recursos para ambas as espécies, mesmo que uma delas seja favorecida.
  • NICHO ECOLÓGICO: É o conjunto dos hábitos e características de um indivíduo, que determina a sua relação com o meio abiótico e com os demais seres vivos da população e da comunidade onde está inserido. A figura utilizada neste slide mostra a competição entre hienas e urubus.
  • São 5 ao todo: 1. vaca / pasto – herbivoria; 2. vaca / bactérias do seu estômago: mutualismo; 3. pássaros/vaca: protocooperação; 4. pássaros / carrapatos: predatismo; 5. carrapatos / vaca: parasitismo.
  • Rela es ecol_gicas_alunos

    1. 1. A maioria dos seres vivosdepende de outras espécies parasobreviver. Uma espéciegeralmente explora a outra, masduas espécies podem, algumasvezes, juntar forças na luta pelasobrevivência...
    2. 2. INTERESPECÍFICAInteração entreseres de espéciesdiferentes.CLASSIFICAÇÃOINTRA-ESPECÍFICAInteração entreseres da mesmaespécie.
    3. 3. INTRA-ESPECÍFICA / INTERESPECÍFICAHARMÔNICAS DESARMÔNICASPelo menos umindivíduo saiprejudicado.Podem gerarinterações dotipo:(+/-), (0/-) ou (-/-)Não há prejuízopara nenhumadas partesassociadas.Podem gerarinterações dotipo: (+/+) ou(+/0)
    4. 4. RELAÇÕES INTRA-ESPECÍFICASHARMÔNICASCOLÔNIA :Relação do tipo +/+Agrupamento deindivíduos da mesmaespécie que sãoestruturalmenteligados uns aosoutros.
    5. 5. HETEROMORFAS:Com diferenciaçãomorfológica entre osindivíduos e divisão detrabalho.ISOMORFAS:Todos indivíduos sãoiguais e não há divisãode trabalho.
    6. 6. Caracteriza-sepela cooperaçãoentre indivíduosda mesmaespécie que têmindependênciafísica uns dosoutros.SOCIEDADES:Relação do tipo +/+
    7. 7. HETEROMORFAS:diferentes funções sãoexercidas por indivíduosanatomicamentediferentes.ISOMORFAS: apesar dehaver divisão de trabalhonão há diferençassignificativas entre os seusmembros componentes.
    8. 8. MUTUALISMO:Relação do tipo +/+RELAÇÕES INTERESPECÍFICASHARMÔNICASRelação entreespécies diferentesonde ambas sãobeneficiadas e nãopodem viverseparadamente.
    9. 9. Líquens:Associação dealgas e fungo
    10. 10. Ruminantes / Bactériasdo seu trato digestivo.Micorrizas- fungo/raízes
    11. 11. Relação entreespécies diferentes,na qual ambas sebeneficiam; contudo,tal associação não éobrigatória, podendocada espécie viverisoladamente.PROTOCOOPERAÇÃO:Relação do tipo +/+
    12. 12. Associação entreindivíduos deespécies diferentes,onde um ser vivoutiliza o outro, comomoradia - suporte ouabrigo.INQUILINISMO:Relação do tipo +/0As epífitas ( as bromélias e as orquídeas )que vivem sobre os troncos de árvores.
    13. 13. O peixe Fierasfer (peixe agulha) refugia-se no interior do pepino-do-mar(equinodermo).
    14. 14. Envolve indivíduosde espéciesdiferentes, na qualum deles se alimentadas sobras ou restosda alimentação dooutro, sem qualquerprejuízo.COMENSALISMO:Relação do tipo +/0
    15. 15. RELAÇÕES INTRA-ESPECÍFICASDESARMÔNICASCOMPETIÇÃO:Relação do tipo -/-Relação em queindivíduos damesma espécie lutampor algumcomponente doambiente.
    16. 16. A competição é um dos fatoreslimitantes do crescimento daspopulações naturais e está intimamenterelacionada com o processo evolutivopor seleção natural.•Animais competem pelo território, peloalimento e por parceiros na reprodução.•Vegetais competem pelos nutrientesdo solo, luz, água, etc.
    17. 17. É uma relação entreindivíduos damesma espécie naqual um indivíduose alimenta dooutro.CANIBALISMO:Relação do tipo +/-
    18. 18. Relação em que oindivíduo predadorcaptura e mata umindivíduo de outraespécie, a presa,que lhe servirá dealimento.PREDATISMO:Relação do tipo +/-RELAÇÕES INTERESPECÍFICASDESARMÔNICAS
    19. 19. O predatismo é um fator limitante docrescimento das populações naturais.Plantas carnívoras sãoum raro exemplo emque o predador é umaplanta.Quando o animal utilizaplantas como alimento,fala-se em herbivoria.
    20. 20. No processo evolutivo a relaçãoPRESA-PREDADOR favoreceu, emambos, a perpetuação decaracterísticas que garantem ora osucesso do predador ora o da presa.O predatismo é fundamental tambémnos processos evolutivos por seleçãonatural.
    21. 21. Relação entre seresde espéciesdiferentes, em queum deles (parasita)vive no corpo dooutro (hospedeiro),do qual retiraalimentos.PARASITISMO:Relação do tipo +/-ECTOPARASITAS(externos)ENDOPARASITAS(internos)
    22. 22. Embora os parasitas possam causar amorte do hospedeiro, em muitoscasos trazem-lhes apenas prejuízos.Os herbívoros que consomem plantasinteiras são considerados predadorese parasitas quando consomem partesdas mesmas sem porém causar-lhes amorte.
    23. 23. COMPETIÇÃO:Relação do tipo -/-Ocorre quando duaspopulações deespécies diferentes,em uma mesmacomunidade,apresentam nichosecológicossemelhantes.
    24. 24. Princípio de Gause(Princípio da exclusão competitiva)O Princípio de Gause diz respeito ao processode competição inter-específica que acontecequando duas espécies diferentes habitam ummesmo ambiente e têm nichos muitosemelhantes. Assim duas espécies não podemocupar um mesmo nicho por muito tempo, umadelas irá sempre prevalecer, pois é maisadaptada àquele habitat.
    25. 25. Esse mecanismo pode determinar o controleda densidade das duas populações queestão interagindo, a extinção de uma delasou ainda a especialização do nichoecológico.
    26. 26. QUANTOS DIFERENTES TIPOS DERELAÇÕES ECOLÓGICAS PODEMSER IDENTIFICADAS NA FIGURAABAIXO?
    27. 27. RELAÇOESECOLÓGICASINTRA-ESPECÍFICAINTERESPECÍFICAHARMÔNICASDESARMÔNICASColôniaSociedadeCompetiçãoCanibalismoHARMÔNICASInquilinismoMutualismoProtocooperaçãoDESARMÔNICASAmensalismoPredatismoParasitismoCompetiçãoComensalismo

    ×