DESENVOLVIMENTO DE SÉRIES PARA TV 
AULA 1 | Panorama do Mercado de Criação para TV | Minom Pinho 
Transformações e novas d...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
Lei da TV Paga 12.485/2012 
• Regulamentação dos serviços de televisão por assinatu...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
Lei da TV Paga 12.485/2012 | COTAS 
Os canais que exibem predominantemente filmes, ...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
Lei da TV Paga 12.485/2012 | PRODUTORAS INDEPENDENTES 
a) não ser controladora, con...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
PROPRIEDADE SOBRE O CONTEÚDO: 
“poder dirigente sobre o patrimônio da obra audiovis...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
NOVOS CONTEÚDOS BRASILEIROS 
PRODUTORAS INDEPENDENTES 
PATENTES E PROPRIEDADES COME...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
CRESCIMENTO DA TV POR ASSINATURA E IMPACTOS DA LEI 
Estímulo para o surgimento de c...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
IMPACTOS DA LEI 
Estímulo para o surgimento de canais brasileiros, programados por ...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
NOVOS CONTEÚDOS BRASILEIROS 
PRODUTORAS INDEPENDENTES E PROGRAMADORAS BRASILEIRAS 
...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
O CRESCIMENTO DA TV PAGA (DADOS DE 2013) 
•O mercado de TV Paga cresceu 11% com rel...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
• CRESCIMENTO DA TV PAGA (DADOS DE 2013) 
Aumento da emissão de CPB (Certificados d...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
• CRESCIMENTO DA TV PAGA (DADOS DE 2013) 
Evolução do licenciamento de obras brasil...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
CRESCIMENTO DA TV PAGA (DADOS DE 2013) 
CRT CERTIFICADO DE REGISTRO DE TITULOS:
CRESCIMENTO DA TV PAGA (DADOS DE 2013)
CRESCIMENTO CONTEUDO BRASILEIRO NA TV
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
NOVOS CONTEÚDOS BRASILEIROS 
FORTALECIMENTO DE PRODUTORAS INDEPENDENTES E 
PROGRAMA...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
• FUNDO SETORIAL DO AUDIOVISUAL (ANCINE) 
Recursos reembolsáveis e não reembolsávei...
RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR 
BRASIL DE TODAS AS TELAS | POLÍTICA PÚBLICA 
- Uma ampla ação governamental que vis...
PROGRAMADORAS TV POR ASSINATURA 
CANAIS GLOBOSAT + SYNAPSE + BOX BRASIL + TVs públicas
DESENVOLVENDO CONTEÚDOS E SÉRIES DE TV 
NO NOVO PANORAMA DE MERCADO 
PONTOS RELEVANTES: 
- A AUDIENCIA, O PÚBLICO, COMO CA...
CRIANDO E DESENVOLVENDO SÉRIES DE TV 
PONTOS RELEVANTES: 
- SÉRIE NÃO É NOVELA 
Dica de artigo: 
http://davidfmendes.com/2...
DESENVOLVENDO SÉRIES DE TV – DIÁLOGO COM VÁRIAS JANELAS 
PONTOS RELEVANTES: 
- TV aberta, TV paga, VOD, desdobramentos par...
Atividade diagnóstica com cases da turma!
Links e dicas: 
Site da ancine: http://www.ancine.gov.br/lei-da-tv-paga 
Fundo Setorial do Audiovisual: http://fsa.ancine....
Links e dicas: 
Business Model Generation, Alexander Osterwalder 
http://www.businessmodelgeneration.com 
Em português: 
h...
Obrigada! 
Minom Pinho 
contato@casaredonda.com.br
Desenvolvimento de Séries para TV - AULA 1 | Panorama do Mercado de Criação para TV | Minom Pinho | Setembro de 2014 - Red...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desenvolvimento de Séries para TV - AULA 1 | Panorama do Mercado de Criação para TV | Minom Pinho | Setembro de 2014 - Rede Cemec

585 visualizações

Publicada em

AULA 1 | Panorama do Mercado de Criação para TV | Minom Pinho | Transformações e novas demandas de criação e desenvolvimento de conteúdos no cenário audiovisual brasileiro.

A nova Lei de TV por assinatura (12.485/2011) e o recente lançamento pelo Governo Federal do Programa Brasil de Todas as Telas que pretende transformar o país em um dos cinco maiores mercados audiovisuais do mundo gerou enorme demanda por novos conteúdos brasileiros e por criadores, roteiristas, showrunners e produtores independents dispostos a criar, desenvolver e produzir séries e programas de televisão capazes de dialogar com as necessidades de mercado.

O curso Desenvolvimento de Séries para TV – Diálogos entre criação e mercado foi desenvolvido nesse contexto de expansão e amadurecimento das cadeias criativas e produtivas do setor audiovisual brasileiro de modo a proporcionar ao participante o entendimento dos desafios inerentes a este momento do mercado com foco em narrativas de FICÇÃO e NÃO FICÇÃO.

A ideia do curso é oferecer um conjunto de informações que amparem criadores, roteiristas e produtores na construção de processos de criação, desenvolvimento e adequação das suas ideias e formatos de séries de TV a partir de um diálogo com os desafios e oportunidades de mercado.

Este curso é direcionado para criadores, roteiristas, dramaturgos, escritores, produtores, profissionais de atendimento da área, estudantes de cursos de cinema e TV e público em geral interessado em criar, desenvolver e viabilizar séries e formatos para Televisão que compreendam as transformações do mercado audiovisual brasileiro na atualidade.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
585
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
53
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desenvolvimento de Séries para TV - AULA 1 | Panorama do Mercado de Criação para TV | Minom Pinho | Setembro de 2014 - Rede Cemec

  1. 1. DESENVOLVIMENTO DE SÉRIES PARA TV AULA 1 | Panorama do Mercado de Criação para TV | Minom Pinho Transformações e novas demandas de criação e desenvolvimento de conteúdos no cenário audiovisual brasileiro.
  2. 2. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR Lei da TV Paga 12.485/2012 • Regulamentação dos serviços de televisão por assinatura • O sentido da lei é criar as condições para a multiplicação de empreendimentos e a geração de riqueza interna; • Brasil como pólo produtor de audiovisual; • Segue modelo de outros países que se consolidaram como produtores de conteúdos e exportadores de formatos audiovisuais; • Programadoras internacionais passam a atender a cota de conteúdo nacional. • Na Europa as cotas são de 50% de conteúdos europeus no espaço qualificado em todos os canais. (fonte – Ancine)
  3. 3. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR Lei da TV Paga 12.485/2012 | COTAS Os canais que exibem predominantemente filmes, séries, animação, documentários (chamados de canais de espaço qualificado) passam a ter a obrigação de dedicar 3 horas e 30 minutos semanais de seu horário nobre à veiculação de conteúdos audiovisuais brasileiros, sendo que no mínimo metade deverá ser produzida por produtora brasileira independente. (fonte - Ancine)
  4. 4. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR Lei da TV Paga 12.485/2012 | PRODUTORAS INDEPENDENTES a) não ser controladora, controlada ou coligada a programadoras, empacotadoras, distribuidoras ou concessionárias de serviço de radiodifusão de sons e imagens; b) não estar vinculada a instrumento que, direta ou indiretamente, confira ou objetive conferir a sócios minoritários, quando estes forem programadoras, empacotadoras, distribuidoras ou concessionárias de serviços de radiodifusão de sons e imagens, direito de veto comercial ou qualquer tipo de interferência comercial sobre os conteúdos produzidos; c) não manter vínculo de exclusividade que a impeça de produzir ou comercializar para terceiros os conteúdos audiovisuais por ela produzidos. (fonte – Ancine)
  5. 5. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR PROPRIEDADE SOBRE O CONTEÚDO: “poder dirigente sobre o patrimônio da obra audiovisual” É a condição que permite aos detentores dos direitos patrimoniais utilizar, fruir e dispor da obra, bem como explorar diretamente ou outorgar direitos para as diversas modalidades de exploração econômica da obra ou de seus elementos derivados. Ao se garantir que a produtora independente seja a mandatária das obras audiovisuais que produzir, cumpre-se o objetivo definido na Lei 12.485, de induzir o desenvolvimento de um mercado audiovisual forte e que gere receitas para agentes econômicos brasileiros. (fonte – Ancine)
  6. 6. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR NOVOS CONTEÚDOS BRASILEIROS PRODUTORAS INDEPENDENTES PATENTES E PROPRIEDADES COMERCIALIZAVEIS FORTALECIMENTO DA INDÚSTRIA AUDIOVISUAL – PRODUCAO E COMERCIALIZAÇÃO NOVAS RECEITAS E NOVOS MERCADOS
  7. 7. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR CRESCIMENTO DA TV POR ASSINATURA E IMPACTOS DA LEI Estímulo para o surgimento de canais brasileiros, programados por empresas brasileiras, e também para produção de conteúdo brasileiro independente de maior valor agregado, como filmes, obras seriada para televisão, documentários, animação. (fonte - Ancine)
  8. 8. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR IMPACTOS DA LEI Estímulo para o surgimento de canais brasileiros, programados por empresas brasileiras, e também para produção de conteúdo brasileiro independente de maior valor agregado, como filmes, obras seriada para televisão, documentários, animação. A indústria cultural e do entretenimento terá um grande impulso, gerando riquezas, atraindo divisas e aumentando a oferta de empregos de alta qualificação. (fonte - Ancine)
  9. 9. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR NOVOS CONTEÚDOS BRASILEIROS PRODUTORAS INDEPENDENTES E PROGRAMADORAS BRASILEIRAS PATENTES E PROPRIEDADES COMERCIALIZÁVEIS FORTALECIMENTO DA INDÚSTRIA AUDIOVISUAL – PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO – GERAÇÃO DE DIVISAS NOVAS RECEITAS E NOVOS MERCADOS
  10. 10. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR O CRESCIMENTO DA TV PAGA (DADOS DE 2013) •O mercado de TV Paga cresceu 11% com relação a 2012. •A Lei 12.485/11 transformou a demanda potencial em demanda real: • Mais de 80 canais têm exibido, no horário nobre, filmes e seriados brasileiros. • Quadruplicou a presença da produção brasileira na TV Paga. • Para a Lei, precisa-se produzir 2.000 horas anuais de produção independente.
  11. 11. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR • CRESCIMENTO DA TV PAGA (DADOS DE 2013) Aumento da emissão de CPB (Certificados de Produto Brasileiro) para filmes, seriados e programas de TV:
  12. 12. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR • CRESCIMENTO DA TV PAGA (DADOS DE 2013) Evolução do licenciamento de obras brasileiras para TV Paga
  13. 13. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR CRESCIMENTO DA TV PAGA (DADOS DE 2013) CRT CERTIFICADO DE REGISTRO DE TITULOS:
  14. 14. CRESCIMENTO DA TV PAGA (DADOS DE 2013)
  15. 15. CRESCIMENTO CONTEUDO BRASILEIRO NA TV
  16. 16. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR NOVOS CONTEÚDOS BRASILEIROS FORTALECIMENTO DE PRODUTORAS INDEPENDENTES E PROGRAMADORAS BRASILEIRAS PATENTES E PROPRIEDADES COMERCIALIZÁVEIS FORTALECIMENTO DA INDÚSTRIA AUDIOVISUAL – PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO – GERAÇÃO DE RENDA E EMPREGO NOVAS RECEITAS E NOVOS MERCADOS
  17. 17. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR • FUNDO SETORIAL DO AUDIOVISUAL (ANCINE) Recursos reembolsáveis e não reembolsáveis: desenvolvimento, produção, comercialização e outros. Novas linhas para criação e desenvolvimento, produtoras, distribuidoras, programadoras. • EDITAIS REGIONAIS – 2014 Novas linhas de desenvolvimento e produção para TV com apoio da ANCINE|FSA • EMPRESAS voltadas AO DESENVOLVIMENTO SETORIAL – RIOFILME, SPCINE, outras… Investimento em produção, distribuição, exibição, infraestrutura, difusão e capacitação. A RIOFILME elevou sua receita, R$ 1,5 milhão em 2008  R$ 24 milhões no período de 2009 a 2012
  18. 18. RECENTES MUDANÇAS E IMPACTOS NO SETOR BRASIL DE TODAS AS TELAS | POLÍTICA PÚBLICA - Uma ampla ação governamental que visa transformar o País em um centro relevante de produção e programação de conteúdos audiovisuais. - Recursos do FSA - Fundo Setorial do Audiovisual - Conjuga diferentes modalidades de operação financeira, - Articula parcerias público privadas - Propõe novos modelos de negócios - Maior programa de desenvolvimento do setor audiovisual já construído no Brasil - 1 BILHÃO DE REAIS | R$ 94 milhões para desenvolvimento de projetos, roteiros, marcas e formatos (fonte – Ancine)
  19. 19. PROGRAMADORAS TV POR ASSINATURA CANAIS GLOBOSAT + SYNAPSE + BOX BRASIL + TVs públicas
  20. 20. DESENVOLVENDO CONTEÚDOS E SÉRIES DE TV NO NOVO PANORAMA DE MERCADO PONTOS RELEVANTES: - A AUDIENCIA, O PÚBLICO, COMO CAMINHO - GÊNEROS E FORMATOS - FICÇÃO, NÃO FICÇÃO E ANIMAÇÃO - CRIANDO PARA AS GRADES TELEVISIVAS – AUTORALIDADE E MERCADO - ORIGINALIDADE E IDENTIDADE - INOVAÇÃO E DIVERSIDADE - CRESCIMENTO DA TV POR ASSINATURA NO BRASIL – 35 MILHÕES DE ASSINANTES EM 5 ANOS(dados de 2011)
  21. 21. CRIANDO E DESENVOLVENDO SÉRIES DE TV PONTOS RELEVANTES: - SÉRIE NÃO É NOVELA Dica de artigo: http://davidfmendes.com/2014/05/04/serie-nao-e-novela/ - Série não é um conjunto de longas-metragens - A REALIDADE ORÇAMENTÁRIA BRASILEIRA - Como criar para que os custos de produção fiquem compatíveis - Como desenhar número de locações, cenários, número de personagens, complexidade da ação, etc para dialogar com custos de mercado - Criando situações e soluções de roteiro viáveis - Criação de formatos – comercializando patentes
  22. 22. DESENVOLVENDO SÉRIES DE TV – DIÁLOGO COM VÁRIAS JANELAS PONTOS RELEVANTES: - TV aberta, TV paga, VOD, desdobramentos para transmídia - Mercado Regional, Mercado Nacional, Mercado Internacional - Conteúdo para marcas – THE ALCHEMIST – Branded Content - Investidores e planos de negócios – outras possibilidades - Tvs publicas, Tvs educativas – Brasil e Mundo
  23. 23. Atividade diagnóstica com cases da turma!
  24. 24. Links e dicas: Site da ancine: http://www.ancine.gov.br/lei-da-tv-paga Fundo Setorial do Audiovisual: http://fsa.ancine.gov.br NETLABTV (aprendizado em rede): http://netlabtv.com.br http://netlabtv.com.br/categoria/entrevistas/ http://www.youtube.com/user/netlabtv ABPI-TV: http://abpitv.com.br/site/ Mercado Internacional TV: http://www.braziliantvproducers.com
  25. 25. Links e dicas: Business Model Generation, Alexander Osterwalder http://www.businessmodelgeneration.com Em português: http://www.altabooks.com.br/bmg.html Investidores Audiovisual: http://www.abvcap.com.br/sala-de-imprensa/noticias-abvcap.aspx?id=2616 Artigo Christian de Castro, consultor ABVCAP: http://startupi.com.br/2014/01/industria-audiovisual-brasileira-atrai-o-olhar-do-investidor/
  26. 26. Obrigada! Minom Pinho contato@casaredonda.com.br

×