Treinamento betoneira

514 visualizações

Publicada em

Treinamento para Operador de Betoneira

Publicada em: Dados e análise
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
514
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Treinamento betoneira

  1. 1. TREINAMENTO OPERADOR DE BETONEIRA
  2. 2. SEGURANÇA COM A BETONEIRA As principais causas de acidentes com a betoneira são: • Descargas elétricas; • Agarramento por partes móveis; • Tombamento, batidas e atropelamento quando há a movimentação da betoneira; • Queda repentina da caçamba carregadora; • Inalação de produtos químicos; • Dermatoses; • Ruído excessivo.
  3. 3. Descarga Elétrica • Devido a má instalações elétricas dos equipamentos, até mesmo algum fio desconectado encostado na carcaça do motor, falha do equipamento, falta de aterramento ou aterramento deficiente ou inadequado, falta de manutenção, poderá ocorrer uma descarga elétrica.
  4. 4. Agarramento por Partes Móveis • Devido à falta de proteções nas partes móveis e nas transmissões de força, o trabalhador que opera esta máquina pode ter contato com estas áreas podendo ter um membro esmagado ou até mesmo mutilado.
  5. 5. Dermatose A dermatose corre devido ao contato direto da pele com o cimento. Para impedir que isto aconteça deve-se ter o seguinte cuidado: Deve-se proteger o operador da betoneira contra o contato com o cimento principalmente através do uso de luvas.
  6. 6. Ruído Excessivo O ruído ocorre devido a falta de manutenção da betoneira, o local onde ela esta instalada, falta de lubrificação das partes móveis. Um dos principais efeitos do ruído sobre o trabalhador é a perda gradual da audição. Para atenuar esse ruído e obrigatório o uso do abafador.
  7. 7. PROBLEMAS PUMONARES:
  8. 8. Doenças Apesar das defesas naturais, alguns contaminantes conseguem penetrar profundamente no sistema respiratório e causar algumas doenças, como as Doenças mais comuns: bronquites, resfriados crônicos, alergias e sinusites são também provocadas pela inalação de contaminantes.
  9. 9. • Estima-se que o período entre 10 a 20 anos de exposição às poeiras são suficientes para o desenvolvimento de doenças pulmonares, as chamadas pneumoconioses. • As pneumoconioses são patologias resultantes da inalação, de partículas sólidas nos pulmões. • O quadro é agravado com o passar dos anos. • A poeira inalada permanece depositada nos pulmões, criando um quadro de fibrose, ou seja, o endurecimento do tecido pulmonar. A capacidade elástica dos pulmões é comprometida.
  10. 10. Como se proteger dos contaminantes Uma das formas de proteger o trabalhador contra a inalação de contaminantes é através do uso de Equipamento de proteção Respiratória (EPR). Estes equipamentos, popularmente conhecidos como respiradores (máscaras).
  11. 11. Roupas Apropriadas • Não use roupas largas, colares, anéis e/ou relógios pois podem ficar presos em partes móveis.
  12. 12. Não force o equipamento! • Trabalhe sempre dentro do índice de capacidade. ATENÇÃO Não utilize a betoneira para um propósito ao qual não foi desenvolvida
  13. 13. video
  14. 14. Desligue a força • Nunca abra a capa do motor antes de desconectar a betoneira. • Desligue a alimentação de energia quando não estiver usando a betoneira.
  15. 15. Mantenha a Betoneira com cuidado • Limpe a betoneira imediatamente após o uso; • Mantenha-a limpa para uso melhor e com maior segurança.
  16. 16. SEGURANÇA NAS OPERAÇÕES • CHOQUE ELÉTRICO: Verificar antes de utilizar se os fios da alimentação elétrica estão em boas condições de uso, sem cortes ou danos
  17. 17. ATENÇÃO Em nenhum momento deve ser introduzido o braço na caçamba, quando a máquina estiver em funcionamento, nem quando estiver parada.
  18. 18. ACIONAMENTO DA MÁQUINA *Ligue a chave contida na caixa do motor *Coloque e retire os materiais sempre com betoneira ligada *Observe a ordem de colocação dos materiais. CONCRETO: pedra, água, cimento e por último a areia e o restante da água. OBSERVAÇÃO: colocar os materiais sempre usando o balde
  19. 19. PROTEÇÃO DAS MÃOS Você sabia que a grande maioria dos casos de acidentes ocorridos envolvem lesões nas mãos? O que precisamos fazer para proteger nossas mãos?
  20. 20. • Para a proteção das nossas mãos, além do cumprimento das normas e procedimentos de segurança, podemos contar com alguns dispositivos de proteção, tais como luvas apropriadas para cada atividade. Sugestões para trabalharmos com segurança: • Ao executar qualquer atividade na obra, use luvas e certifique-se que todas as ações foram adotadas para proteger suas mãos; • Quando tiver que remover uma peça metálica que tenha se desprendido de alguma máquina, e se alojado em local de difícil acesso não coloque as mãos em área de risco. Use recurso apropriado.
  21. 21. • Tenha cuidado com ferramentas cortantes, execute força sempre em sentido oposto ao corpo e as mantenha protegidas quando estiverem fora de uso; • Ao movimentar qualquer tipo de carga, proteja suas mãos para que não fiquem presas entre objetos; • Sempre que o trabalho exigir, use luvas apropriadas e em condições. TRABALHE COM SEGURANÇA
  22. 22. LEMBRE-SE, UM DOS MEMBROS MAIS IMPORTANTES DO CORPO SÃO AS MÃOS, COM ELAS FAÇO TUDO! Tente fechar o botão sem usar o dedão
  23. 23. EPI’s • È todo dispositivo ou produto de uso individual utilizado pelo trabalhador contra um ou mais riscos que possam ocorrer simultaneamente e que sejam suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho. • A obrigatoriedade do uso e fornecimento do EPI esta na Norma regulamentadora NR 6.
  24. 24. • A empresa é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, EPI adequado ao risco, em perfeito estado de conservação e funcionamento (NR 6 item 6.3), cabendo também: • Adquirir adequado ao risco de cada atividade, exigir seu uso; • Fornecer ao trabalhador somente o aprovado pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho; • orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação; • substituir imediatamente, quando extraviado ou danificado (CASO EXTRAVIADO A EMPRESA PODE SE QUISER COBRAR PELO EPI PERDIDO).
  25. 25. Mas, também, Cabe ao empregado quanto ao EPI: • Usar, utilizando apenas para a finalidade a que se destina; • Responsabilizar-se pela guarda e conservação; • Comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso; • Cumprir as determinações do empregador sobre o uso adequado. O uso EPI é tem sido decisivo em muitos casos, tendo muitos exemplos de pessoas que foram salvas graças ao uso correto de EPI.
  26. 26. Os EPI's para operador de betoneira são: • Capacete • Protetor auditivo tipo concha; • Luva de proteção para as mãos; • Respirador Semi-Facial (Máscara) • Óculos de proteção.
  27. 27. MANUTENÇÃO: • Antes de iniciar o trabalho verificar as condições da betoneira; • Limpar a betoneira diariamente ao final da jornada de trabalho, sempre com a máquina desligada; • Verificar as condições da alimentação elétrica; • Lubrificar as engrenagens e partes móveis quando necessário;
  28. 28. Para manter e proteger a betoneira siga as instruções abaixo: *Antes de efetuar qualquer limpeza, assegure-se sempre que a betoneira esteja desligada e o cabo de alimentação desconectado da rede elétrica *Nunca bater no tambor com ferramenta que possa danificá-la A SUBSTITUIÇÃO DO CABO DE ALIMENTAÇÃO SOMENTE PODERÁ SER FEITA POR PESSOA AUTORIZADA
  29. 29. OQUE NÃO FAZER COM A BETONEIRA!!

×