Modulo 09 - A nova China

451 visualizações

Publicada em

A nova China

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
451
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modulo 09 - A nova China

  1. 1. 9º ano: Apostila 02 / Modulo 09 Professor Claudio Henrique Ramos Sales GEOGRAFIA
  2. 2. Superfície de 9,6 milhões de km². Atualmente Mais de 1 bilhão e 300 milhões de pessoas. Terceiro país mais extenso do globo.
  3. 3. China – 5 grandes regiões geográficas
  4. 4. Disposição do Relevo • Planícies: ocupam quase toda parte leste do país, com altitudes inferiores a 200 metros.(planícies dos Rio Amarelo e Azul). • Planaltos: ocupam a faixa central do país, o noroeste e o nordeste, com altitudes entre 200 e 2 mil metros. • Montanhas: o maior conjunto de montanhas do país está na porção sudoeste, onde se erguem elevados planaltos e cordilheiras com altitudes superiores a 2 mil metros.
  5. 5. O Relevo Chinês
  6. 6. O Clima • O Clima da China sofre influência de quatro fatores principais: Continentalidade, latitude, altitude e monções.
  7. 7. Aspectos Humanos O intenso crescimento da população chinesa vem sendo controlado desde 1979 com a política que estabeleceu o limite de um filho por casal. Num país onde predomina a população rural e o trabalho masculino é mais valorizado, tornaram-se comuns os casos de infanticídio feminino, o que provocou um desequilíbrio na distribuição da população por sexos. País mais populoso da Terra. Mais de 1 bilhão e 300 milhões de pessoas. Atualmente as taxa de crescimento vegetativo vem decaindo.
  8. 8. A densidade demográfica média do país é de 135 hab./Km², mas há locais de baixa ocupação humana, como nas regiões montanhosas do Tibet e nos desetos de Sin-Kiang e da Mongólia.
  9. 9. Deserto Gobi – Mongólia
  10. 10. Com as campanhas de limitação do número de filhos por casal, têm surtido efeito. A taxa de natalidade caiu quase pela metade durante a década de 1970.
  11. 11. Embora a economia esteja crescendo aceleradamente , o país ainda é pobre, que se reflete em alguns indicadores sociais: - altas taxas de analfabetismo, sobretudo entre as mulheres. - altas taxas de mortalidade infantil. - a China ainda é um país essencialmente rural, 60% de seus habitantes vivem no campo e em pequenas aldeias
  12. 12. Em termos percentuais, a parcela de habitantes nas cidades está entre as mais baixas do mundo, mas o país tem a maior população urbana mundial, com mais de 350 milhões de pessoas As maiores cidades são: Xangai (12,8 milhões), Beijing (10,8), Tianjin (9,2) e Shenyang (6,8)
  13. 13. Cidades Chinesas
  14. 14. CHINA MENOS DESENVOLVIDA, POUCO OCUPADA E DE ECONOMIA PRIMÁRIA POUCO MECANIZADA. (ECONOMIA CENTRALIZADA). CHINA MAIS DESENVOLVIDA, INDUSTRIALIZADA E DE GRANDE CONCENTRAÇÃO URBANA E POPULACIONAL. (COM ABERTURA PARA O MERCADO)
  15. 15. • A MÃO-DE-OBRA DISCIPLINADA E COM BAIXO SALÁRIOS (SETE VEZES MENOR QUE O PAGO PELA INDÚSTRIA BRASILEIRA) PERMITIRAM COM QUE A CHINA PRODUZISSE MUITOS PRODUTOS E CONSEGUISSE COMPETIR NO MERCADO INTERNACIONAL COM PREÇOS ALTAMENTE COMPETITIVOS. • ACREDITA-SE QUE ATÉ 2030 A CHINA TORNA-SE A MAIOR ECONOMIA MUNDIAL, PORÉM NÃO SIGNIFICARÁ SUA SAÍDA DO MUNDO SUBDESENVOLVIDOS, JÁ QUE TEM UMA ENORME POPULAÇÃO COM ENORMES PROBLEMAS SOCIAIS. ZEEs (ZONAS ECONÔMICAS ESPECIAIS) ABERTAS A PARTIR DE 1970. ÁREA JUNTO AO LITORAL QUE PERMITE A ENTRADA E INVESTIMENTOS DE EMPRESAS ESTRANGEIRAS.
  16. 16. MOVIMENTOS SEPARATISTAS TAMBÉM AUMENTARAM EM TODO O PAÍS. A REGIÃO DO TIBETE PRINCIPALMENTE. ESTA REGIÃO A OESTE DA CHINA TEM A MAIOR PARTE DE SUA POPULAÇÃO MULÇUMANA. PORÉM NOS ÚLTIMOS ANOS, COM OBJETIVO DE TORNAR ESSA REGIÃO DE FATO CHINESA, O GOVERNO VEM INVESTINDO EM CONSTRUÇÕES DE EDIFÍCIOS, ESTRADAS E FORÇANDO AOS CHINESES MIGRAREM PARA O TIBETE. PORÉM OS TIBETANOS SÃO INFERIORIZADOS, RECEBENDO MENORES SALÁRIOS ENQUANTO OS CHINESES OCUPAM OS CARGOS DE SALÁRIOS MAIORES.
  17. 17. A economia da nova China O estímulo às atividades agropecuárias era essencial à alimentação de milhões de bocas famintas. Revolução Socialista de 1949 a 1976. A China foi Governada por Mao Tsé-tung. Entre 1953 e 1957, contou com a ajuda da URSS. Rompendo com esta em 1958. Economia Planificada – prioridade à agricultura
  18. 18. A China de Deng Xiaoping Visando acelerar o desenvolvimento dos setores agrícola, industrial, da ciência e tecnologia e da defesa nacional, implementou o programa das Quatro Modernizações. Em 1978 Dois anos após a morte de Mao Tsé-tung. Deng Xiaoping assumiu a liderança do Partido Comunista Chinês. Deu início a uma série de modificações na economia chinesa.
  19. 19. A partir de 1980, a China promoveu uma série de reformas: • permitiram a entrada de capital estrangeiro; • admitiram o lucro como incentivo ao trabalho e ao desenvolvimento; • abriram relações comerciais com praticamente todos os países do mundo; • realizaram acordos de cooperação técnica e científica.
  20. 20. Garoto chinês tomando refrigerante na década de 1980. Qual o contraste a foto representa?
  21. 21. Mudanças econômicas e espaciais As taxas de crescimento econômico da China figuram entre as maiores do mundo. 1980 Foram criadas Com economia de mercado no molde capitalista. As Zonas Econômicas Especiais (ZEEs) Esse crescimento contou com investimentos: • dos EUA; • países europeus; • Japão; • Taiwan; • empresários chineses que vivem no exterior. Desde 1978 Priorizando a produtividade em detrimento da igualdade social. Com o programa das Quatro Modernizações.
  22. 22. China – Abertura econômica
  23. 23. Reformas capitalistas e controle comunista Hoje a China se encontra integrada ao sistema capitalista e conta com a presença de muitas empresas privadas que são fundamentais para os avanços econômicos do país. Porém o governo comunista evita usar o termo CAPITALISTA, preferindo o termo SOCIALISTA DE MERCADO. A China viveu nas últimas décadas uma aparente contradição. O sistema político continua centralizado no Partido Comunista. As manifestações populares têm sido severamente reprimidas.
  24. 24. A Agropecuária Chinesa Atividade agrícola Atualmente a propriedade rural continua a pertencer ao Estado, mas passou a ser gerenciada pelos próprios agricultores mediante um contrato de uso da terra por 30 anos, que pode ser renovado ou não. Pecuária Encontram condições naturais bastante favoráveis nas planícies fluviais situadas no leste. Os chineses Conseguem produzir safras anuais de mais de 500 milhões de toneladas.
  25. 25. Cultivo de arroz em terraço na China.Um deles é a soja, importada do Brasil. A China é o maior produtor mundial de cereais. Apesar da grande produção agrícola. O país ainda importa alguns produtos. Em razão do alto consumo de sua população.
  26. 26. Fonte: L’état du monde, 2005. • A extensão territorial do país; • A diversidade de solos e climas; • A antiguidade da atividade agrícola. Contribuíram para a formação de uma grande variedade de culturas. Entre as quais se destacam o arroz, cultivado principalmente no sul, e o trigo, cujo cultivo se concentra no norte.
  27. 27. Atividade industrial Apesar de ainda concentrar 60% da população no campo, o motor da economia chinesa atual é movido principalmente pela atividade industrial. A China é o segundo maior exportador mundial (superado apenas pelo e EUA) Os produtos industriais predominam na pauta das exportações. As indústrias de bens de consumo conquistaram destaque no mercado internacional.
  28. 28. Comércio exterior Fonte: Birô Nacional de Estatísticas chinês; Economist Intelligence Unit, 2007. A China, nos últimos 30 anos, cresceu mais do que qualquer outro país. Atraem capitais de todas as partes do mundo e garantem à China elevada competitividade no mercado mundial. Baixos salários Subvalorização da moeda chinesa em relação ao dólar.
  29. 29. A admissão da China na OMC, em 2001, foi outro fator que contribuiu para a ampliação do intercâmbio comercial e a geração de superávits recordes nos últimos anos. Incentivos fiscais, mão de obra barata e abundante e grande mercado consumidor São motivos de seus elevados investimentos externos, que alavancaram surpreendente crescimento econômico chinês.
  30. 30. ParteintegrantedaobraGeografiaHomemeEspaço,EditoraSaraiva Tênis produzido na China. SérgioDottaJr./TheNext Observe as imagens.
  31. 31. ParteintegrantedaobraGeografiaHomemeEspaço,EditoraSaraiva Equipamento eletrônico produzido na China. JaderAlto/Keystone
  32. 32. ParteintegrantedaobraGeografiaHomemeEspaço,EditoraSaraiva Brinquedo produzido na China. SergioDottaJr./TheNext
  33. 33. ParteintegrantedaobraGeografiaHomemeEspaço,EditoraSaraiva Roupa produzida na China. VidalEric/PhotoNews/Gamma/OtherImages
  34. 34. Poluição na China
  35. 35. CHINA ATUAL-FUTURO PRESENTE
  36. 36. CHINA ATUAL-FUTURO PRESENTE
  37. 37. CHINA ATUAL-FUTURO PRESENTE
  38. 38. CHINA ATUAL-FUTURO PRESENTE
  39. 39. CHINA-POTÊNCIA MUNDIAL DO SÉC.XIX

×