Lição 2 advertências contra o adultério

8.705 visualizações

Publicada em

Aula ministrada pelo Ev. Natalino das Neves - Programa IEADSJP_EBDTV
IEADSJP - Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais
Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva
Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana
Co-Pastor da Sede: Josué Barros Abreu
Sup. EBD-Sede: Ev. Ismael Nascimento de Oliveira

2 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.705
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.267
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
130
Comentários
2
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lição 2 advertências contra o adultério

  1. 1. LIÇÕES BÍBLICAS - CPAD 4º TRIMESTRE DE 2013 Lição 2 13 de outubro de 2013 Advertências Contra o Adultério Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  2. 2. ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO EM UM DOS ENDEREÇOS ABAIXO: www.redemaoamiga.com.br www.natalinodasneves.blogspot.com.br SUGESTÃO: 1) Assista o vídeo; 2) Baixe este arquivo; 3) Assista novamente o vídeo, acompanhando com este arquivo de slides.
  3. 3. REFERÊNCIA TEXTO/TEMA Texto áureo (Lições bíblicas do professor) "Bebe a água da tua cisterna e das correntes do teu poço. [...] Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade" (Pv 5.15,18). Verdade prática (Lições bíblicas do professor) A melhor prevenção contra o adultério é temer ao Senhor e estreitar os laços do amor conjugal.
  4. 4. LEITURA BÍBLICA – Pv 5:1-6 1 - Filho meu, atende à minha sabedoria; à minha razão inclina o teu ouvido; 2 - para que conserves os meus avisos, e os teus lábios guardem o conhecimento. 3 - Porque os lábios da mulher estranha destilam favos de mel, e o seu paladar é mais macio do que o azeite; 4 - mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois fios. 5 - Os seus pés descem à morte; os seus passos firmam-se no inferno. 6 - Ela não pondera a vereda da vida; as suas carreiras são variáveis, e não as conhece.
  5. 5. OBJETIVOS PROPOSTOS* Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: 1. Conhecer os conselhos do sábio sobre a sexualidade humana.* 2. Identificar as causas da infidelidade conjugal e suas consequências.* 3. Previnir-se da infidelidade conjugal.* 4. Aplicar na sua prática diária o conteúdo aprendido. * Objetivos propostos na revista Lições Bíblicas da CPAD.
  6. 6. INTRODUÇÃO • O povo hebreu era regido pela obediência à Aliança com Deus. Provérbios chama esta obediência de “o temor do Senhor” (Pv. 1:7; 2:5; 9:10). • Temor do Senhor = conhecimento experiencial de Deus (Pv. 2:5-6; Os 6;1-3); • Somente as pessoas que teme ao Senhor encontrarão os tesouros da sabedoria. • A prática da justiça e do direito com o próximo = caminhar pela trilha da sabedoria.
  7. 7. INTRODUÇÃO • O relacionamento entre homem e mulher = um dos temas no livro de Provérbios. • No livro de Provérbios encontraremos os conselhos da sabedoria bíblica que previnem contra as ilusões e as artimanhas do adultério.
  8. 8. I. O ADULTÉRIO E A SEXUALIDADE HUMANA
  9. 9. I. O ADULTÉRIO E A SEXUALIDADE HUMANA Conceito e origem da palavra adultério: • Latim adulterium = "dormir em cama alheia“. • Relação sexual entre uma pessoa casada com outra que não é o seu cônjuge. • Condenado tanto no Antigo quanto em o Novo testamento (Êx 20.14; Dt 5.18; Rm 13.9; Gl 5.19).
  10. 10. I. O ADULTÉRIO E A SEXUALIDADE HUMANA 1. Sexualidade, uma dádiva divina: • A sexualidade é algo honroso e nobre (Hb 13.4). • O amor erótico dentro dos limites conjugais (5:15-23; 18:22). • Sem a presença de Deus, o casal torna-se vulnerável. • A presença divina é imprescindível no relacionamento conjugal.
  11. 11. I. O ADULTÉRIO E A SEXUALIDADE HUMANA 2. Uma predisposição humana: • Todos estão sujeitos à tentação; • O sexo, portanto, foi criado por Deus para ser praticado entre um homem e uma mulher, dentro do casamento. • A infidelidade conjugal é um processo que tem início na mente. • Cuidado com o que vemos e pensamos (Sl 101.3; Fp 4.8). • Vigiar para não cairmos nas astutas ciladas do Diabo (Ef 6.11). Exemplo de Davi (1 Sm 13.14).
  12. 12. Aplicação prática A sexualidade humana é uma dádiva de Deus ao ser humano. Ela se manifesta na predisposição do indivíduo em vivê-la no parâmetro do casamento. (Lições Bíblicas CPAD – Sinopse do tópico) Você tem entendido o propósito de Deus para a sexualidade? Como você tem lidado com as tentações? Você tem vigiado e percebido os “sinais” da infidelidade?
  13. 13. II. AS CAUSAS DA INFIDELIDADE
  14. 14. II. AS CAUSAS DA INFIDELIDADE 1. Concupiscência: • Liberdade de escolher entre o bem ou o mal. Desejos bons e ruins são inerentes ao ser humano. • "Não cobices no teu coração a sua formosura, nem te prendas com os seus olhos" (Pv 6:25; Gl 5:16). • Bebidas alcoólicas como incentivadoras à imoralidade social (Pv 23:30-35).
  15. 15. II. AS CAUSAS DA INFIDELIDADE 2. Carências: • "bebe a água da tua própria cisterna“ (5:15-17; 1 Co 7:3). • Priorização aos negócios, ministério, entre outros, e desleixo com o amor (Pv 7:15-20). Por que a ovelha busca novos pastos? • Carência de elogios e reconhecimento. • Mulher rixosa (Pv 19:13; 27:15 - “gotejar contínuo”).
  16. 16. Aplicação prática A concupiscência e as carências não supridas na vida do ser humano são algumas das muitas causas da infidelidade conjugal. (Lições Bíblicas CPAD – Sinopse do tópico) Você tem suprido as carências de seu cônjuge? Você tem se preocupado em satisfazer sexualmente seu cônjuge?
  17. 17. III. AS CONSEQUÊNCIAS DA INFIDELIDADE
  18. 18. III. AS CONSEQUÊNCIAS DA INFIDELIDADE 1. Perda da comunhão familiar: • Desonra da família (Pv 5:1-9); • O pecado de adultério afasta a pessoa de Deus e traz muita dor e sofrimento para si como para os próximos. • Filhos, muitas vezes, levam ressentimento que prejudicam futuros casamentos. • Ciúme e vingança do cônjuge traído (Pv 6.29-35). • O adultério divide a família e afasta o cônjuge da presença de Deus.
  19. 19. III. AS CONSEQUÊNCIAS DA INFIDELIDADE 2. Perda da comunhão com Deus: • Maior prejuízo é perder a comunhão com Deus; • Os adúlteros não entrarão no Reino de Deus (Pv 9:18; 1 Co 6:10). • Seu caminho pode até parecer prazeroso, mas inevitavelmente o levará à morte (Pv 7:26-27; 9.17,18).
  20. 20. Aplicação prática Além de perder a comunhão da família, o cônjuge adúltero quebra a sua comunhão com Deus. (Lições Bíblicas CPAD – Sinopse do tópico) Você tem valorizado a sua comunhão familiar? Você tem valorizado a sua comunhão com Deus?
  21. 21. IV. CONSELHOS DE COMO SE PREVENIR CONTRA A INFIDELIDADE
  22. 22. IV. CONSELHOS DE COMO SE PREVENIR CONTRA A INFIDELIDADE 1. Sexo com intimidade: • "Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, como cerva amorosa e gazela graciosa; saciem-te os seus seios em todo o tempo; e pelo seu amor sê atraído perpetuamente. E por que, filho meu, andarias atraído pela estranha e abraçarias o seio da estrangeira?" (Pv 5.18-20). • A intimidade sexual (ou a falta dela) é um dos fatores que influenciam a vida conjugal.
  23. 23. IV. CONSELHOS DE COMO SE PREVENIR CONTRA A INFIDELIDADE 1. Sexo com intimidade: • Deus criou o sexo para ser desfrutado com afeto, amor e intimidade; • Do contrário, o relacionamento sexual não atenderá aos propósitos divinos e nem às expectativas do cônjuge.
  24. 24. IV. CONSELHOS DE COMO SE PREVENIR CONTRA A INFIDELIDADE 2. Apego à Palavra de Deus e à disciplina: • Um dos antídotos contra a infidelidade é a Palavra de Deus (Pv 6.20-24; 7:1-5, 24-25). • A instrução da sabedoria como antídoto contra o pecado sexual (Pv 2:16). • A meditação na Palavra ajuda na disciplina da vida cristã. • A disciplina dos olhos e boca para evitar a tentação (5:1-6; 7:21-23).
  25. 25. IV. CONSELHOS DE COMO SE PREVENIR CONTRA A INFIDELIDADE 2. Apego à Palavra de Deus e à disciplina: • Priorização dos valores morais em relação à beleza física (Pv 11:22; 12:4; 18:22; 31:10-31) • Jesus aconselhou seus discípulos a serem prudentes diante das tentações (Mt 10.16 “ovelhas no meio de lobos”; 26.41 “vigiai e orai, ...”). • Exemplo de José com a mulher de Potifar (Gn 39).
  26. 26. IV. CONSELHOS DE COMO SE PREVENIR CONTRA A INFIDELIDADE 2. Apego à Palavra de Deus e à disciplina: • "onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração" (lc 12.34). • Se o seu cônjuge for realmente o seu tesouro, o adultério não terá vez em sua vida. • Como? Atitude/cultivo e cuidado como uma planta/foco nos pontos positivos. • Seu cônjuge é mais importante que sua carreira, carro, casa, entre outros bens.
  27. 27. Aplicação prática “Um conselho importante para prevenir-se contra a infidelidade conjugal é apegar-se a Palavra de Deus, à disciplina e relacionar-se intimamente com o cônjuge.” (Lições Bíblicas CPAD – Sinopse do tópico) Você tem se dedicado à meditação da Palavra? Como está a sua relação íntima com seu cônjuge?
  28. 28. CONSIDERAÇÕES FINAIS)
  29. 29. CONSIDERAÇÕES FINAIS Nesta lição aprendemos que: 1. A sexualidade foi criada por Deus e é abençoado. Entretanto, se realizado dentro do casamento. 2. A tentação é uma realidade e deve ser tratada com cuidado. 3. Obediência à Palavra de Deus, uma vida de intimidade e amor é a melhor forma do casal se prevenir contra o adultério e suas consequências.
  30. 30. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CERESKO, Anthony R. A Sabedoria no Antigo Testamento. São Paulo: Paulus, 2004. ELLIS, Percy E. Os provérbios de Salomão: a sabedoria dos reis a disposição do homem moderno. Rio de Janeiro: CPAD, 10986. KIDNER, Derek. A Mensagem de Eclesiastes. São Paulo: ABU, 2004. NEVES, Natalino das. Livros Poéticos. Curitiba: Editora Unidade, 2011. NICCACCI, Alviero. A Casa da Sabedoria: vozes e rostos da sabedoria bíblica. São Paulo: Paulinas, 1997.
  31. 31. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS RAVASI, Gianfranco. Coélet. São Paulo: Edições Paulinas, 1993. RENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. São Paulo: Editora Academia Cristã, 2009. SCHWANTES, Milton. Sentenças e Provérbios: sugestões para a interpretação da Sabedoria. São Leopoldo: Editora Oikos, 2009. STORNIOLO, Ivo. Trabalho e Felicidade: O Livro do Eclesiastes. São Paulo: Paulus, 2002.
  32. 32. IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana Co-pastor da sede: Josué Barros Abreu Sup. da EBD: Ev. Ismael Nascimento Oliveira Comentários: Ev. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br natalino6612@gmail.com (41) 8409 8094 / 3076 3589

×