Carbono neutro social briefing

252 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
252
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carbono neutro social briefing

  1. 1. Plantar para Produzir e Proteger o Planeta O ELO FALTANTEcarbononeutrosocial@gmail.com
  2. 2. O QUE É A CarbonoNeutro Social é um consórcio de organizações com a missão de reunir diversascompetências em mecanismos de desenvolvimento limpo com vistas a mitigar o impacto de emissões de dióxido de carbono, promovendo o desenvolvimento sustentávelINICIATIVA: PARCEIROSVALE DA CIDADANIA EPAMIGBIOVALE ENERGIA SECRETARIA DE CIENCIA E TECNOLOGIA MG INSTITUTO ESTADUAL DE FLORESTAS[MGCERTIFICADORAS WINROCK INTERNATIONAL POLO DE EXCELÊNCIA DE FLORESTAS DE MG MINASINVEST
  3. 3. REUNIÃO E RESPONSABILIDADE“ Por que é que todos não se reúnem, para sofrere vencer juntos, de uma vez?”“ A gente tem de sair do sertão! Mas só se sai dosertão é tomando conta dele a dentro...” “ Tudo corre e chega tão ligeiro; será que se hálume de responsabilidade? Se sonha; já se fez...” “ A colheita é comum, mas a capina ésozinho...” Jagunço Riobaldo/GuimarãesRosa
  4. 4. O DESAFIO Nas economias modernas, a pobreza em larga escala impõe enorme perda econômica, perda de talentos e energia de milhares de pessoas deslocadas de atividades socialmente produtivas que poderiam gerar riqueza para a sociedade ao invés de lutar pela mera sobrevivênciaAs parcerias devemno nível global e nonível nacional comos agentesnacionais locais eparceiros externosagindo juntos; asinstituições dosetor privado e dasociedade civil MAS a parceria fundamental e, por fim, a únicacolaborando para que efetivamente conta é com os próprioscriar condiçõescapazes de desprovidos agindo como protagonistas. Eles têmemancipar os talentos, habilidades e conhecimento paragrupos desprovidos operarem com eficácia em seu próprio ambiente
  5. 5. ESCOPO E VISÃOPLANTAR para PRODUZIR e PROTEGER o PLANETA
  6. 6. OBJETIVOSContribuir para a redução das emissões de dióxido de carbono, e fixaçãode carbono, em projetos de agricultura familiar e manejo florestal emregiões degradadas e em avançado processo de desertificação, complantio de árvores de ciclo longo de vida, principalmente o pinhão manso,que é uma das mais importantes fornecedoras de matéria-prima(oleaginosa) para a produção de biocombustíveis. Objetivos estratégicos: ▪ Restauração florestal de áreas degradadas ▪ Enriquecimento de florestas secundárias ▪ Proteção de florestas sob risco de desmatamento e queimada ▪ Produção de energia renovável (biodiesel) ▪ Educação contra o processo de desertificação ▪ Conservação da biodiversidade ▪ Desenvolvimento sustentável ▪ Créditos de carbono ▪ MITIGAÇÃO DAS EMISSÕES DE CARBONO
  7. 7. CENÁRIO MUNDIALDois graves problemas afligem e alarmam ahumanidade de forma sem precedente - amudança climática abrupta no âmbitoambiental e o aumento sem paralelo dapobreza. Ambos provocam conseqüênciasdesastrosas para o bem-estar dahumanidade. Mas enquanto todos concordam que precisamos fazer alguma coisa, o desafio parece ser grande, caro e complicado demais para ser atacado.
  8. 8. CENÁRIO MUNDIAL Cientistas prevêem que as rápidas mudançasclimáticas vão causar prejuízos devastadorespara os sistemas sociais, econômicos eambientais sobre os quais a humanidadedepende para sua sobrevivência. algumas projeções de tendênciasdemográficas passar a trabalhar com suaredução, causada por mudanças climáticas esuas consequências catastróficas. Sociólogos prevêem que o êxodo rural para oscentros urbanos e agravamento da pobrezalevarão ao desequilíbrio das relações sociais e aoaumento sem precedente da violência.
  9. 9. CARBONONEUTRO SOCIALA CarbonoNeutro Social acaba de lançar um programa inovadorque torna viável e fácil para pessoas , empresas e comunidadesviverem “CarbonoZero Social ” – medindo e entãocompensando suas emissões de carbono com acão conjunta deimpacto social – simplesmente plantando arvores perenesprodutivas.Independente do tamanho ou orçamento, qualquer empresa ouindivíduo pode agora ter uma ação efetiva e responsável noalívio ao aquecimento global e à exclusão social.Assessoramos as organizações e empresas a mensurar e areduzir o CO2 de suas operações, e então compensar emissõesinevitáveis. Quando as emissões são reduzidas a zero na formade compensação, então a organização, produto ou serviço éelegível a estampar o selo de qualidade CarbonoNeutro Social,nossa marca registrada reconhecida e validada por entidadesde renome do setor ambiental e social.
  10. 10. CARBONONEUTRO SOCIAL É um programa inovador que torna viável e fácil indivíduos, empresas e comunidades serem ambiental e socialmente responsáveis. Independente do tamanho ou orçamento, qualquer empresa ou indivíduo pode assim dar a sua contribuição para a diminuição do aquecimento global e da pobreza no planeta.Cada interessado pode fazer uso do mecanismo de compensação de suasemissões de carbono numa ação conjunta de impacto sócio-ambiental,através de doações para um fundo para a plantação de unidadesflorestais com árvores perenes produtivas. Essas árvores além de gerarrenda para o agricultor familiar, seqüestram carbono, em uma dasregiões mais pobres do Planeta.
  11. 11. SERVIÇOS De forma ampla, nossos serviços estão em três categorias e os clientes podem usar um ou todos dependendo de suas necessidades específicas:• Compensações por emissões dede árvoresonativas, perenes e é ressarcido mediante a aquisição carbono: passivo ambiental produtivas no combate à mudança climática e à exclusão social.• Consultoria, mensuração, experiênciade redução – A (empresa de meio ambiente) tem vasta estratégia no mercado, dispondo de recursos capazes de ajudar os clientes a entender seus riscos ambientais e elaborar um programa adequado de redução na emissão de carbono de forma comercialmente inteligente.• Serviços de marketing. Trabalhamos com nossos clientes para converter teoria e intenção de mudança climática e responsabilidade social em proposições modeladas e objetivadas.
  12. 12. SOLUÇÃO PROPOSTA Os cientistas são unânimes de que uma redução significativa nas emissões de carbono de 60% é fundamental para estabilizar o aquecimento global a níveis que não ameacem a estabilidade de nossos sistemas econômicos, sociais e ambientais. O consenso está fortalecendo numa época em que as emissões globais e a pobreza estão avançando a passos ainda mais rápidos . A solução óbvia é reduzir significativamente nossa dependência dos combustíveis fósseis e neutralizar nossas emissões de carbono plantando árvores produtivas por meio de agricultores familiares correspondentes à nossa emissão A questão é que a maioria de nosso consumo de energia depende desses combustíveis e, na prática, eles não serão substituídos por alternativas nas próximas décadas sem mudanças drásticas dos modelos atuais de produção e consumo. A enorme discrepância entre as reduções passíveis de serem implementadas tem estimulado o surgimento rápido de ação voluntária da parte de indivíduos, empresários e órgãos Públicos.Ação voluntária é a decisão prática de mensurar e reduzir oucompensar a emissão de gás de efeito estufa, antes de ser cobradoou vitimizado.
  13. 13. COMO FUNCIONA Arvores nativas e perenes ajudam a combater a mudança climática como parte do processo natural chamado fotossíntese. À medida que crescem, as árvores absorvem o dióxido de carbono da atmosfera e convertem-no em oxigênio, protegendo a qualidade da água, restaurando o habitat da vida selvagem.Do ponto de vista social, as mudas da espécie selecionada (pinhã-manso)pelo CarbonoNeutro Social são perenes e produtivas e doadas paraagricultores familiares desprovidos das regiões mais pobres do Brasil.Estas árvores são plantadas e monitoradas pela CarbonoNeutro Social emparceria com renomadas organizações agronômicas, acompanhada porespecialistas em reflorestamento e monitoramento de captura decarbono, com a supervisão do Instituto Estadual de Florestas e aCertificação das entidades credenciadas.
  14. 14. OPORTUNIDADES CORPORATIVASO Programa CarbonoNeutro Social pode ajudar as empresas a desenvolver um eficazprograma de custo benefício adotando algumas oportunidades de compensaçõescorporativas como: ▪ Emissões da sede corporativa ▪ Produção industrial, Processos & cadeia de suprimento ▪ Campanhas de marketing relacionadas à causa ▪ Participação dos clientes ▪ Eventos, conferências ▪ Viagens e locomoção do pessoal ▪ Mensuracão e CálculosO rastro estimado de emissão de carbono é a soma do dióxido de carbono que éproduzido pelas atividades de consumo de energia e transporte em geral. O númerototal de libras é convertido em toneladas. Na média, cada árvore de pinhão manso ououtra espécie nativa plantada captura aproximadamente 1.33 toneladas de CO2equivalente a um período de 70 anos. Todo valor investido no projeto é destinado àaquisição de sementes,formação de mudas através de viveiro próprio,plantio egerenciamento do projeto
  15. 15. OPORTUNIDADES CORPORATIVAS▪ IMPERATIVOS DA CADEIA DE SUPRIMENTO. O “selo verde” dacadeia de suprimento faz hoje parte do dicionário corporativo.▪ REDUZINDO CUSTOS DA MATÉRIA-PRIMA. As grandes indústriasdependentes pesadamente de energia e matéria–prima (comocimento, siderurgia e metalurgia) sentirão imediatamente oimpacto e serão compelidas reduzirem a emissão de carbono,aumentando a eficiência e cortando custos.▪ PROTEGENDO O VALOR DAS AÇÕES. Responsabilidadecorporativa (meio ambiente, social e governança) é cada vez maisescrutinada pelos acionistas.▪ INCREMENTANDO A RECEITA. As empresas com compromissopúblico às questões éticas, sociais e ambientais desempenhamfinanceiramente bem melhor (Instituto de Ética Empresarial,2003). Estas empresas, na média, têm um lucro 18% mais elevado.
  16. 16. OPORTUNIDADES CORPORATIVAS A CarbonoZero Social oferece um meio potente para as empresas fortalecerem sua marca , reputação e valor:• Posicionamento,reputação edas compensações (árvores e comunidades carentes) são a visibilidade e tangibilidade relações comunitárias: instrumentos poderosos de comunicação, ajudando sua empresa a demonstrar seu status de CarbonoZero Social e compromisso efetivo com a sustentabilidade corporativa.• Interesse do investidor. Investidores e analistas reconhecem que emissão de carbono representa um custo real do empreendimento. Eles vêem o passivo de carbono como vêem qualquer outro item do balanço da empresa.• Imperativo legal. 30-50aanos, a pressãolegisladores mundiais de atenderememissões em 60% nos próximos Com exigência dos sobre as empresas para reduzir as as exigências irá aumentar.• Lucratividade. lucros crescentes.operam em ambiente de marca éticas têm que é bom experimentado As empresas que Melhor ainda, elas estão provando que o para o acionista tem sinergia com objetivos ambientais.
  17. 17. SUSTENTABILIDADEO Lado de Venda ( Sell Side) de importantes mercados financeirosreconhece a materialidade da responsabilidade social corporativa.As questões sociais e de meio ambiente afetam materialmente ospreços da bolsa de valores, principalmente a longo-prazo e, atémesmo, no curto prazo.“O negócio faz parte da sociedade, e não está fora dela. Quandofalamos de responsabilidade social corporativa, não a enxergamoscomo algo que o negócio faz para a sociedade , mas como algofundamental integrado a tudo que fazemos… não como filantropia ouinvestimento comunitário, mas o impacto que exerce sobre nossasoperações e produtos assim como a interação que temos com associedades que servimos. Responsabilidade social corporativa não étema banal ou favor que prestamos por conta dos resultados donegócio. É central no ato empresarial. Seu gerenciamento édesafiador e difícil.” (expresso pela gigante Unilever na Londonbusiness School)
  18. 18. A ESPÉCIE- PINHÃO MANSO Cultura que pode se desenvolver nas pequenas propriedades, com a mão-de-obra familiar disponível, sendo mais uma fonte de renda para as propriedades rurais .O pinhão manso é uma planta produtora de óleo com todas as qualidadesnecessárias para ser transformado em óleo diesel.Perene e de fácil cultivo.Sendo é uma cultura perene, segundo Peixoto (1973), pode ser utilizada naconservação do solo, pois o cobre com uma camada de matéria seca,reduzindo,dessa forma, a erosão e a perda de água por evaporação, evitandoenxurradas e enriquecendo o solo com matéria orgânica decomposta.Sua distribuição geográfica é bastante vasta devido a sua rusticidade,resistência a longas estiagens, bem como às pragas e doenças, sendoadaptável a condições edafoclimáticas muito variáveis.
  19. 19. IMPACTO AMBIENTALA implantação de florestamento de pinhão-manso, que tem um ciclo devida maior do que 50 anos, com raízes profundas e que podem sercultivadas no semi-árido. Pode ser usada em ações de contenção deprocessos de erosão, atuar contra a desertificação, além de fertilizar osolo com húmus produzidos a partir das folhas que caem.O cultivo de pinhão-manso pode gerar alterações microclimáticas, sendoque o seu cultivo como cultura permanente lucrativa serve para umarevitalização sustentável e o reflorestamento em terrenos degradados.A utilização de energia renovável poderá diminui a renovação de CO2(Protocolo de Quioto).A qualidade do biodiesel faz aumentar a vida útil de filtros de partículasde carbono bem como os catalisadores. O uso de biodiesel com designecológico nos grandes centros urbanos diminuirá sensivelmente osproblemas de saúde de origem respiratória.
  20. 20. CRITÉRIOS O CarbonoNeutro Social adota padrões e princípios científicos ambientais rigorosos. São usados métodos de cálculo e padrões estabelecidos pela “Iniciativa de Protocolo de gás de efeito estufa ( Greenhouse Gas Protocol Initiative -GHG Protocol). O objetivo deste protocolo é harmonizar a forma de contabilização e os padrões de relatório mundialmente, no sentido de assegurar que plataformas diferentes e outras iniciativas relacionadas ao clima adotem abordagens consistentes na contabilização da emissão de gás de efeito estufa. Todos os projeto do CarbonoNeutro Social aderem aos seguintes princípios:• Plantas produtivas perenes: todos os plantios são compreendidos por mudas de qualidade, elaborados para restaurar sistemas naturais e produtivas na geração de renda para agricultores familiares• Permanência: O CarbonoNeutro Social trabalha com organizações nacionais líderes em recursos naturais e sociais no sentido de que as árvores sejam plantadas em áreas permanentemente protegidas e monitoradas que tenham planos de gestão a longo-prazo, assegurando precisão e segurança na captura de carbono e proteção dos interesses sociais
  21. 21. Plantar para Produzir e Proteger o Planeta O ELO FALTANTE

×