DESENVOLVIMENTO & SUSTENTABILIDADE

10.359 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.359
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5.423
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

DESENVOLVIMENTO & SUSTENTABILIDADE

  1. 1. SUSTENTABILIDADE CORPORATIVA<br />& <br />DESENVOLVIMENTO<br />SUSTENTÁVEL<br />Laércio Bruno Filho<br />
  2. 2. O QUE É SUSTENTABILIDADE ?<br />Em 1987, o documento Our Common Future (WCED)<br />(Nosso Futuro Comum) ou, Relatório Brundtland, <br />define desenvolvimento como o processo que <br />“satisfaz as necessidades presentes,<br /> sem comprometer a capacidade das <br />gerações futuras de suprir suas próprias<br /> necessidades”. <br />WCED – World Commission on Environment and Development) <br />
  3. 3. Biodiversidade<br />Ar<br />Água<br />Solo<br />Habitantes<br />
  4. 4. 2005: 6,1 bilhões<br />2050: 9,5 bilhões<br />consumo<br />Fonte: UN<br />
  5. 5. Água<br />
  6. 6. Ar <br />Controle da camada de Ozônio<br />1976<br />PROTOCOLO DE MONTREAL<br />Controle dos GEE:<br />2005<br />PROTOCOLO DE KYOTO<br />Metas de redução: 2012<br />5,2%/1990<br />Novas Metas: 2020<br />20%<br /> : 2050<br />50%<br />
  7. 7. Solo <br />Imazon registra queda de 75% no <br />desmatamento da Amazônia. <br />Mas degradação aumenta <br />Degradação<br />“...constatou um aumento <br />significativo de florestas <br />degradadas em junho de 2009, <br />chegando a 661 quilômetros quadrados. <br />A grande maioria - 84% em <br />Mato Grosso; 14% no Pará <br />e o restante em Rondônia<br /> e Acre . ...a degradação <br />ambiental oriunda de áreas<br /> que sofreram intensa <br />exploração madeireira <br />e/ou que sofreram com <br />diversas intensidades <br />de fogo florestal.  <br />SÃO PAULO, 8 de setembro de 2008 - O Brasil bateu<br /> recorde na produção de grãos na safra atual <br />(2007/2008), de acordo com o 12º levantamento da <br />Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).<br /> Os números apresentados nesta segunda-feira pelo <br />presidente da estata, confirmam uma <br />colheita de 143,87 milhões de toneladas, 9,2% maior <br />que a do ciclo anterior <br />
  8. 8. SOBRE O CONSUMO DE RECURSOS...<br />British Thermal Unit = Unidade Térmica Britanica (ou inglesa)). <br />
  9. 9. SOBRE O CONSUMO DE RECURSOS...<br />
  10. 10. SOBRE O CONSUMO DE RECURSOS...<br />
  11. 11. Fonte:FGV<br />AGENDA SOCIAL DA SUSTENTABILIDADE<br />EDUCAÇÃO<br />
  12. 12. Fonte:FGV<br />AGENDA SOCIAL DA SUSTENTABILIDADE<br />
  13. 13. Algumas Questões...<br /> O QUE PODEMOS E DEVEMOS FAZER ?<br /> QUAIS AÇÕES REALMENTE PRODUZEM<br /> RESULTADOS ?<br /> PARTICIPAR EM GRUPOS FUNCIONA?<br /> ESCREVER SOBRE O TEMA ?<br />
  14. 14. O PODER DO CONSUMIDOR<br />$$$<br />PRODUTOS COM BAIXA<br /> PEGADA SOCIOAMBIENTAL<br /> Política Corporativa <br />de <br />Sustentabilidade<br />
  15. 15. Politica Corporativa de Sustentabilidade<br />ECONOMICO<br />AMBIENTAL<br />SOCIAL<br />GESTÃO<br />ENERGÉTICA<br />GESTÃO <br />DE<br />RESIDUOS<br />GESTÃO<br />DE <br />HIDRICOS<br />GESTÃO<br />DE EMISSÕES<br />DE GEE<br />GESTÃO <br />DE <br />STAKEHOLDERS<br />GOVERNANÇA<br />COPORATIVA<br />IT<br />SUSTENTÁVEL<br />Plano de Comunicação com o Mercado<br />Para as Empresas...<br />15<br />
  16. 16. <ul><li>Gestão Energética: ações de reavaliação de estratégias e </li></ul>redesenho de processos que podem resultar na adoção de <br />iniciativas que otimizam o uso da energia. racionalizar seu uso é <br />primordialmente importante para todos.<br /><ul><li>Gestão de Resíduos: Coleta, transporte e armazenamento final </li></ul>adequados reduzem o custo da operação, de atendimento à legislação <br />ambiental, além de contribuir para a preservação dos recursos naturais.<br /><ul><li>Gestão dos Recursos Hídricos: implantação de ETEs </li></ul>(estação de tratamento de esgotos);captação e uso de águas pluviais,<br />contratação de água para reuso;adoção de equipamentos mais eficientes,<br />criação e implantação de métodos e indicadores que apontem a quantidade <br />efetiva utilizada durante os processos de produção.<br /><ul><li>Gestão das Emissões dos GEE :São conhecidos</li></ul>como projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL),Implementação<br />Conjunta (JI mais utilizado na Europa),Padrão Voluntario de Carbono (VCS), <br />Reduções de Emissões para o Desmatamento de Degradação de<br />Florestas (REDD) ou da Bolsa de Chicago (CCX). Podem gerar ativos <br />ambientais (créditos de carbono) com alto valor agregado negociáveis em<br />operações de mercado futuro e spot criando receitas adicionais para as<br />empresas.<br />
  17. 17. -Gestão de Stakehoders: a agenda social da sustentabilidade.Podem ser considerados “atores participantes” (stakeholder) ao <br />entorno do projeto: comunidades ,associações de bairro, grupos <br />jurídicos, promotoria pública, associações religiosas ,escolas e <br />universidades,colaboradores da empresa,acionistas(shareholder),<br />consumidores, fornecedores,apenas para citar alguns. <br />-Governança Corporativa: incorporação de um conjunto de indicadores <br />que buscam apresentar de forma transparente e acessível a performance <br />empresarial norteada por atitudes éticas e ações sustentáveis concretas.Na prática é suportada por um painel de indicadores gerenciais e operacionais<br />que permeiam os processos da empresa demonstrando a efetiva preocupação <br />com o atendimento às dimensões econômica e socioambientais<br /><ul><li>Green IT: iniciativas socioambientais que acontecem a partir do ambiente
  18. 18. de IT e são voltadas para redução do consumo de materiais e recursos </li></ul>naturais.A reavaliação e redesenho de processos, onde os fluxos operacionais,<br />via de regra, são otimizados podem reduzir processos inteiros e os recursos <br />nele envolvidos, ao mesmo tempo que incrementam o nível de utilização de <br />alguns equipamentos, como por exemplo,Servidores. <br /><ul><li>Plano de Comunicação com o Mercado: O plano de comunicação é</li></ul>um veículo de interação e informação entre empresa e Mercado.O posicionamento formal da empresa perante o Mercado será expresso <br />pela apresentação do Relatório de Sustentabilidade em períodos específicos <br />divulgando a regularidade e continuidade de sua Politica de Sustentabilidade<br />e complementarmente através de campanhas de publicidade e marketing.<br />
  19. 19. EMPRESAS:CASOS REAIS...<br />
  20. 20. Para os Municipios...<br />PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL<br />ECONOMICO<br />AMBIENTAL<br />SOCIAL<br />GESTÃO<br />ENERGÉTICA<br />GESTÃO <br />DE<br />RESIDUOS<br />GESTÃO<br />DE <br />HIDRICOS<br />GESTÃO<br />DE EMISSÕES<br />DE GEE<br />GESTÃO <br />DE <br />STAKEHOLDERS<br />GOVERNANÇA<br />COPORATIVA<br />IT<br />SUSTENTÁVEL<br />Plano de Comunicação com o Mercado<br />19<br />
  21. 21. Quatro eixos principais:<br />Ordenamento territorial e gestão ambiental; <br />Infraestrutura para o desenvolvimento; <br />Fomento às atividades produtivas dinâmicas e inovadoras; <br />Inclusão social e cidadania <br />
  22. 22. GESTÃO<br />ENERGÉTICA<br />GESTÃO<br />DE EMISSÕES<br />DE GEE<br />GESTÃO DAS EMISSÕES<br />ILUMINAÇÃO URBANA<br />FOSSIL X BIOCOMBUST.<br />PREDIOS PUBLICOS<br />REFLORESTAMENTO<br />PAINEIS SOLARES<br />CREDITOS DE CO2<br />AR CONDICIONADO<br />METHANO/ENERGIA<br />INCLUSÃO SOCIAL<br />GESTÃO <br />DE<br />RESIDUOS<br />GESTÃO <br />DE <br />STAKEHOLDERS<br />LIXÃO / ATERRO CONTR.<br />NOVOS EMPREGOS<br />CRÉDITOS DE CO2<br />EDUCAÇÃO AMBIENTAL<br />COLETA SELETIVA<br />EDUCAÇÃO SOCIAL<br />COOPERATIVAS <br />CONTROLE PATOLOGIAS<br />GERAÇÃO DE ENERGIA<br />ENFASE AO ESPORTE<br />IT<br />SUSTENTÁVEL<br />GESTÃO<br />DE <br />HIDRICOS<br />ETE & ETA<br />RED. CONSUMOS<br />DRENAGEM URBANA<br />CAPTAÇÃO PLUVIAL/REUSO<br />RED. CUSTOS<br />TURISMO ECOLOGICO<br />IMAGEM E REPUTAÇÃO<br />ENGARRAFAMENTO<br />
  23. 23. E VOCE ...O QUE PODE FAZER ?<br /> ATITUDES DE CONSUMO + RACIONAL<br /> PLANTAR ÁRVORES <br /> UTILIZAR MENOS O CARRO, ANDAR +<br /> DOAR SEUS LIVROS USADOS<br /> ALIMENTAÇÃO BALANCEADA<br /> ESCREVER UM BLOG OU UM SITE<br /> VOTAR CERTO E COBRAR POLITICOS<br /> GERAR MENOS LIXO<br /> EXIGIR TODOS OS SEUS DIREITOS<br /> CUMPRIR OS SEUS DEVERES<br />
  24. 24. O QUE TEREMOS DE VOLTA ...<br />“satisfação das necessidades presentes,sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades”.<br />Muito Obrigado<br />
  25. 25. SUSTENTABILIDADE CORPORATIVA<br />& <br />DESENVOLVIMENTO<br />SUSTENTÁVEL<br />Laércio Bruno Filho<br />http://sendosustentavel.blogspot.com/<br />e_sense@terra.com.br<br />

×