DESERTOSDESERTOS
DESERTOSDESERTOS
Área temperada, subtropical ou tropical, onde aÁrea temperada, subtropical ou tropical, onde a
falta de c...
DESERTOS QUENTES E SEMIDESERTOS OCORREM EM FAIXAS DO MUNDO NAS LATITUDESDESERTOS QUENTES E SEMIDESERTOS OCORREM EM FAIXAS ...
Désert Superficie (km²)
Sahara (Afrique)Sahara (Afrique) 9 000 000
Désert Arabique (Afrique)Désert Arabique (Afrique) 1 30...
BIOMAS: QUANTIDADE DE CHUVABIOMAS: QUANTIDADE DE CHUVA
DESERTO DE SAARA
OO DESERTODESERTO DODO SAARASAARA NÃONÃO
SESE RESUMERESUME AA COBERTURACOBERTURA DEDE
DUNASDUNAS MÓVEIS.......MÓVEIS.......
O MOSAICO DE ROCHASO MOSAICO DE ROCHAS
SÓ UMA QUARTA PARTE DO SAARA É CONSTITUÍDO POR DUNAS DE AREIA. QUASESÓ UMA QUARTA P...
ARENITOARENITO
SEIXOS GRAÚDOS COMPÕEM O “REG”SEIXOS GRAÚDOS COMPÕEM O “REG”
ROCHAS VULCÂNICAS
OS ANIMAIS TAMBÉM PODEM EXIBIROS ANIMAIS TAMBÉM PODEM EXIBIR
VARIEDADES DE ADAPTAÇÕES A ESSESVARIEDADES DE ADAPTAÇÕES A ES...
CIPRESTES DO MEDITERRÂNEOCIPRESTES DO MEDITERRÂNEO
SAQUARO – DESERTO DE SONORASAQUARO – DESERTO DE SONORA
OÁSIS
A FAUNA DOA FAUNA DO
DESERTODESERTO
Cadeia Alimentar
LIFE´S TOOLIFE´S TOO
SHORT TOSHORT TO
DANCEDANCE
WITH UGLYWITH UGLY
MEN....MEN....
O HOMEM DO
DESERTO
TURISMO
NO
DESERTO
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Deserto final2
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Deserto final2

276 visualizações

Publicada em

Deserto do Saara

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
276
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Deserto final2

  1. 1. DESERTOSDESERTOS
  2. 2. DESERTOSDESERTOS Área temperada, subtropical ou tropical, onde aÁrea temperada, subtropical ou tropical, onde a falta de chuva não permite a presença de árvoresfalta de chuva não permite a presença de árvores ou qualquer vegetação fechada, apenas herbáceasou qualquer vegetação fechada, apenas herbáceas que aparecem, sobretudo nas estações curtas deque aparecem, sobretudo nas estações curtas de chuvas. Em algumas regiões a vegetação pode serchuvas. Em algumas regiões a vegetação pode ser representada por cactáceas.representada por cactáceas.
  3. 3. DESERTOS QUENTES E SEMIDESERTOS OCORREM EM FAIXAS DO MUNDO NAS LATITUDESDESERTOS QUENTES E SEMIDESERTOS OCORREM EM FAIXAS DO MUNDO NAS LATITUDES BAIXAS E INTERMEDIÁRIAS, ESPECIALMENTE NOS CINTURÕES DE CLIMA SECO, ENTRE 30° E 40°BAIXAS E INTERMEDIÁRIAS, ESPECIALMENTE NOS CINTURÕES DE CLIMA SECO, ENTRE 30° E 40° NORTE E SUL. A CHUVA NÃO É APENAS ESCASSA E SAZONAL, MAS TAMBÉM IMPREVISÍVELNORTE E SUL. A CHUVA NÃO É APENAS ESCASSA E SAZONAL, MAS TAMBÉM IMPREVISÍVEL (MENOS DE 250mm ANUAIS). A CARACTERÍSTICA CHAVE COMUM AOS DESERTOS É QUE A(MENOS DE 250mm ANUAIS). A CARACTERÍSTICA CHAVE COMUM AOS DESERTOS É QUE A QUANTIDADE DE CHUVA É MUITO MENOR QUE A EVAPORAÇÃO POTENCIAL.QUANTIDADE DE CHUVA É MUITO MENOR QUE A EVAPORAÇÃO POTENCIAL. O POTENCIAL DE EVAPORAÇÃO DOS CLIMAS DE DESERTO QUENTE É TAÕ FORTE QUE MUITASO POTENCIAL DE EVAPORAÇÃO DOS CLIMAS DE DESERTO QUENTE É TAÕ FORTE QUE MUITAS PLANTAS TÊM ADAPTAÇÕES ESPECIAIS PARA ABSORVER, ARMAZENAR E IMPEDIR A PERDA DEPLANTAS TÊM ADAPTAÇÕES ESPECIAIS PARA ABSORVER, ARMAZENAR E IMPEDIR A PERDA DE ÁGUA.ÁGUA. ALGUMAS REGIÕES EXTREMAMENTE ÁRIDAS PODEM NÃO EXPERIMENTAR CHUVA PORALGUMAS REGIÕES EXTREMAMENTE ÁRIDAS PODEM NÃO EXPERIMENTAR CHUVA POR MUITOS ANOS SEGUIDOS E TER POUCA OU NENHUMA VEGETAÇÃO PERENE. EM REGIÕESMUITOS ANOS SEGUIDOS E TER POUCA OU NENHUMA VEGETAÇÃO PERENE. EM REGIÕES MENOS ÁRIDAS, A VEGETAÇÃO DOMINANTE CONSISTE DE ESCASSOS PEQUENOS ARBUSTOS,MENOS ÁRIDAS, A VEGETAÇÃO DOMINANTE CONSISTE DE ESCASSOS PEQUENOS ARBUSTOS, ALGUMAS VEZES INTERCALADOS COM VEGETAÇÃO SUCULENTA (CACTOS, EUFÓRBIAS EALGUMAS VEZES INTERCALADOS COM VEGETAÇÃO SUCULENTA (CACTOS, EUFÓRBIAS E AGAVES). ONDE OS ARBUSTOS PREDOMINAM A VEGETAÇÃO É USUALMENTE DENOMINADA DEAGAVES). ONDE OS ARBUSTOS PREDOMINAM A VEGETAÇÃO É USUALMENTE DENOMINADA DE ARBUSTIVA DE DESERTO.ARBUSTIVA DE DESERTO. APÓS AS CHUVAS, MACEGAS E GRAMÍNEAS EFÊMERAS PODEM CRESCER RAPIDAMENTE EMAPÓS AS CHUVAS, MACEGAS E GRAMÍNEAS EFÊMERAS PODEM CRESCER RAPIDAMENTE EM TAPETES NO SOLO NORMALMENTE EXPOSTO. INÚMERAS PLANTAS, EM ESPECIAL ASTAPETES NO SOLO NORMALMENTE EXPOSTO. INÚMERAS PLANTAS, EM ESPECIAL AS SUCULENTAS, SÃO CAPAZES DE INTUMESCEREM E ARMAZENAREM ÁGUA E FREQUENTEMENTESUCULENTAS, SÃO CAPAZES DE INTUMESCEREM E ARMAZENAREM ÁGUA E FREQUENTEMENTE POSSUEM UM SISTEMA DE RAÍZES RASTEIRAS, QUE ATUAM COMO GUARDA-CHUVAPOSSUEM UM SISTEMA DE RAÍZES RASTEIRAS, QUE ATUAM COMO GUARDA-CHUVA INVERTIDO, PARA CAPTURAR A ÁGUA DA CHUVA, ANTES QUE SE INFILTRE NO SOLO.INVERTIDO, PARA CAPTURAR A ÁGUA DA CHUVA, ANTES QUE SE INFILTRE NO SOLO.
  4. 4. Désert Superficie (km²) Sahara (Afrique)Sahara (Afrique) 9 000 000 Désert Arabique (Afrique)Désert Arabique (Afrique) 1 300 000 Désert de Gobi (Asie)Désert de Gobi (Asie) 1 125 000 Désert du Kalahari (Afrique)Désert du Kalahari (Afrique) 580 000 Grand Désert de Sable (Australie)Grand Désert de Sable (Australie) 414 000 Karakoum (Asie)Karakoum (Asie) 350 000 Taklamakan (Asie)Taklamakan (Asie) 344 000 Désert du Namib (Afrique)Désert du Namib (Afrique) 310 000 Thar (Asie)Thar (Asie) 260 000
  5. 5. BIOMAS: QUANTIDADE DE CHUVABIOMAS: QUANTIDADE DE CHUVA
  6. 6. DESERTO DE SAARA
  7. 7. OO DESERTODESERTO DODO SAARASAARA NÃONÃO SESE RESUMERESUME AA COBERTURACOBERTURA DEDE DUNASDUNAS MÓVEIS.......MÓVEIS.......
  8. 8. O MOSAICO DE ROCHASO MOSAICO DE ROCHAS SÓ UMA QUARTA PARTE DO SAARA É CONSTITUÍDO POR DUNAS DE AREIA. QUASESÓ UMA QUARTA PARTE DO SAARA É CONSTITUÍDO POR DUNAS DE AREIA. QUASE TODO O RESTO É FORMADO POR UM MOSAICO DE MONTANHAS E PLANÍCIES, ONDE ATODO O RESTO É FORMADO POR UM MOSAICO DE MONTANHAS E PLANÍCIES, ONDE A ANTIGA BASE DE ROCHAS CRISTALINAS DO DESERTO FOI MOLDADAANTIGA BASE DE ROCHAS CRISTALINAS DO DESERTO FOI MOLDADA REPENTINAMENTE ATRAVÉS DE MILHÕES DE ANOS, FORMANDO UMA VARIEDADE DEREPENTINAMENTE ATRAVÉS DE MILHÕES DE ANOS, FORMANDO UMA VARIEDADE DE MATERIAIS GEOLÓGICOS QUE VÃO DAS ROCHAS MAIS DURAS ATÉ O CASCALHO E –MATERIAIS GEOLÓGICOS QUE VÃO DAS ROCHAS MAIS DURAS ATÉ O CASCALHO E – NATURALMENTE – A AREIA.NATURALMENTE – A AREIA. DENTRE AS ROCHAS VISÍVEIS, AS MAIS ANTIGAS SÃO CRISTALINAS – COMO ODENTRE AS ROCHAS VISÍVEIS, AS MAIS ANTIGAS SÃO CRISTALINAS – COMO O GRANITO, FUNDIDAS PELO CALOR ELEVADO E PELA PRESSÃO, HÁ BILHÕES DE ANOS.GRANITO, FUNDIDAS PELO CALOR ELEVADO E PELA PRESSÃO, HÁ BILHÕES DE ANOS. A MAIOR PARTE ESTÁ ENTERRADA NO SUBSOLO DO SAARA, CENTENAS DE METROSA MAIOR PARTE ESTÁ ENTERRADA NO SUBSOLO DO SAARA, CENTENAS DE METROS ABAIXO DA SUPERFÍCIE, MAS NO EMARANHADO CAÓTICO DAS MONTANHASABAIXO DA SUPERFÍCIE, MAS NO EMARANHADO CAÓTICO DAS MONTANHAS AHAGGAR E TIBESTI ELAS PERMANECEM EXPOSTAS.AHAGGAR E TIBESTI ELAS PERMANECEM EXPOSTAS. SOBRE A BASE DURA E CRISTALINA DO SAARA ASSENTA-SE UMA VARIEDADE DESOBRE A BASE DURA E CRISTALINA DO SAARA ASSENTA-SE UMA VARIEDADE DE ROCHAS SEDIMENTARES, COMO O ARENITO E O CALCÁRIO, DEPOSITADOS EM ERASROCHAS SEDIMENTARES, COMO O ARENITO E O CALCÁRIO, DEPOSITADOS EM ERAS SUCESSIVAS, QUANDO OS MARES, OS LAGOS E OS PÂNTANOS PRÉ-HISTÓRICOSSUCESSIVAS, QUANDO OS MARES, OS LAGOS E OS PÂNTANOS PRÉ-HISTÓRICOS COBRIAM A REGIÃO.COBRIAM A REGIÃO. AS ROCHAS AINDA MAIS NOVAS COMO O BASALTO, FORAM LANÇADAS À SUPERFICIEAS ROCHAS AINDA MAIS NOVAS COMO O BASALTO, FORAM LANÇADAS À SUPERFICIE HÁ 2 MILHÕES DE ANOS, QUANDO AS ERUPÇÕES VULCÂNICAS SACUDIRAM OHÁ 2 MILHÕES DE ANOS, QUANDO AS ERUPÇÕES VULCÂNICAS SACUDIRAM O AHAGGAR E O TIBESTI.AHAGGAR E O TIBESTI.
  9. 9. ARENITOARENITO SEIXOS GRAÚDOS COMPÕEM O “REG”SEIXOS GRAÚDOS COMPÕEM O “REG”
  10. 10. ROCHAS VULCÂNICAS
  11. 11. OS ANIMAIS TAMBÉM PODEM EXIBIROS ANIMAIS TAMBÉM PODEM EXIBIR VARIEDADES DE ADAPTAÇÕES A ESSESVARIEDADES DE ADAPTAÇÕES A ESSES AMBIENTES, INCLUÍNDO A HABILIDADE DEAMBIENTES, INCLUÍNDO A HABILIDADE DE ADQUIRIREM A ÁGUA DE QUE NECESSITAM, DASADQUIRIREM A ÁGUA DE QUE NECESSITAM, DAS SEMENTES E OUTROS ALIMENTOS, OUSEMENTES E OUTROS ALIMENTOS, OU PERMANECEREM DIARIAMENTE OUPERMANECEREM DIARIAMENTE OU SAZONALMENTE INATIVOS, ATÉ QUE ASSAZONALMENTE INATIVOS, ATÉ QUE AS CONDIÇÕES DO AMBIENTE SE ESTABILIZEM.CONDIÇÕES DO AMBIENTE SE ESTABILIZEM.
  12. 12. CIPRESTES DO MEDITERRÂNEOCIPRESTES DO MEDITERRÂNEO
  13. 13. SAQUARO – DESERTO DE SONORASAQUARO – DESERTO DE SONORA
  14. 14. OÁSIS
  15. 15. A FAUNA DOA FAUNA DO DESERTODESERTO
  16. 16. Cadeia Alimentar
  17. 17. LIFE´S TOOLIFE´S TOO SHORT TOSHORT TO DANCEDANCE WITH UGLYWITH UGLY MEN....MEN....
  18. 18. O HOMEM DO DESERTO
  19. 19. TURISMO NO DESERTO

×