Os dois momentos — a primeira visãode Maria Monforte por Pedro da Maia e ade Maria Eduarda por Carlos — têmsemelhanças óbv...
Aliás, Tomás de Alencar coincide nosepisódios: não por acaso, é apresentadoa Carlos pouco depois de este relancearMaria Ed...
Ave-Marias = cair da noite (18 horas)Noite fechada = início da noite escuraAo Gás = noite avançaHoras mortas = noite absol...
impuras = prostitutastépido = mornocírio = vela grande de cerahisterismo = histeriacutileiro = fabricante de cutelosreverb...
Já na p. 304, «Ao gás» retoma asensação de cansaço, doença, miséria,que já conhecemos. Na última quadra,dá-se um exemplo d...
Na primeira parte de «O sentimentode um ocidental», o sujeito poéticoiniciara as suas deambulações «aoentardecer». Agora, ...
Os aspetos da cidade descritos nastrês primeiras estrofes têm sobre o «eu»um efeito doentio e opressivo («esmaga»,«arrepia...
No v. 16, «Um cheiro salutar e hones-to a pão no forno», destaca-se uma figurade estilo, uma hipálage.
o sujeito poético mostra comiseração porum velho lhe pedir esmola, comohabitualmente, mas, mais ainda, por setratar do seu...
[reconhecimento de veracidade ou falsidade defrases sobre biografias de escritores doprograma]11.º 1.ª / Miguel M.11.º 3.ª...
[adivinhar nomes de batismo maiscomuns em 2000, segundo atuaissetimanistas da ESJGF]11.º 1.ª / Luís11.º 3.ª / Marta V.11.º...
[inferir correspondência de inícios,finaiss e títulos de romances de Eça]11.º 1.ª / Tomi, Francisco R., Rui11.º 3.ª / Ana ...
[reconstruir «De tarde», de Cesário Verde]11.º 1.ª / Pedro C., Rui (e, logo depois, Duarte)11.º 3.ª / João11.º 4.ª / Catar...
[lançar palavras finais dos versos de «Adébil»]11.º 1.ª / Joana11.º 3.ª / João, Miguel B.11.º 4.ª / Miguel D., Rodrigo11.º...
[adivinhar palavras em «O Noivado doSepulcro»]11.º 1.ª / Inês C., J. Sempi11.º 3.ª / não atribuído11.º 4.ª / Miguel D., Fr...
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 123-124
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 123-124
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 123-124
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 123-124

106 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
106
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 123-124

  1. 1. Os dois momentos — a primeira visãode Maria Monforte por Pedro da Maia e ade Maria Eduarda por Carlos — têmsemelhanças óbvias. Em ambas assituações, a voz do narrador, de 3.ª pessoamas focalizada nos dois protagonistasmasculinos, traça das figuras femininasretratos que as endeusam. Nos dois casos,os heróis de imediato se apaixonam e háuma personagem que vem esclarecer abiografia de quem assim tanto impres-sionara Pedro e Carlos (respetivamente,Tomás de Alencar e Dâmaso Salcede).
  2. 2. Aliás, Tomás de Alencar coincide nosepisódios: não por acaso, é apresentadoa Carlos pouco depois de este relancearMaria Eduarda, o que permite uma subtilaproximação entre os planos quedécadas afastavam.•Afonso da Maia testemunha, um poucosilenciosa, de ambos.•Causalidade entre os dois enredos(paixões).•Fins trágicos.
  3. 3. Ave-Marias = cair da noite (18 horas)Noite fechada = início da noite escuraAo Gás = noite avançaHoras mortas = noite absoluta
  4. 4. impuras = prostitutastépido = mornocírio = vela grande de cerahisterismo = histeriacutileiro = fabricante de cutelosreverbero = aparelho destinado àiluminação da via públicadebuxo = desenho, figuraregougar = emitir a voz (da raposa);resmungar
  5. 5. Já na p. 304, «Ao gás» retoma asensação de cansaço, doença, miséria,que já conhecemos. Na última quadra,dá-se um exemplo dessa miséria: ...{completa}
  6. 6. Na primeira parte de «O sentimentode um ocidental», o sujeito poéticoiniciara as suas deambulações «aoentardecer». Agora, nesta terceira parte,já «a noite pesa» e as ruas sãoiluminadas por candeeiros a gás. «Aogás» significa que a cidade é vista sob ailuminação propiciada por essescandeeiros.
  7. 7. Os aspetos da cidade descritos nastrês primeiras estrofes têm sobre o «eu»um efeito doentio e opressivo («esmaga»,«arrepia», «cercam-me», ...). Ao contrário,na quarta quadra surgem elementos comconotação mais otimista, benfazejos erevigorantes. Do trabalho do forjador e,sobretudo, da padaria, parece o sujeitopoético extrair energia, «um cheiro salutare honesto».
  8. 8. No v. 16, «Um cheiro salutar e hones-to a pão no forno», destaca-se uma figurade estilo, uma hipálage.
  9. 9. o sujeito poético mostra comiseração porum velho lhe pedir esmola, comohabitualmente, mas, mais ainda, por setratar do seu velho professor dePortuguês no 11.º ano (estúpido dovelho!).
  10. 10. [reconhecimento de veracidade ou falsidade defrases sobre biografias de escritores doprograma]11.º 1.ª / Miguel M.11.º 3.ª / Ana Marta11.º 4.ª / Inês M.11.º 6.ª / João F. & Pedro S.11.º 9.ª / Rui
  11. 11. [adivinhar nomes de batismo maiscomuns em 2000, segundo atuaissetimanistas da ESJGF]11.º 1.ª / Luís11.º 3.ª / Marta V.11.º 4.ª / Daniel11.º 6.ª / [não houve quem acertasse]11.º 9.ª / [não houve quem acertasse]
  12. 12. [inferir correspondência de inícios,finaiss e títulos de romances de Eça]11.º 1.ª / Tomi, Francisco R., Rui11.º 3.ª / Ana Marta, Chico, Marta V., Marta P(ou Marta B.? — já não me lembro bem),Miguel G.11.º 4.ª / Nádia11.º 6.ª / Miguel T.11.º 9.ª / João (e, em segundo: Bárbara,Carlota, Tiago) 
  13. 13. [reconstruir «De tarde», de Cesário Verde]11.º 1.ª / Pedro C., Rui (e, logo depois, Duarte)11.º 3.ª / João11.º 4.ª / Catarina11.º 6.ª / Mariana O.11.º 9.ª / Miguel 
  14. 14. [lançar palavras finais dos versos de «Adébil»]11.º 1.ª / Joana11.º 3.ª / João, Miguel B.11.º 4.ª / Miguel D., Rodrigo11.º 6.ª / Mariana C.11.º 9.ª / Sara
  15. 15. [adivinhar palavras em «O Noivado doSepulcro»]11.º 1.ª / Inês C., J. Sempi11.º 3.ª / não atribuído11.º 4.ª / Miguel D., Fran Hipólito, Gonçalo N.11.º 6.ª / Pedro S., Miguel T.11.º 9.ª / Paulo

×