Resumo de anatomia 
1) POSIÇÃO ANATÔMICA: posição de sentido de atleta, ou seja, de pé, com as mão espalmadas, dedos 
unid...
3) COLUNA VERTEBRAL: formada por 24 vértebras, tem uma curvatura para evitar fraturas. É formada por 
7 vértebras cervicai...
a) Sincondroses: ossos que aderem por cartilagem hialina que mais tarde ossifica. Osso – cartilagem – osso 
(sacro e cócci...
- cutâneos: 
ESTRUTURA: 
- estriado: voluntários, comandados pelo sistema nervoso central (vida de relação). 
- liso: invo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resumo de anatomia (1)

1.144 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.144
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo de anatomia (1)

  1. 1. Resumo de anatomia 1) POSIÇÃO ANATÔMICA: posição de sentido de atleta, ou seja, de pé, com as mão espalmadas, dedos unidos, palmas voltadas para a frente, dedos dos pés para diante. Nesta posição ereta pode ser empregado dois tipos de planos: PLANOS SECCIONAIS - plano sagital: corta o corpo no sentido anteroposterior (meio frente). Quando passa bem ao meio é chamado sagital mediano e quando lateralmente a esse plano é sagital paramediano. Divide o corpo ao meio, direta e esquerda. - plano frontal (ou coronal): corta o corpo lateralmente, no sentido de orelha a orelha, naturalmente até o pé. - plano transversal (ou horizontal): corta o corpo transversalmente, determinando sempre uma porção superior e outra inferior. PLANOS TANGENCIAIS: plano superior, plano inferior, plano anterior, plano posterior, planos laterais. TERMOS DE COMPARAÇÃO: 1) Proximal: próximo a raiz de implantação do membro. Distal: mais afastado da raiz de implantação do membro e mais próximo da ponta dos dedos. 2) Superficial e profundo: mais próximo ou afastado da superfície (a superfície do corpo é a pele). 3) Homolateral: do mesmo lado Contralateral: do lado oposto. 4) Medial – interno, lateral – externo, mais próximo ou mais afastado da linha sagital mediana. 2) OSTEOLOGIA: ossos são órgão esbranquiçados que unem-se pelas juntas ou articulações, formando o esqueleto, servindo de sustentáculo às partes moles e de receptáculos que protegem elementos mais nobres. Alguns ossos são hematopoiéticos, ou seja, contribuem para a formação dos glóbulos vermelhos do sangue. São 206 ossos, todos se articulam entre si, menos o osso hioide que é preso por músculo e ligamentos. CLASSIFICAÇÃO DOS OSSOS: - Ossos longos: o comprimento predomina sobre a largura e espessura (fêmur e tíbia). Apresentam uma escavação central que é o canal medular, onde se encontra a medula óssea. É constituído por um corpo ou diáfise e 2 extremidades ou epífises. - Ossos curtos: as 3 dimensões se equivalem. São ossos mais ou menos cúbicos (carpo e do tarso). - Ossos planos (chatos ou laminares): são finos, o comprimento e a largura predominam sobre a espessura (escápula). ** Grupos especiais: - Ossos alongados: as costelas, pois são ossos longos e achatados, mas não apresentam canal medular. - Ossos pneumáticos: são ocos, com cavidades cheias de ar, apresentando pequeno peso em relação ao seu volume (maxila). - Ossos irregulares: são exemplos o etmóides, esfenoide e temporal. PERIÓSTEO: membrana que envolve o osso e é bem fina, tem a função de proteção e reconstituição do osso em caso de fratura. MEDULA ÓSSEA: substância contida no canal medular dos ossos longos ou nas pequenas cavidades dos ossos esponjosos, pode ser vermelha ou amarela. A vermelha é mais vascular e vai se transformando em amarela (gordura), podendo chegar a ser cinza em pessoas idosas. ESTRUTURA ÓSSEA: é um sistema por apresentar um tecido básico (tecido ósseo). Esse tecido é constituído por osseína e sais minerais, na qual se disseminam as células ósseas que são chamadas osteócitos. O tecido ósseo pode ser denso, chamado de tecido ósseo compacto (superfície do osso) ou ter aspecto de uma esponja, denominado tecido ósseo esponjoso (interior do osso).
  2. 2. 3) COLUNA VERTEBRAL: formada por 24 vértebras, tem uma curvatura para evitar fraturas. É formada por 7 vértebras cervicais (atrás, áxis, c3 à c7), 12 vértebras torácicas (t1 à t12), 5 vértebras lombares (l1 à l5) , o sacro e o cóccix. ELEMENTOS BÁSICOS: corpo, forame, processo espinhoso, processo transverso, processo articular, lâmina e pedículos.  o atlas não tem corpo e sim arco, o áxis tem dente.  Forame no processo transverso: vértebra cervical. Fóvea costal: vértebra torácica. LORDOSE: é o aumento anormal da curva lombar levando a uma acentuação. Quando se encurva para trás. CIFOSE: é o aumento anormal da concavidade posterior da coluna vertebral. Quando se encurva para frente. ESCOLIOSE: é a curvatura lateral da coluna vertebral. Quando se inclina lateralmente. SACRO E CÓCCIX: o sacro resulta da fusão de 5 vértebras e o cóccix resulta da fusão 3 à 5 vértebras rudimentares. 4) TÓRAX: constituído por 12 vértebras torácicas, osso esterno e 12 pares de costelas (7 pares verdadeiras, 3 pares falsas e 2 pares flutuantes). 5) OSTEOLOGIA DO MEMBRO SUPERIOR: CINGULO OU CINTURA (RAIZ): dá o suporte à porção livre, sendo a clavícula e a escápula (ombro). PORÇÃO LIVRE DO MEMBRO SUPERIOR: braço, antebraço, mão (carpo, metacarpo e dedos).  Úmero: no epicôndilo lateral ficam os músculos posteriores e no epicôndilo medial os músculos anteriores.  Entre os ossos há uma membrana interossea.  A uma não se articula com o carpo (mão), área do osso escafoide e área do semilunar. 6) OSTEOLOGIA DO MEMBRO INFERIOR: CINGULO OU CINTURA (RAIZ): formado pelo ossos do quadril, um direito e outro esquerdo. O osso do quadril é com formado pelo ílio, ísquio e púbis, sendo o ponto de encontro desses 3 elementos o acetábulo (se insere a cabeça do fêmur). PORÇÃO LIVRE DO MEMBRO INFERIOR: coxa (fêmur), perna (tíbia e fíbula) e pé (tarso, metatarso e dedos).  halux é o dedão do pé. 7) ARTICULAÇÕES: o sistema articular é formando por um conjunto de articulações, ponto de contato entre dois ou mais ossos. TIPOS DE ARTICULAÇÃO: - Sinartrose: inflexíveis. - Anfiartrose: permitem pouco movimento. - Diartrose: permite movimentos amplos. Tem uma subclassificação:  Sinoviais:possuem um espaço entre os ossos e são separadas de acordo com os eixos de movimento: a) Uniaxial: 1 eixo, 2 movimentos: - Ginglimo ou dobradiça atípica: pequena rotação (joelho). - Trocóide ou pivô: movimento de rotação (articulações rádio-ulnar). - Plana ou artródia: deslizamento para frente e para trás (articulação da mandíbula). b) Biaxial: 2 eixos, 4 movimentos: - Condilar ou elipsoide: extremidade côncava em contato com outra convexa, limitando o movimento (punho w o carpo). - Selar: relacionamento de extremidades de igual curvatura, permitindo a circundação (articulação carpo-metacarpal do polegar). c) Triaxial, esferoide ou enartrose: 3 eixos, 6 movimentos (quadril). d) Poliaxial: triaxial com maior mobilidade (articulação do ombro).  Junturas fibrosas ou sinfibrosas: apresenta tecido fibroso interposto entre os ossos, podendo ser: a) Suturas: estabelecem ligações entre os ossos (encontrada somente no osso do crânio). b) Sindesmose: ligadas por fibras colágenas ou lâminas de tecido fibroso (membrana interóssea), são tíbio muscular e rádio-ulnar. c) Gonfose: articulações fibrosas que ocorrem entre cavidades e saliências (dentes e maxilas, dentes e mandíbulas).  Junturas cartilaginosas: apresentam cartilagem entre os ossos podendo ser:
  3. 3. a) Sincondroses: ossos que aderem por cartilagem hialina que mais tarde ossifica. Osso – cartilagem – osso (sacro e cóccix). b) Sínfises ou anfiartroses: existe uma fibrocartilagem espessa interposta. Osso – cartilagem – disco – cartilagem – osso (articulação entre corpos vertebrais). CLASSIFICAÇÃO MORFOLÓGICA DAS JUNTURAS SINOVIAIS: - Plana: estão na mesma direção, mesmo plano. - Ginglimo ou trocleartrose: possuía a forma de um carretel. - Trocóide ou pivô: possui a forma de um cilindro. - Condilar: as superfícies articulares possuem a forma elíptica. - Selar: uma superfície côncava encaixa-se numa superfície convexa. - Esferoide ou enartrose: uma esfera encaixa-se numa superfície côncava. TERMOS DE MOVIMENTO: 8) MÚSCULOS: servem para movimento. Contraem-se ou relaxam. Atuam sobre os ossos, articulações, cartilagens, etc. São órgãos porque possuem ventre (porção carnosa), tendões ou aponeuroses (tecido conjuntivo resistente nas extremidades de fixação), fáscias, artérias, veias, nervos e linfáticos. Temos 501 músculos. Que correspondem a 40% do peso corpporal.  Miosarcomas: câncer de músculos. CLASSIFICAÇÃO: - longos: - planos: - curtos: - alongados: - anulares: boca, olho, uretra e anus. SITUAÇÃO: - esqueléticos:
  4. 4. - cutâneos: ESTRUTURA: - estriado: voluntários, comandados pelo sistema nervoso central (vida de relação). - liso: involuntários, comandado pelo sistema nervoso autônomo (vida vegetativa), ex. intestino, vasos sanguíneos e bexiga. - cardíaco: é do tipo estriado comandado pelo sistema nervoso autônomo (involuntário) . Os músculos motores dos ossículos da audição também são estriados e comandados pelo sistema nervoso autônomo. CONSTITUIÇÃO: - Endomísio: envolve cada fibra muscular. - Perimísio: envolve feixes de fibras. - Epimísio: envolve todo o músculo. NÚMERO DE INSERÇÕES: variação do número de cabeça, bíceps, quadríceps, tríceps. MÚSCULOS DO TÓRAX: dividem-se em 4 grupos: - Anterolaterais (4): peitoral maior, peitoral menor, subclávico, serrátil anterior. - Músculos costais (5): levantadores das costelas, intercostais externos (inspiração), intercostais internos (expiração), subcostais, transverso do tórax. - Músculos posteriores (dorsais) (6): trapézio, grande dorsal, levantador da escapula, romboide menor, romboide maior, serrátil postero-superior, serrátil postero-inferior. - Músculo da goteira vertebral (4): eretor da espinha, transverso espinhal, interespinhais e intertransversais. MÚSCULOS DO ABDOMEN: reto do abdômen, piramidal do abdômen, oblíquo do abdômen, obliquo interno do abdômen, músculo transverso do abdômen.

×