Regimento be 2013 2014

364 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
364
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
46
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regimento be 2013 2014

  1. 1. 2013/2014 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO REGIMENTO DAS BIBLIOTECAS Professores Bibliotecários Coordenador: Élio Geadas Maria José Ramalho
  2. 2. REGIMENTO DAS BIBLIOTECAS 2013/2014 Introdução As Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Vieira de Araújo são: Biblioteca Escolar Vieira de Araújo (BEVA), a Biblioteca Escolar de Vieira do Minho (BEVM), a Biblioteca Escolar de Rossas (BERO) e a Biblioteca Escolar Ribeira Cávado (BERC). Estão incluídos na Biblioteca BEVA a Sala de Estudo e a Sala Multimédia. As informações relativas as estes espaços e serviços estão presentes no site http://bibliotecavieiraaraujo23s.webnode.com, que inclui Apoio ao Estudo, Comunidade de Leitores, Funcionamento das Bibliotecas, Sala de Estudo e Sala Multimédia, Catálogo online das Bibliotecas http://212.55.143.29/bibliopac/bin/wxis.exe/bibliopac/?IsisScript=bibliopac/bin/bibliopac.xic&db=EBVARA UJO&lang=P&start=cfg-dren; Livros Digitalizados, com sites recomendados por todos os grupos disciplinares), e hiperligação com o site do Projeto de Leitura “Formação de Leitores de Mãos Dadas Livros Vivos”- http://livrosvivos.webnode.com. As Bibliotecas Escolares do Agrupamento colocam ao dispor dos seus utentes um conjunto de recursos materiais (instalações, equipamentos), humanos (professores bibliotecários, professores, funcionários, estudantes) e de suportes de informação (escritos, audiovisuais, informáticos e digitais), organizados de modo a facilitar e a motivar a sua utilização. Capitulo I: Objetivos São objetivos das Bibliotecas e dos seus espaços físicos e digitais: a) Estimular a criatividade, a curiosidade intelectual e o sentido crítico dos estudantes, contribuindo para a sua educação, prazer, formação e informação; b) Apoiar os programas curriculares, criando condições de trabalho para a promoção do desenvolvimento curricular de forma transversal e integrada dos recursos de informação, tecnológicos e atividades de promoção da leitura, articulando as áreas curriculares com as áreas curriculares não disciplinares, através da operacionalização do Projeto Curricular de Turma. c) Incentivar a participação ativa dos estudantes na construção do seu próprio conhecimento; d) Disponibilizar suportes de informação variados para que a comunidade escolar desenvolva capacidades de autonomia e adquira competências de recolha, tratamento e utilização da informação; e) Promover o contacto com as novas tecnologias que caracterizam o mundo atual; f) Dispor de materiais para a formação profissional dos professores e de recursos para apoio do desenvolvimento curricular, da programação e da avaliação; g) Motivar os estudantes para que, à saída da escolaridade obrigatória ou do ensino secundário, recorram periodicamente às Bibliotecas, como meio de informação e formação contínua; 2
  3. 3. REGIMENTO DAS BIBLIOTECAS 2013/2014 h) Interagir com todas as estruturas da escola: órgão de gestão, conselho pedagógico, departamentos de articulação curricular, conselhos de turma e outros agentes da comunidade educativa. Capitulo II: Organização As Bibliotecas Escolares estão organizadas da seguinte forma: a) Recursos Materiais:  Instalações;  Equipamentos;  Computadores;  Leitores de CD`s, Cassetes Áudio e VHS;  Televisões;  Vídeos;  Aparelhagem HI-FI;  Auscultadores;  Máquina de filmar digital;  Máquina Fotográfica digital;  Scanner;  Mobiliário. b) Recursos Humanos: As Bibliotecas e os seus espaços são coordenados por dois Professores Bibliotecários e respetiva Equipa, responsáveis pela Coordenação das Bibliotecas, da Sala de Estudo e da Sala Multimédia, nomeadamente docentes destacados para essas salas pela Direção; Estes espaços são assessorados pela Equipa das Bibliotecas e um grupo de apoio à dinamização das Bibliotecas, constituído por alunos e/ou professores; Na gestão e dinamização das Bibliotecas e dos seus espaços, estão incluídas as seguintes funções:  Serviço de referência aos utilizadores;  A difusão seletiva da informação disponível aos utilizadores;  A planificação, divulgação e concretização das atividades;  Divulgação da Biblioteca, Promoção da Leitura e das Literacias;  Apoio aos curricula;  Apoio individualizado no esclarecimento de dúvidas e na realização dos Trabalhos de casa;  Sessões de apoio aos curricula, à promoção da leitura e das literacias;  A classificação e a indexação dos documentos; 3
  4. 4. REGIMENTO DAS BIBLIOTECAS 2013/2014  Planeamento das aquisições;  Aquisição de material;  A elaboração de estatísticas;  A organização da correspondência;  A elaboração e apresentação em Conselho Pedagógico de um Plano de Atividades, de um Plano de Ação para quatro anos e de um Relatório Anual e de todas as atividades realizadas;  A participação em reuniões e atividades relacionadas com as Bibliotecas;  Estabelecer parcerias com instituições locais e não locais;  Dinamização de diversas atividades em articulação com os vários ciclos/departamentos. A funcionária destacada que terá como funções: - Atendimento; - Controlo da leitura presencial e o empréstimo domiciliário; - O tratamento técnico dos documentos (registo, carimbagem, cotação, arrumação, informatização); - A arrumação e a limpeza das instalações. Capitulo III: Suportes de Informação São considerados suportes de informação das Bibliotecas Escolares a) Material livro: livros, periódicos, folhetos, cartazes, dossiês temáticos; b) Material não livro: Internet, cassetes vídeo e áudio, DVD, CD ROMs, software; c) Material digital: Website da Biblioteca http://bibliotecavieiraaraujo23s.webnode.com e Website da Leitura http://livrosvivos.webnode.com/. Capitulo IV: Acesso e Utilização dos espaços da Biblioteca Todas as atividades desenvolvidas no espaço da BEVA devem ser registadas no computador junto da receção, para fins meramente estatísticos das várias atividades realizadas pelos alunos ao longo do ano letivo. a) Os documentos encontram-se em regime de livre acesso aos alunos, docentes e outros elementos da comunidade educativa. Este acesso é sempre supervisionado pelos professores bibliotecários e funcionária da Biblioteca; b) O espaço com estantes de livros funciona como local de estudo/leitura/consulta silenciosa, devendo todos os seus utilizadores respeitar a regra essencial de silêncio; 4
  5. 5. REGIMENTO DAS BIBLIOTECAS 2013/2014 c) O espaço da receção tem ainda um local de consulta de periódicos, de audição e leitura informal; d) O espaço com televisores, vídeo, e HI-FI pode ser utilizado de uma forma lúdica pelos alunos, nos tempos livres ou pesquisa/consulta orientada pelos docentes. A utilização destes recursos é sempre sem som, para não perturbar o funcionamento geral da Biblioteca. O registo do uso deste espaço também é realizado para posterior avaliação de utilização do mesmo; e) Os Professores, com a respetiva turma, poderão utilizar os espaços das Bibliotecas para atividades/trabalhos/Investigação, sendo necessário fazer a marcação com 48 horas de antecedência, junto da funcionária e/ou professores bibliotecários; f) Os documentos existentes nas Bibliotecas e Sala de Estudo podem ser consultados em regime de consulta presencial ou em regime de consulta domiciliária; g) Os alunos poderão fazer a requisição domiciliária mediante a apresentação do N.º de Leitor, por um período de 15 dias, podendo renová-la; h) A utilização de equipamentos e materiais áudio visuais implica a inscrição e o preenchimento da requisição do material a utilizar; i) O número máximo de alunos que poderá fazer o visionamento de um vídeo será de três por televisor. A utilização do equipamento informático colocado nas Bibliotecas e nos seus espaços tem as seguintes regras: a) A utilização de computadores implica o preenchimento da ficha de requisição, com a indicação dos seguintes dados: data, hora, turma, o nome do utente que pretende utilizar os computadores e o tema que pretende pesquisar/desenvolver/trabalhar, acrescentando ainda a disciplina onde se insere esse trabalho; b) Na BEVA existe um computador reservado para a informatização das Bibliotecas e utilizado apenas pelos Professores Bibliotecários, pela Funcionária e pelos Professores Responsáveis pela BEVA; c) Só é permitido realizar trabalhos ou consultas/pesquisas nos computadores das Bibliotecas; d) O acesso às redes sociais não é permitido; e) O utilizador terá direito a 45 minutos, por cada inscrição. Se não houver inscrições para o tempo seguinte, o utilizador poderá ficar mais 45 minutos, mas nunca ultrapassando as duas horas seguidas de uso; f) Cada computador só pode ser utilizado por um utilizador, caso não haja alunos em espera, podem excecionalmente estar dois alunos para realizar trabalhos de grupo; g) Na BEVA e Sala de Estudo, não é permitido jogar nos computadores. Os alunos só poderão jogar na Sala Multimédia, jogos didáticos, utilizando para isso a página das Bibliotecas; h) Durante os intervalos não é permitido a utilização de computadores na BEVA; 5
  6. 6. REGIMENTO DAS BIBLIOTECAS 2013/2014 i) O utilizador não deverá desligar o equipamento que encontre ligado; j) Só poderão ser utilizados programas/utilitários existentes no setor; k) Os utilizadores são responsáveis pelos danos e perdas do material, desde que tal se verifique durante o seu período de utilização; l) Cada utilizador, ao acabar o seu trabalho, deverá deixar em bom estado de utilização todo o material usado; m) Os alunos deverão fazer-se acompanhar de suporte digital para guardar os seus trabalhos; na BEVA existe uma pen de recurso para auxiliar os alunos em caso de não se fazerem acompanhar pelo suporte digital necessário; n) Os utilizadores que não cumpram o regulamento, que se comportem indisciplinadamente ou que causem danos no equipamento ou nos programas nele instalados, poderão ser alvo de participação disciplinar e impedidos de utilizarem as Bibliotecas e/ou o sistema durante um determinado tempo; o) Sempre que um aluno pretender utilizar software diverso do que está disponibilizado pelas Bibliotecas, terá que pedir autorização ao professor/funcionário responsável. Capitulo V: Requisição domiciliária Quanto à utilização domiciliária de material livro rege-se pelas seguintes orientações:  É facultada em função de uma requisição no usewin;  Os livros podem ser requisitados por um período de quinze dias, sendo acompanhados por uma ficha de leitura (facultativa) de acordo com o ciclo a que pertence o requisitante;  Excetuam-se à alínea anterior, as obras de referência (dicionários, enciclopédias e atlas), que podem apenas ser consultados na Biblioteca e/ou utilizados nas aulas segundo pedido do docente, mediante registo na ficha de empréstimo para sala de aula, pelos professores bibliotecários e/ou funcionária da biblioteca;  O utilizador poderá requisitar até dois documentos e o empréstimo será renovado, a seu pedido, mediante a presentação dos documentos requisitados, caso não haja outros utilizadores em lista de espera. Capitulo VI: Utilizadores Os principais utilizadores das Bibliotecas são os Alunos, os Professores e os Assistentes Operacionais do Agrupamento de Escolas Vieira de Araújo. São, também, utilizadores das Bibliotecas o Público em geral, nomeadamente, Ex-estudantes, Investigadores, Encarregados de Educação, Docentes e Estudantes. Os utilizadores terão que fazer a requisição, junto da funcionária/professores bibliotecários, para poderem recorrer ao empréstimo domiciliário. 6
  7. 7. REGIMENTO DAS BIBLIOTECAS 2013/2014 São direitos dos utilizadores: a) Usufruir de todos os recursos e serviços prestados pelas Bibliotecas e pelos seus espaços constantes no Regulamento e Regimento; b) Circular livremente em todos os espaços das Bibliotecas; c) Retirar das estantes os documentos em livre acesso; d) Participar em todas as atividades promovidas pelas Bibliotecas; e) Dispor de um ambiente calmo e agradável, propício à leitura e ao estudo; f) Requisitar para leitura ou visionamento domiciliário os documentos disponíveis; g) Apresentar críticas e sugestões. São deveres dos utilizadores: a) Cumprir as normas estabelecidas no Regulamento e Regimento; b) Devolver em bom estado de conservação os documentos que lhe são facultados; c) Manter o mobiliário limpo e na mesma disposição em que o encontram; d) Colocar os documentos que consultarem no carrinho para o efeito, antes de saírem; e) Cumprir os prazos estipulados para a devolução dos documentos de empréstimo domiciliário; indemnizar as Bibliotecas pelos estragos ou perdas que forem da sua responsabilidade; f) Contribuir para que nas Bibliotecas e nos seus espaços exista um ambiente agradável onde se sinta prazer e bem-estar; g) Ter um comportamento de respeito pelos seus pares, pelo mobiliário, equipamento e documentos; h) Seguir as indicações transmitidas pelos Assistentes Operacionais, pelos Professores e pelos Professores Bibliotecários. Capitulo VII: Disposições diversas a) As Bibliotecas Escolares deverão estar abertas, em horário determinado pela Direção e/ou Coordenação de Estabelecimento, tendo em linha de conta as necessidades dos seus principais utilizadores, os alunos e a existência de pessoal docente e não docente para supervisionar as atividades nas bibliotecas; b) As informações gerais sobre a dinâmica e o funcionamento das Bibliotecas serão afixadas regularmente no placar à entrada das Bibliotecas, dos seus espaços, no polivalente, blocos e na sala de professores; c) Serão pontualmente utilizadas outras formas de divulgação das atividades ou dos recursos das Bibliotecas como, por exemplo, boletins informativos, folhetos, blogue, página, cartazes, etc.; d) Os documentos estão arrumados em estantes e classificados segundo a Classificação Decimal Universal (CDU). Uma lista abreviada da CDU estará afixada, em local visível, para facilidade de 7
  8. 8. REGIMENTO DAS BIBLIOTECAS 2013/2014 pesquisa. Para mais informações relativas a este assunto poderá ser consultado o Manual de Procedimentos da Biblioteca Escolar; e) Os livros estão todos etiquetados por cores em função dos temas e subtemas, a especificidade das cores e respetivo tema e subtema encontra-se afixada nas Bibliotecas e patente no Regulamento das Bibliotecas; f) Não são permitidas requisições de qualquer tipo de suporte informativo das Bibliotecas no último mês antes do final do ano letivo; g) As malas ou mochilas dos utilizadores devem ser deixadas fora das bibliotecas, no local apropriado, devendo os alunos transportar apenas consigo o material necessário ao trabalho que pretendem desenvolver no interior da biblioteca; h) Não é permitido consumir alimentos ou bebidas, nem fumar ou mascar chicletes em toda a área das Bibliotecas e dos seus espaços. Também não é permitido o uso de telemóvel no interior da Biblioteca; i) Na Zona de Atendimento, há uma caixa de sugestões com a finalidade de receber as propostas ou as críticas dos utilizadores das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Vieira de Araújo; j) Todos os alunos que importunem deliberadamente os seus pares, desobedeçam aos Professores Bibliotecários, aos membros da Equipa das Bibliotecas e às Assistentes Operacionais, atentem contra o património das Bibliotecas e desrespeitem as regras de higiene, poderão ver impedida a sua entrada nas Bibliotecas por uma prazo, que pode ir até 30 dias, conforme a gravidade dos factos, com a autorização e aprovação do Diretor do Agrupamento; k) Se eventualmente o aluno, impedido de entrar na Biblioteca por motivos disciplinares e comportamentais, tiver necessidade de realizar algum trabalho na Biblioteca, só o poderá fazer acompanhado de um docente; l) Nos casos omissos neste Regimento, as Bibliotecas obedecerão ao Regulamento Interno, ao Projeto Educativo da Escola, ao Projeto Curricular de Agrupamento e às normas internas provenientes da Direção. Vieira do Minho, outubro de 2013 Os professores bibliotecários Élio Geadas e Maria José Ramalho 8

×