Brasil a revolução do vinagre

540 visualizações

Publicada em

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
540
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Brasil a revolução do vinagre

  1. 1. Brasil, A Revolução do Vinagre ­ Esquerda na forma, Direita no conteúdo.    Por Gearóid Ó Colmain ­ 06 de Agosto de 2013  Parte 5 de 6: Acordar um gigante adormecido com a "Industria da Juventude"    Escrevendo no New York Times, em 2008, o ex­conselheiro de Segurança Nacional Zbigniew                          EUA Bzrezinski declarou:    “Apesar de a liderança dos EUA tem sido essencial para a estabilidade e                          desenvolvimento global, os efeitos cumulativos de auto­indulgência nacional, irresponsabilidade                  financeira, uma guerra desnecessária e transgressões éticas têm desacreditado essa                    liderança. Para piorar as coisas a crise econômica global.     O desafio resultante é composto por questões como clima, saúde e desigualdade social ­                            questões que estão se tornando mais controversas, porque elas vieram à tona no contexto do                              que eu chamo de "despertar político global".     Pela primeira vez na história, quase toda a humanidade está politicamente ativa, politicamente                          consciente e politicamente interativ. O ativismo global está provocando um aumento na busca                          de respeito cultural e oportunidade econômica em um mundo marcado por memórias de                          dominação colonial ou imperial.”    O "ativismo global" acima referido é representado por uma miríade, ONGs corporativas                        inumeráveis ​​que agitam por "direitos humanos", "ambientalismo", "ações contra a fome", e                        assim por diante. O que o artigo de Brzezinski anunciou foi uma nova era de poder inteligente                                  dos EUA, onde boas causas seriam aproveitada por agências que trabalham para o complexo                            industrial militar, a fim de assegurar a continuidade e promoção da hegemonia dos EUA no                              mundo. O resultado foi uma série de revoluções coloridas e guerras humanitárias no Norte da                              África e no Oriente Médio e agora a desestabilização em curso atual do Brasil. No mesmo                                artigo, Brzezinski adverte que "a única alternativa para um papel construtivo americano é o caos                              global".    Isto é precisamente o que nós estamos começando a ver em todo o mundo onde os países que                                    se recusam submeter­se à Nova Ordem Mundial estão sendo desestabilizados com os                        movimentos sociais anarquistas e rizomáticos, financiados pelo imperialismo.     Já nos referimos aos comentários de Guido Mantega sobre a guerra cambial entre os Estados                              Unidos e o Brasil. Nenhum funcionário diplomático de qualquer país declarou guerra ao governo                            dos EUA desde o ataque japonês a Pearl Harbour, em 1943. Pelo fato de Mantega ter acusado                                  os EUA de iniciar uma guerra cambial, é altamente provável que Wall Street iria ver a                                determinação do Brasil para defender seus interesses como um ataque contra o imperialismo                          dos EUA.   
  2. 2. O Brasil tem sido tradicionalmente referido como um "gigante adormecido da América"​​, devido                          ao seu enorme potencial econômico. A frase, atribuída ao comandante japonês Isoroku                        Yamamoto após o ataque japonês a Pearl Harbor, quando ele disse: "Eu temo que nós                              despertaram um gigante adormecido e encheu­o com uma terrível vontade ", é importante ter                            em mente aqui. Poucos meses após a declaração de uma guerra cambial de Mantega, os                              protestos contra a corrupção começaram a irromper em muitas das cidades do Brasil.    Um dos slogans utilizados nas manifestações brasileiras foi "O Brasil acordou." Em 2011 a                            Diageo [Diageo plc é um conglomerado de marcas de bebidas com sede em Londres, Reino                              Unido, é a segunda maior companhia de bebidas alcoólicas do mundo] fez um comercial para o                                whisky Johnny Walker em que uma montanha irrompe em um gigante, inspirando a população a                              andar com ele. O comercial foi um grande sucesso e deu inicio ao slogan, "O Gigante não está                                    adormecido" ­ que se tornou um dos slogans do movimento de protesto social que eclodiu em                                junho de 2013.   Em abril de 2013, a Diageo fez outro comercial para Johnny Walker, com o slogan "Está na                                  hora na próximo Passo" ­ é hora para a próxima etapa. A Diageo afirmou que o uso de seus                                      comerciais pelo movimento de protesto no Brasil foi uma mera coincidência, mas isso é                            improvável, dada a presença altamente organizada, profissional e coordenada de ONGS                      americanas que querem "mudança de regime" que operam em todo o Brasil.    Movimentos anteriores, "revoluções coloridas" apoiados pelos EUA fizeram uso de álcool para                        incitar a violência e instabilidade. Por exemplo, os EUA apoiaram os putchists que tentaram                            fomentar um golpe na Bielorrússia em 2010, atacando o parlamento com barras de ferro, e que                                estavam fortemente sob a influência de álcool. Durante os protestos no Brasil, edifícios do                            governo foram atacados por manifestantes, como o Palácio do Itamaraty, sede do Ministério                          das Relações Exteriores, um edifício projetado pelo grande arquiteto comunista Oscar                      Neimayer, que teve que fugir Brasil em 1964, quando uma revolução semelhante ''trouxe                          generais fascistas ao poder.   A decisão do governo brasileiro para defender seus interesses em uma guerra cambial com os                              Estados Unidos era equivalente a um Pearl Harbor financeira. O "gigante adormecido" que iria                            entrar em erupção em todo o Brasil poderia ser descrito como a inteligência dos EUA                              trabalhando através da descontente pequena burguesia do Brasil e dirigido contra o Estado                          protecionista.    "Vem  pra rua", diz a Fiat ­ Fábrica de veículos  Outro comercial de TV , cuja programação preditiva é ainda mais explícito do que a propaganda                                Johnny Walker, veio da Fiat. O comercial da Fiat altamente emotivo trazia o título " Vem pra Rua                                    " e mostrou cenas de manifestações de massa com manifestantes estendendo as mãos no ar.                              A imagem de mãos esticadas apresenta como o logotipo de muitas organizações de mudança                            de regime dos EUA, como " O Movimento Mundial pela Demoracy " . O comercial Fiat foi                                 
  3. 3. ostensivamente feita para coincidir com as celebrações da Copa das Confederações ; isto é                            evidente no vídeo . Embora não possa ser provado que o vídeo foi concebido para incentivar                                manifestações contra o governo, a suspeita permanece.  Fiat Uno , Strada , Siena e Palio são alguns dos carros mais populares entre os novos                                  altamente endividado da pequena burguesia do Brasil , a própria classe que iria tomar as ruas                                em junho cantando em uníssono " VEM pra rua ! " ­ Venha para as ruas ! .  A Fiat tem sido muito bem sucedida no Brasil ao longo dos anos em que tem quebrado                                  recordes de vendas e produção . Mas a produção diminuiu drasticamente em 2012 levando a                              empresa em negociações com o Sindicato dos Metalúrgicos para demitir trabalhadores. O                        governo do PT colocou pressão sobre as empresas para não despedir trabalhadores; isso                          contrasta marcadamente com o comportamento do regime militar, que governou o país                        exclusivamente em nome de empresas multinacionais.  Recentemente se fundiu com a General Motors do Brasil. Desde o ano passado, a GM tem                                enfrentado pressão da presidente Dilma Rousseff para manter os trabalhadores em troca de                          incentivos fiscais que ajudaram a levantar as vendas no quarto maior mercado de carros do                              mundo a um nível recorde em 2012.  Não há nada que as corporações multinacionais odeiem mais do que a negociação coletiva.                            Apesar de a maioria dos sindicatos nos países capitalistas funcionarem mais como guardas em                            campos de concentração de escravidão assalariada, o fato de que executivos de empresas                          internacionais ter que lidar com sindicatos, quando da "reestruturação" de suas empresas de                          acordo com as forças do mercado é algo que a maioria das empresas prefere ficar de fora                                  como parte da modernização e da "mudança em que podemos acreditar".    Em 2011, a Reuters informou que o FIOM, sindicato dos metalurgicos italiano ", acusou a                              montadora de renegar as promessas de investimento e voltar o relógio sobre as relações de                              trabalho do século 19".   Sergio Marchionne, CEO da Fiat, deu seu apoio à posse do tecnocrata Mario Monti na União                                Européia dizendo que a Itália tinha "uma vez na vida oportunidade de abraçar a mudança".  Agora os brasileiros terão a oportunidade de abraçar a "mudança" também através de " mudar o                                Brasil ", onde o Brasil será enfraquecido além do conserto, com os direitos de negociação                             
  4. 4. coletiva para os trabalhadores abolido e os bons velhos tempos da ditadura militar de volta, se                                Marchionne e sua laia conseguirem seu intento.  O governo brasileiro tem dado incentivos fiscais para as multinacionais na condição de manter                            o emprego . A meta do Partido dos Trabalhadores era levar o Brasil a níveis de benefícios nas                                    negociações coletivas que existiam na Europa na era pós Segunda Guerra Mundial. Agora que                            os benefícios sociais na Europa resumem­se à morte, não há nenhuma razão para que as                              empresas tenham que aturar exigências de benefícios de países em desenvolvimento. Pode­se                        entender por que empresas como Fiat e General Motors apoiariam" mudança de regime" no                            Brasil.  Claro, essas empresas podem sempre contar com a negação plausível e reivindicar que o que                              eles fizeram e tudo isso foi uma coincidência. Mas há muitas razões para duvidar dessas                              declarações quando se considera como golpes de Estado fascistas foram organizados na                        década de 1960 , utilizando técnicas semelhantes de programação preditiva através do cinema                          e da indústria da publicidade, que envolve a coordenação de centenas de empresas que                            trabalham em segredo.  A maioria das decisões nas sociedades capitalistas são tomadas por funcionários não eleitos                          por trás das portas de salas de reuniões e salas de conferências , longe do mundo simples do                                    consumidor pequeno­burguês . O mundo que pessoas como Soros promovem é o oposto de                            uma sociedade aberta . Trata­se do cerco progressivo dos espaços físicos e mentais que                            culminam com a redução da existência humana aos dígitos de dança da bolsa de valores . Foi                                  irônico que os protestos seriam o resultado de um desejo de melhor transporte público usou um                                slogan especialmente concebido para a ocasião por uma empresa privada de automóveis.    Rio pacífico  Em 2011, uma ONG chamada Rio de Paz organizou um protesto espetacular contra a                            corrupção na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, onde centenas de vassouras foram                            fincados na areia. Um artigo publicado no jornal The Guardian referiu­se ao movimento de                            protesto nascente. Um artigo sobre o movimento também apareceu no site de Movements.org.                          Movements.org é patrocinado pela Pepsi, Google, e Omnicon Group, que são membros do                         
  5. 5. Conselho de Relações Exteriores. Seu diretor é Jared Cohen, diretor da Google Idéias. Ele                            serviu como membro da equipe de planejamento do Departamento de Estado nas                        administrações de Bush e Obama.    Tony Cartulucci escreve:  “O fundador com Movements.org juntamente com Cohen é Jason Liebman da Howcast mídia                          que trabalha com mega­ conglomerados corporativos, como Procter & Gamble , Kodak, Staples                          , Ford, e agências governamentais , como o Departamento de Estado dos EUA e do                              Departamento de Defesa dos EUA , para criar "custom­branded entretenimento , as mídias                          sociais inovadoras e campanhas direcionadas da mídia rica. "Ele também esteve no Google por                            4 anos , onde trabalhou em parceria com a Time Warner (CFR ) , a News Corporation (                                    FoxNews , CFR ) Viacom , Warner Music , Sony Pictures , Reuters , o New York Times e o                                        Washington Post Company.  Roman Sunder também é creditado com co­fundador do Movements.org . Fundou a Acesso                          360 Media , uma empresa de publicidade em massa, e também organizou o PTTOW ! Summit                                , que reuniu 35 altos executivos de empresas como a AT & T ( CFR ) , Quicksilver , Activison ,                                          Facebook, HP , YouTube, Pepsi (CFR ) , e do governo dos EUA para discutir o futuro da                                    "indústria da juventude. " Ele também é membro do conselho da Next Gen , uma outra                                organização sem fins lucrativos focada em " afetando a mudança para a próxima geração  A " indústria da juventude " deu ao mundo a " Primavera Árabe " em 2011. Foi o estopim para                                        uma guerra de agressão contra a Líbia e Síria e que agora está sendo usado pelo                                Departamento de Estado dos EUA , a fim de preparar o terreno para a mudança de regime no                                    Brasil em 2014 ou possivelmente mais cedo . Seria extremamente ingênuo acreditar que os                            EUA simplesmente aceitaria que o Brasil e a América Latina não eram mais o seu playground.                                Quando o Sr. Mudança Obama , anunciou em sua campanha eleitoral de 2008 "precisamos                            recuperar América Latina '' , ele falava sério ; " Mudar o Brasil" é o resultado de mais de dois                                        anos de planejamento .   
  6. 6. A noção de um país , de repente "despertar ", também foi promovido durante quando os EUA                                  apoiaram os protestos " Primavera Árabe ", em 2011. Ignorando o fato de que as pessoas têm                                  protestado por todo o Oriente Médio e Norte da África contra os EUA / imperialismo israelense                                por décadas. Protestos contra o capitalismo não é novo no Brasil também. . A noção de                                despertar foi esboçado pelo já mencionado ex­presidente Fernando Henrique Cardoso em                      entrevista à revista The American Interest em 2012 Referindo­se a seu tempo na presidência,                            durante a década de 1990 , Cardoso disse :  “Juntamente com a economia mais aberta, o investimento de capital estrangeiro, e o estouro de                              monopólios produziram um novo Brasil, um Brasil 'acordado' ".  Sem dúvida, Cardoso agradou aos editores dos interesses norte­americanos quando ele                      assegurou­lhes que o seu partido não iria pressionar para a inclusão do Brasil no Conselho de                                Segurança da ONU. O ex­presidente brasileiro observou:  “Temos que ser mais cauteloso sobre a busca de um assento, no entanto. É uma questão                                bastante complexa. Agora não é realmente o momento de reformar o conselho.”  Esta é uma clara indicação de que Cardoso e a camarilha que ele representa vai apoiar                                plenamente a Responsabilidade de Proteger Doutrina e vai mudar a política em favor de                            Washington se os motins no Brasil ajudarem a oposição de direita a tomar o poder, depois, ou                                  talvez até antes das eleições em 2014.   A atitude submissa de Cardoso contrasta marcadamente com o discurso inflamado dado pelo                          ex­presidente brasileiro Luis Inácio Lula da Silva para a União Africana em 2011, quando ele                              insistiu que a América Latina e a África devem ter assento permanente no Conselho de                              Segurança da ONU.  Citigroup e da CIA    O presidente da Diageo , a empresa que fez o comercial acima mencionado, é Franz Humer ,                                  que também é membro do conselho do Citigroup , um dos maiores bancos do mundo .                                Membros do conselho do Citigroup anteriores incluíam o ex­ chefe da CIA, John M. Deutch .                               
  7. 7. Segundo o ex­ oficial do Departamento de Policia de Los Angeles houve sempre uma porta                              giratória entre os bancos de Wall Street e da Agência Central de Inteligência.  O Citigroup conta com 21 por cento de seus ativos da América Latina. Em abril de 2013, a                                    empresa decidiu sair do seu negócio de cartão de crédito até então lucrativo no Brasil, que                                fornecia cartões de crédito para a classe média baixa , que compõe a maioria dos                              manifestantes em junho. Houve rumores de que uma grande crise no padrão de cartão de                              crédito está surgindo no Brasil. O Citigroup se queixa de que o cenário bancário brasileiro é                                uma loja fechada com os principais bancos controlados pelo Estado. No entanto , o Citigroup                              vai continuar a manter uma presença de um por cento em aquisições e fusões e irá fornecer                                  crédito a elite rica do país. O Monopólio estatal do setor bancário no Brasil tem impedido os                                  bancos de Wall Street de tomar todo o país. No México com " economia aberta " permitiu o                                    Citigroup  comprar seu maior banco  em 2001.  Se o Citigroup tinha informações de que uma operação de mudança de regime estava em                              curso no Brasil para acabar com a " guerra cambial " e abrir a economia à penetração Wall                                    Street , isso poderia explicar o sell­off de seu negócio de cartão de crédito um mês antes do                                    maior movimento de protesto no Brasil visto em 20 anos, um movimento que causou um estado                                de emergência e poderia derrubar o governo Dilma .  De acordo com a Bloomberg, o Banco Itaú assumiu o topo do ranking do mercado de fusões e                                    aquisições do Citigroup, Rothshild e Credit Suisse. O relatório da Bloomberg observa:   As empresas estrangeiras estão enfrentando mais concorrência de rivais locais, na tentativa de                          segurar a sua participação no mercado de banco de investimentos no Brasil, onde uma classe                              média emergente está impulsionando uma das economias de mais rápido crescimento do                        mundo.   É esta burguesia nacional crescente que constitui a base de apoio do Partido dos                            Trabalhadores, em contraste com a burguesia compradora representado por nomes como o                        ex­presidente do Banco Central do Brasil, Armínio Fraga, um agente de George Soros, cujo                            patrimônio e fundos de hedge privado Gávea Investimentos Ltda é propriedade de JP Morgan                            Chase. 
  8. 8. William Landers, gestor de carteira do Latin American Investment Trust de Blackrock, PLC                          disse à Bloomberg em junho que os protestos no Brasil foram "o que estamos procurando."                              Black Rock foi formada em 1988 por Larry Fink e Robert Kapito, que foi pioneiro no esquema                                  títulos lastreados em hipotecas que levaram à crise financeira global. Blackrock representa a                          quintessência do capitalismo de casino e um dos financiadores 'movimento populares’ contra o                          Estado brasileiro, que é tem uma regulação pró­mercado e é precisamente o que eles querem.                              Landers também elogiou Dilma Rousseff por apoiar os protestos.  Táticas da revolução Colorida  Um dos métodos testados e comprovados do Centre For Non­Violent Actions and Strategies                          [CANVAS] financiada pela CIA é uma organização que capacita jovens de todo o mundo para                              derrubar governos hostis aos interesses dos EUA , envolve o cortejo das forças de segurança ,                                como por meio de a distribuição de flores . O Diretor do CANVAS Srdjan Popovic contou aos                                  criadores do documentário The Revolution Business como esta psicologia funciona quando ele                        confirmou que os levantes "espontâneos" na Tunísia e no Egito , em 2011 foram o resultado de                                  um planejamento amplo por numerosas organizações não governamentais.  A The Real News Network publicou um relatório onde eles mostraram manifestantes                        distribuindo flores para a polícia durante os protestos brasileiros. Outros vídeos mostraram a                          polícia sentando­se com os manifestantes . Este é um clássico da psicologia na mudança de                              regime e indica a presença de ativistas ligados ao CANVAS operando no terreno .  O documentário The Revolution Business também mostrou como os organizadores dos                      protestos encenado eventos , a fim de aumentar a tensão e a violência contra o regime de                                  Mubarak. Um dos mais famosos de tais incidentes envolveu o ataque a manifestantes por                            bandidos montados em camelos através de Tahrir Square.  Um evento semelhante ocorreu no Rio de Janeiro , quando um carro deliberadamente correu                            para um grupo de manifestantes , supostamente matando um deles. Este relatório se                          assemelha às operações psicológicas da perseguição com camelos no Egito.  Embora não parece haver evidência de brutalidade policial atroz no Brasil, alguns dos exemplos                            dramatizadas pela mídia corporativa e a falsa [fake] mídia esquerdista são altamente                        reminiscentes da Primavera Árabe e em 2009 a tentativa “Revolução Verde" no Irã . Por                             
  9. 9. exemplo, o real News Network informou que " um par de vídeos têm circulado na internet                                mostrando alguns policiais que deixam suas armas e tomando o lado de manifestantes " .  Esta noção de as forças de segurança " recusando­se a matar o seu próprio povo " é uma                                    característica clássica da tática de desestabilização usados ​​pelo imperialismo nos primeiros                      estágios de uma operação de mudança de regime. Na Líbia e na Síria , a maioria dessas                                  histórias falsas foram fabricados por ativistas cibernéticos sem rosto colaborando com                      agências de inteligência ocidentais . Há também a possibilidade de que agentes provocadores e                            franco­atiradores nos policiais militares brasileiros a serviço da CIA, podem estar tentando                        aumentar a violência , a fim de criar condições para um golpe militar.  Durante o golpe de 1964 que derrubou João Goulart de esquerda , os agentes norte­americanos                              no exército brasileiro desempenharam um papel central na desestabilização do país. No início                          dos protestos no Brasil , o comandante da Polícia Militar de São Paulo Benedito Roberto Meira                                elogiou os protestos.  Um comunista brasileiro escreveu uma excelente análise de eventos no site de mídia social,                            Reddit :  Agora, você provavelmente está se perguntando: " como você pode sugerir que os protestos                            atuais são fascistas ? Você está fora de si " . Bem, você está lendo isso e você provavelmente                                      não está no Brasil , observando como vertiginoso dos meios de comunicação tratam essa                            coisa toda. Você provavelmente não está ciente de que a agenda contra a "corrupção" foi                              sugerida pelo chefe militar da polícia na negociação com MPL [Movimento Passe Livre] Vocês                            provavelmente também não estão cientes de que a grande maioria da oposição ao Partido dos                              Trabalhadores não vem da esquerda radical, como o MPL faz, mas se trata do PSDB e metade                                  de seus eleitores são nostálgicos da nossa ditadura fascista . Então eles vão lá fora pedindo de                                  novo a ditadura.  A placa diz " intervenção militar agora. Para o governo democrático de civis e militares ", que é ,                                      tenho certeza , como ele lembra o período 1964­1986 a ser.  Enquanto escrevo isto , milhares de militantes de direita estão queimando bandeiras vermelhas                          na Avenida Paulista e exigindo o impeachment do presidente do Brasil, Dilma Roussef . Estes                              militantes são aqueles que pensam que a democracia só existe quando se casa com o                             
  10. 10. neoliberalismo , portanto, em seu lugar eles querem instalar o PSDB ou o equivalente brasileiro                              de Pedro Carmona. "  Facebook e as mídias sociais desempenham um papel fundamental nas revoluções de cores.                          O levante no Brasil está sendo chamado de Vinegar Revolta ou Revolução Vinagre . O CANVAS                                prega as técnicas do humor e do disparate como eficazes para a fazer autoridades parecerem                              estúpidas quando se tenta manter a ordem pública em face do crescente movimento de                            protesto . Revoluções de cores geralmente têm eventos explosivos para acelerar o processo.  No Brasil , um dos eventos envolveu a prisão de um jornalista que veio para protestar com                                  vinagre para se proteger de gás lacrimogêneo. Em pouco tempo, páginas do Facebook foram                            abertos proclamando a Revolução Vinagre .  Outra característica da estratégia de revolução colorida é criar desconfiança da política entre o                            povo. Assim, os slogans tendem a ser de­politized. Vê­se, por exemplo, palavras de ordem                            como "estamos nem à esquerda nem de direita" ou "queremos ética" ou "sem partidos                            políticos". A inculcação de um sentimento anti­política funciona melhor entre camadas da                        população que têm pouca ou nenhuma história de ativismo político. Tais pessoas são passivas,                            fáceis de consumir slogans e narrativas e são facilmente manipulados para sintonizar­se com o                            mantra da mente grupo nascente, cuja essência é, em última análise sem sentido. Revoluções                            de cor são sobre o poder corporativo utilizando as massas para destruir a política. Eles são                                revoltas sociais que antecipam­se à revolução. Em vez de acordar as massas, as agências de                              revoluções coloridas colocá­os em transe.  " Nós não queremos  os médicos estrangeiros ! PT­ vai pra a Cuba, vai pra Venezuela ! "  À medida que os protestos se espalharam por todo o Brasil , a imprensa corporativa brasileira e                                  internacional , de repente tornou­se campeão de "serviços públicos" e "cuidados de saúde " .                              Muitos manifestantes foram detidos com banners denunciando os planos do governo brasileiro                        para importar médicos estrangeiros , a fim de lidar com grandes carências de pessoal no                              sistema de saúde.  Cuba é considerado por ter um dos melhores sistemas de saúde do mundo e o país envia                                  médicos em todo o mundo . O governo brasileiro tem planos para empregar 6.000 médicos                              para trabalhar em regiões pobres do Brasil . O Ministro das Relações Exteriores do Brasil,                             
  11. 11. Antonio Patriota , admitiu a superioridade de Cuba na medicina e na pesquisa farmacêutica                            dizendo aos repórteres :  Cuba é altamente proficiente nas áreas de medicina , produtos farmacêuticos e biotecnologia e                            o Brasil está considerando  receber médicos cubanos em negociações que envolvem a OPAS.  A malária ainda é a principal causa de morte no Brasil , uma doença que foi erradicada em                                    Cuba.  Cuba também tem o melhor sistema de educação na América Latina e , sem dúvida, um dos                                  melhores sistemas em todo o hemisfério ocidental . Em 2001, especialistas internacionais                        ficaram tão chocados com o alto nível de educação , quando realizou uma pesquisa no país que                                  eles mandaram a equipe de pesquisa de volta para verificar e certificar­se os resultados                            estavam corretos .  A cooperação científica e de educação entre Cuba e o Brasil tem aumentado desde que Dilma                                Rousseff foi eleita presidente. Há muitos cursos de ensino acadêmicos cubanos em                        universidades brasileiras e a experiência cubana foi solicitada a fim de aumentar a proficiência                            do Brasil em matemática e ciências.  O Brasil também tem investido em Cuba, o desenvolvimento do porto de Muriel em Havana,                              está prestes a se tornar o centro de uma nova zona de livre comércio com o resto da América                                      Latina.  Este é um desenvolvimento que oligarcas reacionários e seus aliados norte­americanos do                        Brasil querem parar .  O emprego de médicos cubanos e acadêmicos no Brasil é uma admissão por parte do governo                                brasileiro de que o capitalismo neoliberal não pode resolver os problemas da sociedade . Isso                              prova a superioridade das sociedades socialistas. A presença de médicos cubanos e                        acadêmicos no Brasil é uma tremenda oportunidade para a esquerda para mostrar ao povo que                              a democracia popular baseado no modelo cubano é a única maneira de acabar com a pobreza                                e criar uma sociedade aberta , inclusiva e livre . Cuba pode mostrar brasileiros que eles                                também podem ter um país onde nenhuma criança dorme na rua, onde a violência social é                               
  12. 12. mínima e onde a cultura , a educação e o desenvolvimento humano tem prioridade sobre a                                ganância de uns poucos.  "Queremos que melhores serviços públicos executados por empresas privadas "  Em um ensaio revelador, " Por que o Brasil é uma economia de mercado emergente " , Sean                                    Williams argumenta:  Alguns economistas argumentam que os efeitos negativos da desigualdade são agravados em                        países onde as pessoas com o dinheiro também são as pessoas com o poder político. O                                argumento pressupõe que os políticos ricos são mais propensos a realizar pouco investimento                          em serviços públicos básicos ( educação, habitação , transporte público, etc ) que eles                            mesmos não usam ou não necessitam , para reduzir os seus encargos fiscais . Esses                              economistas sugerem que, se em vez disso, melhorassem esses serviços públicos básicos ,                          mais cidadãos seriam capaz de participar efetivamente da economia nacional , o que                          aumentaria o crescimento e alargaria a base tributária , abrindo a possibilidade de reduzir a                              carga fiscal sobre os ricos. Em outras palavras, todos os setores da sociedade iriam partilhar o                                benefício de participação económica igual .  Embora isso possa soar progressivo, o que o autor está discutindo aqui é a privatização dos                                serviços públicos, que, como ele afirma , que resultaria em " redução da carga fiscal sobre os                                  ricos " .  A privatização de todos os serviços públicos é parte do Consenso de Washington e está a ser                                  implementado nos países desenvolvidos através de programas de austeridade ; é por isso que                            as organizações de mudança de regime norte­americanas que operam no Brasil estão se                          concentrando serviços on'public ", tais como educação , saúde e transporte.  Enquanto esses setores da economia não são de forma perfeitas, tremendo progresso tem                          sido feito desde 2003 na melhoria da saúde , educação e transporte. Estatísticas da OCDE                              mostram , por exemplo, que o percentual do PIB gasto em educação sob o governo do PT tem                                    aumentado significativamente. O gasto público em educação passou de 10,5% da despesa                        pública total em 2000 para 14,5% em 2009 , que foi o maior aumento entre os 33 países                                    pesquisados ​​pelo estudo da OCDE . Brasil ocupa o primeiro lugar entre os 29 países                              pesquisados ​​o seu aumento de despesas por aluno. Houve um grande foco no ensino primário                             
  13. 13. e secundário em que as despesas aumentaram de 149% a partir de 2005 ­ . , 2009 Enquanto o                                      investimento sério é necessário no ensino superior , o Brasil tem visto o maior aumento em                                gastos com educação de todos os países pesquisados ​​pela OCDE.  Em contraste com os Estados Unidos , os cuidados de saúde brasileiro , transporte e educação                                são financiados publicamente e a constituição brasileira proíbe os investidores estrangeiros de                        investir na saúde e na aviação.  No entanto , o governador de São Paulo Gerardo Alckmin , cujo partido PSDB de direita estão                                  apoiando o movimento de protestos , tem sido um dos defensores mais notórios de privatização                              do sistema de saúde e transporte .  Alckmin foi empurrando para a privatização do sistema de metrô de São Paulo , que , apesar de                                    todo o bafafá de imprensa sobre o estado dos serviços públicos no Brasil , é considerado um                                  dos melhores e mais limpos sistemas de metrô do mundo, de acordo com a ISO9001 normas                                de gestão de qualidade publicados pela Administração Internacional de Normalização .  Muitos comentaristas também ignoram as melhorias no transporte em favelas do Brasil , tais                            como os bondinhos fornecidas pelo Estado para a Favela do Alemao no Rio , projetos que                                melhoraram muito a vida dos pobres do Brasil .  Os recentes protestos desencadeados pela gestão do sistema de transporte não são novos. No                            site do Global Voices , há um artigo sobre um protesto que foi organizado em São Paulo, no                                    bairro de classe alta Higienópolis sobre uma controvérsia que começou quando os habitantes                          locais se opuseram a uma nova estação de metrô alegando que levaria a um influxo de                                delinqüentes na área.  Um evento chamado " Churascao da Gente Differenciada " foi organizado por ativistas do                            Facebook em 14 de maio de 2011 para protestar contra o " elitismo " . O evento contou com a                                        presença ex=prefeito de São Paulo e ex­ candidato de direita à presidência José Serra.                            Repórteres "Cidadão " publicou vídeos do evento online.  O site Global Voices é financiado pela Reuters, MacCarthur , UNFPA e Berkman . O Centro                                Berkman para Internet e Sociedade é um centro de pesquisa com sede Harvard , que colabora                                com o Departamento de Estado dos EUA na promoção da "democracia " em todo o mundo.                                Suas atividades incluem a formação de " jornalistas de internet " e " engajamento civil " . Quem                                   
  14. 14. sabe alguma coisa sobre a história da formação e apoio aos esquadrões da morte dos EUA,                                tortura e genocídio em toda a América Latina vai saber o que o Departamento de Estado dos                                  EUA que financiou o " engajamento civil " significa.  O foco e a orientação dos recentes protestos tem sido a exagerar os problemas com os                                serviços públicos no Brasil , quando, na verdade , os serviços públicos melhoraram, ainda que                              ligeiramente, sob o governo do PT .  Como se previsse os protestos do aumento do transporte a revista The Economist publicou um                              relatório 31 março de 2013 , intitulado " Metro de São Paulo, Not Yet Fit para uma metrópole " ,                                        onde ele sugeriu que era necessário " investimento privado " para melhorar o serviço ,                              ignorando o fato de que o serviço estatal em um país em desenvolvimento é, como já                                mencionado , considerado de classe mundial. O artigo Economist também se referiu aos                          protestos Churrasco .  Gerardo Alckmin também tem defendido a privatização por atacado de aeroportos no Brasil .                            Desde o boom econômico , a indústria da aviação no Brasil tem aumentado progressivamente                            a cada ano, em média mais de 9 por cento e deverá triplicar nos próximos 20 anos. A indústria                                      da aviação no Brasil é propriedade do Estado e isso irritou os investidores estrangeiros que                              querem lucrar com uma das maiores indústrias de crescimento da América Latina. A Revista                            Investment U diz que a indústria da aviação deve ser privatizado e que a Infraero é estatal"                                  dominada por sindicatos do setor público e" se concentra mais no emprego do que os                              resultados " ; "resultados" aqui em meios de linguagem investidor 'lucros' .  A The Economist diz :  Na década de 1990 um governo centrista privatizou a empresas de energia, as                          telecomunicações e as empresas de mineração. Mas seus sucessores de esquerda pararam                        de privatizações .  Embora o principal aeroporto internacional de São Paulo Guarulhos, tenha sido parcialmente                        privatizado em fevereiro de 2012, a revista The Economist comenta :   
  15. 15. Os céticos se perguntam se o preço era tão alto porque o governo estava lidando com ele                                  assim mesmo. O consórcio que venceu Guarulhos foi liderada pelos fundos de pensão da                            Petrobras , a companhia petrolífera gigante, e Banco do Brasil, maior banco do país. Ambas as                                empresas são controladas pelo Estado . E o BNDES , o banco de desenvolvimento do Estado,                                irá financiar o negócio .  Sem investimento em Favelas ?  Outro exemplo da demanda por instituições públicas fornecidas por empresas privadas vem de                          uma reportagem da CNN sobre os protestos 11 de julho . A reportagem da CNN cita um                                  residente, Souza, da favela Paraisópolis , em São Paulo , que diz :  Os únicos que fazem alguma coisa para nós são as empresas. Não temos hospitais. O único                                lugar onde podemos levar nossos filhos é o Einstein, um programa comunitário que é financiado                              pela iniciativa privada . Quando eu pergunto preciso de uma consulta, eles me marcam para                              daqui a três meses ou mais .  Apenas empresas privadas podem prestar serviços públicos; a mensagem é clara . O hospital                            judeu Albert Einstein financia um programa de " assistência social " na área. Muitos dos                              moradores de Paraisópolis vêm das regiões agrícolas do Norte do Brasil , onde o governo está                                tentando construir uma usina hidrelétrica que iria transformar a economia da região , permitindo                            que muitos dos moradores de Paraisópolis para retornar à sua terra natal . A barragem de Belo                                  Monte tem a oposição do governo dos EUA.  O The US Institute for International Development , é uma organização de fachada para a CIA de                                  acordo com o ex­agente da agência, John Stockwell , vem trabalhando na área de Paraisópolis                              desde 2006 promovendo eletricidade "sustentável" . Ele também pode ter dado uma mão na                            promoção dos protestos sustentáveis contra o governo "" !  Paraisópolis não é um bom exemplo da incompetência do governo brasileiro . Houve um grande                              impulso a partir de 2002 para criar novas habitações sociais e de infra­estrutura na área. A                                empresa venezuelana Caracas Urban Think Tank , especialista no desenvolvimento de cidades                        de favelas , foi recentemente convidada pelo governo municipal para projetar habitação social,                          escolas e parques na área . 
  16. 16.   A Caracas Urban Think Tank vem construindo projetos de infra­estrutura social bem sucedida                          na Venezuela e o governo brasileiro espera fazer Paraisópolis uma vitrine de sítios                          experimentais .  A revista Citiscope publicou recentemente um relatório intitulado "No Excuses Slum Upgrading ­                          sEM DESCULPAS­ urbanizando rapidamente , São Paulo desenvolve modelo de kit de                        ferramentas para melhorar a habitação para pobres, despossuídos " . Jornalistas investigativos                        Fernando Serpone Bueno e Veridiana Saleh informaram que o desenvolvimento urbano na                        favela São Paulo melhorou "anos luz" desde a ditadura militar apoiado pelos EUA na década de                                1980 . O governo Lula criou o Conselho Municipal de Habitação . Desde então, a favela                                Paraisópolis tem visto grandes melhorias no fornecimento de água potável e de equipamentos                          públicos . O Conselho Municipal de Habitação é eleito pela população local e tem um                              demonstrativo em como o dinheiro do governo é gasto. Elliot Sclar , Diretor de Desenvolvimento                              Urbano Sustentável da Universidade de Columbia , descreveu o desenvolvimento Paraisópolis                      como "exemplar " .  Enquanto ainda há uma enorme quantidade de trabalho a ser feito para melhorar a vida dos                                pobres do Brasil , a representação oferecida pela imprensa corporativa , a fim de sustentar                              seus protestos regime de mudança está longe de ser a realidade social.  Houve um monte de moralização pela imprensa corporativa de um país com grandes                          desigualdades mantendo a Copa do Mundo . Isso ignora o fato de que grandes investimentos                              por parte do governo brasileiro , bem como maior criação de emprego estão sendo                            impulsionado pelos preparativos para os jogos. Na verdade, o ministro brasileiro do Desporto e                            líder do partido comunista Aldo Rebelo prometeu fãs de futebol que os ingressos da Copa do                                Mundo seria o mais barato da história e reconstrução de instalações esportivas não está sendo                              feita com dinheiro federal.  Em vez de aplaudir protestos organizados pelo imperialismo , a esquerda deveria estar                          questionando seu propósito e orientação. Só porque , menores e ingênuos jovens de classe                            média estão segurando faixas pedindo " melhores serviços públicos " e de transporte mais                            barato não significa que eles estão lutando contra o capitalismo e a globalização. Seus centros                              de formação capitalistas e financiadores acreditam que os serviços públicos de gestão privada                         
  17. 17. é melhor e é isso que o povo do Brasil vai ter se o imperialismo conseguir a "mudança de                                      regime " no próximo ano , e se a esquerda não abandonar seu dogma de que o bobo " massas                                        fazem história " e traçar estratégias para neutralizar novos ataques do imperialismo com o "                              povo alimentado " anti­ política.  Curitiba ­ A solução para o problema " serviços públicos" do Brasil  A cidade de Curitiba , no Paraná , no Brasil é considerada por muitos como uma das cidades                                    melhor planejadas e mais sustentáveis ​​do mundo. Geógrafos Americanos , urbanistas ,                        arquitetos e pesquisadores de políticas consideram a gerência privada Transit System Bus                        Integrado de Curitiba como um dos mais eficientes do mundo e um modelo para a prestação                                de transporte urbano do século 21.  No entanto, Clara Irazabal mostra em seu livro City Making And Urban Governance in the                              Americas: Curitiba and Portland que a imagem da cidade muito alardeada mascara e o                            progresso longe de ser uma realidade positiva da pobreza, da exclusão social e da tirania                              tecnocrática . Enquanto o sistema de ônibus tem alguns méritos , de redução de custos levou a                                  uma má formação para o pessoal , a superlotação e má qualidade de serviço. Há pouca                                motivação para melhorar os serviços como o transporte público é usado apenas pelos pobres e                              , como eles não têm meios de exercer pressão sobre os super­ ricos , tecnocratas sem rosto                                  que governam a cidade de acordo com os seus interesses financeiros .  O ex­ prefeito da cidade e " estrela ­ arquiteto " Jaime Lerner foi entrevistado pela imprensa                                  corporativa do Brasil desde os protestos no fim de solicitar sua experiência na resolução de                              "serviços públicos" os problemas do país .  Lerner era um membro do partido ARENA de direita durante a ditadura fascista. Ele faz parte da                                  diretoria do Instituto de Recursos Mundiais , que é financiado pelo Citigroup, e é um associado                                de Bill Clinton.  Como prefeito de Curitiba , ele supervisionou um programa de privatização , que reduziu grande                              parte da população à pobreza, com os trabalhadores perdendo todos os direitos que eles                            ganharam em 1943 na CLT .   
  18. 18. Quando Lerner administrou Curitiba, Irazabal escreve:  O processo de planejamento produziu elites favorecidas e , talvez involuntariamente                      institucionalizados ou, pior ainda , promoveu desigualdade. Por fim, há a possibilidade perversa                          de que as campanhas de mídia agressivas e bem adaptados efetivamente coagido classes de                            renda mais baixa para suprimir as suas próprias práticas sociais de valorização e apropriação                            do espaço baseadas em classes . Além disso, essas campanhas podem ter levado as                            pessoas a assimilar padrões de apreciação e apropriação espacial característica de outras                        classes sociais.  A maioria da população foi completamente excluída do processo de planejamento da cidade. Os                            pobres d cidade de pobres foram levados para a periferia e, devido ao aumento dos preços de                                  imóveis se viram forçados a se mudar mais para fora das cidades onde montaram favelas que                                não tinham água ou saneamento.  Curitiba é gerida por uma oligarquia empresarial unida obcecada com o aumento do seu próprio                              poder e riqueza, enquanto que regula a vida dos cidadãos que eles controlam .  Irazabel escreve:  A participação dos cidadãos foi e ainda é concebida pelos líderes como o nível de identificação                                com a apropriação da paisagem urbana por seus habitantes . De acordo com esta noção , os                                  cidadãos são percebidos e tratados apenas como consumidores de bens urbanos, e a cidade                            está cada vez mais tratado e retratado como uma mercadoria.  Estudiosos ocidentais retratam Curitba como tendo alto padrão de vida do Brasil . No entanto ,                                as estatísticas oficiais no Brasil mostram que ela está apenas em 12o lugar geral!  O livro de Irazabel também revela como prefeitos anteriores tentaram disfarçar favelas da                          cidade para conferências internacionais sobre ecologia ; como eles usaram álcool para os                          ônibus de turistas , a fim de criar a impressão de que a cidade usa "energia limpa" e como                                      agressiva propaganda da mídia que promove Curitiba como uma cidade " ecológica " faz uma                              lavagem cerebral de muitos de seus próprios cidadãos em acreditar que o imperador nu usa                              vestes douradas.   
  19. 19. As empresas multinacionais têm uma mão livre em Curitiba. Por exemplo , a Renault decidiu                              que queria montar sua fábrica em uma área de proteção ambiental que deveria abastecer a                              cidade com água. As autoridades corruptas permitiram a Renault assumir a parte mais                          ecológico da cidade, que foi rebatizada ' Zona Industrial Ecológica . Daí em diante , a água teria                                    que ser encontrada em outro lugar .  Irazabal mostra como líderes de movimentos sociais de luta contra a oligarquia foram                          comprados e como os moradores pobres da Favela têm sofrido uma lavagem cerebral para                            pensar que os edifícios vistosos que vêem ao longe , na verdade, representam sua cidade,                              mesmo que muitos deles nunca estiveram no centro da cidade rica.  Os problemas sociais , como a falta de habitação acessível , educação deficiente e serviços de                                saúde, o aumento da criminalidade , violência, falta de moradia e desemprego têm florescido                            em um ambiente suburbano negligenciado, e tornaram­se sinais críticos de um ambiente                        urbano se deteriorando rapidamente ... grupos dos movimentos popular que permanecem                      organizados , em particular em torno das questões de habitação, educação e saúde, também                            são contra a estas tendências. Estes grupos , no entanto, são um tanto dispersos ou não muito                                  grande , maduros, resistentes, e / ou politicamente experientes o suficiente para contestar                          efetivamente esses processos .  A privatização de tudo e a escravização dos pobres ; isto é o que a elite do poder ocidental                                      querem dizer quando fala sobre "cidades inteligentes" .    A natureza enganosa do fascismo  Dado o crescente risco de um retorno do fascismo para o Brasil através da campanha de                                desestabilização apoiado pela CIA através do movimento " anti­ corrupção " , é importante                            examinar alguns aspectos dessa ideologia extrema direita .  Durante a década de 1930 , o fascismo surgiu como uma resposta ao "despertar " real da                                  classe trabalhadora , que foram se organizando em sindicatos e exigindo seus direitos. O                            sucesso da ditadura do proletariado e do campesinato , na União Soviética , que fez a                                industrialização em ritmo acelerado ; a militância do movimento operário liderado por partidos                          comunistas altamente organizados e unidos ; e o fato de que o sistema capitalista entrou em                               
  20. 20. colapso desde o crash de Wall Street em 1928, todos esses fatores fez com que o único                                  caminho para o capitalismo financeiro para evitar a revolução social era criar                        contra­movimentos que iria recorrer para as massas através da apropriação de discurso de                          esquerda e redirecionando­o em favor de interesses corporativos. O resultado foi o fascismo. O                            fascismo é a tentativa da classe dominante para mobilizar a pequena burguesia e a classe                              trabalhadora à causa da classe dominante , enganando­os .  É uma tentativa de impedir a revolução social , desviando o ódio dos trabalhadores para seus                                patrões capitalistas no sentido de ódio de bodes expiatórios . Para fazer isso, ele se apropria do                                  discurso de esquerda e simbologia, infundindo­lo com um novo significado . Assim, na                          Alemanha nazista , o capitalismo tornou­se "revolucionário" na forma de " nacional­socialismo "                          , onde os judeus e não o capitalista tornou­se o inimigo do povo , enquanto a foice e o martelo                                        dos comunistas foi substituída pela suástica , que era inspirada pelo regime tirânico do Lamas                              no Tibete, cuja teocracia feudal brutal os nazistas admiravam.  Na Itália, Espanha e outros países , táticas semelhantes foram usados ​​para impedir a revolução                              social. O fascismo teve que chamar­se "socialismo" como o capitalismo não era uma ideologia                            que a classe dominante poderia comercializar efetivamente na década de 1930 , dado o fato de                                que as pessoas estavam passando fome em toda a Europa e América. Todo mundo queria                              alguma forma de socialismo, de modo que os chefes vieramo com uma forma de socialismo                              que iria fortalecer o capitalismo.  As táticas das "revoluções coloridas" seguem um padrão semelhante, exceto nos dias de hoje a                              situação internacional mudou . Na ausência de ideologia socialista científico, é muito mais fácil                            de manipular o público em acreditar que uma "espontânea " e " popular" revolta está ocorrendo.                                Isso ocorre porque as "revoluções coloridas" , como seus antepassados ​​fascistas na década                          de 1930 , usam a retórica da esquerda , a fim de mobilizar a juventude ingênua e desinformada                                    para derrubar governos que a elite corporativa ocidental considera como um obstáculo aos                          seus planos expansionistas . Muitos dos governos dirigidos pelo imperialismo têm sido                        colaboradores leais com os imperialistas no passado. Ben Ali da Tunísia e Hosni Mubarak do                              Egito são exemplos. No entanto , o imperialismo , muitas vezes derruba seus fantoches quando                              eles têm crescido a sua utilização ou têm divergências com seus mestres. Por exemplo,                            Mubarak se opôs à guerra de 2003, sobre o Iraque e se recusou a enviar tropas para ocupar                                    aquele país. Assim , Mubarak estava fora e a fascista Irmandade Muçulmana estava dentro É                             
  21. 21. assim que funciona e quanto mais cedo os genuínos pacifistas , anti­ imperialistas , comunistas                              e progressistas aprenderem as modalidades de dialética imperialistas , menor a chance dessas                          estratégias tem de escravizar a humanidade em um distopia corporativa global.  A burguesia compradora no Brasil que se enriqueceram , servindo os interesses de Wall Street                              durante a ditadura militar e o regime neo­liberal de Cardoso, estão usando tecnologias de                            engenharia social para mobilizar as pessoas contra a "corrupção" . Aqui, novamente, o objetivo                            é desviar a frustração com o capitalismo em frustração com os políticos . Isso permite que os                                  executivos de empresas , banqueiros, financistas e plutocratas ficarem de fora e colocarem                          toda a culpa em funcionários eleitos que são controlados pelos capitães do capitalismo                          financeiro .  O ponto dos protestos Brasil é para pressionar por reformas que privaria o Congresso Brasileiro                              de poderes executivos. Os manifestantes estão, portanto, concentrando sua raiva sobre o                        congresso e, em particular , o de esquerda do Partido dos Trabalhadores . Ideologia burguesa                              sempre tentou associar a ideologia socialista com "corrupção" . Leia qualquer " documento                          político " por economistas ocidentais respeitáveis ​​no espaço pós­soviético e você vai achar que                            o mais socialista a política do governo a mais que o governo é descrito como " corrupto " . Para                                        os capitalistas , servindo o interesse público sobre o mercado é a essência da corrupção. Mas                                há um toque ainda mais para os protestos brasileiros. Aqui, precisamente são causas                          relevantes, isto é , a causa de interesse público que são defendidas , como escolas , hospitais,                                  cuidados de saúde , etc, mas estes são apenas slogans vazios cantadas pela juventude                            apolítica ; eles são uma fachada para mascarar as verdadeiras intenções fascistas dos                          organizadores .  Em um artigo revelador do " Beyond Brics " blogue do Financial Times , o jornal da elite                                    anglo­saxã , há uma " lista de desejos" . O artigo chama a presidente Dilma Rousseff para                                  chegar a uma visão de longo prazo para a economia baseada em " economia ortodoxa " ; em                                    outras palavras , o Consenso de Washington. Pessoas com experiência internacional no                        mundo dos negócios , especialmente no setor privado , devem ser incluídos em seu gabinete,                              diz FT . Os ministérios devem ser reduzidos de 40 para 15 e processos judiciais devem ser                                  acelerado.   
  22. 22. Talvez o Financial Times tem pessoas como o agente de Soros Aminio Fraga Neto em mente                                quando se refere a pessoas com experiência no setor privado . O artigo conclui que nenhuma                                destas demandas serão atendidas , porque o regime brasileiro é simplesmente muito corrupto e                            incompetente. A lista de desejos publicada pelo Financial Times corresponde à estratégia da                          elite financeira global, que é o de enfraquecer as instituições do Estado­nação , de modo que as                                  empresas multinacionais não precisem se preocupar com o estado de direito quando querem                          roubar e saquear recursos do país , de acordo com as exigências da " economia ortodoxa ".  Este é o plano dos cosmopolitas sem raízes , a burguesia compradora cruel e implacável                              representada pelos partidos da oposição de direita , que ao contrário do atual ministro das                              Finanças , Guido Mantega , não vai criticar as políticas fiscais dos Estados Unidos e da União                                  Europeia e demandam mais influência sobre o FMI, enquanto a imposição de controles de                            capital e tarifas protecionistas sobre as importações dos EUA, que , ao contrário do atual                              ministro das Relações Exteriores , não vai fazer declarações contrárias a intervenção de                          potências ocidentais contra a Síria , enquanto exigindo que o Brasil seja incluído no Conselho de                                Segurança da ONU .  O regime que Washington quer ver instalado irá se comportar como os países modelo da                              América Latina ; países como a Colômbia, onde sindicalistas , professores e intelectuais que                            ousam abrir a boca contra o governo são mortos a tiros . Você não verá muitos ativistas da                                    Avaaz em Bogotá , enquanto que colônia dos EUA é compatível com a " economia ortodoxa " e                                    está cumprindo sua quota anual de assassinatos paramilitares a serviço da "boa governança" .  O conflito que joga­se agora no Brasil é entre a burguesia nacional progressista que quer ver o                                  Brasil crescer, mantendo os seus interesses de classe e dominação da classe operária e a                              burguesia compradora , que estão usando a pequena burguesia para destruir o Brasil como um                              funcionamento estado­nação , esmagar a iniciativa ordem mundial multipolar BRICS ,                      cumprindo assim o que o presidente Obama prometeu fazer antes de ser eleito , quando ele                                proclamou: " nós temos que recuperar a América Latina " . Asseclas do Sr. Mudança vieram                                para o Brasil.   Original em inglês:  http://dissidentvoice.org/2013/08/brazils­vinegar­revolution­left­in­form­right­in­content­4/ 
  23. 23. http://www.nytimes.com/2008/12/16/opinion/16iht­YEbrzezinski.1.18730411.html?pagewanted=a ll&_r=0  http://aangirfan.blogspot.fr/2013/06/cia­mossad­organises­riots­in­brazil.html  https://www.youtube.com/watch?v=SxMIwZZPlcM  http://www.reuters.com/article/2011/11/22/fiat­unions­idUSL5E7MM61D20111122  http://landdestroyer.blogspot.fr/2011/02/googles­revolution­factory.html  http://www.the­american­interest.com/articles/2011/7/1/making­progress­a­conversation­with­fer nando­henrique­cardoso/  http://english.pravda.ru/hotspots/terror/08­07­2011/118436­Lula_criticizes_UN_West_at_summit ­0/  http://globalresearch.ca/articles/RUP111A.html  http://www.bloomberg.com/news/2011­12­05/itau­takes­top­brazil­bank­rankings­from­citigroup­ rothschild.html  http://www.bloomberg.com/news/2011­12­05/itau­takes­top­brazil­bank­rankings­from­citigroup­ rothschild.html  http://www.bloomberg.com/video/blackrock­s­landers­on­brazil­protests­strategy­Yqv4b6nkRZyd vFDo1xS~~g.html  http://www.reddit.com/r/communism/comments/1gremb/brazils_protests_have_become_fascist /  http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/sp/2013­06­17/comandante­geral­da­pm­sugere­politizaca o­de­protestos­em­sao­paulo.html  http://sphotos­a.ak.fbcdn.net/hphotos­ak­frc3/q71/s720x720/972005_274587252681267_195263 270_n.jpg  http://imgur.com/hHL7oPo 
  24. 24. http://www.nytimes.com/2013/06/22/opinion/brazils­vinegar­uprising.html?_r=0  http://www1.folha.uol.com.br/internacional/en/brazil/2013/06/1294327­foreign­doctors­allowed­to ­work­on­the­fringes­of­large­cities.shtml  http://www.americasquarterly.org/current  http://www.metroviarios.org.br/site/index.php?option=com_content&task=view&id=634  http://www.dailymail.co.uk/news/article­2384483/Alem­o­Extraordinary­transformation­notorious­ Brazilian­favela­safe­getting­MALL.html  http://globalvoicesonline.org/2011/05/17/brazil­barbeque­as­protest­in­sao­paulo/  http://www.economist.com/node/21551503  http://www.investmentu.com/article/detail/18771/brazil­airline­olympic­infrastructure­upgrade#.U 2mTIfldW­c  http://www.leonardo­energy.org/safe­electricity­slum­residents­pilot­project­parais%C3%B3polis ­s%C3%A3o­paulo­brazil  http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=1&id_noticia=217534  http://metrogael.blogspot.com.br/               
  25. 25.   .           

×