Apresentação 4 t08

167 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
167
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação 4 t08

  1. 1. Resultados 2008 Março 2009
  2. 2. Principais destaques em 2008 ► 2008 – 3,9% de crescimento do mercado cativo – 8,3% de aumento no Ebitda, que totalizou R$ 1.696 milhões no ano – R$ 1.027 milhões de Lucro líquido, 44,1% superior a 2007 – + 8,01% de Índice médio de Reajuste Tarifário – Decisão final favorável sobre Finsocial gerando R$ 299 milhões em créditos tributários – R$ 69 milhões de juros sobre capital próprio propostos ► Eventos Subseqüentes – Acordo com do Banco Santos: pagamento de R$ 151 milhões em jan/09 com resultado positivo de R$ 62 milhões. Momento da contabilização em analise. – Acordo com a Prefeitura Municipal de São Paulo no montante de R$ 344 milhões em 4 parcelas anuais a partir de Jul/09. Acordo prevê também a realização de R$ 172 milhões em obras pela Eletropaulo. – Proposta para distribuição de R$ 615 milhões em dividendos complementares, a ser deliberada em AGO: • R$ 3,46 por ação ON e R$ 3,81 por ação PN 2
  3. 3. Mercado total cresceu 2,3% no 4T08... Evolução do Consumo - (GWh)1 4T07 4T08 +6,3% +0,4% +5,2% +1,9% +4,5% -7,2% +2,3% 10.275 10.513 8.756 8.381 3.497 3.719 2.565 2.698 1.675 1.681 1.894 1.758 645 657 Residencial Industrial Comercial P. Públicos e Mercado Cativo Consumidores Mercado Total Outros Livres Tarifa Média de Venda de Energia – R$ / MWh 4T07 4T08 +8,6% +12,6% +10,1% +11,0% +10,1% 279 277 271 257 257 252 246 229 228 205 Residencial Industrial Comercial Demais Mercado Total 1 - Consumo próprio não é considerado 3
  4. 4. ... e 3,3% no acumulado do ano Evolução do Consumo - (GWh)1 2007 2008 +6,9% +1,3% +2,3% +1,7% +3,9% +0,4% +3,3% 39.932 41.243 32.577 33.860 13.500 14.427 10.072 10.301 6.475 6.559 7.355 7.383 2.530 2.573 Residencial Industrial Comercial P. Públicos e Mercado Cativo Consumidores Mercado Total Outros Livres Tarifa Média de Venda de Energia – R$ / MWh 2007 2008 -5,0% +0,2% -2,7% -3,2% -3,1% 284 270 275 267 269 261 247 247 224 217 Residencial Industrial Comercial Demais Mercado Total 1 - Consumo próprio não é considerado 4
  5. 5. Estabilização do novo sistema comercial ao longo de 2008 Taxa de Arrecadação – % da Receita Bruta -1,2 pp +1,2 pp 99,0 99,1 99,5 98,6 97,8 97,4 2005 2006 2007 2008 3T08 4T08 ► Cortes e Religações - Média Mensal (2007 X 2008) ► Negativações – Cortes: redução de 112 mil para 51 mil – 2o Semestre de 2007: 115 mil – Religações: redução de 71 mil para 36 mil – 1o Semestre de 2008: 93 mil – 2o Semetre de 2008: 443 mil ► Cortes e Religações - Média Mensal (3T08 X 4T08) – Cortes: aumento de 34 mil para 55 mil – Religações: aumento de 33 mil para 46 mil 5
  6. 6. Perdas elétricas Redução das Perdas – % -1,3 pp 12,9 12,0 11,5 11,6 6,4 5,5 5,0 5,1 Perdas Comerciais 6,5 6,5 6,5 6,5 Perdas Técnicas1 2005 2006 2007 2008 ► Combate a Fraudes e Ligações Ilegais (2008) – 435 mil inspeções e 58 mil fraudes detectadas – 75 mil regularizações de ligações ilegais 1 - Perdas Técnicas atuais utilizadas retroativamente como referência 6
  7. 7. Melhor FEC da história da AES Eletropaulo DEC1 e FEC2 12,57 12,79 12,38 11,81 11,34 10,92 8,95 8,68 8,66 8,61 8,49 8,41 8,94 9,08 8,90 9,20 8,21 7,87 6,91 6,83 6,41 5,52 5,64 5,20 2003 2004 2005 2006 2007 2008 DEC (horas) FEC (vezes) DEC Padrão Aneel FEC Padrão Aneel 1 – Duração das interrupções 2 – Frequência das interrupções Fonte: ANEEL e Eletropaulo 7
  8. 8. Investimentos somaram R$ 457 milhões em 2008 Histórico dos Investimentos – R$ milhões Investimentos 2008 Financiado pelo Cliente 562 10% Capex 80 12% 457 433 45% 404 5% 47 378 69 49 10% 77 18% 482 410 355 364 301 Serviços ao Consumidor e Manutenção Expansão do sistema Financiado pelo Cliente TI Recuperação de Perdas Outros 2005 2006 2007 2008 2009e 8
  9. 9. 3,9% de crescimento na receita Receita Bruta - R$ milhões +3,9% 11.751 Deduções à Receita Operacional 11.306 Receita Líquida 4.113 4.221 +9,8% 2.843 3.121 +4,7% 7.530 1.011 1.131 7.193 +8,6% 1.832 1.990 2007 2008 4T07 4T08 ► 3,9% de crescimento no mercado cativo em 2008 ► 4,5% de crescimento no mercado cativo no 4T08 x 4T07 ► Efeito positivo de R$ 201 milhões no 4T07 referente a baixa de energia livre 9
  10. 10. Evolução dos custos Custos de Energia e Despesas Operacionais1 - R$ milhões +6,4% 5.893 PMS2 e Outras Despesas 5.537 Sup. Energia e Enc. Transmissão 1.193 1.440 -6,8% 4.700 4.097 1.625 1.515 612 293 1.013 1.222 2007 2008 4T07 4T08 ► Tarifa por MWh Tietê: 2007: R$ 131,98 2008: R$ 149,72 Itaipu: 2007: US$ 46,38 2008: US$ 48,02 Leilões: 2007: R$ 67,36 2008: R$ 76,72 Tarifa Média Total: 2007: R$ 95,84 2008: R$ 101,68 1 - Não inclui depreciação 2 - Pessoal, Material e Serviços 10
  11. 11. Evolução das despesas operacionais 12 meses acumulados – R$ milhões 4T08 –R$ milhões -17,1% 1.440 (158) 93 (160) (22) 1.193 -52,1% 612 (98) (11) (160) (50) 293 2007 Provisões e PCLD1 RTE e Energia Outras 2 2008 4T07 Provisões e PCLD1 RTE e Energia Outras 2 4T08 Contingências e Baixas Livre Contingências e Baixas Livre 1 - Provisão para créditos de liquidação duvidosa 2 - Pessoal, Materiais e Serviços de Terceiros, FCESP, Arrendamentos e Aluguéis, Indenizações, Perdas e Danos, Publicidade, Tarifas Bancárias, IPTU, entre outros 11
  12. 12. Recuperação do Finsocial em 2008 Outras Receitas e Despesas – R$ milhões 80 60 ► Finsocial (R$ milhões) Outras Receitas 89 Receita Financeira 210 Total 299 (61) (91) 2007 2008 4T07 4T08 ► As outras despesas e receitas passam a impactar o resultado operacional ► R$ 89 milhões contabilizados no 4T08, referentes a créditos tributários do Finsocial ► R$ 44 milhões, no 4T07, relacionados à baixa de ativos do sistema de automação de subestações 12
  13. 13. Crescimento de 8,3% no Ebitda 2008 12 meses acumulados – R$ milhões 4T08 – R$ milhões 538 (435) +8,3% 89 (51) (169) 158 Ebitda +280,4% 1.566 1.696 358 (209) 73 89 97 555 146 2007 Receita Sup. Energia PIS/ Provisões e FINSOCIAL Outros 2008 4T07 Receita Sup. Energia Provisões e FINSOCIAL Outros 4T08 Líquida e Enc. COFINS ¹ Conting. Líquida e Enc. Conting. Transmissão Transmissão 1 – Mudança do regime de tributação de PIS/Cofins com a Tiete em junho de 2007 13
  14. 14. Melhoria do resultado financeiro Resultado Financeiro – R$ milhões 231 129 ► Finsocial (R$ milhões) Outras Receitas 89 Receita Financeira 210 Total 299 (104) (145) 2007 2008 4T07 4T08 ► R$ 210 milhões de atualização monetária do Finsocial ► Reversão de R$ 191 milhões do Cofins - ampliação de base de calculo ► Provisão de multa de R$ 72 milhões do Cofins - majoração de alíquota ► Redução de 37,1% nas despesas financeiras em 2008 14
  15. 15. Contínua redução da dívida líquida Dívida Líquida Custo Médio e Prazo Médio (Principal) 7,8 7,7 6,8 6,6 7,1 4,4x 2,1x 123,3% 125,3% 4,6 120,9% 1,3x 1,2x 107,8% 102,8% 3,7 3,0 2,5 2005 2006 2007 2008 4T07 1T08 2T08 3T08 4T08 Dívida Líquida (R$ bilhões) Dívida Líquida / EBITDA Ajustado1 CDI Prazo Médio - Anos 1 - 12 últimos meses do EBITDA Ajustado 15
  16. 16. Cronograma de amortização sustentável Cronograma de Amortização – Principal – R$ milhões 1 - Fundação Cesp = Fundo de Pensão 2 - Taxa de câmbio em 31/12/2008 – US$ 1,00 = R$ 2,3370 Moeda Nacional (s/ FCESP) FCESP1 Moeda Estrangeira2 1.162 117 27 117 117 117 524 117 258 117 375 250 250 250 9 50 125 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016-2028 ► 99,3% da dívida em moeda nacional ► 0,7% da dívida em moeda estrangeira (R$ 28 milhões) : 96% protegido por hedge ► Extensão da confissão de dívida da FCesp de 2022 para 2028 reduzindo amortização anual da FCesp de R$117 milhões para R$102 milhões em aprovação segundo acordo de acionista 16
  17. 17. R$ 1,5 bilhão em caixa Fluxo de Caixa Gerencial – R$ milhões 2007 1T08 2T08 3T08 4T08 2008 Saldo Inicial 1.166 1.334 1.478 1.454 1.373 1.334 Geração Operacional de Caixa 2.488 418 497 613 491 2.019 Investimentos (407) (80) (60) (107) (126) (374) Despesa Financeira Líquida (501) (101) (41) (107) (37) (285) Amortizações Líquidas (182) (4) (30) (21) (40) (94) Fundação CESP (198) (57) (58) (32) (46) (192) Imposto de Renda (418) (33) (114) (68) (80) (295) Dividendos (615) (0) (218) (359) - (577) Caixa Livre 168 144 (24) (81) 162 201 Saldo Final 1.334 1.478 1.454 1.373 1.536 1.536 ► A Companhia mantém suas aplicações em CDBs e Títulos Públicos, com rentabilidade média de 102,4% do CDI em 2008 ► Aumento do saldo médio das aplicações financeiras: – R$ 1.106 milhões em 2007 x R$ 1.411 milhões em 2008 17
  18. 18. Lucro de 2008 ultrapassou R$ 1,0 bilhão Lucro Líquido – R$ milhões Dividend Payout Dividendos1 Pay-out Yield2 100,3% 101,5% 1.027 34,9% 20,3% 14,4% 713 3,2% 1.043 529 715 130 10 2007 2008 4T07 4T08 2006 2007 2008 ► Proventos propostos à serem submetidos em Assembléia Geral Ordinária em 27 de abril de 2009 ► Dividendos Complementares de R$ 615 milhões ► Juros sobre Capital Próprio (JCP)3: R$ 69 milhões – R$ 3,46/ação ON e R$ 3,81/ação PN – R$ 0,39/ação ON e R$ 0,43/ação PN – Data ex-dividendos: 28/abril/2009 – Pagamento: – Data ex-JCP: 20/dezembro/2008 • 1ª parcela de R$ 307,5 em 14/maio/2009 – Pagamento: 14/maio/2009 • 2a parcela de R$ 307,5 em 10/dezembro/2009 1 - Incluindo dividendo complementar proposto 2 - Preço médio ponderado do período 3 – JCP: valores brutos 18
  19. 19. Governança corporativa AES Eletropaulo X Ibovespa X IEE Volume Médio Diário3 - R$ mil 2008 26.066 25.677 +247,2% 120 110 100 90 +80,0% -11,6% 80 70 7.508 -29,9% 4.171 60 -41,2% 50 dez-071 fev-08 abr-08 jun-08 ago-08 out-08 dez-08 2005 2006 2007 2008 130 2009 125 120 18,1% ELPL6 115 IEE 110 105 3,6% IBOV 2,8% 100 95 dez-082 jan-09 fev-09 mar-09 1 - Índice – 29/12/07 = 100 2- Índice - 30/12/2008 = 100 3 - Ações Preferenciais Classe B 19
  20. 20. Responsabilidade Social Casa da Cultura e Cidadania ► Mais de 1 mil crianças, jovens e adultos beneficiados ► Investimentos próprios e incentivados: cerca de R$ 3 milhões, em 2008 ► Atividades de teatro, dança, artes circenses, artes visuais, música, ginástica artística e cursos de geração de renda Centros Educacionais Infantis Luz e Lápis Programa de Voluntariado - Energia do Bem ► 280 crianças beneficiadas de 1 a 6 anos ► Investimentos próprios de R$ 1,5 milhão em 2008 ► Unidades: Santo Amaro e Guarapiranga 20
  21. 21. Mais um ano de reconhecimentos ► Manutenção na Carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial 2009 (BM&FBovespa – Nov.08) ► Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ), Empresa reconhecida como referencial de excelência mundial em gestão (Fundação Nacional da Qualidade – Out.08) – Categoria empresa finalista ► Prêmio Destaque Setorial de Criação de Valor aos Acionistas, na categoria energia elétrica (Abrasca - Associação Brasileira das Companhias Abertas – Ago.08) ► Primeira empresa de maior prestígio em sustentabilidade entre as companhias do setor de serviços públicos (Revista Imprensa – Mai.08) 21
  22. 22. Resultados 2008 Declarações contidas neste documento, relativas à perspectiva dos negócios, às projeções de resultados operacionais e financeiros e ao potencial de crescimento das Empresas, constituem-se em meras previsões e foram baseadas nas expectativas da administração em relação ao futuro das Empresas. Essas expectativas são altamente dependentes de mudanças no mercado, do desempenho econômico do Brasil, do setor elétrico e do mercado internacional, estando, portanto, sujeitas a mudanças.

×