Manoel lúcio da silva

296 visualizações

Publicada em

polímeros sintéticos
Escola Manoel Lúcio

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
296
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manoel lúcio da silva

  1. 1. Manoel Lúcio da Silva 3° Ano C  Monica Barbosa, Isadora Almeida, Rosecleide Pereira, Juliana Monteiro, Carla Beatriz.
  2. 2. POLÍMEROS SINTÉTICOS
  3. 3. Elastômeros  Os elastômeros são uma classe de polímeros que possuem como principal característica a elasticidade, podendo, em condições normais, deformar-se e rapidamente voltar ao seu estado inicial.  Entre eles estão a borracha natural e borracha sintética.  Esses elastômeros são muito aplicados em pneus, solas de sapatos e em terminais de junção de peças que sofrem grande esforço mecânico.
  4. 4. Vulcanização  é o processo químico destinado a melhorar as propriedades físicas da borracha natural ou sintética. A borracha acabada adquire, assim, maior força tênsil e resistência à dilatação e à abrasão, e torna-se elástica a uma variedade maior de temperaturas. Antes o que ficava quebradiço no frio e mole ao quente já não fica mais.
  5. 5. Polímeros Termo fixos  São polímeros permanentemente duros e não amolecem quando aquecidos devido as ligações cruzadas covalentes entre as cadeias. Em temperaturas excessivas o polímero se degrada e destroem as moléculas, ou seja, Os termo rígidos ou termo fixos são aqueles que não derretem e que apesar de não poderem ser mais moldados, podem ser pulverizados e aproveitados como carga ou serem incinerados para recuperação de energia.
  6. 6. Ex:  Sola de calçados, interruptores, peças industriais elétricas, peças para banheiro, pratos, travessas, cinzeiros, telefones, embutimento de amostras metalográficas, carrocerias, caixas d'água, piscinas, na forma de plástico reforçado (fiberglass). e etc.
  7. 7. Silicone  são compostos quimicamente inertes, inodor os, insípidos e incolores, resistentes à decomposição pelo calor, água ou agentes oxidantes, além de serem bons isolantes elétricos.  Ex: bicos de mamadeiras e chupetas.
  8. 8. Aramida  É o nome de uma fibra sintética muito resistente e leve. Com o nome comercial de “kevlar”.  É usada na fabricação de cintos de segurança, cordas,coletes a prova de balas, raquetes de tênis, etc.
  9. 9. Polifenol  são funções orgânicas caracterizadas por várias hidroxilas ligadas a um anel aromático.  Ex: de tomas a cabo de panelas.
  10. 10. Policabornato  Um material de alta resistência contra impactos.  Ex: garrafas,e blindagens.
  11. 11. Impacto Ambiental Aausado Pelos Plásticos  O impacto do uso de produtos de plástico na emissão de gases do efeito estufa e na saúde das pessoas, o esgotamento de matérias-primas não renováveis e as causas da não utilização desse material na sociedade.
  12. 12.  As pessoas tendem a acreditar que o fato de o plástico demorar 200 anos para se degradar é ruim, mas na verdade essa é uma das grandes virtudes desse material, pois é o que permite que ele seja usado de novo, que seja reciclado. Isso economiza energia e matéria-prima e contribui com o que chamamos de redução da pegada ecológica, que é a necessidade que o ser humano tem de explorar o meio ambiente.
  13. 13. Polímeros termo plásticos  Um polímero termoplástico é um tipo de plástico cujas propriedades mudam quando aquecido e resfriado.  Ex: PVC
  14. 14. Fibras textis  Entende-se por Fibra Têxtil, todo elemento de origem química ou natural, constituído de macromoléculas lineares, que apresente alta proporção entre seu comprimento e diâmetro e cujas características de flexibilidade, suavidade e conforto ao uso, tornem tal elemento apto às aplicações têxteis.
  15. 15. Copolímeros  Os copolímeros são polímeros formados por mais de um tipo de monômero. Os principais exemplos são as borrachas sintéticas.  Ex: borracha de pneu.
  16. 16. Polietileno e outros Polímeros Vinilicos  quimicamente o polímero mais simples, Este polímero pode ser produzido por diferentes reações de polimerização, como por exemplo polimerização por radicais livres, polimerização aniônica, polimerização por coordenação de íons ou polimerização catiônica.  Ex: alguns brinquedos e sacolas de plastico de embalar compras.
  17. 17. Poliamida  Foi a primeira fibra sintética criada pelo homem. Tem como características a alta resistência, fácil lavagem, resiste ao amarrotamento, baixa absorção de umidade, toque agradável, e secagem rápida
  18. 18. Poliuretano  O poliuretano é um plástico flexível, um elastômero.  Ex:de colchões a isolantes térmicos
  19. 19. Poliéster  Fibra artificial sintética, obtida de processos químicos, derivada do petróleo. O poliéster é caracterizado por ter uma ótima resistência, baixo encolhimento, secagem rápida, resistente ao amarrotamento e abrasão, baixa propagação de chamas  Ex:de varas de pescara guarda-chuva.
  20. 20. A guerra contra a água mineral  A água mineral é hoje associada ao estilo de vida saudável e ao bem-estar. As garrafinhas de água mineral já se tornaram acessório dos esportistas, e, em casa, muita gente nem pensa em tomar o líquido que sai da torneira – compra água em garrafas ou galões. Nos últimos dez anos, em todo o planeta, o consumo de água mineral cresceu 145% – e passou a ocupar um lugar de destaque nas preocupações de muitos ambientalistas.
  21. 21.  O foco não está exatamente na água, mas na embalagem. A fabricação das garrafas plásticas usadas pela maioria das marcas é um processo industrial que provoca grande quantidade de gases que agravam o efeito estufa. Ao serem descartadas, elas produzem montanhas de lixo que nem sempre é reciclado. Muitas entidades ambientalistas têm promovido campanhas de conscientização para esclarecer que, nas cidades em que a água canalizada é bem tratada, o líquido que sai das torneiras em nada se diferencia da água em garrafa.

×