www.coachingaprovacao.com.br
Língua Portuguesa
Jovens em movimento
Jovens protestando nas ruas não são exatamente uma
novi...
www.coachingaprovacao.com.br
2) De acordo com o poema, o verso que exprime causa de
um acontecimento está em:
a) Quando vo...
www.coachingaprovacao.com.br
4) Vitalino começou, aos seis anos, a modelar suas
figurinhas de barro, à ...... .
O segmento...
www.coachingaprovacao.com.br
faz com que ocorra maior evaporação das águas dos
oceanos, onde se potencializam catástrofes ...
www.coachingaprovacao.com.br
Na música popular, a Bossa Nova, lançada em 1959 por
Tom Jobim e João Gilberto, entre outros,...
www.coachingaprovacao.com.br
sedução da jovem, linda e nada talentosa poetisa. Mas ele
conseguiu inventar tantas qualidade...
www.coachingaprovacao.com.br
Faz-se necessário as mudanças de visão e de atitudes
d) ... para que ela tenha um sentido.
.....
www.coachingaprovacao.com.br
restava das unhas, levantava-se, andava de um lado para
outro, folheava um jornal velho, susp...
www.coachingaprovacao.com.br
Leia com atenção o verbete abaixo, transcrito do
Dicionário de comunicação, e as assertivas q...
www.coachingaprovacao.com.br
Praça São Sebastião que inspirou o calçadão do Rio de
Janeiro, em Copacabana, feito pelo Burl...
www.coachingaprovacao.com.br
c) Publicar-se-á a pauta de julgamento no Órgão Oficial
com, pelo menos, quarenta e oito hora...
www.coachingaprovacao.com.br
e) As comissões parlamentares de inquérito são
permanentes e possuem poderes para apurar fato...
www.coachingaprovacao.com.br
c) juiz de Tribunal Regional Federal, indicado pelo
Supremo Tribunal Federal.
d) juiz do trab...
www.coachingaprovacao.com.br
d) poderá ser convalidado pelo mesmo ato administrativo.
e) será válido, desde que corrigido ...
www.coachingaprovacao.com.br
II. Eficácia é a quantidade e qualidade de produtos e
serviços entregues ao usuário.
III. Efi...
www.coachingaprovacao.com.br
e) Atendimento.
37) A prática de gerenciamento de processos de negócio
pode ser caracterizada...
www.coachingaprovacao.com.br
40) A tendência de grande parte das organizações é manter
estruturas tradicionais ou departam...
www.coachingaprovacao.com.br
a) a regionalização ser um termo financeiro para auxiliar
a discriminação de receitas e despe...
www.coachingaprovacao.com.br
48) São consideradas despesas de pessoal, para fins de
apuração dos limites previstos no arti...
www.coachingaprovacao.com.br
c) ocorre nas relações interpessoais.
d) melhora a qualidade das decisões fornecendo meios
pe...
www.coachingaprovacao.com.br
c) estabiliza-se a eficiência do processo.
d) aumenta a eficiência do processo.
e) mantém-se ...
www.coachingaprovacao.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1 2 simulado trt-mg ajaa coaching aprovacao

288 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
288
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1 2 simulado trt-mg ajaa coaching aprovacao

  1. 1. www.coachingaprovacao.com.br Língua Portuguesa Jovens em movimento Jovens protestando nas ruas não são exatamente uma novidade: parece ser próprio da juventude um alto grau de inconformismo. Mas é possível localizar na década de 60 e em parte da de 70 do século passado o marco mais incisivo de muitas contestações. O problema apareceu como sendo o de toda uma geração de jovens ameaçando a ordem social, nos planos político, cultural e moral, por uma atitude de crítica aos valores estabelecidos e pelo desencadear de atos em busca de transformação - movimentos estudantis de oposição aos regimes autoritários, contra a tecnocracia e todas as formas de dominação, movimentos pacifistas, agrupamentos de hippies, etc. Muitos jovens estabeleciam para si próprios que jamais viriam a se integrar ao funcionamento normal da sociedade. Alguns entravam em organizações políticas clandestinas, outros se recusavam a assumir um emprego formal, indo viver em comunidades e sobrevivendo por meio de atividades alternativas (arte, artesanato, hortas comunitárias), tudo numa recusa permanente de se adaptar, de se enquadrar numa sociedade convencional. No Brasil, é particularmente nesse momento que a questão da juventude ganha maior visibilidade, devido ao engajamento de jovens da classe média, do ensino secundário e universitário, na luta contra o regime autoritário por meio de mobilizações estudantis e atuação nos partidos de esquerda. No campo do comportamento, questionavam os padrões sexuais, morais e o consumismo. De lá para cá, alternaram-se momentos de alguma acomodação e outros de expressão inconformista. As manifestações de meados de 2013 atualizaram o caráter contestador da juventude. (Adaptado de: ABRAMO, Helena Wendel. “Considerações sobre a tematização social da juventude no Brasil”. Revista Brasileira de Educação, n. 5/6, p. 30 e 31) 1) Ao organizarem seus protestos públicos, os jovens enfatizam esses processos por meio de palavras de ordem, e repetem essas palavras de ordem para que o povo compreenda bem essas palavras de ordem e resolva se acolhe ou não essas palavras de ordem. Evitam-se as viciosas repetições da frase acima substituindo-se os segmentos sublinhados, na ordem dada, por: a) repetem-nas - compreenda-lhes bem - lhes acolhe ou não b) as repetem - as compreenda bem - as acolhe ou não c) as repetem - lhes compreenda bem - acolhe-lhes ou não d) repetem-as - compreenda-as bem - acolhe-las ou não. e) repetem-nas - bem lhes compreenda - lhes acolhe ou não.
  2. 2. www.coachingaprovacao.com.br 2) De acordo com o poema, o verso que exprime causa de um acontecimento está em: a) Quando você for se embora b) por tanta coisa que leve c) por acaso me levar d) Se acaso você não possa e) me leve no esquecimento 3) ...... do preconceito ...... é objeto a música caipira, ....... sua linguagem, vez ou outra, afastar-se da norma culta, ela é hoje reconhecida como uma das mais respeitadas manifestações musicais do país. Mantendo-se a lógica e a correção, preenche as lacunas da frase acima, na ordem dada, o que está em: a) Em razão - a que - por b) Em virtude – a que – em razão de c) A despeito - em que - embora d) Não obstante - de que - embora e) Apesar – de que – por Atenção: Considere o texto abaixo para responder a questão. Vitalino A mãe de Vitalino era louceira. E foi vendo-a moldar os tourinhos de cachaço crivado de furos para neles se espetarem os palitos de dentes, que Vitalino sentiu aos seis anos vontade de plasmar* aqueles outros bichos, como os via no terreiro da casa – galos, cachorros, calangos. Depois feras – onças, jacarés. Depois gente ... Também a arte de Vitalino veio se complicando. Já não se limita ele aos simples bichinhos de plástica* tão ingenuamente pura. Atira-se a composições de grupos, com meio metro de comprido e uns vinte centímetros de altura. Cenas da terra: casamentos, confissões na igreja, o soldado pegando o ladrão de galinhas ou o bêbado, a moenda, a casa de farinha etc. Aliás, nesse delicioso ainda que humilde gênero de escultura, Vitalino não está sozinho, não. Outras cidadezinhas do interior de Pernambuco (em todo o Nordeste, creio eu, não sou entendido no assunto, esta crônica devia ter sido encomendada à mestra Cecília Meireles) têm o seu Vitalino. Por exemplo, Sirinhaém tem o seu Severino. Naturalmente, quando se trata de saber quem entre os dois é o tal, os colecionadores se dividem. E, naturalmente, também os [irmãos] Condé torcem para o Vitalino, que é de Caruaru. Já tive muitas dessas figurinhas em minha casa. Não sei se alguma era de Vitalino ou de Severino. Sei que eram realmente obras de arte, especialmente certo papagaiozinho naquela atitude jururu de quem (quem papagaio) está bolando para acertar uma digna do anedotário da espécie. Acabei dando o meu papagaio. Sempre acabo dando os meus calungas de barro. Não há coisa que se dê com mais prazer. Mesmo porque, quando não se dá, elas se quebram. Se quebram com a maior facilidade. E isso, na minha idade, é de uma melancolia que me põe doente. Não quero mais saber de coisas efêmeras*. Deus me livre de ganhar afeição a passarinho: eles morrem à toa. Flor mesmo dei para só gostar de ver onde nasceu, a rosa na roseira etc. Uma flor que murcha num vaso está acima de minhas forças. *plasmar = moldar, modelar *plástica = arte de plasmar; forma do corpo *efêmero = que dura um dia; passageiro, temporário, transitório (Adaptado de: BANDEIRA, Manuel. Poesia completa e prosa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, v. único, 1993, p. 479-481)
  3. 3. www.coachingaprovacao.com.br 4) Vitalino começou, aos seis anos, a modelar suas figurinhas de barro, à ...... . O segmento que completa a lacuna da frase acima, corretamente introduzido pelo à, com o sinal indicativo de crase, é: a) exemplo daquelas que sua mãe fazia. b) partir dos modelos criados por sua mãe. c) que dava verdadeiros contornos artísticos. d) seu estilo característico de artesão nordestino. e) imitação dos bichos que via no terreiro. Leia o texto abaixo para responder a questão a seguir. Todos os dias, acompanhamos na televisão, nos jornais e revistas as catástrofes climáticas e as mudanças que estão ocorrendo, rapidamente, no clima mundial. Nunca se viram mudanças tão rápidas e com efeitos devastadores como têm ocorrido nos últimos anos. Pesquisadores do clima mundial afirmam que este aquecimento global está ocorrendo em função do aumento da emissão de gases poluentes, principalmente derivados da queima de combustíveis fósseis (gasolina, diesel etc.) na atmosfera. Esses gases (ozônio, dióxido de carbono, metano, óxido nitroso e monóxido de carbono) formam uma camada de poluentes de difícil dispersão, causando o famoso efeito estufa. Esse fenômeno ocorre, porque esses gases absorvem grande parte da radiação infravermelha emitida pela Terra, dificultando a dispersão do calor. O desmatamento e a queimada de florestas e matas também colaboram para esse processo. Os raios do Sol atingem o solo e irradiam calor na atmosfera. Como esta camada de poluentes dificulta a dispersão do calor, o resultado é o aumento da temperatura global. Embora este fenômeno ocorra de forma mais evidente nas grandes cidades, já se verificam suas consequências no aquecimento global. (Adaptado de: http://www.suapesquisa.com/geografia/ aquecimento_global.htm) O aumento da temperatura vem provocando a morte de várias espécies animais e vegetais mas desequilibrando vários ecossistemas. E a isso somarmos o desmatamento onde vem ocorrendo, em florestas de países tropicais, e a tendência é aumentar as regiões desérticas do planeta Terra. Embora não é só isso, esse o aumento da temperatura faz com que ocorra maior evaporação das águas dos oceanos, potencializando catástrofes climáticas. 5) As frases acima encontram-se reescritas com coerência e correção em: a) O aumento da temperatura vem provocando a morte de várias espécies animais e vegetais e desequilibrando vários ecossistemas. Portanto a isso somarmos o desmatamento que vem ocorrendo, em florestas de países tropicais, a tendência é aumentar as regiões desérticas do planeta Terra. Por que não é só isso, esse aumento da temperatura faz com que ocorra maior evaporação das águas dos oceanos onde potencializa catástrofes climáticas. b) O aumento da temperatura vem provocando a morte de várias espécies animais e vegetais e desequilibrando vários ecossistemas. Se a isso somarmos o desmatamento que vem ocorrendo em florestas de países tropicais, a tendência é aumentar as regiões desérticas do planeta Terra. Mas não é só isso, esse aumento da temperatura faz com que ocorra maior evaporação das águas dos oceanos, potencializando catástrofes climáticas. c) O aumento da temperatura vem provocando a morte de várias espécies animais e vegetais, onde desequilibra vários ecossistemas. Caso a isso somarmos o desmatamento que vem ocorrendo em florestas de países tropicais, a tendência é aumentar as regiões desérticas do planeta Terra. Portanto não é só isso, esse aumento da temperatura faz com que ocorra maior evaporação das águas dos oceanos e potencialize catástrofes climáticas. d) O aumento da temperatura vem provocando a morte de várias espécies animais e vegetais e desequilibrando vários ecossistemas. Se a isso somarmos o desmatamento onde vem ocorrendo, em florestas de países tropicais, a tendência é aumentar as regiões desérticas do planeta Terra. Contudo não é só isso, esse aumento da temperatura
  4. 4. www.coachingaprovacao.com.br faz com que ocorra maior evaporação das águas dos oceanos, onde se potencializam catástrofes climáticas. e) O aumento da temperatura vem provocando a morte de várias espécies animais e vegetais quando desequilibra vários ecossistemas. Onde a isso somarmos o desmatamento que vem ocorrendo, em florestas de países tropicais, a tendência é aumentar as regiões desérticas do planeta Terra. Por que não é só isso, esse aumento da temperatura faz com que ocorra maior evaporação das águas dos oceanos, potencializando catástrofes climáticas. Explicar não é justificar Os gregos e os romanos aceitavam a escravidão porque não imaginavam que uma sociedade pudesse funcionar sem escravos. Como o filósofo Sêneca, insistiam apenas em que se reconhecessem alguns direitos aos escravos: que fosse, por exemplo, proibido utilizá-los com finalidades sexuais. Estamos na mesma posição quando se trata da pobreza. Estamos convencidos de que uma sociedade justa deve procurar erradicá-la. Mas, como não conseguimos conceber os meios que permitem atingir esse objetivo, aceitamos que uma sociedade comporte grandes bolsões de pobreza. Em contrapartida, não hesitamos em condenar a prática da escravidão. (Raymond Boudon, O relativismo. Trad. de Edson Bini. São Paulo: Loyola, 2010. p. 41) 6) Está inteiramente adequada a pontuação do seguinte período: a) Se muitas vezes acusamos em idos tempos, casos de insuportável violência social, sobretudo os legitimados por instituições da época, nem por isso, deixamos de abolir em nossos dias tremendas injustiças, muitas delas incrivelmente legitimadas que ocorrem diante de nossos olhos. b) Se, muitas vezes, acusamos em idos tempos casos de insuportável violência social sobretudo, os legitimados por instituições da época, nem por isso deixamos de abolir, em nossos dias, as tremendas injustiças muitas delas, incrivelmente legitimadas, que ocorrem diante de nossos olhos. c) Se muitas vezes, acusamos em idos tempos, casos de insuportável violência social, sobretudo os legitimados por instituições, da época, nem por isso deixamos de abolir em nossos dias tremendas injustiças muitas delas, incrivelmente, legitimadas que ocorrem diante de nossos olhos. d) Se muitas vezes acusamos em idos tempos, casos de insuportável violência social, sobretudo os Legitimados, por instituições da época, nem por isso, deixamos de abolir em nossos dias, tremendas injustiças, muitas delas incrivelmente legitimadas que ocorrem, diante de nossos olhos. e) Se muitas vezes acusamos, em idos tempos, casos de insuportável violência social, sobretudo os legitimados por instituições da época, nem por isso deixamos de abolir, em nossos dias, tremendas injustiças, muitas delas incrivelmente legitimadas, que ocorrem diante de nossos olhos. A cultura brasileira em tempos de utopia Durante os anos 1950 e 1960 a cultura e as artes brasileiras expressaram as utopias e os projetos políticos que marcaram o debate nacional. Na década de 1950, emergiu a valorização da cultura popular, que tentava conciliar aspectos da tradição com temas e formas de expressão modernas. No cinema, por exemplo, Nelson Pereira dos Santos, nos seus filmes Rio, 40 graus (1955) e Rio, zona norte (1957) mostrava a fotogenia das classes populares, denunciando a exclusão social. Na literatura, Guimarães Rosa publicou Grande sertão: veredas (1956) e João Cabral de Melo Neto escreveu o poema Morte e vida Severina - ambos assimilando traços da linguagem popular do sertanejo, submetida ao rigor estético da literatura erudita.
  5. 5. www.coachingaprovacao.com.br Na música popular, a Bossa Nova, lançada em 1959 por Tom Jobim e João Gilberto, entre outros, inspirava-se no jazz, rejeitando a música passional e a interpretação dramática que se dava aos sambas-canções e aos boleros que dominavam as rádios brasileiras. A Bossa Nova apontava para o despojamento das letras das canções, dos arranjos instrumentais e da vocalização, para melhor expressar o “Brasil moderno”. Já a primeira metade da década de 1960 foi marcada pelo encontro entre a vida cultural e a luta pelas Reformas de Base. Já não se tratava mais de buscar apenas uma expressão moderna, mas de pontuar os dilemas brasileiros e denunciar o subdesenvolvimento do país. Organizava-se, assim, a cultura engajada de esquerda, em torno do Movimento de Cultura Popular do Recife e do Centro Popular de Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE), num processo que culminaria no Cinema Novo e na canção engajada, base da moderna música popular brasileira, a MPB. (Adaptado de: NAPOLITANO, Marcos e VILLAÇA, Mariana. História para o ensino médio. São Paulo: Atual, 2013, p. 738) 7) As expressões onde e em cujo preenchem corretamente, na ordem dada, as lacunas da seguinte frase: a) ...... iriam os artistas da época, senão ao Rio, atrás do sucesso artístico ...... todos queriam alcançar e se realizar. b) Rodado na cidade do Rio de Janeiro, ...... se viviam algumas tensões políticas, o filme provocou um grande debate, ...... calor muita gente mergulhou. c) O filme Rio, 40 graus foi exibido no ano de 1955, ...... a atmosfera política propiciaria um período de realizações ...... o maior responsável seria o novo presidente da República. d) Ao realizar Rio, zona norte, filme ...... Nelson Pereira dos Santos lançou em 1957, o cineasta dava sequência a um filme anterior, ...... valor já fora reconhecido. e) O Rio era uma cidade ...... muitos buscavam para viver melhor, a capital ...... esplendor todos os cariocas se orgulhavam. Da utilidade dos prefácios Li outro dia em algum lugar que os prefácios são textos inúteis, já que em 100% dos casos o prefaciador é convocado com o compromisso exclusivo de falar bem do autor e da obra em questão. Garantido o tom elogioso, o prefácio ainda aponta características evidentes do texto que virá, que o leitor poderia ter muito prazer em descobrir sozinho. Nos casos mais graves, o prefácio adianta elementos da história a ser narrada (quando se trata de ficção), ou antecipa estrofes inteiras (quando poesia), ou elenca os argumentos de base a serem desenvolvidos (quando estudos ou ensaios). Quer dizer: mais do que inútil, o prefácio seria um estraga-prazeres. Pois vou na contramão dessa crítica mal-humorada aos prefácios e prefaciadores, embora concorde que muitas vezes ela proceda - o que não justifica a generalização devastadora. Meu argumento é simples e pessoal: em muitos livros que li, a melhor coisa era o prefácio - fosse pelo estilo do prefaciador, muito melhor do que o do autor da obra, fosse pela consistência das ideias defendidas, muito mais sólidas do que as expostas no texto principal. Há casos célebres de bibliografias que indicam apenas o prefácio de uma obra, ficando claro que o restante é desnecessário. E ninguém controla a possibilidade, por exemplo, de o prefaciador ser muito mais espirituoso e inteligente do que o amigo cujo texto ele apresenta. Mas como argumento final vou glosar uma observação de Machado de Assis: quando o prefácio e o texto principal são ruins, o primeiro sempre terá sobre o segundo a vantagem de ser bem mais curto. Há muito tempo me deparei com o prefácio que um grande poeta, dos maiores do Brasil, escreveu para um livrinho de poemas bem fraquinhos de uma jovem, linda e famosa modelo. Pois o velho poeta tratava a moça como se fosse uma Cecília Meireles (que, aliás, além de grande escritora era também linda). Não havia dúvida: o poeta, embevecido, estava mesmo era prefaciando o poder de
  6. 6. www.coachingaprovacao.com.br sedução da jovem, linda e nada talentosa poetisa. Mas ele conseguiu inventar tantas qualidades para os poemas da moça que o prefácio acabou sendo, sozinho, mais uma prova da imaginação de um grande gênio poético. (Aderbal Siqueira Justo, inédito) 8) As lacunas da frase Um prefácio ...... nossa inteira atenção esteja voltada certamente conterá qualidades ...... força é impossível resistir preenchem-se adequadamente, na ordem dada, pelos seguintes elementos: a) para o qual - a cuja b) ao qual - de cuja a c) com o qual - por cuja d) aonde - de que a e) por onde - das quais a 9) O elemento em destaque está empregado corretamente em: a) Mais que o luxo do produto, é a aparência de luxo de que conta para os consumidores. b) Os produtos e as marcas permitem com que as pessoas adquiram a visibilidade desejada. c) A visibilidade é uma das características pelas quais se estrutura a sociedade de consumo. d) Quanto mais se tem a impressão em que se é visto com os novos produtos, mais se quer adotá-los. e) Nas sociedades por cuja ordem social é abalada com guerras, a ostentação é particularmente visível. [...]ser independente significa bem mais do que ser livre para viver como se quer: significa, basicamente, viver com valores que façam a vida ser digna de ser vivida. Não basta um estado de espírito. Não basta, como diz o samba, “vestir a camisa amarela e sair por aí". Tampouco basta sentir-se autônomo, fazendo parte do bando. É preciso algo mais. Ora, um dos valores que vêm sendo retomados pelos filósofos e que cabem como uma luva nessa questão é o da resistência. Na raiz da palavra resistere se encontra um sentido: “ficar de pé". E ficar de pé implica manter vivas, intactas dentro de si, as forças da lucidez. Essa é uma exigência que se impõe tanto em tempos de guerra quanto em tempos de paz. Sobretudo nesses últimos, quando costumamos achar que está tudo bem, que está tudo “numa boa"; quando recebemos informações de todos os lados, sem tentar, nem ao menos, analisá-las, e terminamos por engolir qualquer coisa. Resistir como forma de ser independente é, talvez, uma maneira de encontrar um significado no mundo. Daí que, para celebrar a independência, vale mesmo é desconstruir o mundo, desnudar suas estruturas, investigar a informação. Fazer isso sem cansaço para depois termos vontade de, novamente, desejá-lo, inventá-lo e construí-lo; de reencontrar o caminho da sensibilidade diante de uma paisagem, ao abrir um livro ou a porta de um museu. Independência, sim, para defendermos a vida, para defendermos valores para ela, para que ela tenha um sentido. Independência de pé, com lucidez e prioridades. Clareza, sim, para não continuarmos a assistir, impotentes, ao espetáculo da própria impotência. (PRIORE, Mary Del. Histórias e conversas de mulher. São Paulo: Planeta, 2013, p. 281) 10) Considere as alterações propostas nas alternativas abaixo para alguns segmentos do texto. Mantém-se a correção gramatical no que consta em: a) Não basta um estado de espírito. Não basta algumas decisões tomadas nesse sentido. b) Essa é uma exigência que se impõe tanto em tempos de guerra quanto em tempos de paz. Essa é uma das exigências que se impõem tanto em tempos de guerra quanto em tempos de paz. c) É preciso algo mais.
  7. 7. www.coachingaprovacao.com.br Faz-se necessário as mudanças de visão e de atitudes d) ... para que ela tenha um sentido. ... para que as metas estabelecidas a cada um tenha um sentido e) Na raiz da palavra resistere se encontra um sentido ... Na raiz da palavra resistere se encontra algumas indicações de seu significado ... Prazer sem humilhação O poeta Ferreira Gullar disse há tempos uma frase que gosta de repetir: “A crase não existe para humilhar ninguém". Entenda-se: há normas gramaticais cuja razão de ser é emprestar clareza ao discurso escrito, valendo como ferramentas úteis e não como instrumentos de tortura ou depreciação de alguém. Acho que o sentido dessa frase pode ampliar-se: “A arte não existe para humilhar ninguém", entendendo-se com isso que os artistas existem para estimular e desenvolver nossa sensibilidade e inteligência do mundo, e não para produzir obras que separem e hierarquizem as pessoas. Para ficarmos no terreno da música: penso que todos devem escolher ouvir o que gostam, não aquilo que alguém determina. Mas há aqui um ponto crucial, que vale a pena discutir: estamos mesmo em condições de escolher livremente as músicas de que gostamos? Para haver escolha real, é preciso haver opções reais. Cada vez que um carro passa com o som altíssimo de graves repetidos praticamente sem variação, num ritmo mecânico e hipnótico, é o caso de se perguntar: houve aí uma escolha? Quem alardeia os infernais decibéis de seu som motorizado pela cidade teve a chance de ouvir muitos outros gêneros musicais? Conhece muitos outros ritmos, as canções de outros países, os compositores de outras épocas, as tendências da música brasileira, os incontáveis estilos musicais já inventados e frequentados? Ou se limita a comprar no mercado o que está vendendo na prateleira dos sucessos, alimentando o círculo vicioso e enganoso do “vende porque é bom, é bom porque vende"? Não digo que A é melhor que B, ou que X é superior a todas as letras do alfabeto; digo que é importante buscar conhecer todas as letras para escolher. Nada contra quem escolhe um “batidão" se já ouviu música clássica, desde que tenha tido realmente a oportunidade de ouvir e escolher compositores clássicos que lhe digam algo. Não acho que é preciso escolher, por exemplo, entre os grandes Pixinguinha e Bach, entre Tom Jobim e Beethoven, entre um forró e a música eletrônica das baladas, entre a música dançante e a que convida a uma audição mais serena; acho apenas que temos o direito de ouvir tudo isso antes de escolher. A boa música, a boa arte, esteja onde estiver, também não existe para humilhar ninguém. (João Cláudio Figueira, inédito) 11) As normas de concordância verbal encontram-se plenamente observadas na frase: a) Ao autor do texto não incomodam as pessoas ouvirem qualquer coisa, mas sim o que a elas não é facultado conhecerem. b) Não deve representar uma humilhação para nós as eventuais falhas de redação, que pode e precisa ser sanada. c) Difunde-se, já há muito tempo, preconceitos contra a grande arte, sob a alegação de que ela é produzida para uma pequena elite. d) Caso não hajam opções reais, o público acabará tendo acesso não a obras de arte, mas a mercadorias em oferta. e) Traumatizados pelos decibéis do som que os atormenta, ocorre a alguns motoristas reagir com violência a esses abusos. Delicadezas colhidas com mão leve Era sábado e estávamos os dois na redação vazia da revista. Esparramado na cadeira, Guilherme roía o que lhe
  8. 8. www.coachingaprovacao.com.br restava das unhas, levantava-se, andava de um lado para outro, folheava um jornal velho, suspirava. Aí me veio com esta: - Meu texto é melhor que eu. A frase me fez rir, devolveu a alegria a meu amigo e poderia render uma discussão sobre quem era melhor, Guilherme Cunha Pinto ou o texto do Guilherme Cunha Pinto. Os que foram apenas leitores desse jornalista tão especial, morto já faz tempo, não teriam problema em escolher as matérias que ele assinava, que me enchiam de uma inveja benigna. Inveja, por exemplo, da mão leve com que ele ia buscar e punha em palavras as coisas mais incorpóreas e delicadas. Não era com ele, definitivamente, a simplificação grosseira que o jornalismo tantas vezes se concede, com a desculpa dos espaços e horários curtos, e que acaba fazendo do mundo algo chapado, previsível, sem graça. Guilherme não aceitava ser um mero recolhedor de aspas, nas entrevistas, nem sair à rua para ajustar os fatos a uma pauta. Tinha a capacidade infelizmente rara de se deixar tocar pelas coisas e pessoas sobre as quais ia escrever, sem ideias prontas nem pé atrás. Pois gostava de coisas e de pessoas, e permitia que elas o surpreendessem. Olhava-as com amorosa curiosidade - donde os detalhes que faziam o singular encanto de suas matérias. O personagem mais batido se desdobrava em ângulos inéditos quando o repórter era ele. Com suavidade descia ao fundo da alma de seus entrevistados, sem jamais pendurá-los no pau de arara do jornalismo inquisitorial. Deu forma a textos memoráveis e produziu um título desde então citado e recitado nas redações paulistanas: “Picasso morreu, se é que Picasso morre”. (Adaptado de: WERNECK Humberto. Esse inferno vai acabar. Porto Alegre: Arquipélago, 2001. p.45 e 46) 12) Considerando-se o contexto, traduz-se adequadamente o sentido de um segmento em: a) me veio com esta (1º parágrafo) = atalhou-me para discordar. b) me enchiam de uma inveja benigna (3º parágrafo) = via-me tomado por um franco ressentimento. c) algo chapado, previsível (4º parágrafo) = uma coisa insólita, prematura. d) ajustar os fatos a uma pauta (4º parágrafo) = enquadrar as ocorrências num roteiro prévio. e) jornalismo inquisitorial (4º parágrafo) = reportagem especulativa. 13) A frase que está clara e em conformidade com a norma-padrão escrita é: a) Em conversas insossas como essas que soem acontecer em situações formais, nada mais admissível que, se antevermos um assunto palpitante, nos agarremos à possibilidade de introduzi-lo e distendê-lo o máximo possível. b) Têm havido grandes discussões sobre as principais intervensões do poder público naquela área, mas o que observa-se é que todos buscam mesmo ocupar um discreto lugarzinho na administração. c) Continue a evitar comentários espontâneos que podem constituir risco, pois basta, segundo nos consta, a ponderação dos advogados para ver que o melhor jeito de enfrentar a polêmica é abster-se de declarações capciosas. d) Quaisquer que possa ser as opiniões dos líderes da comunidade, os últimos acontecimentos mostram que, quanto mais os jovens se aglutinem em prol de uma causa, mais se afastam daqueles. e) Sempre taxado de inseguro, ousou levantar hipóteses que sortiram tal efeito entre seus pares, que passaram não só a lhe considerar um profissional responsável, como também a prognosticar-lhe um futuro bastante promissor.
  9. 9. www.coachingaprovacao.com.br Leia com atenção o verbete abaixo, transcrito do Dicionário de comunicação, e as assertivas que o seguem. Responsabilidade social • (mk,rp) Adoção, por parte da empresa ou de qualquer instituição, de políticas e práticas organizacionais socialmente responsáveis, por meio de valores e exemplos que influenciam os diversos segmentos das comunidades impactadas por essas ações. O conceito de responsabilidade social fundamenta-se no compromisso de uma organização dentro de um ecossistema, onde sua participação é muito maior do que gerar empregos, impostos e lucros. Seu objetivo básico é atuar no meio ambiente de forma absolutamente responsável e ética, inter-relacionando-se com o equilíbrio ecológico, com o desenvolvimento econômico e com o equilíbrio social. Do ponto de vista mercadológico, a responsabilidade social procura harmonizar as expectativas dos diferentes segmentos ligados à empresa: consumidores, empregados, fornecedores, redes de venda e distribuição, acionistas e coletividade. Do ponto de vista ético, a organização que exerce sua responsabilidade social procura respeitar e cuidar da comunidade, melhorar a qualidade de vida, modificar atitudes e comportamentos através da educação e da cultura, conservar a vitalidade da terra e a biodiversidade, gerar uma consciência nacional para integrar desenvolvimento e conservação, ou seja, promover o desenvolvimento sustentável, o bem-estar e a qualidade de vida. Diz-se tb. responsabilidade social corporativa ou RSC. V. ecossistema social, ética corporativa, empresa cidadã e marketing social. (BARBOSA, Gustavo e RABAÇA, Carlos Alberto. 2.ed. rev. e atualizada. Rio de Janeiro: Elsevier, 2001 − 10a reimpressão, p. 639-40) 14) Infere-se corretamente do verbete: a) Políticas e práticas socialmente responsáveis são de competência constitutiva de empresas e de qualquer instituição. b) Valores e exemplos que influenciam os diversos segmentos que constituem uma comunidade neutralizam os impactos deletérios de empresas instaladas no entorno dessa comunidade. c) É dever de empresas, por determinação legal, a organização de um sistema que, incluindo os seres vivos e o ambiente, garanta inter-relacionamento harmônico entre todos os envolvidos. d) É pressuposto que uma empresa participe da geração de empregos, impostos e lucros. e) É inerente à atividade empresarial atuar no meio ambiente de forma absolutamente responsável e ética. Como a temática amazônica se impõe na sua escrita? Milton Hatoum. A temática amazônica se impõe, porque, por acaso, eu nasci em Manaus. Se tivesse nascido em Paraty ou Pequim, escreveria sobre Paraty ou Pequim, certamente. Ou sobre São Paulo, se eu tivesse passado a infância lá. Agora, lembro do Kafka que escreveu A muralha da China e acho que nesse momento ele foi chinês. O mais comum é que você escreva sobre o lugar onde nasceu. Eu tenho um vínculo forte com Manaus, sou um amazonense urbano, não conheço profundamente a floresta, mas conheço um pouco o interior da Amazônia. Mas, geralmente, nos meus livros, o cenário, o lugar simbólico, é Manaus. E é uma Manaus que foge um pouco daquele estereótipo, para quem não é de lá. Milton Hatoum. Se você imaginar a surpresa das pessoas que chegam a Manaus... O Glauber Rocha, na primeira vez em que foi a Manaus, pensou que fosse encontrar uma cidade barroca, aí ele encontrou uma cidade europeia, com aquela ópera, aquele teatro maravilhoso, aquela praça italiana, aquele desenho em ondas em preto-e-branco da
  10. 10. www.coachingaprovacao.com.br Praça São Sebastião que inspirou o calçadão do Rio de Janeiro, em Copacabana, feito pelo Burle Marx. Aquilo foi inspirado nessa praça em Manaus, poucas pessoas sabem. Manaus é uma cidade como as outras, só que ela tem, como as outras cidades, algumas particularidades, fortes particularidades. Uma delas é o fato de estar no coração da floresta. É uma cidade que tem características interessantes, porque tem ali uma tradição indígena muito forte - o nome da cidade é o de uma tribo indígena que foi dizimada, desapareceu, os Manaús -, tem uma tradição também europeia, de presença portuguesa, desde o século XVII, quando já era uma fortaleza avançada dos portugueses, que queriam defender e ocupar a Amazônia, em disputa com os espanhóis. E teve uma importância econômica fundamental durante 40 anos, com o grande ciclo da borracha; na época, o látex representava 50% da exportação do Brasil - o resto era café. Então a cidade sempre foi cosmopolita, com a presença de muitos estrangeiros. Tive professores estrangeiros na minha juventude em Manaus e convivi com muitos estrangeiros, acho que eles estão presentes no meu trabalho. (Entrevista concedida por HATOUM, Milton. Disponível em: www.saraivaconteudo.com.br, com adaptações) 15) Depreende-se do relato de Hatoum que a) Manaus atrai muitos turistas por ser uma cidade exótica no coração da floresta Amazônica, embora já tenha perdido suas características indígenas e seja bastante cosmopolita. b) o cenário do escritor amazonense sofreu forte influência de sua cidade de origem e do exotismo da floresta amazônica, diferentemente de Kafka, que se afastou de seu país de origem em suas criações literárias. c) a cidade de Manaus abriga muitos imigrantes, atraídos, inicialmente, pela exploração da borracha, embora tenha também um forte traço provinciano, mantido até os dias de hoje. d) as pessoas que chegam a Manaus pela primeira vez surpreendem-se com o caráter barroco da arquitetura da cidade, percebido nos seus teatros e praças. e) o escritor costuma identificar-se com seu lugar de origem, que, na maioria das vezes, influencia a representação do cenário presente na obra literária. Regimento Interno 16) De acordo com o regimento Interno do TRT 3ª Região analise as alternativas e assinale a correta: a) Compete ao Presidente convocar as sessões do Tribunal Pleno, determinando de imediato a distribuição da matéria administrativa até quarenta e oito horas antes do início das sessões, ressalvados os casos excepcionais. b) O Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região compõe- se de trinta e nove Desembargadores do Trabalho. c) O Órgão Especial, que exerce competência delegada do tribunal Pleno compõe-se de dezoito desembargadores e para sua instalação o quórum é de treze membros, incluído o que estiver presidindo, e as deliberações serão tomadas por, no mínimo, sete dos presentes. d) Compete ao Corregedor realizar sindicância no âmbito de sua competência. e) Os Desembargadores do Trabalho não são órgãos do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região. 17) Assinale a alternativa incorreta de acordo com o regimento Interno do TRT 3ª Região: a) Compete ao relator indeferir a petição inicial em ações originárias. b) Recebidos, registrados e autuados, os processos serão imediatamente distribuídos aos respectivos relatores que os remeterão ao Ministério Público do trabalho, obrigatoriamente, por iniciativa do Relator, quando a matéria discutida, por sua relevância e interesse público recomendar a prévia manifestação do Ministério Público do Trabalho.
  11. 11. www.coachingaprovacao.com.br c) Publicar-se-á a pauta de julgamento no Órgão Oficial com, pelo menos, quarenta e oito horas de antecedência, afixando-se cópia no quadro de editais da secretaria. d) Aberta a Sessão, aguardar-se-á, por dez minutos, a formação do quórum. e) O acórdão deverá conter ementa da tese jurídica relevante, salvo nos processos de rito sumaríssimo e nos de embargo de declaração. 18) Sobre as comissões assinale a alternativa correta: a) À Comissão de Regimento Interno incumbe emitir parecer sobre matéria regimental, em dez dias. b) São comissões permanentes: a Comissão de Regimento Interno, a Comissão de Jurisprudência, a Comissão de Tecnologia e a Comissão de Planejamento Estratégico. c) Compete à Comissão de Jurisprudência divulgar a jurisprudência do Tribunal. d) Compete à Comissão de Tecnologia promover o intercâmbio e a parceria com outras instituições. e) As sugestões de alteração no plano plurianual serão apresentadas na sessão do mês de julho. 19) João, servidor em uma vara do trabalho do TRT 3ª Região, cometeu uma irregularidade. Após a apuração rigorosa e dentro dos ditames da lei foi punido com a suspensão de quarenta dias. De acordo como Regimento Interno do TRT 3ª Região neste caso específico qual seria a autoridade competente para aplicar tal penalidade? a) o Juiz da vara do trabalho de João. b) o Diretor-Geral do Tribunal. c) o Órgão Especial. d) o Presidente do Tribunal. e) o Superior direto de João. 20) Assinale a alternativa incorreta sobre os Serviços Administrativos: a) O processo disciplinar contra servidor obedecerá aos princípios do contraditório e da ampla defesa. b) O servidor, sendo punido, poderá pedir reconsideração ou recorrer à autoridade imediatamente superior, em trinta dias. c) O Tribunal destinará, no mínimo oitenta por cento das funções comissionadas e dos cargos em comissão para serem exercidos por servidores que integram as carreiras judiciárias, observados os requisitos de qualificação e experiência. d) Os servidores que integram as carreiras judiciárias terão prioridade no recebimento das funções comissionadas de maior valor, disponíveis em cada local de trabalho. e) O recurso será apreciado pelo Órgão Especial, se o Presidente do Tribunal aplicar a punição. ´ Direito Constitucional: 21) Em relação ao Poder Legislativo, é correto afirmar: a) Os Senadores representam os Estados e o Distrito Federal e possuem mandato de oito anos, embora a legislatura do Congresso Nacional dure, apenas, quatro anos. b) O Congresso Nacional reúne-se, anualmente, na Capital Federal, de 2 de janeiro a 30 de junho e de 1º de agosto a 22 de dezembro. c) Os Deputados Federais representam o povo e possuem mandato de quatro anos, embora a legislatura do Congresso Nacional dure oito anos d) A convocação extraordinária do Congresso Nacional será feita pelo Presidente da Câmara dos Deputados em caso de decretação de estado de defesa ou de intervenção federal.
  12. 12. www.coachingaprovacao.com.br e) As comissões parlamentares de inquérito são permanentes e possuem poderes para apurar fatos de relevância política, bem como para aplicar sanções. 22) Em relação à eficácia e aplicabilidade das normas constitucionais, é correto afirmar: a) As normas constitucionais de aplicabilidade direta, imediata e integral, que admitem norma infraconstitucional posterior restringindo seu âmbito de atuação, são de eficácia plena. b) As normas constitucionais de aplicabilidade diferida e mediata, que não são dotadas de eficácia jurídica e não vinculam o legislador infraconstitucional aos seus vetores, são de eficácia contida. c) As normas constitucionais de aplicabilidade direta, imediata e integral, por não admitirem que norma infraconstitucional posterior restrinja seu âmbito de atuação, são de eficácia contida. d) As normas constitucionais que traçam esquemas gerais de estruturação de órgãos, entidades ou institutos, são de eficácia plena. e) As normas constitucionais declaratórias de princípios programáticos, que veiculam programas a serem implementados pelo Poder Público para concretização dos fins sociais, são de eficácia limitada. 23) Anita Fernanda, nascida em Goiânia há 26 anos, é designer de moda no Brasil. Na semana passada, recebeu um convite para morar na Europa e trabalhar em uma agência de moda que desenha figurinos para os principais desfiles de Paris. No entanto, o país em que trabalhará exigiu que Anita se naturalizasse para nele permanecer e exercer sua atividade profissional. Antes de aceitar a proposta para o novo emprego, Anita consulta sua advogada, questionando-a sobre as possíveis consequências decorrentes de um pedido de naturalização. Nesta hipótese, à luz do que dispõe a Constituição Federal, a advogada informa que Anita a) terá declarada a perda da nacionalidade brasileira. b) terá declarada a suspensão da nacionalidade brasileira, apenas enquanto não cancelar a naturalização do país em que trabalhará. c) terá declarada a suspensão da nacionalidade brasileira até o momento em que retornar ao Brasil, quando, então, poderá optar, novamente, pela nacionalidade brasileira. d) perderá automaticamente a nacionalidade brasileira. Todavia, terá garantido o direito de solicitar a reaquisição da nacionalidade, junto ao Ministério da Justiça, assim que regressar ao Brasil definitivamente. e) não terá declarada a perda da nacionalidade brasileira. 24) Sobre o Ministério Público, é correto afirmar: a) Terá seu orçamento definido por ajustes do Poder Legislativo à lei orçamentária vigente caso não envie, no prazo definido na lei de diretrizes orçamentárias, sua proposta orçamentária. b) Tem legitimidade ativa para impetrar mandado de segurança coletivo na defesa de interesses transindividuas c) É competente para promover ação civil pública, para a proteção de interesses difusos e coletivos, tais como os relacionados a interesses ambientais, urbanísticos e tributários d) Pode, ante a omissão ou a insuficiência dos órgãos originariamente competentes, atuar na representação judicial de entidades públicas. e) Pode ter suas funções constitucionais acrescidas de outras competências fixadas em lei ordinária. 25) Nos termos preconizados pela Constituição Federal, o Conselho Nacional de Justiça será composto, dentre outros membros, por um a) Ministro do Tribunal Superior do Trabalho indicado pelo Presidente da República. b) juiz federal, indicado pelo Supremo Tribunal Federal.
  13. 13. www.coachingaprovacao.com.br c) juiz de Tribunal Regional Federal, indicado pelo Supremo Tribunal Federal. d) juiz do trabalho, indicado pelo Superior Tribunal de Justiça. e) juiz estadual, indicado pelo Supremo Tribunal Federal. Direito Administrativo 26) Após o término do exercício de mandato, de cargo em comissão ou de função de confiança, as ações destinadas a levar a efeitos as sanções previstas na Lei n° 8.429/92 podem ser propostas até a) 20 anos. b) 15 anos. c) 5 anos. d) 10 anos. e) 2 anos. 27) O proprietário de um imóvel vizinho a edifício tombado em razão de seu valor histórico pretende construir mais um pavimento, o que, contudo, impedirá a visibilidade do bem tombado. De acordo com a legislação federal que rege a matéria, esse proprietário a) não poderá realizar a obra, sem prévia autorização do Serviço do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional, sob pena de ser mandada remover a obra, sem prejuízo de eventual imposição de multa. b) não possui qualquer impedimento para edificar, salvo se instituída servidão administrativa sobre seu imóvel. c) somente estará impedido de realizar a obra na hipótese de seu imóvel também ser tombado. d) terá direito a indenização por desapropriação indireta, na hipótese de ser impedido de realizar a obra pretendida. e) somente estará impedido de realizar a obra se o seu imóvel for declarado acessório no processo de tombamento do imóvel vizinho, de acordo com os limites de tal declaração. 28) Considere: I. Exigência de autorização legislativa. II. Direito real de gozo. III. Coisa dominante: um serviço público ou um bem afetado a fins de utilidade pública. IV. O titular do direito é o Poder Público (União, Estados, Municípios, Distrito Federal e Territórios) ou seus delegados (pessoas jurídicas públicas ou privadas autorizadas por lei ou por contrato). A propósito dos elementos que definem a servidão administrativa, está correto o que se afirma em a) I, II, III e IV. b) II e III, apenas. c) II, III e IV, apenas. d) I, apenas. e) I e IV, apenas. 29) Paola, servidora pública estadual, praticou ato administrativo com vício em seu motivo (indicação de motivo falso). Carlos, particular interessado no aludido ato, ao constatar o vício, requereu a aplicação da teoria dos motivos determinantes, sendo seu pleito prontamente acolhido pela Administração pública. Nesse caso, o ato administrativo praticado por Paola a) poderá ser convalidado por outro ato administrativo. b) será válido, independentemente do vício narrado, haja vista o direito adquirido e o ato jurídico perfeito. c) será nulo.
  14. 14. www.coachingaprovacao.com.br d) poderá ser convalidado pelo mesmo ato administrativo. e) será válido, desde que corrigido integralmente o vício. 30) A respeito do poder de polícia, considere: I. Constitui um poder vinculado, descabendo discricionariedade administrativa para a prática de atos que envolvam seu exercício. II. Os atos praticados no exercício do poder de polícia, quando dotados de autoexecutoriedade, possibilitam que a Administração os ponha em execução sem necessitar de tutela jurisdicional. III. Corresponde apenas a atos repressivos, tanto no âmbito da polícia administrativa como em relação à polícia judiciária, dotados de coercibilidade. Está correto o que se afirma APENAS em a) II. b) I c) III. d) I e II. e) II e III. Noções de Administração Pública e Geral 31) Dentro de uma perspectiva histórico-evolutiva, é possível distinguir diferentes modelos de Administração pública, sendo que o modelo. a) patrimonialista é uma deturpação do modelo burocrático, decorrente do excesso de estruturas com a apropriação do poder pelos burocratas. b) patrimonialista é precursor do modelo gerencial e dele se diferencia pela valorização da burocracia. c) gerencial sucede o burocrático e, entre outras diferenças, pode-se destacar a alteração da forma de controle, que passa a ser finalístico. d) burocrático, diversamente do modelo gerencial, privilegia o clientelismo e não valoriza a meritocracia. e) gerencial sucede o burocrático e dele se diferencia por estabelecer uma nítida separação entre propriedade e gestão pública. 32) Segundo Kaplan & Norton, o Balanced Scorecard é uma ferramenta que materializa a visão e a estratégia da organização. Ao se implantar essa ferramenta, a organização deve considerar os seguintes componentes: a) objetivos estratégicos, metas, indicadores e responsabilidade social. b) financeiro, cliente, desenvolvimento de pessoas e processos. c) objetivos estratégicos, indicadores, metas e planos operacionais. d) planos de Ação, indicadores e ferramentas da qualidade. e) mapa estratégico, objetivos estratégicos, indicadores, metas e planos de ação. 33) O Programa Nacional de Gestão Pública identifica seis categorias básicas de indicadores de avaliação da gestão pública: efetividade, eficácia, eficiência, execução, excelência e economicidade. I. Efetividade está vinculada ao grau de satisfação, ou ainda ao valor agregado, à transformação produzida no contexto em geral. Está relacionada com a missão da instituição e pode ser encontrada na dimensão estratégica do Plano Plurianual.
  15. 15. www.coachingaprovacao.com.br II. Eficácia é a quantidade e qualidade de produtos e serviços entregues ao usuário. III. Eficiência está alinhada ao conceito de obtenção e uso de recursos com o menor ônus possível, dentro dos requisitos e das quantidades exigidas pelo input, gerindo adequadamente os recursos financeiros e físicos. IV. Economicidade é a relação entre os produtos e serviços gerados com os insumos utilizados, relacionando o que foi entregue e o que foi consumido de recursos, usualmente sob a forma de custos ou produtividade. V. Excelência é a conformidade a critérios e padrões de qualidade para a realização dos processos, atividades e projetos na busca da melhor execução e economicidade, sendo um elemento transversal. É correto o que consta APENAS em a) III, IV e V. b) II, III e IV. c) I, II e V. d) I, IV e V. e) I, II e III. 34) Sempre que a Norma Internacional ISO se refere à necessidade de haver procedimentos documentados, a empresa tem que ter a descrição da atividade em documento controlado e autorizado, ou seja, a) as políticas que a empresa deve adotar. b) os passos a dar para efetuar aquela atividade. c) os cargos devem ser responsabilizados pelos processos. d) as funções-chave que controlarão as pessoas executantes. e) os conhecimentos da equipe gerencial sobre padrão único de desempenho. 35) A busca por excelência ou qualidade total nos serviços privados ou públicos é constante e trazem alguns princípios de Deming que estabelecem: I. Colocar todos da empresa para trabalhar de modo a realizar a transformação. A transformação é tarefa de todos. II. Evitar uma constância de propósito de aperfeiçoamento do produto e do serviço, a fim de torná-los competitivos, perpetuá-los no mercado e gerar empregos. III. Eliminar o medo. IV. Insistir na ideia de um único fornecedor para cada item, desenvolvendo relacionamentos duradouros, calcados na qualidade e na confiança, com isso reduzindo o custo total. Está correto o que se afirma APENAS em : a) I e II. b) I, II e IV. c) I, III e IV. d) I e IV. e) II e III. 36) A competência que uma organização apresenta ao conceber e desenvolver produtos e processos de forma a alcançar a satisfação do cliente, com custos e prazos compatíveis, é o conceito de Qualidade de a) Produto ou serviço. b) Processo. c) Projeto. d) Pós-venda.
  16. 16. www.coachingaprovacao.com.br e) Atendimento. 37) A prática de gerenciamento de processos de negócio pode ser caracterizada como um ciclo de vida contínuo de etapas integradas: Planejamento; Análise; Desenho e Modelagem; Implementação; Monitoramento e Refinamento. A etapa Análise, a) é a fase que tem por objetivo realizar o desenho aprovado do processo de negócio na forma de procedimentos e fluxos de trabalho documentados, testados e operacionais; prevendo também a elaboração e execução de políticas e procedimentos novos ou revisados. b) tem por objetivo entender os atuais processos organizacionais no contexto das metas e objetivos desejados. c) é responsável pela transformação dos processos, implementando o resultado da análise de desempenho. d) desenvolve um plano e uma estratégia dirigida a processos para a organização, na qual sejam analisadas suas estratégias e metas, fornecendo uma estrutura e o direcionamento para o gerenciamento contínuo de processos centrados no cliente. e) cria as especificações para os processos de negócios novos ou modificados dentro do contexto dos objetivos de negócios, objetivos de desempenho de processo, fluxo de trabalho, aplicações de negócios, plataformas tecnológicas, recursos de dados, controles financeiros e operacionais e integração com outros processos internos e externos. 38) Sobre Gestão de Processos, considere: I. A melhoria dos processos é uma ação básica para as organizações responderem às mudanças do ambiente no qual atuam e para manterem o sistema produtivo competitivo. II. A gestão de processos, apesar de trazer melhorias às organizações, aumenta o tempo entre a identificação de um problema de desempenho, e a implantação de soluções necessárias. III. O conceito de gestão de processos resultará no desenvolvimento de tecnologias como workflow, groupware e as aplicações de integração da empresa. Está correto o que consta APENAS em a) II e III. b) I e II. c) I e III. d) III. e) II. 39) Sobre estrutura organizacional e tipos de departamentalização, é correto afirmar que a a) estrutura por Processos tem como vantagens: especialização do trabalho, maior satisfação das pessoas, maior concentração e utilização dos recursos especializados. b) estrutura Matricial implica a utilização de pessoas de alta qualificação e a quebra do princípio da unidade de comando, de Taylor. c) grande desvantagem da estrutura por Produto ou Serviço é a facilidade na análise dos resultados (os mais variados) e na coordenação das atividades-meio e atividades-fim para a realização do produto ou serviço. d) estrutura por Clientela tem, como exemplo, as instituições que cuidam do menor, do índio e dos imigrantes. e) vantagem da estrutura Funcional está no fato de proporcionar uma maior integração entre departamentos, facilitando a gestão por processos.
  17. 17. www.coachingaprovacao.com.br 40) A tendência de grande parte das organizações é manter estruturas tradicionais ou departamentalizadas. Este modelo, chamado de departamentalização, pode ser desenhado baseando-se em alguns critérios, como, por exemplo, um departamento industrial que reúne subdivisões de seções técnicas como usinagem leve, usinagem pesada, montagem, try-out etc. Trata-se de Departamentalização a) funcional. b) por cliente. c) por processo. d) por produto. e) geográfica. Noções de Administração Orçamentária e Financeira e Orçamento Público 41) A Lei de Diretrizes Orçamentárias da União é o instrumento de planejamento que deverá dispor sobre os critérios e forma de limitação de empenho. Essa medida de controle, que deverá ser adotada pelo Poder Judiciário, afetando o TRT da 15ª Região, deverá ser empregada se, ao final de um bimestre, for verificada que a realização da receita da União poderá não comportar o cumprimento das metas de resultado nominal e primário estabelecidas no Anexo de Metas Fiscais. Caso haja a necessidade da implantação dessa medida, deverá ocorrer nos : a) 120 dias subsequentes. b) 180 dias subsequentes. c) 30 dias subsequentes. d) 60 dias subsequentes. e) 90 dias subsequentes. 42) A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) I. está atrelada ao Plano Plurianual (PPA) como instrumento de execução que determina a consecução dos programas governamentais. II. deverá ser proposta por iniciativa privativa do Poder Legislativo. III. tem, dentre suas competências, a de dispor sobre as alterações na legislação tributária. IV. ganha complexidade, dispondo sobre mais elementos, a partir da publicação da Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar no 101/2000). Está correto o que se afirma em a) III e IV, apenas. b) I, II e III, apenas. c) I, II e IV, apenas. d) II e IV, apenas. e) I, II, III e IV. 43) As disposições sobre equilíbrio entre receitas e despesas devem estar contidas a) na Lei Orçamentária Anual. b) na Lei de Diretrizes Orçamentárias. c) no Plano Plurianual. d) no decreto de abertura de Créditos Adicionais. e) na programação financeira. 44) A Constituição Federal de 1988 indica que o Plano Plurianual (PPA) deve ser elaborado como um instrumento regionalizado. Esta indicação tem como motivação o fato de
  18. 18. www.coachingaprovacao.com.br a) a regionalização ser um termo financeiro para auxiliar a discriminação de receitas e despesas por distintas categorias. b) o país apresentar grandes diferenças e desigualdades regionais c) o orçamento ter que obedecer à divisão geográfica do país em quatro macrorregiões. d) o Brasil ser um país de grande extensão territorial, facilitando a organização do Orçamento. e) a Constituição promover as especificidades culturais e regionais do país. 45) Sobre o processo de planejamento e orçamento, considere: I. A lei que instituir o plano plurianual estabelecerá, de forma regionalizada, as diretrizes, objetivos e metas da Administração pública federal para as despesas relativas aos programas de curta duração. II. A lei de diretrizes orçamentárias conterá, no mínimo, a discriminação da receita, por fontes, e da despesa, por elementos de despesa. III. A lei de diretrizes orçamentárias disporá sobre as alterações na legislação tributária e estabelecerá a política de aplicação das agências financeiras oficiais de fomento. IV. A lei orçamentária anual conterá Anexo de Metas Fiscais, em que serão estabelecidas metas anuais, em valores correntes e constantes, relativas a receitas, despesas, resultados nominal e primário e montante da dívida pública, para o exercício a que se referirem e para os dois seguintes. Está correto o que se afirma APENAS em a) I e II. b) I e III. c) II e IV. d) III. e) IV. 46) De acordo com a Constituição Federal brasileira de 1988, uma despesa que não pode ser iniciada sem prévia inclusão no Plano Plurianual ou sem lei que autorize a sua inclusão, é a despesa com a) construção de um hospital, cuja execução será em três anos. b) aquisição de material de consumo, cujo uso será em três meses. c) construção de uma praça, cuja execução será em oito meses. d) passagens e diárias para participação em eventos técnicos. e) juros e encargos da dívida fundada. 47) Os limites das despesas com pessoal, em cada período de apuração, de acordo com a Lei Complementar no 101/2000 - LRF, não poderá exceder a determinados percentuais. Nº âmbito federal, no Legislativo, incluindo o Tribunal de Contas da União, e no Judiciário não poderá exceder, respectivamente: a) 0,6% e 2% b) 6% e 2,5% c) 3,5% e 8% d) 2% e 0,6% e) 2,5% e 6%
  19. 19. www.coachingaprovacao.com.br 48) São consideradas despesas de pessoal, para fins de apuração dos limites previstos no artigo 19 da Lei de Responsabilidade Fiscal: a) os proventos dos inativos custeados com recursos oriundos da arrecadação de contribuições dos segurados. b) os subsídios dos agentes políticos. c) as despesas decorrentes de decisões judiciais. d) as indenizações por demissão de servidores. e) as diárias e ajudas de custo. 49) A prefeitura ABC precisa executar no exercício de 2015 uma despesa orçamentária relativa a Obras NÃO incluída na Lei Orçamentária do referido exercício. A prefeitura deverá utilizar o crédito adicional a) de fixação. b) suplementar. c) extraordinário. d) adicional. e) especial. 50) A execução da receita oriunda do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores se dá em a) três estágios: arrecadação, liquidação e recolhimento. b) dois estágios: arrecadação e recolhimento. c) quatro estágios: previsão, lançamento, arrecadação e recolhimento. d) três estágios: previsão, arrecadação e recolhimento. e) três estágios: lançamento, arrecadação e recolhimento. Noções de Gestão de Pessoas 51) Ao implantar a gestão por competências, um dos grandes desafios é melhorar a ferramenta feedback, considerado por muitos autores, uma ferramenta poderosa. Para um gestor obter bom êxito em uma reunião de feedback, deve tomar cuidado para NÃO a) estimular que um comportamento adequado se repita, o chamado feedback positivo. b) manifestar disposição em ajudar e demonstrar confiança na capacidade de bom desempenho do avaliado. c) iniciar a reunião dando ênfase aos aspectos positivos do desempenho do avaliado. d) dar enfoque às críticas ao desempenho, não às características da personalidade do avaliado. e) encerrar o feedback destacando os aspectos negativos do desempenho do avaliado, com a finalidade de que ele não ocorra novamente. 52) A concepção de gestão por competências pressupõe a focalização prioritária nas competências a) educacionais. b) individuais. c) gerenciais. d) essenciais. e) funcionais. 53) Existem três tipos de conflitos: de Tarefa, de Relacionamento e de Processo. Conflito de Processo é o que a) está relacionado ao conteúdo e metas do trabalho. b) está relacionado a como o trabalho é executado.
  20. 20. www.coachingaprovacao.com.br c) ocorre nas relações interpessoais. d) melhora a qualidade das decisões fornecendo meios pelos quais os problemas não podem ser manifestados. e) impossibilita o desafio ao status quo, não promovendo a reavaliação de metas do grupo. 54) Entre os diversos métodos para avaliar o desempenho humano nas organizações encontra-se aquele em que o avaliador concentra-se em determinar os grandes pontos fortes e fracos de quem está sendo avaliado, sem analisar especificamente traços de personalidade. Este é o método a) de incidentes críticos. b) de escalas gráficas. c) comparativo. d) de escolha forçada. e) 360 graus. 55) A criação e a gestão de redes organizacionais pressupõem a) a formação de capital humano altamente qualificado baseado em conhecimentos técnicos continuamente atualizados. b) a introdução de equipamentos de última geração baseados em tecnologia wi-fi. c) a interação entre seus membros e a habilidade de construção coletiva fundada na confiança mútua, que caracteriza a presença de capital social. d) o aperfeiçoamento de cadeias de comando hierarquizado e distribuído de forma matricial. e) o desenvolvimento de estruturas horizontais de participação e controle social democráticos. 56) Em um contexto em constantes mudanças e transformações, o processo de Avaliação do Desempenho torna-se cada vez mais necessário nas organizações para verificar a) os rumos, rápida e continuamente, para eventuais correções ou alterações. b) os indicadores ligados ao cliente. c) a comparação de funcionários de dois a dois. d) o entrosamento com o treinamento. e) a responsabilidade de linha e a função de staff. 57) Na abordagem atual, a avaliação de desempenho deve se preocupar mais efetivamente a) em julgar o desempenho do passado de cada funcionário. b) importar modelos já implantados em outras organizações. c) mapear somente os pontos fracos da organização. d) apontar ações para melhorar o desempenho futuro. e) auxiliar cada funcionário na progressão da carreira. 58) A eficácia do processo seletivo se encontra no fato de conseguir trazer talentos para a empresa, tornando- a cada dia melhor com as novas aquisições e/ou movimentações internas. No entanto, algumas organizações preferem utilizar o quociente de seleção para mediar a eficácia dos processos seletivos. À medida que o quociente de seleção diminui, a) obtêm-se dados sobre a satisfação dos candidatos quanto ao processo seletivo aplicado. b) diminui a eficiência do processo.
  21. 21. www.coachingaprovacao.com.br c) estabiliza-se a eficiência do processo. d) aumenta a eficiência do processo. e) mantém-se a eficácia do processo. 59) Com relação aos critérios básicos para a elaboração de um plano de remuneração adequado, assinale a afirmativa incorreta. a) Deve-se buscar o equilíbrio entre a equidade interna (percepção de justa remuneração entre os funcionários) e a equidade externa (percepção de justa remuneração em relação ao mercado de trabalho). b) A organização pode enfatizar a remuneração contingencial por desempenho quando parte do ganho dos funcionários depende do esforço individual ou grupal. c) O sistema igualitário é mais utilizado atualmente do que o sistema elitista de remuneração. d) A remuneração baseada no esforço individual de capacitação é indicada quando a força de trabalho é educada, a tecnologia e a estrutura mudam constantemente e as oportunidades de mobilidade são limitadas. e) Os sistemas modernos de remuneração privilegiam o pagamento de salário em função da contribuição do cargo e não pelo desempenho do funcionário. 60) Nos modelos contemporâneos de gestão de pessoas enfatiza-se a) o controle centralizado e hierárquico. b) a orientação para os processos c) as vantagens colaborativas. d) a necessidade de certeza. e) a informação segmentada. No que o Coaching Aprovação pode ajudar nos seus estudos? - Organização; - Planejamento; - Cumprimento de metas; - Fixação de cronograma completo com teoria, revisão, questões; - Motivação; - Autoconhecimento. Veja alguns depoimentos em nosso site. Informações: coachingaprovacao@gmail.com
  22. 22. www.coachingaprovacao.com.br

×