 Um byte é um dos tipos de dados
integrais em computação, é usado
para especificar o tamanho ou
quantidade da memória ou ...
 O Kilobyte (Simbolo: kB) é um múltiplo de uma
unidade byte. Embora o prefixo quilo signifique
1000, o termo kilobyte e o...
 O megabyte (MB) é uma unidade de medida de
informação que equivale a 1 000
000 bytes (segundo SI) ou a 220 = 1 048 576
b...
 Gigabyte (símbolo GB) é uma unidade de medida de
informação, segundo o Sistema Internacional de
Unidades - S.I., que equ...
 Terabyte equivale a 1024 GB (1TB).
Analogamente a uma unidade de
medida, o byte e seus múltiplos operam como
quantificad...
 Os CD-ROM, podem armazenar qualquer tipo
de conteúdo, desde dados genéricos, vídeo e
áudio, ou mesmo conteúdo misto. Os ...
 Um CD-R (do inglês Compact Disc - Recordable) é
um disco fino (1,2mm) de policarbonato usado
principalmente para gravar ...
CD (abreviatura de Compact Disc,
"disco compacto" em inglês) é um dos
mais populares meios
de armazenamento de dados digi...
 O Compact Disc ReWritable (CD-RW -Disco
Compacto Regravável) é um disco óptico regravável.
Conhecido como CD-Erasable (C...
Uma diferença importante entre a mídia R
e RW é que a liga re-cristalizável da media
RW vai descristalizando gradualmente...
 DVD (abreviatura de Digital Versatile Disc1 , em
português, Disco Digital Versátil). Contém dados no
formato digital, te...
 Um DVD-RW é um disco regravável de disco
óptico com a mesma capacidade de
armazenamento que um DVD-R , tipicamente
4,7 G...
 Um formato MP3 é um sistema de
compressão para música. Este formato
ajuda a reduzir o número de bytes em uma
música sem ...
Um arquivo WMV é um vídeo no
formato proprietário Windows
Media Video criado por Microsoft.
Um arquivo no formato WMV
pos...
 MPEG-4 é um padrão utilizado primeiramente
para compressão de dados digitais de áudio e
vídeo (AV). Introduzido no final...
O formato MIDI é um dos mais
antigos formatos de som para
computadores, e ainda um dos
mais utilizados. Tem a vantagem
de...
 O MPEG-4 é ainda um padrão em desenvolvimento e
está dividido em várias partes. Empresas que dizem
ser compatíveis ao MP...
 Em áudio profissional, mixer, misturador ou mesa de som é
um aparelho eletrônico de formato analógico ou digital, usado
...
 Uma mesa de som simples é composta de canais
de entrada, que recebem sinais de diferentes
fontes (microfones, instrument...
 O som digital, ou áudio digital, consiste na
representação digital de uma onda sonora por meio de código
binário. O proc...
curiosidades
curiosidades
curiosidades
curiosidades
curiosidades
curiosidades
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

curiosidades

230 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
230
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
64
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

curiosidades

  1. 1.  Um byte é um dos tipos de dados integrais em computação, é usado para especificar o tamanho ou quantidade da memória ou da capacidade de armazenamento de um dispositivo, independentemente do tipo de dados armazenados. A codificação padronizada de byte foi definida como sendo de 8 bits. O byte
  2. 2.  O Kilobyte (Simbolo: kB) é um múltiplo de uma unidade byte. Embora o prefixo quilo signifique 1000, o termo kilobyte e o simbolo kB (Ou KB) tem historicamente sido usado para se referir a 1024 (210) bytes ou 1000 (10³), dependendo do contexto, no campo da ciência da computação e tecnologia da informação.1 2 3  Ao contrário do que aparece em inúmeras indicações e programas e como toda unidade, quilobyte é abreviado como kB e não KB, já
  3. 3.  O megabyte (MB) é uma unidade de medida de informação que equivale a 1 000 000 bytes (segundo SI) ou a 220 = 1 048 576 bytes, dependendo do contexto. De forma a evitar esta ambigüidade, foi recentemente introduzido o múltiplo Mebi que permite a utilização do termo mebibyte para designar a quantidade de informação correspondente a 220 Bytes. Assim:
  4. 4.  Gigabyte (símbolo GB) é uma unidade de medida de informação, segundo o Sistema Internacional de Unidades - S.I., que equivale a um bilhão de bytes, ou seja, 1.000.000.000 bytes, ou ainda 109 bytes.  Dependendo do contexto, pode representar 230 = 1 073 741 824 Bytes ou 1024 Megabytes (MB). Para evitar esta ambiguidade, foi recentemente introduzido o múltiplo Gibi que permite a utilização do termo Gibibyte para designar a quantidade de informação correspondente a 230 Bytes.  Atualmente os fabricantes de dispositivos de
  5. 5.  Terabyte equivale a 1024 GB (1TB). Analogamente a uma unidade de medida, o byte e seus múltiplos operam como quantificadores de um volume de dados em um computador ou sistema computacional.  O tebibyte é o correspondente binário do terabyte, representando a quantidade de 1.073.741.824 bytes ou 1024 gibibytes.
  6. 6.  Os CD-ROM, podem armazenar qualquer tipo de conteúdo, desde dados genéricos, vídeo e áudio, ou mesmo conteúdo misto. Os leitores de áudio normais, só podem interpretar um CD- ROM, caso este contenha áudio.  A norma que regula os CD-ROM, foi estabelecida em 1985, pela Sony e Philips.
  7. 7.  Um CD-R (do inglês Compact Disc - Recordable) é um disco fino (1,2mm) de policarbonato usado principalmente para gravar músicas ou dados. Mas em vez do alumínio usado nos CDs comuns (chamados de “prensados”) para guardar os dados, os CD-Rs usam uma camada especial de corante para permitir a gravação de dados num drive comum de CD-R.  Uma categoria especial de leitores de CD-ROM pode gravar dados em CD-Rs; eles geralmente são chamados de CD-R drives, ou simplesmentegravadores de CD. Durante o processo de gravação, o laser do gravador de CD cria na
  8. 8. CD (abreviatura de Compact Disc, "disco compacto" em inglês) é um dos mais populares meios de armazenamento de dados digitais, principalmente de música comercializada e softwares de computador, caso em que o CD recebe o nome de CD-
  9. 9.  O Compact Disc ReWritable (CD-RW -Disco Compacto Regravável) é um disco óptico regravável. Conhecido como CD-Erasable (CD-E) durante o desenvolvimento, o CD-RW foi introduzido em1997, e foi precedido pelo nunca oficialmente lançado CD- MO em 1988.  Discos CD-RW são comumente produzidos com a capacidade dos discos CD-R, algo em torno de 650 e 700 MB; capacidades menores ou maiores são raras. Os gravadores de CD-RW geralmente lidam melhor com capacidades comuns. Na teoria, um CD-RW pode ser gravado e apagado aproximadamente 1000 vezes, embora na prática esse número seja muito menor.
  10. 10. Uma diferença importante entre a mídia R e RW é que a liga re-cristalizável da media RW vai descristalizando gradualmente com o passar do tempo. Por esse motivo, o CD-RW não é confiável para armazenamento de dados em longo prazo; porém, dentro das condições de armazenamento, um CD-RW tem uma expectativa de vida de 25 anos ou mais (que pode ser comparada com a vida do CD-R, que passa dos 30 anos). Alternativamente, softwares com pacotes
  11. 11.  DVD (abreviatura de Digital Versatile Disc1 , em português, Disco Digital Versátil). Contém dados no formato digital, tendo uma maior capacidade de armazenamento que o CD, devido a uma tecnologia óptica superior, além de padrões melhorados de compressão de dados. O DVD foi criado no ano de 1995.  Como padrão, os DVDs possuem a capacidade de armazenar 4,7 GB de dados (capacidade nominal), enquanto que um CD armazena, em média, 700 MB (cerca de 14,6 % da capacidade de um DVD). Os chamados DVDs dual-layer (de dupla camada) podem armazenar até 8,5 GB. Apesar desta capacidade nominal do DVD gravável, é possível gravar, aproximadamente, 4.38 GB de informações (com
  12. 12.  Um DVD-RW é um disco regravável de disco óptico com a mesma capacidade de armazenamento que um DVD-R , tipicamente 4,7 GB (4.700.000 bytes). O formato foi desenvolvido pela Pioneer em novembro de 1999 e foi aprovado pelo DVD Forum . O menor Mini DVD-RW contém 1,46 GB, com um diâmetro de 8 cm.  A principal vantagem do DVD-RW sobre DVD-R é a capacidade de apagar e reescrever em um disco DVD-RW. De acordo com a Pioneer, os discos DVD- RW podem ser gravados cerca de 1.000 vezes antes de precisar de substituição [1] . DVD-RW são
  13. 13.  Um formato MP3 é um sistema de compressão para música. Este formato ajuda a reduzir o número de bytes em uma música sem prejudicar a qualidade de som. O objetivo do formato MP3 é comprimir uma música com qualidade de CD a um fator entre 10 e 14, sem afetar a sua qualidade original de forma perceptível. Com o MP3, uma música de 32 megabytes (MB) de um CD é comprimida a aproximadamente 3 MB. Isto permite a transferência de uma
  14. 14. Um arquivo WMV é um vídeo no formato proprietário Windows Media Video criado por Microsoft. Um arquivo no formato WMV possui dados áudio e vídeo, comprimidos, para poder ser difundidos em streaming, como o MPEG-2 ou MPEG-4. Existe
  15. 15.  MPEG-4 é um padrão utilizado primeiramente para compressão de dados digitais de áudio e vídeo (AV). Introduzido no final de 1998, é a designação para um grupo de padrões de codificação de som e vídeo e tecnologia relacionada de acordo com a ISO/IEC Moving Picture Experts Group (MPEG).  O MPEG-4 absorve muitas das funcionalidades do MPEG-1 e MPEG-2 e outros padrões relacionados, adicionando novas funcionalidades como o suporte ao VRML (estendido) para renderização 3D, arquivos compostos orientados a
  16. 16. O formato MIDI é um dos mais antigos formatos de som para computadores, e ainda um dos mais utilizados. Tem a vantagem de poder ser facilmente editado - há diversos programas para isso, do mais simples ao mais
  17. 17.  O MPEG-4 é ainda um padrão em desenvolvimento e está dividido em várias partes. Empresas que dizem ser compatíveis ao MPEG-4 muitas vezes não dizem claramente a qual nível de partes de compatíbilidade eles se referem. As principais partes que deve-se conhecer são: parte 2 (incluindo ASP, usado por codecs como DivX, Xvid, Nero Digital e 3ivx e pelo Quicktime 6) e a parte 10 (AVC/H.264, usado pelos codecs x264, Nero Digital AVC, QuickTime 7 e pelos formatos de DVD da nova geração como HD DVD e Blu-ray).  Inicialmente o MPEG-4 era destinado a vídeos de baixo bit-rate, entretanto, a sua abrangência foi expandida posteriormente para ser muito mais que um padrão de codificação multimidia. O MPEG-4 é eficiente através de uma variedade de bit-rates indo desde poucos kilobits por segundo até dezenas de
  18. 18.  Em áudio profissional, mixer, misturador ou mesa de som é um aparelho eletrônico de formato analógico ou digital, usado para combinar (ou "mixar") várias fontes de som, de forma a somá-las em um único sinal de saída. Mesas mais complexas podem "rotear" o sinal, formando várias mixagens simultâneas e independentes, além de alterar parâmetros do som como seu volume, timbre e faixa dinâmica.  Um exemplo bastante simples de uso de uma mesa de som seria permitir que sinais originados de dois microfones diferentes (cada um sendo usado por cantores em um dueto, por exemplo) possam ser ouvidos simultaneamente em um único alto-falante.  Embora haja modelos de uso geral, há mesas de som bastante especializadas para determinado fim. Há modelos especiais
  19. 19.  Uma mesa de som simples é composta de canais de entrada, que recebem sinais de diferentes fontes (microfones, instrumentos musicais e mídia gravada), e canais de saída, que entregam os sinais de entrada misturados. Mesas mais complexas possuem o que se costuma chamar de subgrupos ou submestres, que proporcionam mixagens intermediárias antes da mixagem final.  Em todos os canais de entrada de sinal, é possível ajustar os parâmetros do som para que a mixagem final possa ser lapidada de acordo com a aplicação ou programa. Por exemplo, em um conjunto composto por violões e voz, o microfone da voz precisa ser destacado com maior volume para que
  20. 20.  O som digital, ou áudio digital, consiste na representação digital de uma onda sonora por meio de código binário. O processo que envolve, na captação ou gravação, a conversão do som analógico para digital (ADC, Analog to digital converter) e, na reprodução, a conversão do som digital para analógico (DAC, Digital to analog converter) permite que o som seja armazenado e reproduzido por meio de um CD, MiniDisc ou DAT, de bandas sonoras de filmes digitais, de arquivos de áudio em diversos formatos, como WAV, AIFF, MP3, OGG, e de outros meios.  O processo de conversão do som analógico para digital acarreta uma perda e é sabido que o som digital nunca poderá representar o som analógico de maneira plena. No entanto, a evolução tecnológica dos processos de conversão atingiu um grau elevado de precisão ao ponto de não deixar transparecer nenhuma distinção perceptível ao ouvido humano entre o som analógico e sua representação digital.

×