Origem da palavra carnaval

2.234 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.234
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Origem da palavra carnaval

  1. 1. ORIGEM DA PALAVRA CARNAVALA origem da palavra "carnaval" é objeto de ampla controvérsia.Para uns, a palavra vem do prefixo grego CARN, que se refere ao carro (ou carroça) usado nasparadas religiosas, como os empregados nas festas anuais em honra ao deus Apolo.Para outros, o nome vem da expressão italiana CARNE LEVARE, que significa "tirar a carne", numareferência à proibição católica de se comer carne durante a Quaresma.Para outros ainda, a palavra vem do latim CARNE VALE, que significa "adeus à carne", indicandoque eram os últimos dias em que se podia comer carne antes da quaresma.Para outros ainda também, carnaval é uma tradução de CARNE VALE, que significaria "despedidado corpo", uma vez que nesta época as pessoas são estimuladas a se soltarem e se envolveremcom as atividades carnavalescas.Nosso dicionário Houaiss anota que a palavra vem do latim clássico CARNEM LEVÁRE, substantivoque significa "abstenção de carne"; o termos ocorre em vários dialetos da Itália e, provavelmente, domilanês CARNELEVALE (1130), fixa-se no italiano como CARNEVALE (sXIV) e daí no francêsCARNEVAL (1552) ou CARNAVAL (1680), passando às demais línguas européias ainda no século17.Segundo Houaiss, parecem sem fundamento histórico as hipóteses que derivam a palavra dalocuçao latina CARRUS NAVALIS (carro naval), por associação à carreta em forma de barco ussadaem festas populares romanas. ORIGEM DA FESTAO carnaval é uma festa que se originou na Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C.. Atravésdessa festa os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do soloe pela produção. Posteriormente, os gregos e romanos inseriram bebidas e práticas sexuais nafesta, tornando-a intolerável aos olhos da Igreja. Com o passar do tempo, o carnaval passou a seruma comemoração adotada pela Igreja Católica, o que ocorreu de fato em 590 d.C. Até então, ocarnaval era uma festa condenada pela Igreja por suas realizações em canto e dança, que aos olhoscristãos eram atos pecaminosos.A partir da adoção do carnaval por parte da Igreja, a festa passou a ser comemorada através decultos oficiais, o que bania os “atos pecaminosos”.Em 1545, durante o Concílio de Trento, o carnaval voltou a ser uma festa popular. Emaproximadamente 1723, o carnaval chegou ao Brasil sob influência europeia. Ocorria através dedesfiles de pessoas fantasiadas e mascaradas. Somente no século XIX que os blocos carnavalescossurgiram com carros decorados e pessoas fantasiadas de forma semelhante à de hoje.A festa foi grandemente adotada pela população brasileira, o que tornou o carnaval uma dasmaiores comemorações do país. As famosas marchinhas carnavalescas foramacrescentadas, assim a festa cresceu em quantidade de participantes e em qualidade. TIPOS DE MANIFESTAÇÕES DE CARNAVALO carnaval é uma festa popular do povo brasileiro. É uma festa móvel sem dia determinado, porémantecede a quaresma.Esta festa acontece no país todo, sendo que em cada localidade prevalece um tipo característico.O mais conhecido é o carnaval de rua. Desde os tempos mais antigos, as pessoas se juntavam emgrupos, chamados blocos, e se caracterizavam com roupas engraçadas e divertidas. Saíam comseus grupos de batucada, dançando, cantando as marchas carnavalescas e se divertindo muito.
  2. 2. Carnaval de rua antigoCom o passar dos anos a festa de carnaval mudou muito.No Rio de Janeiro há o predomínio dos sambas, pagodes e os sambas enredo apresentados pelasescolas de samba. Este carnaval é conhecido mundialmente em razão das belezas das fantasias,como das baianas, mestre-sala e porta-bandeira, passistas, além das alegorias, carros enfeitados,variando de acordo com o enredo ou tema da escola de samba. Ala das Baianas – Rio de JaneiroUma outra festa bem conhecida mundialmente é a de Olinda e a de Recife, em Pernambuco, comapresentações de frevo, uma dança de ritmo eletrizante. Dançarinos fazem acrobacias emalabarismos dançando com sombrinhas e mostrando grande habilidade com as pernas. Existeainda a disputa pelos bonecos gigantescos, caracterizados de personagens políticos, que fazemgrande alegria da população.
  3. 3. Malabarismo e acrobacia da dançarina de frevoO carnaval de Salvador diferencia-se desses outros por contar com os trios elétricos, que passeiampelas ruas da cidade. Os trios são caminhões montados com grandes aparelhagens de som, muitopotentes, para poderem se propagar nas ruas. Cantores famosos fazem a festa do povo, cantando edançando em cima dos carros, puxando grandes multidões. Trio elétrico arrastando multidões BIBLIOGRAFIA  http://www.escolaconego.com.br/0,,materia,principais-manifestacoes-do-carnaval- brasileiro,258.aspx  http://www.brasilescola.com/carnaval/historia-do-carnaval.htm  http://www.prazerdapalavra.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1064:orig em-da-palavra-carnaval&catid=1339:ilustracoes-para-pregadores&Itemid=100065

×