 Nasceu em 01 de Maio de 1880 na
Cidade de Sacramento
 Desencarnou em 01 de Novembro
de 1918 na cidade de Sacramento
Inf...
O projeto #TamoJunto, organizado pela Equipe de Juventude do 6º CEU
(Serviço de Evangelização da Família – SEF/Juventude),...
No dia 08 de Março aconteceu no
Centro Espírita Amor ao Próximo o
Fórum Espírita de Capacitação
Divulgador Espírita: O Amo...
Sociedade Espírita de Assistência e Estudo
(SEAE)
Rua das Hortências, 133—Centro—Guapimirim
Reunião Pública: Sábado—18h
Gr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal A Voz Espírita - Edição Maio/Junho de 2015 Nº 31

233 visualizações

Publicada em

Nova edição do Jornal A Voz Espírita, com novo modelo gráfico e sendo impresso em folha A3. Este jornal conta com as matérias de Leandro Marins sobre a importância do Planejamento Financeiro numa instituição espírita, além de informações sobre o Tamujuntos.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
233
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal A Voz Espírita - Edição Maio/Junho de 2015 Nº 31

  1. 1.  Nasceu em 01 de Maio de 1880 na Cidade de Sacramento  Desencarnou em 01 de Novembro de 1918 na cidade de Sacramento Informativo do 6º Conselho Espírita de Unificação · Ano VII · Nº 31 · Maio/Junho de 2015 · Circulação Interna A VOZ ESPÍRITA Escrever sobre a importância do planejamento financeiro pode, em muita das vezes, remeter-nos à reflexão sobre a importância do dinheiro. Forçoso seria se, nessa empreitada de reflexão, não trouxéssemos à baila tal necessidade. Deve-se, contudo, haver boa vontade no afastamento de preconceitos sobre o tema, para que não entremos em terreno movediço. Reflitamos, pois, acerca da finalidade real das casas espíritas e de como o planejamento responsável de suas finanças pode auxiliar para esse fim. Kardec pontua que seja “de lastimar, sem dúvida, que tenhamos de entrar em considerações de ordem material, para alcançarmos um objetivo todo espiritual”1. Afim de que um trabalho seja realizado de modo sério, Kardec pondera que há de se submeter às necessidades inerentes aos costumes da época: devemos apreciar os meios de ação existentes, para que não sejamos forçados a parar no meio do caminho. Conclui o codificador, orientando-nos a apreciar tais meios “uma vez que estamos num século em que é preciso calcular tudo”. Importa frisar que o planejamento financeiro não dita, mas dá suporte em uma instituição espiritista. O recurso financeiro é ferramenta auxiliar na realização dos trabalhos, já que ele não encerra fim, mas representa um dos meios. Planejar de maneira bem sucinta é: saber onde estamos, onde almejamos chegar e definir as ações necessárias para o alcance da meta. De forma análoga, o planejamento financeiro evoca a necessidade de entendimento da situação em que nos encontramos, em termos de recursos dessa natureza, e o que é necessário para se realizar as tarefas de manutenção e trabalho de uma instituição espírita. Na esfera do angariamento de fundos, pode-se citar algumas fontes de recursos financeiros: I) doações; II) contribuições de associados/frequentadores; III) livraria; IV) eventos (feira do livro, peças teatrais, almoços, bazares de pechincha, noite de caldos/pizza, etc.) Vale frisar que, no que diz respeito às contribuições já mencionadas, muito mais do que obrigar o frequentador de instituição religiosa à contribuição com recursos financeiros, cabe demonstrar a importância dos trabalhos ali realizados, elucidando, demonstrando e, por fim, prestando contas. A prestação de contas é parte fundamental do processo do planejamento financeiro. Por meio dela dá-se a publicidade necessária sobre o modo de uso do recurso - que não é de uso de um ser, mas oriundo de uma coletividade. Ademais, ao se prestarem contas, força-se a organização à revisão dos usos e das fontes, aperfeiçoando-se, pois, o planejamento em si. Com isso, poder-se-á otimizar a utilização do dinheiro e, conforme recomendação de Emmanuel², não devemos amaldiçoá-lo, uma vez que se trata de instrumento passivo em nossas mãos: devemos fazê-lo servir conosco. Que assim, na manutenção das atividades das Instituições Espíritas, com sua multiplicidade de atribuições espirituais e diversas oportunidades de socorro material, “não nos esqueçamos de que Jesus abençoou o vintém da viúva, no tesouro público do Templo e, empregando o dinheiro para o Bem, convertamo-lo em colaboração do Céu em todas as situações e dificuldades da Terra”³. Referências Bibliográficas 1 – Allan Kardec, “Obras Póstumas”. Constituição do Espiritismo, item IX, Vias e Meios. 2- Emmanuel, psicografia de Chico Xavier, “Dinheiro”, “Dinheiro “ Item Estudan- do o Dinheiro. 3- Emmanuel, psicografia de Chico Xavier, “Dinheiro”, item Dinheiro.  A importância do Planejamento Financeiro numa Instituição Espírita Página 01 Destaques  Projeto #Tamojuntos é iniciado com sucesso Página 02  Notícias do Movimento Espírita da Região Página 03  Endereço das Instituições Espíritas da Região Página 04 Homenageado da Edição
  2. 2. O projeto #TamoJunto, organizado pela Equipe de Juventude do 6º CEU (Serviço de Evangelização da Família – SEF/Juventude), pretende fomentar a integração das mocidades espíritas da região (Instituições Espíritas adesas e não ade- sas) a partir da organização periódica de encontros – seja nas casas espíritas ou em ambientes alternativos. Está sendo desenvolvido dentro da iniciativa do projeto “Voltando para Casa”, estruturado e coordenado pela Área de Educação Espírita do 6ºCEU/CEERJ, como um dos eixos para o fortalecimento e estruturação das instituições espíritas de nossa região. O contexto em que surge o projeto está ligado a um conjunto de reinvindicações realizadas pelos jovens na ocasião do Congresso de Juventude Espírita de 2012. No evento foi levantada a necessidade de maior integração entre os grupos de mocidades, no sentido do jovem espírita identificar outros jovens espíritas com valores, ideias e princípios semelhantes; estabelecer novos vínculos pautados nessa identificação; fortalecerem suas convicções e, por fim partilharem fraternalmente os conhecimentos e orientações da Doutrina Espírita. Estas ideias foram ao encontro de um quadro generalizado e percebido no Movimento Espírita há algum tempo: a evasão do jovem da mocidade e da casa espírita, principalmente na transição da evangelização/infância para a juventude. Para atingir a estes objetivos o projeto foi organizado em duas etapas. A primeira etapa foi estruturada com o in- tuito de sensibilizar os jovens e coordenadores/evangelizadores através de estudos integrados de juventude, que ini- ciassem o contato entre eles, num ambiente propício ao encontro fraternal. A segunda etapa, quando acreditamos que os jovens estarão mais próximos e integrados, consistirá na realização de encontros de maior porte – passeios, visitas e eventos de confraternização. O primeiro encontro ocorreu no dia 28 de março, noCentro Espírita Luz e Caridade, em Magé. O estudo reuniu mais de 50 jovens representando as casas CELC, GEAL, CEUAC, CEAP, GEJD, CECE, GEAK e NEM. O tema trabalhado nesse primeiro encontro foi a Fraternidade, justamente pela intenção do projeto de promover a verdadeira confraternização entre os jovens, baseada no respeito às diferenças e na real preocupação com o próximo. O estudo foi conduzido através de dinâmicas de fortalecimento da confiança e união do grupo, engajando também os coordenadores e evangelizadores das mocidades espíritas da Região que estiveram presentes. Ao final do estudo, todos se reuniram para um cachorro-quente fraterno, onde aproveitamos para trocar as im- pressões do evento e nos conhecermos melhor. Os jovens estavam bastante animados e com muitas ideias para os próximos encontros. Acreditamos que atingimos o objetivo deste primeiro evento, e já estamos planejando o seguinte, que será em breve divulgado. Órgão de Divulgação do Movimento Espírita dos municípios de Magé e Guapimirim. Editado pela Área de Comunicação Social Espírita do 6ºConselho Espírita de Unificação, representação do Conselho Espírita do Rio de Janeiro (CEERJ). Endereço para correspondência: Av. Simão da Motta, 315 Centro-Magé-RJ-CEP 25900-000 Endereço eletrônico: www.6ceu.org E-mail: cse.6ceu@hotmail.com Tiragem: 750 exemplares Redação e diagramação: Equipe de Comunicação Social Espírita do 6ºCEU/CEERJ www.6ceu.org O 1º Encontro do #TAMOJUNTOS foi um super sucesso.
  3. 3. No dia 08 de Março aconteceu no Centro Espírita Amor ao Próximo o Fórum Espírita de Capacitação Divulgador Espírita: O Amor e a Instrução são as suas ferramentas de trabalho. Parceria inédita entre a Área de Comunicação Social Espírita do 6ºCEU/CEERJ e o Centro Espírita Léon Denis. Na parte da manhã houve a capacitação para Orador/Expositor espí- rita e na parte da Tarde para Dirigente de Reunião Pública. Agradecemos ao CEAP pela acolhida, aos participantes e a equipe do CELD Equipe da ACSE do 6ºCEU e do Centro Espírita Léon Denis No dia 15 de Março aconteceu no Grupo Espírita Joana D’arc, o primeiro módulo do Projeto Mediunidade Sem Tabu, que tratou da Organização das Atividades Mediúnicas da Casa Espírita. Essa atividade foi ministrada pela Equipe de Serviços de Atividades Mediúnicas do CEERJ em parceira com a Área de Educação Espírita do 6ºCEU/CEERJ. A Sociedade Espírita Amor e Luz (SEAL) estará comemorando seus 16 de fundação e convida a todos para um teatro espírita. A peça intitulada: Eurípedes Barsanulfo "Uma vida de doação", e será realizado pelo Grupo de Teatro da CASA ESPÍRITA EURÍPEDES BARSANULFO. Os ingressos custam R$10,00 e o teatro será realizado no Colégio Estadual de Magé, dia 23 de Maio a partir das 17h. Após a apresentação acontecerá um delicioso Chá Fraterno. O Grupo Espírita André Luiz convida todos para um maravilhoso Chá Fraterno & Bazar das Mães. Será dia 05 de Maio a partir das 20h na Plataforma Salão de Festas. Ingressos para o chá no valor de R$10,00. (A renda do Chá será revertida em benefício da Instituição) Nesse dia acontecerá uma palestra doutrinária com nosso irmão LUÍS CELSO A Plataforma Salão de Festas fica localizada na Avenida Paulo Leitão, 297—Centro/Magé. A Sociedade Espírita de Assistência e Estudo (SEAE) convida a todos para o seminário sobre o livro: Nos Domínios da Mediunidade. Esse seminário acontecerá no dia 24 de maio na sede da SEAE, com início as 09h e encerramento as 14h. Será ministrado pela nosso irmã ANA VALÉRIA, coordenadora da Área de Educação Espírita do 6ºCEU/ CEERJ. A instituição pede que os participantes que forem, le- vem 1 pacote de café ou de Leite em Pó para ajudar na com- O Centro Espírita Amor ao Próximo oferecerá uma Noite de Caldos, no dia 09 de Maio às 20h, em sua sede (Rua Expedici- onário Otacílio Souza, 415 - Fragoso) com ingresso no valor de R$10,00. Serão oferecidos os caldos que são as especialidades dos Trabalhadores da Instituição (Caldo verde, mocotó, vaca atolada, inhame com frango e muitos outros, canjica, canjiquinha e muitos outros) Os fundos angariados serão utilizados para o mantenimento da Instituição. Prestigie! Leve seus familiares e amigos. As inscrições para o II Congresso Espírita de Magé e Guapimirim já estão terminando. Com o tema: O Estudo da Mediunidade para a vida feliz—O Triunfo da Imortalidade “150 anos de O Céu e o inferno” Presenças já confirmadas de Raul Teixeira, André Bien, Equipe Manoel Philomeno de Miranda, Dalva Silva Souza, Cosme Massi, Ana Rosa Airão e Emanuel Cristiano. Está programado uma sessão de psicopictografia (Pintura mediúnica) com o médium Florêncio Anton. Inscrições e mais informações no site: WWW.6CEU.ORG
  4. 4. Sociedade Espírita de Assistência e Estudo (SEAE) Rua das Hortências, 133—Centro—Guapimirim Reunião Pública: Sábado—18h Grupo Espírita Joana D’Arc (GEJD) Rua Expedicionário Otacílio Souza, 415 Fragoso– Magé Reunião Pública: Segunda-feira—19:30h Grupo Espírita André Luiz (GEAL) Rua Maria Marques, 86—Mundo Novo—Magé Reunião Pública: Terça-feira às 20h C. E. União, Amor e Caridade (CEUAC) Rua: Malvino Ferreira de Andrade, 118 Santo Aleixo—Magé Reunião Pública: Quinta-feira às 20h C.E Cultivadores do Evangelho (CECE) Rua Maria do Patrocínio, 40—Raiz da Serra/ Magé Reunião Pública: Terça-feira às 20h Casa Espírita Caminho de Suruí (CECS) Rua Tupiniquins, 247—Suruí—Magé Reunião Pública: Sábado às 09:30h Sociedade Espírita Amor e Luz (SEAL) Rua Conde de Itaguaí, 350—Lagoa—Magé Reunião Pública: Quarta-feira—19h Para mais informações sobre as Instituições Espíritas, entre no site www.6ceu.org Grupo Espírita Cristão André Luiz (GECAL) Rua Saquarema, nº 23—Fundos 5—Vila Nova Magé Reunião Pública: Domingo às 18h Grupo Espírita Allan Kardec (GEAK) Rua: Mirabel nº 119—Piabetá—Magé Reunião Pública: Domingo às 18h Centro Espírita Luz e Caridade (CELC) Av. Simão da Motta, 315– Centro—Magé Reunião Pública: Segunda-feira às 20h Centro Espírita Amor ao Próximo (CEAP) Rua: Expedicionário Otacílio Souza, 394 Fragoso—Magé Reuniões Públicas: Segunda-feira às 20h e Sábado às 16h O Jornal A Voz Espírita iniciou sua trajetória em 2009, com o intuito de fortalecer a comunicação social das Instituições Espíritas e do 6ºCEU/CEERJ, divulgando a Doutrina Espírita para todos os públicos, esclarecendo, informando e consolando. Suas primeiras edições foram realizadas pelos ex-coordenadores da antiga Área de Divulgação do 6ºCEU, Ernani Magalhães e Luciana Nunes. Já aconteceram 30 edições do nosso querido Jornal, apresentando diversos formatos, artes e tipos de papéis. O Jornal já foi custeado por patrocinadores e pelas Instituições Espíritas. A cada nova edição, existia o medo de terminar o mesmo por falta de recursos financeiros necessários para seu mantenimento. Ao longo desses anos, outros coordenadores e auxiliares assumiram o papel de manter firme o propósito da divulgação, e não seríamos justos esquecermos deles, como a própria Luciana Nunes (GEAL), Terezinha Furriel (GEAK), Tatiane (CEAP), Marcos Peixoto (GEAK), Marcos Natividade (GEAK), Jorsytania (CEAP) e Gecília Câmara (GEAK) Nosso movimento espírita ganhou um maravilhoso presente para ajudar na divulgação, Dª Gecília Câmara (GEAK), grande liderança e trabalhadora da Divulgação Espiritista de nossa região, em nome do Clube do Livro Espírita Bezerra de Menezes, realizou a compra de uma impressora Laser para impressão do nosso Jornal, proporcionando um aumento da qualidade, tamanho e sobretudo uma imensa diminuição de custos. Essa grande trabalhadora, durante anos, coordenou e realizou diversos artigos para o Jornal, mantendo a qualidade e fidelidade Doutrinária do mesmo com a Doutrina Espírita, codificada por Allan Kardec. Amigo Leitor, esta é uma conquista de todos nós! Desfrute do Jornal, participe, interaja! E nos ajude a divulgar a Doutrina Espírita e o movimento espírita de nossa região, através da Distribuição do Jornal A Voz Espírita.

×