Cuidados com os dentesOs cuidados com os dentes devem ser umadas prioridades da vidaTodos nós nos preocupa-mos com o visua...
Embora as cáries sejam mais comuns em crianças, adultos também estão sujeitosa elas. Os tipos de cáries incluem:Cárie coro...
Não sendo retirada, a placa bacteriana pode também irritar a gengiva ao redor dosdentes, causando gengivite (as gengivas f...
Entretanto, se a gengivite não for tratada, ela pode evoluir para uma periodontite e causar danospermanentes aos dentes e ...
•   Visite seu dentista periodicamente para fazer uma revisão e uma limpeza de seus dentes.Se o seu mau hálito persistir m...
A escova de dentes também é                                                importante!                                    ...
Conhecendo a boca por dentrowww.colgate.com.brSaúde.terra.com.brHigiene bucal.org
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cuidados com os dentes 1

1.318 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.318
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cuidados com os dentes 1

  1. 1. Cuidados com os dentesOs cuidados com os dentes devem ser umadas prioridades da vidaTodos nós nos preocupa-mos com o visual, assim FIQUE SABENDO Os refrigerantes destacam-secomo cuidamos dos cabe- como uma das fontes maislos, da pele, os cuidados importantes de cárie dental presentes na dieta, atingindocom os dentes não podem pessoas de todas as idades.ser diferentes, afinal nosso Ácidos e subprodutos acidífe- ros do açúcar presente nossorriso é o nosso maior car- refrigerantes desmineralizam otão de visitas. esmalte dental, contribuindo para a formação das cáries.O mercado de higiene bucal Em casos extremos, o esmalteé bem variado, com isso desmineralizado combinado com escovação inadequada,devemos observar qual é o bruxismo (hábito de ranger osmelhor produto para con- dentes) ou outros fatores pode dentição poderá indicar o pela frequência da levar à perda dental.servar nossa dentição, pois melhor produto para os cui- escovação. • SubsƟtua o refrigerantemuitas são as ofertas, mas dados com os dentes. por bebidas diferentes:poucas realmente oferecem Tenha na geladeira bebi- A escovação é fundamental das que contenham me-bom resultado. para manter uma dentição nos açúcar e ácido, comoPara facilitar procure sem- água, leite e suco de fruta saudável. A preocupaçãopre um bom odontólogo que 100% natural. Ingira essas não é tanto pelo tipo de bebidas e esƟmule seusalém de revisar sua filhos a fazer o mesmo. cerdas da escova e sim • Enxágüe a boca com água: Depois de consumirProblemas comuns um refrigerante, faça um bochecho com água para remover vesơgios da be-CÁRIES: bida que possam prolon-"Cárie" é uma outra forma de se denominar a deterioração do dente. A deterioração gar o tempo que o esmal-do dente é fortemente influenciada pelo estilo de vida do indivíduo - o que se come, te fica exposto aos ácidos.como se cuida dos dentes, a presença de flúor na água ingerida e o flúor no creme • Use creme dental e solu-dental. A hereditariedade também tem um papel importante na predisposição de ção para bochecho comseus dentes para se deteriorarem. flúor: O flúor reduz as cáries e fortalece o esmal- te dental, portanto esco- ve com um creme dental que contenha flúor.
  2. 2. Embora as cáries sejam mais comuns em crianças, adultos também estão sujeitosa elas. Os tipos de cáries incluem:Cárie coronária — o tipo mais comum que ocorre tanto em criança como em adul-tos, as cáries coronárias se localizam nas superfícies de mastigação ou entre osdentes.Cárie radicular — à medida que envelhecemos, as gengivas seretraem, deixando partes da raiz do dente expostas. Como não existe esmaltecobrindo as raízes do dente, estas áreas expostas se deterioram facilmente.Cárie recorrente — a deterioração pode ocorrer em volta das restaurações e co- Dentes cariadosroas existentes. Isto porque estas áreas tendem a acumular placa, que acabamlevando à deterioração.A cárie constitui um sério problema. Se não for tratada, uma cárie pode destruirseu dente e matar os delicados nervos na sua parte central, o que pode resultarem um abscesso, uma área de infecção na ponta da raiz. Uma vez formado o ab-cesso, ele só pode ser tratado através do tratamento do canal, de cirurgia ou daextração do dente.Como eu sei se estou com uma cárie?Apenas seu dentista pode dizer com certeza se você tem uma cárie. Isto porqueas cáries se desenvolvem embaixo da superfície do dente, onde você não pode vê-las.Como posso ajudar a evitar as cáries?• Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia, e use o fio dental diariamen- te, a fim de remover a placa bacteriana entre os dentes e sob a gengiva.• Faça avaliações regulares. O cuidado preventivo pode evitar que os proble- mas ocorram e que problemas menores se tornem sérios.• Adote uma dieta balanceada, com pouco açúcar e amido. Quando ingerir es- tes alimentos, procure comê-los durante a refeição, e não como um lanche, para minimizar o número de vezes que seus dentes são expostos ao ácido.• Utilize produtos dentários que contenham flúor, incluindo o creme dental.Certifique-se de que a água que suas crianças bebem contenha flúor. Se a águafornecida em sua localidade não contém flúor, seu dentista ou pediatra pode pres-crever suplementos de flúor diários.Placa bacterianaO que é Placa Bacteriana?Trata-se de uma película pegajosa e incolor, constituída de bactérias e açúcaresque se forma sobre os dentes. É a principal causa de cáries e gengivite. Se nãofor removida diariamente, endurece e forma o tártaro.Como saber se tenho placa bacteriana nos dentes?Todos nós temos placa bacteriana porque as bactérias estão sempre presentesem nossa boca. As bactérias aproveitam os nutrientes contidos nos alimentosque ingerimos e aqueles contidos na saliva para se desenvolver. A placa causaas cáries quando os ácidos que ela produz atacam os dentes, o que aconteceapós as refeições. Sofrendo esses ataques repetidos, o esmalte dos dentes podese desfazer e abrir caminho para a formação de cáries.
  3. 3. Não sendo retirada, a placa bacteriana pode também irritar a gengiva ao redor dosdentes, causando gengivite (as gengivas ficam vermelhas, incham e sangram), perio-dontite e perda dos dentes.Como posso evitar a formação da placa bacteriana?É fácil evitar a formação da placa bacteriana. Basta você:• Escovar bem, no mínimo três vezes ao dia, para remover a placa bacteriana de todas as superfícies dos seus dentes.• Usar fio dental diariamente para remover a placa bacteriana que se instala entre Placa bacteriana seus dentes e sob a gengiva, onde a escova não pode alcançar.• Limitar a ingestão de alimentos com muito açúcar ou amido, especialmente aque- les que grudam nos dentes.Visitar seu dentista regularmente para fazer limpeza e exame completo dos dentes.TártaroO que é Tártaro?Tártaro, as vezes também chamado de cálculo, é a placa bacteriana oubiofilme dental que endurece na superfície dos dentes. O tártaro tambémpode se formar sob a gengiva e irritar os tecidos gengivais. Além disso, otártaro dá à placa bacteriana um espaço maior e propício para o seucrescimento, o que pode levar a problemas mais sérios como as cáries egengivite.O tártaro não só prejudica a saúde dos seus dentes e gengivas, mastambém é um problema estético. Substância porosa, o tártaro absorve asmanchas com mais facilidade. Assim, para aquelas pessoas que fumamou tomam chá ou café, é ainda mais importante que evitem a formação dotártaro.Como saber se tenho tártaro?Ao contrário da placa bacteriana que é uma película incolor, o tártaro éuma formação mineral facilmente visível, se estiver acima do nível da gen-giva. O sinal mais comum é uma cor marrom ou amarela nos dentes naregião da margem gengival. Só o dentista pode diagnosticar e remover otártaro.Como evitar a formação do tártaro?Somente a escovação correta, especialmente se feita com a ajuda de umcreme dental antitártaro e o uso do fio dental podem reduzir a formação daplaca bacteriana e do tártaro. Depois de formado, só o dentista pode reti-rar o tártaro dos dentes. O processo de retirada do tártaro, feito com ins-trumentos especiais, é conhecido como "raspagem". Gengivite O que é gengivite? Gengivite - uma inflamação da gengiva - é o estágio inicial da doença da gengiva e a mais fácil de ser tratada. A causa direta da doença é a placa - uma película viscosa e sem cor de bactérias que se forma, de maneira constante, nos dentes e na gengiva. Se a placa não for removida pela escovação e uso de fio dental diários, ela produz toxinas (venenos) que irritam a mucosa da gengiva causan- do a gengivite. Neste estágio inicial da doença da gengiva, os danos podem ser revertidos, uma vez que o osso e o tecido conjuntivo que segura os dentes no lugar ainda não foram atingidos.
  4. 4. Entretanto, se a gengivite não for tratada, ela pode evoluir para uma periodontite e causar danospermanentes aos dentes e mandíbula/maxilar.Como sei que tenho gengivite?Os sintomas clássicos da gengivite incluem gengivas vermelhas, inchadas e sensíveis que podem sangrar du-rante a escovação. Outro sintoma de doença é o recuo ou retração da gengiva, conferindo aos dentes umaaparência alongada. A doença da gengiva pode formar bolsas entre os dentes e a gengiva, onde se acumulamrestos de comida e placa. Algumas pessoas têm mau hálito freqüente ou sentem gosto ruim na boca, mesmose a doença não estiver em estágio avançado.Como posso prevenir a gengivite?Uma boa higiene bucal é essencial. A limpeza profissional também é extremamente importante, pois uma vezque a placa se acumula e endurece (ou torna-se tártaro), apenas o dentista ou um higienista podem removê-la.Você pode prevenir a gengivite pela:• A correta escovação e uso apropriado do fio dental para remover placas e restos, e do controle do apareci- mento de tártaro.• Alimentação correta para garantir nutrição adequada• Evitar cigarros e outras formas de tabaco.• Ir ao dentista regularmenteHalitoseO que é halitose?Halitose significa "mau hálito", um problema que muitas pessoas enfrentam eventual-mente. Calcula-se que aproximadamente 40% da população sofre ou sofrerá de hali-tose crônica em alguma época de sua vida. Muitas são as causas deste mal,incluindo:• Higiene bucal inadequada (falta de escovação adequada e falta do uso do fio dental);• Gengivite FIQUE SABENDO• Ingestão de certos alimentos como, por exemplo, alho ou cebola; A maioria dos americanos• Tabaco e produtos alcoólicos; masca chicletes sem açúcar• Boca seca (causada por certos medicamentos, por distúrbios e por menor produ- comopurificar o hálito, limpar para um "hábito natural" ção de saliva durante o sono); a boca após as refeições,• Doenças sistêmicas tais como câncer, diabetes, problemas com o fígado e rins. fortalecer os dentes e ter uma sensação de bem estarComo saber se tenho halitose? ao final de um longo dia. A combinação da saliva com aUma forma de saber se você tem mau hálito é cobrir sua boca e nariz com a mão, goma de mascar sem açúcarexalar e sentir o hálito. Uma outra forma é perguntar a alguém em quem você confia estimula o fluxo salivar, neu-como está o seu hálito. Mas, não se esqueça de que muitas pessoas têm este pro- tralizando ainda mais os áci-blema quando acordam de manhã, como resultado de uma produção menor de dos acima do pH crítico desaliva durante a noite, o que permite os ácidos e outras substâncias se deteriorarem 5,7. (1, 2)no interior da boca. Medidas tais como escovar bem os dentes e língua, e usar fioIsso Significa que você podedental antes de dormir e ao se levantar sempre ajudam a eliminar o mau hálito diminuir as lesões de cáriematinal. causadas pelos tipos de ali- mentos que você ingere. Depois de comer, o pH daComo prevenir a halitose? placa bacteriana torna-se ácido durante um período deEvite alimentos que causam mau hálito e observe o seguinte: tempo e afeta os dentes,• Escove bem duas vezes ao dia e use fio dental diariamente para remover a placa enfraquecendo-os e tornando -os suscetíveis à cárie. bacteriana e as partículas de alimento que se acumulam todos os dias. Escovar a língua também ajuda a diminuir o mau hálito. O fluxo salivar neutraliza os ácidos e remove os resíduos• Remova a dentadura antes de dormir, limpando-a bem antes de recolocá-la de de alimentos que ficam após manhã. as refeições.
  5. 5. • Visite seu dentista periodicamente para fazer uma revisão e uma limpeza de seus dentes.Se o seu mau hálito persistir mesmo após uma boa escovação e o uso do fio dental, consulte seu dentista, jáque isso pode ser a indicação da existência de um problema mais sério. Só o dentista poderá dizer se vocêtem gengivite, boca seca ou excesso de placa bacteriana, que são as prováveis causas do mau hálito.Língua limpa é essencial para um hálito frescoVocê deseja controlar o mau hálito? Não se esqueça da língua.“Todas aquelas protuberâncias e sulcos da língua são o paraíso para asbactérias e podem estar contribuindo com o seu mau hálito por causados gases que são liberados”, diz o Dr. Matthew Messina, um consultordo consumidor da American Dental Association. É importante cuidar dalíngua, além de escovar os dentes e usar o fio dental regularmente.Segundo o Dr. Messina, "raspar a língua pode realmente reduzir o nú-mero dessas bactérias e pode ajudar muitas pessoas com mau hálito". Saburra lingualMas qual é a melhor maneira de higienizar a língua?Um artigo de uma edição recente da General Dentistry mostrou que osraspadores de língua são eficazes na redução da halitose, pelo menosem curto prazo.Porém, segundo o Dr. Messina, uma escova dental pode funcionar tãobem quanto o raspador, desde que você se lembre de escovar a partemédia e posterior da língua, onde as populações microbianas podemser especialmente altas.Se você achar que escovar ou raspar a língua provoca ânsia de vômito,ele recomenda que você segure a língua com a mão livre. “Estabilizarum pouco a língua facilita a raspagem ou a escovação da superfície”,disse Dr. Messina.Embora escovar a língua não tenha um efeito duradouro sobre o mau hálito, esse é um passo importantepara manter a boca toda saudável. A ADA ressalta que o mau hálito pode ser sinal de um problema de saú-de, como uma infecção do trato respiratório, sinusite crônica, diabetes, distúrbio gastrintestinal e doençasde fígado ou rins. Se seu dentista constatar que sua boca está saudável, você poderá ser encaminhadopara o médico da família ou um especialista para determinar a causa do mau hálito.O que é uma boa higiene bucal?Hálito puro e sorriso saudável são o resultado de uma boa higiene bucal. Isso significa que, com uma higienebucal adequada:• Seus dentes ficam limpos e livres de resíduos alimentares;• A gengiva não sangra nem dói durante a escovação e o uso do fio dental;• O mau hálito deixa de ser um problema permanente.Consulte o seu dentista caso as suas gengivas doam ou sangrem quando você escova os dentes ou usa fiodental, e principalmente se estiver experimentando um problema de mau hálito. Essas manifestações podemser a indicação da existência de um problema mais grave. Seu dentista pode ensiná-lo a usar técnicas corretasde higiene bucal e indicar as áreas que exigem atenção extra durante a escovação e o uso do fio dental.
  6. 6. A escova de dentes também é importante! Ela deve: • Ser macia ou média; • Ter um tamanho adequado à boca; • Ser subsƟtuída quando os pelos começarem a ficar deformados (normalmente dura cerca de 3 meses)Escova o meudenƟnho? Os cuidados com a higiene bucal devem começar a partir do nascimento do bebê. No recém-nascido, a limpeza deve ser feita com uma gaze ou fralda umedecida em água limpa para remo- ver os resíduos de leite. Com o nascimento dos primeiros dentes (por volta dos 6 meses), a fralda deve ser substituída por uma dedeira. Aos 18 meses, com o nascimento dos primeiros mola- res decíduos, a higiene deverá ser realizada com uma escova dental infantil sem creme dental ou com um creme dental sem flúor. O creme dental fluoretado só deverá ser utilizado a partir dos 2 ou 3 anos de idade, quando a criança souber cuspir com- pletamente o seu excesso.
  7. 7. Conhecendo a boca por dentrowww.colgate.com.brSaúde.terra.com.brHigiene bucal.org

×