Encontro com
Francisco Moita
Flores
Este encontro realizou-se dia 29 de novembro às
16:30h e foi organizado pela biblioteca Valter Hugo Mãe
da Escola Básica F...
Referiu que “Os livros são fontes de saber”, “[…]
fazem parte de nós e tornam-nos mais maduros.”
Neste momento, Francisco ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Encontro com francisco moita flores sofia alves gomes 9º a

314 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
314
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
139
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Encontro com francisco moita flores sofia alves gomes 9º a

  1. 1. Encontro com Francisco Moita Flores
  2. 2. Este encontro realizou-se dia 29 de novembro às 16:30h e foi organizado pela biblioteca Valter Hugo Mãe da Escola Básica Frei João de Vila do Conde. O Dr. Moita Flores começou por fazer uma pequena introdução e falou-nos do seu sonho de ser detetive e de ser escritor. Aproveitou para dizer que na escola não só se estuda, mas também se fazem amizades, principalmente na idade das descobertas, a adolescência. Complementou que ao sermos melhores amigos, estamos a ser melhores pessoas, e que assim a vida é mais fácil. Terminou a apresentação dizendo que a idade dos 40-50 anos é a idade onde as pessoas percebem o que fizeram no passado, por isso é uma fase importante da vida. Seguidamente, passou ao tema fulcral da palestra: os livros. Ele disse que “nós somos livros” e que seja qual for a natureza do livro e do saber, a sua leitura tornanos mais profundos, complexos e menos covardes. Disse que se desperdiçarmos tempo com coisas inúteis só nos apercebemos disso quando perdemos alguém que amamos.
  3. 3. Referiu que “Os livros são fontes de saber”, “[…] fazem parte de nós e tornam-nos mais maduros.” Neste momento, Francisco Moita Flores está a escrever um romance e, sobre os seus hábitos de escrita, confessa que escreve sempre com a mesma marca de caneta e que gosta mais de escrever de manhã. Em resposta a uma pergunta de um aluno referiu que decidiu tirar o curso de História para se sentir mais completo e por ser uma das suas disciplinas favoritas. Tomou essa decisão após ter desistido do seu sonho de ser biólogo, ao ter–lhe sido diagnosticado uma doença nos olhos. Em relação a ter sido presidente da Câmara de Santarém, diz que gostou muito, mas não voltaria a candidatar-se. Eu gostei muito desta palestra. O Dr. Moita Flores falou-nos muito sobre ele, os livros e assuntos em geral, fazendo-nos rir com as suas histórias engraçadas. Sofia Alves Gomes nº27 9ºA

×