SlideShare uma empresa Scribd logo
1
Como se produzem os resíduos?


Que importância tem a redução de resíduos?


É nosso objetivo, com este trabalho, conhecer as respostas a
estas questões e depois partilhá-las com os outros. Só um
cidadão informado é que pode ser um bom consumidor.
 No nosso dia-a-dia, o homem produz cada vez mais resíduos, fruto
  de um consumo excessivo, o que contribui para a poluição do planeta.



 Só uma minoria da população mundial tem conhecimento das causas
  da poluição e do impacte da mesma sobre o futuro do planeta.
 É necessário partilhar a informação com todos.




 Unidos ainda podemos mudar as mentalidades e salvar o
  Mundo.
 Embora se preveja a redução da produção de resíduos, esta
  estratégia não inclui qualquer objetivo quantitativo global nesta
  área pois este tipo de objetivos não conduz necessariamente a
  melhorias ambientais. Ainda que permitam uma diminuição
  mais significativa em termos de volume, certas técnicas de
  redução do volume de resíduos revelam-se mais poluentes que
  outras.


                               Poluição
 Ao longo dos seus 4,5 mil milhões de anos de existência,
 excetuando um ou dois impactos de meteoritos, nunca a Terra
 sofreu tanto como na atualidade. As provas disso são as cheias
 repentinas, os furacões cada vez mais frequentes e mais
 violentos, o degelo polar, as alterações climatéricas, as colisões de
 continentes e a ação do próprio Homem.

                                                  Furacão




          Cheias
 A estratégia no domínio da prevenção da produção de resíduos
  incide essencialmente na redução do impacto ambiental dos
  resíduos e produtos destinados a converterem-se em resíduos.
 Assim, a nova proposta de prevenção dos resíduos prevê a
  obrigação dos Estados elaborarem programas de prevenção da
  produção de resíduos. Estes programas compreendem objetivos
  específicos de prevenção, a atingir ao nível mais adequado, e
  devem ser colocados à disposição do público.
 A    produção      de   resíduos   sólidos   urbanos    cresce
  assustadoramente.     Esta    tendência    é  particularmente
  preocupante nos países desenvolvidos, onde a melhoria das
  condições de vida aumentou o consumo e, consequentemente, a
  produção de resíduos. Os resíduos são realmente um problema
  grave, mas existem inúmeras soluções e cada um de nós tem um
  papel crucial a desempenhar neste processo:
 Basta mudarmos a forma como olhamos e encaramos o lixo!
 A produção “descontrolada de resíduos” pode ser minimizada no
  momento em que escolhemos e compramos os nossos bens.
 Evitar comprar produtos desnecessários;
 Comprar produtos reciclados, biodegradáveis ou recicláveis;
 Comprar produtos alimentares em tamanho familiar;
 Optar por usar papel reciclado;
 Evite o uso de papéis que possuam produtos que dificultam a
  reciclagem;
 Usar, sempre que possível, produtos com recarga (poupam-se
  matérias – primas).
1 - Reduza o consumo comprando apenas os produtos
  necessários, faça uma lista de compras.
2 - Opte por produtos sem embalagem desnecessária, compre
  produtos ao quilo, compare os pesos líquidos dos produtos
  e prefira embalagens familiares.
3 - Faça compostagem caseira com os restos da cozinha e do
  jardim, use o composto para cultivar plantas aromáticas
  ou uma horta.
4 - Use o autocolante da publicidade não endereçada, peça
  ao Instituto do consumidor ou imprima na internet.
5 - Prefira bebidas engarrafadas em embalagens de tara
  retornável. Se a água da zona em que reside é de
  qualidade, beba água da torneira.
6 - Opte por produtos não perigosos, pilhas recarregáveis,
  transformadores, termómetros digitais, detergentes
  ecológicos.
7 - Na escolha de bens, tenha em conta a sua durabilidade e
  potencial de reutilização ,electrodomésticos, e brinquedos.
8 - Vá às compras com um trolley ou leve sacos reutilizáveis.
9 - Ao cozinhar, tenha em conta as quantidades necessárias e
   aproveite os alimentos na totalidade para evitar o desperdício
   alimentar. Conserve os alimentos de forma adequada , faça
   compotas, açordas.
10 - Reutilize o papel e imprima com moderação, refletindo sobre
   aquilo de que realmente necessita ,use folhas de rascunho.
 Reciclar é fundamental para começarmos a ter um mundo mais
  limpo e melhor.
 Muitas catástrofes têm sido causadas pelo facto de não
  cuidarmos do mundo da forma certa. Todos sabemos
  exatamente o que devemos fazer para que não ocorra mais isso.
  Sabemos que quanto mais lixo colocado nas ruas, rios, lagos,
  mares é prejudicial. Reciclar é fácil e muito importante, pois se
  todos nós começarmos agora a reciclar, muita coisa reduziria
  como a poluição de rios e lagos.
 Há que ter em atenção os seguintes princípios:
1 - O desenvolvimento deve ser baseado na conservação e utilização
   racional dos recursos naturais;
2 - Atender às necessidades das gerações atuais e assegurar as
   necessidades das gerações futuras;
3 - Atender às necessidades básicas e garantir oportunidades de
   uma vida melhor para todos;
4 - Todos temos o dever de :
Ana Filipa Salgado
Ana Rita Aurora
Carolina Maia
Daniel Ribeiro
José Fangueiro
Lia Bompastor
Mariana Campos
Marta Marafona
Sofia Gomes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Desafios ambientais
Desafios ambientaisDesafios ambientais
Desafios ambientais
Raúl Freitas
 
Palestra sobre Consumo Consciente
Palestra sobre Consumo ConscientePalestra sobre Consumo Consciente
Palestra sobre Consumo Consciente
Marcos Da Cruz
 
Apresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio AmbienteApresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio Ambiente
Marilucia Santos
 
Dicas para preservação do meio ambiente
Dicas para preservação do meio ambienteDicas para preservação do meio ambiente
Dicas para preservação do meio ambiente
Sistema de Bibliotecas da PUC-Rio
 
Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente
Qualidade de vida e respeito ao meio ambienteQualidade de vida e respeito ao meio ambiente
Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente
Alexandre Misturini
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
Denise Vilardo
 
G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologiaG proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
becresforte
 
Sustentabilidade e Preservação Ambiental no Setor Sucroenergético
Sustentabilidade e Preservação Ambiental no Setor SucroenergéticoSustentabilidade e Preservação Ambiental no Setor Sucroenergético
Sustentabilidade e Preservação Ambiental no Setor Sucroenergético
Luciano Meneguetti
 
Sustentabilidade Ambiental
Sustentabilidade AmbientalSustentabilidade Ambiental
Sustentabilidade Ambiental
Catarina Nunes
 
Educação para a Sustentabilidade Ambiental
Educação para a Sustentabilidade AmbientalEducação para a Sustentabilidade Ambiental
Educação para a Sustentabilidade Ambiental
Michele Pó
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
Michele Pó
 
Proteção ambiental
Proteção ambientalProteção ambiental
Proteção ambiental
junio Juninho
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
-
 
O desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentávelO desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentável
cattonia
 
A complexa gestão de um património comum e o desenvolvimento sustentável
A complexa gestão de um património comum e o desenvolvimento sustentávelA complexa gestão de um património comum e o desenvolvimento sustentável
A complexa gestão de um património comum e o desenvolvimento sustentável
Escola Básica e Secundária Matilde Rosa Araújo
 
Trabalho sobre o meio ambiente
Trabalho sobre o meio ambienteTrabalho sobre o meio ambiente
Trabalho sobre o meio ambiente
Dessa Reis
 
Engenharia Ambiental
Engenharia AmbientalEngenharia Ambiental
Engenharia Ambiental
emmanueltho
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
-
 
Projeto recriar a casa do futuro
Projeto recriar a casa do futuroProjeto recriar a casa do futuro
Projeto recriar a casa do futuro
2016arqmiriam
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
Vânia Marques
 

Mais procurados (20)

Desafios ambientais
Desafios ambientaisDesafios ambientais
Desafios ambientais
 
Palestra sobre Consumo Consciente
Palestra sobre Consumo ConscientePalestra sobre Consumo Consciente
Palestra sobre Consumo Consciente
 
Apresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio AmbienteApresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio Ambiente
 
Dicas para preservação do meio ambiente
Dicas para preservação do meio ambienteDicas para preservação do meio ambiente
Dicas para preservação do meio ambiente
 
Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente
Qualidade de vida e respeito ao meio ambienteQualidade de vida e respeito ao meio ambiente
Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologiaG proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
G proteção ambiental e desenvolvimento sustentável-geologia
 
Sustentabilidade e Preservação Ambiental no Setor Sucroenergético
Sustentabilidade e Preservação Ambiental no Setor SucroenergéticoSustentabilidade e Preservação Ambiental no Setor Sucroenergético
Sustentabilidade e Preservação Ambiental no Setor Sucroenergético
 
Sustentabilidade Ambiental
Sustentabilidade AmbientalSustentabilidade Ambiental
Sustentabilidade Ambiental
 
Educação para a Sustentabilidade Ambiental
Educação para a Sustentabilidade AmbientalEducação para a Sustentabilidade Ambiental
Educação para a Sustentabilidade Ambiental
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Proteção ambiental
Proteção ambientalProteção ambiental
Proteção ambiental
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
O desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentávelO desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentável
 
A complexa gestão de um património comum e o desenvolvimento sustentável
A complexa gestão de um património comum e o desenvolvimento sustentávelA complexa gestão de um património comum e o desenvolvimento sustentável
A complexa gestão de um património comum e o desenvolvimento sustentável
 
Trabalho sobre o meio ambiente
Trabalho sobre o meio ambienteTrabalho sobre o meio ambiente
Trabalho sobre o meio ambiente
 
Engenharia Ambiental
Engenharia AmbientalEngenharia Ambiental
Engenharia Ambiental
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
Projeto recriar a casa do futuro
Projeto recriar a casa do futuroProjeto recriar a casa do futuro
Projeto recriar a casa do futuro
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 

Destaque

Wildeboerdesign Biz Pdf Promo224
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo224Wildeboerdesign Biz Pdf Promo224
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo224Wil de boer
 
Guía básica para o traballo con blogues en 1º ESO
Guía básica para o traballo con blogues en 1º ESOGuía básica para o traballo con blogues en 1º ESO
Guía básica para o traballo con blogues en 1º ESO
Luciano Fernández
 
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo27
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo27Wildeboerdesign Biz Pdf Promo27
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo27Wil de boer
 
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo217
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo217Wildeboerdesign Biz Pdf Promo217
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo217Wil de boer
 
Dia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sidaDia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sida
BIBFJ
 
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo29
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo29Wildeboerdesign Biz Pdf Promo29
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo29Wil de boer
 
El tren de la vida
El tren de la vidaEl tren de la vida
El tren de la vida
Eve_LV
 
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo219
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo219Wildeboerdesign Biz Pdf Promo219
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo219Wil de boer
 
Web 2
Web 2Web 2
Web 2
362998GA
 
Cinzia prova
Cinzia provaCinzia prova
Cinzia provacinzia2
 
Web 2.
Web 2.Web 2.
Web 2.
362998GA
 
Bulldoginglesrebacefinal
BulldoginglesrebacefinalBulldoginglesrebacefinal
Bulldoginglesrebacefinal
Alvaro Villegas
 
Concurso nacional de leitura listas
Concurso nacional de leitura   listasConcurso nacional de leitura   listas
Concurso nacional de leitura listas
BIBFJ
 
Voki
VokiVoki
Trabalho da chinaaa
Trabalho da chinaaaTrabalho da chinaaa
Trabalho da chinaaa
Joana Algodão Doce
 

Destaque (16)

Wildeboerdesign Biz Pdf Promo224
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo224Wildeboerdesign Biz Pdf Promo224
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo224
 
Guía básica para o traballo con blogues en 1º ESO
Guía básica para o traballo con blogues en 1º ESOGuía básica para o traballo con blogues en 1º ESO
Guía básica para o traballo con blogues en 1º ESO
 
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo27
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo27Wildeboerdesign Biz Pdf Promo27
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo27
 
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo217
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo217Wildeboerdesign Biz Pdf Promo217
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo217
 
Alexis
AlexisAlexis
Alexis
 
Dia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sidaDia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sida
 
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo29
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo29Wildeboerdesign Biz Pdf Promo29
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo29
 
El tren de la vida
El tren de la vidaEl tren de la vida
El tren de la vida
 
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo219
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo219Wildeboerdesign Biz Pdf Promo219
Wildeboerdesign Biz Pdf Promo219
 
Web 2
Web 2Web 2
Web 2
 
Cinzia prova
Cinzia provaCinzia prova
Cinzia prova
 
Web 2.
Web 2.Web 2.
Web 2.
 
Bulldoginglesrebacefinal
BulldoginglesrebacefinalBulldoginglesrebacefinal
Bulldoginglesrebacefinal
 
Concurso nacional de leitura listas
Concurso nacional de leitura   listasConcurso nacional de leitura   listas
Concurso nacional de leitura listas
 
Voki
VokiVoki
Voki
 
Trabalho da chinaaa
Trabalho da chinaaaTrabalho da chinaaa
Trabalho da chinaaa
 

Semelhante a Trabalho ciências final grupo final

Sustentabilidade E Consumo Light
Sustentabilidade E Consumo LightSustentabilidade E Consumo Light
Sustentabilidade E Consumo Light
Ana Beatriz
 
Boas-Praticas-single-baixa.pdf
Boas-Praticas-single-baixa.pdfBoas-Praticas-single-baixa.pdf
Boas-Praticas-single-baixa.pdf
Iara Novelli
 
Boas praticas de consumo sustentavel
Boas praticas de consumo sustentavelBoas praticas de consumo sustentavel
Boas praticas de consumo sustentavel
Murilo Cesar
 
Coleta seletiva
Coleta seletivaColeta seletiva
Meio ambiente.pptx Daniel Silva de Jesus
Meio ambiente.pptx Daniel Silva de JesusMeio ambiente.pptx Daniel Silva de Jesus
Meio ambiente.pptx Daniel Silva de Jesus
professordanielsilva2
 
Consumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidadeConsumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidade
Fabio Cruz
 
Brochure PT
Brochure PTBrochure PT
Brochure PT
Georgeta Manafu
 
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
v4hp2q4ph4
 
texto 5 de Junho.docx
texto 5 de Junho.docxtexto 5 de Junho.docx
texto 5 de Junho.docx
RosanaCosta70
 
Projeto empreendedorismo social e meio ambiente
Projeto empreendedorismo social e meio ambienteProjeto empreendedorismo social e meio ambiente
Projeto empreendedorismo social e meio ambiente
Gabriela Alves
 
Rio +20
Rio +20Rio +20
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensarA política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
Miquéias Cassemiro
 
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensarA política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
Miquéias Cassemiro
 
Consumo e ambiente elisa e gilson
Consumo e ambiente elisa e gilsonConsumo e ambiente elisa e gilson
Consumo e ambiente elisa e gilson
turma12c1617
 
A importancia da educação ambiental nas empresas
A importancia da educação ambiental nas empresasA importancia da educação ambiental nas empresas
A importancia da educação ambiental nas empresas
Adriane Martins da Silva
 
Residuos8ano
Residuos8anoResiduos8ano
Residuos8ano
Terceiro Calhau
 
Campanha da Fraternidade 2011
Campanha da Fraternidade 2011Campanha da Fraternidade 2011
Campanha da Fraternidade 2011
FradesEstudantes
 
A Criação geme em dores de parto - CF 2011
A Criação geme em dores de parto - CF 2011A Criação geme em dores de parto - CF 2011
A Criação geme em dores de parto - CF 2011
FradesEstudantes
 
4º edicao livro Terra de Riquesas
4º edicao livro Terra de Riquesas4º edicao livro Terra de Riquesas
4º edicao livro Terra de Riquesas
Franciel Oliveira
 
RQS 2006 - Entrevista com Luiz Eduardo Cheida
RQS 2006 - Entrevista com Luiz Eduardo CheidaRQS 2006 - Entrevista com Luiz Eduardo Cheida
RQS 2006 - Entrevista com Luiz Eduardo Cheida
Adri Baldini
 

Semelhante a Trabalho ciências final grupo final (20)

Sustentabilidade E Consumo Light
Sustentabilidade E Consumo LightSustentabilidade E Consumo Light
Sustentabilidade E Consumo Light
 
Boas-Praticas-single-baixa.pdf
Boas-Praticas-single-baixa.pdfBoas-Praticas-single-baixa.pdf
Boas-Praticas-single-baixa.pdf
 
Boas praticas de consumo sustentavel
Boas praticas de consumo sustentavelBoas praticas de consumo sustentavel
Boas praticas de consumo sustentavel
 
Coleta seletiva
Coleta seletivaColeta seletiva
Coleta seletiva
 
Meio ambiente.pptx Daniel Silva de Jesus
Meio ambiente.pptx Daniel Silva de JesusMeio ambiente.pptx Daniel Silva de Jesus
Meio ambiente.pptx Daniel Silva de Jesus
 
Consumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidadeConsumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidade
 
Brochure PT
Brochure PTBrochure PT
Brochure PT
 
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
 
texto 5 de Junho.docx
texto 5 de Junho.docxtexto 5 de Junho.docx
texto 5 de Junho.docx
 
Projeto empreendedorismo social e meio ambiente
Projeto empreendedorismo social e meio ambienteProjeto empreendedorismo social e meio ambiente
Projeto empreendedorismo social e meio ambiente
 
Rio +20
Rio +20Rio +20
Rio +20
 
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensarA política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
 
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensarA política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
A política dos 5 rs é consiste no ato de repensar
 
Consumo e ambiente elisa e gilson
Consumo e ambiente elisa e gilsonConsumo e ambiente elisa e gilson
Consumo e ambiente elisa e gilson
 
A importancia da educação ambiental nas empresas
A importancia da educação ambiental nas empresasA importancia da educação ambiental nas empresas
A importancia da educação ambiental nas empresas
 
Residuos8ano
Residuos8anoResiduos8ano
Residuos8ano
 
Campanha da Fraternidade 2011
Campanha da Fraternidade 2011Campanha da Fraternidade 2011
Campanha da Fraternidade 2011
 
A Criação geme em dores de parto - CF 2011
A Criação geme em dores de parto - CF 2011A Criação geme em dores de parto - CF 2011
A Criação geme em dores de parto - CF 2011
 
4º edicao livro Terra de Riquesas
4º edicao livro Terra de Riquesas4º edicao livro Terra de Riquesas
4º edicao livro Terra de Riquesas
 
RQS 2006 - Entrevista com Luiz Eduardo Cheida
RQS 2006 - Entrevista com Luiz Eduardo CheidaRQS 2006 - Entrevista com Luiz Eduardo Cheida
RQS 2006 - Entrevista com Luiz Eduardo Cheida
 

Mais de BIBFJ

1 apresentação
1 apresentação1 apresentação
1 apresentação
BIBFJ
 
Comunicação ciência
Comunicação ciênciaComunicação ciência
Comunicação ciência
BIBFJ
 
Diabetes na criança
Diabetes na criançaDiabetes na criança
Diabetes na criança
BIBFJ
 
Diadetes na criança
Diadetes na criançaDiadetes na criança
Diadetes na criança
BIBFJ
 
Encontro com francisco moita flores sofia alves gomes 9º a
Encontro com francisco moita flores   sofia alves gomes 9º aEncontro com francisco moita flores   sofia alves gomes 9º a
Encontro com francisco moita flores sofia alves gomes 9º a
BIBFJ
 
Frei joao nov13 algas
Frei joao nov13 algasFrei joao nov13 algas
Frei joao nov13 algas
BIBFJ
 
Dia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sidaDia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sida
BIBFJ
 
Tabagismo juvenil 1
Tabagismo juvenil 1Tabagismo juvenil 1
Tabagismo juvenil 1
BIBFJ
 
Maleficios tabaco
Maleficios tabacoMaleficios tabaco
Maleficios tabaco
BIBFJ
 
Dia mundial alimentação
Dia mundial alimentaçãoDia mundial alimentação
Dia mundial alimentação
BIBFJ
 
Semana vem aí a primavera
Semana vem aí a primaveraSemana vem aí a primavera
Semana vem aí a primavera
BIBFJ
 
Newsletter december 2012
Newsletter december 2012Newsletter december 2012
Newsletter december 2012
BIBFJ
 
Dia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sidaDia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sida
BIBFJ
 
Cartaz re..
Cartaz re..Cartaz re..
Cartaz re..BIBFJ
 
17 de novembro dia do não fumador
17 de novembro dia do não fumador17 de novembro dia do não fumador
17 de novembro dia do não fumador
BIBFJ
 
Tales of mystery and imagination1
Tales of mystery and imagination1Tales of mystery and imagination1
Tales of mystery and imagination1
BIBFJ
 
The masque of the red death
The masque of the red deathThe masque of the red death
The masque of the red death
BIBFJ
 
Alimentação frei joão 16 out.
Alimentação frei joão 16 out.Alimentação frei joão 16 out.
Alimentação frei joão 16 out.
BIBFJ
 

Mais de BIBFJ (18)

1 apresentação
1 apresentação1 apresentação
1 apresentação
 
Comunicação ciência
Comunicação ciênciaComunicação ciência
Comunicação ciência
 
Diabetes na criança
Diabetes na criançaDiabetes na criança
Diabetes na criança
 
Diadetes na criança
Diadetes na criançaDiadetes na criança
Diadetes na criança
 
Encontro com francisco moita flores sofia alves gomes 9º a
Encontro com francisco moita flores   sofia alves gomes 9º aEncontro com francisco moita flores   sofia alves gomes 9º a
Encontro com francisco moita flores sofia alves gomes 9º a
 
Frei joao nov13 algas
Frei joao nov13 algasFrei joao nov13 algas
Frei joao nov13 algas
 
Dia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sidaDia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sida
 
Tabagismo juvenil 1
Tabagismo juvenil 1Tabagismo juvenil 1
Tabagismo juvenil 1
 
Maleficios tabaco
Maleficios tabacoMaleficios tabaco
Maleficios tabaco
 
Dia mundial alimentação
Dia mundial alimentaçãoDia mundial alimentação
Dia mundial alimentação
 
Semana vem aí a primavera
Semana vem aí a primaveraSemana vem aí a primavera
Semana vem aí a primavera
 
Newsletter december 2012
Newsletter december 2012Newsletter december 2012
Newsletter december 2012
 
Dia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sidaDia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sida
 
Cartaz re..
Cartaz re..Cartaz re..
Cartaz re..
 
17 de novembro dia do não fumador
17 de novembro dia do não fumador17 de novembro dia do não fumador
17 de novembro dia do não fumador
 
Tales of mystery and imagination1
Tales of mystery and imagination1Tales of mystery and imagination1
Tales of mystery and imagination1
 
The masque of the red death
The masque of the red deathThe masque of the red death
The masque of the red death
 
Alimentação frei joão 16 out.
Alimentação frei joão 16 out.Alimentação frei joão 16 out.
Alimentação frei joão 16 out.
 

Trabalho ciências final grupo final

  • 1. 1
  • 2. Como se produzem os resíduos? Que importância tem a redução de resíduos? É nosso objetivo, com este trabalho, conhecer as respostas a estas questões e depois partilhá-las com os outros. Só um cidadão informado é que pode ser um bom consumidor.
  • 3.  No nosso dia-a-dia, o homem produz cada vez mais resíduos, fruto de um consumo excessivo, o que contribui para a poluição do planeta.  Só uma minoria da população mundial tem conhecimento das causas da poluição e do impacte da mesma sobre o futuro do planeta.
  • 4.  É necessário partilhar a informação com todos.  Unidos ainda podemos mudar as mentalidades e salvar o Mundo.
  • 5.  Embora se preveja a redução da produção de resíduos, esta estratégia não inclui qualquer objetivo quantitativo global nesta área pois este tipo de objetivos não conduz necessariamente a melhorias ambientais. Ainda que permitam uma diminuição mais significativa em termos de volume, certas técnicas de redução do volume de resíduos revelam-se mais poluentes que outras. Poluição
  • 6.  Ao longo dos seus 4,5 mil milhões de anos de existência, excetuando um ou dois impactos de meteoritos, nunca a Terra sofreu tanto como na atualidade. As provas disso são as cheias repentinas, os furacões cada vez mais frequentes e mais violentos, o degelo polar, as alterações climatéricas, as colisões de continentes e a ação do próprio Homem. Furacão Cheias
  • 7.  A estratégia no domínio da prevenção da produção de resíduos incide essencialmente na redução do impacto ambiental dos resíduos e produtos destinados a converterem-se em resíduos.  Assim, a nova proposta de prevenção dos resíduos prevê a obrigação dos Estados elaborarem programas de prevenção da produção de resíduos. Estes programas compreendem objetivos específicos de prevenção, a atingir ao nível mais adequado, e devem ser colocados à disposição do público.
  • 8.  A produção de resíduos sólidos urbanos cresce assustadoramente. Esta tendência é particularmente preocupante nos países desenvolvidos, onde a melhoria das condições de vida aumentou o consumo e, consequentemente, a produção de resíduos. Os resíduos são realmente um problema grave, mas existem inúmeras soluções e cada um de nós tem um papel crucial a desempenhar neste processo:  Basta mudarmos a forma como olhamos e encaramos o lixo!
  • 9.  A produção “descontrolada de resíduos” pode ser minimizada no momento em que escolhemos e compramos os nossos bens.
  • 10.  Evitar comprar produtos desnecessários;  Comprar produtos reciclados, biodegradáveis ou recicláveis;  Comprar produtos alimentares em tamanho familiar;  Optar por usar papel reciclado;  Evite o uso de papéis que possuam produtos que dificultam a reciclagem;  Usar, sempre que possível, produtos com recarga (poupam-se matérias – primas).
  • 11.
  • 12. 1 - Reduza o consumo comprando apenas os produtos necessários, faça uma lista de compras. 2 - Opte por produtos sem embalagem desnecessária, compre produtos ao quilo, compare os pesos líquidos dos produtos e prefira embalagens familiares. 3 - Faça compostagem caseira com os restos da cozinha e do jardim, use o composto para cultivar plantas aromáticas ou uma horta.
  • 13. 4 - Use o autocolante da publicidade não endereçada, peça ao Instituto do consumidor ou imprima na internet. 5 - Prefira bebidas engarrafadas em embalagens de tara retornável. Se a água da zona em que reside é de qualidade, beba água da torneira. 6 - Opte por produtos não perigosos, pilhas recarregáveis, transformadores, termómetros digitais, detergentes ecológicos. 7 - Na escolha de bens, tenha em conta a sua durabilidade e potencial de reutilização ,electrodomésticos, e brinquedos.
  • 14. 8 - Vá às compras com um trolley ou leve sacos reutilizáveis. 9 - Ao cozinhar, tenha em conta as quantidades necessárias e aproveite os alimentos na totalidade para evitar o desperdício alimentar. Conserve os alimentos de forma adequada , faça compotas, açordas. 10 - Reutilize o papel e imprima com moderação, refletindo sobre aquilo de que realmente necessita ,use folhas de rascunho.
  • 15.  Reciclar é fundamental para começarmos a ter um mundo mais limpo e melhor.  Muitas catástrofes têm sido causadas pelo facto de não cuidarmos do mundo da forma certa. Todos sabemos exatamente o que devemos fazer para que não ocorra mais isso. Sabemos que quanto mais lixo colocado nas ruas, rios, lagos, mares é prejudicial. Reciclar é fácil e muito importante, pois se todos nós começarmos agora a reciclar, muita coisa reduziria como a poluição de rios e lagos.
  • 16.  Há que ter em atenção os seguintes princípios: 1 - O desenvolvimento deve ser baseado na conservação e utilização racional dos recursos naturais; 2 - Atender às necessidades das gerações atuais e assegurar as necessidades das gerações futuras; 3 - Atender às necessidades básicas e garantir oportunidades de uma vida melhor para todos; 4 - Todos temos o dever de :
  • 17. Ana Filipa Salgado Ana Rita Aurora Carolina Maia Daniel Ribeiro José Fangueiro Lia Bompastor Mariana Campos Marta Marafona Sofia Gomes