CANTIGA DA PAZ Maria Dolores/Chico Xavier
<ul><li>Porque o Anjo da Paz lhe aparecesse, </li></ul><ul><li>Interrogou-lhe o Homem, triste e aflito: </li></ul><ul><li>...
Falou-lhe o Mensageiro: - “Foge, amigo Do azedume, da mágoa, da aspereza, A santa escola da serenidade Brilha no coração d...
Medita nas lições da fonte calma Que ampara e serve, prosseguindo além; Se a pedra surge, aprende a contorná-la E continua...
Demora-te na praia e vê nas águas A imensidão do mar que apenas sondas, Banha-te renovando força e vida Sem alterar-lhe o ...
Estuda a árvore enorme e frondejante, Trabalhando sem perda de minutos, Sofre, produz e entrega-se a quem passa,  Sem toma...
Fita o Céu estrelado, olha a campina, Deixa que a brisa te acalante o rosto, Pensa no chão que te garante o passo, O ar qu...
Não firas a ninguém, não guardes culpas, Um dia deixarás o mundo aí... Resguarda-te no bem, trabalha e serve, E, quanto ao...
Créditos: Texto: Maria Dolores e Chico Xavier Livro Tempo de Paz Imagens: Internet Música: Ernesto Cortazar - Murmures For...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cantiga Da Paz

875 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
875
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cantiga Da Paz

  1. 1. CANTIGA DA PAZ Maria Dolores/Chico Xavier
  2. 2. <ul><li>Porque o Anjo da Paz lhe aparecesse, </li></ul><ul><li>Interrogou-lhe o Homem, triste e aflito: </li></ul><ul><li>“ Anjo Bom, que fazer para guardar-te </li></ul><ul><li>A luz da Paz que trazes do Infinito?” </li></ul>
  3. 3. Falou-lhe o Mensageiro: - “Foge, amigo Do azedume, da mágoa, da aspereza, A santa escola da serenidade Brilha no coração da Natureza...
  4. 4. Medita nas lições da fonte calma Que ampara e serve, prosseguindo além; Se a pedra surge, aprende a contorná-la E continua em paz, fazendo o bem.
  5. 5. Demora-te na praia e vê nas águas A imensidão do mar que apenas sondas, Banha-te renovando força e vida Sem alterar-lhe o ritmo das ondas.
  6. 6. Estuda a árvore enorme e frondejante, Trabalhando sem perda de minutos, Sofre, produz e entrega-se a quem passa, Sem tomar posse de seus próprios frutos.
  7. 7. Fita o Céu estrelado, olha a campina, Deixa que a brisa te acalante o rosto, Pensa no chão que te garante o passo, O ar que consomes não te cobra imposto.
  8. 8. Não firas a ninguém, não guardes culpas, Um dia deixarás o mundo aí... Resguarda-te no bem, trabalha e serve, E, quanto ao resto, Deus fará por ti.
  9. 9. Créditos: Texto: Maria Dolores e Chico Xavier Livro Tempo de Paz Imagens: Internet Música: Ernesto Cortazar - Murmures Formatação: Beth Norling E-mail: [email_address] GRUPO SINTONIA ELEVADA Clique aqui para receber novas mensagens gratuitamente

×