Trabalho joyce (2)

281 visualizações

Publicada em

Publicada em: Vendas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Trabalho joyce (2)

  1. 1. Escola Municipal Professor Amazor Vieira Borges (Nova Iguaçu, RJ)
  2. 2. Taxas de Rendimento 2010 Segundo indicadores do INEP 68,9% Etapa Escolar Reprovação Abandono Aprovação Anos Iniciais 19,0% 55 reprovações 3,0% 9 abandonos 78,1% 226 aprovações Anos Finais 28,4% 101 reprovações 2,7% 10 abandonos 68,9% 245 aprovações 19,0% 3,0% 78,1% 28,4% INICIAIS FINAIS 2,7% INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS Reprovação Abandono Aprovação
  3. 3. Taxas de Rendimento 2011 Segundo indicadores do INEP Reprovação Abandono Aprovação 14,7% 4,5% 80,8% 19,2% 5,3% 75,6% INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS
  4. 4. Taxas de Rendimento 2012 Segundo indicadores do INEP 19,3% 29,2% 3,2% 2,3% 77,4% 68,5% INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS Reprovação Abandono Aprovação
  5. 5. Taxas de Rendimento 2013 Segundo indicadores do INEP Reprovação Abandono Aprovação 7,5% 27,8% 2,3% 2,4% 90,2% 69,8% INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS
  6. 6. Análise dos resultados De acordo com os gráficos da taxa de rendimento da escola entre o período de 2010 a 2013, em que demonstram-se os índices de aprovação, reprovação e abandono na escola. Os anos em que o índice de reprovação apresenta-se mais elevados tanto nas séries iniciais como nas séries finais, foram: os anos de 2010 com índices de reprovação de 19% para as séries iniciais e 28,4% nas séries finais; 2011 com 14,7% nas séries iniciais e 19,2% nas séries finais e em 2012 com 19,3% nas séries iniciais e 29,2 nas séries finais.
  7. 7. Análise dos resultados Quanto ao índice de aprovação mais elevado durante o período de 2010 a 2013. Observa-se que os anos de 2011 e 2013 apresentam índices mais elevados. Já que no ano de 2011 houve 80% aprovações nas séries iniciais e 75,6% nas séries finais. E no o período de 2013 esse índice sobe ainda mais para os 90% nas séries iniciais e 69,8% nas séries finais.
  8. 8. Análise dos resultados Os resultados encontrados referente ao índice de abandono da escola, durante o período de 2010 a 2013. Observa-se que, o ano em que houve maior índice de abandono foi de 2011, com 4,5% nas séries iniciais e 5,3% nas séries finais e Enquanto que no ano de 2013 houve um decréscimo deste índice para 2,3% para as séries iniciais e 2,4% para as séries finais. No entanto este dado nos deixa algumas indagações, quanto ao aumento bastante expressivo do período de 2010 a 2011 em relação a elevado índice de abandono da escola, o que em seguida, nos anos de 2012 e 2013 tende a cair.
  9. 9. Considerações finais Os dados analisados da pesquisa revelam que a escola vem trabalhando bem a questão de aumento do número de aprovações na escola, bem como, na diminuição dos índices de reprovação e abandono da escola. Este fato, portanto, pode estar ligado a diversos fatores como: a mudança da gestão da escola, melhorias na infraestrutura da escola e também ao empenho dos professores e alunos nas aulas.
  10. 10. Considerações finais Enfim, para uma melhor interpretação desses fenômenos ocorridos no período analisado, recomenda-se , um estudo mais aprofundado, como, por exemplo: se fazer uma pesquisa de campo, entrevistando docentes e alunos.
  11. 11. UERJ-FEBF Disciplina: EEPP IV Alunas: Joyce Martins, Giovana Prado, Ana Paula Delduque, Joana Martins, Thamires Bernardo e Marcela Parães.

×