SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
O URSINHO DUDU QUER UM AMIGO

                                      (ADAPTADO)




NARRADOR-Dudu era um urso que morava em uma floresta, mas ele era muito solitário. Cansado
da solidão resolveu sair pela floresta à procura de um amigo que pudesse conversar e brincar. No
outro dia quando galo cantou Dudu resolveu levantar, lavou seu rosto numa flor que estava cheia de
orvalho, trancou sua casa e saiu pela floresta. Quando encontrou uma velhinha com uma cesta cheia
de laranjas. E disse:
DUDU: - Bom dia senhora.
SENHORA: - Bom dia!
DUDU: -A senhora quer ser minha amiga?
SENHORA:- Eu colho laranjas, você quer colher laranjas comigo para me ajudar?
DUDU; Não gosto de colher laranja.
SENHORA: Então você não serve para ser meu amigo. Tchau!
NARRADOR: Dudu continuou a sua caminhada, quando de longe, ele viu uma gata que vinha pelo
dançando. E disse:
DUDU: - Bom dia Gata.
GATA:- Bom dia!
DUDU-quer ser minha amiga?
GATA-Sou professora de dança veja. Obs.: A gata faz uma demonstração para o urso da dança
DUDU-não gosto de dançar.
GATA-então você não serve para ser meu amigo, Tchau!
NARRADOR - e a gata foi pelo caminho e o urso continuou a sua caminhada, quando viu
devagarzinho ele viu um caracol e uma tartaruga e disse:
DUDU - Bom dia, Caracol e Tartaruga.
TARTARUGA E CARACOL - Bom dia
DUDU-Quer minha amizade?
TARTARUGA E CARACOL - Estamos correndo na floresta quer correr conosco?
DUDU-não gosto de correr.
TARTARUGA E CARACOL - Então você não serve para ser nosso amigo,Tchau!
NARRADOR-e os dois foram saindo e Dudu ficou ali sozinho.
O dia estava ensolarado, belas nuvens, joaninhas, pássaros voando e borboletas enfeitando o céu.
Quando viu uma bela borboleta que voava e a chamou:
DUDU: -Borboleta vem cá. Vem cá.
NARRADOR - A borboleta foi descendo ao encontro do ursinho e perguntou:
BORBOLETA - O que você quer?
DUDU - Quero um amigo você quer ser minha amiga?
BORBOLETA - Vivo enfeitando os céu e os jardins, vem voar comigo?
DUDU-Não sei voar.
BORBOLETA - Então você não serve para ser meu amigo ,Tchau!
NARRADOR- voltou para céu deixando Dudu, muito triste,mas de repente ele ouviu passos estava
ficando cada vez mais forte. Era um canguru, Dudu logo foi falando:
DUDU - Bom dia!
CANGURU - Bom dia
DUDU - quer ser meu amigo?
NARRADOR-O canguru olhou bem para ele e disse
CANGURU - Quero não
DUDU - Por quê?
CANGURU - Por que você e muito feio
NARRADOR – e foi saindo sumindo pela floresta deixando Dudu nervoso com tanta grosseria.
Mas continuou a sua caminhada, quando de longe viu uma formiga que vinha carregando uma
enorme folha nas costa e foi logo falando:
DUDU - Boa tarde formiga!
FORMIGA - Boa tarde!
DUDU - Quer ser minha amiga?
FORMIGA - vivo carregando folhas e alimento quer trabalhar comigo?
DUDU - não gosto de trabalhar
FORMIGA - Então você não serve para ser meu amigo Tchau!
NARRADOR - E a formiga continuou seu trabalho e Dudu resolveu voltar para casa, já estava
cansado, andou o dia todo e nada tinha conseguido. Chegou em casa e deitou e ficou lá pensando, o
que teria de errado com ele, ninguém quis a sua amizade. Logo adormeceu.


MUSICA DA NATUREZA

RELÓGIO

O dia amanheceu o galo cantou bonito e forte Dudu levantou e lavou seu rosto numa flor que estava
cheia de orvalho e ficou pensando se ia procurar novamente um amigo, pois estava cansado do dia
anterior. Pensou, pensou e resolveu voltar, quem sabe hoje teria mais sorte. Foi pelo caminho e
ficou surpreso não conhecia aquela parte sombria, feia, com morcegos cheios de fumaça da floresta.
Quando viu uma misteriosa moça que estava, com um véu cobrindo seu rosto. Ele ficou muito
curioso, aproximou-se e disse -
DUDU-Bom dia moça.
MOÇA-Bom dia
DUDU - o que faz aqui neste lugar estranho?
MOÇA- moro aqui e você?
DUDU- Estou muito sozinho e resolvi procurar um amigo, você quer ser minha amiga ?
MOÇA-quero sim, mas com uma condição.
DUDU - Condição? Qual?
MOÇA -Quero um beijo de amor .
DUDU – Beijo de amor nem te conheço?
MOÇA - Tenho uma surpresa para você
NARRADOR - Dudu pensou e resolveu aceitar o beijo, da moça misteriosa.
DUDU - Aceito, mas tire o véu para que eu possa admirar a sua beleza!
MOÇA - não, só depois do beijo de amor.
DUDU ta bom,
NARRADOR – E Dudu fechou os olhos, os dois foram aproximando, e a moça misteriosa tirou o
véu, era uma horrível Bruxa, feia, velha e nariguda que tinha uma verruga na ponta do nariz. Mas
Dudu estava muito curioso para saber quem era a moça misteriosa, ele abriu um dos olhos antes do
beijo. Quase morreu de susto, Dudu caiu e saiu desesperado pela floresta com medo da feiúra da
bruxa. Que correu atrás de Dudu gritando e rindo.
BRUXA - Volte meu amor sou uma princesa enfeitiçada. O urso correu mais que pode e escondeu
atrás de uma pedra que tinha no meio da floresta e ficou ali esperando passar o medo, foi saindo e
escondendo atrás das árvores com medo que a bruxa estivesse escondida. E continuou pela floresta
suas pernas ainda estavam bambas de tanto correr da bruxa. Dudu estava mais cauteloso, quando
viu pelo caminho um cachorro e falou-
DUDU-Bom dia cachorro
CACHORRO-Bom dia
DUDU - Quer ser meu amigo?
CACHORRO - Você sabe jogar cartas ?
DUDU - não gosto de jogar cartas
CACHORRO - você quer aprender ?
DUDU - não gosto de jogar
CACHORRO - Então você não serve para ser meu amigo
NARRADOR - E foi saindo deixando Dudu sem ação. Dudu, ele continuou sua caminhada,quando
encontrou na floresta viu um jacaré que vinha com andado todo faceiro, jogando o rabo para lá e
para cá e logo disse.
DUDU - Bom dia jacaré
JACARÉ - Bom dia
DUDU- Quer ser meu amigo ?
JACARÉ - eu moro no lago você vem morar comigo?
DUDU - morar só no lago, estou fora.
JACARÉ - Então você não serve para ser meu amigo.
NARRADOR-e foi saindo todo faceiro, sem dar moral para o ursinho. Dudu pensou em voltar para
casa quando de longe ele ouviu um violão, era uma sapa que vinha pelo caminho e disse:
DUDU - sapa você quer ser minha amiga?
SAPA - Gosto de comer pizza de besouros com queijo, você quer comer comigo?
DUDU - pizza de besouros? Não gosto que nojo.
SAPA-então você não serve para ser meu amigo.
NARRADOR - E Dudu foi pelo caminho resmungando, pizza de besouros, nem pensar, credo,
quando ouviu um uivo ,era o lobo, que vinha pelo caminho e logo Dudu disse:
DUDU - Boa tarde Lobo
LOBO - Boa tarde
DUDU - quer ser meu amigo?
LOBO - Sou cantor famoso veja (o lobo canta música escolhida pelo grupo de teatro)
DUDU - não sei cantar
LOBO - Então você não serve para ser meu amigo.
NARRADOR - Dudu estava cansado, o sol estava muito quente, ele sentou em uma pedra que
encontrou pelo caminho, para descansar um pouco e viu que vinha de longe um porca pelo caminho
treinando boxe e disse:
DUDU - Boa tarde Porca
PORCA Boa tarde
DUDU - Quer ser minha amiga?
PORCA - luto boxe quer lutar comigo ?
DUDU - não gosto de boxe e perigoso
PORCA - então você não serve para ser meu amigo.
NARRADOR - Dudu continuou sua procura quando de um galho de árvore um macaco pulou e
Dudu logo disse:
DUDU - Boa tarde macaco
MACACO - Boa Tarde
DUDU - quer ser meu amigo?
MACACO - como banana, quer bananas?
DUDU - não gosto de bananas
MACACO - Então você não serve para ser meu amigo.
NARRADOR-e o macaco já pulou num galho e Dudu ficou triste, mais uma vez ele não tinha
conseguido nada.
Dudu estremeceu, ouviu um urro, era um leão que vinha pela floresta . Dudu pensou em correr
mais não deu tempo o leão chegou e disse:
LEAO- o que você esta fazendo em minha floresta?
NARRADOR - Dudu tremulo respondeu
DUDU - quero um amigo, quer ser meu amigo?
LEAO – amigo eu não preciso de amigo, sou rei dos animais e suma daqui,porque se não você vai
virar churrasco.suma.
NARRADOR - Dudu correu com medo de ser devorado. Dudu resolveu ir para casa, o dia foi
muito perigoso, bruxa pelo caminho, boxeador, leão, quando ouviu uma voz que vinha de longe que
cantava. Era outro urso que estava no lago pescando. O urso quando viu Dudu disse:
GUGU - Boa tarde
DUDU- Boa tarde,tchau
GUGU – Ei volte aqui venha pescar comigo no lago
DUDU - Estou indo para casa, estou cansado. Estava procurando um amigo, mas nada consegui
desisti.
GUGU- qual e seu nome?
DUDU - DUDU
DUDU- E o seu ?
GUGU - GUGU eu também estou procurando um amigo. Quer ser meu amigo?
DUDU - Você também esta a procura de um amigo ?
NARRADOR -Dudu saiu feliz da vida, pulando , gritando,porque encontrou finalmente um amigo.
GUGU - SIM
DUDU - Quero sim
NARRADOR - E os dois ursinhos se abraçaram de felicidade por agora serem amigos e saíram
pela floresta a cantar.
URSINHOS AMIGOS PARA SEMPRE SEREMOS IGUAIS A DOIS IRMÃOS ALEGRES
SEREMOS.
ESTA A HISTÓRIA DO URSINHO DUDU QUER UM AMIGO.


OBS: Moral da história, pode ser falado que aprendemos com as diferenças e que Dudu
perdeu muitas oportunidades de não aceita-las e etc. E pode fazer outros comentários
conforme o ponto de vista do narrador.

Mais conteúdo relacionado

Mais de LIVIA L.LAGE

Webquest o desafio para trabalhar com a Internet
Webquest o desafio para trabalhar com a InternetWebquest o desafio para trabalhar com a Internet
Webquest o desafio para trabalhar com a InternetLIVIA L.LAGE
 
Telescópio Espacial Hubble
Telescópio Espacial HubbleTelescópio Espacial Hubble
Telescópio Espacial HubbleLIVIA L.LAGE
 
Projeto educacional linux
Projeto educacional  linuxProjeto educacional  linux
Projeto educacional linuxLIVIA L.LAGE
 
Estatuto da criança e do adolescente
Estatuto da criança e do adolescenteEstatuto da criança e do adolescente
Estatuto da criança e do adolescenteLIVIA L.LAGE
 
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullying
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullyingCartilha 2010 justiça nas escolas -bullying
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullyingLIVIA L.LAGE
 
Teatro Infantil em Língua de Sinais
Teatro Infantil em Língua de SinaisTeatro Infantil em Língua de Sinais
Teatro Infantil em Língua de SinaisLIVIA L.LAGE
 
Criar uma apresentação de slide
Criar uma apresentação de slideCriar uma apresentação de slide
Criar uma apresentação de slideLIVIA L.LAGE
 
Português para surdos
Português para surdosPortuguês para surdos
Português para surdosLIVIA L.LAGE
 
Evolução do computador
Evolução do computadorEvolução do computador
Evolução do computadorLIVIA L.LAGE
 
Evolução do computador
Evolução do computadorEvolução do computador
Evolução do computadorLIVIA L.LAGE
 
Alongamento para quem usa o computador
Alongamento para quem usa o computadorAlongamento para quem usa o computador
Alongamento para quem usa o computadorLIVIA L.LAGE
 
Alongamento para quem usa o computador
Alongamento para quem usa o computadorAlongamento para quem usa o computador
Alongamento para quem usa o computadorLIVIA L.LAGE
 
Exercicios fisicos computador
Exercicios fisicos computadorExercicios fisicos computador
Exercicios fisicos computadorLIVIA L.LAGE
 
Evolução do computador
Evolução do computadorEvolução do computador
Evolução do computadorLIVIA L.LAGE
 
Todas bolas da Copa do Mundo
Todas bolas da Copa do MundoTodas bolas da Copa do Mundo
Todas bolas da Copa do MundoLIVIA L.LAGE
 

Mais de LIVIA L.LAGE (16)

Webquest o desafio para trabalhar com a Internet
Webquest o desafio para trabalhar com a InternetWebquest o desafio para trabalhar com a Internet
Webquest o desafio para trabalhar com a Internet
 
Telescópio Espacial Hubble
Telescópio Espacial HubbleTelescópio Espacial Hubble
Telescópio Espacial Hubble
 
Projeto educacional linux
Projeto educacional  linuxProjeto educacional  linux
Projeto educacional linux
 
Estatuto da criança e do adolescente
Estatuto da criança e do adolescenteEstatuto da criança e do adolescente
Estatuto da criança e do adolescente
 
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullying
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullyingCartilha 2010 justiça nas escolas -bullying
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullying
 
Teatro Infantil em Língua de Sinais
Teatro Infantil em Língua de SinaisTeatro Infantil em Língua de Sinais
Teatro Infantil em Língua de Sinais
 
Criar uma apresentação de slide
Criar uma apresentação de slideCriar uma apresentação de slide
Criar uma apresentação de slide
 
Português para surdos
Português para surdosPortuguês para surdos
Português para surdos
 
Evolução do computador
Evolução do computadorEvolução do computador
Evolução do computador
 
Evolução do computador
Evolução do computadorEvolução do computador
Evolução do computador
 
Alongamento para quem usa o computador
Alongamento para quem usa o computadorAlongamento para quem usa o computador
Alongamento para quem usa o computador
 
Alongamento para quem usa o computador
Alongamento para quem usa o computadorAlongamento para quem usa o computador
Alongamento para quem usa o computador
 
Exercicios fisicos computador
Exercicios fisicos computadorExercicios fisicos computador
Exercicios fisicos computador
 
Evolução do computador
Evolução do computadorEvolução do computador
Evolução do computador
 
Todas bolas da Copa do Mundo
Todas bolas da Copa do MundoTodas bolas da Copa do Mundo
Todas bolas da Copa do Mundo
 
Hino Nacional
Hino NacionalHino Nacional
Hino Nacional
 

Último

Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptxLuana240603
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxmariiiaaa1290
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 

Último (20)

Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 

Ursinho dudu quer um amigo (adaptado)

  • 1. O URSINHO DUDU QUER UM AMIGO (ADAPTADO) NARRADOR-Dudu era um urso que morava em uma floresta, mas ele era muito solitário. Cansado da solidão resolveu sair pela floresta à procura de um amigo que pudesse conversar e brincar. No outro dia quando galo cantou Dudu resolveu levantar, lavou seu rosto numa flor que estava cheia de orvalho, trancou sua casa e saiu pela floresta. Quando encontrou uma velhinha com uma cesta cheia de laranjas. E disse: DUDU: - Bom dia senhora. SENHORA: - Bom dia! DUDU: -A senhora quer ser minha amiga? SENHORA:- Eu colho laranjas, você quer colher laranjas comigo para me ajudar? DUDU; Não gosto de colher laranja. SENHORA: Então você não serve para ser meu amigo. Tchau! NARRADOR: Dudu continuou a sua caminhada, quando de longe, ele viu uma gata que vinha pelo dançando. E disse: DUDU: - Bom dia Gata. GATA:- Bom dia! DUDU-quer ser minha amiga? GATA-Sou professora de dança veja. Obs.: A gata faz uma demonstração para o urso da dança DUDU-não gosto de dançar. GATA-então você não serve para ser meu amigo, Tchau! NARRADOR - e a gata foi pelo caminho e o urso continuou a sua caminhada, quando viu devagarzinho ele viu um caracol e uma tartaruga e disse: DUDU - Bom dia, Caracol e Tartaruga.
  • 2. TARTARUGA E CARACOL - Bom dia DUDU-Quer minha amizade? TARTARUGA E CARACOL - Estamos correndo na floresta quer correr conosco? DUDU-não gosto de correr. TARTARUGA E CARACOL - Então você não serve para ser nosso amigo,Tchau! NARRADOR-e os dois foram saindo e Dudu ficou ali sozinho. O dia estava ensolarado, belas nuvens, joaninhas, pássaros voando e borboletas enfeitando o céu. Quando viu uma bela borboleta que voava e a chamou: DUDU: -Borboleta vem cá. Vem cá. NARRADOR - A borboleta foi descendo ao encontro do ursinho e perguntou: BORBOLETA - O que você quer? DUDU - Quero um amigo você quer ser minha amiga? BORBOLETA - Vivo enfeitando os céu e os jardins, vem voar comigo? DUDU-Não sei voar. BORBOLETA - Então você não serve para ser meu amigo ,Tchau! NARRADOR- voltou para céu deixando Dudu, muito triste,mas de repente ele ouviu passos estava ficando cada vez mais forte. Era um canguru, Dudu logo foi falando: DUDU - Bom dia! CANGURU - Bom dia DUDU - quer ser meu amigo? NARRADOR-O canguru olhou bem para ele e disse CANGURU - Quero não DUDU - Por quê? CANGURU - Por que você e muito feio NARRADOR – e foi saindo sumindo pela floresta deixando Dudu nervoso com tanta grosseria. Mas continuou a sua caminhada, quando de longe viu uma formiga que vinha carregando uma enorme folha nas costa e foi logo falando: DUDU - Boa tarde formiga! FORMIGA - Boa tarde! DUDU - Quer ser minha amiga? FORMIGA - vivo carregando folhas e alimento quer trabalhar comigo? DUDU - não gosto de trabalhar FORMIGA - Então você não serve para ser meu amigo Tchau! NARRADOR - E a formiga continuou seu trabalho e Dudu resolveu voltar para casa, já estava cansado, andou o dia todo e nada tinha conseguido. Chegou em casa e deitou e ficou lá pensando, o que teria de errado com ele, ninguém quis a sua amizade. Logo adormeceu. MUSICA DA NATUREZA RELÓGIO O dia amanheceu o galo cantou bonito e forte Dudu levantou e lavou seu rosto numa flor que estava cheia de orvalho e ficou pensando se ia procurar novamente um amigo, pois estava cansado do dia anterior. Pensou, pensou e resolveu voltar, quem sabe hoje teria mais sorte. Foi pelo caminho e ficou surpreso não conhecia aquela parte sombria, feia, com morcegos cheios de fumaça da floresta. Quando viu uma misteriosa moça que estava, com um véu cobrindo seu rosto. Ele ficou muito curioso, aproximou-se e disse - DUDU-Bom dia moça. MOÇA-Bom dia DUDU - o que faz aqui neste lugar estranho? MOÇA- moro aqui e você?
  • 3. DUDU- Estou muito sozinho e resolvi procurar um amigo, você quer ser minha amiga ? MOÇA-quero sim, mas com uma condição. DUDU - Condição? Qual? MOÇA -Quero um beijo de amor . DUDU – Beijo de amor nem te conheço? MOÇA - Tenho uma surpresa para você NARRADOR - Dudu pensou e resolveu aceitar o beijo, da moça misteriosa. DUDU - Aceito, mas tire o véu para que eu possa admirar a sua beleza! MOÇA - não, só depois do beijo de amor. DUDU ta bom, NARRADOR – E Dudu fechou os olhos, os dois foram aproximando, e a moça misteriosa tirou o véu, era uma horrível Bruxa, feia, velha e nariguda que tinha uma verruga na ponta do nariz. Mas Dudu estava muito curioso para saber quem era a moça misteriosa, ele abriu um dos olhos antes do beijo. Quase morreu de susto, Dudu caiu e saiu desesperado pela floresta com medo da feiúra da bruxa. Que correu atrás de Dudu gritando e rindo. BRUXA - Volte meu amor sou uma princesa enfeitiçada. O urso correu mais que pode e escondeu atrás de uma pedra que tinha no meio da floresta e ficou ali esperando passar o medo, foi saindo e escondendo atrás das árvores com medo que a bruxa estivesse escondida. E continuou pela floresta suas pernas ainda estavam bambas de tanto correr da bruxa. Dudu estava mais cauteloso, quando viu pelo caminho um cachorro e falou- DUDU-Bom dia cachorro CACHORRO-Bom dia DUDU - Quer ser meu amigo? CACHORRO - Você sabe jogar cartas ? DUDU - não gosto de jogar cartas CACHORRO - você quer aprender ? DUDU - não gosto de jogar CACHORRO - Então você não serve para ser meu amigo NARRADOR - E foi saindo deixando Dudu sem ação. Dudu, ele continuou sua caminhada,quando encontrou na floresta viu um jacaré que vinha com andado todo faceiro, jogando o rabo para lá e para cá e logo disse. DUDU - Bom dia jacaré JACARÉ - Bom dia DUDU- Quer ser meu amigo ? JACARÉ - eu moro no lago você vem morar comigo? DUDU - morar só no lago, estou fora. JACARÉ - Então você não serve para ser meu amigo. NARRADOR-e foi saindo todo faceiro, sem dar moral para o ursinho. Dudu pensou em voltar para casa quando de longe ele ouviu um violão, era uma sapa que vinha pelo caminho e disse: DUDU - sapa você quer ser minha amiga? SAPA - Gosto de comer pizza de besouros com queijo, você quer comer comigo? DUDU - pizza de besouros? Não gosto que nojo. SAPA-então você não serve para ser meu amigo. NARRADOR - E Dudu foi pelo caminho resmungando, pizza de besouros, nem pensar, credo, quando ouviu um uivo ,era o lobo, que vinha pelo caminho e logo Dudu disse: DUDU - Boa tarde Lobo LOBO - Boa tarde DUDU - quer ser meu amigo? LOBO - Sou cantor famoso veja (o lobo canta música escolhida pelo grupo de teatro) DUDU - não sei cantar LOBO - Então você não serve para ser meu amigo. NARRADOR - Dudu estava cansado, o sol estava muito quente, ele sentou em uma pedra que
  • 4. encontrou pelo caminho, para descansar um pouco e viu que vinha de longe um porca pelo caminho treinando boxe e disse: DUDU - Boa tarde Porca PORCA Boa tarde DUDU - Quer ser minha amiga? PORCA - luto boxe quer lutar comigo ? DUDU - não gosto de boxe e perigoso PORCA - então você não serve para ser meu amigo. NARRADOR - Dudu continuou sua procura quando de um galho de árvore um macaco pulou e Dudu logo disse: DUDU - Boa tarde macaco MACACO - Boa Tarde DUDU - quer ser meu amigo? MACACO - como banana, quer bananas? DUDU - não gosto de bananas MACACO - Então você não serve para ser meu amigo. NARRADOR-e o macaco já pulou num galho e Dudu ficou triste, mais uma vez ele não tinha conseguido nada. Dudu estremeceu, ouviu um urro, era um leão que vinha pela floresta . Dudu pensou em correr mais não deu tempo o leão chegou e disse: LEAO- o que você esta fazendo em minha floresta? NARRADOR - Dudu tremulo respondeu DUDU - quero um amigo, quer ser meu amigo? LEAO – amigo eu não preciso de amigo, sou rei dos animais e suma daqui,porque se não você vai virar churrasco.suma. NARRADOR - Dudu correu com medo de ser devorado. Dudu resolveu ir para casa, o dia foi muito perigoso, bruxa pelo caminho, boxeador, leão, quando ouviu uma voz que vinha de longe que cantava. Era outro urso que estava no lago pescando. O urso quando viu Dudu disse: GUGU - Boa tarde DUDU- Boa tarde,tchau GUGU – Ei volte aqui venha pescar comigo no lago DUDU - Estou indo para casa, estou cansado. Estava procurando um amigo, mas nada consegui desisti. GUGU- qual e seu nome? DUDU - DUDU DUDU- E o seu ? GUGU - GUGU eu também estou procurando um amigo. Quer ser meu amigo? DUDU - Você também esta a procura de um amigo ? NARRADOR -Dudu saiu feliz da vida, pulando , gritando,porque encontrou finalmente um amigo. GUGU - SIM DUDU - Quero sim NARRADOR - E os dois ursinhos se abraçaram de felicidade por agora serem amigos e saíram pela floresta a cantar. URSINHOS AMIGOS PARA SEMPRE SEREMOS IGUAIS A DOIS IRMÃOS ALEGRES SEREMOS. ESTA A HISTÓRIA DO URSINHO DUDU QUER UM AMIGO. OBS: Moral da história, pode ser falado que aprendemos com as diferenças e que Dudu perdeu muitas oportunidades de não aceita-las e etc. E pode fazer outros comentários conforme o ponto de vista do narrador.