SlideShare uma empresa Scribd logo
Texto narrativo
Conteúdo

Estrutura
Gramática

Exercício 1
Exercício 2

Os textos narrativos servem para contar histórias.
Podemos fazer isso através da oralidade, quando
contamos algo que imaginamos, ou através da escrita.
Os relatos de algo que aconteceu na realidade
também são textos narrativos e têm todas as
características que vais ver agora.
Os modelos mais comuns de texto narrativo que
já conheces são os contos (tradicionais e de autor),
as lendas, as fábulas.
Texto narrativo
Conteúdo

Estrutura
Gramática

Exercício 1
Exercício 2

introdução
A primeira parte, a que podes chamar introdução, serve para nos
apresentar a situação inicial, que deve incluir o quando, o quem e o onde.
Por vezes, nesta primeira parte temos já informação sobre o quê.

Observa:
Há muito tempo, vivia na China, um Imperador muito rico e poderoso.

Quando: Há muito tempo
O quê: vivia
Onde: na China
Quem: um Imperador muito rico e poderoso
É muito importante que, quando começas a ler um texto narrativo, procures
identificar desde logo estas informações, porque elas vão ajudar-te a compreender
melhor o texto. Se, pelo contrário, te preparas para escrever um texto narrativo,
deves definir bem estas informações para as incluíres logo no início do texto.
Texto narrativo
Conteúdo

Estrutura
Gramática

Exercício 1
Exercício 2

desenvolvimento
No desenvolvimento da história há duas partes:

Problema inicial

Trata-se do acontecimento desencadeador
da ação. Se pensares em histórias
tradicionais que conheces, vais facilmente
identificar esse problema (pode ser o
príncipe que se apaixona e quer casar, a
bruxa que quer fazer mal a alguém, um
pobre que tem de enriquecer, ou outro
problema qualquer).

Acontecimentos

É nesta parte que se pretende resolver o
problema inicial da história. Normalmente
aqui entram outras personagens que
podem ajudar a personagem principal a
resolver o problema ou complicar-lhe a
vida. Se estiveres a escrever uma história,
deves imaginar cada acontecimento,
definindo bem onde e quando se passa,
bem como quem participa. Esta é a parte
mais longa da história.
Texto narrativo
Conteúdo

Estrutura
Gramática

Exercício 1
Exercício 2

conclusão
Trata-se da parte do texto em que se mostra a solução para o problema inicial.

Observa:
Então a rainha foi declarar ao príncipe que era realmente uma princesa
verdadeira, porque em cima de vinte colchões e de vinte acolchoados de penas
sentia a ervilha que lá pusera para a experimentar. Só uma princesa
verdadeira podia ter uma pele tão sensível.
Texto narrativo
Conteúdo

Estrutura
Gramática

Exercício 1
Exercício 2

Exercício 1

Escolhe a opção correta para cada afirmação.
(clica e descobre!)

Encontro a situação inicial
da história

Introdução

Desenvolvimento Conclusão

A solução do problema
inicial encontra-se

Introdução

Desenvolvimento Conclusão

Encontro vários
acontecimentos da história

Introdução

Desenvolvimento Conclusão

A apresentação da
personagem principal é feita

Introdução

Desenvolvimento Conclusão

As personagens secundárias que
ajudam/complicam aparecem

Introdução

Desenvolvimento Conclusão

Clica aqui para aprenderes mais sobre o texto narrativo
Texto narrativo
Conteúdo

Estrutura
Gramática

Exercício 1
Exercício 2

Para poderes escrever uma história, tens de
definir previamente vários conteúdos.
principal

as mais importantes, que estão
envolvidas com o problema inicial,
e que se mantém ao longo da história

secundária

que apareçam pelo meio, para ajudar, ou
não, as personagens mais importantes

Personagem

Conteúdo Espaço

o local onde a história acontece

Tempo

quando é que a história acontece e
quanto tempo ela demora

Ação

apresentação dos vários acontecimentos

Narrador

quem conta a história
(pode ou não ser personagem)
Texto narrativo
Conteúdo

Estrutura
Gramática

Exercício 1
Exercício 2

Nos textos narrativos há alguns aspetos de gramática
que deves ter em conta.
Uso de verbos que indicam ações no
pretérito perfeito e no pretérito imperfeito

A mãe colheu...
O sol faiscava...

Uso de verbos para introdução das falas das
personagens, no pretérito perfeito

E a mãe respondeu: (...)
Um dia queixou-se: (...)

Uso de verbos no presente,
nas falas das personagens

- Pai, pai, estou farta!
- Estas são as feridas do amor (...)

Uso de dois pontos, parágrafo e
travessão nas falas das personagens

...acordou e disse:
- Minha mãe, ...

Uso de adjetivos e verbos no
pretérito imperfeito nas descrições

...tinha por olhos duas
brilhantes safiras...

Uso de advérbios na narração

Ele gritou bastante.
O aluno chegou agora.

Uso de conectores para ligar ideias,
frases e parágrafos

A andorinha chegou mas
não havia beirais...
Texto narrativo
Conteúdo

Estrutura
Gramática

Exercício 1
Exercício 2

Exercício 2

Lê o texto. Quais os verbos no pretérito perfeito?
(clica e descobre!)

A mãe obedeceu.
Na manhã seguinte, acordou e disse:
— Minha mãe, quero ver se o orvalho da noite manchou aquelas
florinhas. O sol faiscava nos arvoredos e nas plantas. Apenas
chegou encheu-se de contentamento, os largos molhos de
hortênsias estavam cobertos de formosíssimos tons rosados,
roxos, vermelhos, amarelos e azuis. E por entre aqueles
ramalhetes cintilantes de vida, António passou alguns momentos
de felicidade (...).
Text narrativo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fichas avaliacao mensal 2º ano
Fichas avaliacao mensal 2º anoFichas avaliacao mensal 2º ano
Fichas avaliacao mensal 2º ano
Elisabete Luz
 
Teste PLNM outubro
Teste PLNM outubroTeste PLNM outubro
Teste PLNM outubro
Irina Duque
 
1 avaliação 18-concurso de leitura
1  avaliação  18-concurso de leitura1  avaliação  18-concurso de leitura
1 avaliação 18-concurso de leitura
MariaJoao Sousa
 
O diálogo
O diálogoO diálogo
O diálogo
AnaCalvario1972
 
Números ordinais 2º ano
Números ordinais 2º anoNúmeros ordinais 2º ano
Números ordinais 2º ano
Sónia Rodrigues
 
Teste de avaliação. ou aferição a2 .formação claudia
Teste de avaliação.  ou aferição a2 .formação claudiaTeste de avaliação.  ou aferição a2 .formação claudia
Teste de avaliação. ou aferição a2 .formação claudia
paulaoliveiraoliveir2
 
Autobiografia: proposta de produção textual
Autobiografia: proposta de produção textualAutobiografia: proposta de produção textual
Autobiografia: proposta de produção textual
Maria Cecilia Silva
 
Exercícios verbos modo indicativo
Exercícios verbos modo indicativoExercícios verbos modo indicativo
Exercícios verbos modo indicativo
Luisa Cristina Rothe Mayer
 
Ficha informativa de determinantes
Ficha informativa de determinantesFicha informativa de determinantes
Ficha informativa de determinantes
gifamiliar
 
Ficha formativa_ Discurso Direto e Indireto
Ficha formativa_ Discurso Direto e IndiretoFicha formativa_ Discurso Direto e Indireto
Ficha formativa_ Discurso Direto e Indireto
Raquel Antunes
 
Gramatica - Fichas
Gramatica - FichasGramatica - Fichas
Gramatica - Fichas
guest899e50
 
Quantificadores
QuantificadoresQuantificadores
Quantificadores
Rosalina Simão Nunes
 
Pretérito imperfeito do indicativo exercícios portugues PLE
Pretérito imperfeito do indicativo exercícios portugues PLEPretérito imperfeito do indicativo exercícios portugues PLE
Pretérito imperfeito do indicativo exercícios portugues PLE
Luisa Cristina Rothe Mayer
 
Conto
ContoConto
Gramática 2.º ano
Gramática 2.º anoGramática 2.º ano
Gramática 2.º ano
Miguel de Carvalho
 
Adjetivo 7º ano
Adjetivo 7º anoAdjetivo 7º ano
Adjetivo 7º ano
RosangelaCruz18
 
Decomposição de números
Decomposição de númerosDecomposição de números
Decomposição de números
Sissi Almeida
 
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativosFicha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Inês Robalo
 
Ficha de avaliação nº 4 junho 2021
Ficha de avaliação nº 4   junho 2021Ficha de avaliação nº 4   junho 2021
Ficha de avaliação nº 4 junho 2021
Margarida Gomes
 
Acentuacao grafica exercicios
Acentuacao grafica exerciciosAcentuacao grafica exercicios
Acentuacao grafica exercicios
Emerson Assis
 

Mais procurados (20)

Fichas avaliacao mensal 2º ano
Fichas avaliacao mensal 2º anoFichas avaliacao mensal 2º ano
Fichas avaliacao mensal 2º ano
 
Teste PLNM outubro
Teste PLNM outubroTeste PLNM outubro
Teste PLNM outubro
 
1 avaliação 18-concurso de leitura
1  avaliação  18-concurso de leitura1  avaliação  18-concurso de leitura
1 avaliação 18-concurso de leitura
 
O diálogo
O diálogoO diálogo
O diálogo
 
Números ordinais 2º ano
Números ordinais 2º anoNúmeros ordinais 2º ano
Números ordinais 2º ano
 
Teste de avaliação. ou aferição a2 .formação claudia
Teste de avaliação.  ou aferição a2 .formação claudiaTeste de avaliação.  ou aferição a2 .formação claudia
Teste de avaliação. ou aferição a2 .formação claudia
 
Autobiografia: proposta de produção textual
Autobiografia: proposta de produção textualAutobiografia: proposta de produção textual
Autobiografia: proposta de produção textual
 
Exercícios verbos modo indicativo
Exercícios verbos modo indicativoExercícios verbos modo indicativo
Exercícios verbos modo indicativo
 
Ficha informativa de determinantes
Ficha informativa de determinantesFicha informativa de determinantes
Ficha informativa de determinantes
 
Ficha formativa_ Discurso Direto e Indireto
Ficha formativa_ Discurso Direto e IndiretoFicha formativa_ Discurso Direto e Indireto
Ficha formativa_ Discurso Direto e Indireto
 
Gramatica - Fichas
Gramatica - FichasGramatica - Fichas
Gramatica - Fichas
 
Quantificadores
QuantificadoresQuantificadores
Quantificadores
 
Pretérito imperfeito do indicativo exercícios portugues PLE
Pretérito imperfeito do indicativo exercícios portugues PLEPretérito imperfeito do indicativo exercícios portugues PLE
Pretérito imperfeito do indicativo exercícios portugues PLE
 
Conto
ContoConto
Conto
 
Gramática 2.º ano
Gramática 2.º anoGramática 2.º ano
Gramática 2.º ano
 
Adjetivo 7º ano
Adjetivo 7º anoAdjetivo 7º ano
Adjetivo 7º ano
 
Decomposição de números
Decomposição de númerosDecomposição de números
Decomposição de números
 
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativosFicha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativos
 
Ficha de avaliação nº 4 junho 2021
Ficha de avaliação nº 4   junho 2021Ficha de avaliação nº 4   junho 2021
Ficha de avaliação nº 4 junho 2021
 
Acentuacao grafica exercicios
Acentuacao grafica exerciciosAcentuacao grafica exercicios
Acentuacao grafica exercicios
 

Destaque

Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
Sónia Fernandes
 
D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02
D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02
D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02
Maria Ferreira
 
Texto Narrativo Categorias
Texto Narrativo CategoriasTexto Narrativo Categorias
Texto Narrativo Categorias
Elsa Maximiano
 
Verbo
VerboVerbo
Rabes 100131032143-phpapp01
Rabes 100131032143-phpapp01Rabes 100131032143-phpapp01
Rabes 100131032143-phpapp01
Maria Ferreira
 
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02
Maria Ferreira
 
Grausdosadjetivos 111009132635-phpapp01
Grausdosadjetivos 111009132635-phpapp01Grausdosadjetivos 111009132635-phpapp01
Grausdosadjetivos 111009132635-phpapp01
Maria Ferreira
 
Tiposdefrase 121020050310-phpapp02
Tiposdefrase 121020050310-phpapp02Tiposdefrase 121020050310-phpapp02
Tiposdefrase 121020050310-phpapp02
Maria Ferreira
 
Tiposdetexto 121020050344-phpapp01
Tiposdetexto 121020050344-phpapp01Tiposdetexto 121020050344-phpapp01
Tiposdetexto 121020050344-phpapp01
Maria Ferreira
 
Adverbio 140218123245-phpapp02
Adverbio 140218123245-phpapp02Adverbio 140218123245-phpapp02
Adverbio 140218123245-phpapp02
Maria Ferreira
 
Det posse
Det posseDet posse
Det posse
Maria Ferreira
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
Cynthia Funchal
 
Slides narração
Slides narraçãoSlides narração
Slides narração
blogdoalunocefa
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
A. Simoes
 
Resumo da gramática - classe de palavras
Resumo da gramática - classe de palavrasResumo da gramática - classe de palavras
Resumo da gramática - classe de palavras
Lurdes Augusto
 
Cfakepathosromanos 091117115733-phpapp02
Cfakepathosromanos 091117115733-phpapp02Cfakepathosromanos 091117115733-phpapp02
Cfakepathosromanos 091117115733-phpapp02
Maria Ferreira
 
Ospovos 100302145430-phpapp02
Ospovos 100302145430-phpapp02Ospovos 100302145430-phpapp02
Ospovos 100302145430-phpapp02
Maria Ferreira
 
Descricao de_personagens_ppt
 Descricao de_personagens_ppt Descricao de_personagens_ppt
Descricao de_personagens_ppt
Maria Ferreira
 
Os adjetivos
Os adjetivosOs adjetivos
Os adjetivos
Maria Ferreira
 
Traços característicos de textos narrativos
Traços característicos de textos narrativosTraços característicos de textos narrativos
Traços característicos de textos narrativos
Maristela Couto
 

Destaque (20)

Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02
D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02
D pedroed-insdecastroumatrgicahistriadeamor-090312060204-phpapp02
 
Texto Narrativo Categorias
Texto Narrativo CategoriasTexto Narrativo Categorias
Texto Narrativo Categorias
 
Verbo
VerboVerbo
Verbo
 
Rabes 100131032143-phpapp01
Rabes 100131032143-phpapp01Rabes 100131032143-phpapp01
Rabes 100131032143-phpapp01
 
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02
 
Grausdosadjetivos 111009132635-phpapp01
Grausdosadjetivos 111009132635-phpapp01Grausdosadjetivos 111009132635-phpapp01
Grausdosadjetivos 111009132635-phpapp01
 
Tiposdefrase 121020050310-phpapp02
Tiposdefrase 121020050310-phpapp02Tiposdefrase 121020050310-phpapp02
Tiposdefrase 121020050310-phpapp02
 
Tiposdetexto 121020050344-phpapp01
Tiposdetexto 121020050344-phpapp01Tiposdetexto 121020050344-phpapp01
Tiposdetexto 121020050344-phpapp01
 
Adverbio 140218123245-phpapp02
Adverbio 140218123245-phpapp02Adverbio 140218123245-phpapp02
Adverbio 140218123245-phpapp02
 
Det posse
Det posseDet posse
Det posse
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
Slides narração
Slides narraçãoSlides narração
Slides narração
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
Resumo da gramática - classe de palavras
Resumo da gramática - classe de palavrasResumo da gramática - classe de palavras
Resumo da gramática - classe de palavras
 
Cfakepathosromanos 091117115733-phpapp02
Cfakepathosromanos 091117115733-phpapp02Cfakepathosromanos 091117115733-phpapp02
Cfakepathosromanos 091117115733-phpapp02
 
Ospovos 100302145430-phpapp02
Ospovos 100302145430-phpapp02Ospovos 100302145430-phpapp02
Ospovos 100302145430-phpapp02
 
Descricao de_personagens_ppt
 Descricao de_personagens_ppt Descricao de_personagens_ppt
Descricao de_personagens_ppt
 
Os adjetivos
Os adjetivosOs adjetivos
Os adjetivos
 
Traços característicos de textos narrativos
Traços característicos de textos narrativosTraços característicos de textos narrativos
Traços característicos de textos narrativos
 

Semelhante a Text narrativo

Apostila redacaodiscursiva fcc
Apostila redacaodiscursiva fccApostila redacaodiscursiva fcc
Apostila redacaodiscursiva fcc
Cleber Pereira de Sousa
 
Aula 08 português.text.marked
Aula 08   português.text.markedAula 08   português.text.marked
Aula 08 português.text.marked
HELIO ALVES
 
Aula 08 português.text.marked
Aula 08   português.text.markedAula 08   português.text.marked
Aula 08 português.text.marked
HELIO ALVES
 
Aula 2 - Tipos Textuais Língua portuguesa
Aula 2 - Tipos Textuais Língua portuguesaAula 2 - Tipos Textuais Língua portuguesa
Aula 2 - Tipos Textuais Língua portuguesa
marcelosallas14021
 
Plano de aula contos 3 ano
Plano de aula contos 3 anoPlano de aula contos 3 ano
Plano de aula contos 3 ano
luciane ferreira da costa
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 5-6
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 5-6Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 5-6
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 5-6
luisprista
 
Os dez pecados mortais de uma narrativa
Os dez pecados mortais de uma narrativaOs dez pecados mortais de uma narrativa
Os dez pecados mortais de uma narrativa
Maria De Lourdes Ramos
 
Produção de texto
Produção de textoProdução de texto
Produção de texto
Professora Sonia Amaral
 
Sugestao avaliacao 3a serie
Sugestao avaliacao 3a serieSugestao avaliacao 3a serie
Sugestao avaliacao 3a serie
Bianca Pagotto
 
Aula5
Aula5Aula5
05
0505
Tipologia e gênero textual
Tipologia e gênero textualTipologia e gênero textual
Tipologia e gênero textual
Andriane Cursino
 
Gênero textual narrativo do Ensino Médio: conto
Gênero textual narrativo do Ensino Médio: contoGênero textual narrativo do Ensino Médio: conto
Gênero textual narrativo do Ensino Médio: conto
Eduardo Almeida Falleiros Terçariol
 
o que aprendi sobre contos, organização, estrutura
o que aprendi sobre contos, organização, estruturao que aprendi sobre contos, organização, estrutura
o que aprendi sobre contos, organização, estrutura
ssuser784e30
 

Semelhante a Text narrativo (14)

Apostila redacaodiscursiva fcc
Apostila redacaodiscursiva fccApostila redacaodiscursiva fcc
Apostila redacaodiscursiva fcc
 
Aula 08 português.text.marked
Aula 08   português.text.markedAula 08   português.text.marked
Aula 08 português.text.marked
 
Aula 08 português.text.marked
Aula 08   português.text.markedAula 08   português.text.marked
Aula 08 português.text.marked
 
Aula 2 - Tipos Textuais Língua portuguesa
Aula 2 - Tipos Textuais Língua portuguesaAula 2 - Tipos Textuais Língua portuguesa
Aula 2 - Tipos Textuais Língua portuguesa
 
Plano de aula contos 3 ano
Plano de aula contos 3 anoPlano de aula contos 3 ano
Plano de aula contos 3 ano
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 5-6
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 5-6Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 5-6
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 5-6
 
Os dez pecados mortais de uma narrativa
Os dez pecados mortais de uma narrativaOs dez pecados mortais de uma narrativa
Os dez pecados mortais de uma narrativa
 
Produção de texto
Produção de textoProdução de texto
Produção de texto
 
Sugestao avaliacao 3a serie
Sugestao avaliacao 3a serieSugestao avaliacao 3a serie
Sugestao avaliacao 3a serie
 
Aula5
Aula5Aula5
Aula5
 
05
0505
05
 
Tipologia e gênero textual
Tipologia e gênero textualTipologia e gênero textual
Tipologia e gênero textual
 
Gênero textual narrativo do Ensino Médio: conto
Gênero textual narrativo do Ensino Médio: contoGênero textual narrativo do Ensino Médio: conto
Gênero textual narrativo do Ensino Médio: conto
 
o que aprendi sobre contos, organização, estrutura
o que aprendi sobre contos, organização, estruturao que aprendi sobre contos, organização, estrutura
o que aprendi sobre contos, organização, estrutura
 

Mais de Maria Ferreira

Liberdade viseu pdf
Liberdade  viseu pdfLiberdade  viseu pdf
Liberdade viseu pdf
Maria Ferreira
 
Ashoraseosminutos 140502103917-phpapp02
Ashoraseosminutos 140502103917-phpapp02Ashoraseosminutos 140502103917-phpapp02
Ashoraseosminutos 140502103917-phpapp02
Maria Ferreira
 
Exibio trabalharcomocompassocorrigido-130118123004-phpapp02
Exibio trabalharcomocompassocorrigido-130118123004-phpapp02Exibio trabalharcomocompassocorrigido-130118123004-phpapp02
Exibio trabalharcomocompassocorrigido-130118123004-phpapp02
Maria Ferreira
 
Contomatilde rosa-araujomisterios-140221050511-phpapp02
Contomatilde rosa-araujomisterios-140221050511-phpapp02Contomatilde rosa-araujomisterios-140221050511-phpapp02
Contomatilde rosa-araujomisterios-140221050511-phpapp02
Maria Ferreira
 
Matilderosaarajo vidaeobra-110702052259-phpapp02
Matilderosaarajo vidaeobra-110702052259-phpapp02Matilderosaarajo vidaeobra-110702052259-phpapp02
Matilderosaarajo vidaeobra-110702052259-phpapp02
Maria Ferreira
 
Exibio 2ano-diagramasdevennedecarroll-131118082447-phpapp01
Exibio 2ano-diagramasdevennedecarroll-131118082447-phpapp01Exibio 2ano-diagramasdevennedecarroll-131118082447-phpapp01
Exibio 2ano-diagramasdevennedecarroll-131118082447-phpapp01
Maria Ferreira
 
Easter vocabulary4
Easter vocabulary4Easter vocabulary4
Easter vocabulary4
Maria Ferreira
 
Months and seasons
Months and seasonsMonths and seasons
Months and seasons
Maria Ferreira
 
Exibiosimetrias 130112111520-phpapp02
Exibiosimetrias 130112111520-phpapp02Exibiosimetrias 130112111520-phpapp02
Exibiosimetrias 130112111520-phpapp02
Maria Ferreira
 
Conto oscar wild-principe-feliz
Conto oscar wild-principe-felizConto oscar wild-principe-feliz
Conto oscar wild-principe-feliz
Maria Ferreira
 
Preposicao
PreposicaoPreposicao
Preposicao
Maria Ferreira
 
Uniaoeuropeialeonor 140306170909-phpapp02
Uniaoeuropeialeonor 140306170909-phpapp02Uniaoeuropeialeonor 140306170909-phpapp02
Uniaoeuropeialeonor 140306170909-phpapp02
Maria Ferreira
 
Exibio diagramadecauleefolhas-130120161545-phpapp02-140116174819-phpapp01
Exibio diagramadecauleefolhas-130120161545-phpapp02-140116174819-phpapp01Exibio diagramadecauleefolhas-130120161545-phpapp02-140116174819-phpapp01
Exibio diagramadecauleefolhas-130120161545-phpapp02-140116174819-phpapp01
Maria Ferreira
 
O beijo da palavrinha 2 mia couto
O beijo da palavrinha 2 mia coutoO beijo da palavrinha 2 mia couto
O beijo da palavrinha 2 mia coutoMaria Ferreira
 
Hist+¦ria adivinha quanto eu gosto de ti.12
Hist+¦ria adivinha quanto eu gosto de ti.12Hist+¦ria adivinha quanto eu gosto de ti.12
Hist+¦ria adivinha quanto eu gosto de ti.12
Maria Ferreira
 
Aspectos da costa_p._point
Aspectos da costa_p._pointAspectos da costa_p._point
Aspectos da costa_p._point
Maria Ferreira
 
Det artigos
Det artigosDet artigos
Det artigos
Maria Ferreira
 
Exibio retassemirretasesegmentosderetaretasparalelaseperpendicularescorrigido...
Exibio retassemirretasesegmentosderetaretasparalelaseperpendicularescorrigido...Exibio retassemirretasesegmentosderetaretasparalelaseperpendicularescorrigido...
Exibio retassemirretasesegmentosderetaretasparalelaseperpendicularescorrigido...
Maria Ferreira
 
Rios de portugal
Rios de portugalRios de portugal
Rios de portugal
Maria Ferreira
 
Osastros 2-130422170827-phpapp02
Osastros 2-130422170827-phpapp02Osastros 2-130422170827-phpapp02
Osastros 2-130422170827-phpapp02
Maria Ferreira
 

Mais de Maria Ferreira (20)

Liberdade viseu pdf
Liberdade  viseu pdfLiberdade  viseu pdf
Liberdade viseu pdf
 
Ashoraseosminutos 140502103917-phpapp02
Ashoraseosminutos 140502103917-phpapp02Ashoraseosminutos 140502103917-phpapp02
Ashoraseosminutos 140502103917-phpapp02
 
Exibio trabalharcomocompassocorrigido-130118123004-phpapp02
Exibio trabalharcomocompassocorrigido-130118123004-phpapp02Exibio trabalharcomocompassocorrigido-130118123004-phpapp02
Exibio trabalharcomocompassocorrigido-130118123004-phpapp02
 
Contomatilde rosa-araujomisterios-140221050511-phpapp02
Contomatilde rosa-araujomisterios-140221050511-phpapp02Contomatilde rosa-araujomisterios-140221050511-phpapp02
Contomatilde rosa-araujomisterios-140221050511-phpapp02
 
Matilderosaarajo vidaeobra-110702052259-phpapp02
Matilderosaarajo vidaeobra-110702052259-phpapp02Matilderosaarajo vidaeobra-110702052259-phpapp02
Matilderosaarajo vidaeobra-110702052259-phpapp02
 
Exibio 2ano-diagramasdevennedecarroll-131118082447-phpapp01
Exibio 2ano-diagramasdevennedecarroll-131118082447-phpapp01Exibio 2ano-diagramasdevennedecarroll-131118082447-phpapp01
Exibio 2ano-diagramasdevennedecarroll-131118082447-phpapp01
 
Easter vocabulary4
Easter vocabulary4Easter vocabulary4
Easter vocabulary4
 
Months and seasons
Months and seasonsMonths and seasons
Months and seasons
 
Exibiosimetrias 130112111520-phpapp02
Exibiosimetrias 130112111520-phpapp02Exibiosimetrias 130112111520-phpapp02
Exibiosimetrias 130112111520-phpapp02
 
Conto oscar wild-principe-feliz
Conto oscar wild-principe-felizConto oscar wild-principe-feliz
Conto oscar wild-principe-feliz
 
Preposicao
PreposicaoPreposicao
Preposicao
 
Uniaoeuropeialeonor 140306170909-phpapp02
Uniaoeuropeialeonor 140306170909-phpapp02Uniaoeuropeialeonor 140306170909-phpapp02
Uniaoeuropeialeonor 140306170909-phpapp02
 
Exibio diagramadecauleefolhas-130120161545-phpapp02-140116174819-phpapp01
Exibio diagramadecauleefolhas-130120161545-phpapp02-140116174819-phpapp01Exibio diagramadecauleefolhas-130120161545-phpapp02-140116174819-phpapp01
Exibio diagramadecauleefolhas-130120161545-phpapp02-140116174819-phpapp01
 
O beijo da palavrinha 2 mia couto
O beijo da palavrinha 2 mia coutoO beijo da palavrinha 2 mia couto
O beijo da palavrinha 2 mia couto
 
Hist+¦ria adivinha quanto eu gosto de ti.12
Hist+¦ria adivinha quanto eu gosto de ti.12Hist+¦ria adivinha quanto eu gosto de ti.12
Hist+¦ria adivinha quanto eu gosto de ti.12
 
Aspectos da costa_p._point
Aspectos da costa_p._pointAspectos da costa_p._point
Aspectos da costa_p._point
 
Det artigos
Det artigosDet artigos
Det artigos
 
Exibio retassemirretasesegmentosderetaretasparalelaseperpendicularescorrigido...
Exibio retassemirretasesegmentosderetaretasparalelaseperpendicularescorrigido...Exibio retassemirretasesegmentosderetaretasparalelaseperpendicularescorrigido...
Exibio retassemirretasesegmentosderetaretasparalelaseperpendicularescorrigido...
 
Rios de portugal
Rios de portugalRios de portugal
Rios de portugal
 
Osastros 2-130422170827-phpapp02
Osastros 2-130422170827-phpapp02Osastros 2-130422170827-phpapp02
Osastros 2-130422170827-phpapp02
 

Text narrativo

  • 1.
  • 2. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 Os textos narrativos servem para contar histórias. Podemos fazer isso através da oralidade, quando contamos algo que imaginamos, ou através da escrita. Os relatos de algo que aconteceu na realidade também são textos narrativos e têm todas as características que vais ver agora. Os modelos mais comuns de texto narrativo que já conheces são os contos (tradicionais e de autor), as lendas, as fábulas.
  • 3. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 introdução A primeira parte, a que podes chamar introdução, serve para nos apresentar a situação inicial, que deve incluir o quando, o quem e o onde. Por vezes, nesta primeira parte temos já informação sobre o quê. Observa: Há muito tempo, vivia na China, um Imperador muito rico e poderoso. Quando: Há muito tempo O quê: vivia Onde: na China Quem: um Imperador muito rico e poderoso É muito importante que, quando começas a ler um texto narrativo, procures identificar desde logo estas informações, porque elas vão ajudar-te a compreender melhor o texto. Se, pelo contrário, te preparas para escrever um texto narrativo, deves definir bem estas informações para as incluíres logo no início do texto.
  • 4. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 desenvolvimento No desenvolvimento da história há duas partes: Problema inicial Trata-se do acontecimento desencadeador da ação. Se pensares em histórias tradicionais que conheces, vais facilmente identificar esse problema (pode ser o príncipe que se apaixona e quer casar, a bruxa que quer fazer mal a alguém, um pobre que tem de enriquecer, ou outro problema qualquer). Acontecimentos É nesta parte que se pretende resolver o problema inicial da história. Normalmente aqui entram outras personagens que podem ajudar a personagem principal a resolver o problema ou complicar-lhe a vida. Se estiveres a escrever uma história, deves imaginar cada acontecimento, definindo bem onde e quando se passa, bem como quem participa. Esta é a parte mais longa da história.
  • 5. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 conclusão Trata-se da parte do texto em que se mostra a solução para o problema inicial. Observa: Então a rainha foi declarar ao príncipe que era realmente uma princesa verdadeira, porque em cima de vinte colchões e de vinte acolchoados de penas sentia a ervilha que lá pusera para a experimentar. Só uma princesa verdadeira podia ter uma pele tão sensível.
  • 6. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 Exercício 1 Escolhe a opção correta para cada afirmação. (clica e descobre!) Encontro a situação inicial da história Introdução Desenvolvimento Conclusão A solução do problema inicial encontra-se Introdução Desenvolvimento Conclusão Encontro vários acontecimentos da história Introdução Desenvolvimento Conclusão A apresentação da personagem principal é feita Introdução Desenvolvimento Conclusão As personagens secundárias que ajudam/complicam aparecem Introdução Desenvolvimento Conclusão Clica aqui para aprenderes mais sobre o texto narrativo
  • 7. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 Para poderes escrever uma história, tens de definir previamente vários conteúdos. principal as mais importantes, que estão envolvidas com o problema inicial, e que se mantém ao longo da história secundária que apareçam pelo meio, para ajudar, ou não, as personagens mais importantes Personagem Conteúdo Espaço o local onde a história acontece Tempo quando é que a história acontece e quanto tempo ela demora Ação apresentação dos vários acontecimentos Narrador quem conta a história (pode ou não ser personagem)
  • 8. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 Nos textos narrativos há alguns aspetos de gramática que deves ter em conta. Uso de verbos que indicam ações no pretérito perfeito e no pretérito imperfeito A mãe colheu... O sol faiscava... Uso de verbos para introdução das falas das personagens, no pretérito perfeito E a mãe respondeu: (...) Um dia queixou-se: (...) Uso de verbos no presente, nas falas das personagens - Pai, pai, estou farta! - Estas são as feridas do amor (...) Uso de dois pontos, parágrafo e travessão nas falas das personagens ...acordou e disse: - Minha mãe, ... Uso de adjetivos e verbos no pretérito imperfeito nas descrições ...tinha por olhos duas brilhantes safiras... Uso de advérbios na narração Ele gritou bastante. O aluno chegou agora. Uso de conectores para ligar ideias, frases e parágrafos A andorinha chegou mas não havia beirais...
  • 9. Texto narrativo Conteúdo Estrutura Gramática Exercício 1 Exercício 2 Exercício 2 Lê o texto. Quais os verbos no pretérito perfeito? (clica e descobre!) A mãe obedeceu. Na manhã seguinte, acordou e disse: — Minha mãe, quero ver se o orvalho da noite manchou aquelas florinhas. O sol faiscava nos arvoredos e nas plantas. Apenas chegou encheu-se de contentamento, os largos molhos de hortênsias estavam cobertos de formosíssimos tons rosados, roxos, vermelhos, amarelos e azuis. E por entre aqueles ramalhetes cintilantes de vida, António passou alguns momentos de felicidade (...).