SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
REGULAMENTO
Regulamento do Festival
Edésio Santos da Canção 16ª Edição
100 anos de carnaval – Memória da folia, Edésio - Poema da alegria!
Da promoção e Realização – FESC
Art. 1º. O FESC – Festival Edésio Santos da Canção é uma promoção da
Prefeitura Municipal de Juazeiro – Bahia, através da Secretaria de Cultura e
Juventude.
Dos Objetos
Art. 2º. O FESC – Festival Edésio Santos da Canção é um festival de
composições inéditas voltado a todos os gêneros e estilos da Música Popular
Brasileira e tem como objetivos:
Objetivo Geral:
1. Realizar a nível nacional um evento que promova e incentive a produção
musical;
Objetivos Específicos:
I - Fomentar a cultura poética e musical dos artistas locais;
II - Promover o intercâmbio e a troca de experiências entre músicos,
compositores, intérpretes, poetas e artistas;
III - Lançar, no mercado musical, novos talentos;
IV - Oferecer cultura musical diferente da que está em evidência no mercado;
V – Continuar a projeção do Festival a nível nacional;
VI – Movimentar a economia da cultura na região.
Das inscrições
Art. 3º. As inscrições para o XVI Festival Edésio Santos da Canção – FESC
dar-se-ão da seguinte forma:
I - As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas pessoalmente ou pelos
correios de 04 de Outubro a 04 de Novembro de 2013, no horário das 08:00 h
às 14:00 h.
Os interessados deverão adquirir o regulamento e ficha de inscrição através do
site www.juazeiro.ba.gov.br e após, preenchida, entregar ou enviar com aviso
de recebimento (AR), para o seguinte endereço: Secretaria de
Desenvolvimento e Igualdade Social, – SEDIS, Praça Imaculada Conceição
S/N, Centro, Juazeiro Bahia, CEP: 48.903 490,
II - Serão aceitas inscrições pelos correios, enviadas diretamente para o
endereço acima desde que a data de postagem não ultrapasse o prazo de 04
de Novembro de 2013, data prevista para o encerramento das inscrições;
III - Cada concorrente poderá inscrever até duas músicas, ciente de que
apenas uma poderá ser classificada;
IV – Os trabalhos deverão ser enviados em envelope lacrado sendo: dez
cópias da letra, cifrada, sem identificação do(s) autor (es) nem do intérprete(s),
apenas com o título da(s) musica(s), juntamente com o CD, contendo as
músicas gravadas na íntegra, sob pena de eliminação sumária, caso a regra
citada seja descumprida;
V – A comissão organizadora não se responsabiliza por qualquer defeito no
material enviado ou na legibilidade das informações prestadas, o que poderá
acarretar na desclassificação das composições. O material enviado não será
devolvido sob quaisquer hipóteses;
VI - Poderão inscrever-se brasileiros natos ou naturalizados e os estrangeiros
que residam no país há pelo menos 02 (dois) anos consecutivos;
VII - As músicas poderão ser interpretadas por solistas, duetos, trios, quartetos,
quintetos, sextetos ou corais. Nos casos em que as músicas forem
interpretadas por duetos, trios, quartetos, quintetos, sextetos ou corais,
poderão concorrer ao prêmio de melhor intérprete.
Do Termo de Autorização
Art. 4º. O simples ato de inscrição do concorrente implica, para todos os
efeitos, em termo de autorização, na gravação, publicação e execução da obra
musical em todos os tipos de mídias e canais de comunicação, bem como no
repasse automático de todos os direitos de uso de imagem do evento para a
realizadora do Festival.
Da Originalidade e Ineditismo
Art. 5º. Todas as músicas inscritas no Festival Edésio Santos da Canção
deverão ser inéditas e originais, tanto na melodia como na letra, tendo esta que
ser na língua oficial falada no País.
I - Entende-se como música inédita aquela que não tenha sido gravada em
disco com fins comerciais, nem tenha concorrido em outros festivais.
II - Entende-se por música original aquela não plagiada ou adaptada de outra já
existente;
III - O não ineditismo e a ausência de originalidade poderão ser apurados
através da comissão organizadora ou por denúncia de qualquer interessado,
sob a forma escrita, através de termo próprio e no prazo de 48 horas após a
divulgação da lista dos classificados. Não serão aceitas reclamações enviadas
fora do prazo estabelecido, e a comprovação da irregularidade acarretará na
imediata desclassificação da música;
Da Seleção
Art. 6º. A seleção das músicas concorrentes dar-se-ão da seguinte forma:
I - Serão selecionadas 24 (vinte) músicas para concorrerem em duas etapas
eliminatórias e uma final sendo que 1/3 das Canções classificadas serão de
músicos Juazeirenses e/ou radicados no município por, no mínimo 05 (Cinco )
anos;
II - A relação das músicas classificadas para concorrerem ao FENESC estará
disponível no site da prefeitura (www.juazeiro.ba.gov.br), jornais e telejornais
da região, a partir de 18de Novembro de 2013, devendo a comissão
organizadora manter contato com todos os classificados através de e-mail ou
Telefone,
III - A Comissão Organizadora do Festival indicará, dentre especialistas,
artistas e pessoas ligadas à arte e à cultura em geral, uma comissão de
triagem para escolha dos trabalhos que concorrerão ao Festival, sendo suas
decisões irrecorríveis.
Das Eliminatórias
Art. 7º. As eliminatórias obedecerão às seguintes datas e critérios:
I - Serão realizadas 02 (duas) Etapas Eliminatórias e 01 (uma) Etapa Final,
obedecendo ao seguinte calendário:
II - Em cada uma das etapas eliminatórias serão escolhidas pelo júri do Festival
06 (seis) músicas, perfazendo um total de 12(doze) canções que concorrerão
na etapa final, no dia 30 de Novembro de 2013;
III - Os resultados de cada uma das etapas eliminatórias, bem como da etapa
final, serão divulgados logo após o encerramento de cada uma das etapas.
Da premiação
Art. 8º. Dentre as 12 (doze) músicas escolhidas para a etapa final, as três
primeiras músicas colocadas, o melhor intérprete e a melhor canção local e júri
popular receberão as seguintes premiações:
1º LUGAR R$ 10.000,00 + TROFÉU - Maria Izabel Figueiredo (Bebela);
2º LUGAR R$ 8.000,00 + TROFÉU - Manoel Alves dos Santos (Seu Santinho-in
memorian);
3º LUGAR R$ 6.000,00 + TROFÉU - Hugo Arnavato;
MELHOR INTERPRETE R$ 3.000,00 + TROFÉU - Rosenberg Silva (Bega);
MELHOR MÚSICA LOCAL: R$ 5.000,00 + TROFÉU - Geraldo Pontes;
PRÊMIO JÚRI POPULAR R$ 1000,00 + TROFÉU Coelho de Assis (Coelhão)
§ 1º. A Comissão Organizadora do Festival terá prazo de até 30 dias para
efetuar a entrega dos prêmios aos vencedores.
§ 2º. Não haverá desconto tributário sobre o valor dos prêmios acima
mencionados.
Do Júri
Art. 9º. O Corpo de Jurados do Festival será organizado e terá as atribuições
da seguinte forma:
I - O corpo de jurados será composto por 11 (onze) membros, sendo 05 (cinco)
membros para a triagem, 03 (três) para julgar a 1ª e 2ª etapas eliminatórias e
03 (três) para julgar a etapa final, formando assim 03 (três) corpos de jurados
diferentes, sendo os mesmos sorteados no início de cada etapa;
II - Compete ao corpo de jurados a escolha das composições finalistas e a
atribuição dos prêmios, sendo suas decisões irrecorríveis;
III - O voto dos jurados será dado após a apresentação de cada música, com a
conotação de 0 (zero) a 10 (dez);
IV - Não serão admitidas, o fracionamento de notas na avaliação dos seguintes
critérios, inclusive na escolha do melhor intérprete e melhor canção local:
(a) Música (melodia e ritmo);
(b) Letra (tema e conteúdo, bem como originalidade literária);
(c) Arranjo (criatividade, técnica individual e originalidade harmônica);
(d) Melhor intérprete (interpretação, dicção, ritmo, afinação de voz e domínio de
palco);
Da Apuração
Art. 10. Cada jurado encaminhará sua planilha, devidamente assinada, ao
digitador, o qual entregará diretamente à coordenação do Festival contendo os
resultados a serem divulgados.
Dos ensaios e apresentações
Art. 11. A organização do Festival colocará à disposição dos concorrentes uma
orquestra formado por 01(um) violino, 01 (um) violoncelo, 01 (um) teclado, 01
(uma) bateria, 01 (um) contrabaixo,
01 (uma) percussão, 01 (uma) guitarra, 01(um) sax alto, 01 (um) trompete, 01
(um) trombone, 01 (um) sax tenor, 01 (uma) sanfona, 02 (dois) produtores de
palco e um técnico de som, sendo que a utilização de outros instrumentos ou
músicos correrá por conta do concorrente, devendo, obrigatoriamente, constar
em anexo à ficha de inscrição.
Art. 12. A comissão organizadora indicará, a critério de sorteio, a ordem e
horário das apresentações e ensaios com a Orquestra.
§1º. Não poderá o classificado que não optou pela utilização da Orquestra no
ato da inscrição, solicitar a mesma posteriormente.
§ 2º. A comissão organizadora disporá de equipe de apoio técnico aos
participantes, sem, no entanto, responsabilizar-se por montagem ou
desmontagem de instrumentos musicais e/ou equipamentos utilizados para
qualquer tipo de cenografia.
§ 3º. A Secretaria de Cultura e Juventude, como realizadora do Festival, fica
isenta de quaisquer despesas contraídas pelo participante, tais como
transporte, alimentação e outros.
§ 4º. Os participantes poderão utilizar elementos cênicos e efeitos visuais e
especiais durante suas apresentações, desde que não ocorram mudanças de
quaisquer espécies da estrutura cenográfica oferecida aos participantes pela
comissão organizadora.
Das disposições gerais
Art. 13º. Todos os casos não previstos neste Regulamento serão resolvidos
pela Comissão Organizadora.
Parágrafo único. Fica garantido o direito à livre expressão de quaisquer um dos
concorrentes, exceto no destrato público ao evento ou a qualquer participantes
da Comissão Organizadora, e demais pessoas envolvidas na Organização do
Festival, caso em que ocorrerá a imediata desclassificação do concorrente e
dos trabalhos de sua autoria.
Art. 15. A simples inscrição da música pressupõe a aceitação e a concordância
com todos os termos do presente Regulamento, valendo como contrato de
adesão.
Juazeiro - BA, em 23 de Setembro de 2013.
Secretaria de Cultura e Juventude
Parágrafo único. Fica garantido o direito à livre expressão de quaisquer um dos
concorrentes, exceto no destrato público ao evento ou a qualquer participantes
da Comissão Organizadora, e demais pessoas envolvidas na Organização do
Festival, caso em que ocorrerá a imediata desclassificação do concorrente e
dos trabalhos de sua autoria.
Art. 15. A simples inscrição da música pressupõe a aceitação e a concordância
com todos os termos do presente Regulamento, valendo como contrato de
adesão.
Juazeiro - BA, em 23 de Setembro de 2013.
Secretaria de Cultura e Juventude

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Regulamento lagos music fest - são pedro d'aldeia
Regulamento   lagos music fest - são pedro d'aldeiaRegulamento   lagos music fest - são pedro d'aldeia
Regulamento lagos music fest - são pedro d'aldeiathiago
 
Regulamento canta encanto jundiai
Regulamento canta encanto jundiaiRegulamento canta encanto jundiai
Regulamento canta encanto jundiaifabianomunizz
 
Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012Imprensa-semec
 
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairi
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairiREGULAMENTO I festival de sanfona do trairi
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairiGilberto Dos Santos
 
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinho
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinhoRegulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinho
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinhomdaproducoes
 
R e g u l a m e n t o f. canção
R e g u l a m e n t o f. cançãoR e g u l a m e n t o f. canção
R e g u l a m e n t o f. cançãoauglulu
 
2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria
2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria
2ª Tertúlia da Poesia de Santa MariaFabricio Vargas
 
2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria
2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria
2ª Tertúlia da Poesia de Santa MariaFabricio Vargas
 
Regulamento e Anexos do FEMPEQ - Festival de Música em Pequeri MG-2014
Regulamento e Anexos do FEMPEQ - Festival de Música em Pequeri MG-2014Regulamento e Anexos do FEMPEQ - Festival de Música em Pequeri MG-2014
Regulamento e Anexos do FEMPEQ - Festival de Música em Pequeri MG-2014Leonardo Flora
 
Regulamento e anexos do fempeq
Regulamento e anexos do fempeqRegulamento e anexos do fempeq
Regulamento e anexos do fempeqLeonardo Flora
 
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Localmanocadocantogaucho
 

Mais procurados (14)

Regulamento lagos music fest - são pedro d'aldeia
Regulamento   lagos music fest - são pedro d'aldeiaRegulamento   lagos music fest - são pedro d'aldeia
Regulamento lagos music fest - são pedro d'aldeia
 
Regulamento canta encanto jundiai
Regulamento canta encanto jundiaiRegulamento canta encanto jundiai
Regulamento canta encanto jundiai
 
Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012
 
Regulamento tanfest
Regulamento tanfestRegulamento tanfest
Regulamento tanfest
 
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairi
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairiREGULAMENTO I festival de sanfona do trairi
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairi
 
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinho
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinhoRegulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinho
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinho
 
R e g u l a m e n t o f. canção
R e g u l a m e n t o f. cançãoR e g u l a m e n t o f. canção
R e g u l a m e n t o f. canção
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria
2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria
2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria
 
2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria
2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria
2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
Regulamento e Anexos do FEMPEQ - Festival de Música em Pequeri MG-2014
Regulamento e Anexos do FEMPEQ - Festival de Música em Pequeri MG-2014Regulamento e Anexos do FEMPEQ - Festival de Música em Pequeri MG-2014
Regulamento e Anexos do FEMPEQ - Festival de Música em Pequeri MG-2014
 
Regulamento e anexos do fempeq
Regulamento e anexos do fempeqRegulamento e anexos do fempeq
Regulamento e anexos do fempeq
 
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
 

Destaque (20)

Enterprise user security manuskript zum vortrag doag 2014
Enterprise user security   manuskript zum vortrag doag 2014Enterprise user security   manuskript zum vortrag doag 2014
Enterprise user security manuskript zum vortrag doag 2014
 
Operations
OperationsOperations
Operations
 
Our target audience
Our target audienceOur target audience
Our target audience
 
Créer à partir d'archives : demarche et techniques d’un projet exploratoire
Créer à partir d'archives : demarche et techniques d’un projet exploratoireCréer à partir d'archives : demarche et techniques d’un projet exploratoire
Créer à partir d'archives : demarche et techniques d’un projet exploratoire
 
Redes sociales gjkm
Redes sociales gjkmRedes sociales gjkm
Redes sociales gjkm
 
Articles 101847 archivo
Articles 101847 archivoArticles 101847 archivo
Articles 101847 archivo
 
HSE - 1226
HSE - 1226HSE - 1226
HSE - 1226
 
mapa conceptual3
mapa conceptual3mapa conceptual3
mapa conceptual3
 
El internet
El internetEl internet
El internet
 
Baseline versus number of fringes
Baseline versus number of fringesBaseline versus number of fringes
Baseline versus number of fringes
 
TICs alfabetización...
TICs  alfabetización...TICs  alfabetización...
TICs alfabetización...
 
Candle
 Candle Candle
Candle
 
Segurança em Aplicativos Web
Segurança em Aplicativos WebSegurança em Aplicativos Web
Segurança em Aplicativos Web
 
Dilatacion de cuerpos 3er parcial
Dilatacion de cuerpos  3er parcialDilatacion de cuerpos  3er parcial
Dilatacion de cuerpos 3er parcial
 
Town hall 2015
Town hall 2015Town hall 2015
Town hall 2015
 
Brand
BrandBrand
Brand
 
Jogging
JoggingJogging
Jogging
 
Punctuation
PunctuationPunctuation
Punctuation
 
Sean_Smith_Resume2
Sean_Smith_Resume2Sean_Smith_Resume2
Sean_Smith_Resume2
 
10 commandments of content marketing - @b2btechmark
10 commandments of content marketing - @b2btechmark10 commandments of content marketing - @b2btechmark
10 commandments of content marketing - @b2btechmark
 

Semelhante a FESC Regulamento

Regulamento festival cambui
Regulamento festival cambuiRegulamento festival cambui
Regulamento festival cambuiFábio Vieira
 
Regulamento do ix festival
Regulamento do ix festivalRegulamento do ix festival
Regulamento do ix festivalauglulu
 
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Localmanocadocantogaucho
 
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Localmanocadocantogaucho
 
Edital Festival de Música Porta Aberta
Edital Festival de Música Porta AbertaEdital Festival de Música Porta Aberta
Edital Festival de Música Porta Abertabernates
 
6º moinho da canção gaúcha
6º moinho da canção gaúcha6º moinho da canção gaúcha
6º moinho da canção gaúchaSMEC PANAMBI-RS
 
Edital Hino Municipal de Casinhas
Edital Hino Municipal de CasinhasEdital Hino Municipal de Casinhas
Edital Hino Municipal de CasinhasCharles Nascimento
 
Regulamentomusica interprete estudantil
Regulamentomusica interprete estudantilRegulamentomusica interprete estudantil
Regulamentomusica interprete estudantilImprensa-semec
 
Regulamento e anexos_III Fest_de teatro_do_sudoeste_baiano
Regulamento e anexos_III Fest_de teatro_do_sudoeste_baianoRegulamento e anexos_III Fest_de teatro_do_sudoeste_baiano
Regulamento e anexos_III Fest_de teatro_do_sudoeste_baianoenfoquecultural
 
Regulamento 2º Festival Estudantil da Canção 2013
Regulamento 2º Festival Estudantil da Canção 2013Regulamento 2º Festival Estudantil da Canção 2013
Regulamento 2º Festival Estudantil da Canção 2013imprensa-semec2013
 
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de Panambi
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de PanambiRegulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de Panambi
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de PanambiSMEC PANAMBI-RS
 
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipu
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipuRegulamento cdo concurso de marchinhas de ipu
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipuIpu Notícias
 
Regulamento 18° Acampamento da Arte Gaúcha
Regulamento 18° Acampamento da Arte GaúchaRegulamento 18° Acampamento da Arte Gaúcha
Regulamento 18° Acampamento da Arte Gaúchacomunicacaotapes
 
Regulamento musica interprete estudantil
Regulamento musica interprete estudantilRegulamento musica interprete estudantil
Regulamento musica interprete estudantilImprensa-semec
 
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICO
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICOESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICO
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICOGraça Tavares
 

Semelhante a FESC Regulamento (17)

Regulamento festival cambui
Regulamento festival cambuiRegulamento festival cambui
Regulamento festival cambui
 
Regulamento do ix festival
Regulamento do ix festivalRegulamento do ix festival
Regulamento do ix festival
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
 
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
 
Edital Festival de Música Porta Aberta
Edital Festival de Música Porta AbertaEdital Festival de Música Porta Aberta
Edital Festival de Música Porta Aberta
 
6º moinho da canção gaúcha
6º moinho da canção gaúcha6º moinho da canção gaúcha
6º moinho da canção gaúcha
 
Edital Hino Municipal de Casinhas
Edital Hino Municipal de CasinhasEdital Hino Municipal de Casinhas
Edital Hino Municipal de Casinhas
 
Regulamentomusica interprete estudantil
Regulamentomusica interprete estudantilRegulamentomusica interprete estudantil
Regulamentomusica interprete estudantil
 
Regulamento Moinho 2015
Regulamento Moinho 2015Regulamento Moinho 2015
Regulamento Moinho 2015
 
Regulamento e anexos_III Fest_de teatro_do_sudoeste_baiano
Regulamento e anexos_III Fest_de teatro_do_sudoeste_baianoRegulamento e anexos_III Fest_de teatro_do_sudoeste_baiano
Regulamento e anexos_III Fest_de teatro_do_sudoeste_baiano
 
Regulamento 2º Festival Estudantil da Canção 2013
Regulamento 2º Festival Estudantil da Canção 2013Regulamento 2º Festival Estudantil da Canção 2013
Regulamento 2º Festival Estudantil da Canção 2013
 
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de Panambi
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de PanambiRegulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de Panambi
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de Panambi
 
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipu
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipuRegulamento cdo concurso de marchinhas de ipu
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipu
 
Regulamento 18° Acampamento da Arte Gaúcha
Regulamento 18° Acampamento da Arte GaúchaRegulamento 18° Acampamento da Arte Gaúcha
Regulamento 18° Acampamento da Arte Gaúcha
 
Regulamento musica interprete estudantil
Regulamento musica interprete estudantilRegulamento musica interprete estudantil
Regulamento musica interprete estudantil
 
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICO
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICOESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICO
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICO
 

Mais de Revista do Vale

Carta aberta de janete para isaac de carvalho (1)
Carta aberta de janete para isaac de carvalho (1)Carta aberta de janete para isaac de carvalho (1)
Carta aberta de janete para isaac de carvalho (1)Revista do Vale
 
Release Carlan Carlo, promotor de Justiça de Petrolina
Release Carlan Carlo, promotor de Justiça de PetrolinaRelease Carlan Carlo, promotor de Justiça de Petrolina
Release Carlan Carlo, promotor de Justiça de PetrolinaRevista do Vale
 
Ata de reunião MPPE - Subestação Petrolina III
Ata de reunião MPPE - Subestação Petrolina IIIAta de reunião MPPE - Subestação Petrolina III
Ata de reunião MPPE - Subestação Petrolina IIIRevista do Vale
 
Programação festa nossa senhora rainha dos anjos
Programação festa nossa senhora rainha dos anjosProgramação festa nossa senhora rainha dos anjos
Programação festa nossa senhora rainha dos anjosRevista do Vale
 
Balanço do São João de Petrolina 2017
Balanço do São João de Petrolina 2017Balanço do São João de Petrolina 2017
Balanço do São João de Petrolina 2017Revista do Vale
 
CONDENAÇÃO EDNALDO BARROS - SENTO-SÉ
CONDENAÇÃO EDNALDO BARROS - SENTO-SÉCONDENAÇÃO EDNALDO BARROS - SENTO-SÉ
CONDENAÇÃO EDNALDO BARROS - SENTO-SÉRevista do Vale
 
Coletiva de imprensa 2016
Coletiva de imprensa 2016Coletiva de imprensa 2016
Coletiva de imprensa 2016Revista do Vale
 
Hu univasf - carta aberta - equipe de ortopedia e traumatologia (1)
Hu univasf - carta aberta - equipe de ortopedia e  traumatologia (1)Hu univasf - carta aberta - equipe de ortopedia e  traumatologia (1)
Hu univasf - carta aberta - equipe de ortopedia e traumatologia (1)Revista do Vale
 
Apresentação caso beatriz angélica 29.03.2016 - gilmario
Apresentação caso beatriz angélica   29.03.2016 - gilmarioApresentação caso beatriz angélica   29.03.2016 - gilmario
Apresentação caso beatriz angélica 29.03.2016 - gilmarioRevista do Vale
 
Desfiliação Roniere reis
Desfiliação Roniere reisDesfiliação Roniere reis
Desfiliação Roniere reisRevista do Vale
 
Sento Sé condenação Juvenilson Passos
Sento Sé condenação Juvenilson PassosSento Sé condenação Juvenilson Passos
Sento Sé condenação Juvenilson PassosRevista do Vale
 
Bispo de juazeiro carta mensagem a igreja de juazeiro (1)
Bispo de juazeiro carta mensagem a igreja de juazeiro (1)Bispo de juazeiro carta mensagem a igreja de juazeiro (1)
Bispo de juazeiro carta mensagem a igreja de juazeiro (1)Revista do Vale
 
Nota oficial Pais de Beatriz
Nota oficial Pais de BeatrizNota oficial Pais de Beatriz
Nota oficial Pais de BeatrizRevista do Vale
 
Comunicado a imprensa atendimento ao sus
Comunicado a imprensa atendimento ao susComunicado a imprensa atendimento ao sus
Comunicado a imprensa atendimento ao susRevista do Vale
 
Comunicado de Dom Magnus, bispo de Salgueiro
Comunicado de Dom Magnus, bispo de SalgueiroComunicado de Dom Magnus, bispo de Salgueiro
Comunicado de Dom Magnus, bispo de SalgueiroRevista do Vale
 
Nota de esclarecimento (1)
Nota de esclarecimento (1)Nota de esclarecimento (1)
Nota de esclarecimento (1)Revista do Vale
 
Mudança de ponto de parada
Mudança de ponto de paradaMudança de ponto de parada
Mudança de ponto de paradaRevista do Vale
 
Edital curso fic gestão empreendedora de cooperativismo
Edital   curso fic gestão empreendedora de cooperativismoEdital   curso fic gestão empreendedora de cooperativismo
Edital curso fic gestão empreendedora de cooperativismoRevista do Vale
 

Mais de Revista do Vale (20)

Carta aberta de janete para isaac de carvalho (1)
Carta aberta de janete para isaac de carvalho (1)Carta aberta de janete para isaac de carvalho (1)
Carta aberta de janete para isaac de carvalho (1)
 
Release Carlan Carlo, promotor de Justiça de Petrolina
Release Carlan Carlo, promotor de Justiça de PetrolinaRelease Carlan Carlo, promotor de Justiça de Petrolina
Release Carlan Carlo, promotor de Justiça de Petrolina
 
Ata de reunião MPPE - Subestação Petrolina III
Ata de reunião MPPE - Subestação Petrolina IIIAta de reunião MPPE - Subestação Petrolina III
Ata de reunião MPPE - Subestação Petrolina III
 
Carta gov. nordeste
Carta gov. nordesteCarta gov. nordeste
Carta gov. nordeste
 
Documentos Locação
Documentos LocaçãoDocumentos Locação
Documentos Locação
 
Programação festa nossa senhora rainha dos anjos
Programação festa nossa senhora rainha dos anjosProgramação festa nossa senhora rainha dos anjos
Programação festa nossa senhora rainha dos anjos
 
Balanço do São João de Petrolina 2017
Balanço do São João de Petrolina 2017Balanço do São João de Petrolina 2017
Balanço do São João de Petrolina 2017
 
CONDENAÇÃO EDNALDO BARROS - SENTO-SÉ
CONDENAÇÃO EDNALDO BARROS - SENTO-SÉCONDENAÇÃO EDNALDO BARROS - SENTO-SÉ
CONDENAÇÃO EDNALDO BARROS - SENTO-SÉ
 
Coletiva de imprensa 2016
Coletiva de imprensa 2016Coletiva de imprensa 2016
Coletiva de imprensa 2016
 
Hu univasf - carta aberta - equipe de ortopedia e traumatologia (1)
Hu univasf - carta aberta - equipe de ortopedia e  traumatologia (1)Hu univasf - carta aberta - equipe de ortopedia e  traumatologia (1)
Hu univasf - carta aberta - equipe de ortopedia e traumatologia (1)
 
Apresentação caso beatriz angélica 29.03.2016 - gilmario
Apresentação caso beatriz angélica   29.03.2016 - gilmarioApresentação caso beatriz angélica   29.03.2016 - gilmario
Apresentação caso beatriz angélica 29.03.2016 - gilmario
 
Desfiliação Roniere reis
Desfiliação Roniere reisDesfiliação Roniere reis
Desfiliação Roniere reis
 
Sento Sé condenação Juvenilson Passos
Sento Sé condenação Juvenilson PassosSento Sé condenação Juvenilson Passos
Sento Sé condenação Juvenilson Passos
 
Bispo de juazeiro carta mensagem a igreja de juazeiro (1)
Bispo de juazeiro carta mensagem a igreja de juazeiro (1)Bispo de juazeiro carta mensagem a igreja de juazeiro (1)
Bispo de juazeiro carta mensagem a igreja de juazeiro (1)
 
Nota oficial Pais de Beatriz
Nota oficial Pais de BeatrizNota oficial Pais de Beatriz
Nota oficial Pais de Beatriz
 
Comunicado a imprensa atendimento ao sus
Comunicado a imprensa atendimento ao susComunicado a imprensa atendimento ao sus
Comunicado a imprensa atendimento ao sus
 
Comunicado de Dom Magnus, bispo de Salgueiro
Comunicado de Dom Magnus, bispo de SalgueiroComunicado de Dom Magnus, bispo de Salgueiro
Comunicado de Dom Magnus, bispo de Salgueiro
 
Nota de esclarecimento (1)
Nota de esclarecimento (1)Nota de esclarecimento (1)
Nota de esclarecimento (1)
 
Mudança de ponto de parada
Mudança de ponto de paradaMudança de ponto de parada
Mudança de ponto de parada
 
Edital curso fic gestão empreendedora de cooperativismo
Edital   curso fic gestão empreendedora de cooperativismoEdital   curso fic gestão empreendedora de cooperativismo
Edital curso fic gestão empreendedora de cooperativismo
 

FESC Regulamento

  • 1. REGULAMENTO Regulamento do Festival Edésio Santos da Canção 16ª Edição 100 anos de carnaval – Memória da folia, Edésio - Poema da alegria! Da promoção e Realização – FESC Art. 1º. O FESC – Festival Edésio Santos da Canção é uma promoção da Prefeitura Municipal de Juazeiro – Bahia, através da Secretaria de Cultura e Juventude. Dos Objetos Art. 2º. O FESC – Festival Edésio Santos da Canção é um festival de composições inéditas voltado a todos os gêneros e estilos da Música Popular Brasileira e tem como objetivos: Objetivo Geral: 1. Realizar a nível nacional um evento que promova e incentive a produção musical; Objetivos Específicos: I - Fomentar a cultura poética e musical dos artistas locais; II - Promover o intercâmbio e a troca de experiências entre músicos, compositores, intérpretes, poetas e artistas; III - Lançar, no mercado musical, novos talentos; IV - Oferecer cultura musical diferente da que está em evidência no mercado; V – Continuar a projeção do Festival a nível nacional; VI – Movimentar a economia da cultura na região. Das inscrições Art. 3º. As inscrições para o XVI Festival Edésio Santos da Canção – FESC dar-se-ão da seguinte forma: I - As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas pessoalmente ou pelos correios de 04 de Outubro a 04 de Novembro de 2013, no horário das 08:00 h às 14:00 h.
  • 2. Os interessados deverão adquirir o regulamento e ficha de inscrição através do site www.juazeiro.ba.gov.br e após, preenchida, entregar ou enviar com aviso de recebimento (AR), para o seguinte endereço: Secretaria de Desenvolvimento e Igualdade Social, – SEDIS, Praça Imaculada Conceição S/N, Centro, Juazeiro Bahia, CEP: 48.903 490, II - Serão aceitas inscrições pelos correios, enviadas diretamente para o endereço acima desde que a data de postagem não ultrapasse o prazo de 04 de Novembro de 2013, data prevista para o encerramento das inscrições; III - Cada concorrente poderá inscrever até duas músicas, ciente de que apenas uma poderá ser classificada; IV – Os trabalhos deverão ser enviados em envelope lacrado sendo: dez cópias da letra, cifrada, sem identificação do(s) autor (es) nem do intérprete(s), apenas com o título da(s) musica(s), juntamente com o CD, contendo as músicas gravadas na íntegra, sob pena de eliminação sumária, caso a regra citada seja descumprida; V – A comissão organizadora não se responsabiliza por qualquer defeito no material enviado ou na legibilidade das informações prestadas, o que poderá acarretar na desclassificação das composições. O material enviado não será devolvido sob quaisquer hipóteses; VI - Poderão inscrever-se brasileiros natos ou naturalizados e os estrangeiros que residam no país há pelo menos 02 (dois) anos consecutivos; VII - As músicas poderão ser interpretadas por solistas, duetos, trios, quartetos, quintetos, sextetos ou corais. Nos casos em que as músicas forem interpretadas por duetos, trios, quartetos, quintetos, sextetos ou corais, poderão concorrer ao prêmio de melhor intérprete. Do Termo de Autorização Art. 4º. O simples ato de inscrição do concorrente implica, para todos os efeitos, em termo de autorização, na gravação, publicação e execução da obra musical em todos os tipos de mídias e canais de comunicação, bem como no repasse automático de todos os direitos de uso de imagem do evento para a realizadora do Festival. Da Originalidade e Ineditismo Art. 5º. Todas as músicas inscritas no Festival Edésio Santos da Canção deverão ser inéditas e originais, tanto na melodia como na letra, tendo esta que ser na língua oficial falada no País.
  • 3. I - Entende-se como música inédita aquela que não tenha sido gravada em disco com fins comerciais, nem tenha concorrido em outros festivais. II - Entende-se por música original aquela não plagiada ou adaptada de outra já existente; III - O não ineditismo e a ausência de originalidade poderão ser apurados através da comissão organizadora ou por denúncia de qualquer interessado, sob a forma escrita, através de termo próprio e no prazo de 48 horas após a divulgação da lista dos classificados. Não serão aceitas reclamações enviadas fora do prazo estabelecido, e a comprovação da irregularidade acarretará na imediata desclassificação da música; Da Seleção Art. 6º. A seleção das músicas concorrentes dar-se-ão da seguinte forma: I - Serão selecionadas 24 (vinte) músicas para concorrerem em duas etapas eliminatórias e uma final sendo que 1/3 das Canções classificadas serão de músicos Juazeirenses e/ou radicados no município por, no mínimo 05 (Cinco ) anos; II - A relação das músicas classificadas para concorrerem ao FENESC estará disponível no site da prefeitura (www.juazeiro.ba.gov.br), jornais e telejornais da região, a partir de 18de Novembro de 2013, devendo a comissão organizadora manter contato com todos os classificados através de e-mail ou Telefone, III - A Comissão Organizadora do Festival indicará, dentre especialistas, artistas e pessoas ligadas à arte e à cultura em geral, uma comissão de triagem para escolha dos trabalhos que concorrerão ao Festival, sendo suas decisões irrecorríveis. Das Eliminatórias Art. 7º. As eliminatórias obedecerão às seguintes datas e critérios: I - Serão realizadas 02 (duas) Etapas Eliminatórias e 01 (uma) Etapa Final, obedecendo ao seguinte calendário: II - Em cada uma das etapas eliminatórias serão escolhidas pelo júri do Festival 06 (seis) músicas, perfazendo um total de 12(doze) canções que concorrerão na etapa final, no dia 30 de Novembro de 2013; III - Os resultados de cada uma das etapas eliminatórias, bem como da etapa final, serão divulgados logo após o encerramento de cada uma das etapas.
  • 4. Da premiação Art. 8º. Dentre as 12 (doze) músicas escolhidas para a etapa final, as três primeiras músicas colocadas, o melhor intérprete e a melhor canção local e júri popular receberão as seguintes premiações: 1º LUGAR R$ 10.000,00 + TROFÉU - Maria Izabel Figueiredo (Bebela); 2º LUGAR R$ 8.000,00 + TROFÉU - Manoel Alves dos Santos (Seu Santinho-in memorian); 3º LUGAR R$ 6.000,00 + TROFÉU - Hugo Arnavato; MELHOR INTERPRETE R$ 3.000,00 + TROFÉU - Rosenberg Silva (Bega); MELHOR MÚSICA LOCAL: R$ 5.000,00 + TROFÉU - Geraldo Pontes; PRÊMIO JÚRI POPULAR R$ 1000,00 + TROFÉU Coelho de Assis (Coelhão) § 1º. A Comissão Organizadora do Festival terá prazo de até 30 dias para efetuar a entrega dos prêmios aos vencedores. § 2º. Não haverá desconto tributário sobre o valor dos prêmios acima mencionados. Do Júri Art. 9º. O Corpo de Jurados do Festival será organizado e terá as atribuições da seguinte forma: I - O corpo de jurados será composto por 11 (onze) membros, sendo 05 (cinco) membros para a triagem, 03 (três) para julgar a 1ª e 2ª etapas eliminatórias e 03 (três) para julgar a etapa final, formando assim 03 (três) corpos de jurados diferentes, sendo os mesmos sorteados no início de cada etapa; II - Compete ao corpo de jurados a escolha das composições finalistas e a atribuição dos prêmios, sendo suas decisões irrecorríveis; III - O voto dos jurados será dado após a apresentação de cada música, com a conotação de 0 (zero) a 10 (dez); IV - Não serão admitidas, o fracionamento de notas na avaliação dos seguintes critérios, inclusive na escolha do melhor intérprete e melhor canção local: (a) Música (melodia e ritmo);
  • 5. (b) Letra (tema e conteúdo, bem como originalidade literária); (c) Arranjo (criatividade, técnica individual e originalidade harmônica); (d) Melhor intérprete (interpretação, dicção, ritmo, afinação de voz e domínio de palco); Da Apuração Art. 10. Cada jurado encaminhará sua planilha, devidamente assinada, ao digitador, o qual entregará diretamente à coordenação do Festival contendo os resultados a serem divulgados. Dos ensaios e apresentações Art. 11. A organização do Festival colocará à disposição dos concorrentes uma orquestra formado por 01(um) violino, 01 (um) violoncelo, 01 (um) teclado, 01 (uma) bateria, 01 (um) contrabaixo, 01 (uma) percussão, 01 (uma) guitarra, 01(um) sax alto, 01 (um) trompete, 01 (um) trombone, 01 (um) sax tenor, 01 (uma) sanfona, 02 (dois) produtores de palco e um técnico de som, sendo que a utilização de outros instrumentos ou músicos correrá por conta do concorrente, devendo, obrigatoriamente, constar em anexo à ficha de inscrição. Art. 12. A comissão organizadora indicará, a critério de sorteio, a ordem e horário das apresentações e ensaios com a Orquestra. §1º. Não poderá o classificado que não optou pela utilização da Orquestra no ato da inscrição, solicitar a mesma posteriormente. § 2º. A comissão organizadora disporá de equipe de apoio técnico aos participantes, sem, no entanto, responsabilizar-se por montagem ou desmontagem de instrumentos musicais e/ou equipamentos utilizados para qualquer tipo de cenografia. § 3º. A Secretaria de Cultura e Juventude, como realizadora do Festival, fica isenta de quaisquer despesas contraídas pelo participante, tais como transporte, alimentação e outros. § 4º. Os participantes poderão utilizar elementos cênicos e efeitos visuais e especiais durante suas apresentações, desde que não ocorram mudanças de quaisquer espécies da estrutura cenográfica oferecida aos participantes pela comissão organizadora. Das disposições gerais Art. 13º. Todos os casos não previstos neste Regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora.
  • 6. Parágrafo único. Fica garantido o direito à livre expressão de quaisquer um dos concorrentes, exceto no destrato público ao evento ou a qualquer participantes da Comissão Organizadora, e demais pessoas envolvidas na Organização do Festival, caso em que ocorrerá a imediata desclassificação do concorrente e dos trabalhos de sua autoria. Art. 15. A simples inscrição da música pressupõe a aceitação e a concordância com todos os termos do presente Regulamento, valendo como contrato de adesão. Juazeiro - BA, em 23 de Setembro de 2013. Secretaria de Cultura e Juventude
  • 7. Parágrafo único. Fica garantido o direito à livre expressão de quaisquer um dos concorrentes, exceto no destrato público ao evento ou a qualquer participantes da Comissão Organizadora, e demais pessoas envolvidas na Organização do Festival, caso em que ocorrerá a imediata desclassificação do concorrente e dos trabalhos de sua autoria. Art. 15. A simples inscrição da música pressupõe a aceitação e a concordância com todos os termos do presente Regulamento, valendo como contrato de adesão. Juazeiro - BA, em 23 de Setembro de 2013. Secretaria de Cultura e Juventude