SlideShare uma empresa Scribd logo
PROCESSADORES EVULOÇÃO DOS PROCESSADORES
INTRODOÇÃO No final dos anos 60, muitos cientistas discutiram a possibilidade de um computador em um chip, mas muitos sentiram que a tecnologia de circuito integrado não estava tão avançada para se chegar a um chip como esse que parecia um sonho. Mas o funcionário da Intel Ted Hoff pensou diferente; ele foi o primeiro a reconhecer que a tecnologia MOS poderia fazer um chip CPU(Central Processing Unit).
NOVEMBRO 1971 E assim nasceu o 4004 chip com apenas 2,300 transístores em uma área de apenas 3 x 4 milímetros.  Com um CPU de 4-bit,
1978 1978 A Intel voltou a lançar um processador desta vez o 8086 Esse chip não foi usado no primeiro PC, foi usado um pouco depois em computadores que não foram tão importantes.  Era um processador de 16-bit
1981 Nec V20 E V30 Clones do 8088 e 8086. Supostamente eram 30% mais velozes que os originais da Intel.  1982 A INTEL lança a nova geração de Processadores
2ª GERAÇÃO Intel 80186  foi um chip muito popular. Muitas versões podia-se escolher entre CHMOS ou HMOS, 8-bit ou 16-bit Um chip CHMOS poderia rodar o dobro de velocidade de clock HMOS. Em 1990, a Intel lançou a versão melhorada da família 186. Eles compartilhavam 1-micron e rodavam a 25MHz em 3 volts.
1982 Intel volta a melhorar ainda mais os seus processadores Desta vez é o 80286 Um processador de 16-bit capaz de endereçar 16 MB de RAM. Esse chip é capaz de trabalhar com memória virtual. O 286 foi o primeiro processador “real”. Separado da placa mãe
1982 AMD Um dos primeiros processadores da AMD, foi o 286A. Lançado em 1982, esse processador não representou grande avanço tecnológico, porém tinha alguns recursos muito interessantes. Um deles era o emulador EMS e a habilidade de sair do modo de protecção
1985 Em Janeiro de 1985, a AMD lançou o seu 386.  Esse processador nada mais era que o antigo 286 com algumas melhorias. Assim como o 386 da Intel, esse novo processador possuía suporte de 32bits. Vinha em velocidades de 16, 20. 25. 33, 40 MHz.
1988 SURGE A 3ª GERAÇÃO - Intel 386 (1988)  Esse foi o chip que começou tudo que vemos hoje. Com esse chip, os Pc’s começaram a ser mais úteis que âncoras de barcos. É O primeiro processador de 32-bit para Pc’s.  Ele consegue comunicar com 4 GB de memória real e 64 de memória virtual.
1989 Em 1989, pouco depois do lançamento do 486 da Intel, a AMD lançava sua versão desse processador. A exemplo da Intel, o novo processador vinha com coprocessador matemático integrado. Vinha nas velocidades de 22, 33 e 50Mhz. Esse processador pode ser considerado o início da popularidade da AMD. Em muitos testes realizados, o 486 da Intel perdia para o 486 da AMD.
1993 Intel lança o processador que realmente deu início a corrida pelos Mhz: O Pentium. Possuindo uma BUS externa de 64bits, Logo depois, uma segunda geração do Pentium foi lançada. Esse novo Pentium possuía um novo core e tinha velocidades de 75 à 200Mhz. Por fim, uma terceira geração desse processador foi lançada e introduzia um incrível tecnologia: a (MMX). Essa terceira geração vinha com velocidades de 166 à 233mhz.
1995 AMD sabia que tinha que lançar um produto a altura da rival, já que havia voltado para trás na corrida. Em 1995, lança o 5x86, ou apenas 586. Esse processador nada mais era que um 486 melhorado com bus interna de 133Mhz.
1996 AMD lança o K5. O K significava Kriptonita, a única arma eficaz contra o Super-Homem (Intel). Esse processador era mais rápido que o Pentium de mesmo clock, mas a AMD não conseguia fazer versões com velocidades superiores a 116Mhz, o que tornou um problema para a empresa que via o Pentium chegar a 150mhz com facilidade
1997 Pela primeira vez, o clássico modelo de socket havia sido abandonado. Entrava o modelo de Slot. Esse novo processador vinha com velocidades de 233Mhz à 450Mhz  Era fantástico em tudo que fazia, incluindo aplicações mais pesadas em 3D.
1998 Em 1998, a AMD tentava achar um jeito de concorrer com a tecnologia MMX da Intel,  Então, a AMD decidiu que deveria fazer algumas melhorias em sua tecnologia de FPU e sua versão da MMX.  O que resultou disso foi o 3DNow!, lançado com o novo processador K6 2, que vinha com velocidades de 266 à 550Mhz
1999 Em 1999, a Intel percebera que deveria fazer um produto destinado ao mercado de baixo custo. A solução encontrada foi o Celeron.
1999 Lançado também em 1999, e até hoje sendo o melhor (mais vendido) processador da empresa, o Pentium 3 apresentava mais cache, MHZ e velocidade final de 450Mhz a incríveis 1Ghz.
2000 AMD mostraria ao mundo seu novo produto. Esse produto prometia revolucionar a indústria de processadores e virar a corrida tecnológica a seu favor.
2000 Intel anuncia o novo e mais poderoso processador. O Pentium 4. Esse novo processador, roda com bus de 400mhz (que na verdade é 100mhz x 4) e possui velocidades de 1.3 à 1.5Ghz.
2006 O  Core 2  é a geração mais recente de processadores  lançada pela INTEL Core 2 significou a substituição da marca PENTIUM O Core 2 também é a reunião das linhas de processadores para micros de mesa e portáteis
Quad Core É a versão de processadores da Intel mais recente, produzidos para computadores de mesa,), Usam a marca  Core 2 Quad . A tecnologia  quad core  de processadores faz com que ele obtenha 4 núcleos, aumentando a velocidade de processamento. O clock pode alcançar até 3.33 Ghz . Em
CYRIX A Cyrix está no mercado de processadores a bastante tempo. Hoje essa empresa pertence a VIA, originalmente era parte da IBM e já foi parte da National Semiconductor. Essa empresa sempre lançou processadores consideravelmente mais lentos que os da Intel e AMD. .
EXEMPLOS DE CYRIX
CONCLUSÃO Como vimos, podemos dizer que nenhum componente avançou tanto quanto os processadores em um curto espaço de tempo. Talvez somente as placas de vídeo. De acordo com a Lei de Moore, os processadores irão ter suas velocidades dobradas a cada 18 meses.
Créditos Trabalho compilado por: Leandro Bernardo Fernando Picareta Bruno Garcia 21/04/2008

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
Felipe Weizenmann
 
Evolução dos processadores
Evolução dos processadoresEvolução dos processadores
Evolução dos processadores
Tiago Garcia
 
Trabalhos dos alunos: Processadores
Trabalhos dos alunos: ProcessadoresTrabalhos dos alunos: Processadores
Trabalhos dos alunos: Processadores
teixeiraafm1
 
Processador Intel Core i7
Processador Intel Core i7Processador Intel Core i7
Processador Intel Core i7
José Lamaison
 
Processadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentaçãoProcessadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentação
Miguel Ferreira
 
Processadores
Processadores Processadores
Processadores
Alceu Bernardino
 
A evolução dos processadores
A evolução dos processadoresA evolução dos processadores
A evolução dos processadores
drogapraisso
 
Processadores tipos e modelos amd intel e cpuz
Processadores tipos e modelos amd intel e cpuzProcessadores tipos e modelos amd intel e cpuz
Processadores tipos e modelos amd intel e cpuz
Rogério Cardoso
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
Patrícia Morais
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
Victor Pereira
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Pocessador intel 80286, vantagens e desvantagens
Pocessador intel 80286, vantagens e desvantagensPocessador intel 80286, vantagens e desvantagens
Pocessador intel 80286, vantagens e desvantagens
José Renato da Rosa
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
Daniela Oura
 
Processador
ProcessadorProcessador
Processador
actin8mining
 
Aula 15 processadores
Aula 15 processadoresAula 15 processadores
Aula 15 processadores
Alexandrino Sitoe
 
Processadores mais utilizados atualmente
Processadores mais utilizados atualmenteProcessadores mais utilizados atualmente
Processadores mais utilizados atualmente
Jonathan Matheus
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
Luiz Pereira
 
Aula 07-oac-processadores
Aula 07-oac-processadoresAula 07-oac-processadores
Aula 07-oac-processadores
Cristiano Pires Martins
 
Trabalho de tec
Trabalho de tecTrabalho de tec
Trabalho de tec
power400
 
Processadores Multicore
Processadores MulticoreProcessadores Multicore
Processadores Multicore
glauco
 

Mais procurados (20)

Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
 
Evolução dos processadores
Evolução dos processadoresEvolução dos processadores
Evolução dos processadores
 
Trabalhos dos alunos: Processadores
Trabalhos dos alunos: ProcessadoresTrabalhos dos alunos: Processadores
Trabalhos dos alunos: Processadores
 
Processador Intel Core i7
Processador Intel Core i7Processador Intel Core i7
Processador Intel Core i7
 
Processadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentaçãoProcessadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentação
 
Processadores
Processadores Processadores
Processadores
 
A evolução dos processadores
A evolução dos processadoresA evolução dos processadores
A evolução dos processadores
 
Processadores tipos e modelos amd intel e cpuz
Processadores tipos e modelos amd intel e cpuzProcessadores tipos e modelos amd intel e cpuz
Processadores tipos e modelos amd intel e cpuz
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
 
Pocessador intel 80286, vantagens e desvantagens
Pocessador intel 80286, vantagens e desvantagensPocessador intel 80286, vantagens e desvantagens
Pocessador intel 80286, vantagens e desvantagens
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
 
Processador
ProcessadorProcessador
Processador
 
Aula 15 processadores
Aula 15 processadoresAula 15 processadores
Aula 15 processadores
 
Processadores mais utilizados atualmente
Processadores mais utilizados atualmenteProcessadores mais utilizados atualmente
Processadores mais utilizados atualmente
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
 
Aula 07-oac-processadores
Aula 07-oac-processadoresAula 07-oac-processadores
Aula 07-oac-processadores
 
Trabalho de tec
Trabalho de tecTrabalho de tec
Trabalho de tec
 
Processadores Multicore
Processadores MulticoreProcessadores Multicore
Processadores Multicore
 

Destaque

Processadores ARM
Processadores ARMProcessadores ARM
Processadores ARM
Lucas Jacinto
 
Aula 3 processadores
Aula 3   processadoresAula 3   processadores
Aula 3 processadores
redesinforma
 
Processadores intel 4000 a 4004
Processadores intel 4000 a 4004Processadores intel 4000 a 4004
Processadores intel 4000 a 4004
Elaine Cecília Gatto
 
Processadores intel 8008 e 8080
Processadores intel 8008 e 8080Processadores intel 8008 e 8080
Processadores intel 8008 e 8080
Elaine Cecília Gatto
 
5 hardware - processadores
5   hardware - processadores5   hardware - processadores
5 hardware - processadores
Lucky Fox
 
Batalha de processadores
Batalha de processadoresBatalha de processadores
Batalha de processadores
AbnerX3
 
O avanço dos computadores e a história da internet
O avanço dos computadores e a história da internetO avanço dos computadores e a história da internet
O avanço dos computadores e a história da internet
tupiduda
 
Slide da prova
Slide da provaSlide da prova
Slide da prova
bjn123
 
Aula2 Historia 2010
Aula2   Historia 2010Aula2   Historia 2010
Aula2 Historia 2010
Roberto Bentes
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
class_group_1
 
PROCESSADOR
PROCESSADORPROCESSADOR
PROCESSADOR
Ivan Marks
 
História dos computadores
História dos computadoresHistória dos computadores
História dos computadores
jvgarlito
 
Curso MMM - Aula 02 - Processadores
Curso MMM - Aula 02 - ProcessadoresCurso MMM - Aula 02 - Processadores
Curso MMM - Aula 02 - Processadores
Spartan Digital
 
O que não te contaram sobre pré-processadores
O que não te contaram sobre pré-processadoresO que não te contaram sobre pré-processadores
O que não te contaram sobre pré-processadores
Eduardo Matos
 
Slide processadores (backup)2
Slide processadores (backup)2Slide processadores (backup)2
Slide processadores (backup)2
leandrocovre
 
Processadores, placas de vídeo, de som
Processadores, placas de vídeo, de somProcessadores, placas de vídeo, de som
Processadores, placas de vídeo, de som
Baguiasri
 
Tecnologia de processadores
Tecnologia de processadoresTecnologia de processadores
Tecnologia de processadores
Campus Party Brasil
 
Arquiteturas_risc_e_cisc
Arquiteturas_risc_e_ciscArquiteturas_risc_e_cisc
Arquiteturas_risc_e_cisc
Bruno Dias
 
Unidade 2 - Processador de texto (Aula 1 e 2)
Unidade 2 - Processador de texto (Aula 1 e 2)Unidade 2 - Processador de texto (Aula 1 e 2)
Unidade 2 - Processador de texto (Aula 1 e 2)
Luis Ferreira
 

Destaque (19)

Processadores ARM
Processadores ARMProcessadores ARM
Processadores ARM
 
Aula 3 processadores
Aula 3   processadoresAula 3   processadores
Aula 3 processadores
 
Processadores intel 4000 a 4004
Processadores intel 4000 a 4004Processadores intel 4000 a 4004
Processadores intel 4000 a 4004
 
Processadores intel 8008 e 8080
Processadores intel 8008 e 8080Processadores intel 8008 e 8080
Processadores intel 8008 e 8080
 
5 hardware - processadores
5   hardware - processadores5   hardware - processadores
5 hardware - processadores
 
Batalha de processadores
Batalha de processadoresBatalha de processadores
Batalha de processadores
 
O avanço dos computadores e a história da internet
O avanço dos computadores e a história da internetO avanço dos computadores e a história da internet
O avanço dos computadores e a história da internet
 
Slide da prova
Slide da provaSlide da prova
Slide da prova
 
Aula2 Historia 2010
Aula2   Historia 2010Aula2   Historia 2010
Aula2 Historia 2010
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
 
PROCESSADOR
PROCESSADORPROCESSADOR
PROCESSADOR
 
História dos computadores
História dos computadoresHistória dos computadores
História dos computadores
 
Curso MMM - Aula 02 - Processadores
Curso MMM - Aula 02 - ProcessadoresCurso MMM - Aula 02 - Processadores
Curso MMM - Aula 02 - Processadores
 
O que não te contaram sobre pré-processadores
O que não te contaram sobre pré-processadoresO que não te contaram sobre pré-processadores
O que não te contaram sobre pré-processadores
 
Slide processadores (backup)2
Slide processadores (backup)2Slide processadores (backup)2
Slide processadores (backup)2
 
Processadores, placas de vídeo, de som
Processadores, placas de vídeo, de somProcessadores, placas de vídeo, de som
Processadores, placas de vídeo, de som
 
Tecnologia de processadores
Tecnologia de processadoresTecnologia de processadores
Tecnologia de processadores
 
Arquiteturas_risc_e_cisc
Arquiteturas_risc_e_ciscArquiteturas_risc_e_cisc
Arquiteturas_risc_e_cisc
 
Unidade 2 - Processador de texto (Aula 1 e 2)
Unidade 2 - Processador de texto (Aula 1 e 2)Unidade 2 - Processador de texto (Aula 1 e 2)
Unidade 2 - Processador de texto (Aula 1 e 2)
 

Semelhante a Processadores

INTEL vs AMD
INTEL vs AMDINTEL vs AMD
INTEL vs AMD
Petterson Castro
 
História do processador
História do processadorHistória do processador
História do processador
Marcos Amauri
 
Tabela de processadores
Tabela de processadoresTabela de processadores
Tabela de processadores
Jose Silva
 
3 ufcd 0749 - processadores1
3   ufcd 0749 - processadores13   ufcd 0749 - processadores1
3 ufcd 0749 - processadores1
CarlosSardinha7
 
Unitec processador
Unitec processadorUnitec processador
Unitec processador
Samot Oiralih Eznam
 
Aula 3 processadores
Aula 3   processadoresAula 3   processadores
Aula 3 processadores
Paulo Carvalho, MSc.
 
Apresentação1
 Apresentação1 Apresentação1
Apresentação1
gutka3
 
Trabalho de SI - Fábio Pavani!.pptx
Trabalho de SI - Fábio Pavani!.pptxTrabalho de SI - Fábio Pavani!.pptx
Trabalho de SI - Fábio Pavani!.pptx
BernardoPinto20
 
Montagem e Configuração de Computadores
Montagem e Configuração de ComputadoresMontagem e Configuração de Computadores
Montagem e Configuração de Computadores
Manel Motas
 
Sebenta
SebentaSebenta
Sebenta
lbernasl
 
Sebenta
SebentaSebenta
Sebenta
lbernasl
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
Jose Silva
 
Trabalho processadores vanessa
Trabalho processadores vanessaTrabalho processadores vanessa
Trabalho processadores vanessa
Vanessa Costa
 
Montagem e configuração de computadores
Montagem e configuração de computadoresMontagem e configuração de computadores
Montagem e configuração de computadores
Sara Nóbrega
 
Montagem e configuração de computadores
Montagem e configuração de computadoresMontagem e configuração de computadores
Montagem e configuração de computadores
Sara Nóbrega
 
Tipos de: Memórias, Motherboards, Placas Gráficas e Processadores
Tipos de: Memórias, Motherboards, Placas Gráficas e ProcessadoresTipos de: Memórias, Motherboards, Placas Gráficas e Processadores
Tipos de: Memórias, Motherboards, Placas Gráficas e Processadores
Rui Ferreira
 
Aquitetura dos Processadores Multicore
Aquitetura dos Processadores MulticoreAquitetura dos Processadores Multicore
Aquitetura dos Processadores Multicore
IsraelCunha
 
Soquetes e Slots
Soquetes e SlotsSoquetes e Slots
Soquetes e Slots
Jullia Mada
 
1984
19841984
1984
Pelo Siro
 
Arquitectura de Computadores3.pptx
Arquitectura de Computadores3.pptxArquitectura de Computadores3.pptx
Arquitectura de Computadores3.pptx
riodurval
 

Semelhante a Processadores (20)

INTEL vs AMD
INTEL vs AMDINTEL vs AMD
INTEL vs AMD
 
História do processador
História do processadorHistória do processador
História do processador
 
Tabela de processadores
Tabela de processadoresTabela de processadores
Tabela de processadores
 
3 ufcd 0749 - processadores1
3   ufcd 0749 - processadores13   ufcd 0749 - processadores1
3 ufcd 0749 - processadores1
 
Unitec processador
Unitec processadorUnitec processador
Unitec processador
 
Aula 3 processadores
Aula 3   processadoresAula 3   processadores
Aula 3 processadores
 
Apresentação1
 Apresentação1 Apresentação1
Apresentação1
 
Trabalho de SI - Fábio Pavani!.pptx
Trabalho de SI - Fábio Pavani!.pptxTrabalho de SI - Fábio Pavani!.pptx
Trabalho de SI - Fábio Pavani!.pptx
 
Montagem e Configuração de Computadores
Montagem e Configuração de ComputadoresMontagem e Configuração de Computadores
Montagem e Configuração de Computadores
 
Sebenta
SebentaSebenta
Sebenta
 
Sebenta
SebentaSebenta
Sebenta
 
Processadores
ProcessadoresProcessadores
Processadores
 
Trabalho processadores vanessa
Trabalho processadores vanessaTrabalho processadores vanessa
Trabalho processadores vanessa
 
Montagem e configuração de computadores
Montagem e configuração de computadoresMontagem e configuração de computadores
Montagem e configuração de computadores
 
Montagem e configuração de computadores
Montagem e configuração de computadoresMontagem e configuração de computadores
Montagem e configuração de computadores
 
Tipos de: Memórias, Motherboards, Placas Gráficas e Processadores
Tipos de: Memórias, Motherboards, Placas Gráficas e ProcessadoresTipos de: Memórias, Motherboards, Placas Gráficas e Processadores
Tipos de: Memórias, Motherboards, Placas Gráficas e Processadores
 
Aquitetura dos Processadores Multicore
Aquitetura dos Processadores MulticoreAquitetura dos Processadores Multicore
Aquitetura dos Processadores Multicore
 
Soquetes e Slots
Soquetes e SlotsSoquetes e Slots
Soquetes e Slots
 
1984
19841984
1984
 
Arquitectura de Computadores3.pptx
Arquitectura de Computadores3.pptxArquitectura de Computadores3.pptx
Arquitectura de Computadores3.pptx
 

Mais de spidi_pt

Tic Ingles
Tic InglesTic Ingles
Tic Ingles
spidi_pt
 
Trabalho Stc Cern
Trabalho Stc CernTrabalho Stc Cern
Trabalho Stc Cern
spidi_pt
 
Ufcd7 Trabalho
Ufcd7 TrabalhoUfcd7 Trabalho
Ufcd7 Trabalho
spidi_pt
 
Novas Tecnologias
Novas TecnologiasNovas Tecnologias
Novas Tecnologias
spidi_pt
 
Biografia De CamõEs
Biografia De CamõEsBiografia De CamõEs
Biografia De CamõEs
spidi_pt
 
Cp T 5 Domingo Sangrento
Cp T 5 Domingo SangrentoCp T 5 Domingo Sangrento
Cp T 5 Domingo Sangrento
spidi_pt
 
Biografia De CamõEs 2
Biografia De CamõEs 2Biografia De CamõEs 2
Biografia De CamõEs 2
spidi_pt
 
Placas GráFicas Realease1
Placas GráFicas Realease1Placas GráFicas Realease1
Placas GráFicas Realease1
spidi_pt
 

Mais de spidi_pt (8)

Tic Ingles
Tic InglesTic Ingles
Tic Ingles
 
Trabalho Stc Cern
Trabalho Stc CernTrabalho Stc Cern
Trabalho Stc Cern
 
Ufcd7 Trabalho
Ufcd7 TrabalhoUfcd7 Trabalho
Ufcd7 Trabalho
 
Novas Tecnologias
Novas TecnologiasNovas Tecnologias
Novas Tecnologias
 
Biografia De CamõEs
Biografia De CamõEsBiografia De CamõEs
Biografia De CamõEs
 
Cp T 5 Domingo Sangrento
Cp T 5 Domingo SangrentoCp T 5 Domingo Sangrento
Cp T 5 Domingo Sangrento
 
Biografia De CamõEs 2
Biografia De CamõEs 2Biografia De CamõEs 2
Biografia De CamõEs 2
 
Placas GráFicas Realease1
Placas GráFicas Realease1Placas GráFicas Realease1
Placas GráFicas Realease1
 

Último

A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 

Último (20)

A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 

Processadores

  • 2. INTRODOÇÃO No final dos anos 60, muitos cientistas discutiram a possibilidade de um computador em um chip, mas muitos sentiram que a tecnologia de circuito integrado não estava tão avançada para se chegar a um chip como esse que parecia um sonho. Mas o funcionário da Intel Ted Hoff pensou diferente; ele foi o primeiro a reconhecer que a tecnologia MOS poderia fazer um chip CPU(Central Processing Unit).
  • 3. NOVEMBRO 1971 E assim nasceu o 4004 chip com apenas 2,300 transístores em uma área de apenas 3 x 4 milímetros. Com um CPU de 4-bit,
  • 4. 1978 1978 A Intel voltou a lançar um processador desta vez o 8086 Esse chip não foi usado no primeiro PC, foi usado um pouco depois em computadores que não foram tão importantes. Era um processador de 16-bit
  • 5. 1981 Nec V20 E V30 Clones do 8088 e 8086. Supostamente eram 30% mais velozes que os originais da Intel. 1982 A INTEL lança a nova geração de Processadores
  • 6. 2ª GERAÇÃO Intel 80186 foi um chip muito popular. Muitas versões podia-se escolher entre CHMOS ou HMOS, 8-bit ou 16-bit Um chip CHMOS poderia rodar o dobro de velocidade de clock HMOS. Em 1990, a Intel lançou a versão melhorada da família 186. Eles compartilhavam 1-micron e rodavam a 25MHz em 3 volts.
  • 7. 1982 Intel volta a melhorar ainda mais os seus processadores Desta vez é o 80286 Um processador de 16-bit capaz de endereçar 16 MB de RAM. Esse chip é capaz de trabalhar com memória virtual. O 286 foi o primeiro processador “real”. Separado da placa mãe
  • 8. 1982 AMD Um dos primeiros processadores da AMD, foi o 286A. Lançado em 1982, esse processador não representou grande avanço tecnológico, porém tinha alguns recursos muito interessantes. Um deles era o emulador EMS e a habilidade de sair do modo de protecção
  • 9. 1985 Em Janeiro de 1985, a AMD lançou o seu 386. Esse processador nada mais era que o antigo 286 com algumas melhorias. Assim como o 386 da Intel, esse novo processador possuía suporte de 32bits. Vinha em velocidades de 16, 20. 25. 33, 40 MHz.
  • 10. 1988 SURGE A 3ª GERAÇÃO - Intel 386 (1988) Esse foi o chip que começou tudo que vemos hoje. Com esse chip, os Pc’s começaram a ser mais úteis que âncoras de barcos. É O primeiro processador de 32-bit para Pc’s. Ele consegue comunicar com 4 GB de memória real e 64 de memória virtual.
  • 11. 1989 Em 1989, pouco depois do lançamento do 486 da Intel, a AMD lançava sua versão desse processador. A exemplo da Intel, o novo processador vinha com coprocessador matemático integrado. Vinha nas velocidades de 22, 33 e 50Mhz. Esse processador pode ser considerado o início da popularidade da AMD. Em muitos testes realizados, o 486 da Intel perdia para o 486 da AMD.
  • 12. 1993 Intel lança o processador que realmente deu início a corrida pelos Mhz: O Pentium. Possuindo uma BUS externa de 64bits, Logo depois, uma segunda geração do Pentium foi lançada. Esse novo Pentium possuía um novo core e tinha velocidades de 75 à 200Mhz. Por fim, uma terceira geração desse processador foi lançada e introduzia um incrível tecnologia: a (MMX). Essa terceira geração vinha com velocidades de 166 à 233mhz.
  • 13. 1995 AMD sabia que tinha que lançar um produto a altura da rival, já que havia voltado para trás na corrida. Em 1995, lança o 5x86, ou apenas 586. Esse processador nada mais era que um 486 melhorado com bus interna de 133Mhz.
  • 14. 1996 AMD lança o K5. O K significava Kriptonita, a única arma eficaz contra o Super-Homem (Intel). Esse processador era mais rápido que o Pentium de mesmo clock, mas a AMD não conseguia fazer versões com velocidades superiores a 116Mhz, o que tornou um problema para a empresa que via o Pentium chegar a 150mhz com facilidade
  • 15. 1997 Pela primeira vez, o clássico modelo de socket havia sido abandonado. Entrava o modelo de Slot. Esse novo processador vinha com velocidades de 233Mhz à 450Mhz Era fantástico em tudo que fazia, incluindo aplicações mais pesadas em 3D.
  • 16. 1998 Em 1998, a AMD tentava achar um jeito de concorrer com a tecnologia MMX da Intel, Então, a AMD decidiu que deveria fazer algumas melhorias em sua tecnologia de FPU e sua versão da MMX. O que resultou disso foi o 3DNow!, lançado com o novo processador K6 2, que vinha com velocidades de 266 à 550Mhz
  • 17. 1999 Em 1999, a Intel percebera que deveria fazer um produto destinado ao mercado de baixo custo. A solução encontrada foi o Celeron.
  • 18. 1999 Lançado também em 1999, e até hoje sendo o melhor (mais vendido) processador da empresa, o Pentium 3 apresentava mais cache, MHZ e velocidade final de 450Mhz a incríveis 1Ghz.
  • 19. 2000 AMD mostraria ao mundo seu novo produto. Esse produto prometia revolucionar a indústria de processadores e virar a corrida tecnológica a seu favor.
  • 20. 2000 Intel anuncia o novo e mais poderoso processador. O Pentium 4. Esse novo processador, roda com bus de 400mhz (que na verdade é 100mhz x 4) e possui velocidades de 1.3 à 1.5Ghz.
  • 21. 2006 O Core 2 é a geração mais recente de processadores lançada pela INTEL Core 2 significou a substituição da marca PENTIUM O Core 2 também é a reunião das linhas de processadores para micros de mesa e portáteis
  • 22. Quad Core É a versão de processadores da Intel mais recente, produzidos para computadores de mesa,), Usam a marca Core 2 Quad . A tecnologia quad core de processadores faz com que ele obtenha 4 núcleos, aumentando a velocidade de processamento. O clock pode alcançar até 3.33 Ghz . Em
  • 23. CYRIX A Cyrix está no mercado de processadores a bastante tempo. Hoje essa empresa pertence a VIA, originalmente era parte da IBM e já foi parte da National Semiconductor. Essa empresa sempre lançou processadores consideravelmente mais lentos que os da Intel e AMD. .
  • 25. CONCLUSÃO Como vimos, podemos dizer que nenhum componente avançou tanto quanto os processadores em um curto espaço de tempo. Talvez somente as placas de vídeo. De acordo com a Lei de Moore, os processadores irão ter suas velocidades dobradas a cada 18 meses.
  • 26. Créditos Trabalho compilado por: Leandro Bernardo Fernando Picareta Bruno Garcia 21/04/2008