SlideShare uma empresa Scribd logo
APRESENTAÇÃO
Naliturgiacelebramosaalmadanossa fé.Omomentomaisimportante
dacomunidadeéquandosereúnenacelebraçãolitúrgica.
A Igreja Católica acumulou uma riqueza de dois mil anos de
experiências de celebrações litúrgicas. Hoje, certamente, uma das mais
belaseprofundasqueserealizanaterraéaliturgiacatólica.
O ser humano, diante da grandeza do Amor e da Bondade de Deus,
sente necessidade de rezar, celebrar e cantar. “Cantai ao Senhor um canto
novo, e o seu louvorna assembleia dos fiéis! Alegre-seIsrael em Quem o fez!
E Sião se rejubile no seu Rei! Com danças glorifiquem o seu nome, toquem
harpaetamboremsuahonra!Porque,defato,oSenhoramaoseupovo”(Sl
149,1-4).
Quando Santo Agostinho diz que cantar é rezar duas vezes, significa
dizer que é através do canto que expressamos mais e melhor a fé e os
sentimentos.
Os cantos são fundamentais em nossas liturgias, pois nos ajudam a
entrar no grande Mistério do Amor de Deus em nosso meio: “Onde dois ou
trêsestiveremreunidosemmeunome,Euestareinomeiodeles”.
Este livro de cantos não é perfeito e completo, mas com certeza é um
grande instrumento para ajudar a celebrar mais e melhor em nossas
comunidades,conformeasorientaçõeslitúrgicas.
Minha gratidão em nome de toda a Diocese de Criciúma, à equipe que
elaborou este livro de cantos. Ele vai nos servir por muitos anos na diocese,
queestácelebrandoseus15anosdecaminhada.Deussejalouvado!
QueDeusabençoeatodos!
Coordenação Diocesana
de Pastoral
Dom Jacinto Inacio Flach
Bispo da Diocese
de Criciúma
01
02
Elaboração:
Diocese de Criciúma
Impresso:
Ano 2013
Diagramação e Impressão:
Formsul Indústria Gráfica Ltda.
Uso interno:
Diocese de Criciúma
“QUERES VER EM QUE EU CREIO, VENHA À IGREJA
OUVIR O QUE CANTO!”
Santo Agostinho
INTRODUÇÃO
Na liturgia, somos convidados a “celebrar cantando”: “Falai uns aos
outros com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando ao
Senhor em vosso coração, sempre e por tudo dando graças a Deus, o
Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo” (Ef. 5,19).
O Concílio Vaticano II deu os princípios da renovação litúrgica, cujo
cerne é a participação consciente e plena de todo o povo nas
celebrações. Nesse sentido, a música é por excelência, meio de
expressão, sobretudo quando cada povo pode participar, cantando em
sua própria música, em seus ritmos, ao toque dos seus próprios
instrumentos.
O Canto e a Música na liturgia devem expressar a alma de um povo
e ocupar um lugar privilegiado na liturgia, cuja finalidade última é a
glorificação de Deus e a santificação dos fiéis. Segundo a Sacrossantum
Concilium: "a música sacra será tanto mais santa quanto mais
intimamente estiver ligada à ação litúrgica, quer exprimindo mais
suavemente a oração, quer favorecendo a unanimidade, quer enfim,
dando maior solenidade aos ritos sagrados" (SC 112).
Amúsica é litúrgica na medida em que expressa o mistério de Deus
celebrado em cada uma de suas ações, sem esquecer os tempos que
estamos vivendo: Advento, Natal, Quaresma, Tempo Pascal, Tempo
Comum, Festa especial do Senhor, de Maria ou outros santos.
1 - Deus chega pelo Canto
O canto, por natureza, está intimamente vinculado à palavra. O
canto é palavra que desabrocha em sonoridade, melodia e ritmo. Tem
tudo a ver com a celebração da Palavra de Deus, seja quando os salmos
se tornam a expressão do louvor ou do clamor da assembleia, seja
quando as Escrituras são proclamadas para edificação do Povo de
Deus.
O canto na liturgia é um momento de revelação do Senhor. O
Senhor fala e deixa-se perceber e experimentar pela assembleia. O
canto é uma forma de acolher o Deus da história no coração da
Assembleia e estabelecer o diálogo com Ele, aclamar a sua presença,
intensificar o compromisso com o seu projeto libertador em meio à
situação de pecado e dominação.
O canto, como “parte necessária e integrante da liturgia” (SC 112),
por exigência de autenticidade, deve ser a expressão da fé e da vida
cristã de cada assembleia. Em ordem de importância é, após a
comunhão sacramental, o elemento que melhor colabora para a
03
verdadeira participação pedida pelo Concílio (...)
O canto, portanto, não é algo de secundário ou lateral na liturgia,
mas é uma das expressões mais profundas e autênticas da própria
liturgia e possibilita, ao mesmo tempo, uma participação pessoal e
comunitária dos fiéis. Por isso dizemos que não se canta na liturgia, mas
se canta a liturgia.
2 - Canto é Participação do Povo
Liturgia é ação e por isso, o canto na liturgia é um meio para viver o
Mistério que está sendo celebrado: a vida, morte e ressurreição de Jesus
Cristo, nas realidades vividas no dia a dia. É todo o povo que deve cantar,
aclamar, responder (SC 30). Por isso, é fundamental desenvolver uma
autêntica e organizada pastoral do canto e da música litúrgica, tendo o
cuidado para que o estilo e o conteúdo da música promovam a
participação dos fiéis, levando em conta a idade, as condições e tipos de
vida, cultura e costumes religiosos.
“Servir à assembleia é a base de toda liturgia verdadeiramente
pastoral. Porém, servir não significa satisfazer os desejos manifestados
por pessoas na comunidade. Servir é a primeira preocupação de uma
liturgia que leve em conta a assembleia celebrante, com suas
possibilidades, suas riquezas e seus limites. É o caminho mais seguro
para se chegar a uma celebração cheia de vida”. Portanto, a escolha dos
cantos para a celebração não pode ser feita em função de algumas
pessoas que se apegam a um repertório tradicional, ou que cantam
somente as músicas próprias de seu grupo ou movimento (cfr.Música
Litúrgica – Estudos da CNBB, 171-172 e 175).
Graus de importância do canto litúrgico na celebração
eucarística
Os cantos da celebração eucarística podem ser classificados, em
grau de importância, em dois blocos: os que constituem um rito e os que
acompanham um rito.
a) Principais cantos que constituem um rito:
Nos Ritos Iniciais: Senhor, tende piedade de nós; Glória.
Na Liturgia da Palavra: Salmo responsorial; Creio.
Na Liturgia Eucarística: Prece Eucarística (diálogo inicial, prefácio,
santo, aclamação memorial, intervenções da assembleia, doxologia
final); Pai-nosso.
Os cantos que constituem um rito têm o seu texto previsto no ritual
das celebrações e não podem ser substituídos ou parafraseados. Eles
devem sempre ter a participação de toda a Assembleia, ao menos com
os refrões intercalados às estrofes.
b) Principais cantos que acompanham um rito:
Nos Ritos Iniciais: Abertura; aspersão.
Na Liturgia da Palavra: Aclamação ao evangelho; respostas da
04
oração universal dos fiéis.
Na Liturgia Eucarística: canto das oferendas; canto da fração do
pão (Cordeiro de Deus), canto da comunhão.
3. O Canto e a Música nos Tempos do Ano Litúrgico
O canto e a música devem expressar o mistério pascal de Cristo, de
acordo com o tempo do ano litúrgico e suas festas (cfr. SC 107).
3.1. Cantar oAdvento do Senhor.
No início do ano litúrgico, ao longo de quatro semanas, a Igreja
entoa um canto de vigilante e alegre espera da vinda do Senhor, o
Emanuel, Deus-conosco. Este canto, antes entoado pelos profetas, por
João Batista e por Maria continua ressoando no seio da Igreja que
clama: "Vem, Senhor, nos salvar. Vem, sem demora, nos dar a paz".
3.2. Cantar o Natal do Senhor
Neste tempo, cantamos com a euforia dos profetas e evangelistas
de todos os tempos, o mistério da encarnação (Natal) e da manifestação
(Epifania) do Verbo de Deus. Os pobres acorrerão até o presépio, pois a
boa notícia é sobretudo para eles, embora seja de alegria para todos os
povos: "Aluz resplandeceu em plena escuridão..."; "Vimos sua estrela no
Oriente e viemos adorar o Senhor".
3.3. Cantar a Quaresma
Cantar a quaresma é cantar a dor pelo pecado do mundo, que, em
todos os tempos e de tantas maneiras, crucifica os filhos de Deus e
prolonga a Paixão de Cristo. É um canto de penitência e conversão, um
canto sem "glória" e sem "aleluia", sem flores e sem as vestes da alegria,
um canto "das profundezas do abismo" em que nos colocaram nossos
pecados (Sl 130); um grito penitente de quem implora e suplica: "Tende
piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade, e conforme a vossa
misericórdia, apagai a minha iniquidade" (Sl 51/50).
3.4. Cantar o Tríduo Pascal
Nesses três dias, vivenciamos, de forma condensada, o mistério
pascal de Cristo que se desdobra nas celebrações do "Tríduo Sacro" de
sua morte, sepultura e ressurreição.
O canto de abertura da Missa na Ceia do Senhor - "Quanto a nós
devemos gloriar-nos na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo que é nossa
salvação, nossa vida, nossa esperança de ressurreição..." - nos dá o
"tom" do que será explicitado ao longo da celebração: é na glória dessa
cruz que brilha o mandamento do amor (lava-pés); é no brilho dessa cruz
que resplandece o sacramento do amor (eucaristia); é no resplendor
dessa cruz que podemos cumprir o pedido do Mestre: "fazei isto em
memória de mim".
Na celebração da Paixão do Senhor, cantamos a confiança do
05
Servo Sofredor que se entregou, sem reservas, nas mãos d' Aquele que
o podia livrar "do poder do inimigo e do opressor" (SI 30, 16) e aguarda
com ânimo forte e resistente a sua salvação. Abandonando-nos com
Cristo nas mãos do Pai, cantamos a esperança da vitória de seus fiéis
seguidores, os "crucificados" de nossos dias.
Na noite do Sábado Santo, cantamos o esplendor de uma luz que
jamais se apagará. Proclamamos as maravilhas de Deus que nos
libertou das trevas da morte e nos devolveu a vida. Revigoramos nosso
compromisso batismal. E, enquanto nos alimentamos da ceia
eucarística, cantamos: "Celebremos nossa páscoa, na pureza, na
verdade.Aleluia!".
3.5. Cantar a Páscoa do Senhor
O canto da Igreja no Tempo Pascal é de exultação e de alegria.
Ressuscitados com Cristo, cantamos sua glória, sua vitória sobre a
morte. O "aleluia" volta a ressoar em nossos lábios, invadindo todo o
nosso ser com ardor sempre crescente, pois "as coisas antigas já se
passaram, somos nascidos de novo!". Os cinquenta dias entre o
Domingo da Ressurreição e o Domingo de Pentecostes sejam
celebrados com alegria e exultação, como se fossem um só dia de festa,
ou melhor “como um grande Domingo” (cf NALC, nº 22).
3.6. Cantar o Tempo Comum
O Tempo Comum é o mais extenso do ano litúrgico. Ele nos
possibilita desfrutar de outros aspectos da vida e da missão de Jesus e
seus discípulos, que não são contemplados nos tempos do Natal e da
Páscoa. Cada domingo do Tempo Comum tem o sabor de "páscoa
semanal".
3.7. Cantar as Solenidades e Festas
Embora, ao longo de todo o ano litúrgico, a Igreja celebre o mesmo
mistério de Cristo, no decorrer da história foram agregadas ao
calendário litúrgico outras celebrações do Senhor (Santíssima Trindade,
Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo...), da Santíssima Virgem e dos
Santos e Santas.
4. Função Ministerial do Canto Inicial
O canto de abertura tem a função de criar comunhão através da
união das vozes da comunidade. Por ele a assembleia é introduzida no
mistério, o mistério da paixão-morte-ressurreição do Cristo que vai ser
celebrado. Este canto deve ser um convite à celebração, expressão de
Deus que nos reúne e nos prepara para ouvir a sua Palavra e participar
da sua Ceia.
06
5. Função Ministerial do Ato Penitencial
O ato penitencial é ao mesmo tempo confissão de nossas faltas e
profissão de fé na misericórdia Divina, pois é reunidos em nome da
Trindade que pedimos perdão. É uma aclamação suplicante,
endereçada a Cristo, o Senhor, de cunho introspectivo, como expressão
de piedade, de confiança no amor, na misericórdia e no perdão de Deus.
6. Função Ministerial do Glória
Diz a introdução do Missal Romano: “O Glória é um hino
antiquíssimo e venerável, pelo qual a Igreja, congregada no Espírito
Santo, glorifica e suplica a Deus Pai e ao Cordeiro. Tem caráter de louvor
e glorificação. É cantado de forma direta pela assembleia dos fiéis ou
pelo povo em alternância com os cantores”. Neste canto deve estar
contido o louvor, a aclamação e a súplica, no qual a pessoa de Jesus
Cristo aparece no centro.
7. Função Ministerial do Salmo de Resposta
O salmista exerce o ministério litúrgico de cantar o salmo após a
proclamação da primeira leitura da Missa ou da celebração dominical da
Palavra. Sua finalidade principal é prolongar poeticamente a
mensagem da primeira leitura.
O salmo é entoado na estante da Palavra onde o salmista entoa as
estrofes e a assembleia repete o refrão. O salmo responsorial é o canto
mais importante da liturgia da Palavra, por isso, além do pré-requisito de
uma boa voz, o salmista deverá executá-lo com o máximo de
expressividade e clareza, numa atitude orante, como convém a todos
que exercem o ministério de proclamar a Palavra de Deus
O salmista jamais deve substituir o salmo responsorial por outro
canto. Se, porventura, não puder cantá-lo, que o recite alternando com o
refrão do povo (cf. IGMR 61).
As letras dos salmos não foram transcritas neste livro de canto.
Elas constam nos lecionários. Alguns dos cantos que seguem são
salmos, os demais podem ser utilizados e cantados para acolher a
Palavra de Deus.
O canto de acolhida do Livro das Sagradas Escrituras bastante
usado nas comunidades, provoca atitude de alerta e exultação no
momento em que o Livro Sagrado é introduzido solenemente na
assembleia.
8. Função Ministerial do Canto de Aclamação
Este canto é expressão de acolhimento solene de Cristo, que vem
a nós por sua palavra viva, sendo assim manifestação de fé nesta
presença atuante do Senhor. Ele prepara o coração dos fiéis para a
escuta atenta d'Aquele que só tem a nos dizer “palavras de vida eterna”.
07
Sua letra deve conter o aleluia “Deus seja louvado!” exceto no tempo da
Quaresma. Por ele a assembleia dos fiéis acolhe e saúda o Senhor, que
vai lhe falar no Evangelho. É um convite a ouvir e acolher o Anúncio e a
Pessoa de Jesus. Ele é o Evangelho “a Boa Notícia” do Pai.
9. Função Ministerial do Canto das Oferendas
Durante a procissão das oferendas, canta-se o canto das ofertas.
Este canto tem como objetivo criar um ambiente de alegria, de partilha e
de louvor. Deve sensibilizar os fiéis para a generosidade e a gratuidade,
uma vez que a mesma assembleia ali reunida em nome de Cristo, no
Espírito, apresenta ao Pai todos os seus dons, simbolizados no pão e no
vinho, pois o grande ofertório é o próprio Cristo que se entrega.
Durante o canto – ou sem ele – o presidente apresenta ao Pai do
céu as ofertas do pão e do vinho, frutos da terra e do trabalho humano.
Essas ofertas se tornarão pão da vida (Corpo de Cristo) e cálice da
salvação (Sangue de Cristo).
10. Função Ministerial do Canto do Santo
O “Santo” é um dos pontos altos da prece eucarística. É um texto
de origem bíblica (Is 6,3 e Mt 21,9); fala da santidade de Deus e da glória
que o céu e a terra proclamam diante da obra da criação. Concluindo o
prefácio, o presidente da celebração convida toda a assembleia para,
num só corpo e numa só alma, se unir ao eterno louvor entoado pelo coro
dos anjos e dos santos.
O Santo deveria geralmente ser cantado. Este canto pertence à
comunidade toda, por isso, eventuais arranjos de vozes nunca impeçam
a participação do povo.
11. Pai Nosso
Pode ser cantado, desde que com as mesmas palavras da oração
do Senhor.
12. Função Ministerial do Canto da Comunhão
Na comunhão, a música deve expressar o mistério de Deus que
entra em comunhão conosco, para entrarmos também nós em
comunhão uns com os outros, em favor da vida, demonstrando alegria
pascal pela união com o Ressuscitado. Deve expressar a alegria dos
irmãos e irmãs reunidos ao redor da mesa do Senhor em comum-união
com o corpo e sangue de Cristo (simbolizados no pão e no vinho); e por
outro lado, alimenta e reforça a busca da verdadeira unidade, conforme
o desejo de Jesus.
É um canto processional, para ser cantado andando e sua letra,
preferencialmente esteja em sintonia com o Evangelho e seja
“Eucarística”.
08
13. Função Ministerial do Canto após a Comunhão
A “Didaqué” - documento da segunda metade do primeiro século
do cristianismo, que recolhe instruções e práticas das Igrejas de então -,
testemunha o uso de uma ação de graças após a comunhão. Sobretudo
se durante o repartir do Pão Eucarístico houve música instrumental ou
canto polifônico do coro, um canto da assembleia em seguida poderia
ser expressão apropriada de unidade no Senhor Jesus. Este canto não é
necessário, e às vezes nem desejável, quando já houve um Canto de
Comunhão, com participação do povo, que se prolongou por algum
tempo após a distribuição do alimento eucarístico. Recomenda-se,
então, o silêncio sagrado, um momento de interiorização, adoração e
intimidade com o Senhor.
Não cabem neste momento Oração pelas vocações, Ave-Marias,
Homenagens... (Homenagens e avisos são feitos após a Oração, antes
da bênção final)
14. Função Ministerial do Canto Final
Sua função é de acompanhar a saída do povo. É um momento de
envio, de compromisso.Termina a missa, começa a missão.
O canto final não faz parte da estrutura da missa. A reforma
conciliar pôs o “Ide em paz” como última fórmula da celebração, e assim
a assembleia está dispensada. O ideal seria o próprio “Ide em paz”, ou
fórmula que lhe corresponda, ser cantado pelo diácono ou cantor e
respondido pelo canto da assembleia que se vai. Durante a saída do
povo, o mais conveniente seria um acompanhamento de música
instrumental. Se em alguma ocasião parecer oportuno um “canto final”,
poderia ser o hino do Padroeiro ou Padroeira na sua festa, ou um hino
em honra da Mãe do Senhor em alguma de suas comemorações, e que
ele seja cantado com a presença de toda a assembleia, logo após a
bênção, antes do “Ide em paz”.
15. O Canto da Paz
Embora seja usado em muitas comunidades do Brasil, o “canto da
paz” não está prescrito em nenhum ritual da Igreja. Vale lembrar que o
momento do abraço da paz é previsto para as pessoas se
cumprimentarem. Pode ser feito no início da Celebração como acolhida,
após o rito penitencial, antes do Cordeiro de Deus, no final....Portanto,
caso se opte por algum canto, o mesmo seja executado pelo coral ou
grupo de cantores e nunca substitua ou ofusque o canto que acompanha
o rito da fração do pão: o “Cordeiro de Deus”.
09
10
EntradaEntrada
01
EM MEU AMOR PELA
IGREJA
1. Em meu amor pela Igreja e
ardor missionário eu quisera ser /
Apóstolo, profeta e mártir,
também sacerdote, tudo escolher!
/ No corpo do Senhor porém, / Os
membros nunca são iguais / Do
todo procurando o bem, / Nenhum
é mais.
Refr.: Corpo do Senhor a
Igreja / Deve ter um coração: /
Pra que santa ela seja, / Eis o
amor – minha vocação! / Do
melhor, o mais perfeito, / Tudo
abrange, tudo alcança... / Pulsa
o coração da Igreja em meu
peito: / Serei o amor!
2. Quisera percorrer a terra e
anunciar o Cristo a todos os
irmãos, / Plantar a cruz em todo
canto, dar a minha vida pela
salvação, / Mas a resposta eu
encontrei / A este apaixonado
amor: / É a caridade - eis a lei, / O
dom maior!
3. O amor alcança todo tempo,
está em toda parte, é eterno o
amor! / E toda vocação abrange,
nada se sustenta sem o dom
maior. / Eu sei, enfim, minha
missão, / Na Mãe Igreja o meu
lugar: / Ser tudo, ser seu coração, /
Somente amar!
11
02
03
DE TODOS CANTOS VIEMOS
1. De todos cantos, viemos, /
Para louvar o Senhor / Pai de
eterna bondade, / Deus vivo,
libertador / Todo povo reunido, /
Num canto novo, um louvor:
Refr.: Glorificado seja, /
Benditoseja,Jesusredentor(bis)
2. Os pais e mães de família, /
Venham todos celebrar / A força
nova da vida, / Vamos, alegres,
cantar / A juventude e as crianças,
/Todos reunidos no amor.
3. Lavradores e operários, / Todo
o povo lutador / Trazendo nas
mãos, os frutos / E as marcas de
sofredor /Avida e a luta, ofertamos,
/ No altar de Deus criador.
4. Do passado, nós trazemos, /
Toda lembrança de quem / Deu
sua vida e seu sangue, / Como
Jesus fez também / No presente,
no esforço, / Por um futuro sem dor.
PAI DE AMOR, AQUI ESTAMOS
1. Pai de amor, aqui estamos /
Celebrando a unidade. / Somos
teus filhos amados / Nesta mesa
da igualdade. / Somos uma só
família, / Somos um só coração. /
Eis que a graça da partilha / Entre
nós faz-se oração.
Refr.: No raiar de um novo
tempo, / Vida nova então se faz. /
A esperança do teu povo / É
justiça, amor e paz!
2. Ó Jesus, Senhor da vida, /
Vem trazer libertação! / Desta
gente tão sofrida / Vem mostrar-Te
Deus-irmão. / Tua cruz é rumo
certo, / Junto a Ti vamos seguir /
Pois teu Reino está bem perto: /As
sementes vão florir.
3. Santo Espírito de Amor, / Faz
em nós tua morada. / E na luta
contra a dor / Guia nossa
caminhada! / És a fonte da
verdade, / Vem mostrar a direção:
/ Vida plena, dignidade, / Povo
livre, mundo irmão!
AQUI CHEGANDO, SENHOR
Solo/Todos
Aqui chegando, Senhor / Que
poderemos te dar? (bis)
Um simples coração / e uma
vontade de cantar! (bis)
Recebe nosso louvor, / e tua
Paz, vem nos dar. (bis)
A tua graça, Senhor, / melhor
que a vida, será. (bis)
E o teu amor em nós será
manancial. (bis)
De água boa a jorrar pra nossa
sede estancar. (bis)
SENHOR AQUI VIEMOS
Refr.: Senhor, aqui viemos
pra Te louvar, / Com a vida toda,
inteira, alegres ou na dor. / Tu és
nossa saúde, Tu és a salvação. /
/: Tu és nosso remédio que nos
cura o coração. :/
1. Trazemos nossas dores,
também as alegrias, / O nosso dia-
a-dia, vivido no labor: / Doenças
que nos cercam, pecados que nos
marcam / Juntamos com os
momentos de paz e de amor.
2. Há tantos que padecem num
leito de hospital, / E muitos não
conhecem aonde está o mal. /
Doença não é fruto somente do
destino: / Também é um problema
de ordem social.
04
05
12
06
07
MISSÃO DE TODOS NÓS
/:O Deus que me criou me
quis, me consagrou para
anunciar o seu amor:/
1. /: Eu sou como chuva em terra
seca.:/ /: pra saciar, fazer brotar, eu
vivo para amar e pra servir!:/
/: É missão de todos nós,
Deus chama eu quero ouvir a
sua voz! : /
2. /: Eu sou como a flor por sobre
o muro.:/ /: Eu tenho mel, sabor do
céu, eu vivo para amar e pra servir!
:/
3. /: Eu sou como estrela em
noite escura.: / / : Eu levo a luz, sigo
a Jesus, eu vivo para amar e pra
servir! :/
4. /: Eu sou como a abelha na
colmeia.:/ / : Eu vou voar, vou
trabalhar, eu vivo para amar e pra
servir! :/
5. /: Eu sou, sou profeta da
verdade.: / /: Canto a justiça e a
liberdade, eu vivo para amar e pra
servir! :/
NA VINHA
1. Venham trabalhar na minha
vinha / Dilatar meu Reino entre as
nações / Convidar meu povo ao
banquete / Quero habitar nos
corações.
Refr.: Unidos pela força da
oração / Ungidos pelo Espírito
da missão / Vamos juntos
construir / Uma Igreja em ação.
2. Venham trabalhar na minha
vinha / Espalhar na terra o meu
amor / Muitos não conhecem a
Boa Nova / Vivem como ovelhas
sem pastor.
VENHAM TRABALHAR
3. Venham trabalhar na minha
vinha / Com fervor meu nome
proclamar / Que ninguém se
queixe ao fim do dia / “Ninguém
me chamou a trabalhar”.
DIA DE FESTA
1. Hoje estou mais contente / É
dia de festa e quero celebrar / Vou
direto à Igreja / Rever meus irmãos
e da fé partilhar / Levo a minha
família / E a voz do Senhor eu vou
escutar / /: Quero sentir seu amor /
E o seu Corpo e Sangue quero
comungar :/
Refr.: Vem, vem, vem, não
fique de fora / Vem, vem, vem,
que esta é a hora / Vem, vem,
vem, celebra comigo / Na festa
da vida, Jesus te convida / Ele é
teu amigo (bis)
08
09
QUE MARAVILHA, Ó SENHOR
1. Que maravilha, ó Senhor, são
tuas obras! / Os céus proclamam o
teu nome glorioso! / A tua face se
revela para os povos, / E mesmo a
noite é qual dia luminoso!
Refr.: Vimos te louvar, ó
S e n h o r d o u n i v e r s o . /
Proclamar teus feitos ao
cantarmos nossos versos! (bis)
2. Feliz o povo que te aclama,
Deus da vida / E, exultante, se
gloria em teu nome; / Conhecerá o
teu direito e a justiça, / Eliminando
toda a sede e toda a fome!
3. Nos reunimos em memória
do Cordeiro, / O alicerce, pedra
viva, teu Ungido! / Da Páscoa
nova nós trazemos a certeza: /
Formamos, hoje, o teu povo
escolhido!
13
10
11
SENHOR, SE TU ME CHAMAS
Refr.: Senhor, se tu me
chamas, / Eu quero te ouvir. / Se
queres que eu te siga, respondo:
“Eis-me aqui”.
1. Profetas te ouviram e
seguiram tua voz / Andaram
mundo afora e pregaram sem
temor. / Seus passos tu firmaste,
sustentando seu vigor. / Profeta tu
me chamas: Vê, Senhor, aqui
estou.
2. Nos passos de teu Filho toda
a Igreja também vai, / Seguindo teu
chamado de ser Santa qual Jesus.
/ Apóstolos e Mártires se deram
sem medir. / Apóstolo me chamas:
Vê, Senhor, estou aqui.
3. Os séculos passaram, não
passou, porém, tua voz, / Que
chama ainda hoje, que convida a te
seguir. / Há homens e mulheres
que te amam mais que a si / E
dizem com firmeza: Vê, Senhor,
estou aqui.
NÓS SOMOS O POVO DE DEUS
1. Nós somos o povo de Deus, /
Um povo que vai caminhando,
caminhando, caminhando. / Na
estrada escura deste mundo /
Somos a luz que vai iluminando,
iluminando, iluminando.
Refr.: Nossa lei está no
Evangelho: é o amor, / Vivemos
na liberdade, liberdade. /
Queremos justiça e paz, justiça
e paz, / Somos filhos da
verdade, da verdade.
2. Busquemos o reino de Deus,
/ Que é fonte de libertação,
libertação, libertação. / O Cristo
vive em nossa vida. / Dele
esperamos nossa salvação, a
salvação, a salvação.
3. O Reino de Deus é dos
pobres, / Dos que trabalham pela
paz, dos que trabalham pela paz. /
Dos que lutam pela justiça / E
avançam sempre, sem olhar para
trás, avançam sem olhar para
trás.
CANTAI AO SENHOR
1. Cantai ao Senhor/ Um
cântico novo. (3x) Cantai ao
Senhor,/ Cantai ao Senhor.
2. Porque Ele fez,/ Ele faz
maravilhas. (3x) Cantai ao
Senhor,/ Cantai ao Senhor.
3. É Ele quem dá/ O Espírito
Santo. (3x) Cantai ao Senhor,/
Cantai ao Senhor.
4. Jesus é o Senhor,/ Amém,
Aleluia. (3x) Cantai ao Senhor,/
Cantai ao Senhor.
VIVER É ENCONTRAR-SE
1. Juntos, bem presentes
estamos / E na fé celebramos /
Nosso encontro com Deus e
Senhor / Temos nossa história da
vida, / Seja alegre ou sofrida / Tudo
canta em sincero louvor.
Refr.: Viver é encontrar-se /
Com Deus, com os irmãos / No
encontro com o mundo / Está
nossa missão.
2. Gestos, todo o bem que
fazemos / Nesta hora trazemos /
Num encontro de fé, gratidão. /
Passos, nos caminhos que
andamos, / Para Deus orientamos
/ Como um povo que quer ser
irmão.
3. Tempo, ocupado na lida / A
serviço da vida / Corresponde ao
que Deus quer de nós. / Sonhos,
de um mundo fraterno / Só o amor
que é eterno / Pode nos garantir e
nos dar.
12
13
14
14
15
AGORA É TEMPO
Refr.: Agora é tempo de ser
Igreja,/ Caminhar juntos,
participar.
1. Somos povo escolhido/ E na
fronte assinalados/ Com o nome
do Senhor/ Que caminha ao
nosso lado.
2. Somos povo em missão./ Já
é tempo de partir./ É o Senhor que
nos envia,/ Em seu nome a servir.
3. Somos povo - esperança./
Vamos juntos planejar:/ Ser Igreja
a serviço/ E a fé testemunhar.
4. Somos povo a caminho/
Construindo em mutirão/ Nova
terra, Novo Reino/ De fraterna
comunhão.
IGREJA PEREGRINA
1. Todos unidos formamos um
só corpo, / Um povo que na
Páscoa nasceu. / Membros de
Cristo no sangue redimidos, /
Igreja Peregrina de Deus.
Vive conosco a força do Espírito
/ Que o Pai por Jesus Cristo nos
deu. / Ele nos move, nos guia e
alimenta, / Igreja Peregrina de
Deus.
Refr.: Somos sobre a terra /
Sementes de outro reino /
Somos testemunhas do amor. /
/: Paz vencendo as guerras / E
luz vencendo as sombras, /
Igreja Peregrina de Deus.:/
2. Rugem tormentas e às vezes
nossa barca /Parece que seu
rumo perdeu. / Com muito medo
não temos confiança, / Igreja
Peregrina de Deus.
Uma esperança nos enche de
alegria: / Presença que o Senhor
prometeu. / Vamos cantando pois
Ele está conosco, / Igreja
Peregrina de Deus.
3. Todos nascidos num único
batismo, / Na mesma comunhão
que nos deu. / Todos vivendo em
uma só família, / Igreja Peregrina
de Deus.
Todos unidos buscando a
mesma sorte, /Amesma salvação
que mereceu. / Somos um corpo e
Cristo é a cabeça, / Igreja
Peregrina de Deus.
HOJE É DIA DE FESTA
1. Hoje é dia de reza; (bis) / É o
dia do Senhor! (bis) / Aqui vimos,
ó Pai, te adorar, (bis) / De mãos
dadas teu nome invocar...
2. Hoje é dia de festa, (bis) /
Entre nós estás, Senhor! (bis) /
Tua Palavra nos vai recriar, (bis) /
Teu Espírito a nos irmanar...
3. Hoje é dia de Ceia, (bis) / Em
memória do Senhor! (bis) / Pão
do céu vamos nós partilhar, (bis) /
De teu vinho, beber e brindar...
4. Hoje é dia de entrega, (bis) /
Tu nos mandas, ó Senhor, (bis) /A
justiça do reino anunciar, (bis) / E
um mundo de paz proclamar...
5. Hoje é dia de espera (bis) /
Pela vinda do Senhor! (bis) / Tu
nos fazes, Senhor, vigiar, (bis) /
Novo céu, nova terra apressar...
6. Hoje é dia de festa! (bis) /
Hoje é dia de reza! (bis) / Hoje é
dia de Ceia! (bis) / Hoje é dia de
entrega! (bis) / Hoje é dia de
espera! (bis)
16
15
17
VENHA, POVO DE DEUS,
CELEBRAR
Refr.: Venha povo de Deus,
celebrar, / Nosso encontro de
fraternidade. / É Jesus, nosso
mestre e Senhor, / Que nos
chama a viver na unidade.
1. Ó Senhor, nós chegamos
felizes, / A verdade queremos
ouvir. / Tua palavra é luz que
ilumina, / Os caminhos que vamos
seguir.
2. Educar para a vida a pessoa,
/ Deve ser compromisso cristão. /
Ó Senhor, que a justiça e o amor, /
Sejam metas da educação.
3. Nova aurora de vida e
esperança, / Nós buscamos aqui,
ó Senhor. / Cidadãos com direitos
iguais, / Pura imagem de Deus,
Criador.
4. Os valores do Reino, um dia, /
Nós possamos alegres viver. / A
Família, a Escola, a Igreja, / Sejam
forças que os façam crescer.
18
CONFIANTES NA
BONDADE DE DEUS
Refr.: Confiantes na bondade
de Deus, / Caminhemos cada
dia sem temer. / Sua presença
c o n s t a n t e a d o r e m o s , /
Ajudando seu povo a vencer.
1. O guarda espera o
amanhecer. / Israel de seu Deus o
poder.
2. As aves e as flores
contemplam: / Como a nós, filhos
seus não amou?
3. A Jesus, vosso irmão,
suplicai / Sempre amar vosso
Deus como Pai.
19
20
ACLAMEMOS
NOSSO DEUS
Refr.: Aclamemos nosso
Deus, / É o Senhor, é Bom
Pastor. / E o sirvamos com
alegria, / Com gratidão e muito
amor.
1. Vinde todos louvar nosso
Deus, / E contar todo o bem que
nos fez: / preparou-nos a terra e o
céu, / Ele mesmo nos fez, somos
seus!
2. Vinde todos, entrai com
louvor / Em sua casa, à mesa do
Pai. / Ele mesmo se dá para nós: /
Sua palavra é nosso pão!
3. Vinde todos, provai como é
bom / O Senhor, nosso Deus é
amor, / Sua bondade é mais alta
que o céu, / Seu amor para
sempre há de ser!
O SENHOR ME CHAMOU
1. O Senhor me chamou a viver,
/ A viver a alegria do amor / Foi teu
amor que nos fez conhecer / Toda
alegria,da vida, Senhor.
Refr.: Senhor da vida, / Teu
amor nos faz recomeçar. / Eu sei
que a nossa vida / É vida
perdidapra quem não amar.
2. Nunca é longo demais o
caminho / Que nos leva ao
encontro do amor / Foi teu amor
que nos fez descobrir / Toda
alegria da vida, Senhor.
3. O Senhor nos chamou a viver,
/ A v i v e r c o m o i r m ã o s
simplesmente / Foi teu amor que
nos fez conhecer / Que o próprio
Deus vive a vida da gente.
16
21
22
ENTREMOS NA CASA
DO SENHOR
1. Entremos com grande
alegria / Na casa do Senhor. / Em
sua fiel companhia, / Cantemos
seu louvor.
Refr.: Honra e glória à
Santíssima Trindade / Honra e
glória por toda eternidade /
Honra e glória à Trindade santa.
2. Aqui todos juntos oramos /
Com fé e gratidão / E a benção de
Deus invocamos / De todo o
coração.
3. E m n o m e d o P a i
sacrossanto, / Do Filho Salvador /
No amor do Espírito Santo /
Vivemos sem temor.
Ó TRINDADE
IMENSA E UNA
1. Ó Trindade imensa e una, /
Vossa força tudo cria; / Vossa
mão, que rege os tempos, / Antes
deles existia.
2. Vós, feliz, num gozo pleno, /
Totalmente vos bastais. / Pura,
simples, generosa, / Terra e
espaços abraçais.
3. Pai, da graça fonte viva, / Luz
da glória de Deus Pai, / Santo
espírito da vida, / Que no Amor os
enlaçais.
4. Só por Vós, Trindade santa, /
Suma origem, todo bem, / Todo
ser, toda beleza, / Toda vida se
mantém.
5. Nós, os filhos adotivos, / Pela
graça consagrados, / Nos
tornemos templos vivos, / A Vós
sempre dedicados.
6. Ó luz viva, reuni-nos / Com os
anjos, lá nos céus, / No louvor da
vossa glória / Que veremos, sem
ter véus.
VAMOS CELEBRAR
1. Todos reunidos na casa de
Deus / Com cantos de alegria e
grande louvor / Vamos celebrar os
feitos do Senhor / E sua bondade
que nunca tem fim. (bis)
Refr.: Vamos celebrar / Deus
esta aqui! / Vamos celebrar /
Deus esta aqui / No meio de nós.
(bis) (final) Ele está presente
aqui (2x)
2. Quando estamos juntos
unidos a ti / Para elevar a nossa
oração / Um canto de alegria surge
entre nós / Em adoração ao teu
eterno amor. (bis)
VIMOS O SENHOR
1. Vimos o Senhor e aqui nos
encontramos / Entre nós está o
Cristo Bom Pastor / Ele nos
congrega como seus amigos /
Para revelar do Pai o imenso amor.
Refr: Senhor, é bom nós
estarmos aqui / Junto à fonte
das águas vivas / Mas o clamor e
a sede do irmão / Desperta
nossa fé, envia em missão.
2. Vimos o Senhor e aqui nos
encontramos / Para entender o
amor e a doação / Ele é nosso
mestre, Ele nos ensina / Como
realizar a nossa vocação.
3. Vimos o Senhor e aqui nos
encontramos / Para escutar sua
voz que nos chamou / Ele nos
garante sempre estar conosco /
Em todo o lugar que o Pai nos
indicou.
23
24
17
25
26
Ó PAI, VENHA A NÓS
Refr.: Ó Pai, venha a nós, /
Venha a nós o vosso Reino: / De
verdade, / de justiça, / Este
Reino de paz e de amor.
1. O Reino é como um tesouro /
Que alguém encontra escondido /
Depois vende tudo o que tem / Por
causa do bem escolhido.
2. O Reino é como fermento, /
Que tudo vai transformando. /
Farinha informe e sem vida, / Aos
poucos em pão vai ficando.
3. O Reino é como a semente, /
Pequena, humilde e sofrida. /
Assim como o grão da mostarda, /
Germina e acolhe a vida.
4. O Reino parece uma rede, /
Que os peixes vai recolhendo. /
Depois são levados à praia / E
alguém os vai escolhendo.
ESCUTA ESTA PRECE
1. Como membro desta Igreja
Peregrina, / Recebi de Jesus
Cristo uma missão: / De levar a
Boa Nova a toda gente, / A
Verdade a Paz e o Perdão. /
Refr.: Envia, envia, Senhor, /
Operários para a messe. /
Escuta, escuta esta prece, /
Multidões te esperam, Senhor!
2. Por caminhos tão difíceis
muita gente / Vai andando sem ter
rumo e direção. / Não conhecem a
verdade do Evangelho / Que
liberta e dá força ao coração.
3. Amissão nos acompanha dia
a dia / Na escola, no trabalho e no
lar / Precisamos ser no mundo
testemunhas / Pra que Deus
possa em nós se revelar.
27
28
EIS-ME AQUI, SENHOR
Refr.: Eis-me aqui, Senhor,
Eis-me aqui, Senhor,/ Pra fazer
tua vontade, pra viver no teu
amor,/ Pra fazer tua vontade,
pra viver no teu amor:/ Eis-me
aqui, Senhor.
1. O Senhor é o Pastor que me
conduz, por caminhos nunca visto
me enviou. Sou chamado a ser
fermento, sal e luz e por isso
respondi: "Aqui estou"!
2. Ele pôs em minha boca uma
canção, me ungiu como profeta e
trovador da história e da vida do
meu povo, e por isso respondi:
"Aqui estou"!
3. Ponho a minha confiança no
Senhor, da esperança sou
chamado a ser sinal. Seu ouvido
se inclinou ao meu clamor. E por
isso respondi: "Aqui estou"!
SOMOS UM POVO QUE
ALEGRE VAI
Refr.: Somos um povo que
alegre vai / Marchando dia a dia
ao encontro do Pai / Aqui
reunidos nós participamos /
Desta Igreja santa que pro céu
vai caminhando.
1. Todos congregados pelo
amor do Senhor / Nossa voz unida
cantará o seu louvor.
2. Todos peregrinos pela terra
passamos / Nossa fé ardente vai o
mundo iluminando.
3. Temos alegria de viver como
irmãos / Entre nós começa a
unidade dos cristãos.
4. A esperança fala de um
mundo melhor / Onde não existe
mais tristeza e nem dor.
18
29
30
BENDITA E
LOUVADA SEJA
1. Bendita e louvada seja esta
Santa Eucaristia! /: Bendito o povo
que marcha, bendito o povo que
marcha, tendo Cristo como guia!.:/
Refr.: Sou, sou teu, Senhor,/
Sou povo novo retirante e
lutador!/ Deus dos peregrinos,
dos pequeninos,/ Jesus Cristo,
Redentor!
2. No Egito, antigamente, do
meio da escravidão /:Deus
libertou o seu povo. Hoje ele
passa de novo, gritando
libertação.:/
3. Para a terra prometida o povo
de Deus marchou. /: Moisés
andava na frente, hoje Moisés é a
gente quando enfrenta a
opressão.:/
4. Mãos ao alto, voz unida
nosso canto se ouvirá. /: Nos
caminhos do sertão, clamando
por terra e pão, ninguém mais nos
calará.:/
JUNTO A VÓS, SENHOR
Refr.: /Junto a vós, Senhor,
queremos celebrar!
1. Q u e r e m o s , S e n h o r ,
caminhar para vós, / Porque sois
caminho de luz.
2. Q u e r e m o s , S e n h o r ,
caminhar para vós, / Porque sois
verdade e sois vida.
3. Q u e r e m o s , S e n h o r ,
caminhar para vós, / Porque sois o
nosso perdão.
4. Q u e r e m o s , S e n h o r ,
caminhar para vós, / E a vida
convosco ofertar.
31
CANTEMOS AO SENHOR
Refr.: Cantemos ao Senhor, /
Que se manifestou / Com toda a
sua glória / E com todo o seu
amor.
1. Cantarei ao Senhor que
manifestou a sua glória /
Tornando-se meu poder e minha
salvação.
2. Sua mão é forte e o seu nome
é Senhor / Seu poder é maior e
está acima do universo.
3. Conduz o seu povo ao lugar
de sua morada / Ao Santuário que
suas mãos fundaram para reinar
eternamente.
32
ABRE, SENHOR
1. Abre, Senhor, os meus
lábios,/ Pois quero entoar a
canção/ Que vem da fonte da vida/
E toma o meu coração.
Refr.: /:Abre, Senhor, os
meus lábios e toma o meu
coração.:/
2. Tu és rochedo que salva,/
Nas águas do mar desta vida,/ É
teu abismo profundo/ É tua a
montanha infinita.
3. Tu és um Deus diferente que
rompe, liberta, alivia, um coração
mesmo duro, tu o transformas
num dia.
4. Hoje eu canto a alegria de
estar com teu povo unido. Sim
somos teus consagrados,
reunidos ao som deste hino.
5. Quando a vida se torna
deserto de grande aflição, que nós
possamos ouvir-te, mostrando-
nos a direção.
19
33
JAVÉ, O DEUS DOS POBRES
Refr.: Javé, o Deus dos
pobres, do povo sofredor,/ Aqui
nos reuniu pra cantar o seu
louvor,/ Pra nos dar a esperança
e contar com sua mão/ Na
construção do Reino, Reino
novo, povo irmão.
1. Sua mão sustenta o pobre,/
Ninguém fica ao desabrigo:/ Dá
sustento a quem tem fome/ Com a
GENTE LIVRE
1. É uma procissão de gente
livre. / Gente que acredita no
Senhor / Livres mas com Deus
comprometidos /Alevar ao mundo
a Boa Nova.(bis)
2. Deus é nosso Pai! O mundo
tem conserto! Tudo mudou, se for
do jeito certo! (bis) / E o jeito certo
é Jesus! O jeito certo é Jesus! (bis)
34
SENHOR QUANTO MAIS
CAMINHO
1. Senhor, quanto mais
caminho, mais vejo aumentar a
estrada. Tropeço por entre
espinhos num campo onde foi
calada./:Avoz da libertação:/
2. Mais me ergo, não vou
sozinho, teus passos comigo vão.
Na terra será plantada a paz que
nos é doada./: Em cada fração do
pão:/
3. Não posso ficar parado, teu
corpo me dá coragem. Teu
sangue me traz a imagem de
tantos irmãos deixados./: À
margem da salvação:/
35
fina flor do trigo.
2. Alimenta os nossos sonhos,/
Mesmo dentro da prisão;/ Ouve o
grito do oprimido/ Que lhe toca o
coação.
3. Cura os corações feridos,/
Mostra ao forte seu poder,/ Dos
pequenos é a defesa: Deixa a vida
florescer.
36
SIM, EU QUERO
Refr.: Sim, eu quero que a luz
de Deus/ Que um dia em mim
brilhou/ Jamais se esconda/ E
não se apague em mim o seu
fulgor./ Sim, eu quero que o
meu amor/ Ajude o meu irmão/
A caminhar guiado por tua mão/
Em tua lei, em tua luz, Senhor.
1. Esta terra, os astros, o sertão
em paz/ Esta flor e o pássaro feliz
que vês/ Não sentirão, não
poderão jamais viver/ esta vida
singular que Deus nos dá.
2. Quando eu sou um sol a
transmitir a luz/ E o meu ser é
templo onde habita Deus,/ Todo o
céu está presente dentro em mim/
Envolvendo-me na vida e no
calor.
37
SONHADORES DA PAZ
/ : S o n h a d o r e s d a p a z ,
fazedores da paz, construtores
da paz.:/
Cristãos de um tempo diferente
onde a gente tem que lutar. Se
quer fazer alguma coisa pela paz
a gente tem que lutar, tem que
arriscar, tem que falar, tem que
dançar, tem que levar pão e a paz.
20
38
TU ÉS O REI DOS REIS
Refr.: Tu és o Rei dos reis!/ O
Deus do céu deu-te Reino,
Força e Glória, / E entregou nas
Tuas mãos a nossa história, / Tu
és Rei, e o amor a Tua lei!
1. S o u o p r i m e i r o e o
derradeiro,/ fui ungido pelo amor! /
Vós sois meu povo; Eu, Vosso Rei
/ E o Senhor Redentor!
2. Vos levarei às grandes
fontes, / Dor e fome não tereis! /
Vós sois meu povo; Eu, Vosso
Rei:/ Junto a mim vivereis!
39
PELOS CAMINHOS
Refr.: Pelos caminhos que
Ele conduz,/ Há sempre vida, há
sempre luz!
1. Cristo nos reúne neste alegre
encontro,/ Para celebrar a vida em
doação:/ Vida que não mede
horas de trabalho,/ Vida para o
irmão.
2. Ser fiel a Cristo, ser fiel ao
povo,/ Vem nos confirmar na
própria vocação./ Luz que não se
apaga,/ Vida que não morre é
ressurreição.
40
SENHOR, QUEM ENTRARÁ?
1. /: Senhor, quem entrará no
Santuário pra te louvar.?/
/: Quem tem as mãos limpas e
o coração puro,/ Quem não é
vaidoso e sabe amar:/
2. /: Senhor, eu quero entrar no
Santuário pra te louvar,:/
/:Oh, dá-me mãos limpas e
um coração puro/ Arranca a
vaidade,/ ensina-me a amar.:/
3. /: Senhor, já posso entrar no
Santuário pra te louvar, :/
/:Teu sangue me lava,/ Teu
fogo me queima,/ O Espírito
Santo,/ inunda meu ser.:/
41
NOSSA FÉ NO
MESMO DEUS
1. Nossa fé no mesmo Deus
nos reuniu,/ Seu amor em Jesus
Cristo nos uniu./ Em Jesus de
Nazaré somos irmãos,/ E o mundo
inteiro nos chama de cristãos./
Relembrando aquilo que Jesus
pediu,/ Que soubéssemos viver
no seu amor,/ Reunidos nesta ceia
de amizade. A comunidade do
povo do Senhor.
Refr.: /: Somos cidadãos do
Reino,/ Do Reino de Jesus de
Nazaré.:/
2. Ao redor da mesa santa do
Senhor,/ Nossa gente se faz povo
por amor,/ Em Jesus de Nazaré
somos irmãos,/ E carregamos a
história em nossas mãos,/ Cada
vez que oferecemos vinho e pão,/
Que se tornam nosso ponto de
união./ Revivemos num momento
de unidade,/ A eternidade da
nossa religião.
42
VIMOS AQUI, Ó SENHOR
Refr.: Vimos aqui, ó Senhor,
pra cantar / Tua bondade, amor
que se dá sem cessar!
1. És o caminho, verdade e
vida! / És o amigo, que perde a
vida, / Buscando a todos salvar!
2. És o rochedo, o guia fiel! / És
a esperança de todos que buscam
/ Viver em tua casa, Senhor!
21
43
Ó SENHOR, NÓS
ESTAMOS AQUI
1. Ó Senhor nós estamos aqui,/
Junto à mesa da celebração,
simplesmente atraídos por vós /
desejamos formar comunhão.
Refr.: Igualdade, fraternidade, /
nesta mesa nos ensinais.
/:As lições que melhor educam
/ na Eucaristia é que nos dais.
2. Todos cantam o vosso louvor, /
pois em vós todos somos irmãos
ouviremos com fé, ó Senhor,/ os
apelos de libertação.
3. Este encontro convosco,
Senhor,/ incentiva a justiça e a paz,
nos inquieta e convida a sentir / os
apelos que o pobre nos faz.
4. Acolheis com o vosso perdão,
/ todo o homem disposto a crescer,
ao redor desta mesa, Senhor,/ a
unidade podemos viver.
44
JESUS CRISTO,
ESPERANÇA DO MUNDO
1. Um pouco além do presente,
/ Alegre, o futuro anuncia / A fuga
das sombras da noite, / A luz de
um bem novo dia.
Refr.: Venha o teu reino,
Senhor! / A festa da vida recria. /
/: A nossa espera e a dor /
Transforma em plena alegria :/
/Aiê, eiá, aiê, aê, aê.
2. Botão de esperança se abre,
/ Prenúncio da flor que se faz. /
Promessa de tua presença / Que
vida abundante nos traz.
3. Saudade da terra sem males,
/ Do Éden de plumas e flores, / Da
paz e justiça irmanadas / Num
mundo sem ódio nem dores.
4. Saudades de um mundo sem
guerras / Anelos de paz e
inocência: / De corpos e mãos que
se encontram, / Sem armas, sem
morte e violência.
5. Saudades de um mundo sem
donos: / Ausência de fortes e
fracos, / Derrota de todos
sistemas / Que cria palácios,
barracos.
6. Já temos preciosa semente, /
Penhor do teu Reino, agora. /
Futuro ilumina o presente, / Tu
vens e virás sem demora.
45
REUNIDOS EM TORNO
1. Reunidos em torno dos
nossos pastores nós iremos a Ti.
Professando todos uma só fé nós
iremos a Ti. Armados com a força
que vem do Senhor nós iremos a
Ti. Sob o impulso do Espírito
Santo nós iremos a Ti.
Refr.: Igreja Santa, templo do
Senhor, glória a Ti, Igreja Santa.
Oh! Cidade dos cristãos que
teus filhos hoje e sempre vivam
todos como irmãos.
2. Com nossas irmãs e irmãos
de claustro nós iremos a Ti. Com
os nossos irmãos sofredores nós
iremos a Ti. Com os padres que
sobem ao altar nós iremos a Ti.
Com os padres que partem em
missão nós iremos a Ti.
3. De nossas fazendas e
nossas cidades nós iremos a Ti.
De nossas montanhas e nossas
baixadas nós iremos a Ti. De
nossas cabanas e pobres favelas
nós iremos a Ti. E nossas escolas
e nossos trabalhos nós iremos a
Ti.
22
46
JUNTOS COMO IRMÃOS
Refr.: Juntos como irmãos,/
Membros da Igreja,/ Vamos
c a m i n h a n d o , / V a m o s
caminhando,/ Juntos como
irmãos,/Ao encontro do Senhor.
1. Somos povo que caminha/
Num deserto como outrora,/ Lado a
lado sempre unido/ Para a terra
Prometida.
2. Na unidade caminhemos;/ Foi
Jesus quem nos uniu./ Nosso Deus
hoje louvemos,/ Seu amor nos
reuniu.
3. A Igreja está em marcha,/ A
um mundo novo vamos nós/ Onde
reinará a paz/ Onde reinará o
amor.
47
POVO ELEITO
Refr. Ó Pai, somos nós o povo
eleito, que Cristo veio reunir
(bis)
Pra viver da sua vida; aleluia. O
Senhor nos enviou.Aleluia.
Pra ser Igreja peregrina...
Pra ser sinal de salvação...
Pra anunciar o evangelho...
Pra servir na unidade...
Pra servir a sua glória...
Pra construir um mundo novo...
Pra caminhar na esperança...
48
JESUS CRISTO É O SENHOR
Refr.: Jesus Cristo é o
Senhor, o Senhor, o Senhor./
Jesus Cristo é o Senhor, Glória
a ti, Senhor.
1. Da minha vida ele é o Senhor,
(3x) Glória a ti, Senhor.
2. Do meu passado ele é o
Senhor, (3x) Glória a ti, Senhor.
3.Do meu presente ele é o
Senhor, (3x) Glória a ti, Senhor.
4. Do meu futuro ele é o Senhor,
(3x) Glória a ti, Senhor.
49
AQUI VIEMOS
1. Aqui viemos co’alegria, pra
rezar neste lugar/ Que nos
t r a n s m i t e t a n t a p a z . /
Agradecemos a semana que
passou/ E agradecemos a
semana que nos traz.
Refr.: Fortalecemos com o
Pai essa união/ Que nos
transforma pra viver em
comunhão/ Então aqui esta
família se reuniu/ dia de festa
nesta casa de irmãos.:/
2. E vem chegando esse povo
do Senhor/ Com suas lutas,
alegrias e pesar./ O compromisso
de viver o seu amor/ Mais uma vez
aqui viemos nós selar.
50
CRISTO ENTRE NÓS
1. Com a presença de Cristo
entre nós. Temos certeza que o
Reino chegou. Tudo de novo
renasce de Deus e o povo sente
que tudo mudou.
Refr.: Este é o Reino
chegando, aurora nascendo e a
fonte jorrando, Jesus está vivo
no meio de nós.
2. Jesus convoca e reúne no
amor, faz enxergar o que o povo
não vê. Revela ao pobre seu
grande valor, garante a vida a todo
o que crê.
3. O povo simples encontra
Jesus. Uma resposta que vem
confirmar. O que é de Deus, o que
é bom, o que é luz, e um tempo
novo que vai começar.
23
51
ALEGRES VAMOS
Refr.: Alegre vamos à casa do
pai, e na alegria cantar seu
louvor. Em sua casa somos
felizes, participamos da Ceia do
Amor.
1. A alegria nos vem do Senhor.
Seu amor nos conduz pela mão.
Ele é a luz que ilumina o seu povo.
Com segurança lhe dá a salvação.
2. O Senhor nos concede os
seus bens. Nos convida à sua
mesa sentar. E partilha conosco o
seu Pão. Somos irmãos ao redor
deste altar.
3. Voltarei sempre à casa do Pai.
De meu Deus cantarei o louvor. Só
será bem feliz uma vida, que busca
em Deus sua fonte de amor.
52
VIMOS TE ENCONTRAR
Refr.: Vimos te encontrar em
tua casa, ó Senhor! / Somos o
teu povo reunido em teu amor, /
Reunido em teu amor!
1. Ó Pai, nos reunimos em torno
do altar / Pra celebrar a Ceia,
memória do Senhor. / Trazemos
nossa vida, queremos Te louvar, /
Por aquilo que nos dás, nosso
canto é gratidão.
2. Ó Pai, nos alegramos em
torno do altar / Em celebrar a Ceia
em nome do Senhor. / És fonte de
alegria, queremos Te seguir, / Pois
um dia nos darás um lugar bem
mais feliz.
3. Ó Pai, nos encontramos em
torno do altar / Pra celebrar a Ceia,
presença do Senhor. / Perdão das
nossas faltas queremos Te pedir, /
Por aquilo que nos faz separar-
nos deTi.
53
A MISSÃO DA IGREJA
1. A tua Igreja vem feliz e unida/
Agradecer a Ti, ó Deus da vida /
Com grande júbilo, rezar, louvar/ E
a boa nova ao mundo anunciar.
Refr.: É tua Igreja, Senhor/
Que canta com alegria / Esta
que busca o amor / Vivenciar
todo dia / Que vai levar salvação
/ Esta é a nossa missão.
2. Nós que fazemos parte desta
Igreja/ Que missionária é por
natureza / Te damos graças por
Teu esplendor/ Seremos eco do
Teu grande amor.
3. Todos os povos serão teus
discípulos/ E batizados com Teu
Santo Espírito / Temos certeza de
tua companhia / Nos dando força
hoje e todo dia.
54
VIMOS TE LOUVAR
EM TUA CASA
Refr.: Vimos te louvar em tua
casa ó Senhor. / Somos a família
que teu Filho congregou.
1. Teu povo, tua família, / Vem
hoje, com gratidão, / Louvar o teu
nome santo, / Unidos na
adoração.
2. Cantamos a tua graça, / O teu
infinito amor, / A prece de nossas
vidas / Em casa já começou.
3. Das faltas contra a unidade /
Queremos pedir perdão. / É falta
todo egoísmo / Que gera
separação.
4. Começa em nossa casa / A
vida em fraternidade. / Possamos,
com tua graça, / Vivê-la na
liberdade.
24
55
O SENHOR É MINHA LUZ
Refr.: O Senhor é minha luz, /
Ele é minha salvação, / Que
poderei temer? / Deus, minha
proteção.
1. O Senhor é minha luz / Ele é
minha salvação. / O que é que vou
temer? / Deus é minha proteção.
//: Ele guarda a minha vida: / Eu
não vou ter medo não. :/
2. Quando os maus vêm
avançando, / Procurando me
acuar, / Desejando ver meu fim, /
Querendo me matar, / /: Inimigos
opressores / É que vão se liquidar.:/
3. Se u m exército se armar /
Contra mim, não temerei. / Meu
coração está firme, / E firme ficarei.
/ /: Se estourar uma batalha, /
Mesmo assim, confiarei!:/
4. Sei que eu hei de ver, um dia,
/ A bondade do Senhor: / Lá, na
terra dos viventes, / Viverei no seu
amor. / /: Espera em Deus! Cria
coragem! / Espera em Deus que é
teu Senhor! :/
56
CANTA MEU POVO
Refr.: Canta, meu povo /
Canta o louvor de teu Deus, /
Que se fez homem e por nós
morreu, / que ressuscitou pelo
amor dos seus!
1. Somos a nação santa e o
povo eleito, / Um sacerdócio real. /
Deus nos chamou das trevas à
sua luz, / Sua luz imortal.
2. Nós somos transportados da
morte à vida, / Pelo amor dos
irmãos. / Vamos amar até nossos
inimigos, / É a lei dos cristãos!
3. Senhor Jesus, já não sou
mais eu que vivo, / Tu vives em
mim. / O meu desejo é um dia ver
tua face, / Na glória sem fim.
57
CELEBREMOS COM ALEGRIA
1. Celebremos co'alegria nosso
encontro. / Jesus Cristo é nosso
ponto de união./ É o caminho que
nos leva para a vida./ A verdade
que nos traz libertação.
Refr.: Formamos a igreja
viva, / Que caminha para o
Reino do Senhor./ Vivendo em
comunidade, / nós faremos este
mundo ser melhor.
2. Vamos juntos construir
fraternidade. / Trabalhando pela
paz universal. / Ser semente de
uma nova sociedade. / Gente
unida para combater o mal.
3. Jesus Cristo realiza a
unidade. / E não quer que nós
vivamos separados. / Na união
teremos força pra vencer. / E ajudar
o nosso irmão desamparado.
Ato PenitencialAto Penitencial
25
59
60
POR NOSSAS FRAQUEZAS
1. Por nossas fraquezas
humanas, Senhor, tende
piedade./ Por nosso injusto
egoísmo, Senhor, tende piedade.
Refr.: /: Por nossas faltas de
fé e de amor, piedade, piedade,
Senhor! :/
2. Porque eu não fui solidário,
Senhor, tende piedade./ Porque
fomos indiferentes, Senhor, tende
piedade.
SENHOR, TENDE PIEDADE
Senhor, tende piedade de
nós!(bis) / Cristo, tende piedade
de nós!(bis) / Senhor, tende
piedade de nós!(bis)
58
A TI, MEU DEUS
1. A ti, meu Deus, elevo meu
coração, elevo as minhas mãos,
meu olhar, minha voz! A ti, meu
Deus, eu quero oferecer, meus
passos e meu viver, meus
caminhos, meu sofrer!
Refr.: A tua ternura, Senhor,
vem me abraçar./ E a tua
bondade infinita me perdoar./
Vou ser o teu seguidor e te dar o
meu coração,/ Eu quero sentir o
calor de tuas mãos!
2. Ati, meu Deus, que és bom e
que tens amor, ao pobre e ao
sofredor vou servir e esperar. Em
ti, Senhor, humildes se alegrarão
cantando a nova canção de
esperança e de paz!
26
63
64
MESMO QUE EU
NÃO QUEIRA
Mesmo que eu não queira,
converte-me, Senhor.
Mesmo que eu não peça,
converte-me, Senhor.
Mesmo se a consciência me
disser que eu não pequei,
Mesmo assim tem piedade de
mim, pelas vezes que eu errei.
(bis)
Se alguém saiu ferido quando
por minha vida passou.
Se alguém perdeu a paz quando
meu egoísmo mais forte falou.
Se eu não soube ser irmão, se eu
não soube ser cristão.
Perdoa-me, Senhor, converte o
meu coração.
Tem piedade de nós. (3x)
PERDOAI-ME OUTRA VEZ
1. Perdoai-me outra vez,
Senhor,/ Novamente eu me
fechei./ Dentro do meu desamor/
Vossa imagem mutilei.
Refr.: Perdoai-me, Senhor,/
Não vivi minha vocação./
Perdoai-me, Senhor,/ Não amei
o meu irmão.
2. Deveria ser vosso apóstolo,/
mas pequei por omissão./ Eu
também me acomodei,/ Fracassei
vossa missão.
3. Deveria ser bom discípulo,/
Mas calei a minha voz./
Camuflando o ideal,/ Sem pregar
a vossa paz.
61
SENHOR TENDE PIEDADE
Solo: Senhor, tende piedade e
perdoai a nossa culpa.
Duo: E perdoai a nossa culpa.
Todos: Porque nós somos
vosso povo/ Que vem pedir vosso
perdão.
Solo: Cristo, tende piedade e
perdoai a nossa culpa.
Duo: E perdoai a nossa culpa.
Todos: Porque nós somos
vosso povo/ Que vem pedir vosso
perdão.
Solo: Senhor, tende piedade e
perdoai a nossa culpa.
Duo: E perdoai a nossa culpa.
Todos: Porque nós somos
vosso povo/ Que vem pedir vosso
perdão.
PERDOAI-NOS, Ó PAI
Refr.: Perdoai-nos, ó Pai, as
nossas ofensas,/ Como nós
perdoamos a quem nos
ofendeu.
1. Se eu não perdoar o meu
irmão,/ O Senhor não me dá o seu
perdão./ Eu não julgo para não ser
julgado;/ Perdoando é que serei
perdoado.
2. Ajudai-me, Senhor, a
perdoar;/ E livrai-me de julgar e
condenar!/ Vou ficar sempre unido
em comunhão,/ Ao Senhor e
também ao meu irmão.
3. Vou levar para a vida, a união,/
Que floresce nesta Santa
Comunhão./ Vivo em Cristo a vida
de cristão/ Sou mensagem de sua
reconciliação.
62
27
65
66
67
SENHOR, QUE
VIESTES SALVAR
1. Senhor, que viestes salvar / Os
corações arrependidos.
Refr.: Piedade, piedade,
piedade de nós! (bis)
2. Ó Cristo, que viestes chamar/
Os pecadores humilhados.
3. Senhor, que intercedeis por
nós/ Junto a Deus Pai que nos
perdoa.
PELOS PECADOS
1. Pelos pecados, erros
passados/ por divisões na Tua
Igreja, ó Jesus!
Refr.: Senhor, piedade! (Cristo
piedade)/ Senhor, piedade!
Senhor, piedade, piedade de
nós!
2. Quem não te aceita/ quem te
rejeita/ pode não crer por ver
cristãos que vivem mal!
3. Hoje, se a vida/ é tão ferida/
deve-se a culpa à indiferença dos
cristãos!
TENDE PIEDADE!
Tende piedade, tende piedade,
tende piedade de nós, ó
Senhor! Tende piedade, tende
piedade, vosso povo é santo
mas também é pecador.
Vosso coração de Pai sabe
perdoar. Vosso coração de Filho
sabe perdoar. Vosso coração de
Deus consolador sabe perdoar,
sabe perdoar!
68
69
PEQUEI, MEU PAI
Refr.: Pequei, meu Pai, eu
quero teu perdão! Por teu
amor, espero salvação:/ (bis)
1. As coisas deste mundo
afastaram-me de ti/ Por isso,
estou de volta, meu Pai, estou
aqui.
2. Do teu imenso amor, eu
confesso que esqueci/ Mas hoje
estou de volta, meu Pai, estou
aqui.
3. No amor aos meus irmãos,
me neguei e me omiti/ Mas hoje
estou de volta, meu Pai, estou
aqui.
4. Eu quero prometer nunca
mais fugir de ti/ Por isso estou de
volta, meu Pai, estou aqui
PERDÃO, SENHOR, TANTOS
ERROS COMETI
1. Perdão, Senhor, tantos erros
cometi / Perdão, Senhor, tantas
vezes me omiti / /: Perdão,
Senhor, pelos males que causei /
Pelas coisas que falei, pelo irmão
que eu julguei :/
Refr.: Piedade, Senhor, tem
piedade, Senhor, / Meu pecado
vem lavar com teu amor /
Piedade, Senhor, tem piedade
Senhor, / E liberta minha alma
para o amor
2. Perdão, Senhor, porque sou
tão pecador / Perdão, Senhor, sou
pequeno e sem valor / /: Mas
mesmo assim, tu me amas /
Quero então te entregar meu
coração / Suplicar o teu perdão :/
28
70
SENHOR, TENDE PIEDADE
/:Senhor, tende piedade de
nós:/
1. /:Pai de infinita bondade,/
Que a tua vontade/ Se faça
verdade no meio de nós.:/
2. /:Senhor Jesus Cristo,
piedade,/ Piedade de mim / Que
não te obedeci/ Nem segui tua
voz.:/
3. /:Que teu Espírito Santo/ Nos
mostre o caminho/ De paz e
justiça/ Sem ódio e sem dor.:/
Senhor, Senhor, Senhor...
71
EU CONFESSO
1. Eu confesso a Deus e a vós,
irmãos, / tantas vezes pequei, não
fui fiel: / Pensamentos e palavras,
atitudes, omissões... / Por minha
culpa, tão grande culpa!
Refr.: Senhor, piedade! Cristo
piedade! / Tem piedade, ó
Senhor! (bis)
2. Peço à Virgem Maria, nossa
Mãe, / E a vós, meus irmãos,
rogueis por mim. /ADeus Pai, que
nos perdoa e nos sustenta em sua
mão... / Por seu amor, tão grande
amor!
72
SENHOR, TENDE PIEDADE
Senhor, tende piedade de nós!
(bis)
Pelo irmão que não amei, / Pelo
mal que lhe causei, piedade! (bis)
Ó Cristo, tende piedade de
nós! (bis)
Pelo bem que eu não fiz, / Pela
paz que eu não quis, piedade!
(bis)
Senhor, tende piedade de nós!
(bis)
Pelo amor que sufoquei, pela
vida que matei, piedade! : (bis)
73
PERDÃO, SENHOR, PARA O
VOSSO POVO
Refr.: /: Perdão, Senhor, para o
vosso povo. :/
1. Perdão, Senhor, por termos
preferido confiar em nossa
fraqueza, / Sem saber que sois a
fortaleza!
2. Perdão, Senhor, por termos
preferido recusar a vossa
verdade, / Sem saber que ela é
liberdade!
3. Perdão, Senhor, por termos
tantas vezes caminhado sem
esperança, / Sem saber que sois a
segurança!
74
SENHOR, CONFESSO
1. Senhor, confesso que errei,
do bem me desviei, peço perdão!
Refr.: Senhor, o teu perdão
me abre o coração: com amor
também acolho o meu irmão!
2. Senhor, o amor eu não vivi, e
triste me senti, peço perdão.
3. Senhor, ensina-me a viver,
feliz eu quero ser, peço perdão!
75
VÓS SOIS O CAMINHO
1. Senhor vós sois o caminho, /
Guiai-nos ao Pai com carinho.
Refr.: De nós tende piedade, /
Senhor, tende piedade!
2. Ó Cristo, sois a verdade, /
Enchei-nos de caridade.
3. Senhor, vós sois nossa vida, /
Buscais a ovelha perdida.
29
76
SENHOR, SENHOR,
PIEDADE DE NÓS
Solo/Ass.: Senhor, Senhor,
piedade de nós! (bis)
Cristo, Jesus, piedade de nós!
(bis)
Senhor, Senhor, piedade de nós!
(bis)
77
SENHOR, SERVO DE DEUS
Solo: Senhor, servo de Deus,
que libertastes a nossa vida, /
Tende piedade de nós!
Ass.: Senhor, tende piedade
de nós!
Solo:Ó Cristo, nosso irmão,
que conheceis nossa fraqueza, /
Tende piedade de nós!
Ass.: Cristo, tende piedade
de nós!
Solo:Senhor, Filho de Deus,
que vos tornastes obediente, /
Tende piedade de nós!
Ass.: Senhor, tende piedade
de nós!
78
VENHO PEDIR O TEU PERDÃO
1. Senhor, venho pedir o teu
perdão, / Por minhas faltas eu
ofendi o meu irmão.
Senhor, tem piedade, piedade
de nós!
2. Jesus, venho pedir o teu
perdão, / Pois me omiti e não fiz
parte de tua missão.
Jesus, tem piedade, piedade
de nós!
3. Senhor, venho pedir o teu
perdão, / Porque só tu podes me
dar a salvação.
Senhor, tem piedade, piedade
de nós!
79
PERDÃO
1. Senhor, reconheço que errei, /
Peço perdão! / Senhor, eu sei do
teu amor, Peço perdão!
Refr.: /:Senhor, tem piedade,/
Senhor, piedade :/
2. Ó Cristo, meu coração fechei, /
Peço perdão! /Ó Cristo, eu quero
ser melhor, / Peço perdão!
3. Senhor, do teu amor eu me
afastei, / Peço perdão! / Senhor,
agora eu voltei, / Peço perdão!
80
EU PEQUEI, SENHOR
Refr.: Eu pequei, Senhor, eu
reconheço que não mereço/ O
teu perdão, o teu perdão./ Eu
voltei, Senhor, por isso eu
peço,/ Que tu me estendas a tua
mão, a tua mão.
1. Meu egoísmo me destruiu,
não deu em nada,/ Não construiu./
A minha vida não floresceu,/
Minha alegria emudeceu.
2. Dos teus caminhos eu me
apartei,/ Fiquei sozinho, paz não
achei./ Arrependido, eu retornei, e
como filho eu viverei.
81
SENHOR, TENDE PIEDADE
1. Senhor, tende piedade /
Dos corações arrependidos.
Refr.: Tende piedade de nós,
tende piedade de nós! (bis)
2. Jesus, tende piedade/ Dos
pecadores, tão humilhados.
3. Senhor, tende piedade/
Intercedendo por nós ao Pai.
Glória e LouvorGlória e Louvor
30
83
GLÓRIA A DEUS NAS
ALTURAS
Refr.: Glória a Deus nas
alturas! / Glória, glória, aleluia! /
Glória a Deus, paz na terra! /
Glória, glória aleluia! / /: Glória,
glória nos céus! / Paz na terra
entre os homens! :/
1. Glória a Deus! Glória ao Pai! /
Glória a Deus criador, / Que no
filho tornou-se / O Senhor Deus
da vida!
2. Glória a Deus! Glória ao
Filho! / Glória a Deus, nosso
irmão! / Nos remiu do pecado, /
Nos abriu novo Reino!
3. Glória ao Espírito Santo, /
Deus que nos santifica! / Glória a
Deus que nos une / A caminho do
Pai!
82
EU LOUVAREI
Refr.: /: Eu louvarei, eu
louvarei:/ Eu louvarei o meu
Senhor. :/
1. João viu o número dos
redimidos/ E todos louvavam ao
Senhor./ Uns oravam, outros
cantavam/ E todos louvavam ao
Senhor.
2. Todos unidos, alegres
cantavam:/ Glória e louvores ao
Senhor./ Glória ao Pai, glória ao
Filho,/ Glória ao Espírito deAmor.
3. Somos filhos de Ti, Pai
Eterno,/ Tu nos criaste por amor,/
Nós te adoramos, te bendizemos/
E todos cantamos teu louvor.
31
87
GLÓRIA A DEUS CANTEMOS
Refr.: Glória a Deus, cantemos
com amor. Ele é dos pequeninos
o Senhor (bis)
1. Bendito seja Deus, nosso Pai e
Criador, que nos enche de ternura
e nos quer no seu amor.
2. Louvemos a Jesus, nosso
irmão e Salvador, que da morte,
pela vida Deus se fez libertador.
3. Ao Espírito também, elevemos
nossas mãos. Ele aquece nosso
ser, faz vibrar o coração.
88
GLÓRIA A DEUS
NO MAIS ALTO
Refr.: Glória a Deus no mais alto
dos céus.
1. Glória a Deus nosso Pai: seu
poder nos criou.
2. Glória a Cristo seu Filho que
nos resgatou.
3. Glória ao Espírito Santo que
nos confirmou.
89
LOUVADO SEJA MEU
SENHOR
Refr.: Louvado seja meu
Senhor. (4x)
1. Por todas as criaturas,/ pelo
sol e pela lua, / pelas estrelas do
firmamento,/ pela água e pelo
fogo.
2. Por aqueles que agora são
felizes, / por aqueles que agora
choram,/ por aqueles que agora
nascem,/ por aqueles que agora
morrem.
3. O que dá sentido à vida,/ é
amar-te e louvar-te,/ para que a
nossa vida,/ seja sempre uma
canção.
84
GLÓRIA A DEUS TRINDADE
1. Glória a Deus Trindade que
primeiro nos amou. / Deus
comunidade, que em Jesus se
revelou.
Refr.: Viver e conviver em
comunhão./: Glória, glória
aleluia, eis a nossa vocação :/
2. Glória ao Filho amado que do
Pai vem anunciar. / Grande Boa
Nova para os homens libertar.
3. Glória ao Santo Espírito que
o mundo renovou,/ Vem e ensina a
todos o que o Filho nos falou.
85
ALELUIA, GLÓRIA AO SENHOR
Refr.: /:Aleluia, aleluia,
aleluia, aleluia! / Glória ao
Senhor!:/
1. Glória ao Senhor nosso Pai! /
Glória ao Senhor Jesus Cristo!/
Glória ao Espírito Santo! / Glória
ao Senhor!
2. Glória à Santíssima
Trindade!/ Honra à Maria, nossa
Mãe! / Honra à Igreja de Deus!/
Glória ao Senhor!
86
GLÓRIA AO PAI, O CRIADOR
Refr.: Glória ao Pai, o Criador.
Glória ao Filho, Redentor. Ao
Espírito de Amor, toda honra e
louvor!
1. Elevemos nossas mãos ao
céu, elevando toda a criação.
Toda a Igreja vem unir-se a nós,
nesta feliz louvação.
2. Glória a Deus e aos homens
muita paz. Que na terra nunca
falte amor. Na Trindade se renove
a fé, sempre se exalte o Senhor.
32
90
GLÓRIA AO PAI
Refr.: Glória ao Pai ao Deus
da luz/ Glória ao seu Filho
Jesus/ Glória ao Espírito
Santo,/ Glória,Amém!
1. Nós louvamos o Pai que
criou este mundo./ E ao criá-lo
deixou aos cuidados da gente./
Confiou-nos valores que em nós
colocou./ Por amor foi que Ele
este mundo criou.
2. Nós louvamos o Filho de
Deus encarnado/ Que nasceu e
viveu e morreu por amor./ E
deixou para o mundo o mais doce
recado./ E por isso o chamamos
de Cristo, Senhor.
3. Nós louvamos também o
Espírito Santo,/ Que do Pai e do
Filho é amor que nos vem./ Que
coloca ternura no riso e no pranto./
E nos mostra o sentido que a vida
contém.
91
GLÓRIA A DEUS NA
IMENSIDÃO
Refr.: /:Glória a Deus na
imensidão,/ E paz na terra ao
homem, nosso irmão.:/
1. Senhor, Deus Pai, criador
onipotente,/ Nós vos louvamos e
vos bendizemos,/ Por nos terdes
dado o Cristo salvador.
2. Senhor Jesus, unigênito do
Pai,/ Nós vos damos graças por
terdes vindo ao mundo,/ Feito
nosso irmão sois nosso Redentor.
3. Senhor, Espírito Santo, Deus
Amor./ Nós vos adoramos e vos
g l o r i f i c a m o s , / P o r n o s
conduzirdes por Cristo ao nosso
Pai.
92
GLÓRIA A DEUS
NOS ALTOS CÉUS
1. Glória a Deus nos altos céus! /
Paz na terra a seus amados! / A
vós louvam, Rei celeste, / Os que
foram libertados.
Refr.: Glória a Deus, lá nos
céus, e paz aos seus.Amém!
2. Deus e Pai, nós vos louvamos,
/Adoramos, bendizemos; / Damos
glória ao vosso nome, / Vossos
dons agradecemos.
3. Senhor nosso, Jesus Cristo, /
Unigênito do Pai, / Vós, de Deus
Cordeiro Santo, / Nossas culpas
perdoai!
4. Vós, que estais junto do Pai, /
Como nosso intercessor, / Acolhei
nossos pedidos, / Atendei nosso
clamor!
5. Vós somente sois o Santo, / O
Altíssimo, o Senhor, / Com o
Espírito Divino, / De Deus Pai no
esplendor!
93
GLÓRIA A DEUS
Refr.: Glória a Deus, Glória a
Deus nos céus, / E paz na terra.
Amém (Bis)
1. Glória a Deus, lá nas alturas, /
E aqui na terra paz e bem! /
Demos glória a Deus, nosso Pai, /
Aquele que tudo criou.
2. Glória a Cristo, nosso
Redentor, / Que tira o pecado do
mundo! / Demos glória sempre ao
Filho, / Que se fez homem para
nos salvar.
3. Glória ao Espírito Santo de
amor, / Junto ao Pai é nosso
intercessor! / Glória demos à
Santa Trindade, / A ela o nosso
louvor.
33
94
GLÓRIA A DEUS
Refr.: Glória a Deus no mais
alto dos céus/ E paz na terra aos
filhos seus! (bis)
1. Glória, glória ao Pai eterno,
providente e criador (criador).
2. Glória ao Filho Jesus Cristo,
nosso irmão e Redentor
(Redentor).
3. Ao Espírito, que é Santo,
nosso canto de louvor (de louvor)
95
LOUVAI DEUS, Ó
CRIATURAS
1. Louvai Deus, ó criaturas,/
Louvai Deus que nos criou./
Louvai Deus, ó céus e terras,/
Louvai Deus Nosso Senhor.
Refr.: /: Exaltai-o e bendizei-
o/ Com alegria e com amor.:/
2. Louvai Deus, louvai, ó lua,/
Louvai Deus que nos criou./
Louvai Deus, louvai, irmão
sol,/Louvai Deus Nosso Senhor.
3. Louvai Deus, ó mar, ó vento,/
Louvai Deus que nos criou./
Louvai Deus, ó noite, ó dia,/
Louvai Deus Nosso Senhor.
4. Louvai Deus, aves e flores,/
Louvai Deus que os criou./ Louvai
Deus, ó rios, ó fontes,/ Louvai
Deus que nos criou.
5. Louvai Deus, anjos e santos,/
Louvai Deus que nos criou,/
louvai Deus, ó povos, ó homens,/
Louvai Deus que nos criou.
6. Tudo louve o Pai e o Filho,/ e
o Paráclito também,/ tudo louve o
Deus Uno e Trino,/ pelos séculos
amém!
96
GLÓRIA SIDERAL
Refr.: Em todo o universo,
Glória a Deus./ E no planeta
Terra, Glória a Deus. / Paz na
ONU e no meu país / E que a
humanidade seja mais feliz.
Nós te adoramos e louvamos, e
te agradecemos e te suplicamos,
teu imenso amor de Pai, vai nos
ensinar a cultivar a Paz.
Tu que és o Filho de Deus vivo,
tu que tens poder e majestade,
piedade, ó Jesus, tira-nos das
trevas com a tua luz.
Tu que vens do Pai e vens do
Filho, tu que nos conduzes com
ternura, brilhe em nós o teu amor.
E o Santo Espírito consolador.
Em todo o universo, glória a
Deus, e no planeta Terra, glória a
Deus. Paz na ONU e no meu país
e que a humanidade seja mais
feliz.
97
GLÓRIA! ANJOS NO CÉU
Refr.: Glória, glória! Anjos no
céu / Cantam todos seu amor! /
E na terra, homens de paz: /
“Deus merece o louvor!”
1. Deus e Pai, nós vos louvamos,
/Adoramos, bendizemos, / Damos
glória ao Vosso Nome, / Vossos
dons agradecemos!
2. Senhor nosso, Jesus Cristo, /
Unigênito do Pai, / Vós, de Deus
Cordeiro Santo, / Nossas culpas
perdoai!
3. Vós, que estais junto do Pai, /
Como nosso intercessor, / Acolhei
nossos pedidos, / Atendei nosso
clamor!
4. Vós somente sois o Santo, / O
Altíssimo, o Senhor, / Com o
Espírito Divino, / De Deus Pai no
esplendor!
34
98
GLÓRIA A DEUS
1. Glória a Deus nos altos céus! /
Paz na terra a seus amados !Avós
louvem, Rei Celeste,/ Os que
foram libertados!
Refr.: Glória a Deus, Glória a
Deus!
2. Deus e Pai, nós vos
l o u v a m o s , / A d o r a m o s ,
bendizemos;/ Damos glória ao
Vosso nome, / Vossos dons
agradecemos!
3. Senhor nosso, Jesus Cristo, /
Unigênito do Pai, / Vós, de Deus,
Cordeiro Santo,/ Nossas culpas
perdoai!
4. Vós, que estais junto ao Pai,/
Como nosso intercessor,/ Acolhei
nossos pedidos,/ Atendei nosso
clamor!
5. Vós, somente sois o Santo, / O
Altíssimo, o Senhor, / Com o
Espírito Divino,/ De Deus Pai o
resplendor!
Amém!Amém! (2x)
99
GLÓRIA A DEUS
NAS ALTURAS
1. Glória, glória a Deus nas
alturas / Nas criaturas, na história!
/:Glória, glória ao Deus Criador
/ Viva o amor entre os povos,
glória!:/
/:No sol, nas estrelas, na terra e
no mar / Glória, glória, aleluia!:/
2. Glória, glória ao Cristo
bendito!/ Ressuscitou, é vitória! /
/:Glória, oxalá, Deus presente
na vida da gente, glória!:/
/:Nas comunidades, na rua, no
lar / Glória, glória, aleluia!:/
3 . Glória, glória ao Espírito Santo
/ Graça, esperança e memória!
/:Glória, glória à luz que alumia
/Alegria dos pobres,glória!:/
/:No canto, na dança / Na festa,
no altar / Glória, glória, aleluia!:/
100
GLÓRIA AO PAI CRIADOR
Refr.: Glória, glória, ao Pai
Criador, ao Filho Redentor e ao
Espírito glória. Ao Pai Criador,
ao Filho Redentor e ao Espírito
glória.
1. Ao Pai Criador do mundo, ao
Filho Redentor dos homens e ao
Espírito de amor demos sempre
glória. E ao Espirito de amor
demos sempre glória.
101
GLÓRIA A DEUS
NAS ALTURAS
Glória a Deus nas alturas / E
paz na terra aos homens por Ele
amados / Senhor Deus, Rei dos
céus, Deus Pai todo poderoso /
Nós vos louvamos / Nós vos
bendizemos / Nós vos adoramos /
Nós vos glorificamos / Nós vos
damos graças, por vossa imensa
glória. / Senhor Jesus Cristo, Filho
Unigênito / Senhor Deus, Cordeiro
de Deus, Filho de Deus Pai / Vós
que tirais o pecado do mundo,
tende piedade de nós / Vós que
tirais o pecado do mundo / Acolhei
a nossa súplica / Vós que estais à
direita do Pai / Tende piedade de
nós / Só vós sois o Santo / Só vós
sois o Senhor / Só vós o Altíssimo,
/ Jesus Cristo com o Espírito Santo
/ Na Glória de Deus Pai. Amém!
(3x)
35
102
HINO DE LOUVOR - I
Glória a Deus nas alturas / E
paz na terra aos homens por ele
amados! (bis)
Senhor Deus, rei dos céus, Deus
Pai todo-poderoso: / Nós vos
louvamos, vos bendizemos, / Vos
adoramos, vos glorificamos, / Nós
vos damos graças por vossa
imensa glória.
Senhor Jesus Cristo, Filho
Unigênito, / Senhor Deus,
Cordeiro de Deus, Filho de Deus
Pai, / Vós que tirais o pecado do
mundo, tende piedade de nós. /
Vós que tirais o pecado do mundo,
acolhei a nossa súplica. / Vós que
estais à direita do Pai, tende
piedade de nós.
Só vós sois o Santo, só vós o
Senhor, / Só vós o altíssimo,
Jesus Cristo, / Com o Espírito
Santo, / Na glória de Deus, Pai, na
glória de Deus Pai.
Amém, amém, amém, amém,
amém!
103
HINO DE LOUVOR-II
Solo: Glória a Deus nas alturas
A: E paz na terra aos homens por
ele amados, / Senhor Deus, rei
dos céus, Deus Pai todo-
poderoso.
B: Nós vos louvamos, nós vos
bendizemos, / Nós vos adoramos,
nós vos glorificamos,
A: Nós vos damos graças por
vossa imensa glória. / Senhor
Jesus Cristo, Filho Unigênito de
Deus.
B: Senhor Deus, Cordeiro de
Deus, Filho de Deus Pai, / Tende
pedade de nós!
A: Vós que tirais o pecado do
mundo, acolhei a nossa súplica, /
Tende piedade de nós!
B: Só vós sois o Santo, só vós o
Senhor, / Só vós o Altíssimo,
Jesus Cristo, Salvador.
A: Com o Espírito Santo, na
glória de Deus Pai,
A + B: À Santíssima Trindade
demos glória para sempre.Amém!
104
DEUS ETERNO
1. “Deus eterno”, a vós louvor!/
Glória à vossa majestade!/Anjos e
homens com fervor / Vos adoram,
Deus Trindade, /: Santo, Santo a
Vós sem fim/ Cante amor de
Serafim.:/
2. “Pai Eterno”! A Criação/ Que
chamastes Vós do nada,/ Que
sustenta vossa mão,/ Com o
acorde imenso brada: / : Quem
me fez foi vosso amor,/ Glória a
Vós, Pai Criador!:/
3. “Filho Eterno”! Nosso irmão,/
Vossa morte deu-nos vida,/ Vosso
sangue salvação./ Toda Igreja
agradecida /: Exaltando a Vós,
Jesus,/ Glória canta à vossa
Cruz.:/
4. Deus Espírito, Sol de amor,
Procedeis do Pai, do Filho.
Eis vos louvam vossos santos,
Entoando eternos cantos:
/:Santo, Santo é o Senhor,
Uno e Trino, Deus deAmor . :/
36
105
GLÓRIA A DEUS NAS
ALTURAS
Refr.: /: Glória a Deus nas
alturas :/ E paz na terra aos
homens por Ele, amados (bis)
1. Senhor Rei dos céus, / Deus
Pai todo poderoso / Nós vos
louvamos, / Vos bendizemos / Nós
vos adoramos e glorificamos / Nós
vos damos graças, / Por vossa
imensa glória
2. Senhor Jesus Cristo, / Filho
Unigênito / Senhor Deus, Cordeiro
de Deus, / Filho de Deus Pai / Vós
que tirais o pecado do mundo
tende piedade de nós / Vós que
tirais o pecado do mundo, acolhei
a nossa súplica / Vós que estais à
direita do Pai, tende piedade de
nós / Só vós sois o Santo, só vós o
Senhor / Só Vós o Altíssimo,
Jesus Cristo / Com o Espírito
Santo na glória de Deus Pai.
Amém!
106
GLÓRIA A DEUS LÁ
NOS CÉUS
Refr.: Glória a Deus lá nos
céus, / E paz na terra aos seus!
(bis)
1. Glória a Deus nos altos céus!
/ Paz na terra a seus amados! / A
Vós, louvam Rei Celeste, / Os que
foram libertados!
2. Deus e Pai nós vos
louvamos, / Adoramos, bem
dizemos; / Damos glória ao vosso
n o m e , / V o s s o s d o n s
agradecemos!
3. Senhor, nosso, Jesus Cristo,
/ Unigênito do Pai, / Vós, de Deus,
Cordeiro Santo, / Nossas culpas
perdoai!
4. Vós que estais junto do Pai, /
Como nosso intercessor, / Acolhei
nossos pedidos, / Atendei nosso
clamor!
5. Vós somente sois o Santo, /
O Altíssimo, o Senhor,/ Com o
Espírito Divino, / De Deus Pai no
esplendor!
107
GLÓRIA A DEUS NO CÉU
Refr.: Glória a Deus no céu/ E
na terra paz aos homens./
glória,Aleluia!
1. Glória ao Pai, o Criador,/ Seu
poder nos chamou à vida.
2. Glória ao Filho Redentor,/
Sua Cruz reconciliou-nos.
3. Glória ao Espírito de Amor,/
Sua Graça é que nos renova.
108
GLÓRIA, GLÓRIA, GLÓRIA,
ALELUIA
Ref.: Glória, glória, glória,
Aleluia! (bis) / Glória, glória,
glória a Deus nos altos Céus./
Paz na terra a todos nós
1.D e u s e P a i n ó s v o s
louvamos: Glória a Deus! /
Adoramos, bendizemos. Glória a
Deus! / Damos glória ao vosso
nome: Glória a Deus! / Vossos
dons agradecemos.
2.Senhor nosso Jesus Cristo:
Glória a Deus! / Unigênito do Pai,
Glória a Deus! / Vós de Deus
Cordeiro Santo, Glória a Deus! /
Nossas culpas perdoai.
3.Vós que estais junto do Pai,
Glória a Deus! / Como nosso
intercessor. Glória a Deus! /
Acolhei nossos pedidos, Glória a
Deus! /Atendei nosso clamor.
4.Vós somente sois o Santo,
Glória a Deus! / O Altíssimo
Senhor. Glória a Deus! / Com o
Espírito Divino, Glória a Deus!/
De Deus Pai no resplendor.
37
As letras dos salmos responsoriais e aclamações ao Evangelho
não foram transcritas neste livro de canto. Elas constam nos
lecionários. Alguns dos cantos que seguem são salmos e
aclamações, os demais podem ser utilizados e cantados para
acolher a Palavra de Deus.
110
EIS QUE VENHO, Ó PAI
Refr.: “ Eis que venho, ó Pai,/
para fazer vossa vontade!” (bis)
1. Bem confiante esperei no
Senhor,/ Pois Ele escutou e
atendeu os meus brados.
Sacrifício nenhum satisfaz,/ Mas
vossa vontade quereis que se
faça.
2. Não fechei os meus lábios,
Senhor,/ Jamais deixarei de
anunciar a justiça. Proclamei sem
cessar, vosso amor, também
proclamei vossa fidelidade.
3. Sou tão fraco e tão pobre
Senhor! Que venha de vós
proteção e auxílio!
109
ALELUIA!
Refr.: Aleluia! Aleluia!
Aleluia! /Aleluia!Aleluia! (Bis)
1. Vós povos todos da terra, /
Aleluia! Aleluia! / Vinde, cantai ao
Senhor: /Aleluia!Aleluia!
2. Vinde, louvai nosso Deus, /
Aleluia! Aleluia! / Que seu amor é
sem fim. /Aleluia!Aleluia!
3. Frente à loucura dos
homens, / Aleluia! Aleluia! / Vive a
loucura do amor. /Aleluia!Aleluia!
4. Vem nos dar em pessoa /
Aleluia! Aleluia! / A vida plena que
é sua. /Aleluia!Aleluia!
5. E que na terra se faça, /
Aleluia! Aleluia! / Como no céu
harmonia. /Aleluia!Aleluia!
6. Tanto o sofrer quanto a morte
/ Aleluia! Aleluia! / Saibam que a
vida é maior. /Aleluia!Aleluia!
Salmo ResponsorialSalmo Responsorial
e Aclamaçõese Aclamações
38
3. Quando ocultas tua face,
elas se perturbam./ Quando lhes
tiras sua vida, voltam ao seu nada.
4. Seja ao Senhor eterna glória!
Alegre-se ele em suas obras.
5. Que o meu canto ao Senhor
seja agradável! É nele que está
minha alegria!
113
PELOS PRADOS
1. Pelos prados e campinas
verdejantes, eu vou!/ É o Senhor
que me leva a descansar./ Junto
às fontes de águas puras
repousantes, eu vou!/ Minhas
forças o Senhor vai animar!
Refr.: /: Tu és, Senhor, o meu
Pastor!/ Por isso nada em
minha vida faltará. :/
2. Nos caminhos mais seguros
junto dele, eu vou!/ E pra sempre o
seu nome eu honrarei./ Se eu
encontro mil abismos nos
caminhos, eu vou!/ Segurança
sempre tenho em suas mãos.
3. No banquete em sua casa,
muito alegre, eu vou!/ Um lugar
em sua mesa me preparou!/ Ele
unge minha fronte e me faz ser
feliz,/ E transborda a minha taça
em seu amor.
4. Co´alegria e esperança,
caminhando eu vou!/ Minha vida
está sempre em suas mãos./ E na
casa do Senhor eu irei habitar./ E
este canto para sempre irei
cantar!
111
AO SENHOR DOS
SENHORES
1. Ao Senhor dos senhores
cantai/ Ao Senhor, Deus dos
deuses louvai!/ Maravilhas só ele
é quem faz,/ Bom é Deus, ao
Senhor, pois amai. / Com saber,
ele fez terra e céu/ sobre as águas
a terra firmou;/ Para o dia reger fez
o sol/ E as estrelas pra noite criou.
Refr.: Porque eterno é o seu
amor por nós,/ Eterno é seu
amor! Porque eterno é o seu
amor por nós. Eterno é o seu
amor!
2. Primogênitos todos feriu/ Do
Egito um povo opressor,/ E dali
Israel fez sair:/ O poder de sua
mão o salvou./ No mar bravo ele
fez perecer/ Os soldados e o tal do
Rei Faraó;/ Aliança ele fez com
Israel/ No deserto seu povo guiou.
3. Poderosos sem dó abateu/ A
famosos reis desbaratou;/ Sua
terra Israel recebeu,/ como
herança a seu povo entregou./ Se
lembrou de nós na humilhação,/
Ao Senhor, Salvador, proclamai!/
Dele nós recebemos o pão./ Ao
Senhor, Deus do céu, celebrai!
112
ENVIA TEU ESPÍRITO
Refr.: /: Envia teu Espírito,
Senhor, e renova a face da
terra.:/
1. Bendize, minha alma, ao
Senhor./ Senhor, meu Deus, como
és tão grande.
2. Como são numerosas as
tuas obras, Senhor! / A terra está
cheia de tuas criaturas.
39
114
QUEM SEMEIA
Refr.: /:Quem semeia entre
lágrimas, entre sorrisos
colherá.:/
1 . Q u a n d o o S e n h o r
reconduziu nossos cativos, nossa
boca ficou cheia de sorrisos.
2. Reconduz, ó Senhor, nossos
destinos. Ensina-nos a plantar
boas sementes.
3. Glória ao Pai, Glória ao Filho
e ao Santo Espírito, pelos séculos
dos séculos.Amém.
115
TU ME CONHECES
1. Tu me conheces quando estou
sentado/ Tu me conheces quando
estou de pé./ Vês claramente
quando estou andando,/ Quando
repouso tu também me vês./ Se
pelas costas sinto que me
abranges,/ Também de frente sei
que me percebes,/ Para ficar
longe do teu espírito,/ O que farei,
aonde irei? Não sei.
Refr.: Para onde irei? Para
onde fugirei?/ Se subo ao céu
ou se me prostro no abismo/ Eu
te encontro lá./Para onde irei?
Para onde fugirei?/ Se estás
n o a l t o d a m o n t a n h a
verdejante/ Ou nos confins do
mar!
2. Se eu disser: que as trevas me
escondam/ E que não haja luz
onde eu passar,/ Pra ti a noite é
clara como o dia/ Nada se oculta
ao teu divino olhar./ Tu me teceste
no seio materno/ E definiste todo o
meu viver,/ As tuas obras são
maravilhosas/ Que maravilha,
meu Senhor, sou eu.
3. Dá-me tuas mãos, ó meu
Senhor bendito,/ Benditas sejam
sempre as tuas mãos,/ Prova-me,
Deus, e vê meus pensamentos,/
Olha-me, Deus, e vê meu
coração./ Livra-me, Deus de todo
o mau caminho;/ Quero viver,
quero sorrir, cantar./ Pelo caminho
da eternidade, / Senhor, terei toda
felicidade.
116
POR MELHOR
1. Por melhor que seja alguém,/
Chega o dia em que há de
faltar./Só o Deus vivo a palavra
mantém/ E jamais ele há de falhar.
Refr.: Quero cantar ao
Senhor,/ Sempre e enquanto eu
viver./ Hei de provar seu amor,/
Seu valor e seu poder.
2. Nosso Deus põe-se do
lado/Dos famintos e injustiçados/
Dos pobres e oprimidos,/ Dos
injustamente vencidos.
3. Ele barra o caminho dos
maus/ Que exploram sem
compaixão;/ mas dá força ao
braço dos bons/ Que sustentam o
peso do irmão.
117
DEUS VEM FALAR
1. Deus vem falar ao coração /
Eis que findou a escravidão /
Vamos ouvir Deus vai falar /
Aleluia, aleluia, aleluia!
2. Quando o Senhor vem
conversar / Vem como Pai nos
libertar / Vamos ouvir, Deus vai
falar /Aleluia, aleluia, aleluia!
3. Novo pensar e Nova luz /
Traz o Evangelho de Jesus /
Vamos ouvir, Deus vai falar /
Aleluia, aleluia, aleluia!
40
120
QUERO OUVIR TUA
PALAVRA
1. Quero ouvir tua palavra / Que
transforma o meu viver / Pra
cantar a canção nova para o
mundo
Refr.: Fala Senhor, eu quero te
escutar! (bis)
2. Eu quero te conhecer, /
Preciso ouvir tua voz.
121
SÓ NO SILÊNCIO
1. Só no silêncio Deus se revela
a você./ Só no silêncio
entendemos porquê/ É importante
calar/ Para ouvir a sua voz.
Refr.: /:Agora é hora, de
silêncio interior,/ De deixar
Cristo falar,/ Sua mensagem de
amor.:/
2. É fácil encontrar-se com
Deus:/ É só saber silenciar./ Em
tudo Ele se faz presente,/ Até no
barulho do mar.!
122
LÁ VEM VINDO A
PALAVRA DE DEUS
Lá vem vindo a Palavra de Deus
/ Vem falar do meu povo e do céu /
Vem falar de justiça e de paz, ela
vem / Lá vem vindo a Palavra de
Deus (bis).
A Palavra de Deus é bonita, é
bonita demais / Ela inspira o meu
povo, Ela agita, Ela traz tanta paz.
Há palavras demais neste
mundo / Nenhuma delas me
libertará / Por viver entre crentes
e ateus.
Ouvirei a palavra dos
homens, / Mas seguir eu só
sigo a Palavra de Deus. (3x)
118
CANTEMOS ALEGRES
1. Cantemos alegres vibrantes,
/ Ergamos a Deus nossa voz, /
Acolhamos a sua Palavra, / Que
passa no meio de nós.
Refr.: Cantai, cantai irmãos,
cantai com amor e fé. /APalavra
de Vida, aclamemos de pé. (Bis)
2. A Bíblia é o Livro Sagrado
/ E que muitos livros contém, / Ela
é a verdade inspirada, / É nosso
viver, nosso amém.
3. Ergamos bem alto a Bíblia, /
Que a temos em nossas mãos, /
Com um beijo firmemos a crença /
Em Deus que abençoa, irmãos.
4. Presente se faz na História, /
Por sua Palavra e ação, / Nosso
Deus que caminha com o povo, /
presente se faz no irmão
119
PROCISSÃO DA PALAVRA
Refr.: A comunidade, dança
alegre e canta,/ Acolhendo
agora a Palavra Santa.
1. A Palavra vem, vem nos
libertar, como vento forte vem nos
arrastar.
2. A Palavra vem, fala ao
coração, chega como a chuva,
fecundando o chão.
3. Bem-aventurado, e povo
feliz, quem vive a Palavra e a
Deus bem, diz.
4. Vamos caminhar, irmãs e
irmãos, já chegou a hora da nossa
missão.
5. Aleluia, irmãos, Jesus vai
falar, o santo Evangelho vamos
aclamar!
41
127
A NÓS DESCEI
Refr.:Anós descei, divina luz,
a nós descei, divina luz./: Em
nossas almas acendei /:O amor,
o amor de Jesus.:/
1. Vinde, Santo Espírito, e do
céu mandai/ Luminoso raio,
luminoso raio. Vinde, Pai dos
pobres, doador dos dons,/ Luz dos
corações, luz dos corações.
2. Grande defensor em nós
habitai/ E nos confortai, e nos
confortai. Na fadiga pouso, e no
ardor brandura/ E na dor ternura, e
na dor ternura.
3. Ó luz venturosa, divinais
clarões, encham os corações,
encham os corações./ Sem o tal
poder, em qualquer vivente, nada
de inocente, nada de inocente.
4. Lavai o impuro, e regai o
seco, sarai o enfermo, sarai o
enfermo. Dobrai a dureza,
aquecei o frio, livrai do desvio,
livrai do desvio.
5. Aos fiéis que oram, com
vibrantes sons, dai os sete dons,
dai os setes dons. Dai virtude e
prêmio e no fim dos dias, eterna
alegria, eterna alegria. Aleluia,
aleluia, aleluia, aleluia!
128
ALELUIA, VEM, SENHOR,
NOS ENSINAR
Aleluia, aleluia, aleluia,/ Vem,
Senhor, nos ensinar!/ Aleluia,
aleluia, aleluia,/ Nós queremos
te escutar.
1. Teu mandamento é a lei que
nos governa,/ Tu tens palavras de
luz e vida eterna.
123
VEM, ESPÍRITO SANTO
Refr.: /: Vem, Espírito Santo,
vem,/ Vem iluminar.:/
1. Nossos caminhos vem
iluminar,/ Nossas ideias vem
iluminar./ Nossas angústias vem
iluminar,/ As incertezas vem
iluminar.
2. Nosso encontro vem iluminar,/
Nossa história vem iluminar,/ Toda
a Igreja vem iluminar,/ A
humanidade vem iluminar.
124
BENDITA A PALAVRA
Refr.: Bendita (3x) a Palavra do
Senhor./ Bendito (3x) quem a
vive com amor.
A Palavra de Deus escutai./ No
Evangelho Jesus vai falar:/ “ A
justiça do reino do Pai,/ Procurai
em primeiro lugar”.
125
EU VIM PARA ESCUTAR
1. Eu vim para escutar...
Refr.: /: Tua palavra, tua
palavra,/ Tua palavra de amor.:/
2. Eu gosto de escutar...
3. Eu quero entender melhor...
4. O mundo ainda vai viver...
126
VAI FALAR NO EVANGELHO
Vai falar no Evangelho/ Jesus
Cristo. Aleluia./ Sua palavra é
alimento/ Que dá vida.Aleluia
Refr.: /: Glória a ti, Senhor,/
Toda graça e louvor.:/
42
129
TODA A BÍBLIA
Refr.: Toda a Bíblia é
comunicação./ De um Deus/ -
/Amor, de um Deus/ - /Irmão./ É
feliz quem crê na Revelação,/
Quem tem Deus no coração.
1. Jesus Cristo é a palavra,/
Pura imagem de Deus Pai./ Ele é
vida e verdade,/ A suprema
caridade.
2. Os profetas sempre
mostram/ A vontade do Senhor./
Precisamos ser profetas,/ Para o
mundo ser melhor.
3. Nossa fé se fundamenta,/
Nas palavras dos apóstolos./
João, Mateus, Marcos e Lucas/
Transmitiram esta fé.
4. Vinde a nós, ó Santo Espírito,
Vinde nos iluminar/ A Palavra que
nos salva/ Nós queremos
conservar.
130
JESUS CRISTO
Refr.: Jesus Cristo ontem,
hoje e sempre! Ontem, hoje e
sempre, aleluia!
1. Ele é a imagem do Deus
invisível, o Primogênito da
criação. Tudo o que existe foi nele
criado, nele encontramos a
Redenção.
2. Ele é cabeça da Igreja, seu
corpo, o Primogênito entre os
mortais. Que nele habite a vida
mais plena, foi do agrado de
nosso Pai.
3. Reconciliou todas as criaturas
dando-nos paz pelo sangue da
cruz. Deus nos tirou do império
das trevas, e nos chamou a viver
na luz.
131
A ESCRITURA NOS DOIS
TESTAMENTOS
1. A escritura nos dois
testamentos,/ É a palavra
inspirada por Deus./ É o Pai
educando seus filhos,/ É o Pai
revelando-se aos seus.
Refr.: /: Nós amamos a Bíblia
sagrada,/ Paternal testamento
de Deus.:/
2. Profecias, exemplos,
doutrinas/ Aprendamos, fazei-
nos, Senhor,/ Conhecer-vos na
Bíblia sagrada,/ De que sois
principal escritor.
132
PALAVRAS SANTAS
Refr.: /:Palavras santas do
Senhor/ Eu gravarei no
coração.:/
1. Vossa palavra é uma luz a
iluminar/ O vosso povo em
marcha alegre para o Pai.
2. Palavra viva, penetrante e
eficaz/ Que nos dá força, nos dá
vida, amor e paz.
3. De muitos modos Deus falou
a nossos pais,/ Ultimamente por
seu Filho nos falou.
133
VAI FALAR
Vai falar, vai falar, no Evangelho
Jesus vai falar. (Bis)
Oxalá nossa luz seja sempre o
Cristo Jesus! (Bis)
/:Já falou, já falou. No Evangelho
Jesus já falou.:/:
Oxalá, o louvor seja dado a
Cristo Senhor!:/
43
134
TODA SEMENTE
1. Toda semente é um anseio
de frutificar,/ E todo fruto é uma
forma de a gente se dar.
Refr.: Põe a semente na
terra,/ Não será em vão/ Não te
preocupe a colheita: / Plantas
para o irmão.
2. Toda palavra é um anseio de
comunicar,/ E toda fala é uma
forma de a gente se dar.
3. Todo tijolo é um anseio de
edificar,/ E toda obra é uma forma
de a gente se dar.
135
QUERO LEVAR A BÍBLIA
1. Quero levar esta Bíblia,/ Ir
cantando em procissão;/ Ir feliz
como quem leva/ A luz do céu em
sua mão.
Refr.: Ergo bem alto esta
Bíblia;/ Ei-la entre nós e o bom
Deus!/ É bênção que à terra
desce,/ É prece que sobe aos
céus;
2. Quero nas mãos este livro,/
Vou levá-lo aonde for!/ E o levo
pela vida, e ele me leva ao
Senhor!
3. Quero beijar esta Bíblia,/
Como beijo sempre, sim!/ Mão de
Pai que me abençoa,/ e Mãe
sorrindo para mim!
136
DÁ-ME A PALAVRA CERTA
Refr.: Dá-me a palavra certa
na hora certa e do jeito certo e
pra pessoa certa. Dá-me a
cantiga certa na hora certa e do
jeito certo e pra pessoa certa.
1. Palavra é como pedra,
preciosa, sim. Quem sabe o valor
cuida bem do que diz. Palavra é
como brasa: queima até o fim.
Quem sabe o que diz há de ser
mais feliz.
2. Palavra é como pedra,
preciosa, sim. Quem sabe o valor
cuida bem do que diz. Palavra é
como brasa: queima até o fim.
Quem sabe o que diz... vai levar a
palavra.
137
BUSCAI PRIMEIRO
1. Buscai primeiro o Reino de
Deus/ E a sua justiça,/ E tudo o
mais vos será acrescentado,/
Aleluia,Aleluia.
2. Não só de pão o homem
viverá,/ Mas de toda a palavra/
Que procede da boca de Deus,/
Aleluia,Aleluia.
3. Se vos perseguem por causa
de mim,/ Não esqueçais o
porquê!/ Não é o servo maior que
o Senhor,/Aleluia,Aleluia.
138
PALAVRAS DE SALVAÇÃO
Refr.: Palavras de salvação /
Somente o céu tem pra dar./ Por
isso meu coração / Se abre para
escutar.
1. Por mais difícil que seja
seguir/ Tua palavra queremos
ouvir./ Por mais difícil de se
praticar / Tua palavra queremos
guardar.
2. Com Simão Pedro diremos
também / Que não é fácil dizer
sempre amém. / Mas não há outro
na terra e no céu / Mais
companheiro, mais santo e fiel.
44
139
PELA PALAVRA DE DEUS
Refr.: Pela palavra de Deus/
Saberemos por onde andar!/
Ela é luz e verdade,/ Precisamos
acreditar;/
1. Cristo me chama, Ele é o
Pastor,/ Sabe meu nome; fala,
Senhor.
2. Sei que a resposta vem do meu
ser: “quero seguir-te para viver”
3. Mãos estendidas pedem meu
pão, devo parti-lo com meu irmão.
140
SENHOR, EU QUERO
1. Senhor, eu quero lhe fazer
uma canção, de coração, cantar o
seu amor. Sua bondade é bem
maior do que os céus, a terra
inteira canta, alegre, o seu louvor!
Refr.: Sua palavra fala da vida!
Sua palavra fala de amor! (bis)
2. Senhor, eu quero anunciar
aos meus irmãos, o seu amor que
cuida assim de nós. Não temos
medo, estamos sempre em suas
mãos! Sua Palavra será vida em
nossa voz!
141
SANTO LIVRO
/:Santo Livro! Santo Livro!
Louvado seja Deus por seus
autores/ Louvado seja Deus por
seus leitores.
Santo Livro! Santo Livro! / Santo
Livro que me ensina a contemplar
Santo Livro! Santo Livro! / Santo
Livro que me ensina a caminhar :/
1. Quem te lê com amor e com
fé, Santo Livro, certamente viverá
melhor.
Quem te estuda querendo
aprender, Santo Livro, saberá
caminhar, saberá.
142
TEU POVO AQUI REUNIDO
1. Teu povo aqui reunido,
procura vida nova. Tu és a
esperança, o Deus que nos
consola.
Refr.: /: Fala, Senhor, fala da
vida. Só tu tens palavras
eternas, queremos ouvir.:/
2. São tantos os apelos que vêm
dos oprimidos. Tu és quem liberta,
o Deus dos esquecidos.
143
É COMO A CHUVA
QUE LAVA
Refr.: É como a chuva que
lava, é como o fogo que arrasa;
tua Palavra é assim não passa
por mim sem deixar um sinal.
1. Tenho medo de não
responder, de fingir que não
escutei. /: Tenho medo de ouvir
teu chamado virar do outro lado e
fingir que não sei:/
2. Tenho medo de não perceber,
de não ver teu amor passar.
/:Tenho medo de estar distraído,
magoado e ferido e então me
fechar:/
3. Tenho medo de estar a gritar e
negar-te o meu coração.
/:tenho medo do Cristo que
passa, oferece uma graça e eu lhe
digo que não:/
144
ALELUIA A
MINH'ALMA ABRIREI
Aleluia, aleluia a minh'alma
abrirei. / Aleluia, aleluia, Cristo é
meu Rei! (3x)
45
145
CHEGOU A HORA
DA ALEGRIA
Refr.: Chegou a hora da
alegria,/: vamos ouvir esta
palavra que nos guia.:/
1. Tua palavra vem chegando
bem veloz. Por todo canto hoje se
escuta tua voz. (bis)
2. Nada se cria sem a força e o
calor, que sai da boca de Deus,
nosso criador. (bis)
3. A tua lei, ó meu Senhor, é
perfeição, conforta a alma e nos
educa pra união.(bis)
4. O mandamento de meu Deus
é retidão. É luz nos olhos e prazer
no coração. (bis)
5. Esta é a Palavra da certeza e
da justiça, que nos liberta da
opressão e da cobiça. (bis)
146
ALELUIA, PONHO-ME
A OUVIR
/: Aleluia, aleluia, aleluia,
aleluia!:/ Ponho-me a ouvir: o que
o Senhor dirá? Ele vai falar, vai
falar de paz. Pela minha voz e
pelas minhas mãos Jesus Cristo
vai, vai falar de paz.
147
TUA PALAVRA ME ANIMA
Refr.: Aleluia, aleluia! (Aleluia)
Aleluia, aleluia! (Aleluia) /
Aleluia, aleluia! Aleluias ao
Senhor!
1. Quando meu barco vacila / Nas
ondas bravas do mar / Tua palavra
me anima: / "Coragem, sou EU!"
Quando não tenho palavras /
Todos tramando meu fim / O teu
Espírito fala:/"Não temas, sou
EU!»
148
A BÍBLIA É A
PALAVRA DE DEUS
Refr.: A Bíblia é a Palavra de
Deus / Semeada no meio do
povo / Que cresceu, cresceu e
nos transformou / Ensinando-
nos viver um mundo novo.
1. Deus é bom, nos ensina a
viver / Nos revela o caminho a
seguir / Só no amor partilhando
seus dons / Sua presença iremos
sentir.
2. Somos povo, o povo de Deus
/ E formamos o reino de irmãos / E
a palavra que é viva nos guia / E
alimenta a nossa união.
149
A VOSSA PALAVRA,
SENHOR
Refr.: A vossa palavra,
Senhor,/ É sinal de interesse
por nós. (bis)
1. Como um pai ao redor de sua
mesa,/ Revelando seus planos de
amor.
2. É feliz quem escuta a
palavra/ E a guarda no seu
coração.
3 . N e s t e e n c o n t r o d a
Eucaristia/ Aprendemos a grande
lição.
150
ALELUIA, QUANDO
ESTAMOS UNIDOS
Refr.: Aleluia, aleluia, aleluia
(2x)
1. Quando estamos unidos, /
Estás entre nós / E nos falarás da
Tua vida.
2. Este nosso mundo / Sentido
terá / SeTua palavra renovar.
46
151
LUZ PARA O
MEU CAMINHO
Refr.: Aleluia... Aleluia, Aleluia! /
Aleluia...Aleluia,Aleluia! (Bis)
1. Quero ouvir o que o Senhor irá
falar / Tua palavra vai minha vida
transformar / Luz para o meu
caminho, verdade e vida!
152
ALELUIA, DEUS SE
ENCONTRA COM SEU POVO
1. Nosso Deus é o verdadeiro
Deus, / Vem falar ao coração dos
seus / Em seu filho nosso irmão
encontrou-nos / E no encontro
revelou-se amor
Refr.: Aleluia, Deus se
encontra com seu povo / Na
palavra nos indica um mundo
novo. (bis)
2 . T o d o e n c o n t r o é
comunicação, / Sintonia de
libertação / No Evangelho Jesus
Cristo nos fala, / Na Palavra ele se
torna luz
153
ALELUIA! COM ALEGRIA
ACLAMEMOS
Aleluia! Aleluia! Aleluia! / Com
alegria, aclamemos / A Palavra
do Senhor!
1. Fala Senhor que teu servo te
escuta, / Tua Palavra fortalece a
nossa luta.
2. Só Tu tens palavras eternas
de vida, / Luz pra guiar e iluminar
nossa lida.
154
ALELUIA, VAMOS ACLAMAR
O EVANGELHO
Refr.: Aleluia, Aleluia/ Vamos
aclamar o Evangelho, aleluia.
(Bis)
1. Cristo vive no meio da gente/
Ontem, hoje, eternamente/ Cada
dia nos chama à conversão.
2 . O E v a n g e l h o s e r á
proclamado / O mistério, revelado/
Corações e olhares, atenção.
155
BOA NOVA
Refr.: Aleluia, Aleluia/ Boa
nova de Deus chegando a nós.
(bis)
1. Tudo o que fala Jesus /
Revela o pensar e a palavra de
Deus.
2. Toda ação de Jesus / Revela
de Deus a maneira de agir.
3. Todo o amor de Jesus /
Revela do Pai a maneira de amar.
156
MEU CORAÇÃO
TRANSBORDA
1. Meu coração transborda de
amor, porque meu Deus é um
Deus de amor. / Minha alma está
repleta de paz, porque Jesus é
minha paz.
Refr.: Eu digo Aleluia (5X) Eu
digo porque. Eu digo Aleluia
(5x)
Aleluia.Amém.
CreioCreio
47
remissão dos pecados, na
ressurreição da carne, na vida
eterna.
158
EU CREIO
1. Eu creio em ti, Deus-Pai,
divino criador. Eu creio em ti, Deus-
Mãe, fonte do puro amor/: Eu creio
em Ti, Deus-irmão, luz na
escuridão. Jesus libertador.:/
2. Não creio em Deus sem nome,
sem rosto e sem lugar. Não creio
no Deus dos homens, que vivem a
escravizar./: Meu Deus é força de
vida, e a classe oprimida, vem firme
livrar.:/
3. Creio na força nova, vinda da
união./: Creio no companheiro, fiel
de coração. Creio no irmão que foi
morto, lutando disposto por
libertação.:/
157
CREIO! CREIO! AMÉM!
Refr.: Ass: Creio, Creio,
Amém! (bis)
1. Creio em Deus Pai todo-
poderoso, criador do céu e da terra;
e em Jesus Cristo, seu único Filho,
Nosso Senhor; que foi concebido
pelo poder do Espírito Santo;
2. Nasceu da Virgem Maria;
padeceu sob Pôncio Pilatos; foi
crucificado, morto e sepultado.
Desceu à mansão dos mortos;
ressuscitou ao terceiro dia;
3. Subiu aos céus, está sentado
à direita de Deus Pai todo-
poderoso; donde há de vir a julgar
os vivos e os mortos.
4. Creio no Espírito Santo, na
Santa Igreja Católica, na
comunhão dos santos; na
48
161
CREIO, SENHOR
Refr.: Creio, Senhor, mas
aumentai minha fé!
1. Eu creio em Deus, Pai
onipotente/ Criador da terra e do
céu.
2. Creio em Jesus, nosso irmão,/
Verdadeiramente Homem - Deus.
3. Creio também no Espírito de
amor,/ Grande dom que a Igreja
recebeu.
162
CREIO
Eu creio, eu creio, eu creio no
meu Deus
Creio em Deus Pai todo
poderoso,/ Criador do céu e da
terra.
Creio num Deus que tudo
criou/ Creio num Pai que sempre
me amou. Creio em Jesus Cristo,
seu único Filho, Nosso Senhor/
Que foi concebido pelo poder do
Espírito Santo/ Nasceu da Virgem
Maria/ Padeceu sob Pôncio
Pilatos, foi crucificado, morto e
sepultado, desceu à mansão dos
mortos.
Ressuscitou ao terceiro dia/
subiu ao céu e está sentado à
direita de Deus Pai, todo
Poderoso, donde há de vir a julgar
os vivos e os mortos.
Creio no Espírito Santo, na
Santa Igreja Católica/ Na
comunhão dos santos/ Na
remissão dos pecados/ Na
ressurreição da carne. E creio na
vida eterna.
159
CREIO EM TI
1. Creio em Ti ao ver que a
chuva cai e faz a flor nascer. Creio
em Ti pois sei que quando é noite
aqui, é dia ali. Creio em Ti porque
me deste o riso e a dor, me deste o
amor, do teu amor./ Creio em Ti,
creio emTi.
2. Se a paz sobre nós seu véu
descer, eu creio em Ti. Se a
tempestade a terra abalar, eu
creio em Ti. / Cada vez que neste
mundo eu escutar alguém cantar,
alguém chorar, direi então: creio
emTi.
160
NÓS CREMOS
Refr.: Nós cremos que Deus é
nossa vida,/ Nós cremos que
Deus está co’a gente. /: Jesus
Cristo é Deus nosso irmão,/ Seu
Espírito na Igreja está
presente.:/
1. Nós cremos que a vida de
Deus/ Se espalha no mundo
inteiro.
2 . N ó s c r e m o s q u e o
sofrimento/ E a morte em Jesus é
vida.
3. Nós cremos que em Jesus
Cristo/ Deus nasceu pra viver
conosco.
4 . N ó s c r e m o s q u e a
ressurreição/ É a vida que vence a
morte.
5. Nós cremos que a Igreja de
Deus/ É o corpo de Cristo vivo.
6. Nós cremos que Deus nos
acolhe,/ Seu amor nos perdoa
sempre.
7. Nós cremos que em Deus
nos unimos/ Nem a morte nos
separará.
Preparação das
Oferendas
Preparação das
Oferendas
49
163
MUITOS GRÃOS
DE TRIGO
1. Muitos grãos de trigo se
tornaram pão. Hoje são teu Corpo,
ceia e comunhão. Muitos grãos de
trigo se tornaram pão.
Refr.: Toma, Senhor, nossa
vida em ação, para mudá-la em
fruto e missão! Toma, Senhor,
nossa vida em ação, para mudá-
la em missão.
2. Muitos cachos de uva se
tornaram vinho. Hoje são teu
Sangue, força no caminho. Muitos
cachos de uva se tornaram vinho.
3. Muitas são as vidas feitas
vocação. Hoje oferecidas em
consagração. Muitas são as vidas
feitas vocação.
164
O PÃO AMASSADO
1. O pão amassado, a uva
pisada:/ Eis a oblação./ Pastores
sofridos, o pobre esquecido, e o
povo sem pão.
Refr.: /: Quero ser fiel a Deus/
Respondendo à vocação./
Quero ser junto do povo/ um
irmão entre os irmãos.:/
2. O tempo e a idade, o bem e a
verdade, a paz e o perdão,/ Vigor,
e esperança, amor, confiança
jamais faltarão.
3. A dor, alegria, a vida vazia/
De tantos irmãos/ cansados,
vencidos,/ Também oprimidos,
ofertas serão.
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma
Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

CNBB documento 107 - Aplicação prática
CNBB documento 107 - Aplicação práticaCNBB documento 107 - Aplicação prática
CNBB documento 107 - Aplicação prática
IRINEU FILHO
 
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra - Mesa da Eucarístia
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra -  Mesa da EucarístiaMissa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra -  Mesa da Eucarístia
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra - Mesa da Eucarístia
Cris-Keka Mania
 
Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.
Lucas Licerre
 
Os sacramentos em nossa vida
Os sacramentos em nossa vidaOs sacramentos em nossa vida
Os sacramentos em nossa vida
Juliana Cristina M. Muniz
 
Ficha de Inscriçao - Catequistas.docx
Ficha de Inscriçao - Catequistas.docxFicha de Inscriçao - Catequistas.docx
Ficha de Inscriçao - Catequistas.docx
AugustaMariaCabrera
 
RELATÓRIO SEMESTRAL | JAN / JUN - 18 | Ministério MISSÕES IDE
RELATÓRIO SEMESTRAL | JAN / JUN - 18 | Ministério MISSÕES IDERELATÓRIO SEMESTRAL | JAN / JUN - 18 | Ministério MISSÕES IDE
RELATÓRIO SEMESTRAL | JAN / JUN - 18 | Ministério MISSÕES IDE
Jessé Lopes
 
Curso de batismo
Curso de batismoCurso de batismo
Curso de batismo
Melonita
 
Encontro de Liturgia
Encontro de LiturgiaEncontro de Liturgia
Encontro de Liturgia
José Vieira Dos Santos
 
A santa missa parte por parte
A santa missa parte por parteA santa missa parte por parte
A santa missa parte por parte
Francisco Rodrigues
 
A música litúrgica formação
A música litúrgica formaçãoA música litúrgica formação
A música litúrgica formação
mbsilva1971
 
1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA
Catequista Josivaldo
 
2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA
Catequista Josivaldo
 
Catequese batismo-adultos-resumo
Catequese batismo-adultos-resumoCatequese batismo-adultos-resumo
Catequese batismo-adultos-resumo
Catequista Josivaldo
 
Roteiro de missa de 1ª eucaristia.
Roteiro de missa de 1ª eucaristia.Roteiro de missa de 1ª eucaristia.
Roteiro de missa de 1ª eucaristia.
Lucas Licerre
 
A missa parte por parte
A missa parte por parteA missa parte por parte
A missa parte por parte
Juliana Cristina M. Muniz
 
Livrinho encontros de preparação batismo
Livrinho encontros de preparação batismoLivrinho encontros de preparação batismo
Livrinho encontros de preparação batismo
torrasko
 
Bênção do presépio
Bênção do presépioBênção do presépio
Bênção do presépio
Francisco Rodrigues
 
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação MissionáriaOração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
Bernadetecebs .
 
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Gustavo Scheffer
 
Formação em Liturgia
Formação em LiturgiaFormação em Liturgia
Formação em Liturgia
iaymesobrino
 

Mais procurados (20)

CNBB documento 107 - Aplicação prática
CNBB documento 107 - Aplicação práticaCNBB documento 107 - Aplicação prática
CNBB documento 107 - Aplicação prática
 
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra - Mesa da Eucarístia
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra -  Mesa da EucarístiaMissa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra -  Mesa da Eucarístia
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra - Mesa da Eucarístia
 
Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.
 
Os sacramentos em nossa vida
Os sacramentos em nossa vidaOs sacramentos em nossa vida
Os sacramentos em nossa vida
 
Ficha de Inscriçao - Catequistas.docx
Ficha de Inscriçao - Catequistas.docxFicha de Inscriçao - Catequistas.docx
Ficha de Inscriçao - Catequistas.docx
 
RELATÓRIO SEMESTRAL | JAN / JUN - 18 | Ministério MISSÕES IDE
RELATÓRIO SEMESTRAL | JAN / JUN - 18 | Ministério MISSÕES IDERELATÓRIO SEMESTRAL | JAN / JUN - 18 | Ministério MISSÕES IDE
RELATÓRIO SEMESTRAL | JAN / JUN - 18 | Ministério MISSÕES IDE
 
Curso de batismo
Curso de batismoCurso de batismo
Curso de batismo
 
Encontro de Liturgia
Encontro de LiturgiaEncontro de Liturgia
Encontro de Liturgia
 
A santa missa parte por parte
A santa missa parte por parteA santa missa parte por parte
A santa missa parte por parte
 
A música litúrgica formação
A música litúrgica formaçãoA música litúrgica formação
A música litúrgica formação
 
1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA
 
2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA
 
Catequese batismo-adultos-resumo
Catequese batismo-adultos-resumoCatequese batismo-adultos-resumo
Catequese batismo-adultos-resumo
 
Roteiro de missa de 1ª eucaristia.
Roteiro de missa de 1ª eucaristia.Roteiro de missa de 1ª eucaristia.
Roteiro de missa de 1ª eucaristia.
 
A missa parte por parte
A missa parte por parteA missa parte por parte
A missa parte por parte
 
Livrinho encontros de preparação batismo
Livrinho encontros de preparação batismoLivrinho encontros de preparação batismo
Livrinho encontros de preparação batismo
 
Bênção do presépio
Bênção do presépioBênção do presépio
Bênção do presépio
 
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação MissionáriaOração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
 
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
 
Formação em Liturgia
Formação em LiturgiaFormação em Liturgia
Formação em Liturgia
 

Destaque

Livro de cantos 2011
Livro de cantos 2011Livro de cantos 2011
Livro de cantos 2011
Daniel Brandão
 
Livro cifras - Santas Missões Populares
Livro cifras - Santas Missões PopularesLivro cifras - Santas Missões Populares
Livro cifras - Santas Missões Populares
Bernadetecebs .
 
Livro de cantos 2012 vol 1
Livro de cantos 2012   vol 1Livro de cantos 2012   vol 1
Livro de cantos 2012 vol 1
Flavia Bazola
 
Livro canticos eac_2011
Livro canticos eac_2011Livro canticos eac_2011
Livro canticos eac_2011
Pascom Paroquia Nssc
 
Cifras CATÓLICAS
Cifras CATÓLICASCifras CATÓLICAS
Cifras CATÓLICAS
Lucas Anderson
 
Livro de cantos da congregação
Livro de cantos da congregaçãoLivro de cantos da congregação
Livro de cantos da congregação
Antonia Rosa Correa Pinheiro
 
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
GRUPO DE ORAÇÃO ANJO RAFAEL
 
Cantos da Festa da Padroeira 2015
 Cantos da Festa da Padroeira 2015 Cantos da Festa da Padroeira 2015
Cantos da Festa da Padroeira 2015
LEIDIANE ROCHA
 
Livro canticos-de-taize
Livro canticos-de-taizeLivro canticos-de-taize
Livro canticos-de-taize
Oscar Moro
 
Texto Base Intereclesial do 13º Intereclesial das CEBs em 2014 - Juazeiro d...
Texto Base Intereclesial  do 13º Intereclesial das CEBs em  2014 - Juazeiro d...Texto Base Intereclesial  do 13º Intereclesial das CEBs em  2014 - Juazeiro d...
Texto Base Intereclesial do 13º Intereclesial das CEBs em 2014 - Juazeiro d...
Bernadetecebs .
 
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SPFôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Bernadetecebs .
 
Como trabalhar com o Povo - Clodovis Boff
Como trabalhar com o Povo - Clodovis BoffComo trabalhar com o Povo - Clodovis Boff
Como trabalhar com o Povo - Clodovis Boff
Bernadetecebs .
 
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de Jesus
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de JesusA metodologia das Missões na Paróquia Coração de Jesus
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de Jesus
Bernadetecebs .
 
Letra e Cifras dos cânticos das Santas Missões
Letra e Cifras dos cânticos das Santas MissõesLetra e Cifras dos cânticos das Santas Missões
Letra e Cifras dos cânticos das Santas Missões
Bernadetecebs .
 
Paróquia comunidade de comunidades
Paróquia comunidade de comunidadesParóquia comunidade de comunidades
Paróquia comunidade de comunidades
Bernadetecebs .
 
Coletanea de louvores suplementar cifra
Coletanea de louvores suplementar cifraColetanea de louvores suplementar cifra
Coletanea de louvores suplementar cifra
Karina1203
 
Formação para animadores (as) de comunidades / CEBs
Formação para animadores (as) de comunidades /  CEBsFormação para animadores (as) de comunidades /  CEBs
Formação para animadores (as) de comunidades / CEBs
Bernadetecebs .
 
Formação animadores(as) CEBs _2015
Formação animadores(as)  CEBs _2015Formação animadores(as)  CEBs _2015
Formação animadores(as) CEBs _2015
Bernadetecebs .
 
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completoLivro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Bernadetecebs .
 
Louvemos o senhor 99 cifrado vol 01 e 02
Louvemos o senhor 99 cifrado vol 01 e 02Louvemos o senhor 99 cifrado vol 01 e 02
Louvemos o senhor 99 cifrado vol 01 e 02
xandaoferreirarcc
 

Destaque (20)

Livro de cantos 2011
Livro de cantos 2011Livro de cantos 2011
Livro de cantos 2011
 
Livro cifras - Santas Missões Populares
Livro cifras - Santas Missões PopularesLivro cifras - Santas Missões Populares
Livro cifras - Santas Missões Populares
 
Livro de cantos 2012 vol 1
Livro de cantos 2012   vol 1Livro de cantos 2012   vol 1
Livro de cantos 2012 vol 1
 
Livro canticos eac_2011
Livro canticos eac_2011Livro canticos eac_2011
Livro canticos eac_2011
 
Cifras CATÓLICAS
Cifras CATÓLICASCifras CATÓLICAS
Cifras CATÓLICAS
 
Livro de cantos da congregação
Livro de cantos da congregaçãoLivro de cantos da congregação
Livro de cantos da congregação
 
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
 
Cantos da Festa da Padroeira 2015
 Cantos da Festa da Padroeira 2015 Cantos da Festa da Padroeira 2015
Cantos da Festa da Padroeira 2015
 
Livro canticos-de-taize
Livro canticos-de-taizeLivro canticos-de-taize
Livro canticos-de-taize
 
Texto Base Intereclesial do 13º Intereclesial das CEBs em 2014 - Juazeiro d...
Texto Base Intereclesial  do 13º Intereclesial das CEBs em  2014 - Juazeiro d...Texto Base Intereclesial  do 13º Intereclesial das CEBs em  2014 - Juazeiro d...
Texto Base Intereclesial do 13º Intereclesial das CEBs em 2014 - Juazeiro d...
 
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SPFôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
 
Como trabalhar com o Povo - Clodovis Boff
Como trabalhar com o Povo - Clodovis BoffComo trabalhar com o Povo - Clodovis Boff
Como trabalhar com o Povo - Clodovis Boff
 
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de Jesus
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de JesusA metodologia das Missões na Paróquia Coração de Jesus
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de Jesus
 
Letra e Cifras dos cânticos das Santas Missões
Letra e Cifras dos cânticos das Santas MissõesLetra e Cifras dos cânticos das Santas Missões
Letra e Cifras dos cânticos das Santas Missões
 
Paróquia comunidade de comunidades
Paróquia comunidade de comunidadesParóquia comunidade de comunidades
Paróquia comunidade de comunidades
 
Coletanea de louvores suplementar cifra
Coletanea de louvores suplementar cifraColetanea de louvores suplementar cifra
Coletanea de louvores suplementar cifra
 
Formação para animadores (as) de comunidades / CEBs
Formação para animadores (as) de comunidades /  CEBsFormação para animadores (as) de comunidades /  CEBs
Formação para animadores (as) de comunidades / CEBs
 
Formação animadores(as) CEBs _2015
Formação animadores(as)  CEBs _2015Formação animadores(as)  CEBs _2015
Formação animadores(as) CEBs _2015
 
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completoLivro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
 
Louvemos o senhor 99 cifrado vol 01 e 02
Louvemos o senhor 99 cifrado vol 01 e 02Louvemos o senhor 99 cifrado vol 01 e 02
Louvemos o senhor 99 cifrado vol 01 e 02
 

Semelhante a Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma

Música Liturgica
Música LiturgicaMúsica Liturgica
Música Liturgica
Caio César
 
W ir música_e_canto_litúrgica
W ir música_e_canto_litúrgicaW ir música_e_canto_litúrgica
W ir música_e_canto_litúrgica
lccoletta
 
Missa parte por parte março 2015
Missa parte por parte março 2015Missa parte por parte março 2015
Missa parte por parte março 2015
Oswaldo Michaelano
 
Função ritual do canto nos diferentes momentos de uma celebração
Função ritual do canto nos diferentes momentos de uma celebraçãoFunção ritual do canto nos diferentes momentos de uma celebração
Função ritual do canto nos diferentes momentos de uma celebração
Paróquia Nossa Senhora das Mercês
 
192695738 livro-de-canticos-kairos
192695738 livro-de-canticos-kairos192695738 livro-de-canticos-kairos
192695738 livro-de-canticos-kairos
Artur (Ft)
 
Dimensão litúrgica do canto
Dimensão litúrgica do cantoDimensão litúrgica do canto
Dimensão litúrgica do canto
Paróquia Pardilhó
 
Canto liturgico
Canto liturgicoCanto liturgico
Canto liturgico
Douglas Sandy Bonafé
 
Musica Liturgica
Musica LiturgicaMusica Liturgica
Musica Liturgica
Daniel Linhares
 
Dimensão Liturgica do Canto
Dimensão Liturgica do CantoDimensão Liturgica do Canto
Dimensão Liturgica do Canto
João Rosa
 
A Santa Missa
A Santa MissaA Santa Missa
O canto nas partes da Missa. Igreja Católica
O canto nas partes da Missa. Igreja CatólicaO canto nas partes da Missa. Igreja Católica
O canto nas partes da Missa. Igreja Católica
odairmarques5
 
13 ist - liturgia ii - missa
13   ist - liturgia ii - missa13   ist - liturgia ii - missa
13 ist - liturgia ii - missa
Léo Mendonça
 
canto-e-musica-pos-conciliar-0091737.pdf.pdf
canto-e-musica-pos-conciliar-0091737.pdf.pdfcanto-e-musica-pos-conciliar-0091737.pdf.pdf
canto-e-musica-pos-conciliar-0091737.pdf.pdf
João Lourenço
 
Liturgia: SAGRADA CEIA DO SENHOR: “O MISTÉRIO DA FÉ”
Liturgia: SAGRADA CEIA DO SENHOR: “O MISTÉRIO DA FÉ”Liturgia: SAGRADA CEIA DO SENHOR: “O MISTÉRIO DA FÉ”
Liturgia: SAGRADA CEIA DO SENHOR: “O MISTÉRIO DA FÉ”
Leandro Couto
 
Canto e música na liturgia
Canto e música na liturgiaCanto e música na liturgia
Canto e música na liturgia
Michel de Assis e Silva
 
Liturgia iii
Liturgia iiiLiturgia iii
Liturgia iii
Alvaro Nortok
 
A natureza sacramental da música litúrgica
A natureza sacramental da música litúrgicaA natureza sacramental da música litúrgica
A natureza sacramental da música litúrgica
Núccia Ortega
 
O canto nas partes da missa - Preparação
O canto nas partes da missa - PreparaçãoO canto nas partes da missa - Preparação
O canto nas partes da missa - Preparação
cidaecriscanal
 
Como escolher musicas para Missa corretamente
Como escolher musicas para Missa corretamenteComo escolher musicas para Missa corretamente
Como escolher musicas para Missa corretamente
Orlando Frohlicki
 
A missa– parte por parte
A missa– parte por parteA missa– parte por parte
A missa– parte por parte
Jean
 

Semelhante a Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma (20)

Música Liturgica
Música LiturgicaMúsica Liturgica
Música Liturgica
 
W ir música_e_canto_litúrgica
W ir música_e_canto_litúrgicaW ir música_e_canto_litúrgica
W ir música_e_canto_litúrgica
 
Missa parte por parte março 2015
Missa parte por parte março 2015Missa parte por parte março 2015
Missa parte por parte março 2015
 
Função ritual do canto nos diferentes momentos de uma celebração
Função ritual do canto nos diferentes momentos de uma celebraçãoFunção ritual do canto nos diferentes momentos de uma celebração
Função ritual do canto nos diferentes momentos de uma celebração
 
192695738 livro-de-canticos-kairos
192695738 livro-de-canticos-kairos192695738 livro-de-canticos-kairos
192695738 livro-de-canticos-kairos
 
Dimensão litúrgica do canto
Dimensão litúrgica do cantoDimensão litúrgica do canto
Dimensão litúrgica do canto
 
Canto liturgico
Canto liturgicoCanto liturgico
Canto liturgico
 
Musica Liturgica
Musica LiturgicaMusica Liturgica
Musica Liturgica
 
Dimensão Liturgica do Canto
Dimensão Liturgica do CantoDimensão Liturgica do Canto
Dimensão Liturgica do Canto
 
A Santa Missa
A Santa MissaA Santa Missa
A Santa Missa
 
O canto nas partes da Missa. Igreja Católica
O canto nas partes da Missa. Igreja CatólicaO canto nas partes da Missa. Igreja Católica
O canto nas partes da Missa. Igreja Católica
 
13 ist - liturgia ii - missa
13   ist - liturgia ii - missa13   ist - liturgia ii - missa
13 ist - liturgia ii - missa
 
canto-e-musica-pos-conciliar-0091737.pdf.pdf
canto-e-musica-pos-conciliar-0091737.pdf.pdfcanto-e-musica-pos-conciliar-0091737.pdf.pdf
canto-e-musica-pos-conciliar-0091737.pdf.pdf
 
Liturgia: SAGRADA CEIA DO SENHOR: “O MISTÉRIO DA FÉ”
Liturgia: SAGRADA CEIA DO SENHOR: “O MISTÉRIO DA FÉ”Liturgia: SAGRADA CEIA DO SENHOR: “O MISTÉRIO DA FÉ”
Liturgia: SAGRADA CEIA DO SENHOR: “O MISTÉRIO DA FÉ”
 
Canto e música na liturgia
Canto e música na liturgiaCanto e música na liturgia
Canto e música na liturgia
 
Liturgia iii
Liturgia iiiLiturgia iii
Liturgia iii
 
A natureza sacramental da música litúrgica
A natureza sacramental da música litúrgicaA natureza sacramental da música litúrgica
A natureza sacramental da música litúrgica
 
O canto nas partes da missa - Preparação
O canto nas partes da missa - PreparaçãoO canto nas partes da missa - Preparação
O canto nas partes da missa - Preparação
 
Como escolher musicas para Missa corretamente
Como escolher musicas para Missa corretamenteComo escolher musicas para Missa corretamente
Como escolher musicas para Missa corretamente
 
A missa– parte por parte
A missa– parte por parteA missa– parte por parte
A missa– parte por parte
 

Último

Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 

Último (16)

Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 

Livro de Cantos EnCantando a Vida - Diocese de Criciúma

  • 1. APRESENTAÇÃO Naliturgiacelebramosaalmadanossa fé.Omomentomaisimportante dacomunidadeéquandosereúnenacelebraçãolitúrgica. A Igreja Católica acumulou uma riqueza de dois mil anos de experiências de celebrações litúrgicas. Hoje, certamente, uma das mais belaseprofundasqueserealizanaterraéaliturgiacatólica. O ser humano, diante da grandeza do Amor e da Bondade de Deus, sente necessidade de rezar, celebrar e cantar. “Cantai ao Senhor um canto novo, e o seu louvorna assembleia dos fiéis! Alegre-seIsrael em Quem o fez! E Sião se rejubile no seu Rei! Com danças glorifiquem o seu nome, toquem harpaetamboremsuahonra!Porque,defato,oSenhoramaoseupovo”(Sl 149,1-4). Quando Santo Agostinho diz que cantar é rezar duas vezes, significa dizer que é através do canto que expressamos mais e melhor a fé e os sentimentos. Os cantos são fundamentais em nossas liturgias, pois nos ajudam a entrar no grande Mistério do Amor de Deus em nosso meio: “Onde dois ou trêsestiveremreunidosemmeunome,Euestareinomeiodeles”. Este livro de cantos não é perfeito e completo, mas com certeza é um grande instrumento para ajudar a celebrar mais e melhor em nossas comunidades,conformeasorientaçõeslitúrgicas. Minha gratidão em nome de toda a Diocese de Criciúma, à equipe que elaborou este livro de cantos. Ele vai nos servir por muitos anos na diocese, queestácelebrandoseus15anosdecaminhada.Deussejalouvado! QueDeusabençoeatodos! Coordenação Diocesana de Pastoral Dom Jacinto Inacio Flach Bispo da Diocese de Criciúma 01
  • 2. 02 Elaboração: Diocese de Criciúma Impresso: Ano 2013 Diagramação e Impressão: Formsul Indústria Gráfica Ltda. Uso interno: Diocese de Criciúma
  • 3. “QUERES VER EM QUE EU CREIO, VENHA À IGREJA OUVIR O QUE CANTO!” Santo Agostinho INTRODUÇÃO Na liturgia, somos convidados a “celebrar cantando”: “Falai uns aos outros com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando ao Senhor em vosso coração, sempre e por tudo dando graças a Deus, o Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo” (Ef. 5,19). O Concílio Vaticano II deu os princípios da renovação litúrgica, cujo cerne é a participação consciente e plena de todo o povo nas celebrações. Nesse sentido, a música é por excelência, meio de expressão, sobretudo quando cada povo pode participar, cantando em sua própria música, em seus ritmos, ao toque dos seus próprios instrumentos. O Canto e a Música na liturgia devem expressar a alma de um povo e ocupar um lugar privilegiado na liturgia, cuja finalidade última é a glorificação de Deus e a santificação dos fiéis. Segundo a Sacrossantum Concilium: "a música sacra será tanto mais santa quanto mais intimamente estiver ligada à ação litúrgica, quer exprimindo mais suavemente a oração, quer favorecendo a unanimidade, quer enfim, dando maior solenidade aos ritos sagrados" (SC 112). Amúsica é litúrgica na medida em que expressa o mistério de Deus celebrado em cada uma de suas ações, sem esquecer os tempos que estamos vivendo: Advento, Natal, Quaresma, Tempo Pascal, Tempo Comum, Festa especial do Senhor, de Maria ou outros santos. 1 - Deus chega pelo Canto O canto, por natureza, está intimamente vinculado à palavra. O canto é palavra que desabrocha em sonoridade, melodia e ritmo. Tem tudo a ver com a celebração da Palavra de Deus, seja quando os salmos se tornam a expressão do louvor ou do clamor da assembleia, seja quando as Escrituras são proclamadas para edificação do Povo de Deus. O canto na liturgia é um momento de revelação do Senhor. O Senhor fala e deixa-se perceber e experimentar pela assembleia. O canto é uma forma de acolher o Deus da história no coração da Assembleia e estabelecer o diálogo com Ele, aclamar a sua presença, intensificar o compromisso com o seu projeto libertador em meio à situação de pecado e dominação. O canto, como “parte necessária e integrante da liturgia” (SC 112), por exigência de autenticidade, deve ser a expressão da fé e da vida cristã de cada assembleia. Em ordem de importância é, após a comunhão sacramental, o elemento que melhor colabora para a 03
  • 4. verdadeira participação pedida pelo Concílio (...) O canto, portanto, não é algo de secundário ou lateral na liturgia, mas é uma das expressões mais profundas e autênticas da própria liturgia e possibilita, ao mesmo tempo, uma participação pessoal e comunitária dos fiéis. Por isso dizemos que não se canta na liturgia, mas se canta a liturgia. 2 - Canto é Participação do Povo Liturgia é ação e por isso, o canto na liturgia é um meio para viver o Mistério que está sendo celebrado: a vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo, nas realidades vividas no dia a dia. É todo o povo que deve cantar, aclamar, responder (SC 30). Por isso, é fundamental desenvolver uma autêntica e organizada pastoral do canto e da música litúrgica, tendo o cuidado para que o estilo e o conteúdo da música promovam a participação dos fiéis, levando em conta a idade, as condições e tipos de vida, cultura e costumes religiosos. “Servir à assembleia é a base de toda liturgia verdadeiramente pastoral. Porém, servir não significa satisfazer os desejos manifestados por pessoas na comunidade. Servir é a primeira preocupação de uma liturgia que leve em conta a assembleia celebrante, com suas possibilidades, suas riquezas e seus limites. É o caminho mais seguro para se chegar a uma celebração cheia de vida”. Portanto, a escolha dos cantos para a celebração não pode ser feita em função de algumas pessoas que se apegam a um repertório tradicional, ou que cantam somente as músicas próprias de seu grupo ou movimento (cfr.Música Litúrgica – Estudos da CNBB, 171-172 e 175). Graus de importância do canto litúrgico na celebração eucarística Os cantos da celebração eucarística podem ser classificados, em grau de importância, em dois blocos: os que constituem um rito e os que acompanham um rito. a) Principais cantos que constituem um rito: Nos Ritos Iniciais: Senhor, tende piedade de nós; Glória. Na Liturgia da Palavra: Salmo responsorial; Creio. Na Liturgia Eucarística: Prece Eucarística (diálogo inicial, prefácio, santo, aclamação memorial, intervenções da assembleia, doxologia final); Pai-nosso. Os cantos que constituem um rito têm o seu texto previsto no ritual das celebrações e não podem ser substituídos ou parafraseados. Eles devem sempre ter a participação de toda a Assembleia, ao menos com os refrões intercalados às estrofes. b) Principais cantos que acompanham um rito: Nos Ritos Iniciais: Abertura; aspersão. Na Liturgia da Palavra: Aclamação ao evangelho; respostas da 04
  • 5. oração universal dos fiéis. Na Liturgia Eucarística: canto das oferendas; canto da fração do pão (Cordeiro de Deus), canto da comunhão. 3. O Canto e a Música nos Tempos do Ano Litúrgico O canto e a música devem expressar o mistério pascal de Cristo, de acordo com o tempo do ano litúrgico e suas festas (cfr. SC 107). 3.1. Cantar oAdvento do Senhor. No início do ano litúrgico, ao longo de quatro semanas, a Igreja entoa um canto de vigilante e alegre espera da vinda do Senhor, o Emanuel, Deus-conosco. Este canto, antes entoado pelos profetas, por João Batista e por Maria continua ressoando no seio da Igreja que clama: "Vem, Senhor, nos salvar. Vem, sem demora, nos dar a paz". 3.2. Cantar o Natal do Senhor Neste tempo, cantamos com a euforia dos profetas e evangelistas de todos os tempos, o mistério da encarnação (Natal) e da manifestação (Epifania) do Verbo de Deus. Os pobres acorrerão até o presépio, pois a boa notícia é sobretudo para eles, embora seja de alegria para todos os povos: "Aluz resplandeceu em plena escuridão..."; "Vimos sua estrela no Oriente e viemos adorar o Senhor". 3.3. Cantar a Quaresma Cantar a quaresma é cantar a dor pelo pecado do mundo, que, em todos os tempos e de tantas maneiras, crucifica os filhos de Deus e prolonga a Paixão de Cristo. É um canto de penitência e conversão, um canto sem "glória" e sem "aleluia", sem flores e sem as vestes da alegria, um canto "das profundezas do abismo" em que nos colocaram nossos pecados (Sl 130); um grito penitente de quem implora e suplica: "Tende piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade, e conforme a vossa misericórdia, apagai a minha iniquidade" (Sl 51/50). 3.4. Cantar o Tríduo Pascal Nesses três dias, vivenciamos, de forma condensada, o mistério pascal de Cristo que se desdobra nas celebrações do "Tríduo Sacro" de sua morte, sepultura e ressurreição. O canto de abertura da Missa na Ceia do Senhor - "Quanto a nós devemos gloriar-nos na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo que é nossa salvação, nossa vida, nossa esperança de ressurreição..." - nos dá o "tom" do que será explicitado ao longo da celebração: é na glória dessa cruz que brilha o mandamento do amor (lava-pés); é no brilho dessa cruz que resplandece o sacramento do amor (eucaristia); é no resplendor dessa cruz que podemos cumprir o pedido do Mestre: "fazei isto em memória de mim". Na celebração da Paixão do Senhor, cantamos a confiança do 05
  • 6. Servo Sofredor que se entregou, sem reservas, nas mãos d' Aquele que o podia livrar "do poder do inimigo e do opressor" (SI 30, 16) e aguarda com ânimo forte e resistente a sua salvação. Abandonando-nos com Cristo nas mãos do Pai, cantamos a esperança da vitória de seus fiéis seguidores, os "crucificados" de nossos dias. Na noite do Sábado Santo, cantamos o esplendor de uma luz que jamais se apagará. Proclamamos as maravilhas de Deus que nos libertou das trevas da morte e nos devolveu a vida. Revigoramos nosso compromisso batismal. E, enquanto nos alimentamos da ceia eucarística, cantamos: "Celebremos nossa páscoa, na pureza, na verdade.Aleluia!". 3.5. Cantar a Páscoa do Senhor O canto da Igreja no Tempo Pascal é de exultação e de alegria. Ressuscitados com Cristo, cantamos sua glória, sua vitória sobre a morte. O "aleluia" volta a ressoar em nossos lábios, invadindo todo o nosso ser com ardor sempre crescente, pois "as coisas antigas já se passaram, somos nascidos de novo!". Os cinquenta dias entre o Domingo da Ressurreição e o Domingo de Pentecostes sejam celebrados com alegria e exultação, como se fossem um só dia de festa, ou melhor “como um grande Domingo” (cf NALC, nº 22). 3.6. Cantar o Tempo Comum O Tempo Comum é o mais extenso do ano litúrgico. Ele nos possibilita desfrutar de outros aspectos da vida e da missão de Jesus e seus discípulos, que não são contemplados nos tempos do Natal e da Páscoa. Cada domingo do Tempo Comum tem o sabor de "páscoa semanal". 3.7. Cantar as Solenidades e Festas Embora, ao longo de todo o ano litúrgico, a Igreja celebre o mesmo mistério de Cristo, no decorrer da história foram agregadas ao calendário litúrgico outras celebrações do Senhor (Santíssima Trindade, Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo...), da Santíssima Virgem e dos Santos e Santas. 4. Função Ministerial do Canto Inicial O canto de abertura tem a função de criar comunhão através da união das vozes da comunidade. Por ele a assembleia é introduzida no mistério, o mistério da paixão-morte-ressurreição do Cristo que vai ser celebrado. Este canto deve ser um convite à celebração, expressão de Deus que nos reúne e nos prepara para ouvir a sua Palavra e participar da sua Ceia. 06
  • 7. 5. Função Ministerial do Ato Penitencial O ato penitencial é ao mesmo tempo confissão de nossas faltas e profissão de fé na misericórdia Divina, pois é reunidos em nome da Trindade que pedimos perdão. É uma aclamação suplicante, endereçada a Cristo, o Senhor, de cunho introspectivo, como expressão de piedade, de confiança no amor, na misericórdia e no perdão de Deus. 6. Função Ministerial do Glória Diz a introdução do Missal Romano: “O Glória é um hino antiquíssimo e venerável, pelo qual a Igreja, congregada no Espírito Santo, glorifica e suplica a Deus Pai e ao Cordeiro. Tem caráter de louvor e glorificação. É cantado de forma direta pela assembleia dos fiéis ou pelo povo em alternância com os cantores”. Neste canto deve estar contido o louvor, a aclamação e a súplica, no qual a pessoa de Jesus Cristo aparece no centro. 7. Função Ministerial do Salmo de Resposta O salmista exerce o ministério litúrgico de cantar o salmo após a proclamação da primeira leitura da Missa ou da celebração dominical da Palavra. Sua finalidade principal é prolongar poeticamente a mensagem da primeira leitura. O salmo é entoado na estante da Palavra onde o salmista entoa as estrofes e a assembleia repete o refrão. O salmo responsorial é o canto mais importante da liturgia da Palavra, por isso, além do pré-requisito de uma boa voz, o salmista deverá executá-lo com o máximo de expressividade e clareza, numa atitude orante, como convém a todos que exercem o ministério de proclamar a Palavra de Deus O salmista jamais deve substituir o salmo responsorial por outro canto. Se, porventura, não puder cantá-lo, que o recite alternando com o refrão do povo (cf. IGMR 61). As letras dos salmos não foram transcritas neste livro de canto. Elas constam nos lecionários. Alguns dos cantos que seguem são salmos, os demais podem ser utilizados e cantados para acolher a Palavra de Deus. O canto de acolhida do Livro das Sagradas Escrituras bastante usado nas comunidades, provoca atitude de alerta e exultação no momento em que o Livro Sagrado é introduzido solenemente na assembleia. 8. Função Ministerial do Canto de Aclamação Este canto é expressão de acolhimento solene de Cristo, que vem a nós por sua palavra viva, sendo assim manifestação de fé nesta presença atuante do Senhor. Ele prepara o coração dos fiéis para a escuta atenta d'Aquele que só tem a nos dizer “palavras de vida eterna”. 07
  • 8. Sua letra deve conter o aleluia “Deus seja louvado!” exceto no tempo da Quaresma. Por ele a assembleia dos fiéis acolhe e saúda o Senhor, que vai lhe falar no Evangelho. É um convite a ouvir e acolher o Anúncio e a Pessoa de Jesus. Ele é o Evangelho “a Boa Notícia” do Pai. 9. Função Ministerial do Canto das Oferendas Durante a procissão das oferendas, canta-se o canto das ofertas. Este canto tem como objetivo criar um ambiente de alegria, de partilha e de louvor. Deve sensibilizar os fiéis para a generosidade e a gratuidade, uma vez que a mesma assembleia ali reunida em nome de Cristo, no Espírito, apresenta ao Pai todos os seus dons, simbolizados no pão e no vinho, pois o grande ofertório é o próprio Cristo que se entrega. Durante o canto – ou sem ele – o presidente apresenta ao Pai do céu as ofertas do pão e do vinho, frutos da terra e do trabalho humano. Essas ofertas se tornarão pão da vida (Corpo de Cristo) e cálice da salvação (Sangue de Cristo). 10. Função Ministerial do Canto do Santo O “Santo” é um dos pontos altos da prece eucarística. É um texto de origem bíblica (Is 6,3 e Mt 21,9); fala da santidade de Deus e da glória que o céu e a terra proclamam diante da obra da criação. Concluindo o prefácio, o presidente da celebração convida toda a assembleia para, num só corpo e numa só alma, se unir ao eterno louvor entoado pelo coro dos anjos e dos santos. O Santo deveria geralmente ser cantado. Este canto pertence à comunidade toda, por isso, eventuais arranjos de vozes nunca impeçam a participação do povo. 11. Pai Nosso Pode ser cantado, desde que com as mesmas palavras da oração do Senhor. 12. Função Ministerial do Canto da Comunhão Na comunhão, a música deve expressar o mistério de Deus que entra em comunhão conosco, para entrarmos também nós em comunhão uns com os outros, em favor da vida, demonstrando alegria pascal pela união com o Ressuscitado. Deve expressar a alegria dos irmãos e irmãs reunidos ao redor da mesa do Senhor em comum-união com o corpo e sangue de Cristo (simbolizados no pão e no vinho); e por outro lado, alimenta e reforça a busca da verdadeira unidade, conforme o desejo de Jesus. É um canto processional, para ser cantado andando e sua letra, preferencialmente esteja em sintonia com o Evangelho e seja “Eucarística”. 08
  • 9. 13. Função Ministerial do Canto após a Comunhão A “Didaqué” - documento da segunda metade do primeiro século do cristianismo, que recolhe instruções e práticas das Igrejas de então -, testemunha o uso de uma ação de graças após a comunhão. Sobretudo se durante o repartir do Pão Eucarístico houve música instrumental ou canto polifônico do coro, um canto da assembleia em seguida poderia ser expressão apropriada de unidade no Senhor Jesus. Este canto não é necessário, e às vezes nem desejável, quando já houve um Canto de Comunhão, com participação do povo, que se prolongou por algum tempo após a distribuição do alimento eucarístico. Recomenda-se, então, o silêncio sagrado, um momento de interiorização, adoração e intimidade com o Senhor. Não cabem neste momento Oração pelas vocações, Ave-Marias, Homenagens... (Homenagens e avisos são feitos após a Oração, antes da bênção final) 14. Função Ministerial do Canto Final Sua função é de acompanhar a saída do povo. É um momento de envio, de compromisso.Termina a missa, começa a missão. O canto final não faz parte da estrutura da missa. A reforma conciliar pôs o “Ide em paz” como última fórmula da celebração, e assim a assembleia está dispensada. O ideal seria o próprio “Ide em paz”, ou fórmula que lhe corresponda, ser cantado pelo diácono ou cantor e respondido pelo canto da assembleia que se vai. Durante a saída do povo, o mais conveniente seria um acompanhamento de música instrumental. Se em alguma ocasião parecer oportuno um “canto final”, poderia ser o hino do Padroeiro ou Padroeira na sua festa, ou um hino em honra da Mãe do Senhor em alguma de suas comemorações, e que ele seja cantado com a presença de toda a assembleia, logo após a bênção, antes do “Ide em paz”. 15. O Canto da Paz Embora seja usado em muitas comunidades do Brasil, o “canto da paz” não está prescrito em nenhum ritual da Igreja. Vale lembrar que o momento do abraço da paz é previsto para as pessoas se cumprimentarem. Pode ser feito no início da Celebração como acolhida, após o rito penitencial, antes do Cordeiro de Deus, no final....Portanto, caso se opte por algum canto, o mesmo seja executado pelo coral ou grupo de cantores e nunca substitua ou ofusque o canto que acompanha o rito da fração do pão: o “Cordeiro de Deus”. 09
  • 10. 10 EntradaEntrada 01 EM MEU AMOR PELA IGREJA 1. Em meu amor pela Igreja e ardor missionário eu quisera ser / Apóstolo, profeta e mártir, também sacerdote, tudo escolher! / No corpo do Senhor porém, / Os membros nunca são iguais / Do todo procurando o bem, / Nenhum é mais. Refr.: Corpo do Senhor a Igreja / Deve ter um coração: / Pra que santa ela seja, / Eis o amor – minha vocação! / Do melhor, o mais perfeito, / Tudo abrange, tudo alcança... / Pulsa o coração da Igreja em meu peito: / Serei o amor! 2. Quisera percorrer a terra e anunciar o Cristo a todos os irmãos, / Plantar a cruz em todo canto, dar a minha vida pela salvação, / Mas a resposta eu encontrei / A este apaixonado amor: / É a caridade - eis a lei, / O dom maior! 3. O amor alcança todo tempo, está em toda parte, é eterno o amor! / E toda vocação abrange, nada se sustenta sem o dom maior. / Eu sei, enfim, minha missão, / Na Mãe Igreja o meu lugar: / Ser tudo, ser seu coração, / Somente amar!
  • 11. 11 02 03 DE TODOS CANTOS VIEMOS 1. De todos cantos, viemos, / Para louvar o Senhor / Pai de eterna bondade, / Deus vivo, libertador / Todo povo reunido, / Num canto novo, um louvor: Refr.: Glorificado seja, / Benditoseja,Jesusredentor(bis) 2. Os pais e mães de família, / Venham todos celebrar / A força nova da vida, / Vamos, alegres, cantar / A juventude e as crianças, /Todos reunidos no amor. 3. Lavradores e operários, / Todo o povo lutador / Trazendo nas mãos, os frutos / E as marcas de sofredor /Avida e a luta, ofertamos, / No altar de Deus criador. 4. Do passado, nós trazemos, / Toda lembrança de quem / Deu sua vida e seu sangue, / Como Jesus fez também / No presente, no esforço, / Por um futuro sem dor. PAI DE AMOR, AQUI ESTAMOS 1. Pai de amor, aqui estamos / Celebrando a unidade. / Somos teus filhos amados / Nesta mesa da igualdade. / Somos uma só família, / Somos um só coração. / Eis que a graça da partilha / Entre nós faz-se oração. Refr.: No raiar de um novo tempo, / Vida nova então se faz. / A esperança do teu povo / É justiça, amor e paz! 2. Ó Jesus, Senhor da vida, / Vem trazer libertação! / Desta gente tão sofrida / Vem mostrar-Te Deus-irmão. / Tua cruz é rumo certo, / Junto a Ti vamos seguir / Pois teu Reino está bem perto: /As sementes vão florir. 3. Santo Espírito de Amor, / Faz em nós tua morada. / E na luta contra a dor / Guia nossa caminhada! / És a fonte da verdade, / Vem mostrar a direção: / Vida plena, dignidade, / Povo livre, mundo irmão! AQUI CHEGANDO, SENHOR Solo/Todos Aqui chegando, Senhor / Que poderemos te dar? (bis) Um simples coração / e uma vontade de cantar! (bis) Recebe nosso louvor, / e tua Paz, vem nos dar. (bis) A tua graça, Senhor, / melhor que a vida, será. (bis) E o teu amor em nós será manancial. (bis) De água boa a jorrar pra nossa sede estancar. (bis) SENHOR AQUI VIEMOS Refr.: Senhor, aqui viemos pra Te louvar, / Com a vida toda, inteira, alegres ou na dor. / Tu és nossa saúde, Tu és a salvação. / /: Tu és nosso remédio que nos cura o coração. :/ 1. Trazemos nossas dores, também as alegrias, / O nosso dia- a-dia, vivido no labor: / Doenças que nos cercam, pecados que nos marcam / Juntamos com os momentos de paz e de amor. 2. Há tantos que padecem num leito de hospital, / E muitos não conhecem aonde está o mal. / Doença não é fruto somente do destino: / Também é um problema de ordem social. 04 05
  • 12. 12 06 07 MISSÃO DE TODOS NÓS /:O Deus que me criou me quis, me consagrou para anunciar o seu amor:/ 1. /: Eu sou como chuva em terra seca.:/ /: pra saciar, fazer brotar, eu vivo para amar e pra servir!:/ /: É missão de todos nós, Deus chama eu quero ouvir a sua voz! : / 2. /: Eu sou como a flor por sobre o muro.:/ /: Eu tenho mel, sabor do céu, eu vivo para amar e pra servir! :/ 3. /: Eu sou como estrela em noite escura.: / / : Eu levo a luz, sigo a Jesus, eu vivo para amar e pra servir! :/ 4. /: Eu sou como a abelha na colmeia.:/ / : Eu vou voar, vou trabalhar, eu vivo para amar e pra servir! :/ 5. /: Eu sou, sou profeta da verdade.: / /: Canto a justiça e a liberdade, eu vivo para amar e pra servir! :/ NA VINHA 1. Venham trabalhar na minha vinha / Dilatar meu Reino entre as nações / Convidar meu povo ao banquete / Quero habitar nos corações. Refr.: Unidos pela força da oração / Ungidos pelo Espírito da missão / Vamos juntos construir / Uma Igreja em ação. 2. Venham trabalhar na minha vinha / Espalhar na terra o meu amor / Muitos não conhecem a Boa Nova / Vivem como ovelhas sem pastor. VENHAM TRABALHAR 3. Venham trabalhar na minha vinha / Com fervor meu nome proclamar / Que ninguém se queixe ao fim do dia / “Ninguém me chamou a trabalhar”. DIA DE FESTA 1. Hoje estou mais contente / É dia de festa e quero celebrar / Vou direto à Igreja / Rever meus irmãos e da fé partilhar / Levo a minha família / E a voz do Senhor eu vou escutar / /: Quero sentir seu amor / E o seu Corpo e Sangue quero comungar :/ Refr.: Vem, vem, vem, não fique de fora / Vem, vem, vem, que esta é a hora / Vem, vem, vem, celebra comigo / Na festa da vida, Jesus te convida / Ele é teu amigo (bis) 08 09 QUE MARAVILHA, Ó SENHOR 1. Que maravilha, ó Senhor, são tuas obras! / Os céus proclamam o teu nome glorioso! / A tua face se revela para os povos, / E mesmo a noite é qual dia luminoso! Refr.: Vimos te louvar, ó S e n h o r d o u n i v e r s o . / Proclamar teus feitos ao cantarmos nossos versos! (bis) 2. Feliz o povo que te aclama, Deus da vida / E, exultante, se gloria em teu nome; / Conhecerá o teu direito e a justiça, / Eliminando toda a sede e toda a fome! 3. Nos reunimos em memória do Cordeiro, / O alicerce, pedra viva, teu Ungido! / Da Páscoa nova nós trazemos a certeza: / Formamos, hoje, o teu povo escolhido!
  • 13. 13 10 11 SENHOR, SE TU ME CHAMAS Refr.: Senhor, se tu me chamas, / Eu quero te ouvir. / Se queres que eu te siga, respondo: “Eis-me aqui”. 1. Profetas te ouviram e seguiram tua voz / Andaram mundo afora e pregaram sem temor. / Seus passos tu firmaste, sustentando seu vigor. / Profeta tu me chamas: Vê, Senhor, aqui estou. 2. Nos passos de teu Filho toda a Igreja também vai, / Seguindo teu chamado de ser Santa qual Jesus. / Apóstolos e Mártires se deram sem medir. / Apóstolo me chamas: Vê, Senhor, estou aqui. 3. Os séculos passaram, não passou, porém, tua voz, / Que chama ainda hoje, que convida a te seguir. / Há homens e mulheres que te amam mais que a si / E dizem com firmeza: Vê, Senhor, estou aqui. NÓS SOMOS O POVO DE DEUS 1. Nós somos o povo de Deus, / Um povo que vai caminhando, caminhando, caminhando. / Na estrada escura deste mundo / Somos a luz que vai iluminando, iluminando, iluminando. Refr.: Nossa lei está no Evangelho: é o amor, / Vivemos na liberdade, liberdade. / Queremos justiça e paz, justiça e paz, / Somos filhos da verdade, da verdade. 2. Busquemos o reino de Deus, / Que é fonte de libertação, libertação, libertação. / O Cristo vive em nossa vida. / Dele esperamos nossa salvação, a salvação, a salvação. 3. O Reino de Deus é dos pobres, / Dos que trabalham pela paz, dos que trabalham pela paz. / Dos que lutam pela justiça / E avançam sempre, sem olhar para trás, avançam sem olhar para trás. CANTAI AO SENHOR 1. Cantai ao Senhor/ Um cântico novo. (3x) Cantai ao Senhor,/ Cantai ao Senhor. 2. Porque Ele fez,/ Ele faz maravilhas. (3x) Cantai ao Senhor,/ Cantai ao Senhor. 3. É Ele quem dá/ O Espírito Santo. (3x) Cantai ao Senhor,/ Cantai ao Senhor. 4. Jesus é o Senhor,/ Amém, Aleluia. (3x) Cantai ao Senhor,/ Cantai ao Senhor. VIVER É ENCONTRAR-SE 1. Juntos, bem presentes estamos / E na fé celebramos / Nosso encontro com Deus e Senhor / Temos nossa história da vida, / Seja alegre ou sofrida / Tudo canta em sincero louvor. Refr.: Viver é encontrar-se / Com Deus, com os irmãos / No encontro com o mundo / Está nossa missão. 2. Gestos, todo o bem que fazemos / Nesta hora trazemos / Num encontro de fé, gratidão. / Passos, nos caminhos que andamos, / Para Deus orientamos / Como um povo que quer ser irmão. 3. Tempo, ocupado na lida / A serviço da vida / Corresponde ao que Deus quer de nós. / Sonhos, de um mundo fraterno / Só o amor que é eterno / Pode nos garantir e nos dar. 12 13
  • 14. 14 14 15 AGORA É TEMPO Refr.: Agora é tempo de ser Igreja,/ Caminhar juntos, participar. 1. Somos povo escolhido/ E na fronte assinalados/ Com o nome do Senhor/ Que caminha ao nosso lado. 2. Somos povo em missão./ Já é tempo de partir./ É o Senhor que nos envia,/ Em seu nome a servir. 3. Somos povo - esperança./ Vamos juntos planejar:/ Ser Igreja a serviço/ E a fé testemunhar. 4. Somos povo a caminho/ Construindo em mutirão/ Nova terra, Novo Reino/ De fraterna comunhão. IGREJA PEREGRINA 1. Todos unidos formamos um só corpo, / Um povo que na Páscoa nasceu. / Membros de Cristo no sangue redimidos, / Igreja Peregrina de Deus. Vive conosco a força do Espírito / Que o Pai por Jesus Cristo nos deu. / Ele nos move, nos guia e alimenta, / Igreja Peregrina de Deus. Refr.: Somos sobre a terra / Sementes de outro reino / Somos testemunhas do amor. / /: Paz vencendo as guerras / E luz vencendo as sombras, / Igreja Peregrina de Deus.:/ 2. Rugem tormentas e às vezes nossa barca /Parece que seu rumo perdeu. / Com muito medo não temos confiança, / Igreja Peregrina de Deus. Uma esperança nos enche de alegria: / Presença que o Senhor prometeu. / Vamos cantando pois Ele está conosco, / Igreja Peregrina de Deus. 3. Todos nascidos num único batismo, / Na mesma comunhão que nos deu. / Todos vivendo em uma só família, / Igreja Peregrina de Deus. Todos unidos buscando a mesma sorte, /Amesma salvação que mereceu. / Somos um corpo e Cristo é a cabeça, / Igreja Peregrina de Deus. HOJE É DIA DE FESTA 1. Hoje é dia de reza; (bis) / É o dia do Senhor! (bis) / Aqui vimos, ó Pai, te adorar, (bis) / De mãos dadas teu nome invocar... 2. Hoje é dia de festa, (bis) / Entre nós estás, Senhor! (bis) / Tua Palavra nos vai recriar, (bis) / Teu Espírito a nos irmanar... 3. Hoje é dia de Ceia, (bis) / Em memória do Senhor! (bis) / Pão do céu vamos nós partilhar, (bis) / De teu vinho, beber e brindar... 4. Hoje é dia de entrega, (bis) / Tu nos mandas, ó Senhor, (bis) /A justiça do reino anunciar, (bis) / E um mundo de paz proclamar... 5. Hoje é dia de espera (bis) / Pela vinda do Senhor! (bis) / Tu nos fazes, Senhor, vigiar, (bis) / Novo céu, nova terra apressar... 6. Hoje é dia de festa! (bis) / Hoje é dia de reza! (bis) / Hoje é dia de Ceia! (bis) / Hoje é dia de entrega! (bis) / Hoje é dia de espera! (bis) 16
  • 15. 15 17 VENHA, POVO DE DEUS, CELEBRAR Refr.: Venha povo de Deus, celebrar, / Nosso encontro de fraternidade. / É Jesus, nosso mestre e Senhor, / Que nos chama a viver na unidade. 1. Ó Senhor, nós chegamos felizes, / A verdade queremos ouvir. / Tua palavra é luz que ilumina, / Os caminhos que vamos seguir. 2. Educar para a vida a pessoa, / Deve ser compromisso cristão. / Ó Senhor, que a justiça e o amor, / Sejam metas da educação. 3. Nova aurora de vida e esperança, / Nós buscamos aqui, ó Senhor. / Cidadãos com direitos iguais, / Pura imagem de Deus, Criador. 4. Os valores do Reino, um dia, / Nós possamos alegres viver. / A Família, a Escola, a Igreja, / Sejam forças que os façam crescer. 18 CONFIANTES NA BONDADE DE DEUS Refr.: Confiantes na bondade de Deus, / Caminhemos cada dia sem temer. / Sua presença c o n s t a n t e a d o r e m o s , / Ajudando seu povo a vencer. 1. O guarda espera o amanhecer. / Israel de seu Deus o poder. 2. As aves e as flores contemplam: / Como a nós, filhos seus não amou? 3. A Jesus, vosso irmão, suplicai / Sempre amar vosso Deus como Pai. 19 20 ACLAMEMOS NOSSO DEUS Refr.: Aclamemos nosso Deus, / É o Senhor, é Bom Pastor. / E o sirvamos com alegria, / Com gratidão e muito amor. 1. Vinde todos louvar nosso Deus, / E contar todo o bem que nos fez: / preparou-nos a terra e o céu, / Ele mesmo nos fez, somos seus! 2. Vinde todos, entrai com louvor / Em sua casa, à mesa do Pai. / Ele mesmo se dá para nós: / Sua palavra é nosso pão! 3. Vinde todos, provai como é bom / O Senhor, nosso Deus é amor, / Sua bondade é mais alta que o céu, / Seu amor para sempre há de ser! O SENHOR ME CHAMOU 1. O Senhor me chamou a viver, / A viver a alegria do amor / Foi teu amor que nos fez conhecer / Toda alegria,da vida, Senhor. Refr.: Senhor da vida, / Teu amor nos faz recomeçar. / Eu sei que a nossa vida / É vida perdidapra quem não amar. 2. Nunca é longo demais o caminho / Que nos leva ao encontro do amor / Foi teu amor que nos fez descobrir / Toda alegria da vida, Senhor. 3. O Senhor nos chamou a viver, / A v i v e r c o m o i r m ã o s simplesmente / Foi teu amor que nos fez conhecer / Que o próprio Deus vive a vida da gente.
  • 16. 16 21 22 ENTREMOS NA CASA DO SENHOR 1. Entremos com grande alegria / Na casa do Senhor. / Em sua fiel companhia, / Cantemos seu louvor. Refr.: Honra e glória à Santíssima Trindade / Honra e glória por toda eternidade / Honra e glória à Trindade santa. 2. Aqui todos juntos oramos / Com fé e gratidão / E a benção de Deus invocamos / De todo o coração. 3. E m n o m e d o P a i sacrossanto, / Do Filho Salvador / No amor do Espírito Santo / Vivemos sem temor. Ó TRINDADE IMENSA E UNA 1. Ó Trindade imensa e una, / Vossa força tudo cria; / Vossa mão, que rege os tempos, / Antes deles existia. 2. Vós, feliz, num gozo pleno, / Totalmente vos bastais. / Pura, simples, generosa, / Terra e espaços abraçais. 3. Pai, da graça fonte viva, / Luz da glória de Deus Pai, / Santo espírito da vida, / Que no Amor os enlaçais. 4. Só por Vós, Trindade santa, / Suma origem, todo bem, / Todo ser, toda beleza, / Toda vida se mantém. 5. Nós, os filhos adotivos, / Pela graça consagrados, / Nos tornemos templos vivos, / A Vós sempre dedicados. 6. Ó luz viva, reuni-nos / Com os anjos, lá nos céus, / No louvor da vossa glória / Que veremos, sem ter véus. VAMOS CELEBRAR 1. Todos reunidos na casa de Deus / Com cantos de alegria e grande louvor / Vamos celebrar os feitos do Senhor / E sua bondade que nunca tem fim. (bis) Refr.: Vamos celebrar / Deus esta aqui! / Vamos celebrar / Deus esta aqui / No meio de nós. (bis) (final) Ele está presente aqui (2x) 2. Quando estamos juntos unidos a ti / Para elevar a nossa oração / Um canto de alegria surge entre nós / Em adoração ao teu eterno amor. (bis) VIMOS O SENHOR 1. Vimos o Senhor e aqui nos encontramos / Entre nós está o Cristo Bom Pastor / Ele nos congrega como seus amigos / Para revelar do Pai o imenso amor. Refr: Senhor, é bom nós estarmos aqui / Junto à fonte das águas vivas / Mas o clamor e a sede do irmão / Desperta nossa fé, envia em missão. 2. Vimos o Senhor e aqui nos encontramos / Para entender o amor e a doação / Ele é nosso mestre, Ele nos ensina / Como realizar a nossa vocação. 3. Vimos o Senhor e aqui nos encontramos / Para escutar sua voz que nos chamou / Ele nos garante sempre estar conosco / Em todo o lugar que o Pai nos indicou. 23 24
  • 17. 17 25 26 Ó PAI, VENHA A NÓS Refr.: Ó Pai, venha a nós, / Venha a nós o vosso Reino: / De verdade, / de justiça, / Este Reino de paz e de amor. 1. O Reino é como um tesouro / Que alguém encontra escondido / Depois vende tudo o que tem / Por causa do bem escolhido. 2. O Reino é como fermento, / Que tudo vai transformando. / Farinha informe e sem vida, / Aos poucos em pão vai ficando. 3. O Reino é como a semente, / Pequena, humilde e sofrida. / Assim como o grão da mostarda, / Germina e acolhe a vida. 4. O Reino parece uma rede, / Que os peixes vai recolhendo. / Depois são levados à praia / E alguém os vai escolhendo. ESCUTA ESTA PRECE 1. Como membro desta Igreja Peregrina, / Recebi de Jesus Cristo uma missão: / De levar a Boa Nova a toda gente, / A Verdade a Paz e o Perdão. / Refr.: Envia, envia, Senhor, / Operários para a messe. / Escuta, escuta esta prece, / Multidões te esperam, Senhor! 2. Por caminhos tão difíceis muita gente / Vai andando sem ter rumo e direção. / Não conhecem a verdade do Evangelho / Que liberta e dá força ao coração. 3. Amissão nos acompanha dia a dia / Na escola, no trabalho e no lar / Precisamos ser no mundo testemunhas / Pra que Deus possa em nós se revelar. 27 28 EIS-ME AQUI, SENHOR Refr.: Eis-me aqui, Senhor, Eis-me aqui, Senhor,/ Pra fazer tua vontade, pra viver no teu amor,/ Pra fazer tua vontade, pra viver no teu amor:/ Eis-me aqui, Senhor. 1. O Senhor é o Pastor que me conduz, por caminhos nunca visto me enviou. Sou chamado a ser fermento, sal e luz e por isso respondi: "Aqui estou"! 2. Ele pôs em minha boca uma canção, me ungiu como profeta e trovador da história e da vida do meu povo, e por isso respondi: "Aqui estou"! 3. Ponho a minha confiança no Senhor, da esperança sou chamado a ser sinal. Seu ouvido se inclinou ao meu clamor. E por isso respondi: "Aqui estou"! SOMOS UM POVO QUE ALEGRE VAI Refr.: Somos um povo que alegre vai / Marchando dia a dia ao encontro do Pai / Aqui reunidos nós participamos / Desta Igreja santa que pro céu vai caminhando. 1. Todos congregados pelo amor do Senhor / Nossa voz unida cantará o seu louvor. 2. Todos peregrinos pela terra passamos / Nossa fé ardente vai o mundo iluminando. 3. Temos alegria de viver como irmãos / Entre nós começa a unidade dos cristãos. 4. A esperança fala de um mundo melhor / Onde não existe mais tristeza e nem dor.
  • 18. 18 29 30 BENDITA E LOUVADA SEJA 1. Bendita e louvada seja esta Santa Eucaristia! /: Bendito o povo que marcha, bendito o povo que marcha, tendo Cristo como guia!.:/ Refr.: Sou, sou teu, Senhor,/ Sou povo novo retirante e lutador!/ Deus dos peregrinos, dos pequeninos,/ Jesus Cristo, Redentor! 2. No Egito, antigamente, do meio da escravidão /:Deus libertou o seu povo. Hoje ele passa de novo, gritando libertação.:/ 3. Para a terra prometida o povo de Deus marchou. /: Moisés andava na frente, hoje Moisés é a gente quando enfrenta a opressão.:/ 4. Mãos ao alto, voz unida nosso canto se ouvirá. /: Nos caminhos do sertão, clamando por terra e pão, ninguém mais nos calará.:/ JUNTO A VÓS, SENHOR Refr.: /Junto a vós, Senhor, queremos celebrar! 1. Q u e r e m o s , S e n h o r , caminhar para vós, / Porque sois caminho de luz. 2. Q u e r e m o s , S e n h o r , caminhar para vós, / Porque sois verdade e sois vida. 3. Q u e r e m o s , S e n h o r , caminhar para vós, / Porque sois o nosso perdão. 4. Q u e r e m o s , S e n h o r , caminhar para vós, / E a vida convosco ofertar. 31 CANTEMOS AO SENHOR Refr.: Cantemos ao Senhor, / Que se manifestou / Com toda a sua glória / E com todo o seu amor. 1. Cantarei ao Senhor que manifestou a sua glória / Tornando-se meu poder e minha salvação. 2. Sua mão é forte e o seu nome é Senhor / Seu poder é maior e está acima do universo. 3. Conduz o seu povo ao lugar de sua morada / Ao Santuário que suas mãos fundaram para reinar eternamente. 32 ABRE, SENHOR 1. Abre, Senhor, os meus lábios,/ Pois quero entoar a canção/ Que vem da fonte da vida/ E toma o meu coração. Refr.: /:Abre, Senhor, os meus lábios e toma o meu coração.:/ 2. Tu és rochedo que salva,/ Nas águas do mar desta vida,/ É teu abismo profundo/ É tua a montanha infinita. 3. Tu és um Deus diferente que rompe, liberta, alivia, um coração mesmo duro, tu o transformas num dia. 4. Hoje eu canto a alegria de estar com teu povo unido. Sim somos teus consagrados, reunidos ao som deste hino. 5. Quando a vida se torna deserto de grande aflição, que nós possamos ouvir-te, mostrando- nos a direção.
  • 19. 19 33 JAVÉ, O DEUS DOS POBRES Refr.: Javé, o Deus dos pobres, do povo sofredor,/ Aqui nos reuniu pra cantar o seu louvor,/ Pra nos dar a esperança e contar com sua mão/ Na construção do Reino, Reino novo, povo irmão. 1. Sua mão sustenta o pobre,/ Ninguém fica ao desabrigo:/ Dá sustento a quem tem fome/ Com a GENTE LIVRE 1. É uma procissão de gente livre. / Gente que acredita no Senhor / Livres mas com Deus comprometidos /Alevar ao mundo a Boa Nova.(bis) 2. Deus é nosso Pai! O mundo tem conserto! Tudo mudou, se for do jeito certo! (bis) / E o jeito certo é Jesus! O jeito certo é Jesus! (bis) 34 SENHOR QUANTO MAIS CAMINHO 1. Senhor, quanto mais caminho, mais vejo aumentar a estrada. Tropeço por entre espinhos num campo onde foi calada./:Avoz da libertação:/ 2. Mais me ergo, não vou sozinho, teus passos comigo vão. Na terra será plantada a paz que nos é doada./: Em cada fração do pão:/ 3. Não posso ficar parado, teu corpo me dá coragem. Teu sangue me traz a imagem de tantos irmãos deixados./: À margem da salvação:/ 35 fina flor do trigo. 2. Alimenta os nossos sonhos,/ Mesmo dentro da prisão;/ Ouve o grito do oprimido/ Que lhe toca o coação. 3. Cura os corações feridos,/ Mostra ao forte seu poder,/ Dos pequenos é a defesa: Deixa a vida florescer. 36 SIM, EU QUERO Refr.: Sim, eu quero que a luz de Deus/ Que um dia em mim brilhou/ Jamais se esconda/ E não se apague em mim o seu fulgor./ Sim, eu quero que o meu amor/ Ajude o meu irmão/ A caminhar guiado por tua mão/ Em tua lei, em tua luz, Senhor. 1. Esta terra, os astros, o sertão em paz/ Esta flor e o pássaro feliz que vês/ Não sentirão, não poderão jamais viver/ esta vida singular que Deus nos dá. 2. Quando eu sou um sol a transmitir a luz/ E o meu ser é templo onde habita Deus,/ Todo o céu está presente dentro em mim/ Envolvendo-me na vida e no calor. 37 SONHADORES DA PAZ / : S o n h a d o r e s d a p a z , fazedores da paz, construtores da paz.:/ Cristãos de um tempo diferente onde a gente tem que lutar. Se quer fazer alguma coisa pela paz a gente tem que lutar, tem que arriscar, tem que falar, tem que dançar, tem que levar pão e a paz.
  • 20. 20 38 TU ÉS O REI DOS REIS Refr.: Tu és o Rei dos reis!/ O Deus do céu deu-te Reino, Força e Glória, / E entregou nas Tuas mãos a nossa história, / Tu és Rei, e o amor a Tua lei! 1. S o u o p r i m e i r o e o derradeiro,/ fui ungido pelo amor! / Vós sois meu povo; Eu, Vosso Rei / E o Senhor Redentor! 2. Vos levarei às grandes fontes, / Dor e fome não tereis! / Vós sois meu povo; Eu, Vosso Rei:/ Junto a mim vivereis! 39 PELOS CAMINHOS Refr.: Pelos caminhos que Ele conduz,/ Há sempre vida, há sempre luz! 1. Cristo nos reúne neste alegre encontro,/ Para celebrar a vida em doação:/ Vida que não mede horas de trabalho,/ Vida para o irmão. 2. Ser fiel a Cristo, ser fiel ao povo,/ Vem nos confirmar na própria vocação./ Luz que não se apaga,/ Vida que não morre é ressurreição. 40 SENHOR, QUEM ENTRARÁ? 1. /: Senhor, quem entrará no Santuário pra te louvar.?/ /: Quem tem as mãos limpas e o coração puro,/ Quem não é vaidoso e sabe amar:/ 2. /: Senhor, eu quero entrar no Santuário pra te louvar,:/ /:Oh, dá-me mãos limpas e um coração puro/ Arranca a vaidade,/ ensina-me a amar.:/ 3. /: Senhor, já posso entrar no Santuário pra te louvar, :/ /:Teu sangue me lava,/ Teu fogo me queima,/ O Espírito Santo,/ inunda meu ser.:/ 41 NOSSA FÉ NO MESMO DEUS 1. Nossa fé no mesmo Deus nos reuniu,/ Seu amor em Jesus Cristo nos uniu./ Em Jesus de Nazaré somos irmãos,/ E o mundo inteiro nos chama de cristãos./ Relembrando aquilo que Jesus pediu,/ Que soubéssemos viver no seu amor,/ Reunidos nesta ceia de amizade. A comunidade do povo do Senhor. Refr.: /: Somos cidadãos do Reino,/ Do Reino de Jesus de Nazaré.:/ 2. Ao redor da mesa santa do Senhor,/ Nossa gente se faz povo por amor,/ Em Jesus de Nazaré somos irmãos,/ E carregamos a história em nossas mãos,/ Cada vez que oferecemos vinho e pão,/ Que se tornam nosso ponto de união./ Revivemos num momento de unidade,/ A eternidade da nossa religião. 42 VIMOS AQUI, Ó SENHOR Refr.: Vimos aqui, ó Senhor, pra cantar / Tua bondade, amor que se dá sem cessar! 1. És o caminho, verdade e vida! / És o amigo, que perde a vida, / Buscando a todos salvar! 2. És o rochedo, o guia fiel! / És a esperança de todos que buscam / Viver em tua casa, Senhor!
  • 21. 21 43 Ó SENHOR, NÓS ESTAMOS AQUI 1. Ó Senhor nós estamos aqui,/ Junto à mesa da celebração, simplesmente atraídos por vós / desejamos formar comunhão. Refr.: Igualdade, fraternidade, / nesta mesa nos ensinais. /:As lições que melhor educam / na Eucaristia é que nos dais. 2. Todos cantam o vosso louvor, / pois em vós todos somos irmãos ouviremos com fé, ó Senhor,/ os apelos de libertação. 3. Este encontro convosco, Senhor,/ incentiva a justiça e a paz, nos inquieta e convida a sentir / os apelos que o pobre nos faz. 4. Acolheis com o vosso perdão, / todo o homem disposto a crescer, ao redor desta mesa, Senhor,/ a unidade podemos viver. 44 JESUS CRISTO, ESPERANÇA DO MUNDO 1. Um pouco além do presente, / Alegre, o futuro anuncia / A fuga das sombras da noite, / A luz de um bem novo dia. Refr.: Venha o teu reino, Senhor! / A festa da vida recria. / /: A nossa espera e a dor / Transforma em plena alegria :/ /Aiê, eiá, aiê, aê, aê. 2. Botão de esperança se abre, / Prenúncio da flor que se faz. / Promessa de tua presença / Que vida abundante nos traz. 3. Saudade da terra sem males, / Do Éden de plumas e flores, / Da paz e justiça irmanadas / Num mundo sem ódio nem dores. 4. Saudades de um mundo sem guerras / Anelos de paz e inocência: / De corpos e mãos que se encontram, / Sem armas, sem morte e violência. 5. Saudades de um mundo sem donos: / Ausência de fortes e fracos, / Derrota de todos sistemas / Que cria palácios, barracos. 6. Já temos preciosa semente, / Penhor do teu Reino, agora. / Futuro ilumina o presente, / Tu vens e virás sem demora. 45 REUNIDOS EM TORNO 1. Reunidos em torno dos nossos pastores nós iremos a Ti. Professando todos uma só fé nós iremos a Ti. Armados com a força que vem do Senhor nós iremos a Ti. Sob o impulso do Espírito Santo nós iremos a Ti. Refr.: Igreja Santa, templo do Senhor, glória a Ti, Igreja Santa. Oh! Cidade dos cristãos que teus filhos hoje e sempre vivam todos como irmãos. 2. Com nossas irmãs e irmãos de claustro nós iremos a Ti. Com os nossos irmãos sofredores nós iremos a Ti. Com os padres que sobem ao altar nós iremos a Ti. Com os padres que partem em missão nós iremos a Ti. 3. De nossas fazendas e nossas cidades nós iremos a Ti. De nossas montanhas e nossas baixadas nós iremos a Ti. De nossas cabanas e pobres favelas nós iremos a Ti. E nossas escolas e nossos trabalhos nós iremos a Ti.
  • 22. 22 46 JUNTOS COMO IRMÃOS Refr.: Juntos como irmãos,/ Membros da Igreja,/ Vamos c a m i n h a n d o , / V a m o s caminhando,/ Juntos como irmãos,/Ao encontro do Senhor. 1. Somos povo que caminha/ Num deserto como outrora,/ Lado a lado sempre unido/ Para a terra Prometida. 2. Na unidade caminhemos;/ Foi Jesus quem nos uniu./ Nosso Deus hoje louvemos,/ Seu amor nos reuniu. 3. A Igreja está em marcha,/ A um mundo novo vamos nós/ Onde reinará a paz/ Onde reinará o amor. 47 POVO ELEITO Refr. Ó Pai, somos nós o povo eleito, que Cristo veio reunir (bis) Pra viver da sua vida; aleluia. O Senhor nos enviou.Aleluia. Pra ser Igreja peregrina... Pra ser sinal de salvação... Pra anunciar o evangelho... Pra servir na unidade... Pra servir a sua glória... Pra construir um mundo novo... Pra caminhar na esperança... 48 JESUS CRISTO É O SENHOR Refr.: Jesus Cristo é o Senhor, o Senhor, o Senhor./ Jesus Cristo é o Senhor, Glória a ti, Senhor. 1. Da minha vida ele é o Senhor, (3x) Glória a ti, Senhor. 2. Do meu passado ele é o Senhor, (3x) Glória a ti, Senhor. 3.Do meu presente ele é o Senhor, (3x) Glória a ti, Senhor. 4. Do meu futuro ele é o Senhor, (3x) Glória a ti, Senhor. 49 AQUI VIEMOS 1. Aqui viemos co’alegria, pra rezar neste lugar/ Que nos t r a n s m i t e t a n t a p a z . / Agradecemos a semana que passou/ E agradecemos a semana que nos traz. Refr.: Fortalecemos com o Pai essa união/ Que nos transforma pra viver em comunhão/ Então aqui esta família se reuniu/ dia de festa nesta casa de irmãos.:/ 2. E vem chegando esse povo do Senhor/ Com suas lutas, alegrias e pesar./ O compromisso de viver o seu amor/ Mais uma vez aqui viemos nós selar. 50 CRISTO ENTRE NÓS 1. Com a presença de Cristo entre nós. Temos certeza que o Reino chegou. Tudo de novo renasce de Deus e o povo sente que tudo mudou. Refr.: Este é o Reino chegando, aurora nascendo e a fonte jorrando, Jesus está vivo no meio de nós. 2. Jesus convoca e reúne no amor, faz enxergar o que o povo não vê. Revela ao pobre seu grande valor, garante a vida a todo o que crê. 3. O povo simples encontra Jesus. Uma resposta que vem confirmar. O que é de Deus, o que é bom, o que é luz, e um tempo novo que vai começar.
  • 23. 23 51 ALEGRES VAMOS Refr.: Alegre vamos à casa do pai, e na alegria cantar seu louvor. Em sua casa somos felizes, participamos da Ceia do Amor. 1. A alegria nos vem do Senhor. Seu amor nos conduz pela mão. Ele é a luz que ilumina o seu povo. Com segurança lhe dá a salvação. 2. O Senhor nos concede os seus bens. Nos convida à sua mesa sentar. E partilha conosco o seu Pão. Somos irmãos ao redor deste altar. 3. Voltarei sempre à casa do Pai. De meu Deus cantarei o louvor. Só será bem feliz uma vida, que busca em Deus sua fonte de amor. 52 VIMOS TE ENCONTRAR Refr.: Vimos te encontrar em tua casa, ó Senhor! / Somos o teu povo reunido em teu amor, / Reunido em teu amor! 1. Ó Pai, nos reunimos em torno do altar / Pra celebrar a Ceia, memória do Senhor. / Trazemos nossa vida, queremos Te louvar, / Por aquilo que nos dás, nosso canto é gratidão. 2. Ó Pai, nos alegramos em torno do altar / Em celebrar a Ceia em nome do Senhor. / És fonte de alegria, queremos Te seguir, / Pois um dia nos darás um lugar bem mais feliz. 3. Ó Pai, nos encontramos em torno do altar / Pra celebrar a Ceia, presença do Senhor. / Perdão das nossas faltas queremos Te pedir, / Por aquilo que nos faz separar- nos deTi. 53 A MISSÃO DA IGREJA 1. A tua Igreja vem feliz e unida/ Agradecer a Ti, ó Deus da vida / Com grande júbilo, rezar, louvar/ E a boa nova ao mundo anunciar. Refr.: É tua Igreja, Senhor/ Que canta com alegria / Esta que busca o amor / Vivenciar todo dia / Que vai levar salvação / Esta é a nossa missão. 2. Nós que fazemos parte desta Igreja/ Que missionária é por natureza / Te damos graças por Teu esplendor/ Seremos eco do Teu grande amor. 3. Todos os povos serão teus discípulos/ E batizados com Teu Santo Espírito / Temos certeza de tua companhia / Nos dando força hoje e todo dia. 54 VIMOS TE LOUVAR EM TUA CASA Refr.: Vimos te louvar em tua casa ó Senhor. / Somos a família que teu Filho congregou. 1. Teu povo, tua família, / Vem hoje, com gratidão, / Louvar o teu nome santo, / Unidos na adoração. 2. Cantamos a tua graça, / O teu infinito amor, / A prece de nossas vidas / Em casa já começou. 3. Das faltas contra a unidade / Queremos pedir perdão. / É falta todo egoísmo / Que gera separação. 4. Começa em nossa casa / A vida em fraternidade. / Possamos, com tua graça, / Vivê-la na liberdade.
  • 24. 24 55 O SENHOR É MINHA LUZ Refr.: O Senhor é minha luz, / Ele é minha salvação, / Que poderei temer? / Deus, minha proteção. 1. O Senhor é minha luz / Ele é minha salvação. / O que é que vou temer? / Deus é minha proteção. //: Ele guarda a minha vida: / Eu não vou ter medo não. :/ 2. Quando os maus vêm avançando, / Procurando me acuar, / Desejando ver meu fim, / Querendo me matar, / /: Inimigos opressores / É que vão se liquidar.:/ 3. Se u m exército se armar / Contra mim, não temerei. / Meu coração está firme, / E firme ficarei. / /: Se estourar uma batalha, / Mesmo assim, confiarei!:/ 4. Sei que eu hei de ver, um dia, / A bondade do Senhor: / Lá, na terra dos viventes, / Viverei no seu amor. / /: Espera em Deus! Cria coragem! / Espera em Deus que é teu Senhor! :/ 56 CANTA MEU POVO Refr.: Canta, meu povo / Canta o louvor de teu Deus, / Que se fez homem e por nós morreu, / que ressuscitou pelo amor dos seus! 1. Somos a nação santa e o povo eleito, / Um sacerdócio real. / Deus nos chamou das trevas à sua luz, / Sua luz imortal. 2. Nós somos transportados da morte à vida, / Pelo amor dos irmãos. / Vamos amar até nossos inimigos, / É a lei dos cristãos! 3. Senhor Jesus, já não sou mais eu que vivo, / Tu vives em mim. / O meu desejo é um dia ver tua face, / Na glória sem fim. 57 CELEBREMOS COM ALEGRIA 1. Celebremos co'alegria nosso encontro. / Jesus Cristo é nosso ponto de união./ É o caminho que nos leva para a vida./ A verdade que nos traz libertação. Refr.: Formamos a igreja viva, / Que caminha para o Reino do Senhor./ Vivendo em comunidade, / nós faremos este mundo ser melhor. 2. Vamos juntos construir fraternidade. / Trabalhando pela paz universal. / Ser semente de uma nova sociedade. / Gente unida para combater o mal. 3. Jesus Cristo realiza a unidade. / E não quer que nós vivamos separados. / Na união teremos força pra vencer. / E ajudar o nosso irmão desamparado.
  • 25. Ato PenitencialAto Penitencial 25 59 60 POR NOSSAS FRAQUEZAS 1. Por nossas fraquezas humanas, Senhor, tende piedade./ Por nosso injusto egoísmo, Senhor, tende piedade. Refr.: /: Por nossas faltas de fé e de amor, piedade, piedade, Senhor! :/ 2. Porque eu não fui solidário, Senhor, tende piedade./ Porque fomos indiferentes, Senhor, tende piedade. SENHOR, TENDE PIEDADE Senhor, tende piedade de nós!(bis) / Cristo, tende piedade de nós!(bis) / Senhor, tende piedade de nós!(bis) 58 A TI, MEU DEUS 1. A ti, meu Deus, elevo meu coração, elevo as minhas mãos, meu olhar, minha voz! A ti, meu Deus, eu quero oferecer, meus passos e meu viver, meus caminhos, meu sofrer! Refr.: A tua ternura, Senhor, vem me abraçar./ E a tua bondade infinita me perdoar./ Vou ser o teu seguidor e te dar o meu coração,/ Eu quero sentir o calor de tuas mãos! 2. Ati, meu Deus, que és bom e que tens amor, ao pobre e ao sofredor vou servir e esperar. Em ti, Senhor, humildes se alegrarão cantando a nova canção de esperança e de paz!
  • 26. 26 63 64 MESMO QUE EU NÃO QUEIRA Mesmo que eu não queira, converte-me, Senhor. Mesmo que eu não peça, converte-me, Senhor. Mesmo se a consciência me disser que eu não pequei, Mesmo assim tem piedade de mim, pelas vezes que eu errei. (bis) Se alguém saiu ferido quando por minha vida passou. Se alguém perdeu a paz quando meu egoísmo mais forte falou. Se eu não soube ser irmão, se eu não soube ser cristão. Perdoa-me, Senhor, converte o meu coração. Tem piedade de nós. (3x) PERDOAI-ME OUTRA VEZ 1. Perdoai-me outra vez, Senhor,/ Novamente eu me fechei./ Dentro do meu desamor/ Vossa imagem mutilei. Refr.: Perdoai-me, Senhor,/ Não vivi minha vocação./ Perdoai-me, Senhor,/ Não amei o meu irmão. 2. Deveria ser vosso apóstolo,/ mas pequei por omissão./ Eu também me acomodei,/ Fracassei vossa missão. 3. Deveria ser bom discípulo,/ Mas calei a minha voz./ Camuflando o ideal,/ Sem pregar a vossa paz. 61 SENHOR TENDE PIEDADE Solo: Senhor, tende piedade e perdoai a nossa culpa. Duo: E perdoai a nossa culpa. Todos: Porque nós somos vosso povo/ Que vem pedir vosso perdão. Solo: Cristo, tende piedade e perdoai a nossa culpa. Duo: E perdoai a nossa culpa. Todos: Porque nós somos vosso povo/ Que vem pedir vosso perdão. Solo: Senhor, tende piedade e perdoai a nossa culpa. Duo: E perdoai a nossa culpa. Todos: Porque nós somos vosso povo/ Que vem pedir vosso perdão. PERDOAI-NOS, Ó PAI Refr.: Perdoai-nos, ó Pai, as nossas ofensas,/ Como nós perdoamos a quem nos ofendeu. 1. Se eu não perdoar o meu irmão,/ O Senhor não me dá o seu perdão./ Eu não julgo para não ser julgado;/ Perdoando é que serei perdoado. 2. Ajudai-me, Senhor, a perdoar;/ E livrai-me de julgar e condenar!/ Vou ficar sempre unido em comunhão,/ Ao Senhor e também ao meu irmão. 3. Vou levar para a vida, a união,/ Que floresce nesta Santa Comunhão./ Vivo em Cristo a vida de cristão/ Sou mensagem de sua reconciliação. 62
  • 27. 27 65 66 67 SENHOR, QUE VIESTES SALVAR 1. Senhor, que viestes salvar / Os corações arrependidos. Refr.: Piedade, piedade, piedade de nós! (bis) 2. Ó Cristo, que viestes chamar/ Os pecadores humilhados. 3. Senhor, que intercedeis por nós/ Junto a Deus Pai que nos perdoa. PELOS PECADOS 1. Pelos pecados, erros passados/ por divisões na Tua Igreja, ó Jesus! Refr.: Senhor, piedade! (Cristo piedade)/ Senhor, piedade! Senhor, piedade, piedade de nós! 2. Quem não te aceita/ quem te rejeita/ pode não crer por ver cristãos que vivem mal! 3. Hoje, se a vida/ é tão ferida/ deve-se a culpa à indiferença dos cristãos! TENDE PIEDADE! Tende piedade, tende piedade, tende piedade de nós, ó Senhor! Tende piedade, tende piedade, vosso povo é santo mas também é pecador. Vosso coração de Pai sabe perdoar. Vosso coração de Filho sabe perdoar. Vosso coração de Deus consolador sabe perdoar, sabe perdoar! 68 69 PEQUEI, MEU PAI Refr.: Pequei, meu Pai, eu quero teu perdão! Por teu amor, espero salvação:/ (bis) 1. As coisas deste mundo afastaram-me de ti/ Por isso, estou de volta, meu Pai, estou aqui. 2. Do teu imenso amor, eu confesso que esqueci/ Mas hoje estou de volta, meu Pai, estou aqui. 3. No amor aos meus irmãos, me neguei e me omiti/ Mas hoje estou de volta, meu Pai, estou aqui. 4. Eu quero prometer nunca mais fugir de ti/ Por isso estou de volta, meu Pai, estou aqui PERDÃO, SENHOR, TANTOS ERROS COMETI 1. Perdão, Senhor, tantos erros cometi / Perdão, Senhor, tantas vezes me omiti / /: Perdão, Senhor, pelos males que causei / Pelas coisas que falei, pelo irmão que eu julguei :/ Refr.: Piedade, Senhor, tem piedade, Senhor, / Meu pecado vem lavar com teu amor / Piedade, Senhor, tem piedade Senhor, / E liberta minha alma para o amor 2. Perdão, Senhor, porque sou tão pecador / Perdão, Senhor, sou pequeno e sem valor / /: Mas mesmo assim, tu me amas / Quero então te entregar meu coração / Suplicar o teu perdão :/
  • 28. 28 70 SENHOR, TENDE PIEDADE /:Senhor, tende piedade de nós:/ 1. /:Pai de infinita bondade,/ Que a tua vontade/ Se faça verdade no meio de nós.:/ 2. /:Senhor Jesus Cristo, piedade,/ Piedade de mim / Que não te obedeci/ Nem segui tua voz.:/ 3. /:Que teu Espírito Santo/ Nos mostre o caminho/ De paz e justiça/ Sem ódio e sem dor.:/ Senhor, Senhor, Senhor... 71 EU CONFESSO 1. Eu confesso a Deus e a vós, irmãos, / tantas vezes pequei, não fui fiel: / Pensamentos e palavras, atitudes, omissões... / Por minha culpa, tão grande culpa! Refr.: Senhor, piedade! Cristo piedade! / Tem piedade, ó Senhor! (bis) 2. Peço à Virgem Maria, nossa Mãe, / E a vós, meus irmãos, rogueis por mim. /ADeus Pai, que nos perdoa e nos sustenta em sua mão... / Por seu amor, tão grande amor! 72 SENHOR, TENDE PIEDADE Senhor, tende piedade de nós! (bis) Pelo irmão que não amei, / Pelo mal que lhe causei, piedade! (bis) Ó Cristo, tende piedade de nós! (bis) Pelo bem que eu não fiz, / Pela paz que eu não quis, piedade! (bis) Senhor, tende piedade de nós! (bis) Pelo amor que sufoquei, pela vida que matei, piedade! : (bis) 73 PERDÃO, SENHOR, PARA O VOSSO POVO Refr.: /: Perdão, Senhor, para o vosso povo. :/ 1. Perdão, Senhor, por termos preferido confiar em nossa fraqueza, / Sem saber que sois a fortaleza! 2. Perdão, Senhor, por termos preferido recusar a vossa verdade, / Sem saber que ela é liberdade! 3. Perdão, Senhor, por termos tantas vezes caminhado sem esperança, / Sem saber que sois a segurança! 74 SENHOR, CONFESSO 1. Senhor, confesso que errei, do bem me desviei, peço perdão! Refr.: Senhor, o teu perdão me abre o coração: com amor também acolho o meu irmão! 2. Senhor, o amor eu não vivi, e triste me senti, peço perdão. 3. Senhor, ensina-me a viver, feliz eu quero ser, peço perdão! 75 VÓS SOIS O CAMINHO 1. Senhor vós sois o caminho, / Guiai-nos ao Pai com carinho. Refr.: De nós tende piedade, / Senhor, tende piedade! 2. Ó Cristo, sois a verdade, / Enchei-nos de caridade. 3. Senhor, vós sois nossa vida, / Buscais a ovelha perdida.
  • 29. 29 76 SENHOR, SENHOR, PIEDADE DE NÓS Solo/Ass.: Senhor, Senhor, piedade de nós! (bis) Cristo, Jesus, piedade de nós! (bis) Senhor, Senhor, piedade de nós! (bis) 77 SENHOR, SERVO DE DEUS Solo: Senhor, servo de Deus, que libertastes a nossa vida, / Tende piedade de nós! Ass.: Senhor, tende piedade de nós! Solo:Ó Cristo, nosso irmão, que conheceis nossa fraqueza, / Tende piedade de nós! Ass.: Cristo, tende piedade de nós! Solo:Senhor, Filho de Deus, que vos tornastes obediente, / Tende piedade de nós! Ass.: Senhor, tende piedade de nós! 78 VENHO PEDIR O TEU PERDÃO 1. Senhor, venho pedir o teu perdão, / Por minhas faltas eu ofendi o meu irmão. Senhor, tem piedade, piedade de nós! 2. Jesus, venho pedir o teu perdão, / Pois me omiti e não fiz parte de tua missão. Jesus, tem piedade, piedade de nós! 3. Senhor, venho pedir o teu perdão, / Porque só tu podes me dar a salvação. Senhor, tem piedade, piedade de nós! 79 PERDÃO 1. Senhor, reconheço que errei, / Peço perdão! / Senhor, eu sei do teu amor, Peço perdão! Refr.: /:Senhor, tem piedade,/ Senhor, piedade :/ 2. Ó Cristo, meu coração fechei, / Peço perdão! /Ó Cristo, eu quero ser melhor, / Peço perdão! 3. Senhor, do teu amor eu me afastei, / Peço perdão! / Senhor, agora eu voltei, / Peço perdão! 80 EU PEQUEI, SENHOR Refr.: Eu pequei, Senhor, eu reconheço que não mereço/ O teu perdão, o teu perdão./ Eu voltei, Senhor, por isso eu peço,/ Que tu me estendas a tua mão, a tua mão. 1. Meu egoísmo me destruiu, não deu em nada,/ Não construiu./ A minha vida não floresceu,/ Minha alegria emudeceu. 2. Dos teus caminhos eu me apartei,/ Fiquei sozinho, paz não achei./ Arrependido, eu retornei, e como filho eu viverei. 81 SENHOR, TENDE PIEDADE 1. Senhor, tende piedade / Dos corações arrependidos. Refr.: Tende piedade de nós, tende piedade de nós! (bis) 2. Jesus, tende piedade/ Dos pecadores, tão humilhados. 3. Senhor, tende piedade/ Intercedendo por nós ao Pai.
  • 30. Glória e LouvorGlória e Louvor 30 83 GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS Refr.: Glória a Deus nas alturas! / Glória, glória, aleluia! / Glória a Deus, paz na terra! / Glória, glória aleluia! / /: Glória, glória nos céus! / Paz na terra entre os homens! :/ 1. Glória a Deus! Glória ao Pai! / Glória a Deus criador, / Que no filho tornou-se / O Senhor Deus da vida! 2. Glória a Deus! Glória ao Filho! / Glória a Deus, nosso irmão! / Nos remiu do pecado, / Nos abriu novo Reino! 3. Glória ao Espírito Santo, / Deus que nos santifica! / Glória a Deus que nos une / A caminho do Pai! 82 EU LOUVAREI Refr.: /: Eu louvarei, eu louvarei:/ Eu louvarei o meu Senhor. :/ 1. João viu o número dos redimidos/ E todos louvavam ao Senhor./ Uns oravam, outros cantavam/ E todos louvavam ao Senhor. 2. Todos unidos, alegres cantavam:/ Glória e louvores ao Senhor./ Glória ao Pai, glória ao Filho,/ Glória ao Espírito deAmor. 3. Somos filhos de Ti, Pai Eterno,/ Tu nos criaste por amor,/ Nós te adoramos, te bendizemos/ E todos cantamos teu louvor.
  • 31. 31 87 GLÓRIA A DEUS CANTEMOS Refr.: Glória a Deus, cantemos com amor. Ele é dos pequeninos o Senhor (bis) 1. Bendito seja Deus, nosso Pai e Criador, que nos enche de ternura e nos quer no seu amor. 2. Louvemos a Jesus, nosso irmão e Salvador, que da morte, pela vida Deus se fez libertador. 3. Ao Espírito também, elevemos nossas mãos. Ele aquece nosso ser, faz vibrar o coração. 88 GLÓRIA A DEUS NO MAIS ALTO Refr.: Glória a Deus no mais alto dos céus. 1. Glória a Deus nosso Pai: seu poder nos criou. 2. Glória a Cristo seu Filho que nos resgatou. 3. Glória ao Espírito Santo que nos confirmou. 89 LOUVADO SEJA MEU SENHOR Refr.: Louvado seja meu Senhor. (4x) 1. Por todas as criaturas,/ pelo sol e pela lua, / pelas estrelas do firmamento,/ pela água e pelo fogo. 2. Por aqueles que agora são felizes, / por aqueles que agora choram,/ por aqueles que agora nascem,/ por aqueles que agora morrem. 3. O que dá sentido à vida,/ é amar-te e louvar-te,/ para que a nossa vida,/ seja sempre uma canção. 84 GLÓRIA A DEUS TRINDADE 1. Glória a Deus Trindade que primeiro nos amou. / Deus comunidade, que em Jesus se revelou. Refr.: Viver e conviver em comunhão./: Glória, glória aleluia, eis a nossa vocação :/ 2. Glória ao Filho amado que do Pai vem anunciar. / Grande Boa Nova para os homens libertar. 3. Glória ao Santo Espírito que o mundo renovou,/ Vem e ensina a todos o que o Filho nos falou. 85 ALELUIA, GLÓRIA AO SENHOR Refr.: /:Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! / Glória ao Senhor!:/ 1. Glória ao Senhor nosso Pai! / Glória ao Senhor Jesus Cristo!/ Glória ao Espírito Santo! / Glória ao Senhor! 2. Glória à Santíssima Trindade!/ Honra à Maria, nossa Mãe! / Honra à Igreja de Deus!/ Glória ao Senhor! 86 GLÓRIA AO PAI, O CRIADOR Refr.: Glória ao Pai, o Criador. Glória ao Filho, Redentor. Ao Espírito de Amor, toda honra e louvor! 1. Elevemos nossas mãos ao céu, elevando toda a criação. Toda a Igreja vem unir-se a nós, nesta feliz louvação. 2. Glória a Deus e aos homens muita paz. Que na terra nunca falte amor. Na Trindade se renove a fé, sempre se exalte o Senhor.
  • 32. 32 90 GLÓRIA AO PAI Refr.: Glória ao Pai ao Deus da luz/ Glória ao seu Filho Jesus/ Glória ao Espírito Santo,/ Glória,Amém! 1. Nós louvamos o Pai que criou este mundo./ E ao criá-lo deixou aos cuidados da gente./ Confiou-nos valores que em nós colocou./ Por amor foi que Ele este mundo criou. 2. Nós louvamos o Filho de Deus encarnado/ Que nasceu e viveu e morreu por amor./ E deixou para o mundo o mais doce recado./ E por isso o chamamos de Cristo, Senhor. 3. Nós louvamos também o Espírito Santo,/ Que do Pai e do Filho é amor que nos vem./ Que coloca ternura no riso e no pranto./ E nos mostra o sentido que a vida contém. 91 GLÓRIA A DEUS NA IMENSIDÃO Refr.: /:Glória a Deus na imensidão,/ E paz na terra ao homem, nosso irmão.:/ 1. Senhor, Deus Pai, criador onipotente,/ Nós vos louvamos e vos bendizemos,/ Por nos terdes dado o Cristo salvador. 2. Senhor Jesus, unigênito do Pai,/ Nós vos damos graças por terdes vindo ao mundo,/ Feito nosso irmão sois nosso Redentor. 3. Senhor, Espírito Santo, Deus Amor./ Nós vos adoramos e vos g l o r i f i c a m o s , / P o r n o s conduzirdes por Cristo ao nosso Pai. 92 GLÓRIA A DEUS NOS ALTOS CÉUS 1. Glória a Deus nos altos céus! / Paz na terra a seus amados! / A vós louvam, Rei celeste, / Os que foram libertados. Refr.: Glória a Deus, lá nos céus, e paz aos seus.Amém! 2. Deus e Pai, nós vos louvamos, /Adoramos, bendizemos; / Damos glória ao vosso nome, / Vossos dons agradecemos. 3. Senhor nosso, Jesus Cristo, / Unigênito do Pai, / Vós, de Deus Cordeiro Santo, / Nossas culpas perdoai! 4. Vós, que estais junto do Pai, / Como nosso intercessor, / Acolhei nossos pedidos, / Atendei nosso clamor! 5. Vós somente sois o Santo, / O Altíssimo, o Senhor, / Com o Espírito Divino, / De Deus Pai no esplendor! 93 GLÓRIA A DEUS Refr.: Glória a Deus, Glória a Deus nos céus, / E paz na terra. Amém (Bis) 1. Glória a Deus, lá nas alturas, / E aqui na terra paz e bem! / Demos glória a Deus, nosso Pai, / Aquele que tudo criou. 2. Glória a Cristo, nosso Redentor, / Que tira o pecado do mundo! / Demos glória sempre ao Filho, / Que se fez homem para nos salvar. 3. Glória ao Espírito Santo de amor, / Junto ao Pai é nosso intercessor! / Glória demos à Santa Trindade, / A ela o nosso louvor.
  • 33. 33 94 GLÓRIA A DEUS Refr.: Glória a Deus no mais alto dos céus/ E paz na terra aos filhos seus! (bis) 1. Glória, glória ao Pai eterno, providente e criador (criador). 2. Glória ao Filho Jesus Cristo, nosso irmão e Redentor (Redentor). 3. Ao Espírito, que é Santo, nosso canto de louvor (de louvor) 95 LOUVAI DEUS, Ó CRIATURAS 1. Louvai Deus, ó criaturas,/ Louvai Deus que nos criou./ Louvai Deus, ó céus e terras,/ Louvai Deus Nosso Senhor. Refr.: /: Exaltai-o e bendizei- o/ Com alegria e com amor.:/ 2. Louvai Deus, louvai, ó lua,/ Louvai Deus que nos criou./ Louvai Deus, louvai, irmão sol,/Louvai Deus Nosso Senhor. 3. Louvai Deus, ó mar, ó vento,/ Louvai Deus que nos criou./ Louvai Deus, ó noite, ó dia,/ Louvai Deus Nosso Senhor. 4. Louvai Deus, aves e flores,/ Louvai Deus que os criou./ Louvai Deus, ó rios, ó fontes,/ Louvai Deus que nos criou. 5. Louvai Deus, anjos e santos,/ Louvai Deus que nos criou,/ louvai Deus, ó povos, ó homens,/ Louvai Deus que nos criou. 6. Tudo louve o Pai e o Filho,/ e o Paráclito também,/ tudo louve o Deus Uno e Trino,/ pelos séculos amém! 96 GLÓRIA SIDERAL Refr.: Em todo o universo, Glória a Deus./ E no planeta Terra, Glória a Deus. / Paz na ONU e no meu país / E que a humanidade seja mais feliz. Nós te adoramos e louvamos, e te agradecemos e te suplicamos, teu imenso amor de Pai, vai nos ensinar a cultivar a Paz. Tu que és o Filho de Deus vivo, tu que tens poder e majestade, piedade, ó Jesus, tira-nos das trevas com a tua luz. Tu que vens do Pai e vens do Filho, tu que nos conduzes com ternura, brilhe em nós o teu amor. E o Santo Espírito consolador. Em todo o universo, glória a Deus, e no planeta Terra, glória a Deus. Paz na ONU e no meu país e que a humanidade seja mais feliz. 97 GLÓRIA! ANJOS NO CÉU Refr.: Glória, glória! Anjos no céu / Cantam todos seu amor! / E na terra, homens de paz: / “Deus merece o louvor!” 1. Deus e Pai, nós vos louvamos, /Adoramos, bendizemos, / Damos glória ao Vosso Nome, / Vossos dons agradecemos! 2. Senhor nosso, Jesus Cristo, / Unigênito do Pai, / Vós, de Deus Cordeiro Santo, / Nossas culpas perdoai! 3. Vós, que estais junto do Pai, / Como nosso intercessor, / Acolhei nossos pedidos, / Atendei nosso clamor! 4. Vós somente sois o Santo, / O Altíssimo, o Senhor, / Com o Espírito Divino, / De Deus Pai no esplendor!
  • 34. 34 98 GLÓRIA A DEUS 1. Glória a Deus nos altos céus! / Paz na terra a seus amados !Avós louvem, Rei Celeste,/ Os que foram libertados! Refr.: Glória a Deus, Glória a Deus! 2. Deus e Pai, nós vos l o u v a m o s , / A d o r a m o s , bendizemos;/ Damos glória ao Vosso nome, / Vossos dons agradecemos! 3. Senhor nosso, Jesus Cristo, / Unigênito do Pai, / Vós, de Deus, Cordeiro Santo,/ Nossas culpas perdoai! 4. Vós, que estais junto ao Pai,/ Como nosso intercessor,/ Acolhei nossos pedidos,/ Atendei nosso clamor! 5. Vós, somente sois o Santo, / O Altíssimo, o Senhor, / Com o Espírito Divino,/ De Deus Pai o resplendor! Amém!Amém! (2x) 99 GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS 1. Glória, glória a Deus nas alturas / Nas criaturas, na história! /:Glória, glória ao Deus Criador / Viva o amor entre os povos, glória!:/ /:No sol, nas estrelas, na terra e no mar / Glória, glória, aleluia!:/ 2. Glória, glória ao Cristo bendito!/ Ressuscitou, é vitória! / /:Glória, oxalá, Deus presente na vida da gente, glória!:/ /:Nas comunidades, na rua, no lar / Glória, glória, aleluia!:/ 3 . Glória, glória ao Espírito Santo / Graça, esperança e memória! /:Glória, glória à luz que alumia /Alegria dos pobres,glória!:/ /:No canto, na dança / Na festa, no altar / Glória, glória, aleluia!:/ 100 GLÓRIA AO PAI CRIADOR Refr.: Glória, glória, ao Pai Criador, ao Filho Redentor e ao Espírito glória. Ao Pai Criador, ao Filho Redentor e ao Espírito glória. 1. Ao Pai Criador do mundo, ao Filho Redentor dos homens e ao Espírito de amor demos sempre glória. E ao Espirito de amor demos sempre glória. 101 GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS Glória a Deus nas alturas / E paz na terra aos homens por Ele amados / Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo poderoso / Nós vos louvamos / Nós vos bendizemos / Nós vos adoramos / Nós vos glorificamos / Nós vos damos graças, por vossa imensa glória. / Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito / Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai / Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós / Vós que tirais o pecado do mundo / Acolhei a nossa súplica / Vós que estais à direita do Pai / Tende piedade de nós / Só vós sois o Santo / Só vós sois o Senhor / Só vós o Altíssimo, / Jesus Cristo com o Espírito Santo / Na Glória de Deus Pai. Amém! (3x)
  • 35. 35 102 HINO DE LOUVOR - I Glória a Deus nas alturas / E paz na terra aos homens por ele amados! (bis) Senhor Deus, rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: / Nós vos louvamos, vos bendizemos, / Vos adoramos, vos glorificamos, / Nós vos damos graças por vossa imensa glória. Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, / Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai, / Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica. / Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só vós sois o Santo, só vós o Senhor, / Só vós o altíssimo, Jesus Cristo, / Com o Espírito Santo, / Na glória de Deus, Pai, na glória de Deus Pai. Amém, amém, amém, amém, amém! 103 HINO DE LOUVOR-II Solo: Glória a Deus nas alturas A: E paz na terra aos homens por ele amados, / Senhor Deus, rei dos céus, Deus Pai todo- poderoso. B: Nós vos louvamos, nós vos bendizemos, / Nós vos adoramos, nós vos glorificamos, A: Nós vos damos graças por vossa imensa glória. / Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus. B: Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai, / Tende pedade de nós! A: Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica, / Tende piedade de nós! B: Só vós sois o Santo, só vós o Senhor, / Só vós o Altíssimo, Jesus Cristo, Salvador. A: Com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai, A + B: À Santíssima Trindade demos glória para sempre.Amém! 104 DEUS ETERNO 1. “Deus eterno”, a vós louvor!/ Glória à vossa majestade!/Anjos e homens com fervor / Vos adoram, Deus Trindade, /: Santo, Santo a Vós sem fim/ Cante amor de Serafim.:/ 2. “Pai Eterno”! A Criação/ Que chamastes Vós do nada,/ Que sustenta vossa mão,/ Com o acorde imenso brada: / : Quem me fez foi vosso amor,/ Glória a Vós, Pai Criador!:/ 3. “Filho Eterno”! Nosso irmão,/ Vossa morte deu-nos vida,/ Vosso sangue salvação./ Toda Igreja agradecida /: Exaltando a Vós, Jesus,/ Glória canta à vossa Cruz.:/ 4. Deus Espírito, Sol de amor, Procedeis do Pai, do Filho. Eis vos louvam vossos santos, Entoando eternos cantos: /:Santo, Santo é o Senhor, Uno e Trino, Deus deAmor . :/
  • 36. 36 105 GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS Refr.: /: Glória a Deus nas alturas :/ E paz na terra aos homens por Ele, amados (bis) 1. Senhor Rei dos céus, / Deus Pai todo poderoso / Nós vos louvamos, / Vos bendizemos / Nós vos adoramos e glorificamos / Nós vos damos graças, / Por vossa imensa glória 2. Senhor Jesus Cristo, / Filho Unigênito / Senhor Deus, Cordeiro de Deus, / Filho de Deus Pai / Vós que tirais o pecado do mundo tende piedade de nós / Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica / Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós / Só vós sois o Santo, só vós o Senhor / Só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo / Com o Espírito Santo na glória de Deus Pai. Amém! 106 GLÓRIA A DEUS LÁ NOS CÉUS Refr.: Glória a Deus lá nos céus, / E paz na terra aos seus! (bis) 1. Glória a Deus nos altos céus! / Paz na terra a seus amados! / A Vós, louvam Rei Celeste, / Os que foram libertados! 2. Deus e Pai nós vos louvamos, / Adoramos, bem dizemos; / Damos glória ao vosso n o m e , / V o s s o s d o n s agradecemos! 3. Senhor, nosso, Jesus Cristo, / Unigênito do Pai, / Vós, de Deus, Cordeiro Santo, / Nossas culpas perdoai! 4. Vós que estais junto do Pai, / Como nosso intercessor, / Acolhei nossos pedidos, / Atendei nosso clamor! 5. Vós somente sois o Santo, / O Altíssimo, o Senhor,/ Com o Espírito Divino, / De Deus Pai no esplendor! 107 GLÓRIA A DEUS NO CÉU Refr.: Glória a Deus no céu/ E na terra paz aos homens./ glória,Aleluia! 1. Glória ao Pai, o Criador,/ Seu poder nos chamou à vida. 2. Glória ao Filho Redentor,/ Sua Cruz reconciliou-nos. 3. Glória ao Espírito de Amor,/ Sua Graça é que nos renova. 108 GLÓRIA, GLÓRIA, GLÓRIA, ALELUIA Ref.: Glória, glória, glória, Aleluia! (bis) / Glória, glória, glória a Deus nos altos Céus./ Paz na terra a todos nós 1.D e u s e P a i n ó s v o s louvamos: Glória a Deus! / Adoramos, bendizemos. Glória a Deus! / Damos glória ao vosso nome: Glória a Deus! / Vossos dons agradecemos. 2.Senhor nosso Jesus Cristo: Glória a Deus! / Unigênito do Pai, Glória a Deus! / Vós de Deus Cordeiro Santo, Glória a Deus! / Nossas culpas perdoai. 3.Vós que estais junto do Pai, Glória a Deus! / Como nosso intercessor. Glória a Deus! / Acolhei nossos pedidos, Glória a Deus! /Atendei nosso clamor. 4.Vós somente sois o Santo, Glória a Deus! / O Altíssimo Senhor. Glória a Deus! / Com o Espírito Divino, Glória a Deus!/ De Deus Pai no resplendor.
  • 37. 37 As letras dos salmos responsoriais e aclamações ao Evangelho não foram transcritas neste livro de canto. Elas constam nos lecionários. Alguns dos cantos que seguem são salmos e aclamações, os demais podem ser utilizados e cantados para acolher a Palavra de Deus. 110 EIS QUE VENHO, Ó PAI Refr.: “ Eis que venho, ó Pai,/ para fazer vossa vontade!” (bis) 1. Bem confiante esperei no Senhor,/ Pois Ele escutou e atendeu os meus brados. Sacrifício nenhum satisfaz,/ Mas vossa vontade quereis que se faça. 2. Não fechei os meus lábios, Senhor,/ Jamais deixarei de anunciar a justiça. Proclamei sem cessar, vosso amor, também proclamei vossa fidelidade. 3. Sou tão fraco e tão pobre Senhor! Que venha de vós proteção e auxílio! 109 ALELUIA! Refr.: Aleluia! Aleluia! Aleluia! /Aleluia!Aleluia! (Bis) 1. Vós povos todos da terra, / Aleluia! Aleluia! / Vinde, cantai ao Senhor: /Aleluia!Aleluia! 2. Vinde, louvai nosso Deus, / Aleluia! Aleluia! / Que seu amor é sem fim. /Aleluia!Aleluia! 3. Frente à loucura dos homens, / Aleluia! Aleluia! / Vive a loucura do amor. /Aleluia!Aleluia! 4. Vem nos dar em pessoa / Aleluia! Aleluia! / A vida plena que é sua. /Aleluia!Aleluia! 5. E que na terra se faça, / Aleluia! Aleluia! / Como no céu harmonia. /Aleluia!Aleluia! 6. Tanto o sofrer quanto a morte / Aleluia! Aleluia! / Saibam que a vida é maior. /Aleluia!Aleluia! Salmo ResponsorialSalmo Responsorial e Aclamaçõese Aclamações
  • 38. 38 3. Quando ocultas tua face, elas se perturbam./ Quando lhes tiras sua vida, voltam ao seu nada. 4. Seja ao Senhor eterna glória! Alegre-se ele em suas obras. 5. Que o meu canto ao Senhor seja agradável! É nele que está minha alegria! 113 PELOS PRADOS 1. Pelos prados e campinas verdejantes, eu vou!/ É o Senhor que me leva a descansar./ Junto às fontes de águas puras repousantes, eu vou!/ Minhas forças o Senhor vai animar! Refr.: /: Tu és, Senhor, o meu Pastor!/ Por isso nada em minha vida faltará. :/ 2. Nos caminhos mais seguros junto dele, eu vou!/ E pra sempre o seu nome eu honrarei./ Se eu encontro mil abismos nos caminhos, eu vou!/ Segurança sempre tenho em suas mãos. 3. No banquete em sua casa, muito alegre, eu vou!/ Um lugar em sua mesa me preparou!/ Ele unge minha fronte e me faz ser feliz,/ E transborda a minha taça em seu amor. 4. Co´alegria e esperança, caminhando eu vou!/ Minha vida está sempre em suas mãos./ E na casa do Senhor eu irei habitar./ E este canto para sempre irei cantar! 111 AO SENHOR DOS SENHORES 1. Ao Senhor dos senhores cantai/ Ao Senhor, Deus dos deuses louvai!/ Maravilhas só ele é quem faz,/ Bom é Deus, ao Senhor, pois amai. / Com saber, ele fez terra e céu/ sobre as águas a terra firmou;/ Para o dia reger fez o sol/ E as estrelas pra noite criou. Refr.: Porque eterno é o seu amor por nós,/ Eterno é seu amor! Porque eterno é o seu amor por nós. Eterno é o seu amor! 2. Primogênitos todos feriu/ Do Egito um povo opressor,/ E dali Israel fez sair:/ O poder de sua mão o salvou./ No mar bravo ele fez perecer/ Os soldados e o tal do Rei Faraó;/ Aliança ele fez com Israel/ No deserto seu povo guiou. 3. Poderosos sem dó abateu/ A famosos reis desbaratou;/ Sua terra Israel recebeu,/ como herança a seu povo entregou./ Se lembrou de nós na humilhação,/ Ao Senhor, Salvador, proclamai!/ Dele nós recebemos o pão./ Ao Senhor, Deus do céu, celebrai! 112 ENVIA TEU ESPÍRITO Refr.: /: Envia teu Espírito, Senhor, e renova a face da terra.:/ 1. Bendize, minha alma, ao Senhor./ Senhor, meu Deus, como és tão grande. 2. Como são numerosas as tuas obras, Senhor! / A terra está cheia de tuas criaturas.
  • 39. 39 114 QUEM SEMEIA Refr.: /:Quem semeia entre lágrimas, entre sorrisos colherá.:/ 1 . Q u a n d o o S e n h o r reconduziu nossos cativos, nossa boca ficou cheia de sorrisos. 2. Reconduz, ó Senhor, nossos destinos. Ensina-nos a plantar boas sementes. 3. Glória ao Pai, Glória ao Filho e ao Santo Espírito, pelos séculos dos séculos.Amém. 115 TU ME CONHECES 1. Tu me conheces quando estou sentado/ Tu me conheces quando estou de pé./ Vês claramente quando estou andando,/ Quando repouso tu também me vês./ Se pelas costas sinto que me abranges,/ Também de frente sei que me percebes,/ Para ficar longe do teu espírito,/ O que farei, aonde irei? Não sei. Refr.: Para onde irei? Para onde fugirei?/ Se subo ao céu ou se me prostro no abismo/ Eu te encontro lá./Para onde irei? Para onde fugirei?/ Se estás n o a l t o d a m o n t a n h a verdejante/ Ou nos confins do mar! 2. Se eu disser: que as trevas me escondam/ E que não haja luz onde eu passar,/ Pra ti a noite é clara como o dia/ Nada se oculta ao teu divino olhar./ Tu me teceste no seio materno/ E definiste todo o meu viver,/ As tuas obras são maravilhosas/ Que maravilha, meu Senhor, sou eu. 3. Dá-me tuas mãos, ó meu Senhor bendito,/ Benditas sejam sempre as tuas mãos,/ Prova-me, Deus, e vê meus pensamentos,/ Olha-me, Deus, e vê meu coração./ Livra-me, Deus de todo o mau caminho;/ Quero viver, quero sorrir, cantar./ Pelo caminho da eternidade, / Senhor, terei toda felicidade. 116 POR MELHOR 1. Por melhor que seja alguém,/ Chega o dia em que há de faltar./Só o Deus vivo a palavra mantém/ E jamais ele há de falhar. Refr.: Quero cantar ao Senhor,/ Sempre e enquanto eu viver./ Hei de provar seu amor,/ Seu valor e seu poder. 2. Nosso Deus põe-se do lado/Dos famintos e injustiçados/ Dos pobres e oprimidos,/ Dos injustamente vencidos. 3. Ele barra o caminho dos maus/ Que exploram sem compaixão;/ mas dá força ao braço dos bons/ Que sustentam o peso do irmão. 117 DEUS VEM FALAR 1. Deus vem falar ao coração / Eis que findou a escravidão / Vamos ouvir Deus vai falar / Aleluia, aleluia, aleluia! 2. Quando o Senhor vem conversar / Vem como Pai nos libertar / Vamos ouvir, Deus vai falar /Aleluia, aleluia, aleluia! 3. Novo pensar e Nova luz / Traz o Evangelho de Jesus / Vamos ouvir, Deus vai falar / Aleluia, aleluia, aleluia!
  • 40. 40 120 QUERO OUVIR TUA PALAVRA 1. Quero ouvir tua palavra / Que transforma o meu viver / Pra cantar a canção nova para o mundo Refr.: Fala Senhor, eu quero te escutar! (bis) 2. Eu quero te conhecer, / Preciso ouvir tua voz. 121 SÓ NO SILÊNCIO 1. Só no silêncio Deus se revela a você./ Só no silêncio entendemos porquê/ É importante calar/ Para ouvir a sua voz. Refr.: /:Agora é hora, de silêncio interior,/ De deixar Cristo falar,/ Sua mensagem de amor.:/ 2. É fácil encontrar-se com Deus:/ É só saber silenciar./ Em tudo Ele se faz presente,/ Até no barulho do mar.! 122 LÁ VEM VINDO A PALAVRA DE DEUS Lá vem vindo a Palavra de Deus / Vem falar do meu povo e do céu / Vem falar de justiça e de paz, ela vem / Lá vem vindo a Palavra de Deus (bis). A Palavra de Deus é bonita, é bonita demais / Ela inspira o meu povo, Ela agita, Ela traz tanta paz. Há palavras demais neste mundo / Nenhuma delas me libertará / Por viver entre crentes e ateus. Ouvirei a palavra dos homens, / Mas seguir eu só sigo a Palavra de Deus. (3x) 118 CANTEMOS ALEGRES 1. Cantemos alegres vibrantes, / Ergamos a Deus nossa voz, / Acolhamos a sua Palavra, / Que passa no meio de nós. Refr.: Cantai, cantai irmãos, cantai com amor e fé. /APalavra de Vida, aclamemos de pé. (Bis) 2. A Bíblia é o Livro Sagrado / E que muitos livros contém, / Ela é a verdade inspirada, / É nosso viver, nosso amém. 3. Ergamos bem alto a Bíblia, / Que a temos em nossas mãos, / Com um beijo firmemos a crença / Em Deus que abençoa, irmãos. 4. Presente se faz na História, / Por sua Palavra e ação, / Nosso Deus que caminha com o povo, / presente se faz no irmão 119 PROCISSÃO DA PALAVRA Refr.: A comunidade, dança alegre e canta,/ Acolhendo agora a Palavra Santa. 1. A Palavra vem, vem nos libertar, como vento forte vem nos arrastar. 2. A Palavra vem, fala ao coração, chega como a chuva, fecundando o chão. 3. Bem-aventurado, e povo feliz, quem vive a Palavra e a Deus bem, diz. 4. Vamos caminhar, irmãs e irmãos, já chegou a hora da nossa missão. 5. Aleluia, irmãos, Jesus vai falar, o santo Evangelho vamos aclamar!
  • 41. 41 127 A NÓS DESCEI Refr.:Anós descei, divina luz, a nós descei, divina luz./: Em nossas almas acendei /:O amor, o amor de Jesus.:/ 1. Vinde, Santo Espírito, e do céu mandai/ Luminoso raio, luminoso raio. Vinde, Pai dos pobres, doador dos dons,/ Luz dos corações, luz dos corações. 2. Grande defensor em nós habitai/ E nos confortai, e nos confortai. Na fadiga pouso, e no ardor brandura/ E na dor ternura, e na dor ternura. 3. Ó luz venturosa, divinais clarões, encham os corações, encham os corações./ Sem o tal poder, em qualquer vivente, nada de inocente, nada de inocente. 4. Lavai o impuro, e regai o seco, sarai o enfermo, sarai o enfermo. Dobrai a dureza, aquecei o frio, livrai do desvio, livrai do desvio. 5. Aos fiéis que oram, com vibrantes sons, dai os sete dons, dai os setes dons. Dai virtude e prêmio e no fim dos dias, eterna alegria, eterna alegria. Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! 128 ALELUIA, VEM, SENHOR, NOS ENSINAR Aleluia, aleluia, aleluia,/ Vem, Senhor, nos ensinar!/ Aleluia, aleluia, aleluia,/ Nós queremos te escutar. 1. Teu mandamento é a lei que nos governa,/ Tu tens palavras de luz e vida eterna. 123 VEM, ESPÍRITO SANTO Refr.: /: Vem, Espírito Santo, vem,/ Vem iluminar.:/ 1. Nossos caminhos vem iluminar,/ Nossas ideias vem iluminar./ Nossas angústias vem iluminar,/ As incertezas vem iluminar. 2. Nosso encontro vem iluminar,/ Nossa história vem iluminar,/ Toda a Igreja vem iluminar,/ A humanidade vem iluminar. 124 BENDITA A PALAVRA Refr.: Bendita (3x) a Palavra do Senhor./ Bendito (3x) quem a vive com amor. A Palavra de Deus escutai./ No Evangelho Jesus vai falar:/ “ A justiça do reino do Pai,/ Procurai em primeiro lugar”. 125 EU VIM PARA ESCUTAR 1. Eu vim para escutar... Refr.: /: Tua palavra, tua palavra,/ Tua palavra de amor.:/ 2. Eu gosto de escutar... 3. Eu quero entender melhor... 4. O mundo ainda vai viver... 126 VAI FALAR NO EVANGELHO Vai falar no Evangelho/ Jesus Cristo. Aleluia./ Sua palavra é alimento/ Que dá vida.Aleluia Refr.: /: Glória a ti, Senhor,/ Toda graça e louvor.:/
  • 42. 42 129 TODA A BÍBLIA Refr.: Toda a Bíblia é comunicação./ De um Deus/ - /Amor, de um Deus/ - /Irmão./ É feliz quem crê na Revelação,/ Quem tem Deus no coração. 1. Jesus Cristo é a palavra,/ Pura imagem de Deus Pai./ Ele é vida e verdade,/ A suprema caridade. 2. Os profetas sempre mostram/ A vontade do Senhor./ Precisamos ser profetas,/ Para o mundo ser melhor. 3. Nossa fé se fundamenta,/ Nas palavras dos apóstolos./ João, Mateus, Marcos e Lucas/ Transmitiram esta fé. 4. Vinde a nós, ó Santo Espírito, Vinde nos iluminar/ A Palavra que nos salva/ Nós queremos conservar. 130 JESUS CRISTO Refr.: Jesus Cristo ontem, hoje e sempre! Ontem, hoje e sempre, aleluia! 1. Ele é a imagem do Deus invisível, o Primogênito da criação. Tudo o que existe foi nele criado, nele encontramos a Redenção. 2. Ele é cabeça da Igreja, seu corpo, o Primogênito entre os mortais. Que nele habite a vida mais plena, foi do agrado de nosso Pai. 3. Reconciliou todas as criaturas dando-nos paz pelo sangue da cruz. Deus nos tirou do império das trevas, e nos chamou a viver na luz. 131 A ESCRITURA NOS DOIS TESTAMENTOS 1. A escritura nos dois testamentos,/ É a palavra inspirada por Deus./ É o Pai educando seus filhos,/ É o Pai revelando-se aos seus. Refr.: /: Nós amamos a Bíblia sagrada,/ Paternal testamento de Deus.:/ 2. Profecias, exemplos, doutrinas/ Aprendamos, fazei- nos, Senhor,/ Conhecer-vos na Bíblia sagrada,/ De que sois principal escritor. 132 PALAVRAS SANTAS Refr.: /:Palavras santas do Senhor/ Eu gravarei no coração.:/ 1. Vossa palavra é uma luz a iluminar/ O vosso povo em marcha alegre para o Pai. 2. Palavra viva, penetrante e eficaz/ Que nos dá força, nos dá vida, amor e paz. 3. De muitos modos Deus falou a nossos pais,/ Ultimamente por seu Filho nos falou. 133 VAI FALAR Vai falar, vai falar, no Evangelho Jesus vai falar. (Bis) Oxalá nossa luz seja sempre o Cristo Jesus! (Bis) /:Já falou, já falou. No Evangelho Jesus já falou.:/: Oxalá, o louvor seja dado a Cristo Senhor!:/
  • 43. 43 134 TODA SEMENTE 1. Toda semente é um anseio de frutificar,/ E todo fruto é uma forma de a gente se dar. Refr.: Põe a semente na terra,/ Não será em vão/ Não te preocupe a colheita: / Plantas para o irmão. 2. Toda palavra é um anseio de comunicar,/ E toda fala é uma forma de a gente se dar. 3. Todo tijolo é um anseio de edificar,/ E toda obra é uma forma de a gente se dar. 135 QUERO LEVAR A BÍBLIA 1. Quero levar esta Bíblia,/ Ir cantando em procissão;/ Ir feliz como quem leva/ A luz do céu em sua mão. Refr.: Ergo bem alto esta Bíblia;/ Ei-la entre nós e o bom Deus!/ É bênção que à terra desce,/ É prece que sobe aos céus; 2. Quero nas mãos este livro,/ Vou levá-lo aonde for!/ E o levo pela vida, e ele me leva ao Senhor! 3. Quero beijar esta Bíblia,/ Como beijo sempre, sim!/ Mão de Pai que me abençoa,/ e Mãe sorrindo para mim! 136 DÁ-ME A PALAVRA CERTA Refr.: Dá-me a palavra certa na hora certa e do jeito certo e pra pessoa certa. Dá-me a cantiga certa na hora certa e do jeito certo e pra pessoa certa. 1. Palavra é como pedra, preciosa, sim. Quem sabe o valor cuida bem do que diz. Palavra é como brasa: queima até o fim. Quem sabe o que diz há de ser mais feliz. 2. Palavra é como pedra, preciosa, sim. Quem sabe o valor cuida bem do que diz. Palavra é como brasa: queima até o fim. Quem sabe o que diz... vai levar a palavra. 137 BUSCAI PRIMEIRO 1. Buscai primeiro o Reino de Deus/ E a sua justiça,/ E tudo o mais vos será acrescentado,/ Aleluia,Aleluia. 2. Não só de pão o homem viverá,/ Mas de toda a palavra/ Que procede da boca de Deus,/ Aleluia,Aleluia. 3. Se vos perseguem por causa de mim,/ Não esqueçais o porquê!/ Não é o servo maior que o Senhor,/Aleluia,Aleluia. 138 PALAVRAS DE SALVAÇÃO Refr.: Palavras de salvação / Somente o céu tem pra dar./ Por isso meu coração / Se abre para escutar. 1. Por mais difícil que seja seguir/ Tua palavra queremos ouvir./ Por mais difícil de se praticar / Tua palavra queremos guardar. 2. Com Simão Pedro diremos também / Que não é fácil dizer sempre amém. / Mas não há outro na terra e no céu / Mais companheiro, mais santo e fiel.
  • 44. 44 139 PELA PALAVRA DE DEUS Refr.: Pela palavra de Deus/ Saberemos por onde andar!/ Ela é luz e verdade,/ Precisamos acreditar;/ 1. Cristo me chama, Ele é o Pastor,/ Sabe meu nome; fala, Senhor. 2. Sei que a resposta vem do meu ser: “quero seguir-te para viver” 3. Mãos estendidas pedem meu pão, devo parti-lo com meu irmão. 140 SENHOR, EU QUERO 1. Senhor, eu quero lhe fazer uma canção, de coração, cantar o seu amor. Sua bondade é bem maior do que os céus, a terra inteira canta, alegre, o seu louvor! Refr.: Sua palavra fala da vida! Sua palavra fala de amor! (bis) 2. Senhor, eu quero anunciar aos meus irmãos, o seu amor que cuida assim de nós. Não temos medo, estamos sempre em suas mãos! Sua Palavra será vida em nossa voz! 141 SANTO LIVRO /:Santo Livro! Santo Livro! Louvado seja Deus por seus autores/ Louvado seja Deus por seus leitores. Santo Livro! Santo Livro! / Santo Livro que me ensina a contemplar Santo Livro! Santo Livro! / Santo Livro que me ensina a caminhar :/ 1. Quem te lê com amor e com fé, Santo Livro, certamente viverá melhor. Quem te estuda querendo aprender, Santo Livro, saberá caminhar, saberá. 142 TEU POVO AQUI REUNIDO 1. Teu povo aqui reunido, procura vida nova. Tu és a esperança, o Deus que nos consola. Refr.: /: Fala, Senhor, fala da vida. Só tu tens palavras eternas, queremos ouvir.:/ 2. São tantos os apelos que vêm dos oprimidos. Tu és quem liberta, o Deus dos esquecidos. 143 É COMO A CHUVA QUE LAVA Refr.: É como a chuva que lava, é como o fogo que arrasa; tua Palavra é assim não passa por mim sem deixar um sinal. 1. Tenho medo de não responder, de fingir que não escutei. /: Tenho medo de ouvir teu chamado virar do outro lado e fingir que não sei:/ 2. Tenho medo de não perceber, de não ver teu amor passar. /:Tenho medo de estar distraído, magoado e ferido e então me fechar:/ 3. Tenho medo de estar a gritar e negar-te o meu coração. /:tenho medo do Cristo que passa, oferece uma graça e eu lhe digo que não:/ 144 ALELUIA A MINH'ALMA ABRIREI Aleluia, aleluia a minh'alma abrirei. / Aleluia, aleluia, Cristo é meu Rei! (3x)
  • 45. 45 145 CHEGOU A HORA DA ALEGRIA Refr.: Chegou a hora da alegria,/: vamos ouvir esta palavra que nos guia.:/ 1. Tua palavra vem chegando bem veloz. Por todo canto hoje se escuta tua voz. (bis) 2. Nada se cria sem a força e o calor, que sai da boca de Deus, nosso criador. (bis) 3. A tua lei, ó meu Senhor, é perfeição, conforta a alma e nos educa pra união.(bis) 4. O mandamento de meu Deus é retidão. É luz nos olhos e prazer no coração. (bis) 5. Esta é a Palavra da certeza e da justiça, que nos liberta da opressão e da cobiça. (bis) 146 ALELUIA, PONHO-ME A OUVIR /: Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!:/ Ponho-me a ouvir: o que o Senhor dirá? Ele vai falar, vai falar de paz. Pela minha voz e pelas minhas mãos Jesus Cristo vai, vai falar de paz. 147 TUA PALAVRA ME ANIMA Refr.: Aleluia, aleluia! (Aleluia) Aleluia, aleluia! (Aleluia) / Aleluia, aleluia! Aleluias ao Senhor! 1. Quando meu barco vacila / Nas ondas bravas do mar / Tua palavra me anima: / "Coragem, sou EU!" Quando não tenho palavras / Todos tramando meu fim / O teu Espírito fala:/"Não temas, sou EU!» 148 A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS Refr.: A Bíblia é a Palavra de Deus / Semeada no meio do povo / Que cresceu, cresceu e nos transformou / Ensinando- nos viver um mundo novo. 1. Deus é bom, nos ensina a viver / Nos revela o caminho a seguir / Só no amor partilhando seus dons / Sua presença iremos sentir. 2. Somos povo, o povo de Deus / E formamos o reino de irmãos / E a palavra que é viva nos guia / E alimenta a nossa união. 149 A VOSSA PALAVRA, SENHOR Refr.: A vossa palavra, Senhor,/ É sinal de interesse por nós. (bis) 1. Como um pai ao redor de sua mesa,/ Revelando seus planos de amor. 2. É feliz quem escuta a palavra/ E a guarda no seu coração. 3 . N e s t e e n c o n t r o d a Eucaristia/ Aprendemos a grande lição. 150 ALELUIA, QUANDO ESTAMOS UNIDOS Refr.: Aleluia, aleluia, aleluia (2x) 1. Quando estamos unidos, / Estás entre nós / E nos falarás da Tua vida. 2. Este nosso mundo / Sentido terá / SeTua palavra renovar.
  • 46. 46 151 LUZ PARA O MEU CAMINHO Refr.: Aleluia... Aleluia, Aleluia! / Aleluia...Aleluia,Aleluia! (Bis) 1. Quero ouvir o que o Senhor irá falar / Tua palavra vai minha vida transformar / Luz para o meu caminho, verdade e vida! 152 ALELUIA, DEUS SE ENCONTRA COM SEU POVO 1. Nosso Deus é o verdadeiro Deus, / Vem falar ao coração dos seus / Em seu filho nosso irmão encontrou-nos / E no encontro revelou-se amor Refr.: Aleluia, Deus se encontra com seu povo / Na palavra nos indica um mundo novo. (bis) 2 . T o d o e n c o n t r o é comunicação, / Sintonia de libertação / No Evangelho Jesus Cristo nos fala, / Na Palavra ele se torna luz 153 ALELUIA! COM ALEGRIA ACLAMEMOS Aleluia! Aleluia! Aleluia! / Com alegria, aclamemos / A Palavra do Senhor! 1. Fala Senhor que teu servo te escuta, / Tua Palavra fortalece a nossa luta. 2. Só Tu tens palavras eternas de vida, / Luz pra guiar e iluminar nossa lida. 154 ALELUIA, VAMOS ACLAMAR O EVANGELHO Refr.: Aleluia, Aleluia/ Vamos aclamar o Evangelho, aleluia. (Bis) 1. Cristo vive no meio da gente/ Ontem, hoje, eternamente/ Cada dia nos chama à conversão. 2 . O E v a n g e l h o s e r á proclamado / O mistério, revelado/ Corações e olhares, atenção. 155 BOA NOVA Refr.: Aleluia, Aleluia/ Boa nova de Deus chegando a nós. (bis) 1. Tudo o que fala Jesus / Revela o pensar e a palavra de Deus. 2. Toda ação de Jesus / Revela de Deus a maneira de agir. 3. Todo o amor de Jesus / Revela do Pai a maneira de amar. 156 MEU CORAÇÃO TRANSBORDA 1. Meu coração transborda de amor, porque meu Deus é um Deus de amor. / Minha alma está repleta de paz, porque Jesus é minha paz. Refr.: Eu digo Aleluia (5X) Eu digo porque. Eu digo Aleluia (5x) Aleluia.Amém.
  • 47. CreioCreio 47 remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. 158 EU CREIO 1. Eu creio em ti, Deus-Pai, divino criador. Eu creio em ti, Deus- Mãe, fonte do puro amor/: Eu creio em Ti, Deus-irmão, luz na escuridão. Jesus libertador.:/ 2. Não creio em Deus sem nome, sem rosto e sem lugar. Não creio no Deus dos homens, que vivem a escravizar./: Meu Deus é força de vida, e a classe oprimida, vem firme livrar.:/ 3. Creio na força nova, vinda da união./: Creio no companheiro, fiel de coração. Creio no irmão que foi morto, lutando disposto por libertação.:/ 157 CREIO! CREIO! AMÉM! Refr.: Ass: Creio, Creio, Amém! (bis) 1. Creio em Deus Pai todo- poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; 2. Nasceu da Virgem Maria; padeceu sob Pôncio Pilatos; foi crucificado, morto e sepultado. Desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; 3. Subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo- poderoso; donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. 4. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos; na
  • 48. 48 161 CREIO, SENHOR Refr.: Creio, Senhor, mas aumentai minha fé! 1. Eu creio em Deus, Pai onipotente/ Criador da terra e do céu. 2. Creio em Jesus, nosso irmão,/ Verdadeiramente Homem - Deus. 3. Creio também no Espírito de amor,/ Grande dom que a Igreja recebeu. 162 CREIO Eu creio, eu creio, eu creio no meu Deus Creio em Deus Pai todo poderoso,/ Criador do céu e da terra. Creio num Deus que tudo criou/ Creio num Pai que sempre me amou. Creio em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor/ Que foi concebido pelo poder do Espírito Santo/ Nasceu da Virgem Maria/ Padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado, desceu à mansão dos mortos. Ressuscitou ao terceiro dia/ subiu ao céu e está sentado à direita de Deus Pai, todo Poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica/ Na comunhão dos santos/ Na remissão dos pecados/ Na ressurreição da carne. E creio na vida eterna. 159 CREIO EM TI 1. Creio em Ti ao ver que a chuva cai e faz a flor nascer. Creio em Ti pois sei que quando é noite aqui, é dia ali. Creio em Ti porque me deste o riso e a dor, me deste o amor, do teu amor./ Creio em Ti, creio emTi. 2. Se a paz sobre nós seu véu descer, eu creio em Ti. Se a tempestade a terra abalar, eu creio em Ti. / Cada vez que neste mundo eu escutar alguém cantar, alguém chorar, direi então: creio emTi. 160 NÓS CREMOS Refr.: Nós cremos que Deus é nossa vida,/ Nós cremos que Deus está co’a gente. /: Jesus Cristo é Deus nosso irmão,/ Seu Espírito na Igreja está presente.:/ 1. Nós cremos que a vida de Deus/ Se espalha no mundo inteiro. 2 . N ó s c r e m o s q u e o sofrimento/ E a morte em Jesus é vida. 3. Nós cremos que em Jesus Cristo/ Deus nasceu pra viver conosco. 4 . N ó s c r e m o s q u e a ressurreição/ É a vida que vence a morte. 5. Nós cremos que a Igreja de Deus/ É o corpo de Cristo vivo. 6. Nós cremos que Deus nos acolhe,/ Seu amor nos perdoa sempre. 7. Nós cremos que em Deus nos unimos/ Nem a morte nos separará.
  • 49. Preparação das Oferendas Preparação das Oferendas 49 163 MUITOS GRÃOS DE TRIGO 1. Muitos grãos de trigo se tornaram pão. Hoje são teu Corpo, ceia e comunhão. Muitos grãos de trigo se tornaram pão. Refr.: Toma, Senhor, nossa vida em ação, para mudá-la em fruto e missão! Toma, Senhor, nossa vida em ação, para mudá- la em missão. 2. Muitos cachos de uva se tornaram vinho. Hoje são teu Sangue, força no caminho. Muitos cachos de uva se tornaram vinho. 3. Muitas são as vidas feitas vocação. Hoje oferecidas em consagração. Muitas são as vidas feitas vocação. 164 O PÃO AMASSADO 1. O pão amassado, a uva pisada:/ Eis a oblação./ Pastores sofridos, o pobre esquecido, e o povo sem pão. Refr.: /: Quero ser fiel a Deus/ Respondendo à vocação./ Quero ser junto do povo/ um irmão entre os irmãos.:/ 2. O tempo e a idade, o bem e a verdade, a paz e o perdão,/ Vigor, e esperança, amor, confiança jamais faltarão. 3. A dor, alegria, a vida vazia/ De tantos irmãos/ cansados, vencidos,/ Também oprimidos, ofertas serão.