SlideShare uma empresa Scribd logo
L i m i t e s
Somos as primeiras gerações de pais decididos a não repetir com  os filhos , os erros de nossos   progenitores...
...e com o  esforço  de   abolirmos   os  abusos   do passado...
...somos os pais mais   dedicados   e   compreensivos    mas,  por outro lado...
...os mais  bobos  e  inseguros  que já houve na história .
O grave é que estamos lidando com crianças mais  “espertas”  do que nós, ousadas, e mais  “poderosas”  que nunca!
Parece que, em nossa tentativa de  sermos os pais  que queríamos ser, passamos de  um extremo ao outro.
Assim, somos a última geração de filhos que  obedeceram  a   seus pais...
... e a primeira geração de pais que  obedecem  a seus filhos .
Os últimos que tivemos  medo  dos pais....
...e os primeiros que  tememos   os filhos.
Os últimos que  cresceram  sob o  mando  dos pais...
E os primeiros que  vivem  sob o  jugo  dos filhos.
E, o que é  pior...     ...os últimos que  respeitamos  nossos pais...     ( ÀS  vezes sem escolhas...)
...e os primeiros que aceitamos que nossos filhos nos  faltem  com o respeito.
À medida que o  permissível  substituiu o  autoritarismo,  os termos das relações familiares mudou de forma radical...
...para o  bem  e para o  mal .
Com efeito, antes se considerava um  bom  pai, aquele cujos filhos se comportavam  bem , obedeciam suas ordens, e os tratavam com o devido  respeito.
E  bons filhos,  as crianças que eram  formais , e  veneravam  seus pais, mas à medida em que as fronteiras  hierárquicas  entre nós e nossos filhos foram  se  desvanecendo...
...hoje, os  bons  pais são aqueles que conseguem que seus filhos os  amem,  ainda que  pouco o respeitem.
E são os  filhos , quem agora, esperam  respeito  de seus pais, pretendendo de tal maneira que  respeitem suas idéias , seus gostos, suas preferências e sua forma de  agir e viver.
E que além disso, que  patrocinem  no que necessitarem  para tal fim .
Quer dizer ;  os papéis se  inverteram. Agora  são os pais que têm que agradar a seus filhos para  “ganhá-los”  e não o inverso como no passado .
Isto explica  o esforço  que fazem  tantos pais e mães para serem os melhores amigos e  “darem tudo” a seus filhos.
Dizem que os  extremos  se atraem. ..... Se o  autoritarismo  do passado encheu os filhos de  medo  de seus pais... .
...a  debilidade  do presente os preenche de  medo  e  menosprezo... aos nos verem tão  débeis  e  perdidos  como eles.
Os filhos precisam perceber que  durante a infância,  estamos à frente de suas vidas,  como líderes  capazes de sujeitá-los quando não os podemos conter...
... e de  guiá-los,  enquanto  não  sabem para  onde vão...
É assim que evitaremos que as novas gerações se  afoguem  no  descontrole  e  tédio  no qual está afundando uma sociedade que parece ir  à deriva , sem parâmetros  nem destino .
Se o autoritarismo  suplanta , o permissível  sufoca.
Apenas uma atitude  firme,   respeitosa , lhes permitirá confiar em nossa  idoneidade  para governar suas vidas enquanto forem menores, porque vamos à frente  liderando - os...
...e não   atrás,   carregando - os   e   rendidos   às   suas vontades .
Os  limites   abrigam   o  indivíduo. Com  amor  ilimitado e    profundo   respeito .
Formatação Tea Lótus Texto Mônica Monastério ( Madrid-Espanha  ). [email_address]
 
.
Isto explica o esforço quen fazem hoje tantos pais para “darem”
 
 
 
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Limites
LimitesLimites
Limites
LimitesLimites
Limites
Everaldo Vs
 
Para reflectir/Limites
Para reflectir/LimitesPara reflectir/Limites
Para reflectir/Limites
gueste4ef0d
 
Limites
LimitesLimites
Limites
Aldo Cioffi
 
Limites
LimitesLimites
Limites
LimitesLimites
Limites
LimitesLimites
Limites Entre Pais E Filhos
Limites Entre Pais E FilhosLimites Entre Pais E Filhos
Limites Entre Pais E Filhos
anapaulacarrasqueira1
 
Limites
LimitesLimites

Mais procurados (9)

Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Para reflectir/Limites
Para reflectir/LimitesPara reflectir/Limites
Para reflectir/Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites Entre Pais E Filhos
Limites Entre Pais E FilhosLimites Entre Pais E Filhos
Limites Entre Pais E Filhos
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 

Destaque

Novo Ano
Novo AnoNovo Ano
Novo Ano
Cristina Lares
 
O que eh saude
O que eh saudeO que eh saude
O que eh saude
Ivy Marins
 
Saúde: Esperar, pagar ou morrer?
Saúde: Esperar, pagar ou morrer?Saúde: Esperar, pagar ou morrer?
Saúde: Esperar, pagar ou morrer?
Sarah Karenina
 
Ano novo vida nova
Ano novo vida novaAno novo vida nova
Ano novo vida nova
Alzira Tavares
 
Caio prado jr
Caio prado jrCaio prado jr
Caio prado jr
Ivy Marins
 
Lenda de cabanas de viriato
Lenda de cabanas de viriatoLenda de cabanas de viriato
Lenda de cabanas de viriato
Cristina Lares
 
Psicologia Positiva e os Movimentos que Mudaram a Humanidade
Psicologia Positiva e os Movimentos que Mudaram a HumanidadePsicologia Positiva e os Movimentos que Mudaram a Humanidade
Psicologia Positiva e os Movimentos que Mudaram a Humanidade
psimais
 
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégias
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégiasPrograma de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégias
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégiaspsimais
 
Psi+ e o futebol
Psi+ e o futebolPsi+ e o futebol
Psi+ e o futebol
psimais
 
Guia do terapeuta : bons pensamentos e bons sentimentos
Guia do terapeuta  : bons pensamentos e bons sentimentosGuia do terapeuta  : bons pensamentos e bons sentimentos
Guia do terapeuta : bons pensamentos e bons sentimentos
Caroline Tonoli
 
Conceituação cognitiva
Conceituação cognitivaConceituação cognitiva
Conceituação cognitiva
Sarah Karenina
 
Animais da quinta1
Animais da quinta1Animais da quinta1
Animais da quinta1
LurdesRFernandes
 
A cigarra e a formiga
A cigarra e a formigaA cigarra e a formiga
A cigarra e a formiga
LurdesRFernandes
 
Gestão de Pessoas e segurança do trabalho
Gestão de Pessoas e segurança do trabalhoGestão de Pessoas e segurança do trabalho
Gestão de Pessoas e segurança do trabalho
Sarah Karenina
 
Introdução ao THS - Treinamento em Habilidades Sociais: Teoria e Prática
Introdução ao THS - Treinamento em Habilidades Sociais: Teoria e PráticaIntrodução ao THS - Treinamento em Habilidades Sociais: Teoria e Prática
Introdução ao THS - Treinamento em Habilidades Sociais: Teoria e Prática
psimais
 
Avaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamentalAvaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamental
Elizabeth Barbosa
 
Trabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticosTrabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticos
Sarah Karenina
 
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCC
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCCIdentificando e mudando as crenças intermediárias - TCC
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCC
Sarah Karenina
 
Exercícios de Crenças
Exercícios de CrençasExercícios de Crenças
Exercícios de Crenças
psimais
 
Quando me sinto... assustado
Quando me sinto... assustadoQuando me sinto... assustado
Quando me sinto... assustado
Cristina Lares
 

Destaque (20)

Novo Ano
Novo AnoNovo Ano
Novo Ano
 
O que eh saude
O que eh saudeO que eh saude
O que eh saude
 
Saúde: Esperar, pagar ou morrer?
Saúde: Esperar, pagar ou morrer?Saúde: Esperar, pagar ou morrer?
Saúde: Esperar, pagar ou morrer?
 
Ano novo vida nova
Ano novo vida novaAno novo vida nova
Ano novo vida nova
 
Caio prado jr
Caio prado jrCaio prado jr
Caio prado jr
 
Lenda de cabanas de viriato
Lenda de cabanas de viriatoLenda de cabanas de viriato
Lenda de cabanas de viriato
 
Psicologia Positiva e os Movimentos que Mudaram a Humanidade
Psicologia Positiva e os Movimentos que Mudaram a HumanidadePsicologia Positiva e os Movimentos que Mudaram a Humanidade
Psicologia Positiva e os Movimentos que Mudaram a Humanidade
 
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégias
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégiasPrograma de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégias
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégias
 
Psi+ e o futebol
Psi+ e o futebolPsi+ e o futebol
Psi+ e o futebol
 
Guia do terapeuta : bons pensamentos e bons sentimentos
Guia do terapeuta  : bons pensamentos e bons sentimentosGuia do terapeuta  : bons pensamentos e bons sentimentos
Guia do terapeuta : bons pensamentos e bons sentimentos
 
Conceituação cognitiva
Conceituação cognitivaConceituação cognitiva
Conceituação cognitiva
 
Animais da quinta1
Animais da quinta1Animais da quinta1
Animais da quinta1
 
A cigarra e a formiga
A cigarra e a formigaA cigarra e a formiga
A cigarra e a formiga
 
Gestão de Pessoas e segurança do trabalho
Gestão de Pessoas e segurança do trabalhoGestão de Pessoas e segurança do trabalho
Gestão de Pessoas e segurança do trabalho
 
Introdução ao THS - Treinamento em Habilidades Sociais: Teoria e Prática
Introdução ao THS - Treinamento em Habilidades Sociais: Teoria e PráticaIntrodução ao THS - Treinamento em Habilidades Sociais: Teoria e Prática
Introdução ao THS - Treinamento em Habilidades Sociais: Teoria e Prática
 
Avaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamentalAvaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamental
 
Trabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticosTrabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticos
 
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCC
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCCIdentificando e mudando as crenças intermediárias - TCC
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCC
 
Exercícios de Crenças
Exercícios de CrençasExercícios de Crenças
Exercícios de Crenças
 
Quando me sinto... assustado
Quando me sinto... assustadoQuando me sinto... assustado
Quando me sinto... assustado
 

Semelhante a Limites 3

Limites
LimitesLimites
Limites
João Leandro
 
Limites
LimitesLimites
Limites
LimitesLimites
Limites
LimitesLimites
Limites
LimitesLimites
Limites
Anjovison .
 
Limites
LimitesLimites
Limites
LimitesLimites
Limites
LimitesLimites
Limites
Maria Sousa
 
limites na educação dos nossos filhos.pptx
limites na educação dos nossos filhos.pptxlimites na educação dos nossos filhos.pptx
limites na educação dos nossos filhos.pptx
AparecidaMoreiraSouz
 
limites
limites limites
limites
Rei da Música
 
limites
limiteslimites
Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.
carlos freire
 
L i m i t e s
L i m i t e sL i m i t e s
L i m i t e s
Marcio Jose Teixeira
 
Limites
LimitesLimites
LIMITES
LIMITESLIMITES
LIMITES
R Gómez
 
Limites
LimitesLimites
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 602 an 14 dezembro_2016.ok (1)
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 602 an 14 dezembro_2016.ok (1)AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 602 an 14 dezembro_2016.ok (1)
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 602 an 14 dezembro_2016.ok (1)
Roberto Rabat Chame
 

Semelhante a Limites 3 (17)

Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
limites na educação dos nossos filhos.pptx
limites na educação dos nossos filhos.pptxlimites na educação dos nossos filhos.pptx
limites na educação dos nossos filhos.pptx
 
limites
limites limites
limites
 
limites
limiteslimites
limites
 
Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.
 
L i m i t e s
L i m i t e sL i m i t e s
L i m i t e s
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
LIMITES
LIMITESLIMITES
LIMITES
 
Limites
LimitesLimites
Limites
 
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 602 an 14 dezembro_2016.ok (1)
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 602 an 14 dezembro_2016.ok (1)AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 602 an 14 dezembro_2016.ok (1)
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 602 an 14 dezembro_2016.ok (1)
 

Último

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
Momento da Informática
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
joaovmp3
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 

Último (6)

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 

Limites 3

  • 1. L i m i t e s
  • 2. Somos as primeiras gerações de pais decididos a não repetir com os filhos , os erros de nossos progenitores...
  • 3. ...e com o esforço de abolirmos os abusos do passado...
  • 4. ...somos os pais mais dedicados e compreensivos mas, por outro lado...
  • 5. ...os mais bobos e inseguros que já houve na história .
  • 6. O grave é que estamos lidando com crianças mais “espertas” do que nós, ousadas, e mais “poderosas” que nunca!
  • 7. Parece que, em nossa tentativa de sermos os pais que queríamos ser, passamos de um extremo ao outro.
  • 8. Assim, somos a última geração de filhos que obedeceram a seus pais...
  • 9. ... e a primeira geração de pais que obedecem a seus filhos .
  • 10. Os últimos que tivemos medo dos pais....
  • 11. ...e os primeiros que tememos os filhos.
  • 12. Os últimos que cresceram sob o mando dos pais...
  • 13. E os primeiros que vivem sob o jugo dos filhos.
  • 14. E, o que é pior... ...os últimos que respeitamos nossos pais... ( ÀS vezes sem escolhas...)
  • 15. ...e os primeiros que aceitamos que nossos filhos nos faltem com o respeito.
  • 16. À medida que o permissível substituiu o autoritarismo, os termos das relações familiares mudou de forma radical...
  • 17. ...para o bem e para o mal .
  • 18. Com efeito, antes se considerava um bom pai, aquele cujos filhos se comportavam bem , obedeciam suas ordens, e os tratavam com o devido respeito.
  • 19. E bons filhos, as crianças que eram formais , e veneravam seus pais, mas à medida em que as fronteiras hierárquicas entre nós e nossos filhos foram se desvanecendo...
  • 20. ...hoje, os bons pais são aqueles que conseguem que seus filhos os amem, ainda que pouco o respeitem.
  • 21. E são os filhos , quem agora, esperam respeito de seus pais, pretendendo de tal maneira que respeitem suas idéias , seus gostos, suas preferências e sua forma de agir e viver.
  • 22. E que além disso, que patrocinem no que necessitarem para tal fim .
  • 23. Quer dizer ; os papéis se inverteram. Agora são os pais que têm que agradar a seus filhos para “ganhá-los” e não o inverso como no passado .
  • 24. Isto explica o esforço que fazem tantos pais e mães para serem os melhores amigos e “darem tudo” a seus filhos.
  • 25. Dizem que os extremos se atraem. ..... Se o autoritarismo do passado encheu os filhos de medo de seus pais... .
  • 26. ...a debilidade do presente os preenche de medo e menosprezo... aos nos verem tão débeis e perdidos como eles.
  • 27. Os filhos precisam perceber que durante a infância, estamos à frente de suas vidas, como líderes capazes de sujeitá-los quando não os podemos conter...
  • 28. ... e de guiá-los, enquanto não sabem para onde vão...
  • 29. É assim que evitaremos que as novas gerações se afoguem no descontrole e tédio no qual está afundando uma sociedade que parece ir à deriva , sem parâmetros nem destino .
  • 30. Se o autoritarismo suplanta , o permissível sufoca.
  • 31. Apenas uma atitude firme, respeitosa , lhes permitirá confiar em nossa idoneidade para governar suas vidas enquanto forem menores, porque vamos à frente liderando - os...
  • 32. ...e não atrás, carregando - os e rendidos às suas vontades .
  • 33. Os limites abrigam o indivíduo. Com amor ilimitado e profundo respeito .
  • 34. Formatação Tea Lótus Texto Mônica Monastério ( Madrid-Espanha ). [email_address]
  • 35.  
  • 36. .
  • 37. Isto explica o esforço quen fazem hoje tantos pais para “darem”
  • 38.  
  • 39.  
  • 40.  
  • 41.