SlideShare uma empresa Scribd logo
O Sapo enamorado




!




      O Sapo enamorado   1
Era   uma vez um sapo
chamado Crispim. Vivia à
beira de um lago e tinha
muitos amigos, mas não era
feliz...


          O Sapo enamorado   2
Sentia-se triste, aborrecido,
mas não sabia porquê... Não
tinha fome, não lhe apetecia
fazer nada e, às vezes, nem
saía da cama...

           O Sapo enamorado   3
F a r t a v a - s e d e c h o r a r,
vagueava pelos campos e
falava com os amigos. No
entanto, nada o conseguia
animar.

              O Sapo enamorado     4
Um dia, quando passeava na floresta,
encontrou o seu amigo Pintas, o porquinho,
que lhe perguntou:
- Então, Crispim, o que é que se passa
  contigo? Nunca mais me foste visitar... e
  tens um ar tão triste!
- Não sei o que se passa comigo. Estou
  nostálgico, sem vontade de fazer nada...
- Já sei! Estás apaixonado, só pode ser isso!
  Quem é a felizarda?!
- Talvez seja isso mesmo! Por enquanto, é
  segredo...
                  O Sapo enamorado          5
Em casa, pôs-se a pensar e, depois
de muito matutar, chegou à conclusão
que, de facto, estava apaixonado pela
pata Luana.
Colocou a chaleira ao lume e sentou-
se à mesa.
Queria escrever-lhe uma carta, mas
começou por desenhar um coração...

               O Sapo enamorado     6
O Sapo enamorado   7
Entretanto, a pata Luana
estava felicíssima. Recebia
flores, presentes... e até uma
carta de Amor. Quem seria o
seu admirador secreto?


           O Sapo enamorado   8
O sapo Crispim queria
impressionar a sua amada. O que
poderia fazer? Talvez saltar...
            O Sapo enamorado   9
Crispim começou a treinar,
até conseguir saltar tão alto,
que tocava nas nuvens.
To d o s o s s e u s a m i g o s
começaram a aplaudi-lo, mas
a pata Luana não parecia
muito impressionada...
            O Sapo enamorado   10
O sapo Crispim decidiu, então, fazer
uma serenata.
Ele sabia tocar violino, pois tinha
aprendido na escola da cigarra
Bailarina.
Preparou uma música romântica e,
numa noite de luar, pôs-se a tocar em
frente à janela da pata Luana (onde
ela colocara um lenço encarnado).
              O Sapo enamorado     11
Crispim olhava esperançado para a
janela, à espera que a Luana
aparecesse...
Passados alguns minutos, ela abriu
a janela e sorriu. Era um sorriso
tímido, nervoso, mas muito feliz...
Saiu para a rua e abraçou-o,
emocionada...
             O Sapo enamorado    12
Crispim e Luana começaram
a namorar. Davam longos
passeios pela floresta, faziam
piqueniques nas clareiras e
remavam no lago. Tornaram-
se inseparáveis...
           O Sapo enamorado   13
... E viveram felizes para
sempre!

                                          FIM
História adaptada pelos alunos e professores de Educação Especial do Agrupamento de Escolas de
Boliqueime

Arranjo gráfico de Sofia Quintas



                                     O Sapo enamorado                                      14
O Sapo enamorado




      O Sapo enamorado   15

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Uma princesa diferente mini min
Uma princesa diferente mini minUma princesa diferente mini min
Uma princesa diferente mini min
PamellaSilveira3
 
Uma história de páscoa
Uma história de páscoaUma história de páscoa
Uma história de páscoa
Elisete Nunes
 
O Palhacinho
O PalhacinhoO Palhacinho
O Palhacinho
Margarida Lachica
 
Powerpoint dia do pai
Powerpoint dia do paiPowerpoint dia do pai
Powerpoint dia do pai
Patricia Carvalho
 
A fantastica maquina dos bichos
A fantastica maquina dos bichosA fantastica maquina dos bichos
A fantastica maquina dos bichos
Priscila Reis Gomes
 
O palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoletoO palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoleto
Silvares
 
O coelho que não era da páscoa
O coelho que não era da páscoaO coelho que não era da páscoa
O coelho que não era da páscoa
preescolarlagares
 
O sapo-apaixonado[1]
O sapo-apaixonado[1]O sapo-apaixonado[1]
O sapo-apaixonado[1]
teresastrecht
 
A lenda-do-tangram
A lenda-do-tangramA lenda-do-tangram
A lenda-do-tangram
Carla Ribeiro
 
Slides joaninha-diferente
Slides joaninha-diferenteSlides joaninha-diferente
Slides joaninha-diferente
bethinhapm
 
AEIOU - HISTÓRIA DAS CINCO VOGAIS
AEIOU - HISTÓRIA DAS CINCO VOGAISAEIOU - HISTÓRIA DAS CINCO VOGAIS
AEIOU - HISTÓRIA DAS CINCO VOGAIS
gigilu
 
Livro usando as mãos - história
Livro usando as mãos - históriaLivro usando as mãos - história
Livro usando as mãos - história
weleslima
 
História das figuras geométricas
História das figuras geométricasHistória das figuras geométricas
História das figuras geométricas
carlasusanafontoura
 
Livro: O-sapo-apaixonado
Livro: O-sapo-apaixonado Livro: O-sapo-apaixonado
Livro: O-sapo-apaixonado
Isa ...
 
O palhaco Tristoleto - pré mourão
O palhaco Tristoleto - pré mourãoO palhaco Tristoleto - pré mourão
O palhaco Tristoleto - pré mourão
Saudade Roxo
 
Querido pai
Querido pai Querido pai
Querido pai
AE Coimbra Sul
 
Meios de Transporte
 Meios de Transporte Meios de Transporte
Meios de Transporte
marcia soares
 
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil
Paula Naranjo
 
Rita não grita!
Rita não grita!Rita não grita!
Rita não grita!
Dulcilene Figueiredo
 

Mais procurados (20)

Uma princesa diferente mini min
Uma princesa diferente mini minUma princesa diferente mini min
Uma princesa diferente mini min
 
Uma história de páscoa
Uma história de páscoaUma história de páscoa
Uma história de páscoa
 
O Palhacinho
O PalhacinhoO Palhacinho
O Palhacinho
 
Powerpoint dia do pai
Powerpoint dia do paiPowerpoint dia do pai
Powerpoint dia do pai
 
A fantastica maquina dos bichos
A fantastica maquina dos bichosA fantastica maquina dos bichos
A fantastica maquina dos bichos
 
O palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoletoO palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoleto
 
O coelho que não era da páscoa
O coelho que não era da páscoaO coelho que não era da páscoa
O coelho que não era da páscoa
 
O sapo-apaixonado[1]
O sapo-apaixonado[1]O sapo-apaixonado[1]
O sapo-apaixonado[1]
 
A lenda-do-tangram
A lenda-do-tangramA lenda-do-tangram
A lenda-do-tangram
 
Slides joaninha-diferente
Slides joaninha-diferenteSlides joaninha-diferente
Slides joaninha-diferente
 
Vamos fazer amigos
Vamos fazer amigosVamos fazer amigos
Vamos fazer amigos
 
AEIOU - HISTÓRIA DAS CINCO VOGAIS
AEIOU - HISTÓRIA DAS CINCO VOGAISAEIOU - HISTÓRIA DAS CINCO VOGAIS
AEIOU - HISTÓRIA DAS CINCO VOGAIS
 
Livro usando as mãos - história
Livro usando as mãos - históriaLivro usando as mãos - história
Livro usando as mãos - história
 
História das figuras geométricas
História das figuras geométricasHistória das figuras geométricas
História das figuras geométricas
 
Livro: O-sapo-apaixonado
Livro: O-sapo-apaixonado Livro: O-sapo-apaixonado
Livro: O-sapo-apaixonado
 
O palhaco Tristoleto - pré mourão
O palhaco Tristoleto - pré mourãoO palhaco Tristoleto - pré mourão
O palhaco Tristoleto - pré mourão
 
Querido pai
Querido pai Querido pai
Querido pai
 
Meios de Transporte
 Meios de Transporte Meios de Transporte
Meios de Transporte
 
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil
A bruxa apaixonada e o lobo fujão- Literatura infantil
 
Rita não grita!
Rita não grita!Rita não grita!
Rita não grita!
 

Destaque

Atv 1 o sapo egoísta
Atv 1 o sapo egoístaAtv 1 o sapo egoísta
Atv 1 o sapo egoísta
irenealvesilva
 
A princesa e a sapo
A princesa e a sapoA princesa e a sapo
A princesa e a sapo
Maria Aparecida de Almeida
 
O sapo maluquinho
O sapo maluquinhoO sapo maluquinho
O sapo maluquinho
LULILAURA17
 
Curiosidades sobre os sapos
Curiosidades sobre os saposCuriosidades sobre os sapos
Curiosidades sobre os sapos
Ressurrei
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
falfserenooliveira
 
Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!
guest0bf490
 
16736253 Espiritismo Infantil Historia 05
16736253 Espiritismo Infantil Historia 0516736253 Espiritismo Infantil Historia 05
16736253 Espiritismo Infantil Historia 05
Ana Cristina Freitas
 
Osapo
OsapoOsapo
O Sapo E A Rosa
O Sapo E A RosaO Sapo E A Rosa
O Sapo E A Rosa
Romélia Dolores Oliveira
 
O sapo não lava o pé
O sapo não lava o péO sapo não lava o pé
O sapo não lava o pé
Prefeitura Municipal
 
Sapo sonhador
Sapo sonhadorSapo sonhador
Sapo sonhador
Eni Taveira Mota
 
A história do_sapinho
A história do_sapinhoA história do_sapinho
A história do_sapinho
Garantindo Gerações
 
A história do Sapinho
A história do SapinhoA história do Sapinho
A história do Sapinho
Deomari Fragoso
 
O sapo apaixonado capa
O sapo apaixonado   capaO sapo apaixonado   capa
O sapo apaixonado capa
eb1magida
 
História interativa " A princesa e o sapo"
História interativa " A princesa e o sapo"História interativa " A princesa e o sapo"
História interativa " A princesa e o sapo"
becreribeiras
 
O sapo tem medo.ppt
O sapo tem medo.pptO sapo tem medo.ppt
O sapo tem medo.ppt
Arco-iris de letras
 
A princesa e o sapo
A princesa e o sapoA princesa e o sapo
A princesa e o sapo
Suzy Santana
 
O príncipe sapo
O príncipe sapoO príncipe sapo
O príncipe sapo
escolajoseaniceto
 
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
Lorena Lopes
 
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Graça Sousa
 

Destaque (20)

Atv 1 o sapo egoísta
Atv 1 o sapo egoístaAtv 1 o sapo egoísta
Atv 1 o sapo egoísta
 
A princesa e a sapo
A princesa e a sapoA princesa e a sapo
A princesa e a sapo
 
O sapo maluquinho
O sapo maluquinhoO sapo maluquinho
O sapo maluquinho
 
Curiosidades sobre os sapos
Curiosidades sobre os saposCuriosidades sobre os sapos
Curiosidades sobre os sapos
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!
 
16736253 Espiritismo Infantil Historia 05
16736253 Espiritismo Infantil Historia 0516736253 Espiritismo Infantil Historia 05
16736253 Espiritismo Infantil Historia 05
 
Osapo
OsapoOsapo
Osapo
 
O Sapo E A Rosa
O Sapo E A RosaO Sapo E A Rosa
O Sapo E A Rosa
 
O sapo não lava o pé
O sapo não lava o péO sapo não lava o pé
O sapo não lava o pé
 
Sapo sonhador
Sapo sonhadorSapo sonhador
Sapo sonhador
 
A história do_sapinho
A história do_sapinhoA história do_sapinho
A história do_sapinho
 
A história do Sapinho
A história do SapinhoA história do Sapinho
A história do Sapinho
 
O sapo apaixonado capa
O sapo apaixonado   capaO sapo apaixonado   capa
O sapo apaixonado capa
 
História interativa " A princesa e o sapo"
História interativa " A princesa e o sapo"História interativa " A princesa e o sapo"
História interativa " A princesa e o sapo"
 
O sapo tem medo.ppt
O sapo tem medo.pptO sapo tem medo.ppt
O sapo tem medo.ppt
 
A princesa e o sapo
A princesa e o sapoA princesa e o sapo
A princesa e o sapo
 
O príncipe sapo
O príncipe sapoO príncipe sapo
O príncipe sapo
 
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
 
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
 

Semelhante a História do sapo

Uma história de amor francisca, 6º c
Uma história de amor  francisca, 6º cUma história de amor  francisca, 6º c
Uma história de amor francisca, 6º c
Teresa Rocha
 
Sonho de Valsa
Sonho de ValsaSonho de Valsa
Sonho de Valsa
Tábatta Carneiro
 
Uma história de amor francisca
Uma história de amor franciscaUma história de amor francisca
Uma história de amor francisca
Teresa Rocha
 
A namorada do meu amigo
A namorada do meu amigoA namorada do meu amigo
A namorada do meu amigo
LuhFigueiredos
 
Sapo apaixonado power point
Sapo apaixonado   power pointSapo apaixonado   power point
Sapo apaixonado power point
msantosbarracosa
 
Projeto leitura - Beatriz 1ºC
Projeto leitura - Beatriz 1ºCProjeto leitura - Beatriz 1ºC
Projeto leitura - Beatriz 1ºC
Silvia Fernandes
 
Encontro com a escritora Rosa Duarte
Encontro com a escritora Rosa Duarte Encontro com a escritora Rosa Duarte
Encontro com a escritora Rosa Duarte
António Pires
 
Contos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novoContos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novo
nonoano
 
Contos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novoContos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novo
nonoano
 
Contos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novoContos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novo
nonoano
 
Passaporte da leitura / 3º Período (2011/12)
Passaporte da leitura / 3º Período (2011/12)Passaporte da leitura / 3º Período (2011/12)
Passaporte da leitura / 3º Período (2011/12)
e- Arquivo
 
História a várias mãos
História a várias mãosHistória a várias mãos
História a várias mãos
BibliomarAVM
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
Teresa Ramos
 
Traída 3º Capitulo
Traída 3º CapituloTraída 3º Capitulo
Traída 3º Capitulo
ArthurCandotti
 
A biblioteca do avô
A biblioteca do avôA biblioteca do avô
A biblioteca do avô
Carla Lopes
 
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começaCapítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
pribeletato
 
Desejos de Amigos
Desejos de AmigosDesejos de Amigos
Desejos de Amigos
BLOG's REI
 
Em abril, livros mil
Em abril, livros milEm abril, livros mil
Osapoapaixonado powerpoint
Osapoapaixonado powerpointOsapoapaixonado powerpoint
Osapoapaixonado powerpoint
eb1magida
 
Hechisa
Hechisa Hechisa
Hechisa
Hechisa Thamis
 

Semelhante a História do sapo (20)

Uma história de amor francisca, 6º c
Uma história de amor  francisca, 6º cUma história de amor  francisca, 6º c
Uma história de amor francisca, 6º c
 
Sonho de Valsa
Sonho de ValsaSonho de Valsa
Sonho de Valsa
 
Uma história de amor francisca
Uma história de amor franciscaUma história de amor francisca
Uma história de amor francisca
 
A namorada do meu amigo
A namorada do meu amigoA namorada do meu amigo
A namorada do meu amigo
 
Sapo apaixonado power point
Sapo apaixonado   power pointSapo apaixonado   power point
Sapo apaixonado power point
 
Projeto leitura - Beatriz 1ºC
Projeto leitura - Beatriz 1ºCProjeto leitura - Beatriz 1ºC
Projeto leitura - Beatriz 1ºC
 
Encontro com a escritora Rosa Duarte
Encontro com a escritora Rosa Duarte Encontro com a escritora Rosa Duarte
Encontro com a escritora Rosa Duarte
 
Contos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novoContos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novo
 
Contos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novoContos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novo
 
Contos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novoContos de fadas slaid novo
Contos de fadas slaid novo
 
Passaporte da leitura / 3º Período (2011/12)
Passaporte da leitura / 3º Período (2011/12)Passaporte da leitura / 3º Período (2011/12)
Passaporte da leitura / 3º Período (2011/12)
 
História a várias mãos
História a várias mãosHistória a várias mãos
História a várias mãos
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
Traída 3º Capitulo
Traída 3º CapituloTraída 3º Capitulo
Traída 3º Capitulo
 
A biblioteca do avô
A biblioteca do avôA biblioteca do avô
A biblioteca do avô
 
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começaCapítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
 
Desejos de Amigos
Desejos de AmigosDesejos de Amigos
Desejos de Amigos
 
Em abril, livros mil
Em abril, livros milEm abril, livros mil
Em abril, livros mil
 
Osapoapaixonado powerpoint
Osapoapaixonado powerpointOsapoapaixonado powerpoint
Osapoapaixonado powerpoint
 
Hechisa
Hechisa Hechisa
Hechisa
 

História do sapo

  • 1. O Sapo enamorado ! O Sapo enamorado 1
  • 2. Era uma vez um sapo chamado Crispim. Vivia à beira de um lago e tinha muitos amigos, mas não era feliz... O Sapo enamorado 2
  • 3. Sentia-se triste, aborrecido, mas não sabia porquê... Não tinha fome, não lhe apetecia fazer nada e, às vezes, nem saía da cama... O Sapo enamorado 3
  • 4. F a r t a v a - s e d e c h o r a r, vagueava pelos campos e falava com os amigos. No entanto, nada o conseguia animar. O Sapo enamorado 4
  • 5. Um dia, quando passeava na floresta, encontrou o seu amigo Pintas, o porquinho, que lhe perguntou: - Então, Crispim, o que é que se passa contigo? Nunca mais me foste visitar... e tens um ar tão triste! - Não sei o que se passa comigo. Estou nostálgico, sem vontade de fazer nada... - Já sei! Estás apaixonado, só pode ser isso! Quem é a felizarda?! - Talvez seja isso mesmo! Por enquanto, é segredo... O Sapo enamorado 5
  • 6. Em casa, pôs-se a pensar e, depois de muito matutar, chegou à conclusão que, de facto, estava apaixonado pela pata Luana. Colocou a chaleira ao lume e sentou- se à mesa. Queria escrever-lhe uma carta, mas começou por desenhar um coração... O Sapo enamorado 6
  • 8. Entretanto, a pata Luana estava felicíssima. Recebia flores, presentes... e até uma carta de Amor. Quem seria o seu admirador secreto? O Sapo enamorado 8
  • 9. O sapo Crispim queria impressionar a sua amada. O que poderia fazer? Talvez saltar... O Sapo enamorado 9
  • 10. Crispim começou a treinar, até conseguir saltar tão alto, que tocava nas nuvens. To d o s o s s e u s a m i g o s começaram a aplaudi-lo, mas a pata Luana não parecia muito impressionada... O Sapo enamorado 10
  • 11. O sapo Crispim decidiu, então, fazer uma serenata. Ele sabia tocar violino, pois tinha aprendido na escola da cigarra Bailarina. Preparou uma música romântica e, numa noite de luar, pôs-se a tocar em frente à janela da pata Luana (onde ela colocara um lenço encarnado). O Sapo enamorado 11
  • 12. Crispim olhava esperançado para a janela, à espera que a Luana aparecesse... Passados alguns minutos, ela abriu a janela e sorriu. Era um sorriso tímido, nervoso, mas muito feliz... Saiu para a rua e abraçou-o, emocionada... O Sapo enamorado 12
  • 13. Crispim e Luana começaram a namorar. Davam longos passeios pela floresta, faziam piqueniques nas clareiras e remavam no lago. Tornaram- se inseparáveis... O Sapo enamorado 13
  • 14. ... E viveram felizes para sempre! FIM História adaptada pelos alunos e professores de Educação Especial do Agrupamento de Escolas de Boliqueime Arranjo gráfico de Sofia Quintas O Sapo enamorado 14
  • 15. O Sapo enamorado O Sapo enamorado 15