SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Guia básico de
Google Analytics
para o mercado imobiliário
Conhecendo o Google Analytics
Conhecendo o Google Analytics

1 – Seleção de Perfil/Conta
2 – Configurações de administração
3 – Seleção de data/período
4 – Alteração do gráfico de tempo
5 – Exportação de dados e compartilhamento
6 – Alterne e cruze dados no gráfico
7 – Gráfico sobre dados do item 6
8 – Dados de gerais de visita, localização, etc.


                                                    9 – Dados do AdWords
                                                   10 – Dados de origem e palavras-chave
                                                   11 – Dados sobre páginas e pesquisa interna
                                                   12 – Dados sobre metas e conversões
                                                   13 – Informações gerais sobre o período
                                                   14 – Total de visitantes únicos no período
                                                   15 – Gráfico “pizza” de visitantes novos x retornos
                                                   16 – Ainda aqui, dados gerais sobre
                                                        palavras-chave e páginas mais acessadas
Explorando o Google Analytics

      Apresentaremos as principais métricas
  para você compreender os visitantes de seu site
Visitas

                                    Entenda quais são os padrões e as sazonalidades dos acessos no
     As visitas são as              site da sua empresa, tanto como perceber o horário de maior acesso,
quantidades de vezes que            o dia da semana ou o mês, por exemplo.
alguém entrou em seu site.
 Se uma pessoa acessou o site       Com isto você poderá guiar, por exemplo, estratégias promocionais
  5 vezes, contabiliza 5 visitas.   sabendo escolher qual o dia e hora melhores para impactar seus
                                    visitantes quando ocorrem os picos de acesso.




                                        Exemplo de picos de horário

                                                                     Manhã
                                                                     Tarde




 O exemplo acima, demonstra os picos existentes entre 10h e 11h e entre 15h e 17h.
Visitas

                             Exemplo de eventos regulares


       Segunda-feira



                                            Fim de semana


O gráfico acima, representa o padrão de visitas em sites de imobiliárias e construtoras.

        O gráfico abaixo, representa a variação ocorrida em feriados e eventos similares.

                              Exemplo de eventos atípicos


                             Feriadão
                                              Fim de semana
Visualizações de página

                                     Este é um importante índice para
                                     medir a qualidade das suas visitas.
 Visualizações de páginas            Quanto mais páginas visualizadas,
são a quantidade de páginas          maior é o envolvimento do seu cliente.
    que seus visitantes
        acessaram.                   Mas atente-se, um alto número de
                                     visualizações e um baixo número de
 Em uma visita seu cliente acessou
   6 páginas diferentes. Logo, 1     contatos (leads) pode ser sintoma de
   visita, 6 páginas visualizadas.   baixa    qualidade   em    seu   site
                                     (informações e fotos pobres) ou em
                                     seus imóveis.




                                     Exemplo visualizações de página


                                                                              Repare o padrão
                                                                              similar ao das visitas.
Páginas/visita



É a média entre o número de     Demonstra    quantas   páginas       são
visitas e as visualizações da   acessadas em média em cada visita.
           página.




                                     Exemplo de páginas/visita

                          Fim de semana


                                                             Dias de semana
Duração média da visita


                               Cruze esta métrica com            a de
É a média de tempo de          páginas/visita e descubra o quanto de
duração de cada visita         tempo (médio) que seu visitante leva em
                               cada página do seu site.
     em seu site
                               Ex.: Seu site tem um tempo médio de
                               6min35s e 8,27 páginas/visita. Logo, seu
                               visitante leva em média 47s em cada
                               página.

                               Exemplo de duração média de visita


                         Fim de semana                                       Repare que a duração
                                                                             da visita está ligada
                                                                             às páginas/visita
                                                            Dias de semana
Visitantes únicos


                                         Saber a quantidade de seus visitantes
      O número de                        únicos é ideal para você ter noção de
                                         quantas pessoas você está impactando
pessoas/computadores que
                                         em um determinado período de tempo.
   acessaram o seu site.
  Um cliente acessou o site de sua
 imobiliária/construtora 5 vezes em
um determinado período e, no todo,
   visualizou 45 páginas. Logo, 1
visitante único (que gerou), 5 visitas
  (que gerou), 45 visualizações de
               página.



                                             Exemplo de visitantes únicos


                                                                                 Repare o padrão similar ao
                                                                                 das visitas e visualizações
                                                                                 de página.
Taxa de rejeição


É o percentual de visitas
                                  Cada página do site de sua imobiliária ou
que acessaram apenas              construtora possui sua própria taxa de
    uma página, não               rejeição, pois esta métrica se baseia na
     continuando a                “página de entrada” da visita, o que não
      navegação.                  necessariamente é a página inicial.

A página de um determinado        Use esta informação para entender o que
empreendimento em seu site
recebeu 10.000 visitas em 30      “não está agradando” seu visitante.
dias e destas, 2.000 apenas
visualizaram esta página e saiu
sem clicar em nenhuma outra.
Logo, sua página inicial tem
uma taxa de rejeição de 20%.
                                        Exemplo de taxa de rejeição
Localização


Saber de onde partem suas visitas é essencial. Isto o permitirá mapear sua
audiência e clientes em nível de cidade, estado, continente ou país.

Você conseguirá cruzar dados como, por exemplo, quais são as páginas mais visitadas pelos
visitantes da cidade de Belo Horizonte, ou, qual a cidade com maior quantidade de visitantes.




Selecione os dados
que estarão presentes
no mapa.
Localização


Além da visualização gráfica dos dados no mapa, você tem estas
informações dispostas a lista de cidades/estados abaixo deste, para
que sua imobiliária tenha seus números precisos.




                           Clicando no título da coluna
                           você pode inverter a ordem
                            (cresc./decresc.) ou atribuir
                                   a ordem a outro dado.
                           Use para descobrir a cidade
                                “líder” em cada métrica.
Origem de tráfego


                         Saber de onde se origina o tráfego de visitantes do seu site é
Consiste na informação   importantíssimo para entender se sua imobiliária tem maior acesso
 de como ou de onde      por pesquisa, referência, tráfego direto ou campanhas.
  que seus visitantes
                         Entenda nos próximos slides o que são cada um dos itens abaixo.
 acessam o seu site.
Origem de tráfego


Tráfego de Pesquisa

São visitas originadas a partir
de buscadores como o
Google e o Bing, por exemplo.
Existem dois tipos de acessos
por “pesquisa”: orgânica e
paga.

Pesquisa Orgânica
É quando o seu site aparece
no resultado de pesquisa em
um buscador de forma
“natural”, ou seja, não paga.

Pesquisa paga
Quando a visita se dá através     Pesquisa orgânica
de um link patrocinado, como
no AdWords por exemplo.           Pesquisa paga
Origem de tráfego


Tráfego de Referência

São acessos originados a partir de links para o site de sua imobiliária em
outros sites.

Estes sites são, geralmente, redes sociais como Facebook e Twitter,
portais imobiliários como o VivaReal ou o seu blog corporativo.




                                                 Link de referência no
                                               Portal Imobiliário VivaReal




            Link de referência no Facebook
Origem de tráfego


Tráfego de direto

São visitas originadas quando se é digitado o endereço do site
diretamente no navegador.

Este tipo de visita ocorre quando o seu cliente já teve, de alguma
forma, contato com a sua empresa e por isto já tem conhecimento do
seu www.imobiliariaouconstrutora.com.br.




                    Exemplo de uma pessoa
                       acessando um site
                     e gerando o chamado
                         tráfego direto
Páginas mais visitadas


                         A qualidade dos dados colhidos aqui
Apresenta quais são as   deve-se a estrutura de seu site.
páginas mais visitadas
                         Se os links no seu site possuem
     em seu site         informações como tipo, nº de dormitórios,
                         bairro, etc. seu tipo de link é “dinâmico”.
                         Se acaso não se adapta para cada
                         imóvel ou somente altera um código
                         “sem sentido”, seu tipo link é o
                         “estático”. Veja os exemplos abaixo:
  Link dinâmico




                             Link que possibilita fácil identificação do imóvel suas características

  Link estático

                                Link com código que não distingue tipo ou outra característica do imóvel
Páginas mais visitadas


Para descobrir o volume de pesquisas para uma determinada
característica faça uma busca pela palavra-chave desejada no campo
destacado abaixo.




Lembre-se que esta métrica só terá qualidade em seu funcionamento se você possuir um link
dinâmico que apresente a informação buscada.

Seja objetivo para buscar estas informações e pesquise pelos mesmos padrões existentes nos
seus links. Por exemplo:

Link em seu site                                          Busque por:
Tempo Real


Esta sessão apresenta dados em tempo real, ou seja, ele
mostrará os visitantes que estão em seu site no exato momento.

Será mostrado o número de visitantes, páginas que estão sendo
visualizadas, localização, origem da visita e palavras-chave das
visitas por pesquisa orgânica.
Realização   Iniciativa

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Guia básico de Google Analytics para o mercado imobiliário

Glossário de Metricas de Web Analytics | IAB Brasil
Glossário de Metricas de Web Analytics | IAB BrasilGlossário de Metricas de Web Analytics | IAB Brasil
Glossário de Metricas de Web Analytics | IAB BrasilBruno Martos
 
Glossario de-metricas-web-analytics-iab-brasil-110326113453-phpapp02
Glossario de-metricas-web-analytics-iab-brasil-110326113453-phpapp02Glossario de-metricas-web-analytics-iab-brasil-110326113453-phpapp02
Glossario de-metricas-web-analytics-iab-brasil-110326113453-phpapp02Gerson Ribeiro
 
Glossário de Métricas Web Analytics - IAB
Glossário de Métricas Web Analytics - IABGlossário de Métricas Web Analytics - IAB
Glossário de Métricas Web Analytics - IABFlavia de Araujo Vieira
 
Metodologia e interpretação correta dos principais fornecedores de dados digi...
Metodologia e interpretação correta dos principais fornecedores de dados digi...Metodologia e interpretação correta dos principais fornecedores de dados digi...
Metodologia e interpretação correta dos principais fornecedores de dados digi...Jessé Rodrigues
 
Faculdade Casper Líbero - Marketing Digital
Faculdade Casper Líbero - Marketing DigitalFaculdade Casper Líbero - Marketing Digital
Faculdade Casper Líbero - Marketing DigitalGiordani Pasqualon
 
Curso de Maketing Digital - dia 1
Curso de Maketing Digital - dia 1Curso de Maketing Digital - dia 1
Curso de Maketing Digital - dia 1PontoBr Digital
 

Semelhante a Guia básico de Google Analytics para o mercado imobiliário (8)

Glossário de métricas
Glossário de métricasGlossário de métricas
Glossário de métricas
 
Glossário de Metricas de Web Analytics | IAB Brasil
Glossário de Metricas de Web Analytics | IAB BrasilGlossário de Metricas de Web Analytics | IAB Brasil
Glossário de Metricas de Web Analytics | IAB Brasil
 
Glossario de-metricas-web-analytics-iab-brasil-110326113453-phpapp02
Glossario de-metricas-web-analytics-iab-brasil-110326113453-phpapp02Glossario de-metricas-web-analytics-iab-brasil-110326113453-phpapp02
Glossario de-metricas-web-analytics-iab-brasil-110326113453-phpapp02
 
Glossário de Métricas Web Analytics - IAB
Glossário de Métricas Web Analytics - IABGlossário de Métricas Web Analytics - IAB
Glossário de Métricas Web Analytics - IAB
 
Metodologia e interpretação correta dos principais fornecedores de dados digi...
Metodologia e interpretação correta dos principais fornecedores de dados digi...Metodologia e interpretação correta dos principais fornecedores de dados digi...
Metodologia e interpretação correta dos principais fornecedores de dados digi...
 
Google Analytics
Google AnalyticsGoogle Analytics
Google Analytics
 
Faculdade Casper Líbero - Marketing Digital
Faculdade Casper Líbero - Marketing DigitalFaculdade Casper Líbero - Marketing Digital
Faculdade Casper Líbero - Marketing Digital
 
Curso de Maketing Digital - dia 1
Curso de Maketing Digital - dia 1Curso de Maketing Digital - dia 1
Curso de Maketing Digital - dia 1
 

Mais de Guru do Corretor

Salvador - Marketing de performance para vender imóveis - Mariana Ferronato -...
Salvador - Marketing de performance para vender imóveis - Mariana Ferronato -...Salvador - Marketing de performance para vender imóveis - Mariana Ferronato -...
Salvador - Marketing de performance para vender imóveis - Mariana Ferronato -...Guru do Corretor
 
Salvador - Dados do Mercado Imobiliário de Salvador - Ricardo Feferbaum - Viv...
Salvador - Dados do Mercado Imobiliário de Salvador - Ricardo Feferbaum - Viv...Salvador - Dados do Mercado Imobiliário de Salvador - Ricardo Feferbaum - Viv...
Salvador - Dados do Mercado Imobiliário de Salvador - Ricardo Feferbaum - Viv...Guru do Corretor
 
Salvador - 10 ferramentas digitais para o mercado imobiliário - Vagner Rodrig...
Salvador - 10 ferramentas digitais para o mercado imobiliário - Vagner Rodrig...Salvador - 10 ferramentas digitais para o mercado imobiliário - Vagner Rodrig...
Salvador - 10 ferramentas digitais para o mercado imobiliário - Vagner Rodrig...Guru do Corretor
 
Salvador - Técnicas infalíveis para fazer anúncio na internet - Rafael Landa ...
Salvador - Técnicas infalíveis para fazer anúncio na internet - Rafael Landa ...Salvador - Técnicas infalíveis para fazer anúncio na internet - Rafael Landa ...
Salvador - Técnicas infalíveis para fazer anúncio na internet - Rafael Landa ...Guru do Corretor
 
6 ferramentas digitais para vender mais imóveis rafael landa
6 ferramentas digitais para vender mais imóveis   rafael landa6 ferramentas digitais para vender mais imóveis   rafael landa
6 ferramentas digitais para vender mais imóveis rafael landaGuru do Corretor
 
4 - Lucas Vargas - Futuro do Marketing - Curitiba - VivaReal
4 - Lucas Vargas - Futuro do Marketing - Curitiba - VivaReal4 - Lucas Vargas - Futuro do Marketing - Curitiba - VivaReal
4 - Lucas Vargas - Futuro do Marketing - Curitiba - VivaRealGuru do Corretor
 
1 - Diego Simon - Como usar a internet para vender mais imoveis - Curitiba - ...
1 - Diego Simon - Como usar a internet para vender mais imoveis - Curitiba - ...1 - Diego Simon - Como usar a internet para vender mais imoveis - Curitiba - ...
1 - Diego Simon - Como usar a internet para vender mais imoveis - Curitiba - ...Guru do Corretor
 
3 - Rafael Landa - Midias Sociais - Curitiba - VivaReal
3 - Rafael Landa - Midias Sociais - Curitiba - VivaReal3 - Rafael Landa - Midias Sociais - Curitiba - VivaReal
3 - Rafael Landa - Midias Sociais - Curitiba - VivaRealGuru do Corretor
 
3-O Futuro do Marketing de Imobiliário-Lucas Vargas - VivaReal - Campinas-SP
3-O Futuro do Marketing de Imobiliário-Lucas Vargas - VivaReal - Campinas-SP3-O Futuro do Marketing de Imobiliário-Lucas Vargas - VivaReal - Campinas-SP
3-O Futuro do Marketing de Imobiliário-Lucas Vargas - VivaReal - Campinas-SPGuru do Corretor
 
2-Mídias sociais no mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - Camp...
2-Mídias sociais no mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - Camp...2-Mídias sociais no mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - Camp...
2-Mídias sociais no mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - Camp...Guru do Corretor
 
1-Como usar a internet-Diego Simon - VivaReal - Campinas-SP
1-Como usar a internet-Diego Simon - VivaReal - Campinas-SP1-Como usar a internet-Diego Simon - VivaReal - Campinas-SP
1-Como usar a internet-Diego Simon - VivaReal - Campinas-SPGuru do Corretor
 
4 - Como gerar mais vendas na Internet - Ricardo Feferbaum - VivaReal - RJ
4 - Como gerar mais vendas na Internet - Ricardo Feferbaum - VivaReal - RJ4 - Como gerar mais vendas na Internet - Ricardo Feferbaum - VivaReal - RJ
4 - Como gerar mais vendas na Internet - Ricardo Feferbaum - VivaReal - RJGuru do Corretor
 
3 - O mercado está mudando, a tecnologia está mudando, os clientes já mudaram...
3 - O mercado está mudando, a tecnologia está mudando, os clientes já mudaram...3 - O mercado está mudando, a tecnologia está mudando, os clientes já mudaram...
3 - O mercado está mudando, a tecnologia está mudando, os clientes já mudaram...Guru do Corretor
 
1 - Números do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro - Lucas Vargas - VivaRea...
1 - Números do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro - Lucas Vargas - VivaRea...1 - Números do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro - Lucas Vargas - VivaRea...
1 - Números do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro - Lucas Vargas - VivaRea...Guru do Corretor
 
2 - Mídias Sociais no Mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - RJ
2 - Mídias Sociais no Mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - RJ2 - Mídias Sociais no Mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - RJ
2 - Mídias Sociais no Mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - RJGuru do Corretor
 
03 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Ricardo Feferbaum - VivaReal - Semin...
03 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Ricardo Feferbaum - VivaReal - Semin...03 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Ricardo Feferbaum - VivaReal - Semin...
03 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Ricardo Feferbaum - VivaReal - Semin...Guru do Corretor
 
01 - Como gerar mais vendas na internet - Diego Simon - VivaReal - Seminário ...
01 - Como gerar mais vendas na internet - Diego Simon - VivaReal - Seminário ...01 - Como gerar mais vendas na internet - Diego Simon - VivaReal - Seminário ...
01 - Como gerar mais vendas na internet - Diego Simon - VivaReal - Seminário ...Guru do Corretor
 
04 - Números do Mercado Imobiliário de Santos - VivaReal - Seminário - Santos
04 - Números do Mercado Imobiliário de Santos - VivaReal - Seminário - Santos04 - Números do Mercado Imobiliário de Santos - VivaReal - Seminário - Santos
04 - Números do Mercado Imobiliário de Santos - VivaReal - Seminário - SantosGuru do Corretor
 
02 - Midias Sociais e o mercado imobiliário - Rafael Landa - VivaReal - Semin...
02 - Midias Sociais e o mercado imobiliário - Rafael Landa - VivaReal - Semin...02 - Midias Sociais e o mercado imobiliário - Rafael Landa - VivaReal - Semin...
02 - Midias Sociais e o mercado imobiliário - Rafael Landa - VivaReal - Semin...Guru do Corretor
 
04 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Lucas Vargas - VivaReal - Florianópolis
04 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Lucas Vargas - VivaReal - Florianópolis04 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Lucas Vargas - VivaReal - Florianópolis
04 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Lucas Vargas - VivaReal - FlorianópolisGuru do Corretor
 

Mais de Guru do Corretor (20)

Salvador - Marketing de performance para vender imóveis - Mariana Ferronato -...
Salvador - Marketing de performance para vender imóveis - Mariana Ferronato -...Salvador - Marketing de performance para vender imóveis - Mariana Ferronato -...
Salvador - Marketing de performance para vender imóveis - Mariana Ferronato -...
 
Salvador - Dados do Mercado Imobiliário de Salvador - Ricardo Feferbaum - Viv...
Salvador - Dados do Mercado Imobiliário de Salvador - Ricardo Feferbaum - Viv...Salvador - Dados do Mercado Imobiliário de Salvador - Ricardo Feferbaum - Viv...
Salvador - Dados do Mercado Imobiliário de Salvador - Ricardo Feferbaum - Viv...
 
Salvador - 10 ferramentas digitais para o mercado imobiliário - Vagner Rodrig...
Salvador - 10 ferramentas digitais para o mercado imobiliário - Vagner Rodrig...Salvador - 10 ferramentas digitais para o mercado imobiliário - Vagner Rodrig...
Salvador - 10 ferramentas digitais para o mercado imobiliário - Vagner Rodrig...
 
Salvador - Técnicas infalíveis para fazer anúncio na internet - Rafael Landa ...
Salvador - Técnicas infalíveis para fazer anúncio na internet - Rafael Landa ...Salvador - Técnicas infalíveis para fazer anúncio na internet - Rafael Landa ...
Salvador - Técnicas infalíveis para fazer anúncio na internet - Rafael Landa ...
 
6 ferramentas digitais para vender mais imóveis rafael landa
6 ferramentas digitais para vender mais imóveis   rafael landa6 ferramentas digitais para vender mais imóveis   rafael landa
6 ferramentas digitais para vender mais imóveis rafael landa
 
4 - Lucas Vargas - Futuro do Marketing - Curitiba - VivaReal
4 - Lucas Vargas - Futuro do Marketing - Curitiba - VivaReal4 - Lucas Vargas - Futuro do Marketing - Curitiba - VivaReal
4 - Lucas Vargas - Futuro do Marketing - Curitiba - VivaReal
 
1 - Diego Simon - Como usar a internet para vender mais imoveis - Curitiba - ...
1 - Diego Simon - Como usar a internet para vender mais imoveis - Curitiba - ...1 - Diego Simon - Como usar a internet para vender mais imoveis - Curitiba - ...
1 - Diego Simon - Como usar a internet para vender mais imoveis - Curitiba - ...
 
3 - Rafael Landa - Midias Sociais - Curitiba - VivaReal
3 - Rafael Landa - Midias Sociais - Curitiba - VivaReal3 - Rafael Landa - Midias Sociais - Curitiba - VivaReal
3 - Rafael Landa - Midias Sociais - Curitiba - VivaReal
 
3-O Futuro do Marketing de Imobiliário-Lucas Vargas - VivaReal - Campinas-SP
3-O Futuro do Marketing de Imobiliário-Lucas Vargas - VivaReal - Campinas-SP3-O Futuro do Marketing de Imobiliário-Lucas Vargas - VivaReal - Campinas-SP
3-O Futuro do Marketing de Imobiliário-Lucas Vargas - VivaReal - Campinas-SP
 
2-Mídias sociais no mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - Camp...
2-Mídias sociais no mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - Camp...2-Mídias sociais no mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - Camp...
2-Mídias sociais no mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - Camp...
 
1-Como usar a internet-Diego Simon - VivaReal - Campinas-SP
1-Como usar a internet-Diego Simon - VivaReal - Campinas-SP1-Como usar a internet-Diego Simon - VivaReal - Campinas-SP
1-Como usar a internet-Diego Simon - VivaReal - Campinas-SP
 
4 - Como gerar mais vendas na Internet - Ricardo Feferbaum - VivaReal - RJ
4 - Como gerar mais vendas na Internet - Ricardo Feferbaum - VivaReal - RJ4 - Como gerar mais vendas na Internet - Ricardo Feferbaum - VivaReal - RJ
4 - Como gerar mais vendas na Internet - Ricardo Feferbaum - VivaReal - RJ
 
3 - O mercado está mudando, a tecnologia está mudando, os clientes já mudaram...
3 - O mercado está mudando, a tecnologia está mudando, os clientes já mudaram...3 - O mercado está mudando, a tecnologia está mudando, os clientes já mudaram...
3 - O mercado está mudando, a tecnologia está mudando, os clientes já mudaram...
 
1 - Números do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro - Lucas Vargas - VivaRea...
1 - Números do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro - Lucas Vargas - VivaRea...1 - Números do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro - Lucas Vargas - VivaRea...
1 - Números do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro - Lucas Vargas - VivaRea...
 
2 - Mídias Sociais no Mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - RJ
2 - Mídias Sociais no Mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - RJ2 - Mídias Sociais no Mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - RJ
2 - Mídias Sociais no Mercado Imobiliário - Mariana Ferronato - VivaReal - RJ
 
03 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Ricardo Feferbaum - VivaReal - Semin...
03 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Ricardo Feferbaum - VivaReal - Semin...03 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Ricardo Feferbaum - VivaReal - Semin...
03 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Ricardo Feferbaum - VivaReal - Semin...
 
01 - Como gerar mais vendas na internet - Diego Simon - VivaReal - Seminário ...
01 - Como gerar mais vendas na internet - Diego Simon - VivaReal - Seminário ...01 - Como gerar mais vendas na internet - Diego Simon - VivaReal - Seminário ...
01 - Como gerar mais vendas na internet - Diego Simon - VivaReal - Seminário ...
 
04 - Números do Mercado Imobiliário de Santos - VivaReal - Seminário - Santos
04 - Números do Mercado Imobiliário de Santos - VivaReal - Seminário - Santos04 - Números do Mercado Imobiliário de Santos - VivaReal - Seminário - Santos
04 - Números do Mercado Imobiliário de Santos - VivaReal - Seminário - Santos
 
02 - Midias Sociais e o mercado imobiliário - Rafael Landa - VivaReal - Semin...
02 - Midias Sociais e o mercado imobiliário - Rafael Landa - VivaReal - Semin...02 - Midias Sociais e o mercado imobiliário - Rafael Landa - VivaReal - Semin...
02 - Midias Sociais e o mercado imobiliário - Rafael Landa - VivaReal - Semin...
 
04 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Lucas Vargas - VivaReal - Florianópolis
04 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Lucas Vargas - VivaReal - Florianópolis04 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Lucas Vargas - VivaReal - Florianópolis
04 - O Futuro do Marketing Imobiliário - Lucas Vargas - VivaReal - Florianópolis
 

Último

Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...GisellySobral
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docxSílvia Carneiro
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 

Último (20)

Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 

Guia básico de Google Analytics para o mercado imobiliário

  • 1. Guia básico de Google Analytics para o mercado imobiliário
  • 3. Conhecendo o Google Analytics 1 – Seleção de Perfil/Conta 2 – Configurações de administração 3 – Seleção de data/período 4 – Alteração do gráfico de tempo 5 – Exportação de dados e compartilhamento 6 – Alterne e cruze dados no gráfico 7 – Gráfico sobre dados do item 6 8 – Dados de gerais de visita, localização, etc. 9 – Dados do AdWords 10 – Dados de origem e palavras-chave 11 – Dados sobre páginas e pesquisa interna 12 – Dados sobre metas e conversões 13 – Informações gerais sobre o período 14 – Total de visitantes únicos no período 15 – Gráfico “pizza” de visitantes novos x retornos 16 – Ainda aqui, dados gerais sobre palavras-chave e páginas mais acessadas
  • 4. Explorando o Google Analytics Apresentaremos as principais métricas para você compreender os visitantes de seu site
  • 5. Visitas Entenda quais são os padrões e as sazonalidades dos acessos no As visitas são as site da sua empresa, tanto como perceber o horário de maior acesso, quantidades de vezes que o dia da semana ou o mês, por exemplo. alguém entrou em seu site. Se uma pessoa acessou o site Com isto você poderá guiar, por exemplo, estratégias promocionais 5 vezes, contabiliza 5 visitas. sabendo escolher qual o dia e hora melhores para impactar seus visitantes quando ocorrem os picos de acesso. Exemplo de picos de horário Manhã Tarde O exemplo acima, demonstra os picos existentes entre 10h e 11h e entre 15h e 17h.
  • 6. Visitas Exemplo de eventos regulares Segunda-feira Fim de semana O gráfico acima, representa o padrão de visitas em sites de imobiliárias e construtoras. O gráfico abaixo, representa a variação ocorrida em feriados e eventos similares. Exemplo de eventos atípicos Feriadão Fim de semana
  • 7. Visualizações de página Este é um importante índice para medir a qualidade das suas visitas. Visualizações de páginas Quanto mais páginas visualizadas, são a quantidade de páginas maior é o envolvimento do seu cliente. que seus visitantes acessaram. Mas atente-se, um alto número de visualizações e um baixo número de Em uma visita seu cliente acessou 6 páginas diferentes. Logo, 1 contatos (leads) pode ser sintoma de visita, 6 páginas visualizadas. baixa qualidade em seu site (informações e fotos pobres) ou em seus imóveis. Exemplo visualizações de página Repare o padrão similar ao das visitas.
  • 8. Páginas/visita É a média entre o número de Demonstra quantas páginas são visitas e as visualizações da acessadas em média em cada visita. página. Exemplo de páginas/visita Fim de semana Dias de semana
  • 9. Duração média da visita Cruze esta métrica com a de É a média de tempo de páginas/visita e descubra o quanto de duração de cada visita tempo (médio) que seu visitante leva em cada página do seu site. em seu site Ex.: Seu site tem um tempo médio de 6min35s e 8,27 páginas/visita. Logo, seu visitante leva em média 47s em cada página. Exemplo de duração média de visita Fim de semana Repare que a duração da visita está ligada às páginas/visita Dias de semana
  • 10. Visitantes únicos Saber a quantidade de seus visitantes O número de únicos é ideal para você ter noção de quantas pessoas você está impactando pessoas/computadores que em um determinado período de tempo. acessaram o seu site. Um cliente acessou o site de sua imobiliária/construtora 5 vezes em um determinado período e, no todo, visualizou 45 páginas. Logo, 1 visitante único (que gerou), 5 visitas (que gerou), 45 visualizações de página. Exemplo de visitantes únicos Repare o padrão similar ao das visitas e visualizações de página.
  • 11. Taxa de rejeição É o percentual de visitas Cada página do site de sua imobiliária ou que acessaram apenas construtora possui sua própria taxa de uma página, não rejeição, pois esta métrica se baseia na continuando a “página de entrada” da visita, o que não navegação. necessariamente é a página inicial. A página de um determinado Use esta informação para entender o que empreendimento em seu site recebeu 10.000 visitas em 30 “não está agradando” seu visitante. dias e destas, 2.000 apenas visualizaram esta página e saiu sem clicar em nenhuma outra. Logo, sua página inicial tem uma taxa de rejeição de 20%. Exemplo de taxa de rejeição
  • 12. Localização Saber de onde partem suas visitas é essencial. Isto o permitirá mapear sua audiência e clientes em nível de cidade, estado, continente ou país. Você conseguirá cruzar dados como, por exemplo, quais são as páginas mais visitadas pelos visitantes da cidade de Belo Horizonte, ou, qual a cidade com maior quantidade de visitantes. Selecione os dados que estarão presentes no mapa.
  • 13. Localização Além da visualização gráfica dos dados no mapa, você tem estas informações dispostas a lista de cidades/estados abaixo deste, para que sua imobiliária tenha seus números precisos. Clicando no título da coluna você pode inverter a ordem (cresc./decresc.) ou atribuir a ordem a outro dado. Use para descobrir a cidade “líder” em cada métrica.
  • 14. Origem de tráfego Saber de onde se origina o tráfego de visitantes do seu site é Consiste na informação importantíssimo para entender se sua imobiliária tem maior acesso de como ou de onde por pesquisa, referência, tráfego direto ou campanhas. que seus visitantes Entenda nos próximos slides o que são cada um dos itens abaixo. acessam o seu site.
  • 15. Origem de tráfego Tráfego de Pesquisa São visitas originadas a partir de buscadores como o Google e o Bing, por exemplo. Existem dois tipos de acessos por “pesquisa”: orgânica e paga. Pesquisa Orgânica É quando o seu site aparece no resultado de pesquisa em um buscador de forma “natural”, ou seja, não paga. Pesquisa paga Quando a visita se dá através Pesquisa orgânica de um link patrocinado, como no AdWords por exemplo. Pesquisa paga
  • 16. Origem de tráfego Tráfego de Referência São acessos originados a partir de links para o site de sua imobiliária em outros sites. Estes sites são, geralmente, redes sociais como Facebook e Twitter, portais imobiliários como o VivaReal ou o seu blog corporativo. Link de referência no Portal Imobiliário VivaReal Link de referência no Facebook
  • 17. Origem de tráfego Tráfego de direto São visitas originadas quando se é digitado o endereço do site diretamente no navegador. Este tipo de visita ocorre quando o seu cliente já teve, de alguma forma, contato com a sua empresa e por isto já tem conhecimento do seu www.imobiliariaouconstrutora.com.br. Exemplo de uma pessoa acessando um site e gerando o chamado tráfego direto
  • 18. Páginas mais visitadas A qualidade dos dados colhidos aqui Apresenta quais são as deve-se a estrutura de seu site. páginas mais visitadas Se os links no seu site possuem em seu site informações como tipo, nº de dormitórios, bairro, etc. seu tipo de link é “dinâmico”. Se acaso não se adapta para cada imóvel ou somente altera um código “sem sentido”, seu tipo link é o “estático”. Veja os exemplos abaixo: Link dinâmico Link que possibilita fácil identificação do imóvel suas características Link estático Link com código que não distingue tipo ou outra característica do imóvel
  • 19. Páginas mais visitadas Para descobrir o volume de pesquisas para uma determinada característica faça uma busca pela palavra-chave desejada no campo destacado abaixo. Lembre-se que esta métrica só terá qualidade em seu funcionamento se você possuir um link dinâmico que apresente a informação buscada. Seja objetivo para buscar estas informações e pesquise pelos mesmos padrões existentes nos seus links. Por exemplo: Link em seu site Busque por:
  • 20. Tempo Real Esta sessão apresenta dados em tempo real, ou seja, ele mostrará os visitantes que estão em seu site no exato momento. Será mostrado o número de visitantes, páginas que estão sendo visualizadas, localização, origem da visita e palavras-chave das visitas por pesquisa orgânica.
  • 21. Realização Iniciativa