SlideShare uma empresa Scribd logo
LANÇAMENTO DA REDE
GLOBAL CITY 2.0
       18 ABRIL 2011




http://globalcity.blogs.sapo.pt/
COMO PODEM AS CIDADES E
     AS SUAS COMUNIDADES
CONTRIBUIR PARA A RETOMA,
   REFORMA OU TRANSIÇÃO?
COMO NÃO HÁ MILAGRES…

MOVIMENTO ‘CIDADES PELA
RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’

Iniciativa cívica colectiva dedicada a discutir o papel
das cidades e das suas comunidades em momentos de
transição social e económica, e a reflectir sobre
práticas urbanas e o futuro da cidadania.
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’




                          OUT 2010




                                                            FEV 2011




                                                 DEZ 2010
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’




                          REPERCUSSÕES
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’




   2618

  CIVIC TASK FORCE    20           160
PORTO, AVEIRO, COIMBRA,
   GUARDA, COVILHÃ,
 TORRES VEDRAS, LISBOA,
          FARO
    & LAGOS, LEIRIA,
GUIMARÃES, SANTARÉM, …
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’




                      AMBIENTE E            TECNOLOGIAS
                   RECURSOS NATURAIS                        CULTURA


    PLANEAMENTO DO
       TERRITÓRIO         CITY CIVIC TASK FORCE                 MOBILIDADE
                            uma equipa multidisciplinar
                            com diferentes backgrounds
    ARQUITECTURA
                                                                GESTÃO

                                                ECONOMIA
             DESIGN         SOCIOLOGIA


                   INVESTIGADORES E                 EMPRESÁRIOS E     CIDADÃOS
   PROFISSIONAIS      CIENTISTAS         ARTISTAS     GESTORES      INTERESSADOS
globalcity.blogs.sapo.pt



                                      ‘GLOBAL CITY 2.0’
                                         NETWORK




                       CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO
                             noeconomicrecoverywithoutcities.blogs.sapo.pt
                                www.facebook.com/CidadespelaRetoma
                              groups.google.com/group/cidadespelaretoma
   LOW-COST &
   HIGH-VALUE
      URBAN
    INITIATIVES                                                            CITIES CIVIC
                                                                          ‘THINK TANK’
ruadasideias.blogs.sapo.pt                                                 REPOSITÓRIO
                                                                          CONHECIMENTO

                                 AGENDA
                               LOCAL PARA                      citiescivicthinktank.blogs.sapo.pt
                                A RETOMA’
                        agendalocalpelaretoma.blogs.sapo.pt
‘GLOBAL CITY 2.0’ | conceito

                  REDE INFORMAL GLOBAL DE
                  ‘MOVIMENTOS CÍVICOS DE CIDADE’
                  e ESPAÇO DE REFLEXÃO sobre o
                  POTENCIAL DESTAS FORMAS
                  EMERGENTES DE ‘DEMOCRACIA DE
                  PROXIMIDADE’ PARA TRANSFORMAR
                  AS CIDADES E A VIDA URBANA
                  (http://globalcity.blogs.sapo.pt/),
                  desenvolvendo-se no espírito do ‘ano
                  Europeu do Voluntariado para
                  promover mais cidadania activa’- 2011
                  (http://europa.eu/volunteering/)
‘GLOBAL CITY 2.0’ | objectivos

                  Um mapa-mundi da cidadania e uma oportunidade de
                  criar uma plataforma de diálogo e conhecimento
                  entre diferentes ‘movimentos cívicos urbanos’ de
                  nível local, nacional e global, tirando partido das novas
                  tecnologias.

                  Um espaço de partilha de experiências e de
                  aprendizagem colectiva sobre práticas urbanas, com
                  elevado potencial por envolver movimentos cívicos de
                  diferentes países e culturas.

                  Uma oportunidade de mobilizar saberes técnicos e
                  científicos para aprofundar o conhecimento sobre o
                  potencial dos movimentos cívicos para revigorar a
                  democracia e para aproximar os cidadãos da política
                  no seu sentido mais profundo, isto é, a reflexão sobre
                  os critérios que definem o futuro do espaço colectivo.
‘GLOBAL CITY 2.0’ | actividades


 mapa global de ‘blogues ou sites
 de ruas, bairros, vilas ou cidades’
 promovidos por cidadãos, grupos
 (formais ou informais) ou
 instituições que pretendem
 pensar de forma colaborativa
 sobre o futuro das suas cidades




                                       VOLUNTEER PONTO-C AVEIRO
                                             http://www.pontoc.pt
  http://globalcity.blogs.sapo.pt
‘GLOBAL CITY 2.0’ | actividades

                     •movimentos cívicos urbanos
                     de mais de 200 cidades

                     •230 sites/blogs de mais de 15
                     países

                     •9 parcerias internacionais

                     •convite aberto a cidadãos,
                     profissionais, académicos e
                     decisores políticos
‘GLOBAL CITY 2.0’ | iniciativas

                •Organizar uma base de dados e um mapa global dos
                ‘movimentos cívicos de cidade’;
                •Produzir um novo e mais eficiente website;
                •Mobilizar mais parcerias em vários países;
                •Construir uma rede de cidadãos conscientes e activos,
                partilhando informação (investigação, documentos e
                estudos) e pensando sobre práticas urbanas na
                dimensão colectiva dos movimentos cívicos de cidade;
                •Começar a organizar um questionário sobre
                ‘movimentos cívicos de cidade’ a partir da base de
                dados entretanto produzida;
                •Identificar boas práticas ou iniciativas relevantes a
                partir do conhecimento dos diferentes movimentos,
                organizações, autoridades e políticas públicas;
‘GLOBAL CITY 2.0’ | resultados

                 1. Dar mais visibilidade às dinâmicas cívicas locais;
                 2. Estimular o envolvimento dos cidadãos na vida
                    colectiva local;
                 3. Estimular aprendizagens e diálogos entre
                    diferentes movimentos e entre diferentes cidades,
                    sobretudo os de maior proximidade física;
                 4. Criar condições para um maior escrutínio público
                    das actuações cívicas e institucionais locais;
                 5. Aprofundar conhecimento (técnico-científico)
                    sobre ‘movimentos cívicos de cidade’ e sobre as
                    diferentes reflexões sobre o espaço urbano;
                 6. Reforçar um meio alternativo para apoiar e
                    canalizar as interdependências e colaborações
                    globais, para além das produzidas pelos
                    mercados, empresas privadas ou autoridades
                    públicas burocráticas.
‘GLOBAL CITY 2.0’



   Precisamos de si, do seu envolvimento
         no projecto e na vida da sua
             comunidade local!

       Participe no ‘GLOBAL CITY 2.0’!
         (cidadespelaretoma@gmail.com)
‘GLOBAL CITY 2.0’



  [blogue] http://globalcity.blogs.sapo.pt/

  [movimento ‘Cidades pela Retoma’]
  http://noeconomicrecoverywithoutcities.blogs.sapo.pt/

  [Facebook] http://www.facebook.com/CidadespelaRetoma

  [email] globalcitytwopointzero@gmail.com ou
  cidadespelaretoma@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Espa -o-urbano
Espa -o-urbanoEspa -o-urbano
Espa -o-urbano
Mara Silva
 
Global city 2.0 v2
Global city 2.0 v2Global city 2.0 v2
Global city 2.0 v2
Jose Carlos Mota
 
Agentes produtores do espaço urbano geografia urbana
Agentes produtores do espaço urbano   geografia urbanaAgentes produtores do espaço urbano   geografia urbana
Agentes produtores do espaço urbano geografia urbana
Rodrigo Sousa
 
Global city 2 vf
Global city 2 vfGlobal city 2 vf
Global city 2 vf
Jose Carlos Mota
 
Dia Mundial do Urbanismo
Dia Mundial do UrbanismoDia Mundial do Urbanismo
Dia Mundial do Urbanismo
José Carlos Mota
 
Seminário construções sustentáveis – 19 11-2010 – apresentação de carlos leite
Seminário construções sustentáveis – 19 11-2010 – apresentação de carlos leiteSeminário construções sustentáveis – 19 11-2010 – apresentação de carlos leite
Seminário construções sustentáveis – 19 11-2010 – apresentação de carlos leite
FecomercioSP
 
Engenharia urbana modulo ii avaliação
Engenharia urbana modulo ii avaliaçãoEngenharia urbana modulo ii avaliação
Engenharia urbana modulo ii avaliação
Isa Guerreiro
 
CidadesCriativas – Perspectivas
CidadesCriativas – PerspectivasCidadesCriativas – Perspectivas
CidadesCriativas – Perspectivas
Instituto Dom Bosco
 
A Produção do Espaço Urbano no Capitalismo 1
A Produção do Espaço Urbano no Capitalismo 1A Produção do Espaço Urbano no Capitalismo 1
A Produção do Espaço Urbano no Capitalismo 1
Laguat
 
Bogota Design E Participacao
Bogota Design E ParticipacaoBogota Design E Participacao
Bogota Design E Participacao
Jorge Montana
 
05 planejamento e desenho urbano
05 planejamento e desenho urbano05 planejamento e desenho urbano
05 planejamento e desenho urbano
GestaoPublicaSustentavel
 
20171005 Inclusão Social e Erradicação da Pobreza e Aperspectiva da Sociedade...
20171005 Inclusão Social e Erradicação da Pobreza e Aperspectiva da Sociedade...20171005 Inclusão Social e Erradicação da Pobreza e Aperspectiva da Sociedade...
20171005 Inclusão Social e Erradicação da Pobreza e Aperspectiva da Sociedade...
Development Workshop Angola
 
20171020 DW Debate: Inclusão Social e Erradicação da Pobreza Com a Perspectiv...
20171020 DW Debate: Inclusão Social e Erradicação da Pobreza Com a Perspectiv...20171020 DW Debate: Inclusão Social e Erradicação da Pobreza Com a Perspectiv...
20171020 DW Debate: Inclusão Social e Erradicação da Pobreza Com a Perspectiv...
Development Workshop Angola
 
T4 g4 - mudar a cidade
T4   g4 - mudar a cidadeT4   g4 - mudar a cidade
T4 g4 - mudar a cidade
Graziela Araújo
 

Mais procurados (14)

Espa -o-urbano
Espa -o-urbanoEspa -o-urbano
Espa -o-urbano
 
Global city 2.0 v2
Global city 2.0 v2Global city 2.0 v2
Global city 2.0 v2
 
Agentes produtores do espaço urbano geografia urbana
Agentes produtores do espaço urbano   geografia urbanaAgentes produtores do espaço urbano   geografia urbana
Agentes produtores do espaço urbano geografia urbana
 
Global city 2 vf
Global city 2 vfGlobal city 2 vf
Global city 2 vf
 
Dia Mundial do Urbanismo
Dia Mundial do UrbanismoDia Mundial do Urbanismo
Dia Mundial do Urbanismo
 
Seminário construções sustentáveis – 19 11-2010 – apresentação de carlos leite
Seminário construções sustentáveis – 19 11-2010 – apresentação de carlos leiteSeminário construções sustentáveis – 19 11-2010 – apresentação de carlos leite
Seminário construções sustentáveis – 19 11-2010 – apresentação de carlos leite
 
Engenharia urbana modulo ii avaliação
Engenharia urbana modulo ii avaliaçãoEngenharia urbana modulo ii avaliação
Engenharia urbana modulo ii avaliação
 
CidadesCriativas – Perspectivas
CidadesCriativas – PerspectivasCidadesCriativas – Perspectivas
CidadesCriativas – Perspectivas
 
A Produção do Espaço Urbano no Capitalismo 1
A Produção do Espaço Urbano no Capitalismo 1A Produção do Espaço Urbano no Capitalismo 1
A Produção do Espaço Urbano no Capitalismo 1
 
Bogota Design E Participacao
Bogota Design E ParticipacaoBogota Design E Participacao
Bogota Design E Participacao
 
05 planejamento e desenho urbano
05 planejamento e desenho urbano05 planejamento e desenho urbano
05 planejamento e desenho urbano
 
20171005 Inclusão Social e Erradicação da Pobreza e Aperspectiva da Sociedade...
20171005 Inclusão Social e Erradicação da Pobreza e Aperspectiva da Sociedade...20171005 Inclusão Social e Erradicação da Pobreza e Aperspectiva da Sociedade...
20171005 Inclusão Social e Erradicação da Pobreza e Aperspectiva da Sociedade...
 
20171020 DW Debate: Inclusão Social e Erradicação da Pobreza Com a Perspectiv...
20171020 DW Debate: Inclusão Social e Erradicação da Pobreza Com a Perspectiv...20171020 DW Debate: Inclusão Social e Erradicação da Pobreza Com a Perspectiv...
20171020 DW Debate: Inclusão Social e Erradicação da Pobreza Com a Perspectiv...
 
T4 g4 - mudar a cidade
T4   g4 - mudar a cidadeT4   g4 - mudar a cidade
T4 g4 - mudar a cidade
 

Semelhante a Global city 2 0

Global city 2 apresentação finalíssima
Global city 2  apresentação finalíssimaGlobal city 2  apresentação finalíssima
Global city 2 apresentação finalíssima
cidadespelaretoma
 
Pensar a cidade nos contextos da cibercultura apresentação
Pensar a cidade nos contextos da cibercultura apresentaçãoPensar a cidade nos contextos da cibercultura apresentação
Pensar a cidade nos contextos da cibercultura apresentação
Andreia Regina Moura Mendes
 
Hermano
HermanoHermano
Hermano
thcuim1234
 
Temos As Cidades Que Merecemos
Temos As Cidades Que MerecemosTemos As Cidades Que Merecemos
Temos As Cidades Que Merecemos
guestdd7f55
 
Mutantes S.21 - a cultura de convergência aplicada à CEC 2012
Mutantes S.21 - a cultura de convergência aplicada à CEC 2012Mutantes S.21 - a cultura de convergência aplicada à CEC 2012
Mutantes S.21 - a cultura de convergência aplicada à CEC 2012
ojoana
 
Ideias low cost para cidades vf
Ideias low cost para  cidades vfIdeias low cost para  cidades vf
Ideias low cost para cidades vf
cidadespelaretoma
 
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018
Arco | Hub de Inovação
 
Cidades Inteligentes: um novo espaço digital para a cidade
Cidades Inteligentes: um novo espaço digital para a cidadeCidades Inteligentes: um novo espaço digital para a cidade
Cidades Inteligentes: um novo espaço digital para a cidade
Luis Borges Gouveia
 
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIESIMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
José Carlos Mota
 
Jorge Cerveira Pinto - Cidades criativas – um novo desafio e paradigma
Jorge Cerveira Pinto - Cidades criativas – um novo desafio e paradigmaJorge Cerveira Pinto - Cidades criativas – um novo desafio e paradigma
Jorge Cerveira Pinto - Cidades criativas – um novo desafio e paradigma
CICI2011
 
Projectos-piloto - Participação das comunidades no planeamento
Projectos-piloto - Participação das comunidades no planeamentoProjectos-piloto - Participação das comunidades no planeamento
Projectos-piloto - Participação das comunidades no planeamento
PlanningwithCommunities
 
URBAN WEEKEND Dervish Cultural Hacking + Colab.re "Cidades Compartilhadas"
URBAN WEEKEND Dervish Cultural Hacking + Colab.re "Cidades Compartilhadas"URBAN WEEKEND Dervish Cultural Hacking + Colab.re "Cidades Compartilhadas"
URBAN WEEKEND Dervish Cultural Hacking + Colab.re "Cidades Compartilhadas"
Max Nolan Shen
 
Cidades pela retoma público
Cidades pela retoma públicoCidades pela retoma público
Cidades pela retoma público
Jose Carlos Mota
 
Urbanismo II - Cidade para Pessoas
Urbanismo II - Cidade para PessoasUrbanismo II - Cidade para Pessoas
Urbanismo II - Cidade para Pessoas
MonicaAlmeida65
 
ConclusõEs Da ReuniãO 7 Maio09 Vf
ConclusõEs Da ReuniãO 7 Maio09 VfConclusõEs Da ReuniãO 7 Maio09 Vf
ConclusõEs Da ReuniãO 7 Maio09 Vf
Jose Carlos Mota
 
P knight smart rio silicon beach? final-_port_rev
P knight smart rio  silicon beach? final-_port_revP knight smart rio  silicon beach? final-_port_rev
P knight smart rio silicon beach? final-_port_rev
Peter Knight
 
Reconstrutores urbanos
Reconstrutores urbanosReconstrutores urbanos
Reconstrutores urbanos
Lupa | códigos culturais
 
Cidadeciborgue
CidadeciborgueCidadeciborgue
Cidadeciborgue
DricaSantiago
 
Ana carla-fonseca-cidades-criativas, turismo cultural e regeneração urbana
Ana carla-fonseca-cidades-criativas, turismo cultural e regeneração urbanaAna carla-fonseca-cidades-criativas, turismo cultural e regeneração urbana
Ana carla-fonseca-cidades-criativas, turismo cultural e regeneração urbana
maridelamare
 
Citysumers e Congqing_Apresentação
Citysumers e Congqing_ApresentaçãoCitysumers e Congqing_Apresentação
Citysumers e Congqing_Apresentação
bhtem2014
 

Semelhante a Global city 2 0 (20)

Global city 2 apresentação finalíssima
Global city 2  apresentação finalíssimaGlobal city 2  apresentação finalíssima
Global city 2 apresentação finalíssima
 
Pensar a cidade nos contextos da cibercultura apresentação
Pensar a cidade nos contextos da cibercultura apresentaçãoPensar a cidade nos contextos da cibercultura apresentação
Pensar a cidade nos contextos da cibercultura apresentação
 
Hermano
HermanoHermano
Hermano
 
Temos As Cidades Que Merecemos
Temos As Cidades Que MerecemosTemos As Cidades Que Merecemos
Temos As Cidades Que Merecemos
 
Mutantes S.21 - a cultura de convergência aplicada à CEC 2012
Mutantes S.21 - a cultura de convergência aplicada à CEC 2012Mutantes S.21 - a cultura de convergência aplicada à CEC 2012
Mutantes S.21 - a cultura de convergência aplicada à CEC 2012
 
Ideias low cost para cidades vf
Ideias low cost para  cidades vfIdeias low cost para  cidades vf
Ideias low cost para cidades vf
 
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018
 
Cidades Inteligentes: um novo espaço digital para a cidade
Cidades Inteligentes: um novo espaço digital para a cidadeCidades Inteligentes: um novo espaço digital para a cidade
Cidades Inteligentes: um novo espaço digital para a cidade
 
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIESIMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
 
Jorge Cerveira Pinto - Cidades criativas – um novo desafio e paradigma
Jorge Cerveira Pinto - Cidades criativas – um novo desafio e paradigmaJorge Cerveira Pinto - Cidades criativas – um novo desafio e paradigma
Jorge Cerveira Pinto - Cidades criativas – um novo desafio e paradigma
 
Projectos-piloto - Participação das comunidades no planeamento
Projectos-piloto - Participação das comunidades no planeamentoProjectos-piloto - Participação das comunidades no planeamento
Projectos-piloto - Participação das comunidades no planeamento
 
URBAN WEEKEND Dervish Cultural Hacking + Colab.re "Cidades Compartilhadas"
URBAN WEEKEND Dervish Cultural Hacking + Colab.re "Cidades Compartilhadas"URBAN WEEKEND Dervish Cultural Hacking + Colab.re "Cidades Compartilhadas"
URBAN WEEKEND Dervish Cultural Hacking + Colab.re "Cidades Compartilhadas"
 
Cidades pela retoma público
Cidades pela retoma públicoCidades pela retoma público
Cidades pela retoma público
 
Urbanismo II - Cidade para Pessoas
Urbanismo II - Cidade para PessoasUrbanismo II - Cidade para Pessoas
Urbanismo II - Cidade para Pessoas
 
ConclusõEs Da ReuniãO 7 Maio09 Vf
ConclusõEs Da ReuniãO 7 Maio09 VfConclusõEs Da ReuniãO 7 Maio09 Vf
ConclusõEs Da ReuniãO 7 Maio09 Vf
 
P knight smart rio silicon beach? final-_port_rev
P knight smart rio  silicon beach? final-_port_revP knight smart rio  silicon beach? final-_port_rev
P knight smart rio silicon beach? final-_port_rev
 
Reconstrutores urbanos
Reconstrutores urbanosReconstrutores urbanos
Reconstrutores urbanos
 
Cidadeciborgue
CidadeciborgueCidadeciborgue
Cidadeciborgue
 
Ana carla-fonseca-cidades-criativas, turismo cultural e regeneração urbana
Ana carla-fonseca-cidades-criativas, turismo cultural e regeneração urbanaAna carla-fonseca-cidades-criativas, turismo cultural e regeneração urbana
Ana carla-fonseca-cidades-criativas, turismo cultural e regeneração urbana
 
Citysumers e Congqing_Apresentação
Citysumers e Congqing_ApresentaçãoCitysumers e Congqing_Apresentação
Citysumers e Congqing_Apresentação
 

Mais de cidadespelaretoma

Metodologia para gerar ideias low cost em cidades
Metodologia para gerar ideias low cost em cidadesMetodologia para gerar ideias low cost em cidades
Metodologia para gerar ideias low cost em cidades
cidadespelaretoma
 
Ideias low cost para animar as cidades
Ideias low cost para animar as cidadesIdeias low cost para animar as cidades
Ideias low cost para animar as cidades
cidadespelaretoma
 
Saskia sassen público cidades 24 abril 2011
Saskia sassen público cidades 24 abril 2011Saskia sassen público cidades 24 abril 2011
Saskia sassen público cidades 24 abril 2011
cidadespelaretoma
 
Artigo joão seixas público cidades 24 abril
Artigo joão seixas   público cidades 24 abrilArtigo joão seixas   público cidades 24 abril
Artigo joão seixas público cidades 24 abril
cidadespelaretoma
 
Global city2 0 joão ferrão
Global city2 0 joão ferrãoGlobal city2 0 joão ferrão
Global city2 0 joão ferrão
cidadespelaretoma
 
Lançamento global city 2.0
Lançamento global city 2.0Lançamento global city 2.0
Lançamento global city 2.0
cidadespelaretoma
 

Mais de cidadespelaretoma (6)

Metodologia para gerar ideias low cost em cidades
Metodologia para gerar ideias low cost em cidadesMetodologia para gerar ideias low cost em cidades
Metodologia para gerar ideias low cost em cidades
 
Ideias low cost para animar as cidades
Ideias low cost para animar as cidadesIdeias low cost para animar as cidades
Ideias low cost para animar as cidades
 
Saskia sassen público cidades 24 abril 2011
Saskia sassen público cidades 24 abril 2011Saskia sassen público cidades 24 abril 2011
Saskia sassen público cidades 24 abril 2011
 
Artigo joão seixas público cidades 24 abril
Artigo joão seixas   público cidades 24 abrilArtigo joão seixas   público cidades 24 abril
Artigo joão seixas público cidades 24 abril
 
Global city2 0 joão ferrão
Global city2 0 joão ferrãoGlobal city2 0 joão ferrão
Global city2 0 joão ferrão
 
Lançamento global city 2.0
Lançamento global city 2.0Lançamento global city 2.0
Lançamento global city 2.0
 

Global city 2 0

  • 1. LANÇAMENTO DA REDE GLOBAL CITY 2.0 18 ABRIL 2011 http://globalcity.blogs.sapo.pt/
  • 2. COMO PODEM AS CIDADES E AS SUAS COMUNIDADES CONTRIBUIR PARA A RETOMA, REFORMA OU TRANSIÇÃO?
  • 3. COMO NÃO HÁ MILAGRES… MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ Iniciativa cívica colectiva dedicada a discutir o papel das cidades e das suas comunidades em momentos de transição social e económica, e a reflectir sobre práticas urbanas e o futuro da cidadania.
  • 4. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ OUT 2010 FEV 2011 DEZ 2010
  • 5. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ REPERCUSSÕES
  • 6. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ 2618 CIVIC TASK FORCE 20 160 PORTO, AVEIRO, COIMBRA, GUARDA, COVILHÃ, TORRES VEDRAS, LISBOA, FARO & LAGOS, LEIRIA, GUIMARÃES, SANTARÉM, …
  • 7. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ AMBIENTE E TECNOLOGIAS RECURSOS NATURAIS CULTURA PLANEAMENTO DO TERRITÓRIO CITY CIVIC TASK FORCE MOBILIDADE uma equipa multidisciplinar com diferentes backgrounds ARQUITECTURA GESTÃO ECONOMIA DESIGN SOCIOLOGIA INVESTIGADORES E EMPRESÁRIOS E CIDADÃOS PROFISSIONAIS CIENTISTAS ARTISTAS GESTORES INTERESSADOS
  • 8. globalcity.blogs.sapo.pt ‘GLOBAL CITY 2.0’ NETWORK CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO noeconomicrecoverywithoutcities.blogs.sapo.pt www.facebook.com/CidadespelaRetoma groups.google.com/group/cidadespelaretoma LOW-COST & HIGH-VALUE URBAN INITIATIVES CITIES CIVIC ‘THINK TANK’ ruadasideias.blogs.sapo.pt REPOSITÓRIO CONHECIMENTO AGENDA LOCAL PARA citiescivicthinktank.blogs.sapo.pt A RETOMA’ agendalocalpelaretoma.blogs.sapo.pt
  • 9. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | conceito REDE INFORMAL GLOBAL DE ‘MOVIMENTOS CÍVICOS DE CIDADE’ e ESPAÇO DE REFLEXÃO sobre o POTENCIAL DESTAS FORMAS EMERGENTES DE ‘DEMOCRACIA DE PROXIMIDADE’ PARA TRANSFORMAR AS CIDADES E A VIDA URBANA (http://globalcity.blogs.sapo.pt/), desenvolvendo-se no espírito do ‘ano Europeu do Voluntariado para promover mais cidadania activa’- 2011 (http://europa.eu/volunteering/)
  • 10. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | objectivos Um mapa-mundi da cidadania e uma oportunidade de criar uma plataforma de diálogo e conhecimento entre diferentes ‘movimentos cívicos urbanos’ de nível local, nacional e global, tirando partido das novas tecnologias. Um espaço de partilha de experiências e de aprendizagem colectiva sobre práticas urbanas, com elevado potencial por envolver movimentos cívicos de diferentes países e culturas. Uma oportunidade de mobilizar saberes técnicos e científicos para aprofundar o conhecimento sobre o potencial dos movimentos cívicos para revigorar a democracia e para aproximar os cidadãos da política no seu sentido mais profundo, isto é, a reflexão sobre os critérios que definem o futuro do espaço colectivo.
  • 11. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | actividades mapa global de ‘blogues ou sites de ruas, bairros, vilas ou cidades’ promovidos por cidadãos, grupos (formais ou informais) ou instituições que pretendem pensar de forma colaborativa sobre o futuro das suas cidades VOLUNTEER PONTO-C AVEIRO http://www.pontoc.pt http://globalcity.blogs.sapo.pt
  • 12. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | actividades •movimentos cívicos urbanos de mais de 200 cidades •230 sites/blogs de mais de 15 países •9 parcerias internacionais •convite aberto a cidadãos, profissionais, académicos e decisores políticos
  • 13. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | iniciativas •Organizar uma base de dados e um mapa global dos ‘movimentos cívicos de cidade’; •Produzir um novo e mais eficiente website; •Mobilizar mais parcerias em vários países; •Construir uma rede de cidadãos conscientes e activos, partilhando informação (investigação, documentos e estudos) e pensando sobre práticas urbanas na dimensão colectiva dos movimentos cívicos de cidade; •Começar a organizar um questionário sobre ‘movimentos cívicos de cidade’ a partir da base de dados entretanto produzida; •Identificar boas práticas ou iniciativas relevantes a partir do conhecimento dos diferentes movimentos, organizações, autoridades e políticas públicas;
  • 14. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | resultados 1. Dar mais visibilidade às dinâmicas cívicas locais; 2. Estimular o envolvimento dos cidadãos na vida colectiva local; 3. Estimular aprendizagens e diálogos entre diferentes movimentos e entre diferentes cidades, sobretudo os de maior proximidade física; 4. Criar condições para um maior escrutínio público das actuações cívicas e institucionais locais; 5. Aprofundar conhecimento (técnico-científico) sobre ‘movimentos cívicos de cidade’ e sobre as diferentes reflexões sobre o espaço urbano; 6. Reforçar um meio alternativo para apoiar e canalizar as interdependências e colaborações globais, para além das produzidas pelos mercados, empresas privadas ou autoridades públicas burocráticas.
  • 15. ‘GLOBAL CITY 2.0’ Precisamos de si, do seu envolvimento no projecto e na vida da sua comunidade local! Participe no ‘GLOBAL CITY 2.0’! (cidadespelaretoma@gmail.com)
  • 16. ‘GLOBAL CITY 2.0’ [blogue] http://globalcity.blogs.sapo.pt/ [movimento ‘Cidades pela Retoma’] http://noeconomicrecoverywithoutcities.blogs.sapo.pt/ [Facebook] http://www.facebook.com/CidadespelaRetoma [email] globalcitytwopointzero@gmail.com ou cidadespelaretoma@gmail.com