SlideShare uma empresa Scribd logo
A Terra no
Espaço Experiências 1
Material
 Cartolina
 Tesoura
 Furador
 Régua
 Cola de papel
 Lápis
O que queremos saber
Porque é que a Terra é abaulada no equador?
Como vamos fazer
1. Corta 2 tiras de cartolina de 3 cm x 40 cm.
2. Cruza as duas tiras, colando o centro de uma
ao da outra.
3. Junta as 4 pontas e cola-as sobrepostas de
modo a obter uma esfera.
4. Deixa a cola secar.
5. Fura o centro das extremidades sobrepostas
com a ajuda de um furador.
6. Enfia cerca de 5 cm do lápis no furo.
7. Segura o lápis entre as palmas das mãos.
8. Esfrega as mãos para trás e para a frente, de
modo a fazer rodar a esfera de papel.
A Terra no
Espaço Experiências 2
Material
 Plasticina
 Palito
O que queremos saber
Porque é que a Terra se move da forma que
se move?
Como vamos fazer
1. Faz uma bola de plasticina do tamanho de um
berlinde.
2. Atravessa a bola de plasticina com o palito de
modo que de um dos lados apenas fique
exposta uma ponta, tal como um pião.
3. Assenta a ponta do palito sobre a mesa.
4. Segura a extremidade maior do palito e fá-lo
rodar com os dedos.
5. Observa o movimento do topo do palito.
A Terra no
Espaço Experiências 3
Material
 Marcador  1 ovo cru  1 ovo cozido
O que queremos saber
Qual a influência da matéria como é feita a
Terra, no seu movimento?
Como vamos fazer
1. Deixa ambos os ovos à temperatura ambiente
durante cerca de 20 minutos.
2. Numera os ovos: número 1 para o ovo crú
número 2 para o ovo cozido
3. Coloca ambos os ovos deitados numa mesa e
fá-los girar sobre si próprios.
A Terra no
Espaço Experiências 4
Material
 Mesa
 Lanterna
 Camisola preta
 Espelho pequeno
(Esta experiência tem de ser realizada de noite)
O que queremos saber
Porque é que a seguir ao dia, vem a noite?
Como vamos fazer
1. Coloca a lanterna acesa em cima da mesa. Não
deverá haver qualquer outra fonte de luz no
quarto.
2. Com a camisola preta vestida, coloca-te a
cerca de 30 cm da lanterna.
3. Vai rodando lentamente para a esquerda até
ficares de costas para a luz.
4. Segura o espelho e inclina-o de modo a
reflectir a luz para a parte da frente da
camisola.
A Terra no
Espaço Experiências 5
Material
 Bola de plasticina do tamanho de uma maçã
 2 lápis com borracha
 lanterna
O que queremos saber
Porque é que há estações do ano?
Como vamos fazer
1. Atravessa a bola de plasticina com um lápis.
2. Com o outro lápis, desenha a linha do equador
em volta do centro da bola. Esta linha deve
estar à mesma distância do topo da base da
bola.
3. Coloca a bola numa mesa de modo que a
borracha do lápis fique a apontar para a
direita.
4. Num quarto escuro, coloca a lanterna do lado
esquerdo da bola a cerca de 15 cm desta.
5. Vê que parte da bola fica iluminada.
A Terra no
Espaço Experiências 6
Material
 Bola de ténis
 Berlinde
O que queremos saber
Como acontece o eclipse solar?
Como vamos fazer
1. Segura a bola de ténis com a tua mão
esquerda.
2. Estica o braço de modo a que a bola fique em
frente à tua cara.
3. Com a mão direita, segura o berlinde em
frente da bola de ténis.
4. Fecha o olho esquerdo e desloca lentamente o
berlinde na direcção do teu olho direito.
Rochas e
minerais Experiências 7
Material
 Tigela de vidro (2 l)
 Copo (250 ml)
 Colher de sopa (15 ml)
 Sal de mesa
O que queremos saber
Como é que o sal se deposita nas salinas?
Como vamos fazer
1. Deita 250 ml de água (1 copo)para a tigela
e adiciona 4 colheres de sopa (60 ml) de
sal, mexendo muito bem.
2. Deixa a tigela em repouso até que toda a
água se evapore, o que poderá levar 3 a 4
semanas.
Rochas e
minerais Experiências 8
Material
 Copo (250 ml)
 Sais de frutos
 Colher de sopa (15 ml)
 Tesoura
 Cartolina preta
 Tampa de um frasco
grande
O que queremos saber
Como se formam os cristais?
Como vamos fazer
1. Corta um círculo de cartolina que caiba
dentro da tampa, e coloca-o no interior
desta.
2. Enche o copo com água.
3. Mistura na água 4 colheres de sopa (60 ml)
de sais de frutos.
4. Verte para a tampa uma pequena
quantidade da mistura de modo a cobrir o
fundo.
5. Deixa a tampa em repouso durante 1 dia.
Rochas e
minerais Experiências 9
Material
 Sais de frutos
 2 frascos
pequenos
 cordel de algodão
 tesoura
 2 anilhas
 colher
 régua
 papel
O que queremos saber
Como se formam as estalagmites e estalactites?
Como vamos fazer
1. Enche ambos os frascos com sais de frutos.
2.Junta água até cobrir os sais.
3.Mexe.
4.Corta 60 cm de cordel.
5.Ata uma ponta do cordel a cada anila.
6.Coloca uma anilha em cada frasco.
7.Coloca uma folha de papel entre os frascos.
8.Coloca os frascos de modo que o cordel fique
pendurado entre eles e o seu centro fique a
cerca de 2,5 cm do papel.
9.Deixa os frascos em repouso e longe de
qualquer corrente de ar, durante 1 semana.
Rochas e
minerais Experiências 10
Material
 20 palitos
 1 livro
O que queremos saber
Como se formam as rochas metamórficas?
Como vamos fazer
1. Dobra os palitos ao meio, sem, no entanto,
os quebrar.
2.Amontoa os palitos sobre uma mesa.
3.Coloca o livro sobre os palitos e pressiona-o.
4.Retira o livro.
Rochas e
minerais Experiências 11
Material
2 fatias de pão de forma
manteiga
geleia
faca, para barrar
prato
O que queremos saber
Como se formam as rochas sedimentares?
Como vamos fazer
1. Coloca uma fatia de pão no prato.
2. Com a faca, espalha uma camada de
manteiga sobre a fatia de pão.
3. Espalha uma camada de geleia sobre a de
manteiga.
4. Coloca a segunda fatia de pão sobre a
camada de geleia.
Rochas e
minerais Experiências 12
Material
 3 pedaços de plasticina de cores diferentes
aproximadamente do tamanho de um ovo.
 Palhinha
 Tesoura de unhas.
O que queremos saber
Como sabemos como o solo é por dentro?
Como vamos fazer
1. Amolece com os dedos cada um dos bocados
de plasticina.
2.Aplana os pedaços de plasticina coloca-os uns
em ima dos outros, formando um bloco com
cerca de 2,5 cm de altura.
3.Espeta a palhinha no bloco de plasticina.
4.Retira a palhinha do bloco de plasticina.
5.Abre a palhinha com a tesoura.
6.Remove o cilindro de plasticina de dentro da
palhinha.
Rochas e
minerais Experiências 13
Material
O que queremos saber
Como é que as rochas se transformam em
areia e terra?
Como vamos fazer
1. Com o lápis, escreve o teu nome no
papel.
2. Apaga o que escreveste com a
borracha
Rochas e
minerais Experiências 14
Material
O que queremos saber
Como se formam as dunas?
Como vamos fazer
1. Cobre o fundo do tabuleiro com uma
camada fina e lisa de farinha.
2. Com a palhinha dirige o teu sopro para
a farinha que está junto a uma das
margens do tabuleiro.
Rochas e
minerais Experiências 15
Material
 Prato de papel
 Copo de papel
 Plasticina
 Concha do mar
 Óleo de cozinha
 Gesso
 Colher de
plástico
O que queremos saber
Como se formam os fósseis?
Como vamos fazer
1. Coloca no prato um pedaço de plasticina
aproximadamente do tamanho de um limão.
2.Unta o exterior da concha com óleo.
3.Pressiona a concha contra a plasticina.
4.Remove cuidadosamente a concha de modo que
a forma desta fique gravada na plasticina.
5.No copo de papel, mistura 4 colheres de gesso
com 2 colheres de água.
6.Verte a mistura de gesso e água para o molde
da concha gravado na plasticina. Deita o copo de
papel e a colher para o lixo.
7.Deixa o gesso endurecer, o que poderá levar
cerca de 15 a 20 minutos.
8.Separa a plasticina do gesso.
A Terra por
dentro Experiências 16
Material
 Tabuleiro
 2 copos (0,5 litros)
de terra
 tigela (1 l)
 colher
O que queremos saber
Como se separaram os continentes?
Como vamos fazer
1. Deita a terra para dentro da tigela.
2. Junta água e mexe com a colher até se
formar uma lama espessa.
3. Verte a lama para o tabuleiro.
4. Põe o tabuleiro ao sol durante 2 ou 3 dias.
5. Pressiona a lama seca junto às abas do
tabuleiro.
A Terra por
dentro Experiências 17
Material
 Funil
 Recipiente da altura do funil
 Tubo de plástico com cerca de 1 metro de comprimento.
O que queremos saber
Como funciona um géiser?
Como vamos fazer
1. Enche o recipiente com água.
2. Coloca o funil dentro de água, com a boca
para baixo
3. Põe a ponta do tubo de plástico debaixo da
boca do funil.
4. Sopra para dentro do tubo.
Corpo
humano Experiências 18
Material
 Uma pastilha elástica
 Um palito
O que queremos saber
Como podemos observar as pulsações do sangue
no nosso corpo?
Como vamos fazer
1. Com a pastilha elástica fazer uma pequena
bolinha.
2. Espetar o palito nessa bolinha.
3. Colocar a pastilha no pulso perto do dedo
polegar.
Som
Experiências 19
Material
 Duas latas de cerveja ou refrigerantes vazias.
 Alguns metros de fio utilizado para amarrar
embrulhos (5 ou 6 metros)
 Um coto de vela.
 Um canivete.
O que queremos saber
Como se transmite o som através do telefone?
Como vamos fazer
1. Com o canivete retirar completamente a tampa
já perfurada da lata.
2.A meio da tampa oposta fazer um pequeno
orifício com um prego.
3.Passar o fio pelos orifícios das duas latas,
dando de seguida, um nó em cada uma das
extremidades do fio. Esses nós devem impedir
que o fio se solte através dos orifícios.
4.Utilizando o coto da vela, encerre
cuidadosamente o fio.
5.O telefone está pronto, basta falar para o
interior de uma das latas, para que a voz possa
ser ouvida na outra extremidade do telefone.
Experiências 20
Material
 Copo.
 Arame.
 Jarra grande e
transparente.
 Água.
 Detergente.
 Vinagre.
 Bicarbonato de sódio.
O que queremos saber
Porque será que as bolas de sabão flutuam?
Como vamos fazer
1. Faz um círculo com o arame. Vais utilizar esse
círculo para fazeres bolas de sabão.
2.Prepara uma solução simples, de detergente e
água, para fazer bolas de sabão. (deitar meio
copo de detergente e meio copo de água)
3.Deita três colheres de bicarbonato de sódio
no interior da jarra.
4.Deita um copo de vinagre na jarra. ( A mistura
de bicarbonato e vinagre vai começar a reagir,
logo de imediato, formando-se o dióxido de
carbono)
5.Depois da reacção cessar, faz bolas de sabão,
tentando que estas entrem na jarra. ( não se
deve fazer bolas de sabão directamente para
a jarra, porque pode-se forçar o dióxido de
carbono a sair)
6.Quando a bola de sabão entrar na jarra, podes
verificar que vai ficar suspensa.
7.Podes então observar vários pormenores: O
tamanho da bola altera-se? A bola fica
suspensa para sempre? A sua posição varia
com o decorrer do tempo?
Experiências 21
Material
 Balão pequeno.
 Garrafa de
vidro
 Dois garfos.
 Lamparina de
álcool.
 Tripé.
 Rede.
 Água.
O que queremos saber
Um balão pode entrar numa garrafa sozinho?
Como vamos fazer
1. Deita, aproximadamente, uma colher de água
na garrafa vazia.
2. Aquece a água da garrafa, com a ajuda da
lamparina de álcool. (o aquecimento da água pode ser
feito num microondas ou no fogão com intensidade de
chama baixa. Não sujeitar o vidro a temperaturas muito
elevadas porque este pode partir)
3. Deixa a água estar, durante dois minutos, em
ebulição. (a garrafa vai estar muito quente e cheia de
vapor no seu interior, por isso tem CUIDADO!)
4. Com a ajuda de dois garfos, retira a garrafa
do aquecimento. (CUIDADO com as mãos, o vidro
está muito quente)
Com muito cuidado, para não te queimares,
coloca o balão no gargalo da garrafa. (o balão
deve ser colocado perfeitamente na vertical)
5. Agora, deixa a garrafa arrefecer ao ar
ambiente. (se quiseres acelerar o processo, podes
adicionar água às paredes da garrafa. Adiciona água aos
poucos, porque a garrafa pode partir devido à variação
brusca de temperatura)
6. No final, podes verificar que o balão é sugado
para o interior da garrafa. (se o balão não for
bem colocado, este pode arrebentar
prematuramente)
Experiências 22
Material
 Palheira (5 cm).
 Plasticina.
 Cola.
 Água.
 Garrafa de
plástico.
O que queremos saber
Como funcionam os submarinos?
Como vamos fazer
1. Enche totalmente a garrafa de plástico com
água.
2.Tapa uma das extremidades da palheira com
cola.
3.Depois da cola estar seca mete plasticina na
palheira até que o "submarino" flutue por
pouco na água contida na garrafa. (a
palheira deve ficar praticamente toda
submersa)
4.Já com o "submarino" dentro da garrafa
arrolha-a.
5.De seguida aperta a garrafa e verifica que
o "submarino" começa logo de imediato a
submergir.
6.Quando deixares de apertar a garrafa o
"submarino" começa logo a emergir. Não é
um espectáculo?
Ficheiro de experiencias
Experiências 23
Material
 Copo de vidro.
 Pão.
 Água gasificada
O que queremos saber
O que acontece quando se põem bolinhas de
pão em água com gás?
Como vamos fazer
1. Verte água com gás para o copo de vidro
até preencher cerca de três quartos do seu
volume total.
2.Faz bolinhas de pão com um diâmetro igual
a cerca de 4 mm.
3.Deita as bolas de pão no copo com água
gasificada.
4.Espera algum tempo e observa o que
acontece. Aparece alguma coisa a subir e a
descer?
Ficheiro de experiencias
Experiências 24
Material
 Copo de vidro alto.
 Água.
 Groselha.
 Azeite.
 Mel.
 Álcool etílico.
O que queremos saber
Existem líquidos que flutuam em outros líquidos?
Como vamos fazer
1. Deita a groselha na água, de maneira, a que
esta fique ligeiramente corada de vermelho. (a
adição de groselha é feita para tornar mais
fácil a visualização das fases)
2.Deita a solução de água e groselha no copo
alto.
3.De seguida, cuidadosamente, deita o azeite na
superfície da água corada. ( podes fazer a
adição com a ajuda do cabo de uma colher de
mesa)
4.Depois, adiciona o álcool etílico.(podes usar o
mesmo procedimento que seguiste para o
azeite)
5.Finalmente, adiciona o mel.
6.Podes verificar que o álcool fica no topo.
7.Depois do álcool vem o azeite, a água corada e
o mel.
Experiências 25
Material
 Copo de vidro.
 Água.
 Azeite.
 Groselha.
 Mel.
 Álcool Etílico.
 Pedaço de borracha.
 Pedaço de palito.
 Pedaço de rolha.
 Plástico.
O que queremos saber
Existem sólidos menos densos do que
certos líquidos?
Como vamos fazer
1. Utiliza o copo com os líquidos da experiência:
densidade dos líquidos.
2. Deitar os sólidos, um de cada vez, no copo.
Podes verificar que a madeira e a rolha ficam
à superfície do álcool.
3. O plástico coloca-se na superfície do azeite,
e o pedaço de borracha fica na superfície do
mel.
Ficheiro de experiencias
Experiências 26
Material
 Hidróxido de sódio
(soda cáustica).
 Cloreto de sódio (sal
comum).
 Gordura.
 Perfume.
 Água destilada.
 Goblé.
 Lamparina de álcool.
 Tripé e grelha.
 Colher de cozinha.
 Óculos de protecção.
 Luvas de látex.
O que queremos saber
Como fazer sabão?
Como vamos fazer
1. Prepara uma solução de hidróxido de sódio. (a
preparação desta solução deve ser cuidadosa porque o
hidróxido de sódio é muito alcalino. O hidróxido de
sódio é normalmente fornecido no estado sólido,
devendo este ser transferido para um goblé já com
água com a ajuda de uma colher de plástico. O
hidróxido de sódio é fornecido ao goblé depois de este
já ter a água, porque esta forte base ataca o vidro
ficando os grãos colados às paredes do goblé, sendo
depois a sua remoção bastante difícil)
2.Adiciona um pouco de gordura à solução de hidróxido
de sódio. (a gordura adicionada pode ser um pedaço
pequeno de manteiga, também podendo ser utilizado
um pouco de óleo ou azeite)
3.Aquece a solução e deixa-a ferver durante um certo
período de tempo. (com o calor fornecido pela chama
da lamparina a fervura não será muito intensa, mas
deverás ser cauteloso pois a solução que estamos a
aquecer é muito alcalina. Se durante a fervura houver
salpicos para fora do goblé, estes deverão ser
imediatamente limpos com um pano húmido)
4.Verte a solução tratada para outro goblé,
acrescentando depois uma colher de cloreto de sódio
(sal comum) e um pouco de perfume.
5.Deixa arrefecer a solução. (deverás ser cauteloso no
manuseamento do goblé quente, pois como é sabido, o
vidro quente ou frio parece o mesmo)
6.A flutuar na solução encontra-se um determinado
sólido que pode ser designado de sabão perfumado. (o
sabão trata-se de um bom meio de limpeza porque é
formado por uma parte apolar que é dada pela
gordura, e outra parte polar que é fornecida pelo sal e
hidróxido de sódio. Devido a estas características o
sabão tanto atrai para si moléculas polares ou
apolares)
Experiências 27
Material
 Goblé.
 Colher.
 Carbonato de
sódio.
 Água destilada.
 Perfume.
O que queremos saber
Como fazer sais de banho
Como vamos fazer
1. Adiciona carbonato de sódio, no estado sólido, a
um goblé com água destilada.
2.Deves adicionar o carbonato até ser atingida uma
solução saturada (se só tiveres acesso a carbonato de
sódio em cristais grandes, deverás reduzi-los a pó antes
de os adicionares à água destilada)
3.Junta perfume à solução saturada, para lhe dar
um aroma agradável. (guardar a solução no goblé para
quando o quiseres usar)
4.Utiliza duas colheres de sopa de solução para
cada banho. (os sais de banho tornam a água mais macia,
pois reduzem o teor de cálcio, sendo este o principal
causador de dureza da água. O carbonato de sódio contido
nos sais de banho reage com o cálcio, formando carbonato
de cálcio que se irá precipitar diminuindo assim a
quantidade de cálcio na água do banho. O resultado depois
da adição da solução à água será uma água mais macia,
espumosa e de cheiro agradável)
Experiências 28
Material
 Panela
 Fogão.
 Proveta ou copo de
medida.
 Filtro.
 Funil.
 Leite.
 Vinagre (ácido acético).
O que queremos saber
Como produzir plástico?
Como vamos fazer
1. Aquece meio litro de leite numa panela, sem o
levar à fervura. (a quantidade de leite pode ser
medida com uma proveta, ou com um copo graduado
de cozinha)
2. Verte, para o leite, 50 ml de vinagre e mexe
bem a solução. Verificarás a formação de
flocos de uma substância branca no leite.
(esta substância branca trata-se de uma proteína
chamada caseína)
3. Filtra a mistura heterogénea para outro
recipiente, de maneira a obteres a caseína o
mais puro possível. (a filtração deverá ser feita
com a ajuda de um funil e um filtro de papel)
4. Deixa filtrar bem a solução.
5. Depois recuperares o sólido depositado no
papel de filtro, raspa o papel com a ajuda de
uma espátula ou de uma simples colher de
cozinha.
6. Comprime a caseína num molde à tua escolha e
deixa-a endurecer.
Electricidade
Experiências 29
Material
 Três fios eléctricos isolados com crocodilos.
 Dois suportes para lâmpadas.
 Duas lâmpadas pequenas.
 Duas pilhas de 4,5 V.
 Fio eléctrico isolado.
O que queremos saber
Como fazer um circuito em série?
Como vamos fazer
1. Une os dois pólos positivos (+) e negativos (-)
das duas pilhas por forma a que se obtenha uma
diferença de potencial total igual a 9 V.
2.Liga o crocodilo do fio (1) à união dos dois
pólos (+) das duas pilhas.
3.Liga o outro crocodilo do fio (1) a uma das
ligações do suporte (1).
4.Une a restante ligação do suporte (1) a uma
das ligações do suporte (2).
5.A ligação deve ser estabelecida por um fio
com crocodilos nas extremidades.
6.Liga a ligação restante do suporte (2) à união
dos dois pólos (–) das duas pilhas com o fio (3).
7.Enrosca uma das lâmpadas no suporte (1). O
que acontece?
8.Enrosca a outra lâmpada no suporte (2). O
sistema acende as lâmpadas?
9.Tira a lâmpada do suporte (1). O que verificas?
Electricidade
Experiências 30
Material
 6 fios eléctricos isolados com crocodilos nas
extremidades.
 2 suportes para lâmpadas.
 2 lâmpadas pequenas.
 2 pilhas de 4,5 V.
 Fio eléctrico isolado.
O que queremos saber
Como fazer um circuito em paralelo
Como vamos fazer
1. Une os pólos (+) e (-) das duas pilhas por
forma a que se obtenha no circuito uma
diferença de potencial igual a 9 V.
2.Liga o crocodilo do fio (1) à união dos dois
pólos (+) das duas pilhas.
3.Une o outro crocodilo do fio (1) a dois
crocodilos dos fios (2) e (3).
4.Liga os crocodilos livres dos fios (2) e (3) a
uma das ligações dos suportes (1) e(2).
5.Coloca as lâmpadas nos suportes.
6.Une a ligação restante de cada suporte aos
fios (4) e (5) por intermédio de um dos seus
crocodilos.
7.Liga os crocodilos restantes dos fios (4) e (5)
ao crocodilo do fio (6).
8.Liga o crocodilo livre do fio (6) à união dos
dois pólos (-) das duas pilhas. O que acontece?
(se as lâmpadas não acenderem torna a montar
o sistema)
9.De seguida tira uma das lâmpadas. O que
acontece?
10. Coloca novamente a lâmpada que tiraste e
retira a outra. O sistema fica igual?
Experiências 31
Material
 Vara de ferro.
 Fio de cobre isolado.
 Pregos de ferro.
 Pilha de 4,5 V.
 Dois fios eléctricos
com crocodilos.
O que queremos saber
Como construir um Íman artificial?
Como vamos fazer
1. Enrola o fio de cobre isolado na vara de ferro.
(tenta dar o máximo de voltas possíveis com o
fio de cobre à volta da vara de ferro)
2. Liga uma das extremidades do fio de cobre
isolado a um fio, através de um dos seus
crocodilos.
3. Liga o outro crocodilo desse fio ao pólo (+) da
pilha. (se quiseres que o efeito seja maior
basta utilizares uma bateria de duas pilhas
para teres 9 V)
4. Liga a outra ponta do fio de cobre isolado a
outro fio, igualmente através de um dos seus
crocodilos.
5. Liga o restante crocodilo desse fio ao pólo (-)
da pilha.
6. Aproxima a vara de ferro aos pregos. O que
acontece? Depois de brincares um pouco com
os pregos, desliga o crocodilo do pólo (+).
7. Aproxima novamente a vara de ferro aos
pregos. O efeito contínua? Porquê?
Electrostática
Experiências 32
Material
 Garrafa de plástico.
 Agulha.
 Pente de plástico.
 Água.
 Groselha.
O que queremos saber
Como pode um pente atrair a água?
Como vamos fazer
1. Corta o topo da garrafa de plástico.
2.Faz um buraco na garrafa com a ajuda da
agulha. (o buraco deve ter um diâmetro
pequeno)
3.Adiciona groselha à água. (a adição de groselha
à água é feita para tornar mais fácil a
visualização do efeito)
4.Enche a garrafa de água com groselha.
5.Passa o pente no cabelo várias vezes.
6.Aproxima devagar o pente do fio de água. (vai
aproximando aos poucos e verifica se o que
acontece ao jacto de água)
7.Passa, novamente, o pente no cabelo várias
vezes. O efeito é o mesmo? É maior? É menor?
Experiências 33
Material
 apito  barbante  funil
O que queremos saber
Fazer sons com um funil
Como vamos fazer
1. Adapta à extremidade do funil um apito, como
indicado na figura.
2. Depois faz movimentos circulares, e nota o
tipo de som produzido. Porque é que a sirene
faz este som? O que está a acontecer?
3. Agora pede a um amigo para correr segurando
o funil com o apito.
4. Pede para ele correr de um lado a outro.
5. Irás notar uma diferença bastante sensível no
tipo de som produzido. Parece a sirene das
ambulâncias a tocar consoante o teu amigo se
aproxima e se afasta de ti. Este é um efeito
muito interessante chamado Efeito Doppler.
Mas, enquanto tu ouves estes dois sons, o teu
amigo vai ouvir apenas um mesmo ruído.
Experiências 34
Material
 água quente,
 uma bacia,
 um tubo  uma garrafa
com tampa de
vidro
O que queremos saber
Como fazer um termómetro caseiro?
Como vamos fazer
1. Coloca um pouco de água numa garrafa com um
tubo e lacrada, como indicado na figura (a
cortiça é um bom material para se utilizar
como tampa).
2. Verte água quente sobre a garrafa (que deve
estar dentro de uma bacia). O que acontece?
3. A água quente aquece o ar interno da garrafa,
fazendo com que as moléculas deste ar interno
movimentem-se cada vez mais, e empurrando a
água que está dentro da garrafa par o tubo.
Ou seja, ao verter água quente, aumentamos a
pressão do ar no interior da garrafa, que tenta
expelir a água dentro desta para fora.
Ficheiro de experiencias
Ar
Experiências 35
Material
 balão de festa),
 dois tubos de vidro,
 um vasilhame com tampa
de cortiça
O que queremos saber
Como encher um balão de uma maneira diferente?
Como vamos fazer
1. Monta a experiência como indicado na figura
2: faz dois furos na tampa do vasilhame,
coloca os dois tubos, num dos quais amarrado
um balão, e feche-o.
2. Sopra a extremidade do tubo A (fig.3) e
observa o que acontece:
Ficheiro de experiencias
Experiências 36
Material
 balão
O que queremos saber
Como deixar os cabelos em pé?
Como vamos fazer
1. Enche o balão.
2. Esfrega numa lã
3. Aproxima-a do cabelo.
Ficheiro de experiencias
Experiências 37
Material
O que queremos saber
Fazendo Sabão!
Como vamos fazer
É muito fácil fazer. Tome uma colher de sopa de margarina e coloque numa
latinha de conserva,até derreter. Adicione hidróxido de sódio (NaOH) a 25% -
mais conhecido como soda cáustica - aos pouquinhos,misturando sempre com
um palitinho de sorvete (você pode encontrar esta substância emcasas
revendedoras de produtos químicos, ou mesmo falando com o seu professorde
química). Ponha o material em um molde e deixe esfriar. E pronto! Temos um
sabão caseiro!
Experiências 38
Material
 leite desnatado
 vinagre
 bicarbonato de sódio
 uma panela que não
seja metálica (uma
esmaltada serve)
O que queremos saber
Como fazer cola a partir de leite?
Como vamos fazer
1. Aquece meio litro de leite desnatado e adiciona
seis colheres de sopa de vinagre aos poucos,
misturando constantemente.
2.Quando começar a engrossar, retira-o do lume.
3.Continua a mexer até que não haja mais
possibilidade do caldo engrossar.
4.Espera que a substância assente no fundo da
panela. Então coa-a.
5.Adiciona 1/2 de copo (60 ml) de água e uma
colher de sopa de bicarbonato de sódio
(também se pode usar borato de sódio).
Experiências 39
Material
 uma lata com tampa,
 fio
 porca,
 parafuso,
 martelo,
 prego
O que queremos saber
Como mandar uma lata e fazer com que ela volte
para trás?
Como vamos fazer
1. Faz dois furos, um na base e outro na tampa de
uma lata.
2.Passa um fio entre os furos, como indicado na
figura, e no centro de cruzamento dos fios,
amarra um objecto pesado, como uma porca e um
parafuso, ou qualquer outra coisa.
3. Agora rola a latinha e vê o que acontece!
Ficheiro de experiencias
Ficheiro de experiencias
Experiências 40
Material
 Uma tira de papel poroso. Pode-se utilizar papel de
filtro de uma máquina de café
 Extremo (sem tinta) de uma folha de jornal.
 Caneta de feltro preta.
 Lápis
 Um frasco
 Um pouco de álcool
O que queremos saber
Que cores tem o preto?
Como vamos fazer
1. Recorta uma tira de papel poroso que tenha
uns 4 cm de largura e que seja um pouco mais
larga que a altura do frasco.
2.Enrola o extremo do papel (podes usar fita
adesiva) de tal maneira que o outro extremo
chegue ao fundo do frasco. (ver figura).
3.Faz uma pinta com uma caneta de feltro preta
no extremo livre da tira, a uns 2 cm da borda.
Carrega com a caneta, mas não ocupes muito
espaço. (ver figura)
4.Enche o fundo do frasco com álcool, basta uma
altura de 1 cm aproximadamente.
5.Põe a tira dentro do frasco por forma a que p
extremo fique mergulhado em álcool mas a
mancha de tinta fique fora do álcool.
6.Podes tapar o frasco para evitar que o álcool
se evapore.
7. Observa o que ocorre.
8. Repete a experiência utilizando diferentes
cores.
Experiências 41
Material
 3 frascos grandes
 um ovo
 agua
 sal
O que queremos saber
Porque flutuamos no mar?
Como vamos fazer
1. Enche dois frascos com água
2.Adiciona a um deles, sal pouco a pouco.
Mexendo com uma colher, dissolve a maior
quantidade possível. Num frasco de 200 cm3
pode-se dissolver umas 70 g de sal.
3.Coloca um ovo no frasco que tem só água .
4.Coloca agora o mesmo ovo no frasco que tem
sal dissolvido.
5.Coloca o ovo e água, no terceiro frasco, mas
apenas o suficiente para o cobrir.
6.Acrescenta água com sal, da que já tens, até
que consigas que o ovo fique no meio (sem
flutuar, nem afundar)
7. Se acrescentares neste momento um pouco de
água, observarás que se afunda. Se, a seguir,
adicionares um pouco de água salada, vê-lo-ás
flutuar novamente. Se voltares a acrescentar
água, outra vez se afundará e assim
sucessivamente.
O clima
Experiências
Material
O que queremos saber
Como funciona o termómetro?)pásg154(
Como vamos fazer
O clima
Experiências
Material
O que queremos saber
Como se mede a pressão atmosférica?
Como vamos fazer
Clima
Experiências
Material
O que queremos saber
Como sabemos para que lado vai o vento?
Como vamos fazer
Clima
Experiências
Material
O que queremos saber
Como se forma o orvalho? (pág.168)
Como vamos fazer
Clima
Experiências
Material
O que queremos saber
Como se forma a geada?
Como vamos fazer
Clima
Experiências
Material
O que queremos saber
O que é um tornado?(pás.193)
Como vamos fazer
Clima
Experiências
Material
O que queremos saber
O que origina os trovões? (pág196)
Como vamos fazer
Corpo
humano Experiências 42
Material
 Um tubo de borracha
 Um pequeno funil de plástico
O que queremos saber
Como podemos construir um instrumento que
nos permita ouvir com facilidade os
batimentos cardíacos?
Como vamos fazer
1. Basta introduzir a ponta do funil no pedaço
de borrachas e experimentar o
instrumento com um companheiro.
Ficheiro de experiencias

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Ficheiro de experiencias

Apresentação ROBÓTICA SUSTENTÁVEL .pptx
Apresentação ROBÓTICA SUSTENTÁVEL  .pptxApresentação ROBÓTICA SUSTENTÁVEL  .pptx
Apresentação ROBÓTICA SUSTENTÁVEL .pptx
renan rocha
 
APOSTILA DE FLORES E PEÇAS EM PET
APOSTILA DE FLORES E PEÇAS EM PETAPOSTILA DE FLORES E PEÇAS EM PET
APOSTILA DE FLORES E PEÇAS EM PET
Julyana Biavatti
 
Apostila de- reciclagem
Apostila de-   reciclagemApostila de-   reciclagem
Apostila de- reciclagem
cafumilena
 
Ficheiro _experiências
Ficheiro _experiênciasFicheiro _experiências
Ficheiro _experiências
Joana_Vilela
 
20 ideias diy para decorar a sua casa
20 ideias diy para decorar a sua casa20 ideias diy para decorar a sua casa
20 ideias diy para decorar a sua casa
Sua Decoração
 
Oficina Reciclagempet manualparticipante
Oficina Reciclagempet manualparticipanteOficina Reciclagempet manualparticipante
Oficina Reciclagempet manualparticipante
mnmaill
 
Oficina reciclagempet manualparticipante
Oficina reciclagempet manualparticipanteOficina reciclagempet manualparticipante
Oficina reciclagempet manualparticipante
Katia Figueira
 
Kids Club Smilecatch // Atividades Divertidas Para a Familia 05
Kids Club Smilecatch // Atividades Divertidas Para a Familia 05Kids Club Smilecatch // Atividades Divertidas Para a Familia 05
Kids Club Smilecatch // Atividades Divertidas Para a Familia 05
Smilecatch
 
Tema: EU E AS INTERAÇÕES
Tema: EU E AS INTERAÇÕESTema: EU E AS INTERAÇÕES
Tema: EU E AS INTERAÇÕES
Jaqueline Lacerda Moreira Henke
 
Coleção de artesanato
Coleção de artesanatoColeção de artesanato
Coleção de artesanato
fernandosouzapa
 
Oficina de brinquedos
Oficina de brinquedosOficina de brinquedos
Oficina de brinquedos
Monitoria Contabil S/C
 
Receita do puff
Receita do puffReceita do puff
Receita do puff
Filgueira Nogueira
 
Festas com sustentabilidade
Festas com sustentabilidadeFestas com sustentabilidade
Festas com sustentabilidade
Claudio Bernardi Stringari
 
Guirlanda de Páscoa em Papelão e EVA
Guirlanda de Páscoa em Papelão e EVAGuirlanda de Páscoa em Papelão e EVA
Guirlanda de Páscoa em Papelão e EVA
Vila do Artesão
 
Experiências com o Ar
Experiências com o ArExperiências com o Ar
Experiências com o Ar
David Azevedo
 
Mosquitérica
MosquitéricaMosquitérica
Mosquitérica
Elisangela Rabelo
 
Projecto
ProjectoProjecto
Projecto
Vanda
 
Projeto de Vida
Projeto de VidaProjeto de Vida
Projeto de Vida
E.E.Deputado Jamil Gadia
 
Bolsa dani e corujinha
Bolsa dani e corujinhaBolsa dani e corujinha
Bolsa dani e corujinha
ADRIANA GARCIA LUIZ
 
Guirlanda de páscoa - cara de coelho
Guirlanda  de páscoa - cara de coelhoGuirlanda  de páscoa - cara de coelho
Guirlanda de páscoa - cara de coelho
claudiobelmudes
 

Semelhante a Ficheiro de experiencias (20)

Apresentação ROBÓTICA SUSTENTÁVEL .pptx
Apresentação ROBÓTICA SUSTENTÁVEL  .pptxApresentação ROBÓTICA SUSTENTÁVEL  .pptx
Apresentação ROBÓTICA SUSTENTÁVEL .pptx
 
APOSTILA DE FLORES E PEÇAS EM PET
APOSTILA DE FLORES E PEÇAS EM PETAPOSTILA DE FLORES E PEÇAS EM PET
APOSTILA DE FLORES E PEÇAS EM PET
 
Apostila de- reciclagem
Apostila de-   reciclagemApostila de-   reciclagem
Apostila de- reciclagem
 
Ficheiro _experiências
Ficheiro _experiênciasFicheiro _experiências
Ficheiro _experiências
 
20 ideias diy para decorar a sua casa
20 ideias diy para decorar a sua casa20 ideias diy para decorar a sua casa
20 ideias diy para decorar a sua casa
 
Oficina Reciclagempet manualparticipante
Oficina Reciclagempet manualparticipanteOficina Reciclagempet manualparticipante
Oficina Reciclagempet manualparticipante
 
Oficina reciclagempet manualparticipante
Oficina reciclagempet manualparticipanteOficina reciclagempet manualparticipante
Oficina reciclagempet manualparticipante
 
Kids Club Smilecatch // Atividades Divertidas Para a Familia 05
Kids Club Smilecatch // Atividades Divertidas Para a Familia 05Kids Club Smilecatch // Atividades Divertidas Para a Familia 05
Kids Club Smilecatch // Atividades Divertidas Para a Familia 05
 
Tema: EU E AS INTERAÇÕES
Tema: EU E AS INTERAÇÕESTema: EU E AS INTERAÇÕES
Tema: EU E AS INTERAÇÕES
 
Coleção de artesanato
Coleção de artesanatoColeção de artesanato
Coleção de artesanato
 
Oficina de brinquedos
Oficina de brinquedosOficina de brinquedos
Oficina de brinquedos
 
Receita do puff
Receita do puffReceita do puff
Receita do puff
 
Festas com sustentabilidade
Festas com sustentabilidadeFestas com sustentabilidade
Festas com sustentabilidade
 
Guirlanda de Páscoa em Papelão e EVA
Guirlanda de Páscoa em Papelão e EVAGuirlanda de Páscoa em Papelão e EVA
Guirlanda de Páscoa em Papelão e EVA
 
Experiências com o Ar
Experiências com o ArExperiências com o Ar
Experiências com o Ar
 
Mosquitérica
MosquitéricaMosquitérica
Mosquitérica
 
Projecto
ProjectoProjecto
Projecto
 
Projeto de Vida
Projeto de VidaProjeto de Vida
Projeto de Vida
 
Bolsa dani e corujinha
Bolsa dani e corujinhaBolsa dani e corujinha
Bolsa dani e corujinha
 
Guirlanda de páscoa - cara de coelho
Guirlanda  de páscoa - cara de coelhoGuirlanda  de páscoa - cara de coelho
Guirlanda de páscoa - cara de coelho
 

Mais de PatrciaCorreia33

Trabalhos de férias de páscoa
Trabalhos de férias de páscoaTrabalhos de férias de páscoa
Trabalhos de férias de páscoa
PatrciaCorreia33
 
Letra já cá está o outono
Letra   já cá está o outonoLetra   já cá está o outono
Letra já cá está o outono
PatrciaCorreia33
 
Experiências
ExperiênciasExperiências
Experiências
PatrciaCorreia33
 
Ficha de experiências
Ficha de experiênciasFicha de experiências
Ficha de experiências
PatrciaCorreia33
 
Ficha do ar experiências
Ficha do ar experiênciasFicha do ar experiências
Ficha do ar experiências
PatrciaCorreia33
 
Experiencias1ciclo (1)
Experiencias1ciclo (1)Experiencias1ciclo (1)
Experiencias1ciclo (1)
PatrciaCorreia33
 
Ficha para experiências
Ficha para experiênciasFicha para experiências
Ficha para experiências
PatrciaCorreia33
 

Mais de PatrciaCorreia33 (7)

Trabalhos de férias de páscoa
Trabalhos de férias de páscoaTrabalhos de férias de páscoa
Trabalhos de férias de páscoa
 
Letra já cá está o outono
Letra   já cá está o outonoLetra   já cá está o outono
Letra já cá está o outono
 
Experiências
ExperiênciasExperiências
Experiências
 
Ficha de experiências
Ficha de experiênciasFicha de experiências
Ficha de experiências
 
Ficha do ar experiências
Ficha do ar experiênciasFicha do ar experiências
Ficha do ar experiências
 
Experiencias1ciclo (1)
Experiencias1ciclo (1)Experiencias1ciclo (1)
Experiencias1ciclo (1)
 
Ficha para experiências
Ficha para experiênciasFicha para experiências
Ficha para experiências
 

Último

Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 

Último (20)

Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 

Ficheiro de experiencias

  • 1. A Terra no Espaço Experiências 1 Material  Cartolina  Tesoura  Furador  Régua  Cola de papel  Lápis O que queremos saber Porque é que a Terra é abaulada no equador? Como vamos fazer 1. Corta 2 tiras de cartolina de 3 cm x 40 cm. 2. Cruza as duas tiras, colando o centro de uma ao da outra. 3. Junta as 4 pontas e cola-as sobrepostas de modo a obter uma esfera. 4. Deixa a cola secar. 5. Fura o centro das extremidades sobrepostas com a ajuda de um furador. 6. Enfia cerca de 5 cm do lápis no furo. 7. Segura o lápis entre as palmas das mãos. 8. Esfrega as mãos para trás e para a frente, de modo a fazer rodar a esfera de papel.
  • 2. A Terra no Espaço Experiências 2 Material  Plasticina  Palito O que queremos saber Porque é que a Terra se move da forma que se move? Como vamos fazer 1. Faz uma bola de plasticina do tamanho de um berlinde. 2. Atravessa a bola de plasticina com o palito de modo que de um dos lados apenas fique exposta uma ponta, tal como um pião. 3. Assenta a ponta do palito sobre a mesa. 4. Segura a extremidade maior do palito e fá-lo rodar com os dedos. 5. Observa o movimento do topo do palito.
  • 3. A Terra no Espaço Experiências 3 Material  Marcador  1 ovo cru  1 ovo cozido O que queremos saber Qual a influência da matéria como é feita a Terra, no seu movimento? Como vamos fazer 1. Deixa ambos os ovos à temperatura ambiente durante cerca de 20 minutos. 2. Numera os ovos: número 1 para o ovo crú número 2 para o ovo cozido 3. Coloca ambos os ovos deitados numa mesa e fá-los girar sobre si próprios.
  • 4. A Terra no Espaço Experiências 4 Material  Mesa  Lanterna  Camisola preta  Espelho pequeno (Esta experiência tem de ser realizada de noite) O que queremos saber Porque é que a seguir ao dia, vem a noite? Como vamos fazer 1. Coloca a lanterna acesa em cima da mesa. Não deverá haver qualquer outra fonte de luz no quarto. 2. Com a camisola preta vestida, coloca-te a cerca de 30 cm da lanterna. 3. Vai rodando lentamente para a esquerda até ficares de costas para a luz. 4. Segura o espelho e inclina-o de modo a reflectir a luz para a parte da frente da camisola.
  • 5. A Terra no Espaço Experiências 5 Material  Bola de plasticina do tamanho de uma maçã  2 lápis com borracha  lanterna O que queremos saber Porque é que há estações do ano? Como vamos fazer 1. Atravessa a bola de plasticina com um lápis. 2. Com o outro lápis, desenha a linha do equador em volta do centro da bola. Esta linha deve estar à mesma distância do topo da base da bola. 3. Coloca a bola numa mesa de modo que a borracha do lápis fique a apontar para a direita. 4. Num quarto escuro, coloca a lanterna do lado esquerdo da bola a cerca de 15 cm desta. 5. Vê que parte da bola fica iluminada.
  • 6. A Terra no Espaço Experiências 6 Material  Bola de ténis  Berlinde O que queremos saber Como acontece o eclipse solar? Como vamos fazer 1. Segura a bola de ténis com a tua mão esquerda. 2. Estica o braço de modo a que a bola fique em frente à tua cara. 3. Com a mão direita, segura o berlinde em frente da bola de ténis. 4. Fecha o olho esquerdo e desloca lentamente o berlinde na direcção do teu olho direito.
  • 7. Rochas e minerais Experiências 7 Material  Tigela de vidro (2 l)  Copo (250 ml)  Colher de sopa (15 ml)  Sal de mesa O que queremos saber Como é que o sal se deposita nas salinas? Como vamos fazer 1. Deita 250 ml de água (1 copo)para a tigela e adiciona 4 colheres de sopa (60 ml) de sal, mexendo muito bem. 2. Deixa a tigela em repouso até que toda a água se evapore, o que poderá levar 3 a 4 semanas.
  • 8. Rochas e minerais Experiências 8 Material  Copo (250 ml)  Sais de frutos  Colher de sopa (15 ml)  Tesoura  Cartolina preta  Tampa de um frasco grande O que queremos saber Como se formam os cristais? Como vamos fazer 1. Corta um círculo de cartolina que caiba dentro da tampa, e coloca-o no interior desta. 2. Enche o copo com água. 3. Mistura na água 4 colheres de sopa (60 ml) de sais de frutos. 4. Verte para a tampa uma pequena quantidade da mistura de modo a cobrir o fundo. 5. Deixa a tampa em repouso durante 1 dia.
  • 9. Rochas e minerais Experiências 9 Material  Sais de frutos  2 frascos pequenos  cordel de algodão  tesoura  2 anilhas  colher  régua  papel O que queremos saber Como se formam as estalagmites e estalactites? Como vamos fazer 1. Enche ambos os frascos com sais de frutos. 2.Junta água até cobrir os sais. 3.Mexe. 4.Corta 60 cm de cordel. 5.Ata uma ponta do cordel a cada anila. 6.Coloca uma anilha em cada frasco. 7.Coloca uma folha de papel entre os frascos. 8.Coloca os frascos de modo que o cordel fique pendurado entre eles e o seu centro fique a cerca de 2,5 cm do papel.
  • 10. 9.Deixa os frascos em repouso e longe de qualquer corrente de ar, durante 1 semana.
  • 11. Rochas e minerais Experiências 10 Material  20 palitos  1 livro O que queremos saber Como se formam as rochas metamórficas? Como vamos fazer 1. Dobra os palitos ao meio, sem, no entanto, os quebrar. 2.Amontoa os palitos sobre uma mesa. 3.Coloca o livro sobre os palitos e pressiona-o. 4.Retira o livro.
  • 12. Rochas e minerais Experiências 11 Material 2 fatias de pão de forma manteiga geleia faca, para barrar prato O que queremos saber Como se formam as rochas sedimentares? Como vamos fazer 1. Coloca uma fatia de pão no prato. 2. Com a faca, espalha uma camada de manteiga sobre a fatia de pão. 3. Espalha uma camada de geleia sobre a de manteiga. 4. Coloca a segunda fatia de pão sobre a camada de geleia.
  • 13. Rochas e minerais Experiências 12 Material  3 pedaços de plasticina de cores diferentes aproximadamente do tamanho de um ovo.  Palhinha  Tesoura de unhas. O que queremos saber Como sabemos como o solo é por dentro? Como vamos fazer 1. Amolece com os dedos cada um dos bocados de plasticina. 2.Aplana os pedaços de plasticina coloca-os uns em ima dos outros, formando um bloco com cerca de 2,5 cm de altura. 3.Espeta a palhinha no bloco de plasticina. 4.Retira a palhinha do bloco de plasticina. 5.Abre a palhinha com a tesoura. 6.Remove o cilindro de plasticina de dentro da palhinha.
  • 14. Rochas e minerais Experiências 13 Material O que queremos saber Como é que as rochas se transformam em areia e terra? Como vamos fazer 1. Com o lápis, escreve o teu nome no papel. 2. Apaga o que escreveste com a borracha
  • 15. Rochas e minerais Experiências 14 Material O que queremos saber Como se formam as dunas? Como vamos fazer 1. Cobre o fundo do tabuleiro com uma camada fina e lisa de farinha. 2. Com a palhinha dirige o teu sopro para a farinha que está junto a uma das margens do tabuleiro.
  • 16. Rochas e minerais Experiências 15 Material  Prato de papel  Copo de papel  Plasticina  Concha do mar  Óleo de cozinha  Gesso  Colher de plástico O que queremos saber Como se formam os fósseis? Como vamos fazer 1. Coloca no prato um pedaço de plasticina aproximadamente do tamanho de um limão. 2.Unta o exterior da concha com óleo. 3.Pressiona a concha contra a plasticina. 4.Remove cuidadosamente a concha de modo que a forma desta fique gravada na plasticina. 5.No copo de papel, mistura 4 colheres de gesso com 2 colheres de água. 6.Verte a mistura de gesso e água para o molde da concha gravado na plasticina. Deita o copo de papel e a colher para o lixo.
  • 17. 7.Deixa o gesso endurecer, o que poderá levar cerca de 15 a 20 minutos. 8.Separa a plasticina do gesso.
  • 18. A Terra por dentro Experiências 16 Material  Tabuleiro  2 copos (0,5 litros) de terra  tigela (1 l)  colher O que queremos saber Como se separaram os continentes? Como vamos fazer 1. Deita a terra para dentro da tigela. 2. Junta água e mexe com a colher até se formar uma lama espessa. 3. Verte a lama para o tabuleiro. 4. Põe o tabuleiro ao sol durante 2 ou 3 dias. 5. Pressiona a lama seca junto às abas do tabuleiro.
  • 19. A Terra por dentro Experiências 17 Material  Funil  Recipiente da altura do funil  Tubo de plástico com cerca de 1 metro de comprimento. O que queremos saber Como funciona um géiser? Como vamos fazer 1. Enche o recipiente com água. 2. Coloca o funil dentro de água, com a boca para baixo 3. Põe a ponta do tubo de plástico debaixo da boca do funil. 4. Sopra para dentro do tubo.
  • 20. Corpo humano Experiências 18 Material  Uma pastilha elástica  Um palito O que queremos saber Como podemos observar as pulsações do sangue no nosso corpo? Como vamos fazer 1. Com a pastilha elástica fazer uma pequena bolinha. 2. Espetar o palito nessa bolinha. 3. Colocar a pastilha no pulso perto do dedo polegar.
  • 21. Som Experiências 19 Material  Duas latas de cerveja ou refrigerantes vazias.  Alguns metros de fio utilizado para amarrar embrulhos (5 ou 6 metros)  Um coto de vela.  Um canivete. O que queremos saber Como se transmite o som através do telefone? Como vamos fazer 1. Com o canivete retirar completamente a tampa já perfurada da lata. 2.A meio da tampa oposta fazer um pequeno orifício com um prego. 3.Passar o fio pelos orifícios das duas latas, dando de seguida, um nó em cada uma das extremidades do fio. Esses nós devem impedir que o fio se solte através dos orifícios. 4.Utilizando o coto da vela, encerre cuidadosamente o fio.
  • 22. 5.O telefone está pronto, basta falar para o interior de uma das latas, para que a voz possa ser ouvida na outra extremidade do telefone.
  • 23. Experiências 20 Material  Copo.  Arame.  Jarra grande e transparente.  Água.  Detergente.  Vinagre.  Bicarbonato de sódio. O que queremos saber Porque será que as bolas de sabão flutuam? Como vamos fazer 1. Faz um círculo com o arame. Vais utilizar esse círculo para fazeres bolas de sabão. 2.Prepara uma solução simples, de detergente e água, para fazer bolas de sabão. (deitar meio copo de detergente e meio copo de água) 3.Deita três colheres de bicarbonato de sódio no interior da jarra. 4.Deita um copo de vinagre na jarra. ( A mistura de bicarbonato e vinagre vai começar a reagir, logo de imediato, formando-se o dióxido de carbono)
  • 24. 5.Depois da reacção cessar, faz bolas de sabão, tentando que estas entrem na jarra. ( não se deve fazer bolas de sabão directamente para a jarra, porque pode-se forçar o dióxido de carbono a sair) 6.Quando a bola de sabão entrar na jarra, podes verificar que vai ficar suspensa. 7.Podes então observar vários pormenores: O tamanho da bola altera-se? A bola fica suspensa para sempre? A sua posição varia com o decorrer do tempo?
  • 25. Experiências 21 Material  Balão pequeno.  Garrafa de vidro  Dois garfos.  Lamparina de álcool.  Tripé.  Rede.  Água. O que queremos saber Um balão pode entrar numa garrafa sozinho? Como vamos fazer 1. Deita, aproximadamente, uma colher de água na garrafa vazia. 2. Aquece a água da garrafa, com a ajuda da lamparina de álcool. (o aquecimento da água pode ser feito num microondas ou no fogão com intensidade de chama baixa. Não sujeitar o vidro a temperaturas muito elevadas porque este pode partir) 3. Deixa a água estar, durante dois minutos, em ebulição. (a garrafa vai estar muito quente e cheia de vapor no seu interior, por isso tem CUIDADO!) 4. Com a ajuda de dois garfos, retira a garrafa do aquecimento. (CUIDADO com as mãos, o vidro
  • 26. está muito quente) Com muito cuidado, para não te queimares, coloca o balão no gargalo da garrafa. (o balão deve ser colocado perfeitamente na vertical) 5. Agora, deixa a garrafa arrefecer ao ar ambiente. (se quiseres acelerar o processo, podes adicionar água às paredes da garrafa. Adiciona água aos poucos, porque a garrafa pode partir devido à variação brusca de temperatura) 6. No final, podes verificar que o balão é sugado para o interior da garrafa. (se o balão não for bem colocado, este pode arrebentar prematuramente)
  • 27. Experiências 22 Material  Palheira (5 cm).  Plasticina.  Cola.  Água.  Garrafa de plástico. O que queremos saber Como funcionam os submarinos? Como vamos fazer 1. Enche totalmente a garrafa de plástico com água. 2.Tapa uma das extremidades da palheira com cola. 3.Depois da cola estar seca mete plasticina na palheira até que o "submarino" flutue por pouco na água contida na garrafa. (a palheira deve ficar praticamente toda submersa) 4.Já com o "submarino" dentro da garrafa arrolha-a.
  • 28. 5.De seguida aperta a garrafa e verifica que o "submarino" começa logo de imediato a submergir. 6.Quando deixares de apertar a garrafa o "submarino" começa logo a emergir. Não é um espectáculo?
  • 30. Experiências 23 Material  Copo de vidro.  Pão.  Água gasificada O que queremos saber O que acontece quando se põem bolinhas de pão em água com gás? Como vamos fazer 1. Verte água com gás para o copo de vidro até preencher cerca de três quartos do seu volume total. 2.Faz bolinhas de pão com um diâmetro igual a cerca de 4 mm. 3.Deita as bolas de pão no copo com água gasificada.
  • 31. 4.Espera algum tempo e observa o que acontece. Aparece alguma coisa a subir e a descer?
  • 33. Experiências 24 Material  Copo de vidro alto.  Água.  Groselha.  Azeite.  Mel.  Álcool etílico. O que queremos saber Existem líquidos que flutuam em outros líquidos? Como vamos fazer 1. Deita a groselha na água, de maneira, a que esta fique ligeiramente corada de vermelho. (a adição de groselha é feita para tornar mais fácil a visualização das fases) 2.Deita a solução de água e groselha no copo alto. 3.De seguida, cuidadosamente, deita o azeite na superfície da água corada. ( podes fazer a adição com a ajuda do cabo de uma colher de mesa)
  • 34. 4.Depois, adiciona o álcool etílico.(podes usar o mesmo procedimento que seguiste para o azeite) 5.Finalmente, adiciona o mel. 6.Podes verificar que o álcool fica no topo. 7.Depois do álcool vem o azeite, a água corada e o mel.
  • 35. Experiências 25 Material  Copo de vidro.  Água.  Azeite.  Groselha.  Mel.  Álcool Etílico.  Pedaço de borracha.  Pedaço de palito.  Pedaço de rolha.  Plástico. O que queremos saber Existem sólidos menos densos do que certos líquidos? Como vamos fazer 1. Utiliza o copo com os líquidos da experiência: densidade dos líquidos. 2. Deitar os sólidos, um de cada vez, no copo. Podes verificar que a madeira e a rolha ficam à superfície do álcool. 3. O plástico coloca-se na superfície do azeite, e o pedaço de borracha fica na superfície do mel.
  • 37. Experiências 26 Material  Hidróxido de sódio (soda cáustica).  Cloreto de sódio (sal comum).  Gordura.  Perfume.  Água destilada.  Goblé.  Lamparina de álcool.  Tripé e grelha.  Colher de cozinha.  Óculos de protecção.  Luvas de látex. O que queremos saber Como fazer sabão? Como vamos fazer 1. Prepara uma solução de hidróxido de sódio. (a preparação desta solução deve ser cuidadosa porque o hidróxido de sódio é muito alcalino. O hidróxido de sódio é normalmente fornecido no estado sólido, devendo este ser transferido para um goblé já com água com a ajuda de uma colher de plástico. O hidróxido de sódio é fornecido ao goblé depois de este já ter a água, porque esta forte base ataca o vidro ficando os grãos colados às paredes do goblé, sendo depois a sua remoção bastante difícil) 2.Adiciona um pouco de gordura à solução de hidróxido de sódio. (a gordura adicionada pode ser um pedaço
  • 38. pequeno de manteiga, também podendo ser utilizado um pouco de óleo ou azeite) 3.Aquece a solução e deixa-a ferver durante um certo período de tempo. (com o calor fornecido pela chama da lamparina a fervura não será muito intensa, mas deverás ser cauteloso pois a solução que estamos a aquecer é muito alcalina. Se durante a fervura houver salpicos para fora do goblé, estes deverão ser imediatamente limpos com um pano húmido) 4.Verte a solução tratada para outro goblé, acrescentando depois uma colher de cloreto de sódio (sal comum) e um pouco de perfume. 5.Deixa arrefecer a solução. (deverás ser cauteloso no manuseamento do goblé quente, pois como é sabido, o vidro quente ou frio parece o mesmo) 6.A flutuar na solução encontra-se um determinado sólido que pode ser designado de sabão perfumado. (o sabão trata-se de um bom meio de limpeza porque é formado por uma parte apolar que é dada pela gordura, e outra parte polar que é fornecida pelo sal e hidróxido de sódio. Devido a estas características o sabão tanto atrai para si moléculas polares ou apolares)
  • 39. Experiências 27 Material  Goblé.  Colher.  Carbonato de sódio.  Água destilada.  Perfume. O que queremos saber Como fazer sais de banho Como vamos fazer 1. Adiciona carbonato de sódio, no estado sólido, a um goblé com água destilada. 2.Deves adicionar o carbonato até ser atingida uma solução saturada (se só tiveres acesso a carbonato de sódio em cristais grandes, deverás reduzi-los a pó antes de os adicionares à água destilada) 3.Junta perfume à solução saturada, para lhe dar um aroma agradável. (guardar a solução no goblé para quando o quiseres usar) 4.Utiliza duas colheres de sopa de solução para cada banho. (os sais de banho tornam a água mais macia, pois reduzem o teor de cálcio, sendo este o principal causador de dureza da água. O carbonato de sódio contido nos sais de banho reage com o cálcio, formando carbonato de cálcio que se irá precipitar diminuindo assim a quantidade de cálcio na água do banho. O resultado depois
  • 40. da adição da solução à água será uma água mais macia, espumosa e de cheiro agradável)
  • 41. Experiências 28 Material  Panela  Fogão.  Proveta ou copo de medida.  Filtro.  Funil.  Leite.  Vinagre (ácido acético). O que queremos saber Como produzir plástico? Como vamos fazer 1. Aquece meio litro de leite numa panela, sem o levar à fervura. (a quantidade de leite pode ser medida com uma proveta, ou com um copo graduado de cozinha) 2. Verte, para o leite, 50 ml de vinagre e mexe bem a solução. Verificarás a formação de flocos de uma substância branca no leite. (esta substância branca trata-se de uma proteína chamada caseína) 3. Filtra a mistura heterogénea para outro recipiente, de maneira a obteres a caseína o mais puro possível. (a filtração deverá ser feita com a ajuda de um funil e um filtro de papel)
  • 42. 4. Deixa filtrar bem a solução. 5. Depois recuperares o sólido depositado no papel de filtro, raspa o papel com a ajuda de uma espátula ou de uma simples colher de cozinha. 6. Comprime a caseína num molde à tua escolha e deixa-a endurecer.
  • 43. Electricidade Experiências 29 Material  Três fios eléctricos isolados com crocodilos.  Dois suportes para lâmpadas.  Duas lâmpadas pequenas.  Duas pilhas de 4,5 V.  Fio eléctrico isolado. O que queremos saber Como fazer um circuito em série? Como vamos fazer 1. Une os dois pólos positivos (+) e negativos (-) das duas pilhas por forma a que se obtenha uma diferença de potencial total igual a 9 V. 2.Liga o crocodilo do fio (1) à união dos dois pólos (+) das duas pilhas. 3.Liga o outro crocodilo do fio (1) a uma das ligações do suporte (1). 4.Une a restante ligação do suporte (1) a uma das ligações do suporte (2).
  • 44. 5.A ligação deve ser estabelecida por um fio com crocodilos nas extremidades. 6.Liga a ligação restante do suporte (2) à união dos dois pólos (–) das duas pilhas com o fio (3). 7.Enrosca uma das lâmpadas no suporte (1). O que acontece? 8.Enrosca a outra lâmpada no suporte (2). O sistema acende as lâmpadas? 9.Tira a lâmpada do suporte (1). O que verificas?
  • 45. Electricidade Experiências 30 Material  6 fios eléctricos isolados com crocodilos nas extremidades.  2 suportes para lâmpadas.  2 lâmpadas pequenas.  2 pilhas de 4,5 V.  Fio eléctrico isolado. O que queremos saber Como fazer um circuito em paralelo Como vamos fazer 1. Une os pólos (+) e (-) das duas pilhas por forma a que se obtenha no circuito uma diferença de potencial igual a 9 V. 2.Liga o crocodilo do fio (1) à união dos dois pólos (+) das duas pilhas. 3.Une o outro crocodilo do fio (1) a dois crocodilos dos fios (2) e (3). 4.Liga os crocodilos livres dos fios (2) e (3) a uma das ligações dos suportes (1) e(2). 5.Coloca as lâmpadas nos suportes.
  • 46. 6.Une a ligação restante de cada suporte aos fios (4) e (5) por intermédio de um dos seus crocodilos. 7.Liga os crocodilos restantes dos fios (4) e (5) ao crocodilo do fio (6). 8.Liga o crocodilo livre do fio (6) à união dos dois pólos (-) das duas pilhas. O que acontece? (se as lâmpadas não acenderem torna a montar o sistema) 9.De seguida tira uma das lâmpadas. O que acontece? 10. Coloca novamente a lâmpada que tiraste e retira a outra. O sistema fica igual?
  • 47. Experiências 31 Material  Vara de ferro.  Fio de cobre isolado.  Pregos de ferro.  Pilha de 4,5 V.  Dois fios eléctricos com crocodilos. O que queremos saber Como construir um Íman artificial? Como vamos fazer 1. Enrola o fio de cobre isolado na vara de ferro. (tenta dar o máximo de voltas possíveis com o fio de cobre à volta da vara de ferro) 2. Liga uma das extremidades do fio de cobre isolado a um fio, através de um dos seus crocodilos. 3. Liga o outro crocodilo desse fio ao pólo (+) da pilha. (se quiseres que o efeito seja maior basta utilizares uma bateria de duas pilhas para teres 9 V)
  • 48. 4. Liga a outra ponta do fio de cobre isolado a outro fio, igualmente através de um dos seus crocodilos. 5. Liga o restante crocodilo desse fio ao pólo (-) da pilha. 6. Aproxima a vara de ferro aos pregos. O que acontece? Depois de brincares um pouco com os pregos, desliga o crocodilo do pólo (+). 7. Aproxima novamente a vara de ferro aos pregos. O efeito contínua? Porquê?
  • 49. Electrostática Experiências 32 Material  Garrafa de plástico.  Agulha.  Pente de plástico.  Água.  Groselha. O que queremos saber Como pode um pente atrair a água? Como vamos fazer 1. Corta o topo da garrafa de plástico. 2.Faz um buraco na garrafa com a ajuda da agulha. (o buraco deve ter um diâmetro pequeno) 3.Adiciona groselha à água. (a adição de groselha à água é feita para tornar mais fácil a visualização do efeito) 4.Enche a garrafa de água com groselha. 5.Passa o pente no cabelo várias vezes.
  • 50. 6.Aproxima devagar o pente do fio de água. (vai aproximando aos poucos e verifica se o que acontece ao jacto de água) 7.Passa, novamente, o pente no cabelo várias vezes. O efeito é o mesmo? É maior? É menor?
  • 51. Experiências 33 Material  apito  barbante  funil O que queremos saber Fazer sons com um funil Como vamos fazer 1. Adapta à extremidade do funil um apito, como indicado na figura. 2. Depois faz movimentos circulares, e nota o tipo de som produzido. Porque é que a sirene faz este som? O que está a acontecer?
  • 52. 3. Agora pede a um amigo para correr segurando o funil com o apito. 4. Pede para ele correr de um lado a outro. 5. Irás notar uma diferença bastante sensível no tipo de som produzido. Parece a sirene das ambulâncias a tocar consoante o teu amigo se aproxima e se afasta de ti. Este é um efeito muito interessante chamado Efeito Doppler. Mas, enquanto tu ouves estes dois sons, o teu amigo vai ouvir apenas um mesmo ruído.
  • 53. Experiências 34 Material  água quente,  uma bacia,  um tubo  uma garrafa com tampa de vidro O que queremos saber Como fazer um termómetro caseiro? Como vamos fazer 1. Coloca um pouco de água numa garrafa com um tubo e lacrada, como indicado na figura (a cortiça é um bom material para se utilizar como tampa). 2. Verte água quente sobre a garrafa (que deve estar dentro de uma bacia). O que acontece? 3. A água quente aquece o ar interno da garrafa, fazendo com que as moléculas deste ar interno movimentem-se cada vez mais, e empurrando a água que está dentro da garrafa par o tubo. Ou seja, ao verter água quente, aumentamos a pressão do ar no interior da garrafa, que tenta expelir a água dentro desta para fora.
  • 55. Ar Experiências 35 Material  balão de festa),  dois tubos de vidro,  um vasilhame com tampa de cortiça O que queremos saber Como encher um balão de uma maneira diferente? Como vamos fazer 1. Monta a experiência como indicado na figura 2: faz dois furos na tampa do vasilhame, coloca os dois tubos, num dos quais amarrado um balão, e feche-o. 2. Sopra a extremidade do tubo A (fig.3) e observa o que acontece:
  • 57. Experiências 36 Material  balão O que queremos saber Como deixar os cabelos em pé? Como vamos fazer 1. Enche o balão. 2. Esfrega numa lã 3. Aproxima-a do cabelo.
  • 59. Experiências 37 Material O que queremos saber Fazendo Sabão! Como vamos fazer É muito fácil fazer. Tome uma colher de sopa de margarina e coloque numa latinha de conserva,até derreter. Adicione hidróxido de sódio (NaOH) a 25% - mais conhecido como soda cáustica - aos pouquinhos,misturando sempre com um palitinho de sorvete (você pode encontrar esta substância emcasas revendedoras de produtos químicos, ou mesmo falando com o seu professorde química). Ponha o material em um molde e deixe esfriar. E pronto! Temos um sabão caseiro!
  • 60. Experiências 38 Material  leite desnatado  vinagre  bicarbonato de sódio  uma panela que não seja metálica (uma esmaltada serve) O que queremos saber Como fazer cola a partir de leite? Como vamos fazer 1. Aquece meio litro de leite desnatado e adiciona seis colheres de sopa de vinagre aos poucos, misturando constantemente. 2.Quando começar a engrossar, retira-o do lume. 3.Continua a mexer até que não haja mais possibilidade do caldo engrossar. 4.Espera que a substância assente no fundo da panela. Então coa-a. 5.Adiciona 1/2 de copo (60 ml) de água e uma colher de sopa de bicarbonato de sódio (também se pode usar borato de sódio).
  • 61. Experiências 39 Material  uma lata com tampa,  fio  porca,  parafuso,  martelo,  prego O que queremos saber Como mandar uma lata e fazer com que ela volte para trás? Como vamos fazer 1. Faz dois furos, um na base e outro na tampa de uma lata. 2.Passa um fio entre os furos, como indicado na figura, e no centro de cruzamento dos fios, amarra um objecto pesado, como uma porca e um parafuso, ou qualquer outra coisa. 3. Agora rola a latinha e vê o que acontece!
  • 64. Experiências 40 Material  Uma tira de papel poroso. Pode-se utilizar papel de filtro de uma máquina de café  Extremo (sem tinta) de uma folha de jornal.  Caneta de feltro preta.  Lápis  Um frasco  Um pouco de álcool O que queremos saber Que cores tem o preto? Como vamos fazer 1. Recorta uma tira de papel poroso que tenha uns 4 cm de largura e que seja um pouco mais larga que a altura do frasco. 2.Enrola o extremo do papel (podes usar fita adesiva) de tal maneira que o outro extremo chegue ao fundo do frasco. (ver figura).
  • 65. 3.Faz uma pinta com uma caneta de feltro preta no extremo livre da tira, a uns 2 cm da borda. Carrega com a caneta, mas não ocupes muito espaço. (ver figura) 4.Enche o fundo do frasco com álcool, basta uma altura de 1 cm aproximadamente. 5.Põe a tira dentro do frasco por forma a que p extremo fique mergulhado em álcool mas a mancha de tinta fique fora do álcool. 6.Podes tapar o frasco para evitar que o álcool se evapore. 7. Observa o que ocorre. 8. Repete a experiência utilizando diferentes cores.
  • 66. Experiências 41 Material  3 frascos grandes  um ovo  agua  sal O que queremos saber Porque flutuamos no mar? Como vamos fazer 1. Enche dois frascos com água 2.Adiciona a um deles, sal pouco a pouco. Mexendo com uma colher, dissolve a maior quantidade possível. Num frasco de 200 cm3 pode-se dissolver umas 70 g de sal. 3.Coloca um ovo no frasco que tem só água . 4.Coloca agora o mesmo ovo no frasco que tem sal dissolvido. 5.Coloca o ovo e água, no terceiro frasco, mas apenas o suficiente para o cobrir.
  • 67. 6.Acrescenta água com sal, da que já tens, até que consigas que o ovo fique no meio (sem flutuar, nem afundar) 7. Se acrescentares neste momento um pouco de água, observarás que se afunda. Se, a seguir, adicionares um pouco de água salada, vê-lo-ás flutuar novamente. Se voltares a acrescentar água, outra vez se afundará e assim sucessivamente.
  • 68. O clima Experiências Material O que queremos saber Como funciona o termómetro?)pásg154( Como vamos fazer
  • 69. O clima Experiências Material O que queremos saber Como se mede a pressão atmosférica? Como vamos fazer
  • 70. Clima Experiências Material O que queremos saber Como sabemos para que lado vai o vento? Como vamos fazer
  • 71. Clima Experiências Material O que queremos saber Como se forma o orvalho? (pág.168) Como vamos fazer
  • 72. Clima Experiências Material O que queremos saber Como se forma a geada? Como vamos fazer
  • 73. Clima Experiências Material O que queremos saber O que é um tornado?(pás.193) Como vamos fazer
  • 74. Clima Experiências Material O que queremos saber O que origina os trovões? (pág196) Como vamos fazer
  • 75. Corpo humano Experiências 42 Material  Um tubo de borracha  Um pequeno funil de plástico O que queremos saber Como podemos construir um instrumento que nos permita ouvir com facilidade os batimentos cardíacos? Como vamos fazer 1. Basta introduzir a ponta do funil no pedaço de borrachas e experimentar o instrumento com um companheiro.