SlideShare uma empresa Scribd logo
EUROPA Professor Aroldo Tavares.
Dados gerais: Número de países: 49 Área: 10 498 000 km² População: 744 717 000 Seis línguas mais faladas: russo, alemão, francês, inglês, italiano e polaco Densidade demográfica: 101 h/km²
Situada no hemisfério norte, a Europa limita-se ao norte com o oceano glacial Ártico, a oeste com o oceano Atlântico, ao sul com o mar Mediterrâneo e a leste com a Ásia, na encosta dos montes Urais. É cercada por várias grandes ilhas e arquipélagos como Islândia, ilhas Britânicas, Sicília, Sardenha, Córsega, Creta, Malta e Chipre. O litoral é extremamente recortado, com muitas baías, fiordes e mares.
Relevo. Setentrional,  o relevo apresenta velhos maciços nivelados e planícies, entre elas as bacias sedimentares de Londres, de Paris, da Suábia e da Francônia; as planícies da Alsácia, do leito médio do Reno, da Bélgica e dos Países Baixos; os maciços montanhosos da Escandinávia, da Escócia e da Irlanda; as montanhas inglesas, os Urais,  a floresta Negra, o maciço xistoso renano, o Harz, a floresta da Boêmia e o maciço central francês. Meridional  apresenta longas cadeias montanhosas, que se estendem desde a cordilheira Penibética, na Andaluzia, até o Cáucaso, e incluem os Pireneus, os Alpes, os Apeninos, os Cárpatos e os Balcãs. Nessas montanhas encontram-se os mais altos cumes da Europa, como o monte Branco (4.807m).
Climas da Europa: Sub Polar. Temperado Oceânico; Temperado Continental. Mediterrâneo. Frio de altitude.
Vegetação * Tundra:  Extremo norte. * Floresta de coníferas (taiga):  Abaixo da tundra, ainda a norte. * Floresta temperada (caducifólia):  Parte central da Europa. * Vegetação mediterrânea:  Na parte sul, Europa Meridional. * Estepe:  Parte oriental. * Estepe semi-árida:  Pequena área na parte oriental. * Vegetação de altitude:  Poucos e pequenos pontos espalhados pelo continente. Atualmente, a maior parte das formações vegetais da Europa já foi destruída, abrindo espaço para a ocupação agrícola ou para a expansão urbana.
HIDROGRAFIA: Devido à composição climática existente na Europa os rios presentes no continente são relativamente pequenos quanto a seu curso e volume, apesar das limitações, esses mananciais foram sempre muito importantes para as atividades desenvolvidas na região, especialmente por se tratar de rios navegáveis. Nesse sentido, os rios principais do continente europeu são: Reno (1.300 km de extensão) que nasce nos Alpes; Sena (770 km de extensão), sua nascente está localizada ao sudeste de Paris;  Ródano (800 km de extensão), nascente nos Alpes suíços;  Volga (3.531 km de extensão), nasce a noroeste de Moscou Danúbio (mais de 2.800 km de extensão), nasce nos Alpes alemães.
 
População Européia:
Demografia: Principais características: A população da Europa é de 744,7 milhões de habitantes.     Densidade demográfica de 101 H/ km ² Elevado IDH. Urbanização. Baixa natalidade e mortalidade. Variedade cultural: 23 línguas oficiais, 3 grandes religiões. Xenofobia.
Xenofobia e Racismo:
ETA No Norte da Espanha e Sul da França -  (ETA, Euskadi Ta Askatsuna que significa - Pátria basca e liberdade - motivo étnico) - o povo basco, cuja a língua e cultura tem origem obscura, mantém sua identidade apesar da centenas de anos sob domínio espanhol e francês.  Na Espanha, terroristas começaram a lutar pela independência em 1968 e nos anos 70 aparece o grupo terrorista ETA, que reivindica a independência. O presidente socialista Felipe Gonzales foi acusado de ligação com os esquadrões da morte dos GAL, que exterminavam ativistas bascos. 
IRA O IRA é a base do separatismo da Irlanda do Norte (não se esqueça dos acordos de paz assinados pelo Shin Fein, braço direito do IRA).  Os católicos do Ulster - Irlanda do Norte - que são a minoria querem se unir a Irlanda. Já os protestantes maioria querem permanecer unidos ao Reino Unido. 
Economia: Histórico: Mercantilismo. Revolução Industrial. Imperialismo.  I e II Guerras. Guerra fria. União Européia.
Economia: Agropecuária: Moderna. Pequenas e médias propriedades. Intensiva e Comercial. Pouca mão de obra. Pesca * a pesca tem grande importância na Noruega, na Islândia, na Rússia, na Dinamarca e na Espanha. As espécies mais comuns são o atum, bacalhau, a sardinha, a cavala, o arenque, e os crustáceos e moluscos. Indústria: Moderna. Diversificada. Em certas áreas da microeletrônica, telecomunicações e espacial, apresentam certo atraso em relação ao Japão e aos Estados Unidos. Em outras, como a micromecânica e bioengenharia, os países europeus estão na vanguarda.  As concentrações industriais mais importantes da Europa estão no oeste da Alemanha, em Ruhr, na região central da Inglaterra, na zona de Paris e no distrito industrial de Donbass, na Rússia.
Europa Ocidental: A divisão entre Europa Oriental ou Europa do Leste e a Europa Ocidental ficou bem visível depois da cisão deste continente entre o bloco socialista e o capitalista, delimitada pela simbólica Cortina de Ferro.  É considerada a Europa Oriental desde a fronteira germano-polonesa Hungria, Eslovênia, Croácia; até os montes Urais.
 
 
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

População da Europa
População da EuropaPopulação da Europa
População da Europa
Prof.Marcio LHP
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completo
Camila Brito
 
Europa economia
Europa   economiaEuropa   economia
Europa economia
Camila Brito
 
África
ÁfricaÁfrica
Região Sudeste
Região SudesteRegião Sudeste
Região Sudeste
Vania Leão
 
Oceania
OceaniaOceania
Asia conflitos
Asia conflitosAsia conflitos
Asia conflitos
Débora Sales
 
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores ClimáticosClima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
Vitor Vieira Vasconcelos
 
áSia Quadro Natural
áSia   Quadro NaturaláSia   Quadro Natural
áSia Quadro Natural
Luciano Pessanha
 
América: Vegetação
América: VegetaçãoAmérica: Vegetação
América: Vegetação
Roberta Sumar
 
Região Nordeste
Região NordesteRegião Nordeste
Região Nordeste
Prof. Francesco Torres
 
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economiaAula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
Michele Wilbert
 
8º ano (cap. 4). áfrica
8º ano (cap. 4). áfrica8º ano (cap. 4). áfrica
8º ano (cap. 4). áfrica
Alexandre Alves
 
A população da ásia
A população da ásiaA população da ásia
A população da ásia
Leidiana Oliveira
 
Europa LocalizaçãO
Europa   LocalizaçãOEuropa   LocalizaçãO
Europa LocalizaçãO
Luciano Pessanha
 
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociaisCaps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
profacacio
 
Conflitos mundiais
Conflitos mundiaisConflitos mundiais
Conflitos mundiais
karolpoa
 
África – clima e vegetação
África – clima e vegetaçãoÁfrica – clima e vegetação
África – clima e vegetação
Gerson Francisco de Moraes
 
9º ano
9º ano9º ano
Europa apresentação
Europa   apresentaçãoEuropa   apresentação
Europa apresentação
robertobraz
 

Mais procurados (20)

População da Europa
População da EuropaPopulação da Europa
População da Europa
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completo
 
Europa economia
Europa   economiaEuropa   economia
Europa economia
 
África
ÁfricaÁfrica
África
 
Região Sudeste
Região SudesteRegião Sudeste
Região Sudeste
 
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
 
Asia conflitos
Asia conflitosAsia conflitos
Asia conflitos
 
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores ClimáticosClima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
 
áSia Quadro Natural
áSia   Quadro NaturaláSia   Quadro Natural
áSia Quadro Natural
 
América: Vegetação
América: VegetaçãoAmérica: Vegetação
América: Vegetação
 
Região Nordeste
Região NordesteRegião Nordeste
Região Nordeste
 
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economiaAula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
 
8º ano (cap. 4). áfrica
8º ano (cap. 4). áfrica8º ano (cap. 4). áfrica
8º ano (cap. 4). áfrica
 
A população da ásia
A população da ásiaA população da ásia
A população da ásia
 
Europa LocalizaçãO
Europa   LocalizaçãOEuropa   LocalizaçãO
Europa LocalizaçãO
 
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociaisCaps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
 
Conflitos mundiais
Conflitos mundiaisConflitos mundiais
Conflitos mundiais
 
África – clima e vegetação
África – clima e vegetaçãoÁfrica – clima e vegetação
África – clima e vegetação
 
9º ano
9º ano9º ano
9º ano
 
Europa apresentação
Europa   apresentaçãoEuropa   apresentação
Europa apresentação
 

Semelhante a Europa

A Europa
A EuropaA Europa
A Europa
Gilberto Cantu
 
Europa
EuropaEuropa
Europa
manoel1993
 
Europa
EuropaEuropa
Europa
ecsette
 
Aula 10 europa - quadro natural e humano
Aula 10   europa - quadro natural e humanoAula 10   europa - quadro natural e humano
Aula 10 europa - quadro natural e humano
Jonatas Carlos
 
Area de Integração - Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
Area de Integração -  Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço EuropeuArea de Integração -  Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
Area de Integração - Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
Andre Francisco
 
Europa aspectos físicos e demográficos - prof. wesley torres
Europa   aspectos físicos e demográficos - prof. wesley torresEuropa   aspectos físicos e demográficos - prof. wesley torres
Europa aspectos físicos e demográficos - prof. wesley torres
Wesley Torres
 
Continente europeu
Continente europeuContinente europeu
Continente europeu
DANUBIA ZANOTELLI
 
Continente Europeu
Continente EuropeuContinente Europeu
Continente Europeu
DANUBIA ZANOTELLI
 
Europa
EuropaEuropa
Europad 100520105652-phpapp01
Europad 100520105652-phpapp01Europad 100520105652-phpapp01
Europad 100520105652-phpapp01
Ketlyn Gomes
 
Geografia - Europa, Estados Unidos, Canadá e América Latina
Geografia -  Europa, Estados Unidos, Canadá e América LatinaGeografia -  Europa, Estados Unidos, Canadá e América Latina
Geografia - Europa, Estados Unidos, Canadá e América Latina
Thais Rodrigues
 
Aula europa pdf
Aula europa pdfAula europa pdf
Aula europa pdf
Otavio Megda
 
GEO-9-ano-Sem.-11-Aspectos-Físicos-Europa.pptx
GEO-9-ano-Sem.-11-Aspectos-Físicos-Europa.pptxGEO-9-ano-Sem.-11-Aspectos-Físicos-Europa.pptx
GEO-9-ano-Sem.-11-Aspectos-Físicos-Europa.pptx
LuisCarlosAlves10
 
Europa slides
Europa slidesEuropa slides
Europa slides
ProfessoresColeguium
 
G2 - 9º ano -Capitulo 3.pptx
G2 - 9º ano -Capitulo 3.pptxG2 - 9º ano -Capitulo 3.pptx
G2 - 9º ano -Capitulo 3.pptx
VladimirCajadodeCast
 
nordeste
nordestenordeste
nordeste
Nome
 
Europa. geral
Europa. geralEuropa. geral
Europa. geral
Raquel Avila
 
Aspectos Naturais Europa
Aspectos Naturais  EuropaAspectos Naturais  Europa
Aspectos Naturais Europa
Luiz Carlos
 
Europa Aspectos físicos.
Europa Aspectos físicos.Europa Aspectos físicos.
Europa Aspectos físicos.
Camila Brito
 
Noruega
Noruega Noruega
Noruega
Cris Chaves
 

Semelhante a Europa (20)

A Europa
A EuropaA Europa
A Europa
 
Europa
EuropaEuropa
Europa
 
Europa
EuropaEuropa
Europa
 
Aula 10 europa - quadro natural e humano
Aula 10   europa - quadro natural e humanoAula 10   europa - quadro natural e humano
Aula 10 europa - quadro natural e humano
 
Area de Integração - Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
Area de Integração -  Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço EuropeuArea de Integração -  Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
Area de Integração - Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
 
Europa aspectos físicos e demográficos - prof. wesley torres
Europa   aspectos físicos e demográficos - prof. wesley torresEuropa   aspectos físicos e demográficos - prof. wesley torres
Europa aspectos físicos e demográficos - prof. wesley torres
 
Continente europeu
Continente europeuContinente europeu
Continente europeu
 
Continente Europeu
Continente EuropeuContinente Europeu
Continente Europeu
 
Europa
EuropaEuropa
Europa
 
Europad 100520105652-phpapp01
Europad 100520105652-phpapp01Europad 100520105652-phpapp01
Europad 100520105652-phpapp01
 
Geografia - Europa, Estados Unidos, Canadá e América Latina
Geografia -  Europa, Estados Unidos, Canadá e América LatinaGeografia -  Europa, Estados Unidos, Canadá e América Latina
Geografia - Europa, Estados Unidos, Canadá e América Latina
 
Aula europa pdf
Aula europa pdfAula europa pdf
Aula europa pdf
 
GEO-9-ano-Sem.-11-Aspectos-Físicos-Europa.pptx
GEO-9-ano-Sem.-11-Aspectos-Físicos-Europa.pptxGEO-9-ano-Sem.-11-Aspectos-Físicos-Europa.pptx
GEO-9-ano-Sem.-11-Aspectos-Físicos-Europa.pptx
 
Europa slides
Europa slidesEuropa slides
Europa slides
 
G2 - 9º ano -Capitulo 3.pptx
G2 - 9º ano -Capitulo 3.pptxG2 - 9º ano -Capitulo 3.pptx
G2 - 9º ano -Capitulo 3.pptx
 
nordeste
nordestenordeste
nordeste
 
Europa. geral
Europa. geralEuropa. geral
Europa. geral
 
Aspectos Naturais Europa
Aspectos Naturais  EuropaAspectos Naturais  Europa
Aspectos Naturais Europa
 
Europa Aspectos físicos.
Europa Aspectos físicos.Europa Aspectos físicos.
Europa Aspectos físicos.
 
Noruega
Noruega Noruega
Noruega
 

Mais de aroudus

Transportes 2013
Transportes 2013Transportes 2013
Transportes 2013
aroudus
 
Energia 2013
Energia 2013Energia 2013
Energia 2013
aroudus
 
ÁFrica Resumo
ÁFrica ResumoÁFrica Resumo
ÁFrica Resumo
aroudus
 
Banco de questões Geografia
Banco de questões GeografiaBanco de questões Geografia
Banco de questões Geografia
aroudus
 
Atualidades 1 2013
Atualidades 1 2013Atualidades 1 2013
Atualidades 1 2013
aroudus
 
Introdução a Astronomia
Introdução a AstronomiaIntrodução a Astronomia
Introdução a Astronomia
aroudus
 
Resumo de História do Paraná.
Resumo de História do Paraná.Resumo de História do Paraná.
Resumo de História do Paraná.
aroudus
 
Revisão geografia com gabarito ufpr 2011 12
Revisão geografia com gabarito ufpr 2011 12Revisão geografia com gabarito ufpr 2011 12
Revisão geografia com gabarito ufpr 2011 12
aroudus
 
Resolução de questões Geografia (UNIOESTE 2009))
Resolução de questões Geografia (UNIOESTE 2009))Resolução de questões Geografia (UNIOESTE 2009))
Resolução de questões Geografia (UNIOESTE 2009))
aroudus
 
Resolução de questões Geografia (ufpr, ufsm, ufsc)
Resolução de questões Geografia (ufpr, ufsm, ufsc)Resolução de questões Geografia (ufpr, ufsm, ufsc)
Resolução de questões Geografia (ufpr, ufsm, ufsc)
aroudus
 
Revisão uel – 2011 12
Revisão uel – 2011 12Revisão uel – 2011 12
Revisão uel – 2011 12
aroudus
 
Geografia do Paraná
Geografia do Paraná Geografia do Paraná
Geografia do Paraná
aroudus
 
Agricultura 2012
Agricultura 2012Agricultura 2012
Agricultura 2012
aroudus
 
Extrativismo
ExtrativismoExtrativismo
Extrativismo
aroudus
 
Geografia urbana 2012
Geografia urbana 2012Geografia urbana 2012
Geografia urbana 2012
aroudus
 
Demografia 2012
Demografia 2012Demografia 2012
Demografia 2012
aroudus
 
Introdução geografia
Introdução geografiaIntrodução geografia
Introdução geografia
aroudus
 
Atualidades 2011
Atualidades 2011Atualidades 2011
Atualidades 2011
aroudus
 
ÁSIA
ÁSIAÁSIA
ÁSIA
aroudus
 
As américas
As américas As américas
As américas
aroudus
 

Mais de aroudus (20)

Transportes 2013
Transportes 2013Transportes 2013
Transportes 2013
 
Energia 2013
Energia 2013Energia 2013
Energia 2013
 
ÁFrica Resumo
ÁFrica ResumoÁFrica Resumo
ÁFrica Resumo
 
Banco de questões Geografia
Banco de questões GeografiaBanco de questões Geografia
Banco de questões Geografia
 
Atualidades 1 2013
Atualidades 1 2013Atualidades 1 2013
Atualidades 1 2013
 
Introdução a Astronomia
Introdução a AstronomiaIntrodução a Astronomia
Introdução a Astronomia
 
Resumo de História do Paraná.
Resumo de História do Paraná.Resumo de História do Paraná.
Resumo de História do Paraná.
 
Revisão geografia com gabarito ufpr 2011 12
Revisão geografia com gabarito ufpr 2011 12Revisão geografia com gabarito ufpr 2011 12
Revisão geografia com gabarito ufpr 2011 12
 
Resolução de questões Geografia (UNIOESTE 2009))
Resolução de questões Geografia (UNIOESTE 2009))Resolução de questões Geografia (UNIOESTE 2009))
Resolução de questões Geografia (UNIOESTE 2009))
 
Resolução de questões Geografia (ufpr, ufsm, ufsc)
Resolução de questões Geografia (ufpr, ufsm, ufsc)Resolução de questões Geografia (ufpr, ufsm, ufsc)
Resolução de questões Geografia (ufpr, ufsm, ufsc)
 
Revisão uel – 2011 12
Revisão uel – 2011 12Revisão uel – 2011 12
Revisão uel – 2011 12
 
Geografia do Paraná
Geografia do Paraná Geografia do Paraná
Geografia do Paraná
 
Agricultura 2012
Agricultura 2012Agricultura 2012
Agricultura 2012
 
Extrativismo
ExtrativismoExtrativismo
Extrativismo
 
Geografia urbana 2012
Geografia urbana 2012Geografia urbana 2012
Geografia urbana 2012
 
Demografia 2012
Demografia 2012Demografia 2012
Demografia 2012
 
Introdução geografia
Introdução geografiaIntrodução geografia
Introdução geografia
 
Atualidades 2011
Atualidades 2011Atualidades 2011
Atualidades 2011
 
ÁSIA
ÁSIAÁSIA
ÁSIA
 
As américas
As américas As américas
As américas
 

Último

Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Falcão Brasil
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 

Último (20)

Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 

Europa

  • 2. Dados gerais: Número de países: 49 Área: 10 498 000 km² População: 744 717 000 Seis línguas mais faladas: russo, alemão, francês, inglês, italiano e polaco Densidade demográfica: 101 h/km²
  • 3. Situada no hemisfério norte, a Europa limita-se ao norte com o oceano glacial Ártico, a oeste com o oceano Atlântico, ao sul com o mar Mediterrâneo e a leste com a Ásia, na encosta dos montes Urais. É cercada por várias grandes ilhas e arquipélagos como Islândia, ilhas Britânicas, Sicília, Sardenha, Córsega, Creta, Malta e Chipre. O litoral é extremamente recortado, com muitas baías, fiordes e mares.
  • 4. Relevo. Setentrional, o relevo apresenta velhos maciços nivelados e planícies, entre elas as bacias sedimentares de Londres, de Paris, da Suábia e da Francônia; as planícies da Alsácia, do leito médio do Reno, da Bélgica e dos Países Baixos; os maciços montanhosos da Escandinávia, da Escócia e da Irlanda; as montanhas inglesas, os Urais, a floresta Negra, o maciço xistoso renano, o Harz, a floresta da Boêmia e o maciço central francês. Meridional apresenta longas cadeias montanhosas, que se estendem desde a cordilheira Penibética, na Andaluzia, até o Cáucaso, e incluem os Pireneus, os Alpes, os Apeninos, os Cárpatos e os Balcãs. Nessas montanhas encontram-se os mais altos cumes da Europa, como o monte Branco (4.807m).
  • 5. Climas da Europa: Sub Polar. Temperado Oceânico; Temperado Continental. Mediterrâneo. Frio de altitude.
  • 6. Vegetação * Tundra: Extremo norte. * Floresta de coníferas (taiga): Abaixo da tundra, ainda a norte. * Floresta temperada (caducifólia): Parte central da Europa. * Vegetação mediterrânea: Na parte sul, Europa Meridional. * Estepe: Parte oriental. * Estepe semi-árida: Pequena área na parte oriental. * Vegetação de altitude: Poucos e pequenos pontos espalhados pelo continente. Atualmente, a maior parte das formações vegetais da Europa já foi destruída, abrindo espaço para a ocupação agrícola ou para a expansão urbana.
  • 7. HIDROGRAFIA: Devido à composição climática existente na Europa os rios presentes no continente são relativamente pequenos quanto a seu curso e volume, apesar das limitações, esses mananciais foram sempre muito importantes para as atividades desenvolvidas na região, especialmente por se tratar de rios navegáveis. Nesse sentido, os rios principais do continente europeu são: Reno (1.300 km de extensão) que nasce nos Alpes; Sena (770 km de extensão), sua nascente está localizada ao sudeste de Paris; Ródano (800 km de extensão), nascente nos Alpes suíços; Volga (3.531 km de extensão), nasce a noroeste de Moscou Danúbio (mais de 2.800 km de extensão), nasce nos Alpes alemães.
  • 8.  
  • 10. Demografia: Principais características: A população da Europa é de 744,7 milhões de habitantes.     Densidade demográfica de 101 H/ km ² Elevado IDH. Urbanização. Baixa natalidade e mortalidade. Variedade cultural: 23 línguas oficiais, 3 grandes religiões. Xenofobia.
  • 12. ETA No Norte da Espanha e Sul da França - (ETA, Euskadi Ta Askatsuna que significa - Pátria basca e liberdade - motivo étnico) - o povo basco, cuja a língua e cultura tem origem obscura, mantém sua identidade apesar da centenas de anos sob domínio espanhol e francês. Na Espanha, terroristas começaram a lutar pela independência em 1968 e nos anos 70 aparece o grupo terrorista ETA, que reivindica a independência. O presidente socialista Felipe Gonzales foi acusado de ligação com os esquadrões da morte dos GAL, que exterminavam ativistas bascos. 
  • 13. IRA O IRA é a base do separatismo da Irlanda do Norte (não se esqueça dos acordos de paz assinados pelo Shin Fein, braço direito do IRA). Os católicos do Ulster - Irlanda do Norte - que são a minoria querem se unir a Irlanda. Já os protestantes maioria querem permanecer unidos ao Reino Unido. 
  • 14. Economia: Histórico: Mercantilismo. Revolução Industrial. Imperialismo. I e II Guerras. Guerra fria. União Européia.
  • 15. Economia: Agropecuária: Moderna. Pequenas e médias propriedades. Intensiva e Comercial. Pouca mão de obra. Pesca * a pesca tem grande importância na Noruega, na Islândia, na Rússia, na Dinamarca e na Espanha. As espécies mais comuns são o atum, bacalhau, a sardinha, a cavala, o arenque, e os crustáceos e moluscos. Indústria: Moderna. Diversificada. Em certas áreas da microeletrônica, telecomunicações e espacial, apresentam certo atraso em relação ao Japão e aos Estados Unidos. Em outras, como a micromecânica e bioengenharia, os países europeus estão na vanguarda. As concentrações industriais mais importantes da Europa estão no oeste da Alemanha, em Ruhr, na região central da Inglaterra, na zona de Paris e no distrito industrial de Donbass, na Rússia.
  • 16. Europa Ocidental: A divisão entre Europa Oriental ou Europa do Leste e a Europa Ocidental ficou bem visível depois da cisão deste continente entre o bloco socialista e o capitalista, delimitada pela simbólica Cortina de Ferro. É considerada a Europa Oriental desde a fronteira germano-polonesa Hungria, Eslovênia, Croácia; até os montes Urais.
  • 17.  
  • 18.  
  • 19.